Você está na página 1de 48

ÍNDICE

INTRODUÇÃO 1

FUNCIONALIDADE DE CADA PRODUTO/COMPONENTE CONTROLE MICROBIOLÓGICO [N°1] MIX PARA PRODUZIR GRAFIATO E TEXTURA [N°2] SELADOR ACRÍLICO BRANCO (ECONÔMICO)

11

6

8

10

[N°3 ]MASSA ACRÍLICA 12 [N°4] TEXTURA ACRÍLICA P/ EXTERIORES 1ª LINHA 13 [N°5] TINTA ACRÍLICA
[N°3 ]MASSA ACRÍLICA
12
[N°4] TEXTURA ACRÍLICA P/ EXTERIORES 1ª LINHA 13
[N°5] TINTA ACRÍLICA BRANCA FOSCA - TINTA ECONOMICA 14
[N° 6] FORMULAÇÃO PARA MASSA ACRÍLICA 15
[N° 7] FORMULAÇÃO PARA SELADOR ACRÍLICO 16
[N°8]
FORMULAÇÃO
PARA
TINTA ACRÍLICA 17
[N°9] FORMULAÇÃO PARA TEXTURA ACRÍLICA BRANCA
18
[N° 10] FORMULAÇÃO PARA TEXTURA ACRÍLICA RÚSTICA 19
[N°11] FORMULAÇÃO PARA TEXTURA ACRÍLICA LISA 20
[N°12] FORMULAÇÃO PARA GRAFIATO 21
[N°13] FORMULAÇÃO PARA TINTA ACRÍLICA FOSCA PREMIUM 22
[N°14] FORMULAÇÃO PARA TINTA STANDARD 23
[N°15] FORMULAÇÃO PARA TINTA ACRÍLICA FOSCA ECONÔMICA 24
[N°16] FORMULAÇÃO PARA MASSA CORRIDA (Resicryl) 25
[N°17] FORMULAÇÃO PARA MASSA ACRÍLICA (Resicryl) 26
[N°18] FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE GRAFIATO (MAUÁ QUÍMICA) 27
[N°19] FÓRMULA PARA PRODUÇÃO DE TEXTURA LISA (MAUÁ QUÍMICA)
28
[N°20] FÓRMULA PARA PRODUÇÃO DE TEXTURA RÚSTICA (MAUÁ
QUÍMICA)
29
BÔNUS 30
LISTA DE FORNECEDORES E RESPECTIVOS PRODUTOS 33

FÓRMULAS DE CORES 36

INTRODUÇÃO

Esta é uma breve introdução sobre tintas e derivados para facilitar o entendimento de quem está iniciando testes e ainda não tem muito conhecimento nesta área. As informações abaixo são básicas e se aplicam para Tintas e seus derivados. Estas informações foram retiradas do site: www.nossovinil.com.br e modificadas para uma linguagem mais simples. Os aspectos fundamentais na fabricação de tintas e derivados são discutidos aqui, por exemplo, o que se deve colocar na formulação para que o produto tenha as propriedades desejadas. Maiores informações podem ser obtidas no site: www.tintadequalidade.com.br.

podem ser obtidas no site: www.tintadequalidade.com.br . RELAÇÃO ÁGUA/CARGA MINERAL As tintas e derivados são

RELAÇÃO ÁGUA/CARGA MINERAL As tintas e derivados são materiais compostos de resina, solvente, pigmentos, cargas minerais e aditivos. Cada carga mineral tem uma absorção de água diferente. Quando há uma modificação de minerais, deve-se repor a água e os dispersantes/umectantes proporcionalmente.

PODER DE COBERTURA

A

O

A

desempenho, pois os pequenos diâmetros conseguem colocar-se entre os espaços vazios dos maiores, formando uma espécie de parede compacta de pedras naturais, que refletem a luz, portanto, de grande cobertura.

cobertura é o máximo de reflexão de luz que se pode ter.

mineral que tem o maior poder de reflexão é o Dióxido de Titânio (mais caro também).

combinação de granulometrias entre pequenos e médios diâmetros proporciona melhor

ESPESSANTE Exemplos: Cellosize ® , CMC, Espessante Acrílico. Usado para manter em suspensão as cargas minerais.

Usado para manter em suspensão as cargas minerais. Confere comportamento tixotrópico, ou seja, quando do

Confere comportamento tixotrópico, ou seja, quando do movimento, a tinta fica com viscosidade baixa; quando parada, fica viscosa. Esta propriedade é importante para a aplicação com rolo.

O espessante acrílico e o Cellosize ® só espessam em pH alcalino.

É interessante preparar o espessante à parte, pois quando submetidos a fortes agitações

perdem a viscosidade.

DISPERSANTE Exemplos: Poliacrilato de Sódio (Resisperse NB), Poliacrilamida Saponificada. Melhora a trabalhabilidade da tinta, pois abaixa a viscosidade. Usando-se dispersante, é possível diminuir a quantidade inicial de água em relação à carga mineral, fazendo com que a massa fique mais compacta, melhorando o trabalho de dispersamento dos minerais.

UMECTANTE

Exemplos: Dioctil Sulfosuccinato de Sódio (Resinac DOS 75)

É importante, pois melhora a molhabilidade dos minerais, fluidificando a massa e

impedindo que o produto altere as características finais no decorrer do tempo.

Melhora a aplicação da parede, pois facilita a penetração na parede.

RESINAS PVAC (VINÍLICAS)

São normalmente compostos de acetatos de vinila+maleatos, reagidos entre si. Compostos com predominância de poli (acetato de vinila) têm a propriedade de inchar com a água.

O PVAc tem a característica de aglutinação de cargas melhores que o acrílico, sendo

possível formular uma tinta com 10% de resina, o que não é possível com a tinta acrílica. Recomenda-se colocar a emulsão no final.

