Você está na página 1de 1

a c o s

Nde notícia De 16 a 23 de abril de 2010


Rede Teia de Jornalismo
ão
s de st a ed iç
>> De st aq ue
ra o professor
tercom 20
10 >>Churrasco pa
o E xp ocom e In o ro z Marchioro
>> Trabalh
o s n
na de Rap
h a e l M amigo secreto
so 3 9” na colu >> Revelação de
>> “C a
(7PM)

>> CHURRASCO
Recepção calorosa para o
professor Fábio Marchioro
Os alunos do 5º e 7º período realizaram um
churrasco em homenagem ao professor Fábio
Marchioro, que está de passagem pelo Brasil.
Marchioro, sempre muito querido pelos
veteranos, foi professor do curso até 2007, quando
foi para o Canadá estudar.
Quem participou do churrasco, que foi na casa do
Carlão (7PN), garante que foi muito bom, porque
não havias as panelinhas, tradicionais em salas de Fotos: Arquivo pessoal dos alunos
aula.
Compareceram também a Zaclis, o Witiuk, e o
Faxina.

DESCONTRAÇÃO

Sonner MC

>>> AMIGO SECRETO


No último domingo (dia 11), a turma da manhã
do 4º ano se reuniu na pizzaria Atollini para a
revelação do amigo-secreto de páscoa. A
confraternização foi marcada por muita
descontração e emoção, especialmente no
momento da revelação e entrega dos ovos. A
estudante Gabriell Chamiço - que, apesar de
estudar a noite, vai se formar com a turma da
manhã - acredita que encontros como esse são
muito importantes para o entosamento da turma.
"Foi muito legal! Deu pra perceber que houve uma
sintonia entre os alunos até no momento da
Fotos: Arquivo pessoal dos alunos
entrega dos chocolates", conta.
GALERIA

>>>XVII Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação


UP indica 26 trabalhos
O nosso curso estará muito bem representado no Expocom 2010, que vai
acontecer no mês que vem em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. A
professora Elza Coração disse que foram indicados trabalhos de 26 alunos
e que, este ano, especialmente, os trabalhos estavam em maior
quantidade e, principalmente, qualidade. Ela, que está hátrês anos
coordenando as indicações, disse que esse foi o ano mais difícil de fazer a
seleção. A comunicação dos aceites dos trabalhos sai no dia 22. Boa sorte,
corações!

>> INTERCOM JR. 2010


Conheça alguns trabalhos inscritos no Intercom Jr!
QUEM: Aline Reis e Maria Carolina Lippi (3P) QUEM: Manuela Ghizzoni e Willian Bressan
O QUE É: Comparativo entre o caderno (3P)
esportivo da Folha de S. Paulo e o diário Lance O QUE É: Liberdade de imprexa x liberdade
ORIENTAÇÃO: Elza Coração de empresa. Análise de caso da cobertura da
mídia da suposta fraude de Igreja Universal.
ORIENTAÇÃO: Elza Coração
QUEM: Ailime Kamaia e Anna Luiza
Garbelini (3P))
O QUE É: Cobertura do festival Lupaluna QUEM: Milena Santos e Raphael Moroz (7P)
pela Gazeta do Povo, ilustrando a Teoria O QUE É: análise quantitativa e qualitativa
do Agendamento dos conteúdos relacionados ao segmento de
ORIENTAÇÃO: Elza Coração cultura das duas primeiras edições do mês
de março das revistas Época e Istoé.
QUEM: Laura Bordin, Nikole Amadori,
ORIENTAÇÃO: Elza Coração
Paola Marques, Suellen Lorianny(3P)
O QUE É: Jornalismo x Publicidade nas
revistas segmentadas com análise de caso *Os alunos aqui citados responderam o email
em duas publicações da editora Abril. enviado pela Redação do Naco, que pedia
informações sobre os trabalhos enviados e os
ORIENTAÇÃO: Elza Coração
autores.

