Você está na página 1de 32
Ensaio em Compósitos: Desafios & Soluções 1 SAMPE Brasil Carolina Stecca

Ensaio em Compósitos:

Desafios & Soluções

1
1

SAMPE Brasil

Carolina Stecca

Desafios

Ensaios de Produtividade: grande número de configurações de ensaios e normas.

Equipamento de teste flexível

Fácil alteração de configuração

Métodos de ensaio normatizados

Alcançar e manter um alinhamento preciso.

Necessidade de alinhamento preciso

Critérios de alinhamento Nadcap

Medida de deformação

Ensaios normatizados

Campos de deformação não uniformes

2
2

Compósitos exigem um grande números

de ensaios para caracterização

exigem um grande números de ensaios para caracterização Tração : Fibra - propriedade. Depende da rigidez
exigem um grande números de ensaios para caracterização Tração : Fibra - propriedade. Depende da rigidez
exigem um grande números de ensaios para caracterização Tração : Fibra - propriedade. Depende da rigidez
exigem um grande números de ensaios para caracterização Tração : Fibra - propriedade. Depende da rigidez

Tração: Fibra - propriedade. Depende da rigidez

à tração e resistência mecânica da fibra.

Compression: Matriz - propriedade dominante.

Depende da rigidez e da qualidade de aderência da resina em ser capaz de manter as fibras alinhadas.

Cisalhamento: Matriz propriedade

dominante. Ela quem transfere as tensões através do compósito.

Flexão: Combinação dos três: em

cima=compressão; em baixo= tração; no meio=

cisalhamento

E também uma série de “ensaios estruturaisem peças. Ex: tração em

fenda (open hole) tração & compressão, compressão após o impacto (CAI)

” em peças. Ex: tração em fenda (open hole) tração & compressão, compressão após o impacto
3
3
Desafio 1 Gerenciando um vasto range de Tipos de Ensaio e Normas 4

Desafio 1 Gerenciando um vasto range de Tipos de Ensaio e Normas

4
4

Configurações do ensaio de Compressão

Configurações do ensaio de Compressão CORPO DE PROVA NÃO SUPORTADO • NÃO SUPORTADO – seção de
Configurações do ensaio de Compressão CORPO DE PROVA NÃO SUPORTADO • NÃO SUPORTADO – seção de
Configurações do ensaio de Compressão CORPO DE PROVA NÃO SUPORTADO • NÃO SUPORTADO – seção de

CORPO DE PROVA NÃO SUPORTADO

NÃO SUPORTADOseção de ensaio curta

ISO 14126

ASTM D3410 (ITTRI)

ASTM D 6641 (CLC)

AITM 1-0008 (Hydraulic Grips)

Corpo de prova suportado(anti-Flambagem)

ISO 14126

Modified ASTM D 695

ASTM D 6484

• ISO 14126 • Modified ASTM D 695 • ASTM D 6484 CORPO DE PROVA SUPORTADO
• ISO 14126 • Modified ASTM D 695 • ASTM D 6484 CORPO DE PROVA SUPORTADO

CORPO DE PROVA SUPORTADO

(Anti-Buckling)

5
5

Sistema modular e flexível para a variedade de ensaios ao longo de um intervalo de temperaturas

Dispositivo de Célula de carga com faixa de 1000:1 alinhamento garras com alinhamento de precisão
Dispositivo
de
Célula de carga com
faixa de 1000:1
alinhamento
garras com
alinhamento de
precisão
Câmara de
Aquecimento
“Piggy back”
pratos de
compressão com
assentos esféricos
6
“Piggy back” pratos de compressão com assentos esféricos 6 Compressão de acordo com ASTM D695 etc.

Compressão

de acordo

com ASTM

D695 etc.

CAI
CAI

BlueHill 3 Método de ensaio em Compósitos

Métodos de ensaios:

Tração

Compressão

Cisalhamento

Flexão

Tenacidade à fratura

Especiais.