RESINAS ACRÍLICAS Normalmente são acrílicos-estirênicos, pois os preços dos acrílicos são muito altos, balanceando com estireno, de custo menor. Acrílicos-Estirênicos têm uma resistência à absorção de água melhor que os PVAc's. No acrílico-estirênico é possível regular a flexibilidade da película, mudando-se a relação acrílico/estireno. Recomenda-se colocar a emulsão no final.

ANTI-ESPUMANTE

É importante no dispersamento das cargas minerais, pois há uma aeração natural na

fabricação. Quando se tem bolhas de ar, ocorrem:

o falsa viscosidade.

o na embalagem há o problema de volume. Caso não se use anti-espumante, embala-se menos produto. o na pintura há problema de alastramento.

PIGMENTO AZUL Quando adicionamos um pouco de pigmento azul, há a impressão de que se tem um branco mais limpo.

azul, há a impressão de que se tem um branco mais limpo. AMÔNIA Usada para estabilizar

AMÔNIA Usada para estabilizar o espessante, pois deixa o meio alcalino. Evita uma reação indesejável do Carbonato de Cálcio quando em meio ácido, que libera gás carbônico e forma um gel, deixando a massa numa consistência de queijo.

COALESCENTES Ajudam na formação da película, conferindo mais brilho e plasticidade. Melhora o alastramento da tinta. Ajudam na formação do filme a baixa temperatura. Retardam a secagem do filme. Ajudam na fluidez da tinta.

CONSERVANTES Uma tinta precisa ser preservada na lata e na parede. É recomendável não utilizar derivados de glutaraldeído nas tintas acrílicas.

PROCESSOS Os processos de fabricação de tintas dependem muito do tipo de formulação que se faz, de acordo com o produto desejado. Para uma formulação adequada, deve-se:

desejado. Para uma formulação adequada, deve-se:  Selecionar as resinas, de forma a ter-se as propriedades

Selecionar as resinas, de forma a ter-se as propriedades adequadas;

Selecionar os solventes, próprios tanto para as resinas, quanto para os demais componentes da tinta, bem como nas propriedades finais do produto para aplicação;

Selecionar os pigmentos e cargas, de acordo com o acabamento que se deseja.

Os processos devem levar em conta a reologia (deformação e fluxo de massa) da tinta, que, sendo um material composto, não tem o comportamento de materiais puros.

A reologia da tinta é o que confere seu comportamento desde a fabricação até a hora de

aplicar.

A fabricação consiste em uma pré-mistura, seguida de dispersão das cargas,

homogeneização em moinho, completagem dos demais componentes e filtragem.

A propriedade fundamental da tinta é a tixotropia. Quando parada, a tinta tem viscosidade

alta e quando movimentamos, sua viscosidade vai diminuindo, facilitando a aplicação. Isto resulta em facilidade de espalhamento da tinta quando usamos o pincel ou rolo e,

quando paramos o movimento, a tinta aumenta sua viscosidade e repousa sobre a superfície. Depois de aplicada a tinta sobre a superfície, o solvente evapora e a resina forma um filme plástico que manterá as cargas e pigmentos unidos, protegendo e embelezando a superfície.

EQUIPAMENTOS

- Misturador: Para texturas e massas utiliza-se um Misturador em material inox (tanque,

eixos e partes), com motor para velocidade entre 50 e 100 RPM;

- Dispersor: Para tintas utiliza-se dispersor com motor de 3 cv para velocidade entre 600 a 700 RPMs. Também existem misturadores que funcionam como dispersores trabalhando com duas

velocidades 60 RPM como misturador e 600 RPM como dispersor. - Balança;

- Embalagem.

SEGURANÇA NO MANUSEIO

- Para manuseio das matérias primas e produtos é expressamente necessário o

uso de equipamentos de proteção individual (EPI’s) tais como: máscara contra pó, óculos

de segurança, luvas impermeáveis, botas de borracha, aventais, etc.

- Mantenha o local de trabalho limpo, seco e arejado;

- Leia atentamente os rótulos e as fichas dos produtos antes de sua utilização;

- Mantenha todos os produtos longe do alcance de crianças e animais.

CUIDADOS PARA EVITAR CONTAMINAÇÃO DOS PRODUTOS

É de extrema importância que se tome todos os cuidados para evitar contaminação dos produtos a serem comercializados. A limpeza do local de produção e os cuidados com manuseio são essenciais para evitar contaminações que possam comprometer a qualidade e prazo de validade de sua marca.

AVISOS

a qualidade e prazo de validade de sua marca. AVISOS Nas fórmulas que estão em “%”,

Nas fórmulas que estão em “%”, considerar que sejam litros, portanto, por exemplo:

55,8%= 55,8 litros. A soma de todos componentes deve ser próxima de 100% (100 kg). Uma pequena variação é aceita, completa-se com água ou pó fino, dependendo da consistência obtida no final, fazendo testes com aplicação em uma superfície vertical com uma espátula. Ao utilizar produtos dos fornecedores listados, deve-se seguir a formulação específica de cada um. Os produtos possuem nomes técnicos, por exemplo a Mauá química vende o Mix (cola) e o Pessacryl, que são Ligantes e a junção dos dois aumenta a eficácia. Também existem vários produtos de outros fornecedores com outros nomes, por exemplo os produtos Konilon com nomes fantasia, mas com informações sobre a natureza e a aplicação. Assim como o Biofort é uma logomarca de conservante: Este produto químico é utilizado como ingrediente para preservar preparações, dando mais estabilidade aos produtos no qual está inserido, em várias linhas industriais inclusive as cosméticas, produtos de limpeza e tintas. Existem vários tipos de conservantes no mercado. Conservantes devem ser usados conforme a especificação do fabricante, porém, esta aplicação é dependente do tempo de estocagem e da qualidade da água, matérias primas e do manuseio durante a fabricação. Às vezes é necessário se basear em estudo microbiológico de seu produto ao longo do tempo. O fornecedor "EUROAMERICAN" vende os produtos KONILON. O MIX deles (abaixo especificado como Konilon R628), não precisa dos demais produtos (espessante, ligante, hidro-repelente, biocida, Polímeros tais como CMC, emulsão, etc.) só precisa acrescentar água e a carga mineral (pó fino 325, 40 ou 10).

Polímeros tais como CMC, emulsão, etc.) só precisa acrescentar água e a carga mineral (pó fino

Os fornecedores RESICRYL, EUROAMERICAN e CARBOMINER também vendem um MIX já completo que dispensa também o biocida/conservante para o caso de textura e grafiato, não para tintas. O uso de biocida é geralmente 0,10%, porém, varia de produto de diferentes fornecedores e também da sua necessidade no que se refere à qualidade da água e cuidados na produção. Os fornecedores em geral dão nomes fantasia a seus produtos, com o tempo você vai poder fabricar seu próprio MIX, que varia um pouco entre os fornecedores, mas, veja que se utiliza a mesma quantidade (60 kg para fabricar 500 kg e 120 para 1000 kg). Para produção com estas formulações, é extremamente necessário seguir a ordem de adição das matérias primas contidas nas fórmulas. Devido às variações entre as matérias primas de fabricante para fabricante, é aconselhável produzir bateladas de pequenas quantidades, realizando testes (cor, consistência, liga, etc.) e fazendo os ajustes necessários. É possível para reduzir custos, substituir alguns dos componentes das fórmulas de fabricação de Texturas e Grafiato por outros produtos e formulações diferentes, porém, são necessários acompanhamento e orientação técnica ou a indicação de dosagem dos fornecedores. Após obter experiência de produção e testes dos produtos, antes de iniciar uma produção em grande escala e comercialização é necessário submeter os produtos com sua marca às determinações das Normas ABNT. Por estar relacionada diretamente com o produto “Tinta”, são várias normas empregadas, cada uma especificando uma propriedade físico-química ou microbiológica dos produtos. Seguem abaixo algumas ABNTs.

FUNCIONALIDADE DE CADA PRODUTO/COMPONENTE

- ÁGUA

- CONSERVANTE

SOLVENTE (considerada solvente universal)

SOLVENTE (considerada solvente universal)

ESTABILIZANTE DUREZA PÓS SECO HIDROREPELENTE

ESTABILIZANTE DUREZA PÓS SECO HIDROREPELENTE - RESINA ACRÍLICA - EMULSÃO DE PARAFINA - CMC (CARBOMETILCELULOSE)

- RESINA ACRÍLICA

- EMULSÃO DE PARAFINA

- EMULSÃO DE PARAFINA

- CMC (CARBOMETILCELULOSE)

- CMC (CARBOMETILCELULOSE)

- CALCITA etc.)

ESPESSANTE ENCHIMENTO/CARGA (malhas 325, 40, 10,

- BUTIL GLICOL bactericida)

- ÁGUARRAS

- DIÓXIDO DE TITÂNIO

-

bactérias)

algas).

-

TEXTURA

espessante/polímeros, etc.)

SOLVENTE (auxilia dissolução do agente

SOLVENTE PIGMENTO (cobertura)

CONSERVANTE

(combate

fungos

e

CONSERVANTE (evita contaminação por

LX

1.5

%

MISTURA BASE COMPLETA E GRAFIATO (confere resistência, já possui resina,
MISTURA
BASE
COMPLETA
E
GRAFIATO
(confere
resistência,
possui
resina,

MIX

PARA

dispersante,

LX 1.5 % MISTURA BASE COMPLETA E GRAFIATO (confere resistência, já possui resina, MIX PARA dispersante,

CONTROLE MICROBIOLÓGICO

Microrganismos como bactérias, fungos, algas e cianobactérias apresentam grande capacidade de adaptação ao ambiente, o que possibilita sua sobrevivência em situações adversas, até mesmo extremamente críticas. As tintas e texturas à base de água estão sujeitas à contaminação biológica estes microrganismos, os quais necessitam como requisitos básicos para seu desenvolvimento e proliferação a luz solar, oxigênio, pH,

nutrientes, temperatura e água. Todo fabricante da área de tintas, texturas e revestimento precisam seguir certos cuidados em seu processo de fabricação, e além disso, devem orientar o consumidor e o executor dos serviços de pintura, para evitar contaminações em todas as fases de aplicação (orientação pós-venda). Tais orientações incluem em como limpar e desinfetar as paredes para reduzir a contaminação existente, antes da aplicação da nova camada, manuseio durante a diluição antes de sua aplicação (quando aplicável), pois essa água pode estar contaminada. Além disto, a presença de cloro pode desativar alguns biocidas empregados no produto. Outro ponto que deve ser levado em consideração para a análise do rendimento do biocida é a dosagem necessária para a eliminação dos agentes biológicos. Assim, quanto mais eficaz for o biocida, menor será a quantidade necessária, o que incrementa a relação custo/benefício e ainda proporciona redução dos possíveis efeitos indesejáveis desse composto.

dos possíveis efeitos indesejáveis desse composto. A dosagem usual é muito variável de caso para caso,

A

dosagem usual é muito variável de caso para caso, pois depende da qualidade

da água que será empregada na produção, assim como do controle biológico dos fabricantes de cada matéria prima empregada. Normalmente seguem-se as orientações do fornecedor, mas é possível, a critério do desempenho obtido, fazer alterações nas

dosagens para mais ou para menos.

É
É

recomendável fazer um controle de armazenamento de amostras produzidas de

cada lote para análise e acompanhamento. Trata-se de guardar uma amostra da produção, identificando com número do lote, data e formulação empregada (incluindo dosagem dos conservantes). Esta amostra deve ser analisada periodicamente e mantida por período de até um ano, verificando a qualidade dos mesmos de tempo em tempo e assim determinar se a quantidade de biocida usada está adequada.

9

FÓRMULAS ESTEQUIOMÉTRICAS BALANCEADAS PARA PRODUÇÃO DE TEXTURAS, GRAFIATO, MASSA CORRIDA, SELADOR E TINTAS

[N°1] FÓRMULA BASE PARA PRODUÇÃO DO MIX PARA GRAFIATO E TEXTURA EMPASTE ou DISPERSÃO - 30 MINUTOS A 700 RPM

PRODUTO/COMPONENTE ÁGUA ÁGUARRAZ CMC (CARBOXIMETILCELULOSE) DISPERSANTE EMULSÃO DE PARAFINA (HIDROREPELENTE)
PRODUTO/COMPONENTE
ÁGUA
ÁGUARRAZ
CMC (CARBOXIMETILCELULOSE)
DISPERSANTE
EMULSÃO DE PARAFINA (HIDROREPELENTE)
RENEX 95 (SURFACTANTE)
ANTIESPUMANTE
%/PESO
48,9
1
0,4
0,55
7,3
0,35
0,35
COMPLETAGEM 25 MINUTOS A 60 RPM
RESINA (COLANTE FORMADOR DE PELÍCULA)
BACTERICIDA
FUNGICIDA
COALESCENTE
ANTIESPUMANTE (ex: ANTAROL TS-760) BRASCHEMICAL
HIDRÓXIDO DE AMÔNIO (NH4OH) – BASE
ÁGUA
ESPESSANTE
33
0,1
0,1
1,8
0,35
0,9
1,95
2,95
BRASCHEMICAL HIDRÓXIDO DE AMÔNIO (NH4OH) – BASE ÁGUA ESPESSANTE 33 0,1 0,1 1,8 0,35 0,9 1,95

FORMULAÇÕES DE ACORDO COM PRODUTOS

[N°2] SELADOR ACRÍLICO BRANCO (ECONÔMICO) FORMULAÇÃO DO FORNECEDOR R.SIMON REPRESENTAÇÕES BASE PARA PRODUÇÃO DE 100 KG

ITEM MATÉRIA-PRIMA % PESO FORNECEDOR 1 AGUA 43,25 2 BACTERICIDA MCT-370 0,25 R.SIMON REPRES.S/C LTDA
ITEM
MATÉRIA-PRIMA
% PESO
FORNECEDOR
1
AGUA
43,25
2
BACTERICIDA MCT-370
0,25
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
3
UMECTANTE UT-960
0,30
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
4
ANTI-ESPUMANTE K-4
0,25
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
5
DISPERSANTE LA-1707
0,25
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
6
RESINA ACRÍLICA EA-726
10,00
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
7
AGUARAS
1,00
8
BUTIL GLICOL
0,50
9
CARBONATO DE CALCIO PPTO
7,00
10
AGALMATOLITO HTM-20
10,00
11
CARBONATO DE CALCIO NATURAL # 325
25,00
12
TITANIO
1,00
13
ADECRYL AM-335
1,00
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
14
AMONEA
0,20
TOTAL -
100,00
OBS: PARA SE EVITAR A FORMAÇÃO DE GRUMOS DE ESPESSAMENTO, ADICIONAR O
ADECRYL AM-335 DILUIDO EM ÁGUA NA PROPORÇÃO DE 5 : 1 (ÁGUA DO PROCESSO)
DICAS NO PROCESSO:

AS CARGAS MINERAIS E PIGMENTOS , DEVEM ENTRAR APOS OS ITENS 1À5 A ESTA FASE, DENOMINADOS DE DISPERSÃO, QUE DEVE SER REALIZADA EM 25-30 MIN. ESTA FASE É REALIZADA EM ALTA ROTAÇÃO , POREM A ADIÇÃO DOS CHAMADOS PÓS PODERÁ SER REALIZADA EM BAIXA ROTAÇÃO. ATENÇÃO: PARA SE EVITAR A FORMAÇÃO DE BOLHAS E ATÉ UMA POSSÍVEL QUEBRA DE EMULSÃO , ACONSELHAMOS ADICIONAR O ITEM RESINA ACRÍLICA EM BAIXA ROTAÇÃO O MODIFICADOR REOLOGICO AM-335 ENTRA NA ULTIMA FASE , QUANDO O PH ESTIVER ENTRE 8,5 - 9,00 O MOFICADOR REOLOGICO AM-335 (JÁ EM SOLUÇÃO 5:1 COM ÁGUA) , PODERÁ SER UTILIZADO COMO MOLHANTE E CONFERIR UM AUMENTO DA VISCOSIDADE NA FASE DE DISPERSÃO AUXILANDO A MOAGEM E EVITANDO RESPINGOS (SUGESTÃO 1/4 DA SOLUÇÃO TOTAL).

DA VISCOSIDADE NA FASE DE DISPERSÃO AUXILANDO A MOAGEM E EVITANDO RESPINGOS (SUGESTÃO 1/4 DA SOLUÇÃO

[N°3] MASSA ACRÍLICA FORMULAÇÃO DO FORNECEDOR R.SIMON REPRESENTAÇÕES. SC LTDA BASE PARA PRODUÇÃO DE 100 KG

ITEM

MATÉRIA PRIMA

% PESO

FORNECEDOR

1

ÁGUA

25,00

 

2

DISPERSANTE LA-1707

0,15

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

3

BENTONITA

0,30

 

4

UMECTANTE UT-860

0,15

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

4

ANTI-ESPUMANTE K-4

0,15

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

5

CALCITA # 325

63,00

 

6

AGUARAS

1,00

 

7

EMULSÃO DE PARAFINA

0,25

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

CARREGAR PELA ORDEM DE AGITAÇÃO

 

8

RESINA ACRÍLICA EA-726

8,00

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

9

BACTERICIDA MCT-370 OU 940

0,25

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

10

AMONEA 24%

0,25

 

