Você está na página 1de 8
UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE ECONOMIA ECONOMIA DO SETOR PÚBLICO PROF.o Msc. VITORINO ALVES DA SILVA Janaína Cássia Grossi Hermano Caixeta Luiz Alberto Miranda Ferreira Orçamento Público do Estado de Minas Gerais, do Município de Uberlândia e da UFU Uberlândia- MG 2012 1. EM RELAÇÃO AO ORÇAMENTO DA UFU PARA 2012, RESPONDA: a) Quais são os seus principais PROGRAMAS? De acordo com a Lei Orçamentária Anual 2012, seus principais programas são Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Educação, Educação Superior – (Graduação, Pós-Graduação, Ensino, Pesquisa e Extensão) e Previdência de Inativos e Pensionistas da União. Suas dotações são, respectivamente, 322 milhões, 186 milhões e 114 milhões. b) Qual é a distribuição das FUNÇÕES? A distribuição das Funções se dá entre Previdência Social, com aproximadamente 18%, Educação, com 81% e Encargos sociais com apenas 1%. c) Quais são as principais SUBFUNÇÕES? As principais subfunções são: Ensino Superior (444 milhões), Previdência do Regime Estatuário (113 milhões) e Administração Geral (41 milhões). d) Qual é a participação das despesas de capital no total do orçamento? E dos investimentos? ANALISE. Participação das despesas de capital no orçamento = Encargos Especiais/Total = 1.566.576/625.706.999 = 2,5% Participação dos investimentos no orçamento = Investimentos/Total = 69.399.534/625.706.999 = 11,09% A participação dos Investimentos se mantém relativamente constantes em relação ao ano de 2011, já a participação das despesas de capital sofreram um decréscimo de 7,3 milhões em 2011 para 1,5 em 2012. Isto se deve ao o fato da instituição estar seguindo uma trajetória de investimento constante e apresentar uma redução nas dívidas em seu passivo, o que diminui os encargos com juros. e) Enumere as mais importantes fontes de financiamento orçamentário? A principal fonte de financiamento orçamentário da UFU se dá via de captação aberta do tesouro, sendo estes recursos arrecadados diretamente por meio de impostos, taxas e outras contribuições. A codificação deste tipo de recurso se inicia com o número 1. Ademais, compõem as fontes de financiamento recursos de outras fontes, oriundos de receitas próprias da autarquia, que se iniciam pela numeração 2. Dessa forma, o orçamento da UFU é composto por seis fontes codificadas que serão descritas de acordo com a ordem de importancia: 112 recursos vinculados a manutenção e desenvolvimento do ensino que se constituí como a principal fonte de recursos da instituição com participação de cerca de 66% 100 se refere aos recursos ordinários do tesouro do exercício corrente, que tem a participação de 20% do total dos recursos do orçamento; 169 recursos do tesouro originados da contribuição patronal para o plano de seguridade social do servidor público, que provêm aproximadamente 12% do total de recursos; As demais fontes, 156, 250 e 280, apresentam uma importância total de aproximadamente 7%. f) Qual é a contribuição das fontes de financiamento derivadas de recursos próprios para o orçamento? ANALISE As fontes de recursos próprios, codificadas pelos números 250 e 280, contribuem com a quantia aproximada de 11,5 milhões de reais, o que equivale aproximadamente a 1,8% do orçamento total da instituição. Dessa forma pode-se dizer que os recursos obtidos com estas fontes são inexpressivos tendo em vista a peça orçamentária como um todo. g) Analise a evolução do orçamento da UFU no período 2009-2012 Analisando os anos 2009-2012, nota-se um aumento da quantia de recursos que é disponibilizada para a Universidade Federal de Uberlândia à cada ano. Quanto a análise do programas, podemos destacar que durante os anos de 2009, 2010 e 2011 não havia a mesma discriminação dos itens do programa que atualmente é utilizado. Os itens Previdência de Inativos e Pensionistas da União e Operações Especiais: Cumprimento de Sentenças Judiciais, continuaram existindo como anteriormente, a mudança aconteceu através