Métodos de acordo com as normas:

ASTM, ISO, EN, Pr-EN…

AITM, BSS…

Os métodos incluem dados e

relatório

Software flexível e fácil para novos usuários e / ou modificação dos métodos

7
7

existentes.

dados e relatório • Software flexível e fácil para novos usuários e / ou modificação dos
dados e relatório • Software flexível e fácil para novos usuários e / ou modificação dos
8
8

Desafio 2

Alinhamento

Alinhamento e “Quantificação

9
9

•
•
•

O que é Alinhamento?

O que é Alinhamento? 1- Alinhamento correto dos dispositivos de fixação. 10 IV 2- Desalinhamento concêntrico

1- Alinhamento correto dos dispositivos de fixação.

10
10
1- Alinhamento correto dos dispositivos de fixação. 10 IV 2- Desalinhamento concêntrico entre os dispositivos de

IV

2- Desalinhamento concêntrico entre os dispositivos de fixação superior e inferior

3- Desalinhamento angular entre os dispositivos de fixação superior e inferior

Por que o alinhamento é tão importante no Ensaio de Materiais Compósitos?

Ensaio em um metal dúctil

Ensaio de Materiais Compósitos? Ensaio em um metal dúctil Ensaio em um Compósito reforçado com fibra

Ensaio em um Compósito reforçado com fibra

metal dúctil Ensaio em um Compósito reforçado com fibra • Desalinhamento introduz distribuição de tensão
metal dúctil Ensaio em um Compósito reforçado com fibra • Desalinhamento introduz distribuição de tensão
metal dúctil Ensaio em um Compósito reforçado com fibra • Desalinhamento introduz distribuição de tensão
metal dúctil Ensaio em um Compósito reforçado com fibra • Desalinhamento introduz distribuição de tensão

Desalinhamento

introduz distribuição de

tensão desigual

Fibras na região de alta tensão falham

A tensão aumenta no

restante das fibras,

causando falha rápida .

O desalinhamento tem um efeito significativo sobre os resultados de ensaio

Desalinhamento introduz distribuição de tensão desigual

Aumento do limite de escoamento na região de alta tensão, mas continua a suportar carga

Redistribuição da

carga, gerando a redução do efeito de desalinhamento.

mas continua a suportar carga • Redistribuição da carga, gerando a redução do efeito de desalinhamento.
mas continua a suportar carga • Redistribuição da carga, gerando a redução do efeito de desalinhamento.
mas continua a suportar carga • Redistribuição da carga, gerando a redução do efeito de desalinhamento.

11

mas continua a suportar carga • Redistribuição da carga, gerando a redução do efeito de desalinhamento.

Medindo Alinhamento

12
12
Medindo Alinhamento 12
Medindo Alinhamento 12

Dispositivos de Alinhamento

Permite pequenos ajustes de angularidade, posição e concentricidade para otimizar o alinhamento entre as garras superior

e inferior em uma máquina de ensaio.

Dispositivos projetados para permitir que o ajuste sob carga sejam muito mais fáceis.

13
13

Alinhamento no ensaio de Compressão

Alinhamento no ensaio de Compressão • Garras Hidráulicas de efeito Cunha • Alta rigidez lateral para

Garras Hidráulicas de efeito Cunha

Alta rigidez lateral para manter o alinhamento sob carga

14
14
Alta rigidez lateral para manter o alinhamento sob carga 14 • Pratos de Compressão com Assento

Pratos de Compressão com Assento Esférico

Rápido e fácil montagem sistema de fixação

Centro de rotação localizado

no centro da superfície da placa de compressão.

Dispositivo de travamento

De acordo com os requisitos de alinhamentoda NADCAP

O que é o Nadcap

Nadcap (sigla the National Aerospace and Defence Contractors Accreditation Program). Programa de credenciamento de prestadores de serviços de defesa e aeronáutica nacional

PRI's (Performance Review Institute) nome da marca para o programa credenciado gestão da indústria para processos especiais nas indústrias aeroespacial. (Processos, produtos, melhoria contínua, controle de qualidade)

Um programa cooperativo mundial de grandes empresas,

representantes do governo e fornecedores, com a finalidade de melhorar a qualidade no setor aeroespacial.

O programa de acreditação inclui a auditoria de Ensaio de

Materiais de Laboratórios e Sistemas para demonstrar e certificar a conformidade com os requisitos Nadcap.

Mais informações sobre PRI e Nadcap http://www.pri-network.org/PRI/ http://www.pri-network.org/Nadcap/

Mais informações sobre PRI e Nadcap • http://www.pri-network.org/PRI/ • http://www.pri-network.org/Nadcap/ 15
15
15

Nadcap - Requisitos de alinhamento para o

Ensaio de tração em Compósitos

Alinhamento medido sob carga de tração em corpos de provas aferidos (ver nota no final) que são representativos das amostras a serem testadas.

Para AC7122 (Compósitos)

O alinhamento típico dos corpos de prova são mostrados no documento da NADCAP .

O PBS aceitável É:

Ensaios Estáticos: 8% Ensaios Cíclicos: 5%

ASTM E1012 é referenciado pela junção da NADCAP e outras normas.

Contém procedimentos detalhados. Última versão (E1012-

12) inclui classificações em 5%, 8% e 10% PBS.

NOTA: Os procedimentos para verificar o alinhamento Nadcap são mais exigentes do que as descritas na ASTM E1012 e eles não permitem "compensação célula alinhamento" isto significa

que as células de alinhamento muito precisos são necessários para executar essas verificações.

16
16
isto significa que as células de alinhamento muito precisos são necessários para executar essas verificações. 16

IV

Mas não só sobre Alinhamento

Atender aos requisitos NADCAP significa:

Alinhamento de acordo com a referida norma

Alinhamento de corpo de prova: Representam todos os materiais ensaiados.

Calibração: A frequência é de acordo com ISO/ASTM para

células de carga, extensômetros, deslocamento, velocidade,

etc….

Manutenção Preventiva: plan is followed.

Treinamento: Operadores devem ser treinados para conhecer

intimamente o funcionamento do equipamento

Serviços oferecidos pela INSTRON

17
17

Desafio 3

Medindo Deformação

18
18

Soluções para Ensaio de Deformação em Compósitos

Sem Contato DIC Replay SVE/AVE 2
Sem Contato
DIC Replay
SVE/AVE 2

Clip-on & Extensômetros

Bi-axial clip-ons Static clip-ons Strain Gauges Dynamic clip-ons
Bi-axial clip-ons
Static clip-ons
Strain Gauges
Dynamic clip-ons

Automático

AutoX 750
AutoX 750
19
19

Extensômetro Biaxial Clip-on

Principais Aplicações em Materiais Compósitos

Tração (Coef. De Poisson)
Cisalhamento em plano (IPS)

Características Principais:

Atende a um extenso números

de normas

Grande faixa de temperaturas (-200 to +200 °)
Sistema de fixação simples

Versões com opções de saída axial independentes (permite o monitoramento simultâneo de tensão média total e PBS. *)

Compatível com quaisquer Sistemas Instron.

(permite o monitoramento simultâneo de tensão média total e PBS. *)  Compatível com quaisquer Sistemas
20
20

Extensômetro Biaxial

21
21
Extensômetro Biaxial • 21
Extensômetro Biaxial • 21

Extensômetro Automático

Extensômetro de contacto automático;

Precisão: 1 micron;

Capaz de testar vários comprimentos base

(L0);

Adequado para tração

e compressão;

Fechamento

22
22

automático das “facas

comprimentos base (L0); • Adequado para tração e compressão; • Fechamento 22 automático das “ facas
comprimentos base (L0); • Adequado para tração e compressão; • Fechamento 22 automático das “ facas

AutoX750 para Ensaio em Compósitos

Fibra Tração ASTM D4018

para Ensaio em Compósitos Fibra – Tração ASTM D4018 • Precisão :1µm • Baixa força de

Precisão :1µm

Baixa força de aperto: não danifica o corpo de prova.

Baixo atrito:

23
23

Diminiu a

flambagem do corpo de prova

Laminado Tração ASTM D3039 &

ISO527-4/5

de prova Laminado – Tração ASTM D3039 & ISO527-4/5 • Precisão: 1µm. • Robusto – Braços

Precisão: 1µm.

Robusto Braços

podem ser deixados

até que ocorra a falha do material.

Posicionamento Repetitivo e a fixação garante resultados consistentes.

