Você está na página 1de 22

CENTRO UNIVERSITÁRIO NOVE DE JULHO MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

COMO APLICAR O MODELO DE REFERÊNCIA PMBOK EM PROJETOS ESTRATEGICOS DE AUTOMACAO EM RESTAURANTES ATRAVES DO USO DA TECNOLOGIA WIRELESS

SÃO PAULO

2009

DAVIS SOUZA ALVES

ii

DAVIS SOUZA ALVES

COMO APLICAR O MODELO DE REFERÊNCIA PMBOK EM PROJETOS ESTRATEGICOS DE AUTOMACAO EM RESTAURANTES ATRAVES DO USO DA TECNOLOGIA WIRELESS

Monografia de conclusão do curso de pós- graduação Master in Project Management (especialização) com ênfase nas boas praticas do PMI (Project Management Institute).

Orientador:

Professor Wladimir Dezembro - PMP

SÃO PAULO

2009

iii

TERMO DE APROVAÇÃO

FOLHA DE APROVAÇÃO

Nome do autor: Davis Souza Alves Título do trabalho: Como aplicar o modelo de referência PMBOK em projetos estratégicos de automação em restaurantes através do uso da Tecnologia Wireless. Natureza: Monografia Objetivo: Mostrar como a tecnologia wireless pode ser aplicada estrategicamente

na automação de restaurantes, desenvolvendo os “work products” (produtos) e os planos de iniciação e planejamento citados no PMBOK. Nome da Instituição: Centro Universitário Nove de Julho Área de Concentração: Gestão de Projetos ênfase PMI

Data de Aprovação:

/

/

Membros da Banca:

iv

A minha noiva Jamille Girão e aos meus

pais Edvaldo Alves e Valdelice Souza Alves, que tanto me apoiaram na

conclusão deste curso dando incentivo moral e autoconfiança, fatores esses que foram essenciais para minha vitória.

E acima de tudo na minha vida: à Deus.

v

AGRADECIMENTOS

Ao Professor Wladimir Dezembro Conseguiu mostrar-me realmente o que é Gerenciamento de Projetos ao lecionar a disciplina de Gerenciamento da Integração aplicando três trabalhos estratégicos.

Ao Professor Eduardo Motta Dicas valiosas e orientações por onde começar esse TCC.

“O que importa numa pessoa, não é a classe social; e sim sua classe cultural” Anônimo (1990)

vi

SUMÁRIO

SIGLAS E ABREVIATURAS

vii

RESUMO

viii

ABSTRACT

0

INTRODUÇÃO

1

O

QUE SÃO REDES WIRELESS

2

O

QUE É AUTOMAÇÃO COMERCIAL

3

A

PROPOSTA

4

O

CENÁRIO FUTURO ALMEJADO

6

CASO DE SUCESSO: Projeto Automação Habib’s

8

CONSIDERAÇÕES FINAIS

11

BIBLIOGRAFIA

12

APÊNDICES Apêndice 1 – Desenho Técnico – Topologia pós-projeto TEC. WIRELESS Apêndice 2 – Orçamento Equipamentos GTS Apêndice 3 – Orçamento PDA PALM TX Apêndice 4 – Orçamento Equipamentos CISCO Linksys Apêndice 5 – Orçamento PDA HANDHELD HP iPAQ 111 Apêndice 6 – Orçamento Equipamentos D-LINK Apêndice 7 – Orçamento PDA PALM TUNGSTEN C Apêndice 8 – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO (Project Charter) Apêndice 10 – DECLARAÇÃO DO ESCOPO PRELIMINAR DO PROJETO Apêndice 11 – PLANO DE GERENCIAMENTO DO ESCOPO DO PROJETO Apêndice 12 – EAP INICIAL DO PROJETO Apêndice 13 – DICIONÁRIO DA EAP Apêndice 14 – PROCESSO DE DEFINIÇÃO ATIVIDADES Apêndice 15 – LISTA DE ATIVIDADES COM DURAÇÃO E MARCOS Apêndice 16 – CRONOGRAMA E ALOCAÇÃO DOS RECURSOS Apêndice 17 – PLANO DE GERENCIAMENTO DOS RECURSOS HUMANOS Apêndice 18 – PLANO DE GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES Apêndice 19 – PLANO DE GERENCIAMENTO DE CUSTO Apêndice 20 – PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCOS Apêndice 21 – PLANO DE GERENCIAMENTO DA QUALIDADE

