Você está na página 1de 141

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

RODRIGO ALVES DIAS

Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF Livro texto: F´ısica 2 - Termodinˆamica e Ondas Autores: Sears e Zemansky Edi¸c˜ao: 12 a Editora: Pearson - Addisson and Wesley

24 de setembro de 2011

e Ondas Autores: Sears e Zemansky Edi¸c˜ao: 12 a Editora: Pearson - Addisson and Wesley 24
e Ondas Autores: Sears e Zemansky Edi¸c˜ao: 12 a Editora: Pearson - Addisson and Wesley 24
e Ondas Autores: Sears e Zemansky Edi¸c˜ao: 12 a Editora: Pearson - Addisson and Wesley 24

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Objetivos de Aprendizagem

Ao estudar este cap´ıtulo vocˆe aprender´a:

Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

aprender´a: Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Objetivos de Aprendizagem

Ao estudar este cap´ıtulo vocˆe aprender´a:

Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

Como fazer c´alculos em movimento harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes.

freq¨uˆencia angular. Como fazer c´alculos em movimento harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes.

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Objetivos de Aprendizagem

Ao estudar este cap´ıtulo vocˆe aprender´a:

Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

Como fazer c´alculos em movimento harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes.

Como usar conceitos de energia para analisar MHS.

harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes. Como usar conceitos de energia para analisar MHS.

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Objetivos de Aprendizagem

Ao estudar este cap´ıtulo vocˆe aprender´a:

Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

Como fazer c´alculos em movimento harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes.

Como usar conceitos de energia para analisar MHS.

Como aplicar os conceitos envolvidos em um MHS a diferentes situa¸c˜oes f´ısica.

de energia para analisar MHS. Como aplicar os conceitos envolvidos em um MHS a diferentes situa¸c˜oes

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Objetivos de Aprendizagem

Ao estudar este cap´ıtulo vocˆe aprender´a:

Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

Como fazer c´alculos em movimento harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes.

Como usar conceitos de energia para analisar MHS.

Como aplicar os conceitos envolvidos em um MHS a diferentes situa¸c˜oes f´ısica.

Como analisar os movimentos de um pˆendulo simples.

conceitos envolvidos em um MHS a diferentes situa¸c˜oes f´ısica. Como analisar os movimentos de um pˆendulo

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Objetivos de Aprendizagem

Ao estudar este cap´ıtulo vocˆe aprender´a:

Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

Como fazer c´alculos em movimento harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes.

Como usar conceitos de energia para analisar MHS.

Como aplicar os conceitos envolvidos em um MHS a diferentes situa¸c˜oes f´ısica.

Como analisar os movimentos de um pˆendulo simples.

O que ´e um pˆendulo f´ısico, e como calcular as propriedades de seu movimento.

os movimentos de um pˆendulo simples. O que ´e um pˆendulo f´ısico, e como calcular as

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Objetivos de Aprendizagem

Ao estudar este cap´ıtulo vocˆe aprender´a:

Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

Como fazer c´alculos em movimento harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes.

Como usar conceitos de energia para analisar MHS.

Como aplicar os conceitos envolvidos em um MHS a diferentes situa¸c˜oes f´ısica.

Como analisar os movimentos de um pˆendulo simples.

O que ´e um pˆendulo f´ısico, e como calcular as propriedades de seu movimento.

O que determina qu˜ao rapidamente uma oscila¸c˜ao chega ao fim.

e como calcular as propriedades de seu movimento. O que determina qu˜ao rapidamente uma oscila¸c˜ao chega

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Objetivos de Aprendizagem

Ao estudar este cap´ıtulo vocˆe aprender´a:

Como descrever oscila¸c˜oes em termos da amplitude, per´ıodo, freq¨uˆencia e freq¨uˆencia angular.

Como fazer c´alculos em movimento harmˆonico simples(MHS), um tipo importante de oscila¸c˜oes.

Como usar conceitos de energia para analisar MHS.

Como aplicar os conceitos envolvidos em um MHS a diferentes situa¸c˜oes f´ısica.

Como analisar os movimentos de um pˆendulo simples.

O que ´e um pˆendulo f´ısico, e como calcular as propriedades de seu movimento.

O que determina qu˜ao rapidamente uma oscila¸c˜ao chega ao fim.

Como uma for¸ca propulsora aplicada a um oscilador na freq¨uˆencia certa pode provocar uma resposta muito intensa, ou ressonˆancia.

propulsora aplicada a um oscilador na freq¨uˆencia certa pode provocar uma resposta muito intensa, ou ressonˆancia.

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Introdu¸c˜ao

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Introdu¸c˜ao
Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Introdu¸c˜ao

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao

13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao Causas da Oscila¸c˜ao Considere um corpo de massa m

Causas da Oscila¸c˜ao

Considere um corpo de massa m preso a uma mola de massa desprez´ıvel.

Este corpo est´a sobre um trilho de ar na qual apresenta atrito zero.

massa m preso a uma mola de massa desprez´ıvel. Este corpo est´a sobre um trilho de
massa m preso a uma mola de massa desprez´ıvel. Este corpo est´a sobre um trilho de

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao

13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao Causas da Oscila¸c˜ao Considere um corpo de massa m

Causas da Oscila¸c˜ao

Considere um corpo de massa m preso a uma mola de massa desprez´ıvel.

Este corpo est´a sobre um trilho de ar na qual apresenta atrito zero.

F R N

=

=

ˆ

N + F p = (N mg ) j = 0

mg

est´a sobre um trilho de ar na qual apresenta atrito zero. F R N = =
est´a sobre um trilho de ar na qual apresenta atrito zero. F R N = =
est´a sobre um trilho de ar na qual apresenta atrito zero. F R N = =

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao

13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao Causas da Oscila¸c˜ao Considere um corpo de massa m

Causas da Oscila¸c˜ao

Considere um corpo de massa m preso a uma mola de massa desprez´ıvel.

Este corpo est´a sobre um trilho de ar na qual apresenta atrito zero.

F R N

=

=

ˆ

N + F p = (N mg ) j = 0

mg

Se o corpo ´e deslocado para x > 0, a mola exerce uma for¸ca na dire¸c˜ao x no sentido negativo(F x < 0).

F R N

x

F m

=

=

=

ˆ

N + F p + F m = (N mg ) ˆ j = (ma x ) ˆ i + (0) j

mg

ma x < 0

N x F m = = = ˆ N + F p + F m =
N x F m = = = ˆ N + F p + F m =

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao

13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao Se o corpo ´e deslocado para x > 0,

Se o corpo ´e deslocado para x > 0, a mola exerce uma for¸ca na dire¸c˜ao x no sentido negativo(F x < 0).

F R

=

N =

=

x

F m

ˆ

N + F p + F m = (N mg ) ˆ j = (ma x ) ˆ i + (0) j

mg ma x < 0

Se o corpo ´e deslocado para x < 0, a mola exerce uma for¸ca na dire¸c˜ao x no sentido positivo(F x > 0).

F R

=

N =

=

x

F m

ˆ

N + F p + F m = (N mg ) ˆ j = (ma x ) ˆ i + (0) j

mg ma x > 0

R = N = = x F m ˆ N + F p + F m
R = N = = x F m ˆ N + F p + F m
R = N = = x F m ˆ N + F p + F m

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao

13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao Se o corpo ´e deslocado para x > 0,

Se o corpo ´e deslocado para x > 0, a mola exerce uma for¸ca na dire¸c˜ao x no sentido negativo(F x < 0).

F R

=

N =

=

x

F m

ˆ

N + F p + F m = (N mg ) ˆ j = (ma x ) ˆ i + (0) j

mg ma x < 0

Se o corpo ´e deslocado para x < 0, a mola exerce uma for¸ca na dire¸c˜ao x no sentido positivo(F x > 0).

F R

=

N =

=

x

F m

ˆ

N + F p + F m = (N mg ) ˆ j = (ma x ) ˆ i + (0) j

mg ma x > 0

Em resumo:

A for¸ca da mola ´e uma for¸ca restauradora.

Sempre tenta fazer o corpo voltar para posi¸c˜ao de equil´ıbrio.

Se x

> 0 (F x < 0) e (a x < 0).

Se x

< 0 (F x > 0) e (a x > 0).

