Você está na página 1de 25
Como montar uma empresa de decoração de eventos EMPREENDEDORISMO Especialistas em pequenos negócios / 0

Como montar uma empresa de decoração de eventos

Como montar uma empresa de decoração de eventos EMPREENDEDORISMO Especialistas em pequenos negócios / 0 8

EMPREENDEDORISMO

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Expediente Presidente do Conselho Deliberativo Robson Braga de Andrade – Presidente do CDN Diretor-Presidente Guilherme

Expediente

Presidente do Conselho Deliberativo

Robson Braga de Andrade – Presidente do CDN

Diretor-Presidente

Guilherme Afif Domingos

Diretora Técnica

Heloísa Regina Guimarães de Menezes

Diretor de Administração e Finanças

Luiz Eduardo Barretto Filho

Unidade de Capacitação Empresarial e Cultura Empreendedora

Mirela Malvestiti

Coordenação

Luciana Rodrigues Macedo

Autor

Paulo César Borges de Sousa

Projeto Gráfico

Staff Art Marketing e Comunicação Ltda.

www.staffart.com.br

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /

Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /

Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /

TOKEN_HIDDEN_PAGE

do Processo Produtivo / Automação / TOKEN_HIDDEN_PAGE Sumário 1. 2. 3. Apresentação Mercado Localização 4.

Sumário

1.

2.

3.

Apresentação

Mercado

Localização

4. Exigências Legais e Específicas

5.

6.

7.

Estrutura

Pessoal

Equipamentos

8. Matéria Prima/Mercadoria

9. Organização do Processo Produtivo

10.

Automação

11. Canais de Distribuição

12.

Investimento

13. Capital de Giro

14.

Custos

15. Diversificação/Agregação de Valor

16.

Divulgação

17. Informações Fiscais e Tributárias

18.

Eventos

19. Entidades em Geral

20. Normas Técnicas

21.

Glossário

1

2

3

3

4

5

6

7

9

10

10

11

12

12

13

14

15

17

18

18

18

22. Dicas de Negócio

19

23. Características

20

24. Bibliografia

21

25. URL

22

Apresentação / Apresentação

1. Apresentação

Presta assistência aos noivos na hora de planejar a decoração de igrejas e salões de festas. Confere requinte, bom gosto e romantismo aos eventos.

Aviso: Antes de conhecer este negócio, vale ressaltar que os tópicos a seguir não fazem parte de um Plano de Negócio e sim do perfil do ambiente no qual o empreendedor irá vislumbrar uma oportunidade de negócio como a descrita a seguir. O objetivo de todos os tópicos a seguir é desmistificar e dar uma visão geral de como um negócio se posiciona no mercado. Quais as variáveis que mais afetam este tipo de negócio? Como se comportam essas variáveis de mercado? Como levantar as informações necessárias para se tomar a iniciativa de empreender

O casamento é um dia especial para os noivos e também para quem o organiza,

tornando-se uma boa oportunidade de empreendimento.

Planejar, escolher a data do casamento, elaborar a lista de convidados, dos presentes, igreja, recepção, comidas, bebidas, música e outras decisões a serem tomadas é complicado para o casal e muitos não conseguem planejar e organizar tudo sozinhos.

Tem ainda o fato de lidar com o stress e o nervosismo da data e das mudanças que se aproximam. São por esses motivos que o mercado de empresas especializadas na organização de casamentos tem crescido a cada ano.

A Decoração do casamento garante requinte, bom gosto e romantismo ao evento.

Assim, este profissional irá orientar na escolha da decoração dos ambientes, seguindo normalmente a estação climática do ano, para a data do casamento e de acordo com as cores definidas pelos noivos.

Por se tratar da união de duas famílias na pessoa do noivo e da noiva, tem-se então, consolidado um amor de namorados e sonhos de duas famílias que querem o melhor para seus filhos. Por isso mesmo, desejam realizar uma linda cerimônia religiosa e em grande parte seguida de uma recepção harmoniosa para os noivos e seus convidados especiais.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

1
1

Apresentação / Apresentação / Mercado

Aviso: Antes de conhecer este negócio, vale ressaltar que os tópicos a seguir não fazem parte de um Plano de Negócio e sim do perfil do ambiente no qual o empreendedor irá vislumbrar uma oportunidade de negócio. O objetivo de todos os tópicos a seguir é desmistificar e dar uma visão geral de como um negócio se posiciona no mercado. Quais as variáveis que mais afetam este tipo de negócio? Como se comportam essas variáveis de mercado? Como levantar as informações necessárias para tomar a iniciativa de empreender?

Uma empresa de decoração de casamento deverá ser concebida com visão profissional desde o seu projeto embrionário, o que irá requerer uma avaliação objetiva sobre sua forma de atuação, bem como as expectativas comerciais que esse tipo de empreendimento requer. Sendo assim será

necessário que seja montado um plano de negócio. E para elaboração deste plano consulte o SEBRAE mais próximo.

2. Mercado

A rede de serviços e negócios que gira em torno das cerimônias de casamento chega

a mais de 30 segmentos que envolvem: convites, lembrancinhas, cerimonial, flores,

cabelo e maquiagem, fotografias e filmagens, som, iluminação, alianças, Buffet, doces especiais e outros.