13

vii

SIGLAS E ABREVIATURAS

PMI (ENG EUA) - Instituto de Gerenciamento de Projetos norte-americano com sede. O Project Management Institute (PMI®), com mais de 420.000 membros, é hoje a maior entidade mundial sem fins lucrativos voltada ao Gerenciamento de Projetos

PMBOK – (ENG EUA) - O Project Management Body of Knowledge, também

conhecido como PMBOK® é um conjunto de práticas em gerência de projetos levantado pelo Project Management Institute (PMI) e constituem a base da metodologia de gerência de projetos do PMI. Estas práticas são compiladas na forma de um guia, chamado de Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos, ou Guia PMBOK®

WIRELESS – Uma rede sem fio se refere a uma rede de computadores sem a necessidade do uso de cabos – sejam eles telefônicos, coaxiais ou ópticos – por meio de equipamentos que usam radiofreqüência (comunicação via ondas de rádio) ou comunicação via infravermelho, como em dispositivos compatíveis com IrDA.

PDA - Personal digital assistants (PDAs ou Handhelds), ou Assistente Pessoal Digital, é um computador de dimensões reduzidas (cerca de A6), dotado de grande capacidade computacional, cumprindo as funções de agenda e sistema informático de escritório elementar, com possibilidade de interconexão com um computador pessoal e uma rede informática sem fios - wi-fi - para acesso a correio electrónico e internet.

viii

RESUMO

Está comprovada que com a infra-estrutura da tecnologia wireless e o uso de sistemas de automação em restaurantes adaptados podem diminuir o tempo de atendimento aos clientes em um estabelecimento, e assim obtendo diversos benefícios, que serão citados nos documentos pertencentes a essa monografia. Este trabalho cita e destaca um caso real de sucesso em uma rede de FastFood nacional, que após implantarem Wireless como infra-estrutura na automação, alcançaram melhor produtividade e qualidade de acordo com as métricas descritas posteriormente.

Como produto e objetivo final deste trabalho geraremos os “work products” (produtos) de Iniciação e Planejamento necessários para um projeto de implantação da idéia título com base referencial do PMBOK (PMI ® ).

A contribuição acadêmica deste trabalho visa mostrar e disponibilizar as empresas interessadas os “work products” (produtos) necessários das fases de Iniciação e Planejamento do PMBOK que podem ser adaptados para um projeto de implantação de Redes Wireless na automação em restaurantes.

Palavras chaves: Planejamento, PMI, Wireless, Automação

0

ABSTRACT

It is proven that with the infrastructure of wireless technology and the use of automation systems in restaurants adapted may decrease the time of service to customers in an establishment, and thus obtaining various benefits, which are cited in the documents pertaining to this monograph. This work quotes and highlights a real case of success in a network of national FastFood, after rolling and Wireless infrastructure in automation, achieve better productivity and quality. As a final objective of this work and generate the Initiation and Planning Guides for the deployment of a project idea based referential title of PMBOK (PMI ®). The academic contribution of this work aims to show and offer interested companies the guides of the stages of Initiation and Planning of the PMBOK can be adapted for a project to deploy wireless networks in automation in restaurants.

Keywords: Planning, PMI, Wireless, Automation

1

INTRODUÇÃO

O objetivo desta monografia é a criação “work products” (produtos) necessários relacionados à Iniciação e Planejamento do guia PMBOK, que serão aplicados como Planos Estratégicos mostrando como as Redes sem-fio podem ser implantadas em ambientes de Automação em Restaurantes, que neste trabalho foca-se em “fast-foods’’ e similares.