0 ⇒ ( F x < 0) e ( a x < 0). Se x <
0 ⇒ ( F x < 0) e ( a x < 0). Se x <
0 ⇒ ( F x < 0) e ( a x < 0). Se x <

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao

13 - Movimento Peri´odico Causas da Oscila¸c˜ao Em resumo: A for¸ca da mola ´e uma for¸ca

Em resumo:

A for¸ca da mola ´e uma for¸ca restauradora.

Sempre tenta fazer o corpo voltar para posi¸c˜ao de equil´ıbrio.

Se x

> 0 (F x < 0) e (a x < 0).

Se x

< 0 (F x > 0) e (a x > 0).

Para pequenos deslocamentos de x vemos que:

F x ∝ −x.

Lei de Hooke F x = kx.

e ( a x > 0). Para pequenos deslocamentos de x vemos que: F x ∝
e ( a x > 0). Para pequenos deslocamentos de x vemos que: F x ∝

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

- Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Movimento Harmˆonico Simples Quando uma for¸ca

Movimento Harmˆonico Simples

Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples.

Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples .
Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples .

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Movimento Harmˆonico Simples Quando uma for¸ca

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

Movimento Harmˆonico Simples

Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples.

Da Lei de Hooke podemos escrever que:

x

R

F

=

F x = kx(t)

temos um Movimento Harmˆonico Simples . Da Lei de Hooke podemos escrever que: x R F
temos um Movimento Harmˆonico Simples . Da Lei de Hooke podemos escrever que: x R F

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples.

Da Lei de Hooke podemos escrever que:

x

R

x

R

F

F

=

=

F x = kx(t) ma x (t)

Harmˆonico Simples . Da Lei de Hooke podemos escrever que: x R x R F F
Harmˆonico Simples . Da Lei de Hooke podemos escrever que: x R x R F F

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples.

Da Lei de Hooke podemos escrever que:

x

R

x

R

F

F

a x (t)

v x (t)

=

=

=

=

F x = kx(t)

ma x (t)

m x(t) = dv x (t)

k

dt

dx(t)

dt

x ( t ) = = = = F x = − kx ( t )
x ( t ) = = = = F x = − kx ( t )

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples.

Da Lei de Hooke podemos escrever que:

x

R

x

R

F

F

a x (t)

v x (t)

d 2 x(t) dt 2

=

=

=

=

=

F x = kx(t)

ma x (t)

m x(t) = dv x (t)

k

dt

dx(t)

dt

k

m x(t)

Toda equa¸c˜ao que a derivada segunda de uma fun¸c˜ao for igual ao negativo de uma

 

´

constante vezes a propria fun¸c˜ao. oscilador harmˆonico simples.

E um

for igual ao negativo de uma   ´ constante vezes a propria fun¸c˜ao. oscilador harmˆonico simples.
for igual ao negativo de uma   ´ constante vezes a propria fun¸c˜ao. oscilador harmˆonico simples.

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples.

Da Lei de Hooke podemos escrever que:

x

R

x

R

F

F

a x (t)

v x (t)

d 2 x(t) dt 2

=

=

=

=

=

F x = kx(t)

ma x (t)

m x(t) = dv x (t)

k

dt

dx(t)

dt

k

m x(t)

Toda equa¸c˜ao que a derivada segunda de uma fun¸c˜ao for igual ao negativo de uma

 

´

constante vezes a propria fun¸c˜ao. oscilador harmˆonico simples.

E um

a propria fun¸c˜ao. oscilador harmˆonico simples. E um A for¸ca restauradora pode ser: F x =

A for¸ca restauradora pode ser:

F x = kx + k 1 x 2 + k 2 x 3 +

harmˆonico simples. E um A for¸ca restauradora pode ser: F x = − kx + k

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

Quando uma for¸ca restauradora ´e diretamente proporcional ao deslocamento, temos um Movimento Harmˆonico Simples.

Da Lei de Hooke podemos escrever que:

x

R

x

R

F

F

a x (t)

v x (t)

d 2 x(t) dt 2

=

=

=

=

=

F x = kx(t)

ma x (t)

m x(t) = dv x (t)

k

dt

dx(t)

dt

k

m x(t)

Toda equa¸c˜ao que a derivada segunda de

uma fun¸c˜ao for igual ao negativo de uma

 

´

constante vezes a propria fun¸c˜ao. oscilador harmˆonico simples.

E um

a propria fun¸c˜ao. oscilador harmˆonico simples. E um A for¸ca restauradora pode ser: F x =

A for¸ca restauradora pode ser:

F x = kx + k 1 x 2 + k 2 x 3 +

O movimento pode ser peri´odico, mais n˜ao harmˆonico simples. d 2 x(t) k 1 =
O movimento pode ser peri´odico, mais n˜ao
harmˆonico simples.
d 2 x(t)
k
1
=
m x(t) + k m x 2 + k 2
x 3 +
dt 2
m

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

- Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS Considere uma

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

Considere uma part´ıcula que descreve um MCU ou

seja ω = dθ(t)

dt

= Constante.

r(t)

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

que descreve um MCU ou seja ω = d θ ( t ) dt = Constante
que descreve um MCU ou seja ω = d θ ( t ) dt = Constante

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

- Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS Considere uma

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

Considere uma part´ıcula que descreve um MCU ou

seja ω = dθ(t)

dt

r(t)

r (t)

=

=

= Constante.

x(t) ˆ i + y(t) j

ˆ

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d t r ( t ) r ( t ) = = = Constante . x
d t r ( t ) r ( t ) = = = Constante . x

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

- Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS Considere uma

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

Considere uma part´ıcula que descreve um MCU ou

seja ω = dθ(t)

dt

r(t)

r (t)

v(t)

=

=

=

= Constante.

x(t) ˆ i + y(t) j

ˆ

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t)

dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

t ) j ˆ R cos θ ( t ) ˆ i + R sin θ
t ) j ˆ R cos θ ( t ) ˆ i + R sin θ

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

- Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS Considere uma

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

Considere uma part´ıcula que descreve um MCU ou

seja ω = dθ(t)

dt

= Constante.

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t)

dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

dt

ˆ i + dy ( t ) dt ˆ j ˆ − R sin θ (
ˆ i + dy ( t ) dt ˆ j ˆ − R sin θ (

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS)

- Movimento Peri´odico Movimento Harmˆonico Simples(MHS) Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS Considere uma

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

Considere uma part´ıcula que descreve um MCU ou

seja ω = dθ(t)

dt

= Constante.

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

=

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t) dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

ˆ

dt

t ) ˆ i + R cos θ ( t ) d θ ( t )
t ) ˆ i + R cos θ ( t ) d θ ( t )

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS Considere uma part´ıcula que descreve

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

Considere uma part´ıcula que descreve um MCU ou

seja ω = dθ(t)

dt

= Constante.

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

=

=

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t) dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

ˆ

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

dt

d v(t) dt

=

dv x (t) dt

ˆ

i

+

dv y (t) dt

ˆ

j

θ ( t ) ˆ i + R ω cos θ ( t ) j dt
θ ( t ) ˆ i + R ω cos θ ( t ) j dt

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS r ( t ) r

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

a(t)

=

=

= d r(t)

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

ˆ

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

dt

ˆ

j

=

=

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

ˆ

dt

=

=

d v(t)

dt 2 r(t) dt 2

d

=

=

dv x (t) dt

ˆ

i

+

dv y (t) dt

ˆ

j

ω 2 r (t)(MHS)

) dt 2 r ( t ) dt 2 d = = dv x ( t
) dt 2 r ( t ) dt 2 d = = dv x ( t

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS r ( t ) r

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

a(t)

d 2 x(t) dt 2

=

=

=

=

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t) dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

ˆ

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

dt

d v(t) dt d 2 r(t) dt 2

=

=

dv x (t) dt

ˆ

i

+

dv y (t) dt

ˆ

j

ω 2 r (t)(MHS)

ω 2 x(t) ;

d 2 x(t) dt 2

=

ω 2 x(t)

( t ) dt ˆ j − ω 2 r ( t ) ( MHS )
( t ) dt ˆ j − ω 2 r ( t ) ( MHS )

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS r ( t ) r

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

a(t)

d 2 x(t) dt 2

=

=

=

=

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t) dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

ˆ

dt

d v(t) dt d 2 r(t) dt 2

=

=

dv x (t) dt

ˆ

i

+

dv y (t) dt

ˆ

j

ω 2 r (t)(MHS)