de uma simplificação nos quais alguns itens foram realocados em categorias mais amplas. Quanto ao grupo das despesas, as despesas relativas à Pessoal e Encargos Sociais continuam sendo as maiores no ano de 2012. h) Quanto está alocado para o REUNI? ANALISE Para o REUNI está alocado um investimento de R$87.377.048 milhões, com a meta de criação de 1360 vagas. De acordo com a discriminação do programa, aproximadamente 50 milhões desse valor, será utilizado para a implantação do Complexo Aeronáutico de Minas Gerais. i) O que é Projeto? E Atividades? Quais os Projetos constantes do orçamento de 2012? Tanto projeto quanto função dizem respeito aos instrumentos que se abrem mão para alcançar os objetivos previstos no programa, embora sejam dados em temporalidades diferentes. A definição de projeto diz respeito aos instrumentos que envolvem um conjunto de operações com duração limitada, de modo que o resultado obtido promove expansão e/ou o aperfeiçoamento da ação do governo. As atividades são instrumentos também utilizados para alcançar os objetivos constantes no programa, entretanto envolvem um conjunto de operações a serem realizadas de modo contínuo e ininterrupto, sendo o resultado necessário para a manutenção da ação do governo. No orçamento de 2012 não constam discriminados quais são os projetos constantes do ano de 2012. 2. EM RELAÇÃO AO ORÇAMENTO CORRENTE DO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA, IDENTIFIQUE: a) Principais FUNÇÕES; Funções principais Administrativa* Agricultura Assistência social Comércio e serviços Cultura Desporto e lazer Direitos de cidadania Educação* Encargos especiais Gestão ambiental Habitação Judiciária Legislativa Previdência social Saneamento básico* Saúde* Segurança Trabalho Transporte Urbanismo* *Funções com maiores consumos de recursos do orçamento 11% 18,5% 10,6% 23% 16% b) Principais unidades orçamentárias; Principais unidades orçamentárias do município: Procuradoria geral; Secretaria da cultura; Secretaria de administração; Secretaria de desenvolvimento social, habitacional e trabalho; Secretaria de educação; Secretaria de planejamento urbano e meio ambiente; e Secretaria do governo. c) Principais fontes de financiamento; 87,6 4% 12,3 Fontes de financiamentos: 19% Receita tributária 4% Receita de contribuições de Receitas correntes, sendo: 3% Receita patrimonial 7% Receita de serviços de Receitas de capital, 62% Transferências correntes 6% sendo: 64% Operação de crédito 8,7 % Alienação de bens 27,4 % Transferências de capital d) Valor e percentual do dispêndio com a dívida e do com as despesas de capital. Analise. Despesas correntes Despesas do orçamento Despesas de capital Refinanciamento Despesas c/ juros 1.302.837. 75,3% 000 302.639.59 23,3% 7 Total De acordo com o quadro acima, é possível perceber que o dispêndio vinculado à dívida (juros e refinanciamento) tem um valor aproximado de 1,5% de todas as despesas do orçamento do município, o que não é considerado uma alta taxa do orçamento. Já as despesas de capital representam 23,3% de todas as despesas do orçamento, ou seja, tal montante equivale a quase ¼ das mesmas, assumindo assim uma representatividade maior. 3. EM RELAÇÃO AO ORÇAMENTO CORRENTE DO ESTADO DE MINAS GERAIS: (PARTE HERMANO) a) Principais FUNÇÕES; b) Principais unidades orçamentárias; c) Principais fontes de financiamento; d) Valor e percentual do dispêndio com a dívida e do com as despesas de capital. Analise. e) Compare as respostas dadas à letra D do item 2 com as do item 3. Bibliografia: GIACOMONI, J. Orçamento público. 12ª. Edição ampliada, revista e atualizada. São Paulo: Atlas, 2003. ORÇAMENTO DA UNIÃO (MEC). Disponível em: http://www8.senado.gov.br/businessobjects/enterprise115/desktoplaunch/siga/ab reSiga.do?docId=3941930&kind=Webi. Acesso em 02/05/2012 ORÇAMENTO DO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA. Disponível http://www3.uberlandia.mg.gov.br/home_diario_oficial.php. Acesso 02/05/2012. em: em:

Interesses relacionados