A escolha deste tema deve-se ao aumento visível das grandes redes de FastFood e restaurantes que cada vez mais vem fazendo o uso da tecnologia da informação como componente estratégico ao negocio, estando ambos alinhados e integrados afim de fornecer agilidade e qualidade de serviços resultando em lucratividade. Para atingir esses objetivos essa monografia se propõe a responder as seguintes questões:

1. Qual é a importância de um projeto de infra-estrutura planejado?

2. Como os “work products” (produtos) necessários de Iniciação e Planejamento referenciados no PMBOK podem ser usados estrategicamente em um projeto de Rede Wireless?

3. Quais são os “work products” (produtos) Iniciação e Planejamento do PMBOK?

Para responder as questões de pesquisa acima formuladas, esta monografia foi dividida em três capítulos, organizados da seguinte forma:

A primeira parte conscientiza da importância do uso estratégico de uma

rede wireless no ambiente de automação. A segunda parte mostra a como alinhar os “work products” (produtos) do PMBOK com o cenário futuro proposto. Por fim, a terceira parte apresenta a criação em si dos “work products”

(produtos) necessários das fases de Iniciação e Planejamento do PMBOK também no cenário proposto.

2

O QUE SÃO REDES WIRELESS

As redes wireless (redes sem fio) são soluções normalmente aplicadas onde uma infra-estrutura de cabeamento não pode ser utilizada ou afim dos benefícios de mobilidade para dispositivos portáteis. Redes wireless viabilizam dessa forma o atendimento de pontos de rede com a mesma eficiência e até mesmo uma melhor relação custo/benefício em relação ao sistema de cabeamento convencional nesses casos.

ao sistema de cabeamento convencional nesses casos. Essas conexões utilizam um sistema bem simples onde, do

Essas conexões utilizam um sistema bem simples onde, do lado do usuário, um cartão com as funcionalidades de uma placa de rede, porém com recursos de transmissão de dados por radiofreqüência é conectada a um slot vago do computador do usuário. Do outro lado, um concentrador responsável em direcionar (rotear) as informações origem/destino utilizando o AR como meio de transmissão/recepção.

Toda a transmissão passa a ser feita por radiofreqüência até o concentrador. Isto significa dizer também que, onde quer que a pessoa esteja, no ambiente, na sala, cozinha ou refeitório é possível navegar pela internet, ler e-mails, etc, a partir de um computador portátil, por exemplo, uma vez dentro da área de cobertura do provedor. Essa experiência gerou novas aplicações e

3

empresas passaram a utilizar as redes wireless em conjunto com redes convencionais (em cobre ou fibra óptica para a transmissão de informações).

A implantação de redes wireless envolve a aquisição de alguns dispositivos, eles são: Um roteador sem fio (concentrador) e Adaptadores de redes sem fio para os dispositivos que forem conectar a essa rede.

O QUE É AUTOMAÇÃO COMERCIAL

Automação comercial é o uso de computadores ou outros dispositivos (como ECF, POS, PDV ou PC's) para facilitar o processo de automatização de processos. Automação é a total integração entre o homem e a máquina, reduzindo-se mão-de-obra e despesas. Tarefas passíveis de erros, como:

cálculo e digitação de preços, quantidades, ou mesmo o preenchimento de um cheque, na automação são feitas por computador com total eficiência e segurança.

A tecnologia faz, cada vez mais, parte de nossas vidas, e a automação é fruto deste processo. Neste trabalho, iremos propor a Automação aplicada ao cenário de Restaurantes.

e a automação é fruto deste processo. Neste trabalho, iremos propor a Automação aplicada ao cenário

4

Como automatizar um Restaurante

Como vemos no esquema acima, a automação ocorre da seguinte forma: Um cliente chega a um restaurante e senta-se a uma mesa. O garçom utilizará o número dessa mesa para fazer os pedido, que são feitos via PDA (comanda eletrônica), Terminais Touch Screen ou micro-terminais. Estes dados são enviados à parte de produção (Ex: cozinha), e ao caixa para que possa ser feita a cobrança posteriormente.

Quando o pedido foi concluído e o cliente está partindo, é feita a cobrança pelo número da comanda, agilizando assim este processo, que sem o Sistema, pode demorar um pouco, ocasionando filas. O caixa por sua vez, envia um relatório ao escritório, o qual faz a baixa do estoque.

dos

seguintes itens: Infra-estrutura Wireless; Software controlador; Dispositivos moveis de mão (PDAs).