11

ESPESSANTE 3-H

1,50

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

 

TOTAL

100,00

 

OBS:PARA SE EVITAR FORMAÇÃO DE GRUMOS DE ESPESSAMENTO DILUIR A QUANTIDADE DE ESPESSANTE 3-H COM 5 PARTES DE ÁGUA (DO PROCESSO)

[N°4] TEXTURA ACRÍLICA P/ EXTERIORES 1ª LINHA FORMULAÇÃO DO FORNECEDOR R.SIMON REPRESENTAÇÕES. SC LTDA BASE
[N°4] TEXTURA ACRÍLICA P/ EXTERIORES 1ª LINHA
FORMULAÇÃO DO FORNECEDOR R.SIMON REPRESENTAÇÕES. SC LTDA
BASE PARA PRODUÇÃO DE 100 KG
ITEM
MATERIA-PRIMA
% PESO
FORNECEDOR
1
ÁGUA
16,00
2
ANTI-ESPUMANTE K-4
0,20
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
3
BIOCIDA MCT-940
0,30
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
4
RESINA ACRILICA EA-726
11,00
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
5
ESPESSANTE 3-H
0,70
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
6
SOLUÇÃO AMONIA
0,25
7
CALCITA # 100 ou DOLOMITA
25,00
8
CALCITA # 50 ou DOLOMITA
29,50
9
CALCITA # 325 ou DOLOMITA
10,00
10
CARBONATO PPTO
3,50
11
TITÂNIO RKB-2 ou SIMILAR
1,00
12
BENTONITA
0,45
13
DIETILENO GLICOL
0,50
14
D.B.P.
0,80
15
AGUARAZ
0,40
16
EMULSÃO DE PARAFINA
0,40
R.SIMON REPRES.S/C LTDA
100,00

[N°5] TINTA ACRÍLICA BRANCA FOSCA - TINTA ECONOMICA FORMULAÇÃO DO FORNECEDOR R.SIMON REPRESENTAÇÕES. SC LTDA BASE PARA PRODUÇÃO DE 100 KG

ITEM

MATERIA-PRIMA

% PESO

FORNECEDOR

1

ÁGUA

37,25

 

2

BACTERICIDA MCT-370 ou 940

0,30

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

3

ANTI-ESPUMANTE-K-4

0,30

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

4

SURFACTANTE UT-860

0,30

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

5

DISPERSANTE RD

0,30

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

6

BUTILGLICOL

0,50

 

7

AGUARAZ

0,50

 

8

RESINA ACRÍLICA

15,00

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

9

ADECRYL 335

0,70

R.SIMON REPRES.S/C LTDA

10

TITÂNIO - RKB-2 OU R-902

2,60

 

11

AGALMATOLITO

9,00

 

12

CARBONATO PRECIPITADO

8,00

 

13

CALCITA # 325 NATURAL

25,00

 

14

SOLUÇÃO DE AMONIA

0,25

 
 

TOTAL

100,00

 

OBS: O ANTI-ESPUMANTE K-4 PODE SER UTILIZADO EM 2 ETAPAS PARA AUMENTAR SEU DESEMPENHO. A PRIMEIRA ETAPA PODERÁ SER JUNTAMENTE COM OS ITENS 1 - 5. A SEGUNDA E ULTIMA ETAPA PODERÁ SER APOS A ADIÇÃO DA RESINA ACRÍLICA.

[N° 6] FORMULAÇÃO PARA MASSA ACRÍLICA (especificada por produtos)

[N° 6] FORMULAÇÃO PARA MASSA ACRÍLICA (especificada por produtos) 15
[N° 6] FORMULAÇÃO PARA MASSA ACRÍLICA (especificada por produtos) 15
[N° 7] FORMULAÇÃO PARA SELADOR ACRÍLICO (especificada por produtos)
[N° 7] FORMULAÇÃO PARA SELADOR ACRÍLICO
(especificada por produtos)
[N° 7] FORMULAÇÃO PARA SELADOR ACRÍLICO (especificada por produtos) 16
[N°8] FORMULAÇÃO PARA TINTA ACRÍLICA (especificada por produtos)
[N°8] FORMULAÇÃO PARA TINTA ACRÍLICA
(especificada por produtos)

FORMULAÇÕES DE ACORDO COM PRODUTOS DE FORNECEDORES

[N°9] FORMULAÇÃO PARA TEXTURA ACRÍLICA BRANCA-APLICAÇÃO EM ROLO (especificada por produtos KONILON do fornecedor EUROAMERICAN DO BRASIL)

FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE 1000 KILOS:

ROLO (especificada por produtos KONILON do fornecedor EUROAMERICAN DO BRASIL) FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE 1000 KILOS:

[N° 10] FORMULAÇÃO PARA TEXTURA ACRÍLICA RÚSTICA (especificada por produtos Resicryl)

FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE 1000 KILOS:

produtos Resicryl) FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE 1000 KILOS: Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos
produtos Resicryl) FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE 1000 KILOS: Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos

Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos parâmetros da formulação de pigmentos da Mauá Química

Utiliza-se o produto Baricryl E-5085 que é um MIX já completo (dispersante, espessante, resina, bactericida, etc.) da fabricante de resinas Resicryl.

que é um MIX já completo (dispersante, espessante, resina, bactericida, etc.) da fabricante de resinas Resicryl.

[N°11] FORMULAÇÃO PARA TEXTURA ACRÍLICA LISA (especificada por produtos Resicryl)

FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE 1000 KILOS:

produtos Resicryl) FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE 1000 KILOS: Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos
produtos Resicryl) FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE 1000 KILOS: Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos

Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos parâmetros da formulação de pigmentos da Mauá Química

Utiliza-se o produto Baricryl E-5085 que é um MIX já completo (dispersante, espessante, resina, bactericida, etc.) da fabricante de resinas Resicryl.

que é um MIX já completo (dispersante, espessante, resina, bactericida, etc.) da fabricante de resinas Resicryl.