Esses setores estão em franco crescimento, principalmente pelo alto índice de casamentos. É um mercado que movimenta mais de R$ 2 bilhões por ano, considerando-se que no Brasil, a cada cinco minutos, sete casais trocam alianças. São aproximadamente 1 milhão e 700 mil casamentos por ano, segundo dados da Expo Noivas & Festas, a maior feira do setor.

A comodidade de ter profissionais competentes e a falta de tempo são alguns dos

fatores responsáveis pela grande procura por empresas do setor de cerimônias. Existe

uma estimativa que só no Brasil, o setor de festas e casamentos movimente cerca de R$ 8 bilhões por ano.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

2
2

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas

3. Localização

O local para instalar uma empresa de decoração de casamentos deve considerar o

fácil acesso e a boa visualização, de preferência que fique próximo a centros comerciais, mas sem distanciar do seu público alvo.

Na definição do local devem ser avaliados pelo empreendedor alguns itens, conforme segue:a) Ruas ou avenidas com grande fluxo de pedestres e também de veículos, num espaço de fácil visualização do seu comércio, bem como espaço para estacionamento dos clientes ou que pelo menos tenha estacionamento rotativo nas imediações;b) Galeria de boa visitação de pessoas, principalmente naquelas que oferecem outros tipos de serviços, de preferência que se vinculem de forma direta ou indireta com o seu ramo de negócio, como por exemplo, lojas de trajes de festas, joalherias, vestidos de noivas, boa praça de alimentação, salão de beleza, estúdio de fotografias e filmagens, dentre outros.

A definição da localização da empresa é tão importante quanto a seleção dos

profissionais.

4. Exigências Legais e Específicas

O empreendedor de uma empresa de decoração de casamentos deverá cumprir

algumas exigências iniciais e somente poderá se estabelecer depois de cumpridas, quais sejam:

Registro da empresa nos seguintes órgãos:• Junta Comercial;• Secretaria da Receita Federal (CNPJ);• Secretaria Estadual de Fazenda;• Prefeitura do Município para obter o alvará de funcionamento;• Enquadramento na Entidade Sindical Patronal (empresa ficará obrigada a recolher por ocasião da constituição e até o dia 31 de janeiro de cada ano, a Contribuição Sindical Patronal);• Cadastramento junto à Caixa Econômica Federal no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS”;• Corpo de Bombeiros Militar.

Visite a prefeitura da cidade em que pretende montar a sua empresa de decoração de casamentos para fazer a consulta de local e emissão das certidões de Uso do Solo e Número Oficial.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

3
3

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura

Passos seguinte para a formalização da empresa:

• Após a liberação do contrato social devidamente registrado na Junta Comercial de

seu Estado, do CNPJ e da inscrição estadual, também, deve-se providenciar o registro da empresa na Prefeitura Municipal para requerer o Alvará Municipal de Funcionamento.

• Antes de iniciar a produção o empreendedor deverá obter o alvará de licença

sanitária. Para obter essa licença o estabelecimento deve estar adequado às exigências do Código Sanitário(especificações legais sobre as condições físicas).• O empreendedor deverá atentar que em âmbito federal a fiscalização cabe a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA -, já em âmbito estadual e municipal fica a cargo da Secretaria Estadual de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde, respectivamente.

5. Estrutura

A estrutura para uma empresa de decoração de casamentos tem que ser pensada e

implantada considerando o seu público-alvo. Mas independentemente desta premissa,

é fundamental que a estrutura mínima seja concebida com pelo menos o seguinte:

• Local de atendimento ao cliente: por se tratar de segmento empresarial em que

praticamente tudo é terceirizado, algumas pessoas têm a visão distorcida de que basta um simples escritório para atendimento de ligações telefônicas para resolver a questão de espaço ambiental.Nesse mercado os clientes “compram” a imagem da empresa, portanto, torna-se importante que a estrutura funcional tenha uma ótima apresentação.

Diante disso, o empreendedor deverá definir desde a cidade que irá montar seu empreendimento até o bairro, rua ou avenida, além da definição de espaço físico que se pretende montar sua empresa.

Estas decisões permearão os limites e possibilidades do empreendimento, sendo um

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

4
4

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal

delimitador entre o sucesso e o fracasso do negócio. • Estrutura física: decidido a cidade, bairro, rua/avenida e o tipo de imóvel que será instalada a empresa, o empreendedor terá que se preocupar com a apresentação estética do imóvel tanto externamente quanto internamente.

Na parte externa deve haver a preocupação com o visual e estilização da empresa, apresentando ao público toda uma situação de glamour e seriedade do negócio. É necessário que o local tenha um estacionamento pavimentado, de preferência próprio.

Na ambientação interna, é importante trabalhar de forma técnica o layout dos espaços. Procedendo a disposição do mobiliário de forma harmônica, respeitando o design arquitetônico do imóvel, planejando assim cada detalhe como forma de agregar valor a todos os ambientes.

• Visual dos funcionários: por se tratar da extensão da empresa os funcionários devem externar uma aparência de similaridade em suas vestimentas, ou seja, o ideal é que a empresa forneça uniforme estilizado para os seus colaboradores.

A definição de uniforme para os funcionários demonstrará organização visual na empresa, o que gera no cliente uma maior segurança em ter um grupo visualmente homogêneo em seu evento.