ω 2 x(t) ;

d 2 x(t) dt 2

=

ω 2 x(t)

x ( t ) ; d 2 x ( t ) dt 2 = − ω

Da Lei de Hooke obtemos:

d 2 x(t) = − m k x(t) dt 2
d 2 x(t)
=
m k x(t)
dt 2

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS r ( t ) r

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

a(t)

d 2 x(t)

dt 2

ω 2

=

=

=

=

=

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t) dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

ˆ

dt

d v(t)

d

dt 2 r(t)

dt 2

=

=

dv x (t)

dt

ˆ

i

+

dv y (t)

dt

ˆ

j

ω 2 r (t)(MHS)

ω 2 x(t) ;

m k ω =

m k → ω =

d 2 x(t)

dt 2

k

m

=

ω 2 x(t)

2 x ( t ) dt 2 k m = − ω 2 x ( t

Da Lei de Hooke obtemos:

d 2 x(t) = − m k x(t) dt 2
d 2 x(t)
=
m k x(t)
dt 2

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS r ( t ) r

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

a(t)

d 2 x(t) dt 2

ω 2

T

=

=

=

=

=

=

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t) dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

ˆ

dt

d v(t)

=

dt d 2 r(t)

dt 2

=

dv x (t)

dt

ˆ

i

+

dv y (t)

dt

ˆ

j

ω 2 r (t)(MHS)

ω 2 x(t) ;

d 2 x(t) dt 2

=

ω 2 x(t)

m ω =

k

k

m

= 2π

1

f

ω

=

2π m

k

t ) m → ω = k k m = 2 π 1 f ω =

Da Lei de Hooke obtemos:

d 2 x(t) = − m k x(t) dt 2
d 2 x(t)
=
m k x(t)
dt 2

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS r ( t ) r

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

a(t)

d 2 x(t) dt 2

ω 2

T

=

=

=

=

=

=

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t) dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

ˆ

dt

d v(t)

=

dt d 2 r(t)

dt 2

=

dv x (t)

dt

ˆ

i

+

dv y (t)

dt

ˆ

j

ω 2 r (t)(MHS)

ω 2 x(t) ;

d 2 x(t) dt 2

=

ω 2 x(t)

m ω =

k

k

m

= 2π

1

f

ω

=

2π m

k

m → ω = k k m = 2 π 1 f ω = 2 π

Da Lei de Hooke obtemos:

d 2 x(t) k = − m x(t) dt 2 ω 1 k f =
d 2 x(t)
k
=
m x(t)
dt 2
ω
1
k
f
=
2π =
2π m

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS r ( t ) r

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

a(t)

d 2 x(t) dt 2

ω 2

T

=

=

=

=

=

=

=

=

=

=

ˆ

x(t) ˆ i + y(t) j

R cos θ(t) ˆ i + R sin θ(t) j

ˆ

d r(t) dt

= dx(t)

dt

ˆ

i

+

dy (t)

dt

ˆ

j

ˆ

R sin θ(t) dθ(t) ˆ i + R cos θ(t) dθ(t) j

dt

Rω sin θ(t) ˆ i + Rω cos θ(t) j

ˆ

dt

d v(t)

=

dt d 2 r(t)

dt 2

=

dv x (t)

dt

ˆ

i

+

dv y (t)

dt

ˆ

j

ω 2 r (t)(MHS)

ω 2 x(t) ;

d 2 x(t) dt 2

=

ω 2 x(t)

m ω =

k

k

m

= 2π

1

f

ω

=

2π m

k

m → ω = k k m = 2 π 1 f ω = 2 π

Da Lei de Hooke obtemos:

d 2 x(t) k = − m x(t) dt 2 ω 1 k f =
d 2 x(t)
k
=
m x(t)
dt 2
ω
1
k
f
=
2π =
2π m

Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico

Movimento Harmˆonico Simples(MHS)Cap´ıtulo 13 - Movimento Peri´odico Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS r ( t ) r

Movimento Circular Uniforme(MCU) e as MHS

r(t)

r (t)

v(t)

v (t)

v (t)

a(t)

a(t)

d 2 x(t) dt 2

ω 2

T

=

=

=

=

=

=

=

=