Para

automatizar

um

restaurante

faz

necessária

a

aquisição

Nesta

Wireless.

monografia

trataremos

do

planejamento

da

Infra-estrutura

A PROPOSTA

A proposta deste trabalho visa a criação dos “work products” (produtos) necessários para implantar uma solução de automação em restaurantes ou afins utilizando a tecnologia wireless. Ou seja, quais são as entregas necessárias para usar estrategicamente a tecnologia sem fio em um restaurante de acordo com as boas praticas do PMBOK.

Portanto como idéia e título essa monografia têm:

“COMO APLICAR O MODELO DE REFERÊNCIA PMBOK EM PROJETOS ESTRATÉGICOS DE AUTOMAÇÃO EM RESTAURANTES ATRAVÉS DO USO DA TECNOLOGIA WIRELESS”

5

Que para melhor compreensão da idéia título, essa monografia gerará um projeto de nome: “PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DA TECNOLOGIA WIRELESS PARA AUTOMAÇÃO EM RESTAURANTES”

Também como proposta visaremos atingir benefícios ao negócio alcançando melhor produtividade e qualidade no atendimento aos clientes do restaurante. Para analisarmos os fatores que compõem esses benefícios, avaliamos as métricas já calculadas em um caso onde esse projeto já foi implantado.

Para esse estudo tomamos como referência um mesmo cenário com o ANTES e o DEPOIS em um caso de sucesso real.

Tabela 1 – Análise da viabilidade

   

ANTES

 

DEPOIS

Produtividade

-

Um pedido coletado por

Cinco pedidos coletados por minuto via PDA com

entrada na produção imediata.

+

minuto e via comanda manual sem entrada na produção

(cozinha)

Qualidade

-

Maior preocupação dos

+

Com um cardápio

garçons em não errar o pedido ao invés da qualidade

eletrônico um garçom prioriza

a

interatividade com o cliente,

do atendimento.

pois diminuiu as chances de erros.

Erros

-

Interpretação da caligrafia

- Cobrança já calculada e visível na tela da operadora após o garçom finalizar a mesa via comando feito no PDA.

do garçom impossibilitava a operadora do caixa realizar a

cobrança.

Tempo

-

Oito minutos em média de

+

Redução em 50% do tempo

utilização do garçom por mesa, desde preencher a comanda, leva-la à cozinha, somar e por fim devolver ao cliente para pagar no caixa.

de utilização do garçom por mesa, possibilitando o mesmo atender maior quantidade de mesas e assim

economizando em recursos.

Head Count

-

Em um ambiente com oito

-

Redução do numero de

mesas existiam seis garçons

garçons para quatro no mesmo ambiente de oito mesas, devido ao ganho do tempo de atendimento por mesa.

* Obs.: Dados coletados subjetivamente de um gerente de atendimento da rede fast-foods.

6

O CENÁRIO FUTURO ALMEJADO

O cenário futuro almejado para esse projeto de nome: PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DA TECNOLOGIA WIRELESS PARA AUTOMAÇÃO EM RESTAURANTES é de uma rede local LAN onde acrescentaremos um Access Point expandindo para WLAN, para permitir que os computadores portáteis (PDAs) acessem ao servidor da aplicação que se encontrará conectado a essa rede via cabo.

Essa monografia propõe justamente a solução para automatizar as rotinas de um restaurante através da implantação do acesso wireless com PDAs a essa rede já existente, sendo adaptado e projetado de acordo com a quantidade de acesso e tamanho da loja.

No cenário também será avaliado fatores ambientais que possam causar interferências e oscilações no sinal, assim como a distancia dos computadores portáteis até o concentrador wireless, barreiras físicas, e itens que possam causar interferências.

Para

esse cenário precisaremos

dos seguintes

equipamentos, que

seguem abaixo a orçamentação avaliados em custo/beneficio.

Critérios de avaliação:

1) PRIMEIRA LINHA

média 40 acessos wireless simultâneos;

potencia radia-antena 12 dbi; alcance 80 mts. indoor; suporte à ambiente até 5 barreiras alvenaria; equipamentos com garantia 1 ano; suporte fabricante nacional 24hs.