6. Pessoal

As pessoas a serem alocadas na execução de todas as atividades da empresa, que vai desde os funcionários do escritório, atendente, recepcionistas do escritório e de eventos, seguranças, manobristas, fotógrafos, cinegrafistas, mestre de cerimônia (quando o evento assim o exigir), sejam elas fixos ou terceirizados, devem ser educadas, agradáveis, com bom nível cultural, acessíveis e simpáticas.

Todo este aparato de exigências faz-se necessário, pois como descritos em outros

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

5
5

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos

pontos deste material, a empresa de decoração de eventos estará sempre atuando para realizar o sonho de um casal, e também de seus familiares e amigos. Por isso mesmo não poderá haver falhas.

O grupo de profissionais envolvidos na decoração de um casamento, não precisa ser obrigatoriamente pessoas fixas da empresa, mas terá que ser de altíssima qualificação e conseguir vivenciar “sonhos de outrem” e buscar o seu atendimento integral.

Desta forma, o empreendedor e seu quadro fixo terão que conseguir “tirar” o máximo do quadro terceirizado que estará atuando no evento, por isso a exigência de alta qualificação.

Visando manter o nível de qualidade de cada evento, o empreendedor não deverá, dentro das possibilidades empresariais, contar com alta rotatividade de colaboradores. Destaca-se que o ideal é a permanência contínua dos profissionais, para que a cada novo evento, a qualidade e a crença de seu idealizador esteja refletida em cada colaborador.

7. Equipamentos

Os principais equipamentos para iniciar uma empresa de decoração de casamentos são os seguintes:1. Veículo utilitário;2. Prateleiras para guardar os itens base de enfeites;3. Utensílios diversos (tesouras; grampeadores comum e de pressão, estiletes, potes, cortadora de isopor, serra tico-tico, etc);4. Rádios intercomunicadores para uso das pessoas envolvidas diretamente na realização do evento;5. Local para recepção dos clientes dotados de sala de reunião, área financeira, estúdio fixo, dentre outros;6. Computador;7. Impressora;8. Telefone;9. Fax;10. Mesas;11. Cadeiras;12. Sofás;13. Dentre outros.

Fornecedores:

http://lista.mercadolivre.com.br /TESOURAhttp://lista.mercadolivr e.com.br/serra-tico- ticohttp://lista.mercadoliv re.com.br/grampeador-comumhttp://lista.mercado livre.com.br/cortadora-de-isoporhttp://lista. mercadolivre.com.br/grampeador-de-

press%C3%A3ohttp://lista.mercadolivre.com.b

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

6
6

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria

de atendimento htt p://produto.mercadolivre.com.br/MLB-135740347-balco-de- atendimento-cromado-c -vidro-temperado-_JMCalculadorahttp://www.americanas.c

om.br/AcomProd/5359/324861mesa

http://www.efacil.com.br/DetalheProduto.aspx?Codmer=2202805&Midia=12

cadeirahttp://www.gazin.com.br/loja/detalhe.php?cod_P=25281&parc=NTk=&ut

m_source=Buscape.com.br&utm_campaign=buscape

8. Matéria Prima/Mercadoria

A gestão de estoques no varejo é a procura do constante equilíbrio entre a oferta e a

demanda. Este equilíbrio deve ser sistematicamente aferido através de, entre outros, os seguintes três importantes indicadores de desempenho:

Giro dos estoques: o giro dos estoques é um indicador do número de vezes em que o capital investido em estoques é recuperado através das vendas. Usualmente é medido em base anual e tem a característica de representar o que aconteceu no passado. Obs.: Quanto maior for a freqüência de entregas dos fornecedores, logicamente em menores lotes, maior será o índice de giro dos estoques, também chamado de índice de rotação de estoques. Cobertura dos estoques: o índice de cobertura dos estoques é

a indicação do período de tempo que o estoque, em determinado momento, consegue

cobrir as vendas futuras, sem que haja suprimento. Nível de serviço ao cliente: o

indicador de nível de serviço ao cliente para o ambiente do varejo de pronta entrega, isto é, aquele segmento de negócio em que o cliente quer receber a mercadoria, ou serviço, imediatamente após a escolha; demonstra o número de oportunidades de venda que podem ter sido perdidas, pelo fato de não existir a mercadoria em estoque ou não se poder executar o serviço com prontidão. Portanto, o estoque dos produtos deve ser mínimo, visando gerar o menor impacto na alocação de capital de giro. O estoque mínimo deve ser calculado levando-se em conta

o número de dias entre o pedido de compra e a entrega dos produtos na sede da

empresa

A gestão de estoques no varejo é a procura do constante equilíbrio entre a oferta e a

demanda. Este equilíbrio deve ser sistematicamente aferido através de, entre outros,

os seguintes três importantes indicadores de desempenho:

Giro dos estoques: o giro dos estoques é um indicador do número de vezes em que o capital investido em estoques é recuperado através das vendas. Usualmente é medido em base anual e tem a característica de representar o que aconteceu no passado.

Obs.: Quanto maior for a frequência de entregas dos fornecedores, logicamente em menores lotes, maior será o índice de giro dos estoques, também chamado de índice de rotação de estoques.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

7
7

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria

Cobertura dos estoques: o índice de cobertura dos estoques é a indicação do período de tempo que o estoque, em determinado momento, consegue cobrir as vendas futuras, sem que haja suprimento.

Nível de serviço ao cliente: o indicador de nível de serviço ao cliente para o ambiente do varejo de pronta entrega, isto é, aquele segmento de negócio em que o cliente quer receber a mercadoria, ou serviço, imediatamente após a escolha; demonstra o número de oportunidades de venda que podem ter sido perdidas, pelo fato de não existir a mercadoria em estoque ou não se poder executar o serviço com prontidão.

Portanto, o estoque dos produtos deve ser mínimo, visando gerar o menor impacto na alocação de capital de giro. O estoque mínimo deve ser calculado levando-se em conta

o número de dias entre o pedido de compra e a entrega dos produtos na sede da empresa.

Por se tratar de um segmento eminentemente de prestação de serviços, praticamente inexiste a necessidade de matéria prima.

Em relação a mercadorias e produtos, da mesma forma que para matéria prima, é baixíssima sua exigência neste tipo de empresa. Exceto os que se utilizam no escritório e manutenção das instalações da empresa.

Com isto a prestação de serviços é o que deverá ser focado, pois o serviço será o item principal para o encantamento do cliente.

Além do serviço próprio da empresa de decoração de casamentos pode-se intermediar também os itens complementares que serão fornecidos por terceiros, sobre os quais o

empreendedor assume inteira responsabilidade. Neste caso é necessário verificar com

o seu contador o enquadramento tributário da empresa será mantido ou alterado.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

8
8

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo

9. Organização do Processo Produtivo

O processo produtivo de uma empresa de decoração de casamentos pode ser agrupado em cinco grandes etapas:

1) Prospecção de negócios: é uma das fases mais importantes para o empreendimento. A prospecção de negócios é um indicador das tendências de vendas futuras.

Será nessa etapa que iniciará os negócios do empreendimento. Mas atenção, não se deve prospectar vendas além da capacidade instalada, isto tenderá a riscos na qualidade de atendimento e implementação do serviço.

No entanto a falta de contratos a executar, poderá ensejar em grandes dificuldades do negócio.

Deve-se buscar uma estrutura operacional em conformidade com os negócios, se necessário expande-se o empreendimento, mas evite custos “ousados” sem obter o resultado mínimo projetado.

2) Visita técnica e orçamento: nesta fase do negócio deve-se levantar todas a informações e expectativas do cliente, como exemplo: anseios, preferências, idéia de investimento, dentre outros.

Por outro lado, o atendente (empreendedor) deverá mostrar as tendências do mercado, apresentar fotos de cenários, decorações e outros eventos relacionados a seu trabalho. Conjuntamente a esse processo, deve-se recorrer a revistas e sites especializados para identificar projetos bem sucedidos e servir de base de apoio a estruturação de novos e inovadores projetos.

3) Venda: a organização é fundamental para o cliente encontrar com rapidez o que procura. Nesta fase o orçamento deve estar pronto, além do contrato (com os níveis de

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

9
9

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição

serviço acordados) e também as garantias oferecidas.

4) Execução do serviço: o empreendedor deve estar apto para realizar o serviço contratado, cumprindo com maestria o que foi definido no contrato seguindo os prazos. Os funcionários devem estar munidos de uniformes e crachás, devem ser educados, ter higiene e acima de tudo ser comprometidos com o serviço.

5) Pós-venda: a relação pós-venda é necessária para a longevidade do empreendimento, pois é através da satisfação do cliente que o seu negócio vai para frente.

10. Automação

A

automação para esse tipo de empreendimento é importante, mas não fundamental,

que o processo é essencialmente manual.

Mas, mesmo não sendo fundamental, o empreendedor deverá buscar no mercado software de automação para sua empresa. Se possível, um ERP (Enterprise Resource Planning), ou simplesmente denominado sistema de gestão integrado de empresa, que possibilite a execução de todas as tarefas e atividades requeridas e exigidas para esse tipo de empresa.

É importante que o software que será adotado pela empresa atenda as necessidades

primordiais desse segmento de negócio, tais como:• Possibilitar o cadastramento de todos os clientes;• Idéias do casal, tipo de decoração escolhida, materiais auxiliares a serem aplicados;• Elaboração do projeto em 3D.

11. Canais de Distribuição

Para esse segmento empresarial praticamente não existe um formatação de canais de distribuição.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

10
10

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento

12. Investimento

O investimento estimado para montar uma empresa de decoração de casamentos, de

porte médio, deverá girar em torno do que segue abaixo:

1. Veículo utilitário – 1 – R$ 25.000,002. Prateleiras para guardar os itens base de

enfeites – 10 – R$ 3.500,003. Utensílios diversosa. Tesouras – 5 – R$ 1.200,00b. Grampeadores comum e de pressão – 5 – R$ 750,00c. Estiletes – 10 – R$ 130,00d. Potes – 30 – R$ 600,00e. Cortadora de isopor – 5 – R$ 350,00f. Serra tico-tico – 3 – R$ 450,004. De dois a três conjuntos de fotografia digital completo incluindo estúdio móvel, máquina digital profissional, lentes variadas, componentes para célula, rebatedor de flashes, baterias sobressalentes, carregador de bateria, etc. – 2 – R$ 15.000,005. Rádios intercomunicadores auriculares, para uso das pessoas envolvidas diretamente na realização do evento – 10 – R$ 1.500,006. Computador – 4 – R$ 6.000,007. Notebook – 3 – R$ 6.000,008. Impressora – 2 – R$ 1.200,009. Telefone – 6 – R$ 300,0010. Fax – 1 – R$ 450,0011. Mesas de escritório – 8 – R$ 2.400,0012. Mesas para reunião – 3 – R$ 1.800,0013. Cadeiras com rodízios – 36 – R$ 6.300,0014. Sofás – 3 – R$ 3.600,00

Total de investimentos – R$ 76.530,00

Observações:1. Nos valores indicados para o investimento não está previsto o custo do software a ser utilizado na execução dos serviços e também na gestão da empresa,

já que a opção por um ou outro software irá variar bastante, tanto no que se refere ao

fornecedor quanto ao resultado final esperado.