[N°12] FORMULAÇÃO PARA GRAFIATO

(especificada por produtos Resicryl)

RECEITA PARA 1000 KILOS

81,3% de Sólidos

DISPERSÃO

Kg

%

Baricryl E-5085

120

12,00%

Dolomita # 325

195

19,50%

Água

103

10,30%

TOTAL

418

41,80%

 

COMPLETAGEM

Dolomita # 40

472

47,20%

Dolomita # 10

110

11,00%

TOTAL

582

58,20%

TOTAL GERAL

1000

100%

Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos parâmetros da formulação de

pigmentos da Mauá Química.

Utiliza-se o produto Baricryl E-5085 que é um MIX já completo (dispersante, espessante, resina, bactericida, etc.) da fabricante de resinas Resicryl.

[N°13] FORMULAÇÃO PARA TINTA ACRÍLICA FOSCA PREMIUM (especificada por produtos Resicryl)

Propriedades:

PVC 64,35% -Teor de Sólidos = 48,61%, Viscosidade: 85 - 95 KU e pH: 8,5 - 9,5

Sólidos = 48,61%, Viscosidade: 85 - 95 KU e pH: 8,5 - 9,5 Obs.: A pigmentação

Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos parâmetros da formulação de pigmentos da Mauá Química

[N°14] FORMULAÇÃO PARA TINTA STANDARD (especificada por produtos Resicryl)

RECEITA PARA 1000 KILOS

PVC = 74,97% Teor de Sólidos = 53,62% Viscosidade: 95 - 100 KU pH: 8,5 - 9,5

de Sólidos = 53,62% Viscosidade: 95 - 100 KU pH: 8,5 - 9,5 Obs.: A pigmentação
de Sólidos = 53,62% Viscosidade: 95 - 100 KU pH: 8,5 - 9,5 Obs.: A pigmentação

Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos parâmetros da formulação de pigmentos da Mauá Química.

[N°15] FORMULAÇÃO PARA TINTA ACRÍLICA FOSCA ECONÔMICA (especificada por produtos Resicryl)

RECEITA PARA 1000 KILOS

PVC = 81,27% Teor de Sólidos = 45,96% Viscosidade: 90-100 pH: 8,5- 9,5

Teor de Sólidos = 45,96% Viscosidade: 90-100 pH: 8,5- 9,5 Obs.: A pigmentação pode ser realizada
Teor de Sólidos = 45,96% Viscosidade: 90-100 pH: 8,5- 9,5 Obs.: A pigmentação pode ser realizada

Obs.: A pigmentação pode ser realizada baseando-se nos parâmetros da formulação de pigmentos da Mauá Química.

[N°16] FORMULAÇÃO PARA MASSA CORRIDA (especificada por produtos Resicryl)

RECEITA PARA 1000 KILOS Teor de Sólidos = 70,61%, Consistência= 6.5 e pH: 9.0

(especificada por produtos Resicryl) RECEITA PARA 1000 KILOS Teor de Sólidos = 70,61%, Consistência= 6.5 e

[N°17] FORMULAÇÃO PARA MASSA ACRÍLICA (especificada por produtos Resicryl)

RECEITA PARA 1000 KILOS Teor de Sólidos = 73,79%, PVC = 87,91%, Consistência= 6.5 e pH: 9.0

por produtos Resicryl) RECEITA PARA 1000 KILOS Teor de Sólidos = 73,79%, PVC = 87,91%, Consistência=

[N°18] FÓRMULA PARA FABRICAÇÃO DE GRAFIATO BASEADA NOS PRODUTOS FORNECIDOS PELA MAUÁ QUÍMICA - RECEITA PARA 500 KILOS:

(Adicione os produtos na sequência abaixo)

ÁGUA MIX BUTIL GLICOL BIOFORT CALCITA MALHA 10 CALCITA MALHA 325 CALCITA MALHA 40 PESSACRYL ALCAGEL PIGMENTO (COR)

30 LITROS

60 KILOS

700 ml 200 ml 50 KILOS 50 KILOS 320 KILOS 200 ml 300 ml (VER FÓRMULAS DE CORES)

50 KILOS 320 KILOS 200 ml 300 ml (VER FÓRMULAS DE CORES) MODO DE PRODUÇÃO: Pesar

MODO DE PRODUÇÃO:

Pesar todos os itens antes de ligar a máquina para mistura. Adicionar os produtos descritos acima na mesma ordem em que estão dispostos. Verificar a consistência a cada minuto (simulando aplicação com espátula em uma superfície de teste), às vezes é necessário adicionar mais água e Mix (até 20 quilos a mais). Cuidado para não colocar água de mais, isso faz o material perder a consistência e dificulta a aplicação. Rendimento = 10 barricas de 50 quilos.

de mais, isso faz o material perder a consistência e dificulta a aplicação. Rendimento = 10

[N°19] FÓRMULA PARA PRODUÇÃO DE TEXTURA LISA BASEADA NOS PRODUTOS FORNECIDOS PELA MAUÁ QUÍMICA - RECEITA PARA 500 KILOS:

(Adicione os produtos na sequência abaixo)

ÁGUA MIX CALCITA MALHA 325 PESSACRYL ALCAGEL PIGMENTO (COR)

MODO DE PRODUÇÃO:

80 LITROS

60 KILOS

370 KILOS 2 LITROS 400 ml (VER FÓRMULAS DE CORES)

Pesar todos os itens antes de ligar a máquina para mistura. Adicionar os produtos descritos acima na mesma ordem em que estão dispostos. Verificar a consistência a cada minuto (simulando aplicação com espátula em uma superfície de teste), às vezes é necessário adicionar mais água e Mix (até 20 quilos a mais). Cuidado para não colocar água de mais, isso faz o material perder a consistência e dificulta a aplicação. Rendimento = 10 barricas de 50 quilos.

[N°20] FÓRMULA PARA PRODUÇÃO DE TEXTURA RÚSTICA BASEADA NOS PRODUTOS FORNECIDOS PELA MAUÁ QUÍMICA - RECEITA PARA 500 KILOS:

(Adicione os produtos na sequência abaixo)

ÁGUA BIOFORT MIX CALCITA MALHA 40 CALCITA MALHA 325 PESSACRYL ALCAGEL PIGMENTO (COR)

80 LITROS

500 ml

60 KILOS

120 KILOS 250 KILOS 2 LITROS 350 ml (VER FÓRMULAS DE CORES)

120 KILOS 250 KILOS 2 LITROS 350 ml (VER FÓRMULAS DE CORES) MODO DE PRODUÇÃO: Pesar

MODO DE PRODUÇÃO:

Pesar todos os itens antes de ligar a máquina para mistura. Adicionar os produtos descritos acima na mesma ordem em que estão dispostos. Verificar a consistência a cada minuto (simulando aplicação com espátula em uma superfície de teste), às vezes é necessário adicionar mais água e Mix (até 20 quilos a mais). Cuidado para não colocar água de mais, isso faz o material perder a consistência e dificulta a aplicação. Rendimento = 10 barricas de 50 quilos.

de mais, isso faz o material perder a consistência e dificulta a aplicação. Rendimento = 10

BÔNUS!!!

[N°21] FÓRMULA PARA PRODUÇÃO DE FUNDO PREPARADOR PARA GESSO BASEADA NOS PRODUTOS FORNECIDOS PELA R.SIMON OU DELARTE PRODUTOS QUÍMICOS E EMBALAGENS RECEITA PARA 1000 KILOS:

(Adicione os produtos na sequência abaixo)

FÓRMULA ORIENTATIVA

     

Qtde em Kg

item

matéria prima

%

para 1000

1

água

46,800

468,000

2

disponil 70B

0,400

4,000

3

amoníaco

0,200

2,000

4

baricryl 13-RD

0,500

5,000

5

anti espumante

0,200

2,000

6

biocida/ bactericida

0,200

2,000

7

água

0,750

7,500

8

baricryl 12-7339

0,750

7,500

9

carbonato de cálcio extra leve

12,000

120,000

10

dolomita #325

18,000

180,000

11

bactericida

0,100

1,000

12

baricyl 10-726

18,000

180,000

13

butil glicol

0,500

5,000

14

água

0,800

8,000

15

baricryl 12-7339

0,800

8,000

16

TOTAL

100,000

1.000,000

Processo:

Em caules adicionar de 01 a 07. Adicionar 08 Aumentar a agitação. Adicionar 09 e 10. Manter em alta rotação por 15 a 20 minutos. Diminuir a agitação. Adicionar de 11 ao 13. Adicionar 14 e 15 juntos para acerto da viscosidade.

Especificações: TEOR DE SÓLIDOS (%)

Obs.: As informações desta publicação se baseiam em nossos conhecimentos e experiências atuais. Não pressupõe garantia jurídica relativa a determinadas propriedades nem garantia para uma aplicação correta, devido a numerosas influências que podem ocorrer durante uma manipulação e emprego do produto, tampouco eximem o consumidor de realizar seus próprios controles e ensaios.

38 42

[N°22] FÓRMULA PARA PRODUÇÃO DE FUNDO PREPARADOR PARA GEL ENVELHECEDOR BASEADA NOS PRODUTOS FORNECIDOS PELA R.SIMON OU DELARTE PRODUTOS QUÍMICOS E EMBALAGENS RECEITA PARA 1000 KILOS:

(Adicione os produtos na sequência abaixo)

FÓRMULA ORIENTATIVA

     

Qtde em Kg

item

matéria prima

%

para 1000

1

Água

79,900

709,000

2

Disponil 70B

0,400

4,000

3

Amoníaco

0,200

2,000

4

Baricryl 13-RD

0,500

5,000

5

Anti espumante

0,200

2,000

6

Biocida/ Bactericida

0,200

2,000

7

Água

0,750

7,500

8

Baricryl 12-7339

0,750

7,500

9

Carbonato de cálcio extra leve

6,000

60,000

10

Baricryl 10-726

18,000

180,000

11

Butil Glicol

0,500

5,000

12

Água

0,800

8,000

13

Baricryl 12-7339

0,800

8,000

14

TOTAL

100,000

1.000,000

Processo:

Aumentar a agitação. Adicionar 09 . Manter em alta rotação por 15 a 20 minutos. Adicionar 11.Em seguida adicionar 12 e 13 juntos para acerto da viscosidade. Diminuir a agitação. Adicionar de 10.

Especificações: TEOR DE SÓLIDOS (%)

Obs.: As informações desta publicação se baseiam em nossos conhecimentos e experiências atuais. Não pressupõe garantia jurídica relativa a determinadas propriedades nem garantia

para uma aplicação correta, devido a numerosas influências que podem ocorrer durante uma manipulação e emprego do produto, tampouco eximem o consumidor de realizar seus próprios controles e ensaios.

14 - 18

[N°23] FÓRMULA PARA PRODUÇÃO DE VERNIZ INCOLOR RECEITA PARA 18 LITROS:

(Adicione os produtos na sequência abaixo)

18 LITROS

Água

9,6

litros

Resina acrílica

7

litros

Querosene

1

litro

Biofort

40

ml

Mexer bem todos os componentes, em uma lata de 18 litros. Este material serve para aplicação sobre tintas, texturas e grafiatos já prontos e secos dando mais brilho.