I

2) SEGUNDA LINHA II – média 20 acessos wireless simultâneos; potencia radia-antena 5 dbi; alcance 30 mts. indoor; suporte à ambiente até 3 barreiras alvenaria; equipamentos com garantia de 6 meses; suporte revendedor horário comercial.

7

3) TERCEIRA LINHA III – media 10 acessos wireless simultâneos; potencia radia-antena 2 dbi; alcance 10 mts. indoor; suporte à ambiente até 1 barreira alvenaria; equipamentos com garantia de 3 meses; suporte fabricante horário comercial.

 

Roteador

Access Point

Cabos UTP

PDA

1ª Linha

GTS Turbo

GTS

Super AP

CMX

CAT5

Tungsten TX

Router10/100

   

2ª Linha

Cisco Linksys

Cisco Linksys

CMX

CAT5

HP IPAQ 111

WRT54G2

WAP54G-LA AP

 

3ª Linha

D-Link DI-524

D-Link DWL

CMX

CAT5

Palm Tungsten C

G700AP

 

Obs.: Os critérios de avaliação são subjetivos e avaliados de acordo com um ambiente qualquer e por testes anônimos; nenhum vinculo com fabricantes.

Orçamentação dos equipamentos

Também para criação deste trabalho de monografia realizamos uma orçamentação dos equipamentos necessários para o Cenário Futuro Proposto. Cada equipamento foi cotado em dois ou três revendedores de maneira real e virtual. (em sites ou em estabelecimentos comerciais). A descrição completa e os orçamentos originais seguem anexas a essa monografia.

(ver APÊNDICES 2, 3, 4, 5, 6 e 7)

 

VALOR BASE

(Anexos 2 e 3) - 1ª LINHA

R$ 1.755,00

GTS Turbo Router10/100

R$ 145,00

GTS Super AP

R$ 320,00

CMX

CAT5

R$ 10,00

Tungsten TX

R$ 1.280,00 (unidade)

(Anexos 4 e 5) - 2ª LINHA

R$ 1.816,54

Cisco Linksys WRT54G2

R$ 199,80

Cisco Linksys WAP54G-LA AP

R$ 338,00

CMX

CAT5

R$ 10,00

HP IPAQ 111

R$ 1.268,74 (unidade)

(Anexos 6 e 7) - 3ª LINHA

R$ 789,08

D-Link DI-524

R$ 135,00

D-Link DWL G700AP

R$ 262,00

CMX

CAT5

R$ 10,00

Palm Tungsten C

R$ 382,08 (unidade)

8

VER

APÊNDICE 1 – Desenho Técnico – Topologia pós-projeto TECNOLOGIA WIRELESS

CASO DE SUCESSO: Projeto Automação Habib’s

Rede Habib`s investe US$ 1,2 milhão na automatização e rede WI-FI

investe US$ 1,2 milhão na automatização e rede WI-FI Parceiro desenvolvedor: Pekus Soluções em Mobilidade

Parceiro desenvolvedor: Pekus Soluções em Mobilidade Mercado de atuação: Restaurantes

A cadeia de fast-food está equipando os garçons de suas 250 lojas com pockets HP plugados em rede WI-Fi banda larga. Além de implantar a tecnologia, a MGI é responsável pelo suporte técnico e atualização tecnológica do projeto. Além de empregar uma força tarefa com 12 mil profissionais o Habib´s precisa de muita tecnologia para gerir este negócio. Neste momento, o grupo está investindo US$ 1,2 milhão em arrojado projeto de automação do atendimento com tecnologia wireless de suas lojas que consiste em equipar seus garçons com pockets (computadores de mão) em rede wireless de banda larga. Para implementar o projeto de automação de vendas “Garçon Eletrônico”, como é denominado, o Grupo Habib´s contratou os serviços da MGI para estruturar, escolher as soluções envolvidas e implantar a tecnologia wireless e de pockets. A empresa também será responsável pelo suporte técnico e atualização tecnológica do projeto. De acordo com Eduardo Perline, gerente de TI do Habib´s, quando todo o projeto estiver consolidado as 250 lojas da rede terão recebido 1.500 iPAQs, da HP. Atualmente, os garçons de 80 lojas já estão trabalhando com os micros de mão na rede WI-FI banda larga. A previsão é de implantar o novo sistema em 10 lojas a cada mês. Para completar todo o projeto a Rede calcula investir

