Foto Ilustrativa

especial
Edição 1132 - Maio de 2011
Distribuição Gratuita

AES Eletropaulo desenvolve

Programa de Eficiência Energética
em prédios do Hospital das Clínicas

Não jogue este jornal na rua. Mantenha sua cidade limpa. Dê exemplo de cidadania: faça a sua parte!

O aumento no consumo de
energia elétrica tem exigido, de todos, medidas de consciência e redução de consumo cada vez mais urgentes, seja de clientes residenciais,
comerciais ou industriais.
Com o Programa de Eficiência Energética promovido pela
AES Eletropaulo, desde 1998, várias
empresas já tiveram suas instalações
beneficiadas com ações de melhorias
e uso eficiente de energia elétrica.
Dois complexos que fazem
parte do Hospital das Clínicas, o
Incor (Instituto do Coração) e o ICR
(Instituto da Criança), modernizaram
seus sistemas de ar-condicionado
pelo Programa da AES Eletropaulo.
No Instituto da Criança, os equipamentos antigos, com mais de 20
anos de uso, foram trocados por novos e modernos, o que vai garantir
mais economia e confiabilidade no
seu uso, reduzindo as chances de
pane nos aparelhos e, consequen-

temente, redução de gastos com
a manutenção, além de respeitar
normas e protocolos internacionais de utilização de gás ecológico.
Já no Instituto do Coração,
com a fachada em vidro que absorve muito calor, o projeto da
AES Eletropaulo contempla a instalação de uma película protetora que reduz a absorção de calor,
sem prejudicar a penetração da luz
natural. Além de reduzir a necessidade de utilização dos equipamentos de ar-condicionado, a película
também reduz a incidência de raios
infravermelho e ultravioleta que são
prejudiciais à pele humana.
O investimento da AES
Eletropaulo nesses projetos é da ordem
de R$ 1,5 milhão e a economia de energia de 1.265 MWh/ano, o suficiente para
abastecer 585 residências. Em valores
absolutos, uma redução em torno de
R$ 370 mil por ano na conta
de energia.

“Esse valor economizado na
conta pode ser direcionado para a
própria infraestrutura, como compra de mais leitos, equipamentos hospitalares, ampliação,
reformas e melhorias no
atendimento médico”, ressalta Fernando Bacellar,
coordenador de Usos
Finais de Energia da
AES Eletropaulo.

Foto Ilustrativa

Sala de aula
mais iluminada é

O Programa de
Eficiência Energética, promovido pela
AES Eletropaulo,
já beneficiou quase 900 escolas do
Estado, um projeto que envolve
a substituição por
lâmpadas mais econômicas nas salas de
aula, pátio, corredores, estacionamento
e portões.
Iluminar adequadamente as salas de
aula promoveu a autoestima dos professores,
funcionários e alunos, bem
como a disposição para assistirem às aulas, principalmente os estudantes do período
noturno. O projeto também teve o
objetivo de melhorar a iluminação
das áreas abertas, proporcionando
melhores condições de segurança.
Hoje, a percepção de melhoria
é compartilhada por todos - alunos,
professores, funcionários e até mesmo os pais dos estudantes. Segundo dados de uma pesquisa feita pela
AES Eletropaulo, cerca de 90% dos

garantia de
mais rendimento
escolar

alunos e dos professores avaliaram
que a escola ficou muito mais segura.
De acordo com o Coordenador de Usos Finais de Energia da
AES Eletropaulo, Fernando Bacellar, os professores perceberam
que, após a conclusão do Programa
de Eficiência Energética nas escolas,
os alunos ficaram mais interessados.
“Agora, os alunos estão enxergando
melhor a lousa. Com a iluminação
readequada, eles estão mais ‘espertos’ e o sono foi embora”, ressalta.
Com o programa, apenas nas 200
escolas contempladas em 2010, cerca
de 6.886 MWh/ano estão sendo economizados, o que equivale a 2.600 residências. Uma economia gerada de
R$ 2,1 milhões por ano.
Mais uma etapa desse projeto já
foi entregue, e a AES Eletropaulo estuda com a Secretaria de Educação
do Estado de São Paulo mais 250
escolas estaduais que entrarão no
Programa de Eficiência Energética,
nos próximos 18 meses.
Artur Tavares, diretor de Marketing e Clientes da AES Eletropaulo,
ressalta que este projeto não só traz
economia como também contribui
para a melhoria da qualidade do
ensino nas escolas paulistas.