>> NOTAS
CINEMA
>> com RAPHAEL MOROZ
ACONTECEU raphaelmoroz@gmail.com

D
epois de ter conferido o trabalho impecável do diretor argentino Juan
José Campanella em “O segredo dos seus olhos”, resolvi optar por um
filme cuja história me chamou a atenção. Uma assistente social
americana é designada a investigar o suposto abuso de uma criança por parte de
seus pais. No decorrer da história, descobre-se, no entanto, que a convivência
com a garotinha é algo perigoso já que várias situações estranhas acontecem
com quem está perto dela. O número do caso 39 dá nome ao filme, cuja
protagonista é interpretada pela “oscarizada” Reneé Zelwegger.
>> LONAClassificado como “suspense”, o filme não chega a causar sequer um
Diego Henrique (4pM)

arrepio. São dois ou três sustos superficiais, no máximo. O trailer da obra


inclusive chega a ser melhor do que ela em si. Nem mesmo a presença da eterna
“Bridget Jones” Reneé Zelwegger (impossível não associa-la ao seu mais famoso
papel no cinema americano) garante o envolvimento emocional do
espectador.
Razoavelmente bem está Bradley Cooper que interpreta o
companheiro fiel e candidato a namorado de Zelwegger mas ele é logo retirado
de cena em detrimento da sinopse do filme. Além de atuações pouco
convincentes, “Caso 39” conta com efeitos visuais que pecam pela breguice e
pela falta de realismo - na sessão em que assisti ao filme, eles chegaram a levar a
maioria da plateia ao riso em diversos momentos.
Considerando todas as características acima citadas, dou ao leitor
dessa coluna o mais sincero conselho: se quiser se envolver dos pés à cabeça com
um filme que retrate uma criança aparentemente possuída pelo “mal”, não
perca tempo com esse filme e assista a “O Exorcista”.

CLASSIFICAÇÃO: *****

>>>Mestrado
Entrevista
Você já soube pelo Teia na Parede que o Hendryo André, formado pela UP
no ano passado, ingressou no programa de mestrado da UFPR. Agora, você
confere uma entrevista com ele falando da experiência.
NACO: Como você se interessou pelo mestrado?
HENDRYO: No ano passado, eu me interessei pela pesquisa quando tive
contato com o TCC. No início, tinha um desejo muito grande de trabalhar
com a temática da violência. Em comum acordo com a Elza, que foi a minha
orientadora, optei por trabalhar com as políticas afirmativas voltadas à
inclusão de negros na UFPR (mais conhecidas por "cotas raciais"). Trabalhei,
enfim, com um tipo de violência muito particular, que é o racismo.

Cheguei a montar um projeto para participar da seleção do mestrado em


Sociologia (da própria UFPR) na metade do ano passado. Não consegui aliar
o TCC, o trabalho e o projeto e, por isso, fui obrigado a adiá-lo.

Eis que em novembro último li uma notícia que o CAPES havia aprovado o
mestrado em Comunicação na UFPR. Foi uma coincidência muito grande:
eu havia me interessado pela pesquisa e o mestrado seria aberto.

No início de fevereiro saiu o edital que, entre as exigências, solicitava um


projeto ligado a uma das linhas de pesquisa e a leitura de oito livros, dos
quais eu só havia tido contato com um, num prazo de um mês.

NACO: Como foi o processo de seleção? O apoio dos professores do curso foi
importante para você?
HENDRYO: Optei por "adaptar" o projeto que quase apresentei lá na
Sociologia (tive que reformulá-lo porque estava bem ruim, confesso). E fui
fazer a prova com a intenção de "conhecer" o processo de seleção. Já havia
decidido que, caso não obtivesse êxito na Comunicação, tentaria a
Sociologia.

Só passei a acreditar que poderia ingressar depois do resultado da prova


escrita. Foi aí que passei a contar com o apoio de alguns dos professores da
UP, como a Eliane, o Émerson e, principalmente, a Elza. Ela, aliás, foi tão
emotiva no momento que soube que eu estava entre os "finalistas" da
seleção que me deu um dos abraços mais sinceros que já recebi. Então
perguntei se ela poderia ler o projeto. Ela concordou e priorizou a leitura
frente aos TCC's, já que a leitura era mais "urgente". O que eu posso dizer de
uma pessoa que se dispõe a fazer isso?