9

cerca de US$ 1,2 milhão nos próximos 18 meses. Ele ressalta que a informatização dos garçons nestas primeiras lojas já comprovam o grau de rapidez que a tecnologia proporciona. “Constatamos uma redução de 50% do tempo, entre o momento que o cliente entra na loja e faz seu pedido até a entrega do produto na sua mesa”, atesta Perline. Outro parceiro importante no projeto, segundo o executivo do Habib´s, é a software house Pekus que desenvolveu o sistema Garçom Eletrônico que roda dentro dos pockets e que possibilita também o atendimento nos setores Festa e Viagem.

COMANDA DIGITAL

Com o Garçom Eletrônico o cliente faz seu pedido e o garçom anota no pocket, inclusive com algumas observações do gosto do cliente, como por exemplo “gelo e limão”, “com açúcar ou adoçante”, “bem passado ou mal passado” entre outras observações. Após a finalização do pedido o garçom confere cada item com o cliente reduzindo assim a possibilidade de erros de interpretação. Confirmado, a comanda digital é disparada via wireless para uma impressora que fica dentro da cozinha sem a necessidade de deslocamento do garçom até o local. O cliente, ao solicitar a conta, imediatamente uma impressora no ponto estratégico agiliza o procedimento. O gerente de TI observa que este tipo de aplicação de comanda eletrônica não é novidade no ramo da alimentação. “Mas para o Habib´s isso se tornou um desafio, pois, nosso perfil de cliente exige atendimento rápido e personalizado. Pelo método convencional isso se torna impossível, principalmente nos horários de pico”

10

GARÇOM ELETRÔNICO

O Garçom Eletrônico incorpora alguns recursos básicos durante a operação, como a abertura da mesa quando o cliente chega à loja, o lançamento dos pedidos e mensagens, o cancelamento e a finalização do pedido e o fechamento da conta, disparando a ordem automaticamente para as impressoras. O diferencial é que o sistema permite que o garçom encontre e venda produtos através de seus códigos, grupos ou descrição. “É uma alternativa interessante que acelera o atendimento tanto pelos garçons experientes ou

pelos novos que estão começando nas lojas”, ressalta Perline. Ele diz que todas as informações colhidas no iPAQ já são integradas com o sistema de frente da loja, de forma clara e simples. Segundo o gerente de TI, para implementar o projeto de automação de forma segura o Habib´s envolveu alguns departamentos como Controle

Operacional,

fosse

esquecido. “O fato de nossos parceiros de negócios, a MGI e a Pekus, já possuírem know-how no mercado de wireless ajudou muito no processo. A Pekus, por exemplo, integrou o Garçom Eletrônico à tecnologia de nosso sistema de caixa sem alterar o atendimento aos clientes. Tudo ocorreu de forma transparente”, diz Perline. Acrescenta que depois de finalizado os ajustes no produto é que a tecnologia foi aplicada em uma das lojas por cerca de 30 dias para que pudesse definir os equipamentos ideais. “Na minha opinião o principal obstáculo foi a definir o equipamento correto (aquisição) com custo acessível e tecnologia de ponta e que tivesse um bom suporte pós-venda. Foi o que nos levou a optar pelos iPAQs, da HP”, salienta o gerente de TI do Habib´s. Fonte: MGI - http://www.universomovelmgi.com.br (04/08/09)

do Habib´s. Fonte: MGI - http://www.universomovelmgi.com.br (04/08/09) Treinamento e Auditoria para que nenhum detalhe

Treinamento

e

Auditoria

para

que

nenhum

detalhe

11

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Conforme abordado na introdução, este trabalho teve o objetivo principal de elaborar os “work products” (produtos) necessários para implantar uma solução de automação em restaurantes ou afins utilizando a tecnologia wireless, de acordo com as boas práticas do PMBOK, tendo como resultado um projeto intitulado: “PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DA TECNOLOGIA WIRELESS PARA AUTOMAÇÃO EM RESTAURANTES”.

A meta principal do referido projeto foi agregar benefícios ao

empreendimento, de modo a obter melhor produtividade e qualidade no

atendimento aos clientes do restaurante.

Foi desta forma que, baseando-se num caso real de sucesso no qual este

tipo de projeto já foi implantado, possibilitou-se a análise dos fatores que compõem esses benefícios, avaliando-se as métricas já calculadas neste caso específico. Desta maneira, é possível afirmar que o objetivo do trabalho foi atingido, pois foram construídos todos os “work products” (produtos) necessários, os quais poderão ser analisados minuciosamente nos apêndices, levando em consideração as orientações contidas no PMBOK, observando-se desde o Termo de Abertura do Projeto (Project Charter), construindo-se a Declaração do Escopo Preliminar do Projeto, além do Plano de Gerenciamento do Escopo do Projeto, EAP Inicial do Projeto, Dicionário da EAP, Processo de Definição Atividades. Ademais, não foram esquecidos: a Lista de Atividades com Duração e Marcos, o Cronograma e Alocação dos Recursos, o Plano de Gerenciamento dos Recursos Humanos, o Plano de Gerenciamento de Aquisições, além dos Planos de Gerenciamento de Custo, de Gerenciamento de riscos e de Gerenciamento da Qualidade. Assim, pode-se concluir que os restaurantes, especialmente aqueles voltados para o atendimento do tipo fast-food, os quais adotarem o projeto aqui desenvolvido, deverão obter êxito na dinamização e precisão dos seus processos a partir da Automação Comercial.

12

Sugere-se que outros trabalhos sejam realizados a fim de promover a

automação comercial de empresas de outros segmentos tais como farmácias,

laboratórios, instituições de ensino, dente outros.

BIBLIOGRAFIA

http://pt.wikipedia.org/wiki/Automacao_comercial - o que é automaçao

http://www.colibri.com.br/2005/automacao_comercial/restaurantes/default.asp - por que automatizar restaurantes

http://www.campuser.com.br/images/rede_wireless.jpg - foto rede wireless

http://pt.wikipedia.org/wiki/Project_Management_Body_of_Knowledge - PMBOK Definição

http://www.pmisp.org.br/ - PMI Definição

http://www.universomovelmgi.com.br/(S(3afogr55hfompp55zrfxhmjb))/Cases/TodosCa

ses.aspx?IdPortal=1&IdNavegacao=26&IdFerramenta=1 - Data: 05/05/2006 - Materia Habbibs

13

APÊNDICES

Apêndice 1 – Desenho Técnico – Topologia pós-projeto TEC. WIRELESS

Apêndice 2 – Orçamento Equipamentos GTS

Apêndice 3 – Orçamento PDA PALM TX

Apêndice 4 – Orçamento Equipamentos CISCO LINKSYS

Apêndice 5 – Orçamento PDA HANDHELD HP iPAQ 111

Apêndice 6 – Orçamento Equipamentos D-LINK

Apêndice 7 – Orçamento PDA PALM TUNGSTEN C

Apêndice 8 – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO (Project Charter)

Apêndice 10 – DECLARAÇÃO DO ESCOPO PRELIMINAR DO PROJETO

Apêndice 11 – PLANO DE GERENCIAMENTO DO ESCOPO DO PROJETO

Apêndice 12 – EAP INICIAL DO PROJETO

Apêndice 13 – DICIONÁRIO DA EAP

Apêndice 14 – PROCESSO DE DEFINIÇÃO ATIVIDADES

Apêndice 15 – LISTA DE ATIVIDADES COM DURAÇÃO E MARCOS

Apêndice 16 – CRONOGRAMA E ALOCAÇÃO DOS RECURSOS

Apêndice 17 – PLANO DE GERENCIAMENTO DOS RECURSOS HUMANOS

Apêndice 18 – PLANO DE GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES

Apêndice 19 – PLANO DE GERENCIAMENTO DE CUSTO

Apêndice 20 – PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Apêndice 21 – PLANO DE GERENCIAMENTO DA QUALIDADE