2. Não estão considerados os gastos relativos à aquisição do imóvel escolhido para a

instalação da empresa, pois ele poderá ser alugado.

Os preços acima são meramente referenciais, para fins de estimativa do investimento necessário.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

11
11

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos

13. Capital de Giro

Capital de giro é o montante de recursos financeiros que a empresa precisa manter para garantir fluidez dos ciclos de caixa. O capital de giro funciona com uma quantia imobilizada no caixa (inclusive banco) da empresa para suportar as oscilações de caixa. O capital de giro é regulado pelos prazos praticados pela empresa, são eles: prazos médios recebidos de fornecedores (PMF); prazos médios de estocagem (PME) e prazos médios concedidos a clientes (PMCC). Quanto maior o prazo concedido aos clientes e quanto maior o prazo de estocagem, maior será sua necessidade de capital de giro. Portanto, manter estoques mínimos regulados e saber o limite de prazo a conceder ao cliente pode melhorar muito a necessidade de imobilização de dinheiro em caixa. Se o prazo médio recebido dos fornecedores de matéria-prima, mão-de-obra, aluguel, impostos e outros forem maiores que os prazos médios de estocagem somada ao prazo médio concedido ao cliente para pagamento dos produtos, a necessidade de capital de giro será positiva, ou seja, é necessária a manutenção de dinheiro disponível para suportar as oscilações de caixa. Neste caso um aumento de vendas implica também em um aumento de encaixe em capital de giro. Para tanto, o lucro apurado da empresa deve ser ao menos parcialmente reservado para complementar esta necessidade do caixa. Se ocorrer o contrário, ou seja, os prazos recebidos dos fornecedores forem maiores que os prazos médios de estocagem e os prazos concedidos aos clientes para pagamento, a necessidade de capital de giro é negativa. Neste caso, deve-se atentar para quanto do dinheiro disponível em caixa é necessário para honrar compromissos de pagamentos futuros (fornecedores, impostos). Portanto, retiradas e imobilizações excessivas poderão fazer com que a empresa venha a ter problemas com seus pagamentos futuros. Um fluxo de caixa, com previsão de saldos futuros de caixa deve ser implantado na empresa para a gestão competente da necessidade de capital de giro. Só assim as variações nas vendas e nos prazos praticados no mercado poderão ser geridas com precisão.

Nesse segmento, normalmente a necessidade de capital de giro é de nível alto e tenderá a variar na ordem de 80% a 100% do investimento total.

14. Custos

São todos os gastos realizados na produção de um bem ou serviço e que serão incorporados posteriormente no preço dos produtos ou serviços prestados, como:

aluguel, água, luz, salários, honorários profissionais, despesas comerciais, insumos consumidos no processo de prestação e execução de serviços, depreciação de maquinário e instalações. O cuidado na administração e redução de todos os custos

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

12
12

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor

envolvidos na compra, prestação e venda de serviços que compõem o negócio, indica que o empreendedor poderá ter sucesso ou insucesso, na medida em que encarar como ponto fundamental a redução de desperdícios, a compra pelo melhor preço e o controle de todas as despesas internas. Quanto menores os custos, maior a chance de ganhar no resultado final do negócio. Os custos para abrir e manter uma empresa de decoração de casamentos pode ser estimado considerando os itens e valores referenciais indicados abaixo:1. Salários, comissões (caso a remuneração de serviço de colaboradores seja feita com base em desempenho) e encargos: - R$ 10.000,00;2. Tributos, impostos, contribuições e taxas: R$ 800,00;3. Aluguel, taxa de condomínio, segurança: R$ 2.500,00;4. Água, luz, telefone e acesso a internet: R$ 350,00;5. Produtos para higiene e limpeza da empresa e funcionários: R$ 300,00;6. Recursos para manutenções corretivas e preventivas de maquinários, equipamentos e instalações: R$ 150,00;7. Propaganda e publicidade da empresa: R$ 1.500,00.

O empreendedor deve primar pelo controle criterioso dos gastos envolvidos no

desenvolvimento do negócio, visando manter os níveis pré-estabelecidos no Plano de

Negócios. Atentando sempre para que a busca de alternativas que minimizem as despesas e os custos não comprometam o desempenho comercial.

15. Diversificação/Agregação de Valor

O empreendedor deverá ter em mente que seu negócio terá maior possibilidade de ser

sucesso se for criativo e prestar serviços com diferenciação dos demais prestadores que já estão no mercado.

Uma oferta de serviços diferenciados motivará o cliente a migrar ou utilizar os serviços da sua empresa bem como indicá-la para outras pessoas. A inovação, criatividade e prospecção de novas estruturas, materiais, tecnologias e serviços a serem ofertados auxiliará também na divulgação de seus serviços.

Como forma de agregar valor a seu serviço pode-se citar alguns pontos chaves neste processo, que são:• Cumprimento de prazo e horário de entrega do serviço contratado, buscando sempre agregar itens complementares que enriquecem o resultado final, de forma a superar as expectativas dos noivos e seus familiares e convidados;

• O conhecimento do empreendedor sobre decoração de casamentos será um grande agregador de valor, já que será esse profissional que direcionará os sonhos e

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

13
13

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação

expectativas dos noivos.

• O encarregado de elaborar o projeto da decoração de casamento deverá avaliar

criteriosamente alguns itens, tais como: local do evento religioso, local da recepção, expectativa do clima, ou seja, se chuvoso ou seco, quente ou frio, nível social dos convidados, pois o decorador não poderá criar situações embaraçosas para os convidados e familiares dos noivos.

O empreendedor de uma empresa de decoração de casamentos poderá diversificar os

seus serviços através de:• Montagem de cenários exclusivos, evitando repeti-los em outras cerimônias, de forma a garantir que um ambiente criado por sua empresa não irá se repetir em outros eventos.

• O empreendedor poderá incrementar em seu book de serviços a montagem de decorações temáticas, segundo o interesse dos noivos.

• Oferecer aos noivos o envio de save the date, que é um pré-convite que pode ser

enviado 6 (seis) meses antes do casamento. Desta maneira, os convidados já sabem exatamente a data da cerimônia e entram no espírito da festa! Menos formal que o convite, o save the date pode ser enviado por e-mail, correio ou entregue em mãos.

16. Divulgação

A divulgação de uma empresa de decoração de casamentos estará diretamente ligada

ao seu público alvo. Isto porque irá depender do público a ser atingido pela sua empresa, o que poderá direcionar as ações de propaganda e publicidade do negócio.

Ações que buscam inserir a marca no mercado são necessárias em qualquer das classes sociais, como por exemplo, televisão, rádio, jornais, internet, outdoor, panfletos, dentre outras ações de marketing direto.

Outra forma que poderá ser eficaz na divulgação da empresa é a montagem de pequenas exposições de seu trabalho, focando nichos comerciais, conforme segue:•

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

14
14

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias

Expor seus trabalhos ou forma de trabalho em shoppings centers, feiras de negócios, ideal as que sejam voltadas para o segmento.

Destaca-se, no entanto, que a maioria desses meios de comunicação apresentam um custo bastante expressivo. Assim, o empreendedor deverá trabalhar com alguns diferenciais na área de atendimento a seus clientes atuais e também com um bom nível de resultado final em sua prestação de serviço, pois desta forma poderá ser possível receber uma divulgação gratuita que é a indicação via boca a boca, feita pelos seus clientes satisfeitos.

Diante disto, o empresário deverá esmerar em prestar serviços de forma que seus clientes sintam-se confortáveis e interessados em divulgar a sua empresa para os seus contatos / rede de relacionamento, quando instado a essa situação.

17. Informações Fiscais e Tributárias

O segmento de DECORAÇÃO DE CASAMENTOS, assim entendido pela CNAE/IBGE

(Classificação Nacional de Atividades Econômicas) 8230-0/02 como a atividade de organização de festas e eventos, familiares ou não, poderá optar pelo SIMPLES Nacional - Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas ME (Microempresas) e EPP (Empresas de Pequeno Porte), instituído pela Lei Complementar nº 123/2006, desde que a receita bruta anual de sua atividade não ultrapasse a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) para micro empresa,

R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) para empresa de pequeno porte

e respeitando os demais requisitos previstos na Lei.

Nesse regime, o empreendedor poderá recolher os seguintes tributos e contribuições, por meio de apenas um documento fiscal – o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), que é gerado no Portal do SIMPLES Nacional (http://www8.receita.f azenda.gov.br/SimplesNacional/):

• IRPJ (imposto de renda da pessoa jurídica);

• CSLL (contribuição social sobre o lucro);

• PIS (programa de integração social);

• COFINS (contribuição para o financiamento da seguridade social);

• ISSQN (imposto sobre serviços de qualquer natureza);

• INSS (contribuição para a Seguridade Social relativa a parte patronal).

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

15
15

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias

Conforme a Lei Complementar nº 123/2006, as alíquotas do SIMPLES Nacional, para esse ramo de atividade, variam de 6% a 17,42%, dependendo da receita bruta auferida pelo negócio. No caso de início de atividade no próprio ano-calendário da opção pelo SIMPLES Nacional, para efeito de determinação da alíquota no primeiro mês de atividade, os valores de receita bruta acumulada devem ser proporcionais ao número de meses de atividade no período.

Se o Estado em que o empreendedor estiver exercendo a atividade conceder benefícios tributários para o ICMS (desde que a atividade seja tributada por esse imposto), a alíquota poderá ser reduzida conforme o caso. Na esfera Federal poderá ocorrer redução quando se tratar de PIS e/ou COFINS.

Se a receita bruta anual não ultrapassar a R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), o empreendedor, desde que não possua e não seja sócio de outra empresa, poderá optar pelo regime denominado de MEI (Microempreendedor Individual) . Para se enquadrar no MEI o CNAE de sua atividade deve constar e ser tributado conforme a tabela da Resolução CGSN nº 94/2011 - Anexo XIII (http://www.receita.fazenda.gov.br/legislacao/resolucao/2011/CGSN/Resol94.htm ). Neste caso, os recolhimentos dos tributos e contribuições serão efetuados em valores fixos mensais conforme abaixo:

I) Sem empregado

• 5% do salário mínimo vigente - a título de contribuição previdenciária do empreendedor;

• R$ 5,00 a título de ISS - Imposto sobre serviço de qualquer natureza.

II) Com um empregado: (o MEI poderá ter um empregado, desde que o salário seja de um salário mínimo ou piso da categoria)

O empreendedor recolherá mensalmente, além dos valores acima, os seguintes percentuais:

• Retém do empregado 8% de INSS sobre a remuneração;

• Desembolsa 3% de INSS patronal sobre a remuneração do empregado.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

16
16

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos

Havendo receita excedente ao limite permitido superior a 20% o MEI terá seu empreendimento incluído no sistema SIMPLES NACIONAL.

Para este segmento, tanto ME, EPP ou MEI, a opção pelo SIMPLES Nacional sempre será muito vantajosa sob o aspecto tributário, bem como nas facilidades de abertura do estabelecimento e para cumprimento das obrigações acessórias.

Fundamentos Legais: Leis Complementares 123/2006 (com as alterações das Leis Complementares nºs 127/2007, 128/2008 e 139/2011) e Resolução CGSN - Comitê Gestor do Simples Nacional nº 94/2011.

18. Eventos

EXPO NOIVAS & FESTAS. A maior feira do segmento, realizada no Brasil. Disponível em: http://www.exponoivas.com.br.

FEIRA CASAR. Idealizado pela empresária Vera Simão, o Casar é a feira mais sofisticada do País e conta com a presença dos mais requintados expositores que expõem produtos e serviços, sempre na busca de realizar todos os sonhos que envolvem os preparativos de um casamento. Disponível em: http://verasimao.com.br/ CURSO PARA ASSESSORES E CERIMONIALISTAS. Disponível em:

http://www.curso deassessoriaadrianagunther.blogspot.com/

BRAZIL PROMOTION. Feira de Marketing promocional: brindes, serviços para a realização de eventos, merchandising no ponto-de-venda e soluções gráficas. Disponível em: http://www.brazilpromotion.com.br /port/

ABEOC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE EVENTOS. Realizada de forma regionalizada vários eventos, sendo necessário o contato com tal Associação visando identificar aquele que melhor se adéqua a sua empresa. Disponível em:

http://www.abeoc.org.br/

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

17
17

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

19. Entidades em Geral

ABEOC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE EVENTOS. Disponível em:

http://www.abeoc.org.br/

CAESS – CLUBE DE ASSESSORIES DE EVENTOS SOCIAIS. Disponível em:

http://www.clubedeassessores.com.br/

UBRAFE – UNIÃO BRASILEIRA DOS PROMOTORES DE FEIRAS. Disponível em:

http://www.ubrafe.org.br/

SINDIEVENTOS – Sindicato dos trabalhadores, empregados, autônomos, avulsos e temporários, em feiras, congressos e eventos em geral e em atividades afins de organização, montagem e promoção no estado de São Paulo. Disponível em:

http://www.sindieventos.org.br/

SINDIPROM - Sindicato de Empresas de Promoção, Organização e Montagem de Feiras, Congressos e Eventos do Estado de São Paulo. Disponível em:

http://www.sindiprom.org.br/

20. Normas Técnicas

Não existem normas técnicas aplicáveis ao negócio.

21. Glossário

Buffet - forma de servir comida a uma grande quantidade de pessoas. De maneira geral a comida é exposta em uma ou mais mesas para que os convidados se sirvam.Buquê – ramalhete de flores.Cinegrafista - profissional responsável pelo registro das imagens de qualquer cerimônia.Cerimonialista - profissional responsável pela apresentação de evento: cerimônias oficiais ou de público-privado.Outdoor – cartaz ou painel publicitário.Prospecção - estudo das saídas que um mercado oferece.Requinte –

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

18
18

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

perfeição.Sazonalidade – própria de uma estação do ano.Tendências – inclinação, disposição.

22. Dicas de Negócio

Este ramo de negócio requer a análise de alguns tópicos que elevam a qualidade das atividades da empresa na realização de uma decoração de casamento, conforme segue:• Todo e qualquer evento, seja de que porte for, precisa contar com um planejamento completo, tanto no que tange a parte técnica quanto financeira, principalmente o levantamento dos custos e o resultado final, pois após o fechamento do contrato o que já tenha sido acordado terá que ser cumprido.• O sucesso de

qualquer evento está intimamente ligado ao profissionalismo, seja do empresário, dos funcionários da empresa e também dos terceirizados, sejam eles fornecedores de

mão-de-obra, Buffet, etc

grupo de pessoas envolvidas na realização do evento, já que o sucesso e o fracasso de um evento sempre será da empresa contratada e nunca dos prestadores de

serviços ou de seus funcionários.• A felicidade dos noivos é a parte mais importante do contrato firmado, por isso mesmo precisa ser tratada com total decência, transparência, lisura, respeito e sempre valorizar seus “sonhos”.• Por se tratar de um evento, talvez um dos momentos mais importantes da vida dos noivos, é determinante

a aplicação de todas as normas de cerimonial, protocolo e regras de etiqueta, bem

como ter qualidade em todos os itens integrantes da decoração.• O empreendedor deverá ter sensibilidade para lidar com flores, cores, tecidos e outros.• Ter uma estrutura comercial de alto nível• Sugere-se que a empresa de decoração de casamento somente deverá pegar um evento, caso tenha certeza que o seu serviço realmente tem condições de ser sucesso.