Então ela apontou algumas lacunas que poderiam ser levantadas na


entrevista e disse que acreditava muito que o projeto podia ser executado.
As dicas foram fundamentais, principalmente na metodologia do projeto.
Por isso, tenho consciência de que devo muito a ela, e que o pagamento
disso será que uma fazer grande dissertação.

O NACO parabeniza o Hendryo e a professora Elza por essa conquista.


Parabéns, corações!

>>> CRÔNICA
Pombos do Asfalto
SXC Daniel Zanella
A chuva esparrama-se docilmente na tarde aguda de um dia qualquer. Os
carros e suas luzes acesas desafiam o tempo com seus artefatos vigorosos: a luz
dos carros é viva enquanto os vivos se assemelham aos seus carros, pressas e
buzinaços.
Entre a luz, o vapor e a velocidade, estão os pombos, a decorar o chão negro
e esburacado da rodovia, a recolher suas migalhas de pedra, observatórios dos
motoristas enfastiados-acelerados de tanta água e afazeres. Ante a
aproximação rasa e indelével dos carros, os pombos do asfalto alçam voos
estavanados, sempre no último e derradeiro instante, desmanchando-se sem
muita graça do caminho dos carros, debandados que são da luz, do vapor, da
velocidade. Pombos adaptados a modernidade. Peritos.
Os pombos podem voar entre as nuvens, hoje cinzas, mas precisam das
migalhas do chão. Sempre retornam a elas. Só assim existem etimologicamente
enquanto pombos adaptados a modernidade. E se são pombos, carregam em sua
sina a liberdade do voo e essa necessidade pulsante e miserável do chão. Por
isso, sempre volto pra casa, étimo que sou de minha condição.

>> GRIPE A
Atenção, atenção!
Se você faz parte do grupo de risco, mas perdeu a
data de vacinação na UP, não se preocupe. Basta ir
até um posto de saúde munido de documento com
foto e se vacinar normalmente.

Foto: Divulgação

>> DOMINGO NO CAMPUS

O projeto
Neste Domingo
A Coordenadoria de Cultura da Universidade
Positivo promove atividades culturais, como por O Trio com piano, ou piano trio, é um
exemplo, apresentações musicais, apresentações gênero musical escrito para piano e dois
teatrais, exposições de artes visuais, espetáculos de outros instrumentos, geralmente
dança, exibição de cinema e vídeo, ciclo de palestras, violino e violoncelo. Ele teve origem em
entre outras, que fazem parte do Programa Cultural. meados do século XVIII, na sonata
As atividades envolvem os alunos, os professores, os acompanhada, em que as partes para
funcionários e a comunidade. cordas eram opcionais. Em Beethoven
acontece o rompimento de uma
tradição, pois a parte do violoncelo
>>Apresentações às 11h, no Teatro Positivo adquire a sua emancipação da linha dos
Pequeno Auditório. baixos do piano, colocando-o no mesmo
>>Ingresso: R$ 10,00
Professores, estudantes, doadores de sangue e
pessoas acima de 60 anos pagam meia.

Missão do curso de jornalismo Nacos de Notícia é um veículo semanal dirigido


Formar jornalistas com abrangentes exclusivamente aos estudantes e professores de jornalismo
conhecimentos gerais e humanísticos, da Universidade Positivo.
capacitação técnica, espírito criativo e
empreendedor, sólidos princípios éticos e Expediente
responsabilidade social que contribuam Editor-chefe, projeto gráfico e diagramação: Willian Bressan
com seu trabalho para o enriquecimento (3PMB). Professor orientador: Emerson Castro.
cultural, social, político e econômico da Sugestões, críticas, contato: redacaonaco@gmail.com
sociedade.

NA As informações contidas neste boletim não substituem avisos dados em sala pelos

CO
professores ou expostos no Portal Universitário. O objetivo é reforçar esses informes
e acrescentar outros que sejam de interesse de todos os alunos.

Núcleo de Assessoria
em Comunicação ))))

Interesses relacionados