LISTA DE FORNECEDORES E RESPECTIVOS PRODUTOS (sites):

RESICRYL End.: Rodovia Gregório Spina, 2001- Distrito industrial Araçariguana SP Tel.: (11) 4136-4555. e-mails: contato@resicryl.ind.br ou vendas@resicryl.ind.br

CARBOMINER

com.brRua Ouro, 48 - Jardim Nova Indaiá - Indaiatuba - SP. TEL: (19) 3936-5737 /

3936-6411

www.carbominer.

www.provale.ind.br CONTROL Fornecedora de e algas) – Tel: (11) 5188 9555 –
www.provale.ind.br
CONTROL
Fornecedora
de
e
algas)
Tel:
(11)
5188
9555

www.mauaquimica.com.br

MINERAÇÃO PROVALE Calcita Malha 10, Calcita Malha 40 e Calcita Malha 325

MAUÁ QUÍMICA

Biofort, Butil Glicol, Mix, Pessacryl, Alcagel e Pigmentos prontos (diversas cores)

ALCAFÁCIL COM. ATACADISTA DE PRODUTOS QUÍMICOS LTDA. AV. PAPA JOÃO PAULO I, 3726 - Jd. Presidente Dutra, GUARULHOS SP.

Telefone: (11) 2809-0511 (11) 2279-5404 massa e lamato para tintas.

Fornece mix para textura,

R. SIMON REPRESENTAÇÕES www.rsimon.com.br Fornece: resina acrílica, bactericida, umectante, espessante, dispersante e antiespumante.

DOW

(antifúngicos, bactérias

dispersante e antiespumante. DOW (antifúngicos, bactérias MICROBIAL conservantes Site:

MICROBIAL

conservantes

Site:

EMFAL

Ltda. R: K 105 Jad. Piemonte, Betim MG. TEL: 31 3597-1020 emfal@emfal.com.br

Butil Glicol.

Empresa Fornecedora de Álcool

ÁGUIA QUÍMICA www.aguiaquimica.com.br Fornecedora de resinas acrílicas, dispersantes e diversos produtos para tintas e texturas.

VIANA QUÍMICA

Fornecedora

(fungicida, Alcalox e dióxido de titânio, etc.).

de diversos produtos para tintas e texturas

BARRIFORTE Embalagens: Barricas de papelão de 25 e 50 quilos.

www.barriforte.com.br

EUROAMERICAN DO BRASIL IMP. IND E COM LTDA www.euroamerican.com.br (espessante, dispersante, resina, mix, parafina, anti-espumante, dióxido de titânio, etc.) BRASCHEMICAL-SP wwwbraschemical.com.br Fornecedor de antiespumante, resinas, pigmentos, bactericidas etc. DFM INDÚSTRIA QUÍMICA http://www.dfmquimica.com.br (Resinas, CMC, anti espumante, dispersante, mix para grafiato etc

Transcor Indústria de Pigmentos e Corantes Ltda

Rua Projetada 375/381, Jardim Inamar, Diadema - SP. Tel 11 4053-4666 SUPERBIO www.superbio.com.br Batedores e dispersores novos e usados- Rod. Fernão Dias, km50 - Bairro do Portão - Atibaia - SP - CEP 12940-000 Tel: (55) 11 4416-8260 / (55) 11 4416-3476

www.transcor com r

FILLERCAL

www.fillercal.com.br

Cargas minerais, malhas 325, 40, 10

Rua 134 n° 104 sala 04, Setor Sul - Cep: 74080-015 - GOIÂNIA GO, FONE: (62) 3214

3000
3000

INTERCOM , fornecedor de CMC 100/6 ECMC8M/9. Tel: 11

5581-7078

Delarte Produtos Químicos e Embalagens Rua Imbiaça, 235 - Dom Cabral - Belo Horizonte - MG - CEP:

30.535-100

Tel.: 31 3375.3448 | Telefax: 31 3375.1475 | E-mail:

delarte.delarte@gmail.com

BANDEIRANTES Fornecedor de BUTIL, AGUARAZ, PROPILENO, ULTRASOLV, TIO2. Tel: 11 3612- 9966

MINERSAN Fornecedor de DOLOMITA, REFLEX, CARBONATO 1000. Tel: 11 3625-

1217

DENVER - fornecedor de ESPESSANTE REOLOGICO. Tel: 11 4613-2781 MEGH Fornecedor de PARAFINA. Tel: 11 6165-5555 MIRACEMA Fornecedor de ANTI ESPUMANTE, DISPERSSANTE, UMECTANTE, BACTERICIDA, FUNGICIDA e ALCALINIZANTE. Tel: 11 9354-7966

– Fornecedor de ANTI ESPUMANTE, DISPERSSANTE, UMECTANTE, BACTERICIDA, FUNGICIDA e ALCALINIZANTE. Tel: 11 9354-7966 35
– Fornecedor de ANTI ESPUMANTE, DISPERSSANTE, UMECTANTE, BACTERICIDA, FUNGICIDA e ALCALINIZANTE. Tel: 11 9354-7966 35
36
37
38
39
40
41
ATENÇÃO: DEVIDO AO GRANDE NÚMERO DE VARIÁVEIS EXIXTENTES NO PROCESSO DE PRODUÇÃO/FABRICAÇÃO DE TEXTURAS E

ATENÇÃO:

DEVIDO AO GRANDE NÚMERO DE VARIÁVEIS EXIXTENTES NO PROCESSO DE PRODUÇÃO/FABRICAÇÃO DE TEXTURAS E DERIVADOS, TAIS COMO: INSUMOS DE DIFERENTES FORNECEDORES, ORIGEM E TRATAMENTO DA ÁGUA UTILIZADA, CUIDADOS DURANTE MANUSEIO E APLICAÇÃO DAS FORMULAÇÕES, NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS POR PROBLEMAS OCORRIDOS .

É aconselhável produzir bateladas de pequenas quantidades, realizando testes (cor, consistência, liga, etc.) e fazendo os ajustes necessários.