A empresa de decoração de eventos precisa ter um seleto

Apresenta abaixo mais algumas dicas para o seu negócio:• Veículos da empresa: caso

a empresa venha a ter veículos próprios para desempenho de suas atividades é

importante que estes sejam estilizados, pois é uma forma de apresentação da empresa

e também representará uma questão de organização.

• Atendimento de garçom: como ponto fundamental de “encantamento do cliente” é importante a presença de garçom fazendo o atendimento dos ambientes em que ocorrem reuniões da equipe da empresa com os clientes.

Este atendimento deverá ser feito por profissional altamente qualificado e treinado para esta função, já que estará sendo demonstrada uma pequena parte do nível de serviços

e profissionais com que a empresa atua.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

19
19

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Nesse atendimento é importante que a empresa ofereça para o cliente água, refrigerante, café, vinho, uísque, espumante, um pequeno Buffet contendo alguns itens para degustação, como salgadinhos, biscoitos, bem-casados, dentre outros.

23. Características

O empreendedor de uma empresa de decoração de casamentos deve ter algumas características básicas, tais como:

1. Ter conhecimento específico sobre projeto e decoração de casamentos. Este

conhecimento poderá ser adquirido com a participação em cursos sobre decoração, flores, projetos estruturados, eventos em geral, cursos com designers, eventos de moda, feiras diversas, dentre outros;

2. Este conhecimento requer habilidades para entender como elaborar um projeto de

decoração de casamento, e na sequência como transportar o referido projeto para o

espaço físico;

3. Ter habilidade com softwares de ilustração e recursos em 3D para ajudar nos

projetos;

4. Ter uma idéia completa e detalhada do seu empreendimento, conhecer os

concorrentes, fornecedores e possíveis parceiros;

5. Ter a capacidade de transformar boas idéias em um negócio rentável, dispondo de

um mínimo de conhecimentos gerenciais e técnicos para levar a frente um empreendimento destacando: criatividade, liderança, perseverança, flexibilidade, vontade de trabalhar, automotivação, formação permanente, organização e senso crítico, etc.;

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

20
20

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

6. Estar atento às tendências de mercado relacionadas a decoração, casamentos,

flores da estação, formas e formatos de bolos, devendo ser capaz de elaborar uma projeto que desperte a atenção dos noivos, pois será esse contato visual que motivará os noivos a contratar os serviços de sua empresa;

7. Ser uma pessoa que sempre busca melhorar o nível de seu negócio, tanto com a

participação em cursos específicos de decoração de casamento, quanto de gestão empresarial. Pois não basta ter conhecimento apenas sobre decoração, é necessário também estar preparado para gerir o seu empreendimento;

8. Ter habilidade no tratamento com pessoas, tanto com seus colaboradores quanto

com clientes, fornecedores. Enfim, com todos que de forma direta ou indireta tenha ligação com a empresa;

9. Ser empreendedor com visão prospectiva, ou seja, atuar com antecipação de

tendências, ter visão de futuro no que tange a novos estilos e formas de decoração.

10. Além das características acima listadas, o empresário da área de decoração de casamentos tem que ser uma pessoa extremamente criativa, sempre com capacidade de sugerir ou mesmo criar formas inovadoras de decoração, tendo como foco e objetivo estar sempre à frente de seus concorrentes.

As características indicadas são apenas direcionamentos, isto não quer dizer que um empreendedor que talvez não se sinta com tais características tenha que desistir de investir neste novo negócio.

24. Bibliografia

Normas do cerimonial público e ordem geral de precedência. 2. ed. Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação de Publicações, 2004.

CESCA, Cleuza G. Gimenes. Organização de eventos: manual para planejamento e execução. São Paulo: SENAC, 1996.GIÁCOMO, Cristina. Tudo acaba em festa:

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

21
21

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

evento, líder de opinião, motivação e público. São Paulo: Summus, 2007.

Tendências para casamento moderno. Disponível em: http://www.noivasonline .com/casamento_moderno.htm>. Acesso em: 07 março 2011.

Principais Feiras. Disponível em: http://www.casamentoemgran deestilo.eev.com.br/?area=ad2&pg=Principais+Feiras>. Acesso em: 07 março 2011.

Industria do casamento. Disponível em:

http://www.acessa.com/negocios/arquivo/mercados/2003/05/06-industria_casa

mento/>. Acesso em: 07 março 2011.

Empresa organizadora de casamento. Disponível em: http://www.sebrae- sc.com.br/ideais/default.asp?vcdt exto=4645&%5E%5E>. Acesso em: 08 março 2011.

Escritório de Decoração.Disponível em: http://www.empregabras il.org.br/zev/como%20montar%20escritorio%20de%20decoracao.htm>. Acesso em: 10 março 2011.

Empresas que organizam casamento se destacam no mercado. Disponível em:

http://www.artigonal.com/casamento-artigos/empresas-que-organi zam-casamento-se- destacam-no-mercado-2912225.html>. Acesso em:10 março 2011.

25. URL

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/Como-montar-uma-empresa-de-

decora%C3%A7%C3%A3o-de-casamentos

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

22
22