Laminado

Compressão ASTM D695

Laminado

Flexão ASTM D790/7264

EN2562/2746

ISO178/14125

Laminado Flexão ASTM D790/7264 EN2562/2746 ISO178/14125 • Precisão: 1µm • Robusto - Braços podem ser
Laminado Flexão ASTM D790/7264 EN2562/2746 ISO178/14125 • Precisão: 1µm • Robusto - Braços podem ser

Precisão: 1µm

Robusto - Braços podem ser deixados até que ocorra

a falha do

material

Precisão: 1µm

Robusto - Braços podem ser deixados até que ocorra a falha do

material

a falha do material • Precisão: 1µm • Robusto - Braços podem ser deixados até que
Advanced Video Extensometer (AVE) 2 24

Advanced Video Extensometer (AVE) 2

24
24

Preciso e Consistente

Alta precisão de medição de deformação: atende a maioria das normas para compósitos

A precisão de 1 micron: permite a medição do módulo, conforme a ISO 527-4/5

Taxa de aquisição dados: 490 Hz

Sistema de iluminação patenteada: previne que não

haja nenhum infuência do meio externo.

Densidade de ar constante

Não requer operador para preparação da amostra, reduzindo o erro humano e aumentando a

consistência de resultados.

Não requer operador para preparação da amostra, reduzindo o erro humano e aumentando a consistência de
25
25

Versátil e Capacitado

Pode ser usado para medir deformação tração e compressão

Pode ser usado em câmaras

Pode ser usado com qualquer máquina de ensaio com uma entrada de +/- 10V

Pode ser usado para medição de deformação de todo o corpo de prova software DIC (Digital Image Correlation)

26
26
Pode ser usado para medição de deformação de todo o corpo de prova software DIC (
Pode ser usado para medição de deformação de todo o corpo de prova software DIC (
Pode ser usado para medição de deformação de todo o corpo de prova software DIC (

O que é DIC?

Um método óptico para medir a deformação na superfície de um objeto.

Imagem Delsocamento
Imagem
Delsocamento

Análise da

imagem da

superfície todo o tempo

Uso de correlação cruzada para determinar o deslocamento.

Uso de correlação cruzada para determinar o deslocamento.
Uso de correlação cruzada para determinar o deslocamento.
27
27
Desformação
Desformação

Deformação calculada à partir deslocamento

Uso de correlação cruzada para determinar o deslocamento. 27 Desformação Deformação calculada à partir deslocamento

Preparação do CP

Preparação do CP 28
Preparação do CP 28
28
28

O Ensaio

29
29

Exemplos de Aplicação

Exemplos de Aplicação Capaz de verificar técnicas de preparação de corpo de prova por compração, procurando

Capaz de verificar técnicas de preparação de corpo de prova por compração, procurando

por concentrações de

tensão localizadas.

30
30

Verificação de atendimento a normas, identificando deformação localizada

que esteja fora da faixa

admissível.

localizada que esteja fora da faixa admissível. Visualiza e detecta trincas não são visíveis a olho

Visualiza e detecta trincas não são visíveis a olho nu ou estão em imagens nao processadas em ensaios tradicionais de tração ou compressão.

em ensaios tradicionais de tração ou compressão. Analisar a deformação e o deslocamento sobre de uma

Analisar a deformação e

o deslocamento sobre de uma superfície plana de uma peça ou componente onde

extensômetros

tradicionais são inviáveis.

o deslocamento sobre de uma superfície plana de uma peça ou componente onde extensômetros tradicionais são

Vantagens do Sistema DIC Integrados

Câmara Integrada e Sistema de iluminação fora da da área de ensaio. Apenas 1 PC
Câmara Integrada e
Sistema de iluminação
fora da da área de ensaio.
Apenas 1 PC
Luz polarizade impede
que qualquer fonte de
iluminaçõ cause
influência.
Coleção
integrada e
sincronizada de
todos os dados
da máquina de
ensaio por
exemplo, Força
e câmera
Fácil de usar!
Usuários
podem se
concentrar em
analisar e
compreender
os seus
resultados.
31

OBRIGADA PELA ATENÇÃO

32
32

carolina_stecca@instron.com