Túnel Ayrton Senna

é pioneiro em tecnologia
de iluminação
Prédios públicos
nação e, consequentemente, a interrupção do trânsito. Essa tecnologia
tem uma melhor reprodução de cor,
melhorando a sensibilidade visual, reduzindo os riscos de acidentes.
A nova rede de alimentação elétrica foi construída de forma a dificultar o vandalismo e o furto, sendo esta
uma das maiores causas da falta de
iluminação dos túneis convencionais.
Roberto Mário Di Nardo,
diretor-executivo comercial da
AES Eletropaulo, lembra que o túnel
Ayrton Senna é o primeiro complexo viário da cidade de São Paulo que
utiliza essa tecnologia contribuindo
também com a redução de impactos ambientais, pois não utiliza mercúrio e chumbo na sua composição.

O Tribunal de Contas do Município, a Secretaria da Fazenda do
Estado de São Paulo e a Assembleia
Legislativa tiveram seus sistemas
de iluminação substituídos com o
objetivo de reduzir o consumo de
energia e melhorar as condições de
trabalho dos funcionários desses órgãos públicos. Como exemplo, a Secretaria da Fazenda já economizou
2.290 MWh ano, o que significa, em
valores, R$ 690 mil por ano.
Além da economia, a conscientização das pessoas também é de
suma importância nos projetos,
pois em casa elas acabam colocando em prática tudo o que foi visto
no local de trabalho.
Já na Assembleia Legislativa o

Pacaembu e centros esportivos
Funcionários dos prédios públicos e população que frequenta
os Centros Esportivos de São Paulo
também foram beneficiados pelo
Programa de Eficiência Energética
da AES Eletropaulo, uma vez que

esses locais receberam uma iluminação nova.
“No Pacaembu foi realizado
um projeto de eficiência energética no Complexo do Estádio, contemplando todo o sistema de ilu-

minação”, diz Fernando Bacellar,
coordenador de Usos Finais de
Energia da AES Eletropaulo.
Espera-se uma economia de
437 MWh/ano. É mais energia e
menos desperdício.

projeto visou a substituição do arcondicionado de janela por outro
sistema mais eficiente, em continuidade a um projeto que já havia
substituído todo o sistema de iluminação. A economia total de
energia obtida na Assembleia
é de 2.000 MWh/ano, equivalente ao consumo de
750 residências.

durante o dia,
aproveite a luz natural
e dê preferência às
lâmpadas fluorescentes
que duram mais e
gastam menos.

Televisão:

não deixe a TV ligada
sem necessidade. Quando
comprar um aparelho,
prefira o modelo com timer
que, se programado, desliga
automaticamente,
enquanto você
dorme.

Máquinas
de lavar louça
e roupa:

lave o máximo de roupas
e louças indicado pelo
fabricante de uma só
vez, economizando
energia e água.

Fotos Ilustrativas

O Complexo Viário Ayrton Senna
é um dos túneis mais importantes da
cidade de São Paulo ligando a zona
norte à zona sul, facilitando a locomoção da população paulistana.
Pelo Programa de Eficiência
Energética da AES Eletropaulo foi
implementado no túnel um projeto
inovador e a tecnologia usada já tem
beneficiado os motoristas que trafegam diariamente pela cidade. Economizando cerca de 80% de energia, as
melhorias feitas no local contam com
a troca de todo o sistema de iluminação, em que todas as antigas lâmpadas de vapor de sódio foram substituídas por LEDs. O LED tem vida útil
longa, que reduz consideravelmente
a manutenção do sistema de ilumi-

Lâmpadas:

Dicas
eficientes para
o consumo
consciente de
energia

Expediente
O Jornal Momento é uma publicação
customizada com distribuição 100% gratuita.
Produzido por Shelter Editora Ltda.
Direção Geral
Alini Aguiar
Jornalistas Responsáveis
Ana Paula Rego Mtb: 45809/SP
Jaqueline Caires Mtb: 59432/SP
Redação
Ana Paula Rego ana.rego@sheltercorp.com.br
Camila Cabreras camila.cabreras@sheltercorp.com.br
Jaqueline Caires jaqueline.caires@sheltercorp.com.br
Wendy Cândido wendy.candido@sheltercorp.com.br
Revisão
Ana Paula Santos ana.santos@sheltercorp.com.br
Design Gráfico
Carla De Marco carla.marco@sheltercorp.com.br
Cendy Polcaro cendy.polcaro@sheltercorp.com.br
Renato Braga renato.braga@sheltercorp.com.br
Fotos
Luís Neves luis.neves@sheltercorp.com.br

Chuveiro elétrico:

em dias quentes, mantenha-o
na posição Verão, pois isso
representa uma economia de 40%.
Além disso, faça a instalação com
conexões boas e fios adequados
e nunca reaproveite uma
resistência queimada.

Gerente de Publicidade e Atendimento
Alini Aguiar alini.aguiar@sheltercorp.com.br
Publicidade e Atendimento
Gabriela Rebelo gabriela.rebelo@sheltercorp.com.br
Mayara Furlan mayara.furlan@sheltercorp.com.br
Débora Gimenes debora.gimenes@sheltercorp.com.br
Stefanny Cristine stefanny.cristine@sheltercorp.com.br
Administração
Carla Bedulli carla.bedulli@sheltercorp.com.br
Juliana Meneses juliana.meneses@sheltercorp.com.br
Núcleo Jurídico
Maria Emília Silvano emilia.silvano@sheltercorp.com.br
Recursos Humanos
Camila Gonçalves camila.bezerra@sheltercorp.com.br
Gerente de Produção
Nathália G. Costa nathalia.costa@sheltercorp.com.br

Computador:

se estiver ligado,
sem alguém utilizando a
máquina, desligue
o monitor.

Empresa Distribuidora
Cereja Promoções e Eventos Ltda
CNPJ 11.164.744/0001-68
Tel.: 11 3202 6032
Gráfica
Tryograf Editora Ltda
Tiragem
50.000 exemplares

Ferro
elétrico:

junte a maior quantidade
possível de roupas para
passar e, se precisar
interromper o serviço, mesmo
por pouco tempo, desligue
o ferro. Use a temperatura
indicada para cada tipo
de tecido.

Registro do Jornal
Registrado sob n.º 55.092 no 2º Cartório Oficial de Registro de Títulos e Documentos de
São Paulo.
Regulamentação
Constituição Federal, art. 5º, IX e art. 220, § 6º. “Art. 5º (...)
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística,
científica e de comunicação, independentemente de
censura ou licença;”
“Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a
expressão e a informação, sob qualquer forma, processo
ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o
disposto nesta Constituição. (...)
§ 6º - A publicação de veículo impresso de comunicação
independe de licença de autoridade”.

Fale Conosco
3202.6010

11
www.sheltercorp.com.br

uma empresa shelter corp

Distribuição

Geladeira:

evite colocar alimentos
quentes nesse eletrodoméstico,
pois gera mais consumo de energia,
e abrir a porta sem necessidade.
Instale a geladeira
em um local ventilado,
desencostada de paredes ou
móveis e longe de fontes de
calor como fogões, estufas
ou raios solares.

Informamos a quem possa interessar que
a Shelter Editora não é responsável pela
distribuição deste material. Reforçamos
que somos somente a editora que o produz. Não temos controle algum sobre a
distribuição, uma vez que entregamos o
lote completo do jornal diretamente para
nosso contratante. A empresa responsável
pela distribuição está relacionada acima no
item “Empresa Distribuidora”, onde consta razão social, CNPJ e telefone. Qualquer
informação adicional deverá ser colhida
diretamente com o distribuidor.

Não jogue este jornal na rua. Mantenha sua cidade limpa. Dê exemplo de cidadania: faça a sua parte!

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful