Você está na página 1de 10
Man ual de iniciação para A ZBox Elite/Premium Elaborado por @lagosta Desenvolvido para htt p://www.dragteam.info/forum/ Versão

Man ual de iniciação para A ZBox Elite/Premium

Elaborado por @lagosta

Desenvolvido para

Man ual de iniciação para A ZBox Elite/Premium Elaborado por @lagosta Desenvolvido para htt p://www.dragteam.info/forum/ Versão

htt p://www.dragteam.info/forum/

Versão 0.2

Para quem está interessado em pôr a AZBOX Elite HD a bombar (salvo erro para a Premium

será igual) tem aqui um tutorial para simplificar um pouco mais o que já por si é muito simples

1.

Material necessário

Pen USB; AZBOX ELITE/PREMIUM;

Uma TV e um PC ;

Software (disponível no pack que acompanha este manual):

o

AZBOX EDIT 0.9.4b;

o

Firmware actual - 1759;

o

Lista de canais actual – elaborada por @hfmld de 08/04/2009;

o

Ficheiros do mbox – 0.5 test 4;

o

CoreFTP ou outro cliente FTP;

o

Manual CS com Mbox para iniciados.pdf- elaborado por @jams01.

2.

Actualização de firmware

Primeiro que tudo deveremos actualizar o firmware, coisa que neste equipamento é feita de um modo muito simples:

  • 1. Obter o último firmware disponível (EX: http://www.azboxworld.com);

  • 2. Ter uma PEN USB formatada em FAT e colocar o ficheiro ‘patch.bin’ na raiz da USB, caso o ficheiro tenha outro nome basta renomeá-lo para o nome anteriormente referido;

  • 3. Introduzir a PEN numa das slots USB do deco e reiniciar (carregar prolongadamente no botão ‘Power’ do comando até aparecer REBOOT no visor do deco);

  • 4. Em seguida irá aparecer um menu com as seguintes opções:

2. Actualização de firmware Primeiro que tudo deveremos actualizar o firmware , coisa que neste equipamento
  • 5. Escolher ‘Format application area’;

  • 6. Em seguida fazer o Update pelo USB (opção 1);

  • 7. É aconselhável fazer o reset para as configurações de fábrica depois de cada update de firmware: 7.1. Botão ‘Home’ do comando, e escolher ‘Settings’:

2. Actualização de firmware Primeiro que tudo deveremos actualizar o firmware , coisa que neste equipamento

7.2. Em seguida ir a ‘Data Reset’ e ‘Factory setting’, tal como na figura:

7.2. Em seguida ir a ‘Data Reset’ e ‘Factory setting’, tal como na figura: Nota: Caso

Nota: Caso seja pedido uma password para entrar no menu escolher ‘0000’ (quatro ZEROS).

  • 3. Configuração do equipamento

Agora com o firmware actualizado vamos configurar os settings de acordo com o vosso sistema (som, imagem, rede, etc):

  • 1. Clicar no botão ‘Home’ do comando e escolher ‘Settings’:

7.2. Em seguida ir a ‘Data Reset’ e ‘Factory setting’, tal como na figura: Nota: Caso
  • 2. Configurar o vosso sistema consoante as vossas preferências

  • 3. Recomendado colocar um endereço IP estático no vosso equipamento para que possam aceder por FTP/SSH/telnet, etc:

4. Lista de canais Ok, agora que está tudo bem configurado vamos colocar uma lista de
  • 4. Lista de canais

Ok, agora que está tudo bem configurado vamos colocar uma lista de canais:

  • 1. Utilizem o programa AZBOX EDIT, de preferência a última versão, neste tutorial utilizei a versão 0.9.4b muito embora já existam versões mais recentes, esta serve bem para este fim;

  • 2. Configurem as vossas opções tal como na figura:

4. Lista de canais Ok, agora que está tudo bem configurado vamos colocar uma lista de

Username e password de origem é root/azbox; NOTA: Cliquem em ‘Update Profile’ para que as alterações sejam guardadas.

  • 3. Agora devem ter à mão uma lista de canais para fazerem o vosso upload para o deco, neste tutorial utilizei a lista do hfmld, que foi postada no fórum.

  • 4. Clicar em ‘File’ ‘Open’ e abrir os 3 ficheiros pedidos.

6. Agora já têm a vossa lista de canais na AZBOX. 5. Emuladores Vamos agora colocar
  • 6. Agora já têm a vossa lista de canais na AZBOX. 5. Emuladores

Vamos agora colocar os EMUS . Neste tutorial apenas menciono como colocar o MBOX, muito embora sejam todos muito parecidos:

  • 1. Clicar no botão ‘Home’ do comando e em seguida ‘Plug-ins’;

6. Agora já têm a vossa lista de canais na AZBOX. 5. Emuladores Vamos agora colocar
  • 2. Clicar no botão vermelho para adicionar um plugin, escolher o site http://azboxworld.com, e escolher o OpenXCas:

3. Aceder ao vosso cliente FTP preferido para enviar os ficheiros do emulador, neste caso utilizou-se
  • 3. Aceder ao vosso cliente FTP preferido para enviar os ficheiros do emulador, neste caso utilizou-se o CoreFTP (cuja configuração se encontra no Anexo A);

  • 4. Enviar a pasta MboxCAS para a pasta /EMU/OpenXCAS. Devem ficar com uma árvore semelhante a esta: /EMU

|- OpenXCAS |-MultiCAS |-MboxCAS

  • 5. Dar as permissões 755 aos ficheiros enviados (botão direito do rato em cima dos ficheiros e ‘Propriedades’):

3. Aceder ao vosso cliente FTP preferido para enviar os ficheiros do emulador, neste caso utilizou-se
  • 6. Configurar o ficheiro cwshare.cfg com as vossas lines locais ou remotas (C ou G respectivamente), podem consultar o ANEXO B para mais info.

  • 7. Carregar no botão ‘Home’ do comando e ‘Plug-ins’;

  • 8. Escolher o OpenXCAS -> Activation & Priority Settings e em seguida desactivar o MultiCAS com o botão Azul, activar o MboxCAS no mesmo botão e fazer Start/Restart com o botão Amarelo em cima do MboxCAS. Devem ficar com algo do género:

Devem ter neste momento o Mbox a correr na vossa AZBOX, caso esteja bem configurado deverão

Devem ter neste momento o Mbox a correr na vossa AZBOX, caso esteja bem configurado deverão ter o que pretendem .

NOTA: Atenção que o mbox presente no pack pode ser uma versão já desactualizada e aconselho a verificação da mesma (versão do pack 0.5 test4), podem verificar a versão do mbox em http://www.mbox.exyusat.com.

ANEXO A – Configuração do CoreFTP para AZBOX

  • 1. Clicar no menu ‘Sites’-> ‘Site manager’.

  • 2. Em seguida configurar tal como:

ANEXO A – Configuração do CoreFTP para AZBOX 1. Clicar no menu ‘Sites’-> ‘Site manager’. 2.
  • 3. Configurar o endereço IP da vossa AZBOX;

  • 4. Clicar em connect e verificar se a ligação é bem sucedida. Caso apareça uma ‘chave’ para aceitar na ligação é normal pois o SSH utiliza uma chave AES para encriptação dos dados.

ANEXO B – Pequena explicação do MBOX

O Mbox é muito simples de configurar e basicamente necessita de 3 ficheiros para funcionar:

  • 1. O mbox_module que é o ficheiro com o programa propriamente dito, no Windows é visto como um executável, e em Linux não precisa da extensão ‘.exe’ para que seja executável. Cada tipo de processador necessita de um executável compilado para o seu conjunto de instruções, no caso da AZBOx este ficheiro chama-se mbox_mudule (Processador SIGMA) mas para a DreamBox é normalmente referido como mbox simplesmente (processador MIPS).

  • 2. O ficheiro mbox.cfg que contém as configurações do próprio funcionamento do mbox , tais como as localizações dos ficheiros do mbox e outras coisas que não vale a pena estar a adiantar.

  • 3. E finalmente o ficheiro cwshare.cfg que contém as vossas configurações de CardSharing, as tão conhecidas lines.

  • 4. Poderão existir mais ficheiros para optimizar o funcionamento do mbox, mas neste

tutorial apenas nos restringimos ao básico. Caso retirem uma versão completa do mbox (compilação para vários processadores) podem ter que alterar o mbox.cfg. Onde basicamente só precisam de alterar a linha contendo o ‘K’. Onde têm K: { /var/keys/ } necessitam de colocar o caminho para o vosso mbox, no nosso caso:

K: { /EMU/OpenXCAS/MboxCAS/ } NOTA: Atenção que o LINUX é case-sensitive. Para configuração das linhas no cwshare.cfg deverão consultar o fórum ou o tutorial ‘Manual CS com Mbox para iniciados.pdf’ elaborado pelo jams01 que vem no pack elaborado por mim.

Manual by lagosta

Desenvolvido para DragTeam