EDIÇÃO LISBOA QUA 2 MAR 2016 Só o Benfica teve lucros entre os “grandes” no primeiro semestre p39

Passos remete para
Marcelo solução de
eventual crise política
Líder do PSD apresentou moção de estratégia global em que não se refere
ao CDS-PP, mas afirma concordar com o que tem dito Assunção Cristas,
também única candidata à direcção dos centristas Portugal, 4
ENRIC VIVES-RUBIO

ACNUR acredita que Europa
está à beira de crise
humanitária “auto-induzida”
Desde o início do ano, chegaram à
Europa quase tantos refugiados como nos
primeiros seis meses de 2015 p20

GENÉTICA HUMANA
HÁ UM GENE RESPONSÁVEL
PELO APARECIMENTO
DOS CABELOS BRANCOS
Ciência, 29

Novo presidente do CCB
tem “outra estratégia”
para o eixo Belém-Ajuda
Elísio Summavielle vai aproveitar parte
do trabalho do antecessor, mas rejeita
“em absoluto” o modelo de Lamas p26/27

Proposta de Orçamento tem
“riscos importantes”, avisa
Conselho das Finanças Públicas
Costa está a ser demasiado optimista
ao tentar reduzir o défice através do
aumento de impostos sobre consumo p2/3

PCP admite ajudar Governo
a desenhar medidas adicionais
e recusa linhas vermelhas
João Oliveira, líder parlamentar
comunista, propõe ir buscar receita aos
grupos económicos e às fortunas p6/7

ÚLTIMA AULA
O PROFESSOR
DE DIREITO LAMENTA
A LIBERDADE QUE PERDEU
Portugal, 9
Discreto e de poucas palavras, Marcelo quis dar uma “aula igual às outras” a uma semana da posse
ISNN:0872-1548

Ano XXVI | n.º 9451 | 1,20€ | Directora: Bárbara Reis | Adjuntos: Nuno Pacheco, Pedro Sousa Carvalho, Áurea Sampaio | Directora Internacional e de Parcerias: Simone Duarte | Directora Criativa: Sónia Matos

269e4c10-67af-4367-b303-ec0e11cae31e

2 | DESTAQUE | PÚBLICO, QUA 2 MAR 2016

OE2016

CFP acusa Governo
de ignorar reacção
dos consumidores à
subida de impostos
Proposta de Orçamento tem “riscos importantes”, avisa
o Conselho das Finanças Públicas, que pede a apresentação
de uma estratégia mais coerente e clara em Abril
Sérgio Aníbal
e Pedro Crisóstomo

A

o tentar reduzir o défice
através do aumento de
impostos sobre o consumo, o Governo está a ser
demasiado optimista nas
previsões e a esquecer-se
que taxas mais elevadas conduzem
a uma retracção do consumo. O alerta foi feito ontem pelo Conselho das
Finanças Públicas (CFP) numa análise em que detecta a existência de
“riscos importantes” na proposta de
Orçamento do Estado (OE) em discussão na Assembleia da República.
São vários os indicadores em que
a entidade liderada por Teodora Cardoso considera haver um excesso de
optimismo da parte do Governo. E
um dos principais é no impacto que a
decisão de aumentar alguns impostos
indirectos pode realmente vir a ter ao
nível da receita. O CFP assinala que,
para este ano, se prevê “um crescimento bastante significativo dos impostos indirectos (1858 milhões de euros), mas o impacto das medidas incidentes sobre esta rubrica ascende a
715 milhões de euros”. Em causa estão
subidas nas taxas de impostos como
os que incidem sobre o consumo de
tabaco ou a aquisição de automóveis.
Decisões tomadas pelo executivo no
decorrer das negociações com Bru-

xelas por forma a apresentar um resultado para o défice mais favorável.
Para além do efeito directo das
medidas, o Governo conta com a
dinamização da actividade económica para garantir o acréscimo de
receita, mas o relatório do CFP considera que, ao aumentar as taxas em
impostos, o executivo deveria levar
mais em conta o efeito que isso provoca sobre o consumo. Na análise,
alerta-se que “no caso dos impostos
indirectos, não parece ser tida em
conta a reacção previsível dos agentes económicos, de reduzir a quantidade procurada de bens sobre que
incidem aumentos significativos da
tributação”, avisando que este tipo
de comportamento dos consumidores “implica um aumento de receita
inferior ao que resultaria da simples
aplicação da nova taxa à quantidade
anteriormente transaccionada”.
O CFP não arrisca fazer contas em
relação ao excesso de optimismo que
detecta no Governo, mas, usando as
mais recentes estimativas de receita

O Governo está
a ser demasiado
optimista
nas previsões,
diz o CFP

fiscal feitas pela Comissão Europeia
— e adaptando-as às últimas medidas
do Governo — estima que, só ao nível
dos impostos indirectos, se verifica
uma diferença face ao OE 2016 de 588
milhões de euros, ou seja, cerca de
0,3% do PIB.
As dúvidas em relação às medidas
usadas pelo Governo para satisfazer
as exigências da Comissão não são,
no entanto, as únicas assinaladas pelo
CFP. Cenário macroeconómico, medidas de contenção da despesa, previsões para vários impostos e controlo do investimento na administração
local e regional, tudo é colocado em
causa na análise ao OE.
Quando, em Janeiro, publicou o
seu parecer ao esboço do OE, o CFP
já tinha analisado as previsões do Governo para a economia, considerando-as bastante arriscadas. Em particular apontava-se para um excesso
de optimismo em relação à evolução
da procura externa numa conjuntura
internacional muito incerta e para a
não contabilização dos efeitos sobre
a competitividade dos produtos nacionais devido à subida prevista para a inflação. Agora, já com base na
proposta final do OE, o CFP continua
a dizer que as previsões do Governo
mantêm riscos, apesar de reconhecer
que estão “mitigados pelas alterações
entretanto introduzidas”.
Assim, quando analisa a credibilidade das estimativas orçamentais,

Os riscos encontrados no OE

O

CPF detecta a existência
de riscos para as
previsões do OE em
diversas componentes
da proposta do Governo. São
estes os principais problemas
assinalados:
Cenário macroeconómico —
Apesar da revisão em baixa feita
na versão final do OE, o CFP diz
que o Governo continua a ser
demasiado optimista em relação
ao andamento da economia,
sobretudo em relação à procura
proveniente do exterior. Isso
pode ter impactos significativos
na receita e na despesa da
administração pública.
Receita fiscal — A principal
preocupação está nos impostos
indirectos, a que o Governo quer
dar um peso bastante maior no
total da receita. Nos impostos
especiais sobre o consumo, o
risco está em não levar em conta
que uma subida das taxas pode
retrair os consumidores. No IVA,
se se retirar o efeito da descida
da taxa aplicada à restauração,
o aumento estimado na receita
é superior ao crescimento
projectado para o consumo, diz

o relatório.
Contenção da despesa —
O CFP diz que as medidas
para controlar o aumento da
despesa pública não estão
suficientemente especificadas,
o que cria o risco de se
assistir a uma divergência
entre a estimativa feita no
OE e a execução orçamental.
Um destes casos está nas
prestações sociais, cujas taxas
de crescimento reduzidas
causam estranheza.
Investimento — O CFP
desconfia das previsões do
Governo, que apontam para
a redução do investimento
público, porque em simultâneo
o executivo quer acelerar
a execução dos fundos
comunitários. E, no caso
do investimento feito pelas
autarquias e governos regionais,
assinala-se que existe o risco
de derrapagem, se for levada
em frente a intenção de excluir
os empréstimos a contrair
para financiar projectos com
financiamento comunitário da
aplicação da regra da dívida
nessas entidades.

PÚBLICO, QUA 2 MAR 2016 | DESTAQUE | 3
NUNO FERREIRA SANTOS

Mesmo que o
Orçamento atinja
as metas do
Governo liderado
por António
Costa, pode não
ser suficiente
para cumprir as
regras europeias,
assinala o CFP

Agricultura tem
mais 115 milhões
para gastar

O

tanto do lado da receita como da despesa, vê no cenário macroeconómico
em que se baseiam todas as contas do
Governo um dos principais riscos, especialmente porque este é “particularmente relevante para fundamentar
as previsões de receitas fiscais”. Depois, do lado das despesas, também
são elencadas muitas dúvidas. Num
cenário de subida de despesas, motivada pela reversão dos cortes salariais ou pelo fim do congelamento das
pensões, o CFP vê poucas razões para
acreditar que as medidas de poupança apresentadas como compensações
resultem.
Outra dúvida nas despesas está relacionada com as dotações para as
prestações sociais, onde estão previstos “aumentos muito reduzidos relativamente a 2015, que não parecem
em linha com medidas susceptíveis
de explicar essa contenção”.
Ao nível do investimento, mais
uma vez o CFP duvida da capacidade do Governo para cumprir as previsões de contenção feitas. É assinalado que o executivo quer acelerar a
execução dos fundos comunitários
do novo quadro comunitário, mas ao
mesmo tempo prevê uma queda do
investimento público em 2016, apenas aumentando no caso das administrações regional e local.
Independentemente destas dúvidas, Teodora Cardoso e os seus pares
assinalam que, mesmo que se cum-

pram as metas do Governo, isso não
será suficiente para que Portugal faça
aquilo que é suposto fazer em termos
orçamentais, de acordo com as regras
europeias. Em particular, mesmo nas
previsões governamentais, o défice
estrutural volta, tal como aconteceu
em 2015, a não registar a redução exigida. “Em contraste com o esforço
em termos estruturais verificado em
2014, os anos de 2015 e 2016 apontam para um abrandamento desse
esforço, ainda que atenuado pelo
contributo favorável da despesa com
juros”, diz o relatório. E o CFP deixa
um aviso: “Assegurar o cumprimento
das regras do Pacto de Estabilidade e
Crescimento, muito em particular a
trajectória de ajustamento até atingir
o Objectivo de Médio Prazo [que é
de um défice estrutural igual ou inferior a 0,5%], determina a necessidade de apresentar um ajustamento
orçamental dificilmente compatível
com uma postura expansionista da
política orçamental”.
É juntando todas estas dúvidas
que o CFP acaba por concluir que a
proposta de OE para 2016 “apresenta
riscos importantes”. E pede ao Governo que, quando divulgar em Abril
o Programa de Estabilidade, apresente “uma estratégia macroorçamental
coerente e clara quanto à natureza
e timing das medidas a adoptar”. Só
assim, defende, se poderá gerir os riscos do OE “e finalmente reduzi-los”.

Ministério da Agricultura
terá este ano um pacote
de 1182 milhões de euros
para gastar, mais 115
milhões face a 2015. Capoulas
Santos, ministro da Agricultura,
levou novos mapas do OE
à Comissão de Finanças e
justificou a rectificação nos
números iniciais com o facto
de terem sido calculados
com base numa taxa de cofinanciamento nacional do
PDR 2020 (quadro comunitário
para a agricultura) de 20%, que
é cinco pontos percentuais
superior à que foi aprovada por
Bruxelas na sequência de um
pedido de reprogramação feito
pela anterior tutela. Capoulas
pediu a Bruxelas para repor a
taxa de co-financimento de
fundos públicos nos 15% e
afectou outras verbas ao PDR
2020. Aos deputados disse
que os mapas distribuídos
no OE “não espelham essa
realidade”, e a oposição
criticou-o por divulgar novos
números constantemente. Os
fundos adicionais do Estado
que completam as verbas
comunitárias totalizam 18,5
milhões de euros e vêm,
sobretudo, das receitas obtidas
com o aumento de dois
cêntimos do imposto sobre o
gasóleo agrícola. Esta medida
gerará “uma receita de nove
milhões”, disse o ministro. Do
Fundo Português de Carbono
vêm 4,5 milhões, do Fundo
Florestal Permanente três
milhões, e do Instituto da Vinha
e do Vinho dois milhões. “O
valor da despesa pública será
de 439,1 milhões de euros. A
este valor de despesa pública
acresce ainda o montante
de 123,3 milhões, decorrente
da dotação adicional de 18,5
milhões de recursos nacionais”,
esclareceu o ministério.
“Temos verba suficiente para
executar em 2016 a dotação
anual do PDR que se aproxima
dos 600 milhões de euros”,
disse o ministro, repetindo que
será possível executar a 100% o
PDR 2020 este ano.

Cem milhões de passageiros
perdidos em quatro anos
Luísa Pinto

O

ministro do Ambiente mostrou-se convencido de que
o Tribunal de Contas não
iria validar os contratos de
subconcessão dos transportes urbanos de Lisboa
e do Porto, na certeza de que iria
encontrar, “tal como o Governo encontrou”, ilegalidades que o impediriam de prosseguir. Mas, para além
das ilegalidades processuais, Matos
Fernandes queixou-se sobretudo da
política de transportes seguida pelo
anterior Governo, por ter “cortado
até ao osso” a oferta de serviço, ter
permitido o desaparecimento de
30% dos activos dos transportes de
Lisboa e Porto e ter perdido 100 milhões de passageiros, disse ontem
no Parlamento.
Durante uma longa audição conjunta das comissões parlamentares
do Ambiente e Economia sobre o
Orçamento do Estado para 2016,
que durou mais de cinco horas,
Matos Fernandes foi muitas vezes
questionado sobre estas decisões,
e acusado de vir a ser conhecido
apenas como o ministro que rasgou os contratos das águas e dos
transportes, defendendo os interesses da Câmara do Porto em vez
de defender os interesses dos portugueses, como acusou Berta Cabral, do PSD.
A deputada acusou o ministro de
não estar interessado em servir os
portugueses, que não têm qualquer
interesse em “sustentar empresas
públicas majestáticas”, nem sabem
o preço a pagar por estas reversões
que são “um péssimo cartão-de-visita”. E questionou o ministro sobre
a verba de 223 milhões destinada a
injecções de capital nas transportadoras — um crescimento de 22,4%
face ao orçamento anterior.
O ministro do Ambiente respondeu que essa verba correspondia
ao passivo das empresas e garantiu
que, mesmo que a privatização tivesse avançado, estaria no Orçamento
do Estado. “O que o Governo anterior fez foi emagrecer até ao osso as
empresas, para entregar a privados
a operação. Nem sei por que chama
investimento se, afinal, estamos a

falar de uma prestação de serviços”,
acusou Matos Fernandes.
Dizendo ter respeito pelas empresas privadas, tanto pelas que
ganharam a subconcessão como
pelas que perderam o concurso,
afirmou que é ao anterior Governo
que é preciso lançar “duras” criticas. “Nós esforçámo-nos a sério
para encontrar poupanças, mas só
encontrámos uma matriz de risco
desequilibrada”, acusou o ministro,
dando como exemplo o facto de os
privados estarem autorizados a
“comprar veículos em segunda mão
e a gasolina, contrariando o Plano
Nacional de Combate às Alterações
Climáticas”.
Fez ainda referência ao “grande
ponto de interrogação” que fica
sobre quanto é que custaria um
reforço temporário de serviço que
obrigasse a um crescimento de oferta superior a 5%. “Basta pensar, no
caso do Metro do Porto, de uma
Queima das Fitas ou de uma noite
de São João. Teria de ser pago à parEmpresas
públicas de
transporte
deverão ter
novo modelo
de gestão em
Janeiro de 2017

te, e ninguém sabe quanto”, acusou
o ministro.
Segundo Matos Fernandes, para
além de ter diminuído o serviço, o
Governo anterior também congelou
os projectos de expansão, nomeadamente no caso dos metros do Porto
e de Lisboa. As administrações das
empresas estão agora mandatadas a
consensualizar esses projectos com
os municípios para apresentar candidaturas ao Plano Juncker.
Também nos transportes rodoviários, o ministro explicou que anular
os concursos que vinham de trás foi
“o caminho mais simples” para dar
agora seguimento a uma política de
mobilidade urbana que envolva os
municípios. “Queremos chegar ao
final de Abril com o modelo definido,
para avançar o trabalho legislativo
depois dele, e para no dia 1 de Janeiro
de 2017 estas empresas serem geridas
de forma diferente”, afirmou.

4 | PORTUGAL | PÚBLICO, QUA 2 MAR 2016

Passos remete para Marcelo
solução de eventual crise política
Líder do PSD apresentou moção de estratégia global em que não se refere ao CDS-PP, mas afirma
concordar com o que tem dito Assunção Cristas, também única candidata à direcção dos centristas
MIGUEL MANSO

Partidos
Sofia Rodrigues
Nem eleições nem um novo governo
no quadro parlamentar. Na moção
de estratégia global ao congresso do
PSD, em Abril, o candidato à liderança do partido, Pedro Passos Coelho,
reitera que está preparado para voltar a assumir funções de governo,
mas não avança com quaisquer cenários nem datas. A solução de uma
eventual crise política, que Passos
espera que não aconteça, ficará nas
mãos do Presidente da República. Já
para as eleições autárquicas de 2017,
Passos Coelho ambiciona que o PSD
seja o mais votado.
Na moção de estratégia global ao
congresso — e com que se apresenta nas eleições directas no próximo
sábado — o candidato defende que
“o PSD não deixará de estar sempre
preparado para reassumir responsabilidades de governo, se a isso vier a
conduzir o esgotamento da solução
de governo protagonizada pelo PS”.
Mas recusa explorar cenários e admite que “existem mecanismos no quadro constitucional que permitirão
aos partidos políticos com responsabilidades parlamentares e ao senhor
Presidente da República avaliarem as
melhores soluções a adoptar face às
circunstâncias concretas”. Perante
a insistência dos jornalistas, Passos
Coelho repetiu: “Não vou especular
nem um bocadinho sobre isso. Não
vou mesmo.” O actual líder e único
candidato à presidência do PSD falava depois de ter entregue a moção,
numa pen, e um dossier preto com as
assinaturas recolhidas, ao presidente
do Conselho de Jurisdição, Calvão
da Silva.
Assumindo que o PSD deverá ser
uma “oposição firme” ao Governo de
António Costa, Passos Coelho rejeita
que o partido venha a ser responsável por uma eventual crise política.
Essa crise “no actual quadro parlamentar não pode deixar de resultar
do desentendimento gerado no seio
da maioria que suporta o Governo”,
lê-se no texto. O líder do PSD reafirmou esperar, aliás, que o Governo
cumpra toda a legislatura: “Espero
que não falhe.” Um dos primeiros
testes ao executivo pode acontecer já
em Abril, se uma iniciativa legislativa
sobre o Programa de Estabilidade e
Crescimento for colocada à votação

Partido deve reconhecer, sem complexos, o passado recente da última legislatura, diz Passos

no Parlamento. Questionado sobre a
posição do PSD se falhar o apoio do
PCP ou do BE, remeteu para mais
tarde. “Quando aparecer o Plano de
Estabilidade, analisaremos”, disse,
lembrando que o documento serve
de base aos próximos orçamentos.
Mesmo que o Governo cumpra os
quatro anos, Passos Coelho situa o
PSD como o mais bem colocado para
alternativa ao PS, por ser um “partido reformista”. “Se este Governo durar quatro anos, e não nos conduzir
a nenhuma desgraça, ainda assim o
país não crescerá o suficiente, não
estará a criar dinâmica de emprego,
não estará a superar as dificuldades.
E, portanto, acredito que o PSD será
necessário”, disse, assumindo que,
enquanto durar o mandato de dois
anos de líder do partido, é candidato
a primeiro-ministro. A “desgraça” a
que se referia será um novo programa de resgate, possibilidade que a
moção considera remota mas que
não é totalmente afastada: “A actual linha estratégica de governo pode não acabar necessariamente no
retorno à insustentabilidade económica e financeira com o estrondo de
2011.”
Recusando ter liderado um Governo que pôs em prática um “‘direitismo’ austeritário” e de “falta de
sensibilidade social”, Passos defende
que o PSD deve reconhecer de “modo descomplexado” o trabalho que
realizou no Governo.
Sem uma referência ao CDS-PP sobre o futuro na moção, Passos Coelho esclareceu que “tem concordado” com o que tem dito a candidata
a líder do partido, Assunção Cristas,
e que será o interlocutor do “diálogo
preferencial” do PSD. Mas recusou
comentar a possibilidade admitida
por Cristas, em entrevista ao PÚBLICO, de apoiar um novo Governo com
PSD e PS, mas sem António Costa.
Relativamente às autárquicas, defende que o PSD “tem a aspiração de
voltar a ser, em 2017, o maior partido” e de conquistar “o maior número
de presidências de câmara, para voltar desempenhar, “simbolicamente”,
a presidência da Associação Nacional
de Municípios Portugueses.
Como proposta de reforma política, volta a avançar com a ideia de
“consagração do voto preferencial
opcional e reconfiguração dos círculos eleitorais”, que já constavam em
anteriores moções de estratégia.

Descubra porquê. SALTO TANDEM NO VALOR DE 239€ . mediante marcação prévia. agora que o Público faz 26 anos.pt. O salto Tandem poderá ser realizado em Espinho ou Figueira dos Cavaleiros e deverá ser realizado até 30 de Setembro de 2016.< Público Gostar da Página 14 min Os amantes de adrenalina utilizam cada vez mais a internet para ter acesso às notícias.pt Campanha válida para novas assinaturas na loja Público.publico. em assinaturas. recebe um salto Tandem a 4200 metros de altitude (inclui fotos ou vídeo) e um empurrão de confiança. até 31 de Março de 2016.99€ OFERTA Porque ao assinar o Público Online por dois anos. Gosto Comentar Partilhar www. PÚBLICO ANIVERSÁRIO ASSINE 2 ANOS POR 199.publico.

mas. Até à decisão sobre a votação final ainda teremos de fazer um trabalho de análise. E o PCP tem a consciência de que as coisas se fazem passo a passo — é isso que representa o voto favorável? Sim. mas o exemplo do IMI e dos fundos imobiliários comprova que vale a pena insistir. Sem perder esse objectivo de vista. ter justiça social e desenvolvimento do país. como o desaparecimento de restrições aos direitos dos trabalhadores. julgo que não. São matérias com aumento da despesa e diminuição da receita. Mas pego na situação que refere: até para os desempregados sem prestações sociais pode haver uma resposta clara com a concretização de uma proposta do PCP sobre o subsídio social de desemprego. apesar dessas limitações e sem prescindir da nossa perspectiva de fundo de que essa resposta só pode ser dada com a política patriótica e de esquerda que nós propomos. Qual a receptividade do PS? Tem havido reflexão e troca de argumentos. Outra proposta é o aumento da contribuição sobre o sector energético. Mas foi contrariado? Não. mas desde que seja para ir buscar receita aos grandes grupos económicos e às grandes fortunas. quando diz que o PCP prescinde da “encenação em favor da substância”. Jerónimo de Sousa admitiu que foi difícil a decisão de votar a favor deste Orçamento do Estado (OE). quer também em relação às medidas positivas a que dá expressão. Ou pode-se fixar com critérios que majorem o valor do aumento do valor em função da inflação. dos 100 mil euros.5% para 3. quer sobre o que é insuficiente ou limitado. Estamos a avaliar a modelação de forma a não comprometer a “O objectivo político nas pensões deve ser o aumento real com a reposição do poder de compra — é por ele que nos vamos bater” “O calculismo aritmético [do voto no OE] nunca seria bom para a solidez das posições. Temos discutido outros exemplos de justiça fiscal: um imposto sobre o património mobiliário acima. Pode passar por aumentos extraordinários que em alguns anos façam subir mais depressa ou mais devagar. necessário. limitações às autarquias. o partido está a discutir com o PS na especialidade propostas de mais taxas para os mais ricos e para o sector da energia e de aumento das pensões. Discutimos em função dos problemas a resolver e dos objectivos políticos a alcançar. A reunião do Comité Central (CC) em que se decidiu o voto favorável foi mais complicada do que a que ratificou o acordo com o PS? Não. Foi uma boa reunião de discussão. qualquer opção tem de estar em cima da mesa.85%. O OE traz coisas novas positivas. um aumento das taxas de 2. ao mesmo tempo que o critica? A resposta a essa pergunta não pode partir da circunstância individual de cada um. Foi pedido que propusessem receita? A discussão não é feita na base da moeda de troca. significava 150 milhões de euros de receita. que tem uma taxa de 0. João Oliveira afasta quezílias com o Bloco. prestações sociais. mas pode ser modulado. É um sentido de voto que é apurado com uma noção muito clara da situação e da avaliação que se faz do OE. Não colocamos as questões no plano da intransigência e das linhas vermelhas. não diria que possa estar fechada qualquer uma das propostas. estamos a procurar levar tão longe quanto possível a concretização de medidas positivas para recuperar direitos e rendimentos. uma taxa de 1%. Como está a negociação das propostas do PCP na especialidade com o PS? Estamos a discutir se poderá haver algo sobre o subsídio social de desemprego. QUA 2 MAR 2016 “Não colocamos as questões no plano da intransigência e das linhas vermelhas” João Oliveira Depois do sim histórico do PCP ao Orçamento. Qual a redução da contribuição para a ADSE que vão propor? O Governo já admitiu o alargamento dos beneficiários. como o combate à precariedade na administração pública. E medidas que resultam do contributo relevante do PCP para o articulado. Num Governo PSD/ CDS seria impossível. acima da inflação e a determinado ritmo. Foi um voto histórico do PCP.75% nos rendimentos acima de 80 mil euros e de 5% para 7. a possibilidade de redução da taxa máxima do IMI. Está dependente de questões imprescindíveis para o PCP como o aumento das pensões? A consideração sobre a votação final global resultará do que globalmente no final for o OE. Se incidisse sobre património acima de um milhão. Como é que o PCP explica aos seus militantes reformados com pensão mínima ou aos desempregados e sem apoios sociais que aprovou o OE. Quer a apreciação crítica dos aspectos negativos. Na nossa estimativa. Um aumento de 50% da taxa permite uma receita de 60 milhões de euros. a progressiva gratuitidade dos manuais escolares e o não aumento das propinas. reflexão e de afirmação da coesão do PCP na intervenção neste quadro político exigente. não está a fumar o cachimbo da paz. tem de ser uma apreciação política global. diz o líder parlamentar. No seio do PCP ainda há divisão sobre o apoio ao PS? Há noção de que os compromissos que o PS mantém com a UE e a zona euro limitam muito a capacidade de discutir neste OE medidas de outro fôlego para responder aos problemas do país. Quais foram as principais críticas levantadas na reunião? As preocupações e a apreciação crítica estão traduzidas no comunicado do CC. Fizeram-se contas com os sentidos de voto já anunciados? Esse calculismo aritmético nunca seria bom para a solidez das posições. por exemplo. Como lê a estratégia do PSD de votar contra o articulado e se abster nas propostas de . Batemo-nos por propostas com a noção do que é justo.6 | PORTUGAL | PÚBLICO. O voto final está garantido? A apreciação feita foi do OE na generalidade. Temos discutido a possibilidade de um aumento da taxa adicional de solidariedade em sede de IRS. A abstenção ou voto contra estiveram em cima da mesa? Quando se trata de apreciar a posição de voto em relação a qualquer medida. Isso implica ficar dependente das posições dos outros para um resultado. não temos a proposta fechada. O sentido de voto foi votado no CC? Com que resultado? O comunicado do CC que faz a apreciação de fundo sobre o OE e que inclui a perspectiva de votação favorável na generalidade foi aprovado por unanimidade. e do que não é possível aceitar. Qual vai ser a proposta do PCP para assegurar um aumento real das pensões? Não temos a formulação definitiva. Ficase dependente dos outros” sustentabilidade da ADSE.5% nos rendimentos acima de 250 mil euros permitia uma receita de 15 milhões de euros. que vão obrigar os socialistas a reagir Entrevista Maria Lopes Os comunistas admitem ajudar o Governo a desenhar as medidas adicionais que Bruxelas pediu.

Eu não tenho nenhuma. E tem vontade de participar num plano B? Se forem medidas adicionais para obrigar os grandes grupos económicos a pagar mais impostos ou para tributar de forma mais justa os mais ricos entre os ricos. o que se faz? Um aditamento? Ou é um documento intocável? Acho que se está a dar por curto um caminho que não é pequeno. Tenho de esperar o melhor e estar preparado para o pior. deixar de gastar dinheiro com os juros da dívida para aplicá-lo bem. O problema é a opção de fundo que o PS faz pela sua não renegociação ao não questionar as regras do euro e as imposições a partir da UE sobre a nossa soberania — o que nós chamamos “constrangimentos”. Mas o BE cresceu muito mais. Nas propostas da renegociação da dívida e do Novo Banco. Não me estranha. mas nós prescindimos da encenação toda em favor da substância das coisas. O que espera de Marcelo Rebelo de Sousa em Belém? Que seja coerente com as críticas que fez ao Governo PSD quando era comentador? Espero que seja mais coerente com o cumprimento da Constituição do que com qualquer outra coisa. PCP e BE estão de acordo sobre a renegociação da dívida. para classificar PSD e CDS? O Jerónimo certamente tem muito melhores condições para arranjar uma expressão popular que corresponda a isso [risos]. O PCP já se reuniu com Marcelo? Não tenho conhecimento disso. em troca.. Não há corridas? Nós não intervimos politicamente com a preocupação da corrida ou de uma capa de jornal. A discussão que tem sido feita na sociedade tem vindo a confirmar o espaço cada vez mais reduzido que têm aqueles que defendem que a dívida não deve ser renegociada.. não houve um aperto de mão no Orçamento. na criação de emprego. Viu uma abertura à proposta do PCP? Não sei se será exactamente uma abertura. . Então o que PCP e PS podem fazer para contrariar essa ideia da geringonça a perder peças veiculada pela direita? A preocupação com o discurso do PSD e CDS sobre a dita geringonça não deve ocupar um minuto na vida de ninguém. O nome que se dá às coisas não altera a substância das negociações. Espero também não ter de chegar ao final do seu mandato fazendo um balanço tão negativo como o deste que agora cessa funções. não estamos a fazer aquilo que resulta dos nossos compromissos com os trabalhadores e o povo português. Faz sentido fazer uma discussão sobre as questões da renegociação da dívida — se o BE preferiu fazer um grupo de trabalho e nós preferimos uma discussão bilateralmente com o PS. Porque é que o PCP não integra o grupo de trabalho sobre a dívida do BE com o Governo? Não me vou intrometer na forma como o Bloco decidiu relacionarse com o PS e com o Governo. Julgo que mesmo entre aqueles que a recusam liminarmente há a consciência de que mais cedo ou mais tarde lá teremos de chegar. não. nós prescindimos dela em favor da substância” “Não medimos a nossa intervenção pelos resultados eleitorais — nossos ou dos outros” de influência sobre o PS. O grau de compromisso que se alcançou nessa discussão. Ou seja. Do ponto de vista da renegociação.. como diz Gramsci” NUNO FERREIRA SANTOS alteração para forçar o PS a votar contra o PCP? É uma posição que resulta dos compromissos que o PSD tem com a política de retrocesso e exploração. em 2011. A começar pelo primeiro: combate à precariedade. Já seria uma novidade relativamente ao exercício daquelas funções. Sente-se pressionado para não desafiar o PS? No dia em que nos deixarmos condicionar nas propostas pelas posições que o PSD assume. Há um conjunto de questões da posição conjunta por fazer que não são de pouca monta. Não há desconforto mesmo depois de duas eleições em que o BE ganhou tanto terreno? Da nossa parte. Quando a maior parte dos pontos do acordo estiverem cumpridos. O ministro das Finanças disse estar aberto ao debate mas só quando a questão se colocar em termos europeus. E na sociedade portuguesa cada vez mais muita gente reconhece a justeza e necessidade dessa proposta.. apresentámos iniciativas e temos uma campanha política na rua desde 18 de Fevereiro. Que termo usaria. agora as relações que temos ou não com o BE a partir dos resultados eleitorais que cada um tem. PCP e BE pareciam estar a ver quem chega à meta primeiro. isso não são elementos que tenham correspondência. mas nós não fazemos. Até o FMI já o reconheceu há uns anos. a diferença não é grande. Ah. Nós não medimos a nossa intervenção nem pelos nossos resultados eleitorais nem dos outros. Se a questão é sobre quem apresenta iniciativas primeiro. Vai ajudar o Governo na preparação das medidas adicionais pedidas por precaução por Bruxelas? Nós temos muitas soluções para os planos A de resposta aos problemas. Em que é que isso prejudica o nosso resultado? Julgo que em nada.PÚBLICO. Não vejo isso como tentativa de chegar à meta. Ninguém nos acompanhou. Eu compreendo que essa componente de encenação na política se tenha tornado uma coisa tão marcante que as pessoas já não consigam viver sem ela. cá estaremos. mas quem fizer disso critério de avaliação dos seus resultados eleitorais poderá chegar a essa conclusão. Então como estão as relações com o Bloco? Não se cruzaram no acordo. mas com o objectivo de dar resposta a problemas concretos. entrou na AR o nosso primeiro projecto de renegociação e há dois anos apresentámos um para o controlo público da banca. O termo irrita-o? De forma nenhuma. A correlação de forças não é indiferente. Nas legislativas nós crescemos: aumentámos os votos e o número de deputados. O PCP podia ter maior poder “A componente de encenação na política tornou-se tão marcante que as pessoas já não conseguem viver sem ela. Se conseguíssemos amarrar a vida nas linhas do papel. A proposta do Novo Banco decorre dessa. provavelmente a vida tinha muito menos interesse. reflecte aquilo em que foi possível encontrar convergência. A renegociação da dívida não é uma dessas matérias. Não teriam mais força sobre o PS com uma proposta conjunta? Porquê? Quando a 5 de Abril de 2011 apresentámos a proposta pela primeira vez estávamos isolados. o processo só faz sentido se ele tiver associado um conjunto de medidas: os milhares de milhões de euros que deixamos de pagar pela dívida temos de os usar no apoio aos sectores produtivos. QUA 2 MAR 2016 | PORTUGAL | 7 “[Marcelo em Belém] tenho de esperar o melhor e estar preparado para o pior. O voto contra no rectificativo fez mossa na relação com o PS? Julgo que não surpreendeu ninguém a posição do PCP.. É um termo suficientemente superficial e aligeirado para não irritar. É de saudar o caminho que o Bloco fez de se aproximar da proposta do PCP. como aquela máxima de Antonio Gramsci do optimismo da vontade e o pessimismo da razão. traduzida na posição conjunta.. Por isso agendámos um debate logo a seguir ao Orçamento. Não haverá uma altura em que o PCP colocará a renegociação como condição para manter o apoio parlamentar? Desde o dia 7 de Outubro que ficou claro para nós e para o PS que cada um é autónomo nas suas posições e que há matérias em que já sabemos que não convergimos.

No texto. depois de o Ministério Público ter informado o partido de que “havia irregularidades em 200 fichas de militantes”. sem maus tratos. ao presidente da Assembleia da República. argumentando que a verificação dos cadernos eleitorais exige algum tempo e que as eleições para a distrital serão marcadas pela Comissão Nacional. quer para presidente da federação. Tavares. o antigo primeiro-ministro e até Dezembro alto-comissário para os Refugiados. Também é exigida “a substituição da patrulha pelo salvamento e do controlo securitário de fronteiras pela concessão de vistos humanitários”. também será naturalmente ouvido. Em carta enviada a todos os Estados-membros. sem confisco de bens. mas segundo Cristina Martins “só fez um estudo estatístico que apenas abrange oito meses”. Como era o caso de Srgian Kerim. “De fora dessa investigação ficaram centenas de fichas que Pedro Coimbra assinou em nome dos secretários coordenadores do partido”. O ex-deputado Victor Baptista chegou a afirmar ao PÚBLICO que iria disputar a liderança da distrital coimbrã. “A direcção nacional tem o dever de defender o património do partido e assegurar que os processos eleitorais decorrem com a maior transparência e a maior lisura”. onde vai ser ouvido sobre a sua candidatura a secretáriogeral da ONU por Mogens Lykketoft. Caso contrário. Um pedido que tornam extensivo aos governos e organizações nacionais que superintendem o acolhimento aos refugiados. reunificação familiar e das bolsas de estudo ou de trabalho de modo a serem exequíveis em tempo útil. “Sem pulseiras identificativas. sem fronteiras fechadas. quer para os candidatos a delegados ao congresso distrital. declarou ao PÚBLICO o secretário nacional para a organização. tendo depois sido reintegrada por decisão do Tribunal Constitucional (TC). o professor universitário Francisco Louçã. O comunicado assinala o amplo consenso interno suscitado pela candidatura e assinala que o objectivo é contribuir de forma activa para o processo de selecção do próximo secretário-geral da ONU. que aponta culpas ao líder distrital. em Nova Iorque. Com a formalização pelo Governo português. Noventa personalidades do mundo da cultura enviaram ao primeiro-ministro. defende uma refiliação do partido e afirma que Pedro Coimbra “só deve de ir a votos após a refiliação do que deve recuar aos últimos dez anos”. depois de uma militante ter denunciado. O Departamento de Investigação e Acção Penal investigou a denúncia da antiga coordenadora da secção da Sé Nova. de Igor Luksic. Gonçalo M. aos parlamentares e aos eurodeputados portugueses no Parlamento Europeu uma carta aberta pelos direitos dos refugiados. presidente da Assembleia Geral da organização. Do mesmo modo. O deputado Pedro Coimbra. Se assim for. sem contrabandistas que enriquecem à custa de coletes de salvação falsos e barcos de borracha que carregam o dobro das pessoas que suportam”. a empresária Catarina Portas e a deputada Inês de Medeiros também aderiram a esta iniciativa. acrescentando que “no PS de Coimbra foram cometidas graves irregularidades. de Danilo Turk. “O diálogo informal e a reunião serão tão abertos e transparentes quanto possível”. Lykketoft informou-os da sua decisão e sintetizou o objectivo da sua iniciativa com a mobilização do interesse da opinião pública e da sociedade civil. o gabinete de António Costa divulgou ter sido formalizada a candidatura de António Guterres através de uma carta do primeiro-ministro português aos presidentes da Assembleia Geral e do Conselho de Segurança das Nações Unidas. António Costa. e da croata Vesna Pusic. António Guterres vai estar na sede das Nações Unidas. disse o mesmo responsá- vel. As restantes 18 distritais vão a votos na sexta-feira e no sábado. da candidatura de Guterres. Margarida Gil e João Canijo. afirma que a “direcção nacional deve avocar a própria federação. a entrada de militantes-fantasmas nos cadernos eleitorais. na segunda-feira.8 | PORTUGAL | PÚBLICO. a militante de Coimbra que denunciou a existência de militantes-fantasmas e que foi expulsa do partido. “raramente posto em prática. Ferro Rodrigues. da búlgara Irina Bokova. que tem como pontos a análise da situação política e da suspensão das eleições no distrito. afirma. e que permitiria aos refugiados viajar seguramente até ao país onde pretendem pedir asilo”. Tem de ir à causa da doença. A professora de Matemática do ensino secundário. Luísa Costa Gomes e Alexandra Lucas Coelho. QUA 2 MAR 2016 PEDRO NUNES António Guterres ouvido na ONU em Abril Nações Unidas Nuno Ribeiro Guerra na Síria Requerem passagens seguras dos territórios em guerra até aos países de acolhimento Presidente da Assembleia Geral tomou a iniciativa de encontros de duas horas com os candidatos a secretário-geral Na segunda semana de Abril. acrescentando que a direcção nacional está a “passar a pente fino” os cadernos eleitorais de Coimbra. assegurou. ou se apenas remarca a data das eleições (que estavam agendadas para sábado). os subscritores reclamam pelo estabelecimento de pontes de diálogo através da coordenação entre as várias organizações internacionais presentes nas áreas em conflito.” Carta aberta pelos direitos dos refugiados A militante que denunciou a existência de militantes-fantasmas foi expulsa e depois reintegrada Comissão Nacional do PS suspende eleições na distrital de Coimbra Partidos Margarida Gomes Direcção está a “passar a pente fino” os cadernos eleitorais que foram objecto de investigação por parte do DIAP As eleições internas para a distrital do PS de Coimbra estão suspensas e a Comissão Nacional só as vai remarcar depois de analisar os respectivos cadernos eleitorais que foram objecto de investigação por parte do Ministério Público. PÚBLICO . os signatários requerem a flexibilização dos programas de recolocação. A este respeito recordam que esta figura está contemplada no “Código Comunitário de Vistos” da União Europeia. Hugo Pires.” E é nesse sentido que considera que o partido precisa de uma refiliação. da Sérvia. A questão que se coloca agora é a de saber se a Comissão Nacional vai anular todo o processo eleitoral. os signatários pedem aos decisores políticos que seja estabelecida uma passagem segura de territórios em guerra para territórios em paz e até ao país de acolhimento. Há muitas pessoas que foram militantes antes de ser filiados”. E conclui o texto: “A candidatura [de Guterres] é para o Governo português um imperativo. Os realizadores João Botelho. acusandoo de ter “falsificado fichas de militantes”. Esta professora de Matemática desafia o presidente da federação a explicar “as irregularidades que cometeu” e diz que o “PS não pode andar a fazer curativo às feridas. Coimbra é a única federação do PS que não vai ter eleições internas. que não fala sobre o caso. sem tráfego humano. deixa de ser necessário apresentar listas. Entre os 90 subscritores da carta aberta estão nomes da literatura como Ana Luísa Amaral. disse Mogens Lykketoft. O líder federativo convocou para segundafeira uma reunião da comissão política distrital extraordinária. da Eslovénia. mas acabou por desistir depois de um entendimento com Pedro Coimbra. da moldava Natalia Gherman. “Queremos assegurar que o próximo presidente da distrital de Coimbra é eleito com cadernos eleitorais limpos”. que se recandidata a um novo mandato. em 2011. “Penso que esta é uma mudança histórica na forma como o secretário-geral é escolhido”. Por fim. referem. reinstalação. de Montenegro. porque o mandato de Pedro Coimbra termina agora”. que vai reunir-se no início de Abril. Cristina Martins. vai abrir um novo processo eleitoral. Na segunda-feira. “apresentando um candidato excepcionalmente qualificado”. Foi na passada semana que Lykketoft anunciou estas reuniões — encontros de duas horas — com os candidatos cuja candidatura já tinha sido formalizada. é o único candidato à distrital. entre 12 e 14.

a minha preocupação era fotografá-lo com pessoas e privilegiei os anónimos”. num registo “comovente”. ao Direito Administrativo. de mais velhos. nesta última aula.R. Uma vez. “Estava ontem em casa a ver televisão quando vejo anunciar que daria a minha última aula. À espera desta “última aula” de Marcelo Rebelo de Sousa está um batalhão de repórteres. foi um colega seu que respondeu correctamente — Kurt Waldheim. então. o candidato Marcelo aparece ao lado de jovens. Dá-nos uma pista subtil para o que aí vem. que quis dar uma “aula igual às outras” a uma semana da posse ENRIC VIVES-RUBIO Presidência Maria João Lopes e Paulo Pena Quase afónico. Tendo em conta. Francisco Pais Marques. segundo uma aluna. lembra.” E acrescenta: “Para alunos do primeiro ano. “Acordei afónico”.. sorrindo. Nas imagens. afinal.. entre outras características. começam um interlúdio. 19 anos. a de jubilação. equipas para condicionar”.. em forma de lema: “A pior coisa que podia acontecer era ser o professor Marcelo a fazer o teste. Rui Ochôa. “A saída do professor da faculdade é péssima. A campanha simples. que aparecesse como encarnação do inimigo a derrotar. depois de jurar o seu espanto pelo aparato. O ex-secretário de Estado do anterior Governo. low cost. virada para as pessoas e a passar a imagem do pacificador quando o ambiente político estava muito crispado. não sabia do acontecimento. em Dezembro. Lembra-se de. por exemplo. Recorda um episódio passado no seu tempo de aluno de Direito Constitucional e de Direitos Fundamentais. E garante que esteve sempre pensada “para ser simples. mesmo amplificada pelo microfone. lamentou a liberdade que se prepara para perder. O professor entra na sala e os alunos. em Lisboa. No prefácio. David Duarte. explica. Paulo Ramos. sentam-se os três assistentes da cadeira: Pedro Moniz Lopes.” . em Outubro. e mais alguns. Mas ficou para assistir à despedida do seu colega e ex-professor. a ser apresentado amanhã na antiga sede de campanha. da sua faculdade de sempre. porém. foi aluno de Marcelo no mestrado científico em Direito Administrativo. professor incluído. queriam usar a candidatura como segunda volta das legislativas. quando for. O tema? “Veremos. Pedro Lomba. Na précampanha e no período oficial. estão de pé. e o assistente. O Presidente eleito garante que “não houve desvio” do rumo traçado. diz. “É uma pessoa absolutamente singular na vida da faculdade. A voz mal se ouve. como Paulo Ramos e Francisco Ferreira. afirma Rui Ochôa. uma que considera não ser assim tão vulgar no meio académico do Direito — a abertura científica.PÚBLICO. conta que o agora Presidente eleito “dá a impressão de que não está a perceber” que as câmaras estão à sua volta. Desde que Marcelo Rebelo de Sousa arrancou para a estrada. já imperou o tom grave e discreto que costuma ser regra em Belém. revelou ter hoje uma reunião com António Costa Marcelo em campanha. Essa será. Rui Ochôa registou 57 mil fotografias. meios para controlar. anuncia Marcelo. Essa segunda parte foi “mais pessoal”. Francisco Pais Marques e David Duarte. mas acrescenta acreditar que vai ser um “excelente Presidente da República”: “E nem entro em juízos comparativos”. Marcelo foi eleito com 52% dos votos — à primeira volta — e toma posse no dia 9. segundo Marcelo. de pessoas humildes. Não há. diz. o candidato aparece quase sempre rodeado de pessoas.” O mal-entendido terminava aqui. tornava a matéria acessível com grande capacidade de comunicação. no estrado elevado. Marcelo falou da História da disciplina.” No fim desta última aula. Lacónico. os três colaboradores e assistentes de Marcelo sentam-se no bar da faculdade a lanchar. o outro professor auxiliar. Outros. fazer uma pergunta. não haverá nunca. com o fim dos dois minutos. Gonçalo Baptista. na última aula antes da posse do Presidente eleito. “Combinámos com a comunicação social que há dois minutos para recolherem imagens”. não esteve na última aula. riem-se e sugerem-lhe que substitua a expressão “péssima” pela ideia de que sai alguém “insubstituível”. de poucas palavras. Os lados conflituantes não aceitavam nem toleravam a minha orientação de candidatura. 49 anos. E elogia-lhe. Esta é a última aula que Marcelo dá aos seus 235 alunos de um semestre atípico. Não tem dúvidas: “É um dos mais carismáticos professores da faculdade. “Uma vez que era uma campanha de afectos.” Ao lado. optou por lhes dizer: “Desejo-vos a todos que comecem com o pé que entenderem ser o mais adequado. Na mesa do professor. A mensagem já tinha sido dada na campanha. 22 anos. na última aula. Marcelo tinha um livro para oferecer aos alunos. as querelas entre a esquerda e a direita. na faculdade de sempre. Uns queriam que fosse o porta-voz das suas razões. E como não escapou à moda das selfies. que.” No anfiteatro. Todos sentados. David Duarte encolhe os ombros. Marcelo. secretário-geral das Nações Unidas? Pedro Lomba falhou na resposta. escreve. deverá ser o próximo regente da cadeira de Direito Administrativo. e o regresso.. A segunda pior coisa era não ser ele a corrigir. resultou de uma estratégia que veio a revelarse acertada. cruzandoa com a sua própria experiência de vida. discreto. tanto em poses mais institucionais como a segurar as mãos de eleitoras ou a dar abraços fortes a quem o interpelava. que só tinha de ser testado junto dos eleitores. o conviver bem com a crítica e com o debate. Afinal. ninguém como ele aqui na faculdade”. Memorável só mesmo este novo Marcelo Rebelo de Sousa. o professor lhes desejar bom ano. de músicos. Conta que. igual às outras”. mas foi seu aluno. S. mas “está” bem consciente. rodeado de gente anónima O Presidente eleito conta como foi difícil resistir às pressões partidárias M arcelo é. Todos. Quem acertasse levava o livro. apenas confirmou ter hoje uma reunião com António Costa. Leya). E reclamavam por estruturas para influenciar. à porta fechada. QUA 2 MAR 2016 | PORTUGAL | 9 Marcelo já lamenta a liberdade que perdeu mas à porta fechada A despedida da faculdade não foi solene nem aparatosa. Esta não é a “última” aula do Presidente eleito. esses momentos captados por Ochôa também constam do livro Afectos (Editora Texto. Marcelo relata como teve de resistir a pressões para não ser capturado por interesses partidários após as legislativas. Que austríaco foi O Presidente eleito.” Confirmou também que não pretende mudar-se para o Palácio de Belém. Aparece também junto dos adversários com quem travou debates televisivos e ao lado de figuras das instituições que visitou. Chegou a uma selecção de 180 publicada em livro. difícil de se fotografar. Mas há um engano. Pedro Moniz Lopes. Resolveu. “Foi o cabo dos trabalhos resistir ao ambiente vivido até Dezembro. o professor de Direito Administrativo II chega acompanhado do corpo de segurança pessoal da PSP ao anfiteatro Paulo Cunha. fotógrafo oficial da campanha presidencial.

Até a linguagem Parte do Laboratório de Polícia muda-se A o contrário do que anunciou a ministra da Justiça no Parlamento. Da realização de sondagens online a advogados e cidadãos utentes do sistema até ao ensino de programação informática aos reclusos. um conjunto de medidas que visam simplificar o funcionamento dos tribunais e outros serviços Simplex Ana Henriques São 120 e visam operar uma revolução tecnológica na Justiça portuguesa. QUA 2 MAR 2016 Francisca van Dunem promete revolução tecnológica na Justiça ENRIC VIVES-RUBIO Ministra apresentou o plano Justiça Mais Próxima. é uma plataforma que vai permitir reportar pequenos problemas quer informáticos quer dos edifícios onde estão instalados os tribunais. Almeida Rodrigues. não pode correr o risco de contaminação”. “mas na evolução da tecnologia” necessária ao funcionamento do laboratório. “Está em curso um projecto para que se possam ultimar algumas obras”. “Vamos estudar os métodos de trabalho. pelas muitas valências que congrega e pela área territorial que abrange. como as relacionadas com o ADN — que. O aperfeiçoamento dos sistemas de informação terá impacto ao nível quer dos tribunais quer dos registos. por exemplo. O Tribunal de Sintra vai experimentar soluções de atendimento “mais amigáveis. neste mês ou no próximo. que se mantém nas antigas instalações. uma equipa de técnicos do Ministério da Justiça acompanhará o dia-a-dia deste tribunal. Francisca van Dunem. na sexta-feira. “para uma identificação ágil e um acompanhamento activo deste tipo de incidências”. Se as soluções encontradas para os problemas de um tribunal considerado difícil. em Lisboa. poderão ser replicadas noutros pontos do país ao fim de seis meses. intitulado Justiça Mais Próxima. presente na cerimónia das 120 medidas para a justiça. quando é amplificado. para que as longas horas de espera pareçam mais curtas aos utentes. Algumas serão primeiro testadas em programaspiloto antes de entrarem em vigor. são muitos os projectos deste plano de acção. É o caso de tudo o que tem a ver com perícias documentais e com moeda falsa”. Caso contrário. “Vamos transferir as valências que não precisam de instalações especiais para funcionar. Até a forma de atendimento do público nos serviços judiciais será objecto de análise. O denominador comum de grande parte deles é o recurso às novas tecnologias.10 | PORTUGAL | PÚBLICO. explicou o responsável. promete o Ministério da Jus- tiça. com recurso a instrumentos tecnológicos”. Para identificar as entropias ao nível do funcionamento. alguns dos quais já nas Lojas do Cidadão. Nem todas as medidas são para avançar de imediato. a forma de atendimento ao público”. O Meu Tribunal. promete a ministra . as medidas ontem anunciadas pela ministra da Justiça. forem consideradas satisfatórias. explicou Francisca van Dunem. em especial nos tribunais. para quem o adiamento da mudança não radica na falta de verbas. explicou o director da PJ. ao lado da nova sede inaugurada há dois anos. “Ficarão apenas no antigo edifício as valências que no novo carecem de instalações adequadas. abrangentes e céleres. disse Almeida Rodrigues. acrescentando que “a parte mais cara de toda a nova sede é o laboratório”. Passará por exemplo a ter wi-fi. não irão por diante. Francisca van Dunem tinha dito que não havia verba no Orçamento de 2016 para transferir o laboratório. parte do Laboratório de Polícia Científica vai mesmo mudar-se para a nova sede da Polícia Judiciária (PJ).

19. inovação. 16. e prometem “aliviar as secretárias dos tribunais do papel” ali existente quando se querem referir à desmaterialização dos procedimentos judiciais nas secretarias dos tribunais.º 1. para as zonas rurais. que quer saber de que forma vão ser postas no terreno algumas das medidas anunciadas. “Mas não vamos partir para a concretização radical de nenhum modelo que não tenhamos experimentado antes”. A juíza considerou que a atitude do arguido.º e 23. na altura com apenas 13 anos. O Estatuto do Ministério Público. Trata-se de pôr a funcionar no edifício do tribunal encerrado. no Verão de 2014 um julgado de paz — que é uma forma alternativa de resolução de litígios — . A abertura de um serviço de aten- 120 medidas é o número de medidas incluídas no plano de acção Justiça Mais Próxima. n. em Almada. Lisboa.º. refere ainda o Ministério da Justiça. Há muitos tribunais que não têm impressoras nem fotocopiadoras em número suficiente”. por suspeitas de corrupção activa. no âmbito de um inquérito que corre termos no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) por suspeitas de corrupção na forma agravada. Manuel Vicente. Discussão e deliberação sobre o Plano de Actividades da Direcção Nacional referente a 2016. na Charneca da Caparica. recorda o comunicado. As medidas de formação dos reclusos nas novas tecnologias é um projecto que conta já com parcerias com dois gigantes da área: a Microsoft e a Cisco. assegurando que o Orçamento de Estado não irá ser onerado. Os autores do vídeo confundem as mesas dos tribunais com os serviços prestados por estes. que pagará a comparticipação nacional das candidaturas aos programas europeus. O Ministério da Justiça quer angariar mais ideias. Entretanto. “Vamos poder também usufruir de outro tipo de financiamentos a partir de projectos internacionais de inovação social e ainda através de parcerias com empresas no contexto de responsabilidade social”. Jorge Nunes de Oliveira . por unanimidade. mais vocacionada. O vídeo que o Ministério da Justiça colocou ontem no Youtube a propósito da inciativa prova. Funcionará não só ao nível da programação como da gestão de redes. “instaurar (. proximidade. Para 2016. decidiu instaurar um inquérito para apurar se há factos que determinem a abertura de um processo disciplinar ao procurador Orlando Figueira. 15. e para os fins do disposto nos Artigos 22. está previsto um investimento nacional de 2. Maria José Costeira. 11. com pena suspensa por igual período. este não é um plano acabado. Aprovação da acta da Assembleia Geral anterior. mostrou algumas dúvidas sobre a operacionalização deste plano de acção. declarou a governante. ontem reunido. irá ser testado outro tipo de abordagem. 12. defendido por Paulo Blanco no processo sobre a compra de um apartamento no complexo EstorilSol e arquivado no início de 2012 por Orlando Figueira. relacionado com capitais angolanos. renovar a comissão de serviço ao procurador-geral adjunto Vinício Ribeiro para continuar a exercer as funções que tem vindo a exercer no Tribunal da Relação de Guimarães. mas justificou a pena suspensa com o arrependimento e a assunção de responsabilidades do arguido.) um inquérito para apurar se há ou não factos que determinem a instauração de processo disciplinar ao procurador da República Orlando Figueira”. PUBLICIDADE ASSEMBLEIA GERAL CONVOCATÓRIA No uso dos poderes que me são conferidos pelo Artigo 23.. Apreciação e discussão de outros assuntos que os Delegados considerem relevantes para a profissão. Também o presidente do Sindicato de Magistrados do Ministério Público. Também anunciou debates sobre o tema. “Em que consiste o anunciado aperfeiçoamento dos sistemas de informação. 17. tendo arquivado este último. “Este conjunto de medidas será integralmente suportado pelo Fundo de Modernização para a Justiça e com recurso a fundos europeus”. Discussão e deliberação sobre o Orçamento da Ordem dos Farmacêuticos referente a 2016. adiantando que a decisão de instaurar o inquérito ao procurador foi “tomada por unanimidade”. está indiciado por corrupção activa no mesmo caso. menos Simplex”. na Sede da Ordem dos Farmacêuticos. O Conselho Superior decidiu ainda.8 milhões de euros provenientes deste fundo. humanização] são positivos. entre outros. tendo sido detido durante a Operação Fizz. no distrito de Coimbra. exemplifica. ironiza. Se à hora designada não estiver presente o número suficiente de Delegados. Fundo de Solidariedade e Fundo Nova Sede da Ordem dos Farmacêuticos. convoco a Assembleia Geral da Ordem dos Farmacêuticos para reunir no dia 19 de Março de 2016. 13. explica a nota da ProcuradoriaGeral da República. Também presente da cerimónia de apresentação do Justiça Mais Próxima. que integra projectos-piloto a desenvolver em vários tribunais dimento intitulado Espaço Óbito. “Os factos em investigação terão ocorrido em momento anterior ao início da licença sem vencimento de longa duração.PÚBLICO. prevê que “a exoneração ou mudança de situação não impedem a punição por infracções cometidas durante o exercício da função”. Informações. o CSMP informa que deliberou. 18. branqueamento de capitais e falsidade informática. observou a magistrada. foi constituído arguido. a Assembleia realizarse-á meia hora depois com qualquer número.º 3. tendo sido detido por suspeita de corrupção O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP). n. Orlando Figueira está em prisão preventiva desde 25 de Fevereiro. “Gostava de ter ficado com uma ideia mais concreta. porém. na qual também foram constituídos arguidos o advogado Paulo Blanco. Conselho Superior do Ministério Público instaura inquérito a Orlando Figueira Operação Fizz Procurador está em prisão preventiva desde 25 de Fevereiro. O acidente ocorreu a 8 de Dezembro de 2013. perante o tribunal e familiares da vítima. Discussão e deliberação sobre as Contas da Ordem dos Farmacêuticos referentes a 2015. “Fala-se de partilha de dados entre serviços. É positivo. observa o dirigente sindical. Joana Marques Vidal. que a simplificação pode ser difícil de entender. tivesse conduzido o jipe merecia especial censurabilidade. 10. Discussão e deliberação sobre o Regulamento que fixa os critérios e o valor da quota mensal. interroga. da qual constará “todo o acervo documental e legislativo” do sector. por unanimidade.º. Discussão e deliberação sobre o Orçamento da Direcção Nacional referente a 2016.º 18. fonte ligada ao processo disse à Lusa que o actual vice-presidente de Angola. com licença sem vencimento desde Setembro de 2012. juntamente com a criação de uma biblioteca online da justiça. “Os princípios gerais do plano [eficiência. por exemplo?”. ao permitir que a filha. mas não sabemos como vão ser concretizados”. Deixou a filha conduzir Pena suspensa para pai de menor que atropelou mulher O Tribunal de Almada condenou ontem o pai de uma menor que atropelou mortalmente uma mulher de 54 anos a dois anos e dez meses de prisão. Foi tudo um tanto vago”. “A ideia é quebrar a percepção muitas vezes errónea de que a justiça tarda e de que a administração vive fechada sobre si própria”. Lisboa. QUA 2 MAR 2016 | PORTUGAL | 11 Breves por vezes pouco inteligível usada pelos tribunais para notificar os cidadãos vai ser analisada. António Ventinhas. com a seguinte ORDEM DE TRABALHOS 11. que poderá servir tanto para os reclusos comunicarem com os seus familiares como para acederem a consultas médicas. 14. diz a tutela. Esta deliberação foi tomada por 14 votos a favor e três abstenções. “Estava à espera de um documento menos genérico. Conselho Superior do MP Director do DCIAP reconduzido para novo mandato O Conselho Superior do Ministério Público decidiu ontem. figura também entre as 120 medidas do plano de acção. acha este programa demasiado vago — até porque as 120 medidas nunca surgem em lado nenhum elencadas uma a uma. A nota lembra que Orlando Figueira. por proposta da procuradorageral da República. e uma entidade colectiva. a presidente da Associação Sindical de Juízes Portugueses. No concelho de Penela. apelando por isso à participação cívica através do site Justiça Mais Próxima. O mesmo órgão também renovou a comissão de serviço da procuradorageral adjunta Cândida Almeida para continuar a exercer as funções que exerce no Supremo Tribunal de Justiça (STJ). Rua da Sociedade Farmacêutica. pelos processos “BES Angola” e pelo “caso Banif ”. Ratificação da deliberação do Presidente da Mesa da Assembleia Geral acerca da distribuição do número de delegados a eleger por cada Assembleia Regional para a composição das Assembleias Gerais da Ordem dos Farmacêuticos a realizar em 2016. destinado a prestar esclarecimentos sobre os procedimentos que é necessário levar a cabo após a morte de um familiar. director do Departamento Central de Investigação e Acção penal (DCIAP). renovar a comissão de serviço ao procurador-geral adjunto Amadeu Guerra. especialmente se empresas privadas passarem a ter acesso a informação sensível”. mas trata-se de um assunto delicado. encontrando-se em prisão preventiva.. pelas onze horas. A aposta nas novas tecnologias suscita à magistrada um comentário: “Gostava que tivesse sido anunciado também um reforço de outros equipamentos. Ainda nas cadeias a ministra da Justiça quer implementar o sistema de videoconferência. quando o arguido se encontrava no exercício de funções de magistrado do Ministério Pública”. n. O procurador Orlando Figueira foi responsável. juntamente com outros serviços como o registo civil e o registo criminal. quando o arguido acedeu à insistência da filha para conduzir o jipe do pai. do Estatuto da Ordem dos Farmacêuticos. Discussão e deliberação sobre o Relatório de Actividades e Contas da Direcção Nacional referentes a 2015. que oficialmente ainda se desconhece qual é. Em nota enviada à comunicação social. segundo o Ministério da Justiça. Seja como for. como outros. 1 de Março de 2016 O Presidente da Mesa da Assembleia Geral Dr. num percurso de cerca de 50 metros.

de ambos os sexos. no total mais de 12 mil pessoas em 2013 (últimos dados disponíveis). QUA 2 MAR 2016 Em nove anos.12 | PORTUGAL | PÚBLICO.0 26 6. documento que foi apresentado ontem em Lisboa. o consumo de tabaco diminuiu ligeiramente. em 2013.1 40. em % Ambos os sexos Feminino Total de óbitos em 2013 Em % Masculino FUMADORES 20. o secretário de Estado adjunto da Saúde. para a propagação do fumo do tabaco encontrar um bloqueio à sua expansão”. A DGS recomenda que se aposte na concretização e fiscalização da nova legislação antitabagista e no aumento dos preços dos produtos de tabaco.8 13. com o cancro a surgir como a principal causa de morte dentro deste grupo (4875 casos). em 2005/2006. passando de 16.9% para 20% da população com 15 ou mais anos. Se. nomeadamente nos restaurantes.82 0. Esta diferença fica a dever-se à diminuição do número de fumadores neste período: deixaram de fumar cerca de 161 mil. do ponto de vista técnico.7% neste período. menos de um ponto percentual. Ou seja. mas são poucos”. O relatório da DGS prova que os alertas e as restrições impostas pelas legislações antitabágicas não foram suficientes para convencer mais pessoas a.2 43.3 2005/2006 2014/2015 EX-FUMADORES 16. 2005/2006.9 2005/2006 21. Segundo Francisco George. com destaque para as mulheres (mais 74 mil fumadoras). Pelo lado positivo. entre os 45 e os 64 anos.9 73.8 12. são atribuíveis ao consumo do tabaco. admite o director-geral da Saúde. adiantou Fernando Araújo. Outro indicador pouco animador: cerca de 10% das mulheres que engravidaram admitiram ter fumado durante a última gravidez. Uma dessas medidas entrará em breve em vigor e obriga a que os espaços fechados onde é possível fumar (com mais de 100 metros quadrados) sejam obrigados a ter pressão negativa.9% da população residente com 15 ou mais anos dizia nunca ter fumado. O cigarro ainda continua a constituir um atractivo ao qual é difícil resistir. do Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo da DirecçãoGeral da Saúde. que aumentou quase 6%. no qual se estima que “cerca de 400 pessoas” terão morrido.6% teve apoio médico ou medicamentoso No final da apresentação do relatório. simplesmente. As estimativas de 2013 atribuem à exposição activa e passiva ao tabaco a responsabilidade por 12. em 2013. o director-geral da Saúde explicou que a legislação vai ser afinada através de uma regulamentação específica. “Há ganhos.2% em 2014. . nunca o experimentar. com a nova legislação que entrou em vigor em Janeiro pretende-se evitar que haja novos locais a funcionar nestes mol- O tabaco foi responsável por 33 mortes por dia em 2013 des.7 31.600 pessoas teriam morrido pela mesma razão. “uma portaria conjunta dos ministérios do Ambiente. Ao PÚBLICO. por este tipo de exposição. enquanto naqueles que compraram equipamentos (extractores de fumo) e dispõem de salas próprias para fumadores vão passar a ter de respeitar “exigências. Outro indicador preocupante é o de que o tabaco é responsável por cada vez mais mortes em Portugal.9 30. que será publicada dentro de alguns meses. Fernando Araújo. Tabaco foi responsável por 33 mortes por dia em 2013 DANIEL ROCHA Tabagismo Alexandra Campos e Patrícia Carvalho Em nove anos.3 62. destaca-se no relatório da DGS a percentagem de ex-fumadores.omega-3 Violência por parceiro íntimo Abuso sexual na infância Fonte: INE/INSA. o consumo de tabaco em Portugal baixou menos de 1% Lei e campanhas antitabagistas não chegaram para levar a uma diminuição acentuada do número de fumadores em Portugal. Contas feitas: “Uma em cada cinco mortes observadas em pessoas. o consumo do tabaco baixou de 20. 62. uma medida que se provou ser das mais eficazes na redução do consumo.1 para 21. cada vez maiores para proteger quem não fuma da inalação do tabaco”. revela o relatório. Isto significa que há dois anos havia menos 87 mil fumadores do que em 2005/2006 (dados dos últimos dois inquéritos nacionais de saúde). citado pela Lusa.369 mortes. Quanto aos espaços para fumadores. quase meio milhão de pessoas largou o tabaco em nove anos. da Saúde e da Economia”. adiantou que o Governo está a avaliar a possibilidade de comparticipação dos medicamentos para a cessação tabágica (ideia sucessivamente adiada por vários governos) e que se pretende que todos os agrupamentos de centros de saúde tenham consultas de apoio para quem quer deixar de fumar. mas apenas 3. como indica o documento. Francisco George. Já a morte por exposição ao fumo ambiental “registou uma descida assinalável nos últimos anos”. São dados do relatório sobre Portugal — Prevenção e Controlo do Tabagismo em Números 2015. do aumento dos preços e das sucessivas campanhas contra o tabagismo — que foi responsável por 33 mortes por dia.2 2014/2015 NUNCA FUMADORES 81.8 20.0 2005/2006 27. Inquéritos Nacionais de Saúde.9 11. essa percentagem desceu para 58.” Os homens foram os grandes afectados pelo tabagismo — 9960 óbitos —. que mostra “um aumento da experimentação do consumo”. mas outros começaram a fazê-lo. apesar da legislação cada vez mais restritiva. hotéis e discotecas. quando comparado com o ano anterior. Um valor que representa um aumento. Entre 2005/2006 e 2014. 2014 0 10. em que se estimava que 10.374 2 4 6 8 10 12 PÚBLICO “no mínimo 5 pascais (unidade).9 2014/2015 Consumo de tabaco Consumo de álcool Elevado teor de sódio Inactividade física Dieta pobre em fruta Dieta pobre em vegetais Dieta pobre em cereais integrais Dieta pobre em frutos secos Dieta pobre em fibra Sexo não seguro Dieta pobre em gorduras polinsaturadas Consumo de drogas Baixo consumo de cálcio Dieta rica em carne vermelha Dieta rica em carne processada Baixo consumo de leite Fumo passivo Dieta rica em gorduras trans Défice de ferro Dieta pobre em ácidos gorgos . esta pressão deve ser Tabaco ainda lidera nas causas de morte em Portugal Jovens com 15 ou mais anos População residente. de acordo com os dados do Inquérito Nacional de Saúde. que reconhece que o impacto das legislações restritivas se dilui com o passar dos anos.9 58.

Deverão ainda ter direito a cheque-dentista as crianças e jovens de 7. em 2013. Assim. não havendo. disse ontem que.2 milhões de pessoas. descreve. Para a sua elaboração.). diz Orlando Monteiro da Silva. aos 12 anos. no âmbito de debate sobre o Orçamento do Estado para 2016. afirmou o ministro no Parlamento. Chamou-lhe Memórias da Grande Marcha dos Professores. Mais recentemente. “Dizer que a actuação da Uber em Portugal é ilegal pareceme uma afirmação. Maria de Lurdes Rodrigues. a avaliação dos docentes passaria também a depender dos resultados dos alunos. que começou no final de 2012 e terminou em 2014. que. Também o modelo de avaliação aprovado por Maria de Lurdes Rodrigues ficou pelo caminho. passando de 29% (aos 12 anos). o programa dos cheques-dentista abrangia crianças de 7. A taxa de utilização destes cheques atinge uma média de 74%. Por essa razão constituiu-se como “uma ameaça ao establishment cujos efeitos era necessário conter”. numa entrevista ao jornal i. João Matos Fernandes. em segundo lugar. são experiências-piloto já anunciadas em Lisboa e Vale do Tejo e no Alentejo. O trabalho de campo. apresentado ontem em Lisboa. O autor do antigo blogue A Educação do Meu Umbigo assume que a manifestação de 8 de Março de 2008 foi a predecessora de outras mais recentes como a que se realizou em Setembro de 2012. grávidas e infectados com VIH/sida. da observação das aulas e do preenchimento de uma avalanche de fichas e documentos. em 2000. Com o primeiro. inaugurando um modelo de mobilização que foi feito. só que para operadores de transporte” e a Uber não tem este estatuto. em 2006. para 84%. O actual primeiro-ministro. a classe docente passaria a estar dividida em duas categorias. sustenta. mas frisou ser necessário fazer cumprir a lei. ele só pode ser feito por operadores de transporte”. Orlando Monteiro da Silva. em 2013. mais uma dezena de jornalistas e recorreu também ao que então se escreveu na blogosfera e fora dela sobre este movimento. Em declarações à Lusa. nenhuma regra legal “que impeça. O advogado acrescentou que os serviços que a Uber está a oferecer em território nacional são prestados através de “uma empresa. classificou como “abusivas” as declarações do ministro. o estudo incidiu sobre uma amostra representativa constituída por 6315 indivíduos e abrangeu as cinco administrações regionais de saúde. acrescido de muita gente que ainda navega nas franjas à esquerda do PS”. A 24 de Fevereiro. porventura. pela primeira vez. A confissão consta de outro livro. inquiriu 55 docentes que participaram nos protestos. Entretanto. Não me surpreendeu o grande castigo político que o PS sofreu por causa disso. adianta o bastonário da OMD. contra o novo Estatuto da Carreira Docente (ECD) e o modelo de avaliação aprovados pela então ministra de José Sócrates. 10 e 13 anos com necessidades especiais de saúde. explica o bastonário da OMD. para haver transporte de passageiros. Em primeiro lugar. Também a percentagem de crianças com gengivas saudáveis aumentou. sublinhou. “Quase todo o arco da governabilidade está presente (. Matos Fernandes realçou que o Governo defende que “haja novas plataformas de contratação de transporte. Até à data. O que também vai avançar em breve. O programa vai também abranger os infectados com VIH/sida que já não façam tratamentos há mais de dois anos e que passam a receber dois cheques-dentista para um ciclo de tratamentos. Porquê então o sentimento de derrota? Voltando ao lançamento do livro de Maria de Lurdes Rodrigues.5 milhões de cheques que abrangeram cerca de 2. inclui resultados sobre o estado da saúde oral dos portugueses com 18 anos. RUI SOARES Ministro diz que Uber é “operadora” ilegal Transportes A taxa de utilização dos cheques-dentista atinge os 74% Jovens de 18 anos passam a receber cheques-dentista Saúde oral Alexandra Campos Apoios só eram concedidos a jovens até 16 anos. idosos com complemento solidário. perdidos e obturados do que no ano 2000. Advogado da Uber considera “abusivas” as declarações do ministro do Ambiente no Parlamento O ministro do Ambiente. a Direcção-Geral da Saúde apresentou os resultados do 3. Os protestos dos professores foram apontados por muitos como uma das razões que levaram à perda da maioria absoluta do PS em 2009. Guinote. segundo o próprio. realçando que “a Uber não é um operador de transporte”. um exercício contra o esquecimento que tem como epicentro aquela que foi a maior manifestação docente: a 8 de Março de 2008. O governante. explica o bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD). Que a ministra se tivesse demitido. Desenvolvido em parceria pelo PNPSO. António Costa. escreve agora que foi “só naquele momento” que teve a “percepção verdadeira da impossibilidade de sucesso dos professores no seu confronto com o Governo e a ministra da Educação em 2008 e 2009”. este da autoria do próprio Guinote. A divisão da classe foi enterrada com o novo ECD aprovado em 2010. Alargamento foi decidido pelo anterior Governo Os jovens de 18 anos incluídos no Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral (PNPSO) passaram ontem a poder receber cheques-dentista. que passou dos 35% (aos 6 anos). A experiência será avaliada no final do ano para se decidir um eventual alargamento. com sede na Holanda. . que a sua “dignidade” tivesse sido devolvida. para 51. O responsável salientou não estar contra novas soluções de transporte utilizando tecnologia. QUA 2 MAR 2016 | PORTUGAL | 13 Vitórias que sabem a derrota vistas por Paulo Guinote Educação Clara Viana Manifestação de Março de 2008.. antes de deitar. e por decisão do actual Governo. o advogado da Uber. 13 e 15 anos em escolas públicas. “A lei é clara quando diz que. foi um dos que previram Paulo Guinote lembra que os protestos de 8 de Março de 2008 iniciaram uma nova forma de mobilização que tal acontecesse ainda em 2008. em Lisboa. “Tem sido um sucesso”. as crianças tinham. acrescentando que a Direcção-Geral da Saúde vai operacionalizar este alargamento que foi decidido ainda pelo anterior Governo.PÚBLICO. com “o aumento da precarização dos contratados e o empurrar de muitos dos mais experientes para aposentações antecipadas”. Muitos dos blogues de então já fecharam as portas. De acordo com Tiago Félix da Costa. muito menos dentes cariados. quando a 1 de Julho de 2010 decidiu marcar presença na apresentação do livro em que a exministra da Educação socialista. em 2013. assim como desapareceram a maioria dos movimentos independentes de professores que então proliferaram. os serviços Uber prestados em Portugal “são apenas serviços de mediação prestados através de uma plataforma electrónica”. paralisia cerebral ou trissomia 21 e que não tenham ainda sido abrangidos por este programa que está no terreno desde 2008. que passam pela inclusão de 15 médicos dentistas em centros de saúde das duas regiões que se vão juntar aos mais de 20 especialistas que já existem nos cuidados de saúde primários. entre os 35-44 anos e os 65-74 anos de idade. disse: “Gastei fins-de-semana procurando preencher aquelas 500 fichas de avaliação e percebi bem o absurdo do monstro burocrático que se estava ali a criar. falava na comissão parlamentar conjunta de Ambiente e Economia. as crianças e jovens portadores de deficiência que precisam de sedação para tratar dos dentes vão ter acesso a chequesdentista e poderão ser tratados nos serviços de estomatologia dos hospitais. e que não é sujeita em nenhum processo judicial em Portugal”. limite ou restrinja” este tipo de serviços. em moldes que ultrapassaram em muitos os canais tradicionais do protesto sindical”. mas no caso equivaleu a uma admissão de derrota. 10. que tutela os transportes urbanos. a Uber não presta serviços de transporte e. Guinote assume que ao ver quem lá estava (ele saiu antes do início da sessão) percebeu que “nunca teria sido possível vencer uma coligação tão ampla de gente que se percebe admirar a acção tida como ‘firme’ da ex-governante”. “Os jovens que foram tratados aos 16 anos no âmbito deste programa [e agora têm 18] passam a ter direito a cheques-dentista”. Tiago Félix da Costa. tendo já sido distribuídos um total de mais de 3. já com Isabel Alçada como ministra da Educação. Foi o que aconteceu ao professor do ensino básico Paulo Guinote. o Ministério do Ambiente anunciou ter solicitado à Comissão Europeia informação sobre o serviço de transporte privado Uber para “a adopção de uma estratégia comum” para a Europa. os serviços Uber prestados em Portugal não foram objecto de nenhuma resolução de nenhum tribunal”. sendo que só uma (a dos professores titulares) poderia ascender até ao topo. abusiva. desde ontem. bem como as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira. mais de 100 mil saíram à rua. nomeadamente com doença mental.7%. de quem Maria de Lurdes Rodrigues é apoiante. permitiu perceber que. sob o lema “Que se lixe a troika”. é recordada por Paulo Guinote num livro lançado ontem O que vale o lançamento de um livro? Poderá haver respostas para todos os gostos.. “pela primeira vez.” Mas os professores tinham querido mais. com mais de 100 mil docentes. que foi um dos mentores da blogosfera docente que teve na ex-governante um dos principais alvos. em Portugal. o transporte de passageiros tem de ser feito por operadores de transporte e a Uber não tem este estatuto. fez o balanço do seu mandato (A Escola Pública Pode Fazer a Diferença). O programa dos cheques-dentista foi criado em 2007 e começou a ser operacionalizado em 2008.º Estudo Epidemiológico Nacional das Doenças Orais. adianta a Lusa. admitindo que foi o que sucedeu nos meses e anos seguintes. Com o segundo. Estas são algumas das ambições que vão sendo desfiadas ao longo do livro de Guinote. De igual forma aumentou a percentagem de crianças e jovens que escovam os dentes à noite.

Entre as recomendações agora feitas à câmara estão a de que o separador central desta artéria seja “equipado com uma guarda de segurança para prevenir o risco de colisões de veículos automóveis com as espécies vegetais”. a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária deu “parecer contrário” a essa proposta. “o que poderá constituir uma segunda fase de requalificação da via”. “na 2. Margarida Saavedra sustentou que a autarquia “não se pode furtar das culpas”. Fontes Pereira de Melo. que foi eleita na lista do PS. Pelo caminho ficou a hipótese. foi determinada a paragem dos trabalhos na frente de obra da Av. Manuel Salgado foi mais longe e reconheceu que o promotor cravou estacas num terreno do município. Em causa está o facto de o promotor deste empreendimento ter feito obras numa parcela de terreno na Av. muito mal o dono da obra”. A desafectação do domínio público municipal desse terreno. ocasião na qual o vereador do Urbanismo pouco mais disse do que garantir que as obras nessa frente de trabalho estavam paradas. a não ser assim. do Pessoas-AnimaisNatureza. bem como de Helena Roseta. num debate que ficou marcado pela unanimidade das diferentes forças políticas em torno da obra. avance “tão cedo quanto possível”. que já por várias vezes criticou a forma como o executivo presidido por Fernando Medina tem conduzido este processo. no que às “obras clandestinas” diz respeito. Defendeu ainda que. cardo Robles. disse ainda. em função dos riscos do ciclo ambiental e da segurança da via e dos utentes”. E acrescenta que a infracção só foi detectada depois de várias fiscalizações GUILHERME MARQUES Lisboa Inês Boaventura A actuação da câmara no caso da torre de 17 andares em Picoas esteve debaixo de fogo na Assembleia Municipal de Lisboa. Condenando a “falha grave” que existiu na fiscalização. assim que foi assinalada a situação. Em resposta aos deputados. Esta situação tinha sido denunciada pelo Bloco de Esquerda na reunião da assembleia municipal que se realizou há duas semanas. justificou o vereador. a autarca dos Cidadãos Por Lisboa afirmou: “Há que tomar providências para sermos especialmente exigentes nos projectos que têm especial relevância”. e de Modesto Navarro. segundo quem foi já decidido “proceder à abertura de um processo contra-ordenacional. onde se ouviram criticas pela suposta atribuição de benefícios ao promotor do projecto e por alegadamente se permitir que este viole as regras urbanísticas. “a única coisa em que [essa distinção] se traduziu foi na possibilidade de o promotor recorrer aos créditos de construção” para aumentar a edificabilidade. se está a comprometer a “equidade” que deve existir. de a Segunda Circular ter um limite de velocidade durante o dia e outro à noite. . As explicações de Salgado não foram suficientes para convencer boa parte dos deputados da assembleia municipal. Fontes Pereira de Melo que não é propriedade sua. criticando “o tratamento absolutamente excepcional deste projecto” e o “benefício” atribuído ao promotor em questão. O vereador frisou ainda que o facto de se considerar que este edifício tem excepcional interesse “não o isenta do cumprimento escrupuloso de toda a regulamentação urbanística”. tal como tinha denunciado o BE. Segundo acrescentou depois ao PÚBLICO. com vista à sua posterior cedência ao promotor em questão. mas carece ainda de aprovação da assembleia municipal. essa “infracção” foi detectada no início de Dezembro. “Não podemos permitir que situações destas se repitam”. constatou Manuel Salgado. que tinha sido levantada pelo ex-vereador da Mobilidade de Lisboa Fernando Nunes da Silva. acrescentando-se que nesse processo de consulta pública se criaram “importantes expectativas para o futuro”. No documento diz-se ainda que o projecto original inicial foi “robustecido com os contributos decorrentes da participação cívica”. Ontem. “a culpa não pode morrer sozinha”. com o objectivo de equilibrar as espécies vegetais a plantar. Segundo a recomendação.ª Circular ou zona adjacente”. Na reunião de ontem foi aprovada uma recomendação. garantindo que. de um corredor bus e de ciclovias. Na recomendação sugerese também à câmara que desenvolva “os estudos necessários” para a inclusão. “Andou mal. segundo explicou. o promotor fez obras num terreno que não lhe pertencia. “A lei aplica-se a todos”. incluindo a criação de condições de circulação de bicicletas e peões na Segunda Circular. que. E por que é que a obra não foi embargada? “Porque o dono da obra acatou imediatamente”. alertando que. Entre eles o bloquista Ri- O vereador do Urbanismo reconheceu que o promotor cravou estacas num terreno do município Segunda Circular em obras “tão cedo quanto possível” Assembleia Municipal de Lisboa aprovounova recomendação sobre obra A Segunda Circular voltou à agenda da Assembleia Municipal de Lisboa. segundo quem não só os trabalhos que alegadamente estavam parados continuaram a ser feitos como o promotor “avançou também para dentro do domínio público” numa outra frente de obra. este “é um caso que começa a ter dimensões graves”. QUA 2 MAR 2016 Câmara acusada de beneficiar promotor da torre de Picoas O vereador do Urbanismo reconheceu que. Acrescentando que “tudo indica” que esta situação tenha tido “a conivência da câmara”. na qual se constata que o projecto que tanta polémica gerou “é oportuno enquanto meio de prevenção da sinistralidade numa via com excesso de ocorrências automóveis”. Manuel Salgado quer que a intervenção na Segunda Circular. na qual condenou aquilo que considerou ser “uma falha grave” na fiscalização da obra. 5 de Outubro. Até Helena Roseta optou por não assumir o lugar de presidente da mesa para fazer uma intervenção. que considerou que a atribuição pela câmara do estatuto de obra com excepcional interesse municipal fez com que este projecto fosse “dispensado do cumprimento de uma série de preceitos”. Salgado fez saber que vai enviar para o órgão presidido por Roseta “todo o processo” da torre de Picoas. Segundo o vereador. foi já proposta e aprovada pela câmara. Para o deputado. “Estamos todos sintonizados”. mas sim da câmara.14 | LOCAL | PÚBLICO.B. que a Câmara de Lisboa quer que tenha início “tão cedo quanto possível”. “A câmara não deve ser um parceiro que permite tudo o que vai para além das regras”. rematou. para que os deputados possam fazer a sua “auditoria”. depois de ter passado despercebida em várias fiscalizações anteriores. I. Também muito crítica foi Margarida Saavedra (PSD). sublinhou. vai ser desdobrada em duas empreitadas. Ouviram-se ainda criticas de Miguel Santos. do PCP. na Av. A assembleia quer também que o projecto a concretizar seja “submetido a uma auditoria de segurança” e que seja revista a sua “vertente paisagística. concluiu o vereador do Planeamento e Obras Municipais. por obras sem autorização”.

Uma trabalhadora. que pretende reabilitar a Praça Marechal Humberto Delgado. Para os moradores. já houve problemas. Guiné. Os portugueses foram mais brandos e menos racistas. foi afixado na porta um cartaz que pedia desculpa pelo incómodo mas informava que o SLVFXSS não iria abrir. mas os trabalhadores querem compromissos mais firmes e só pretendem suspender a paralisação com garantias de mudança. segura. observou Pedro Sameiro. Arruda e Azambuja. que gere o local.PÚBLICO. frisando que há registo de pelo menos 18 casos de doenças respiratórias e/ ou oncológicas graves entre os funcionários que ali trabalham ou trabalharam nos últimos anos. Cabo Verde. O PÚBLICO sabe que o ISS. Ana Brito. Pouco depois da entrada de três responsáveis regionais do Instituto da Segurança Social (ISS). Mais de 100 entrevistas em busca das heranças do colonialismo e da forma como marcou as relações raciais. Marília Esperança. Angola. outra funcionária. como o luso-tropicalismo nos quis fazer acreditar? O PÚBLICO explorou um país por mês desde Novembro. num total de 220 mil habitantes) que se aglomeraram à porta do edifício na manhã de ontem. em Lisboa. Alguns apresentavam-se com máscaras respiratórias. fechou as casas de banho no final de 2015. Em causa está uma empreitada a realizar ao abrigo do programa “Uma praça em cada bairro”. “Cheguei a ver passageiros a tropeçar em ratos e a saltar para não os pisarem”. “o aumento do nó nevrálgico dos transportes públicos” terá um impacto “extremamente preocupante” ao nível “do trânsito. considerando que a greve poderá ser suspensa se existir um compromisso de mudança rápida para outras instalações. entregaram uma petição na Assembleia Municipal. O Instituto da Segurança Social (ISS) e a Misericórdia vila-franquense estão a negociar a possibilidade de transferência do SLVFXSS para uma parte do antigo hospital da cidade. Ao lado eram também cerca de 20 os utentes que aguardavam para perceber se o serviço iria abrir. visando aumentar as zonas pedonais e criar um novo interface. funcionário e delegado sindical no SLVFXSS. da poluição. mas para já são só promessas. líder da CGTP. No local esteve também Arménio Carlos. em declarações ao PÚBLICO. das estruturas com amianto. da poluição e do ruído” naquela zona. disse que já teve problemas de saúde. A hipótese mais provável será o espaço de consultas externas do antigo hospital de Vila Franca. exigindo a mudança para instalações “mais seguras” porque estão convictos de que há uma relação entre o actual edifício e os problemas graves de saúde que já afectaram 18 funcionários nos últimos anos. São Tomé e Moçambique. ontem. do ruído e da ‘balbúrdia’ já existentes”. mais de dez anos depois da lei que proíbe o uso de amianto.” Cinco países. Cinco reportagens. Cinco viagens. A IP informou que as casas de banho seriam reabertas ontem e que a última desinfestação foi feita a 14 de Janeiro. “Em 1998. desactivadas há três anos e que carecem de obras e de uma limpeza profunda. na qual se manifestam preocupados com o possível “agravamento do trânsito. publico. num investimento de seis milhões de euros. porque a Infra-Estruturas de Portugal (IP). em Sete Rios. “Era uma possibilidade boa. relatou. seja feito um plano para concretizar num curtíssimo espaço de tempo a remoção. Requalificação Moradores de Sete Rios preocupados com trânsito Moradores da zona de Sete Rios. no âmbito nacional. diz que “já encontrou muitos” ratos nas lojas vazias e pela estação e “já chegaram a cair do tecto”. irmos para outro sítio de vez”. não temos ainda nada de concreto”. COMO É? Estação Roma/ /Areeiro não tem WC e está cheia de ratos Passageiros e funcionários das lojas na estação ferroviária Roma/Areeiro. mas voltámos a ter os mesmos problemas de saúde”. o Estado quase nada tenha feito para resolver o problema nos seus edifícios.pt/racismo-em-portugues DOMINGO ÚLTIMA REPORTAGEM Moçambique ç q . A adesão à greve dos perto de 50 funcionários foi quase total Funcionários da Segurança Social começaram greve Vila Franca de Xira Jorge Talixa Trabalhadores convictos de que condições do edifício explicam incidência de casos de cancro e problemas respiratórios Trabalhadores do Serviço Local de Vila Franca de Xira da Segurança Social (SLVFXSS) iniciaram. em Lisboa. queixam-se da falta de condições do local. salientou. “O que nós pretendemos é uma mudança de instalações. uma greve por tempo indeterminado. decorrente da requalificação prevista pela autarquia. “Esperamos que este alerta sirva de referência para que. A adesão entre os perto de 50 funcionários foi quase total. quase todos com placas que explicavam que a greve visava defender a saúde dos funcionários e dos utentes. que lamentou que. que está sem casas de banho há dois meses e enfrenta uma situação de propagação de ratos. explicou Pedro Sameiro. que foram resolvidos através de obras. Foram mais de duas dezenas de trabalhadores da SLVFXSS (serve também os concelhos vizinhos de Alenquer. a Misericórdia de Vila Franca e a câmara têm reunido com o objectivo de encontrar um edifício alternativo adequado. QUA 2 MAR 2016 | 15 DR SÉRIE ESPECIAL RACISMO EM PORTUGUÊS Breves Saúde pública COMO FOI.

Em resposta ao PÚBLICO. director-geral da ATP. Mas a verdade é que. com a alteração prevista no OE. da sociedade PLMJ. enquadram os fiscalistas Serena Cabrita Neto e Filipe Abreu. mesmo tendo recebido a factura. Correcção do imposto No universo da AEVP. O Governo quer que a dedução do IVA (a que as empresas têm direito para serem reembolsadas do imposto suportado em despesas da sua actividade) seja feita na declaração correspondente ao período em que a empresa recebe uma factura de um fornecedor ou no período imediatamente a seguir. não haveria problema. nomeadamente entre algumas exportadoras. em vez de uma clarificação. QUA 2 MAR 2016 Alteração à lei deixa empresas com dúvidas sobre a dedução do IVA Exportadoras receiam restrições à dedução do IVA das despesas realizadas na sua actividade. diz Isabel Marrana. o risco de uma dupla tributação “é uma preocupação real das empresas”. ontem. Os fiscalistas ouvidos pelo PÚBLICO entendem que haverá uma “forte restrição do direito à dedução”. vai colher a opinião dos associados e discutir o tema numa das próximas reuniões de direcção. independentemente da data do registo contabilístico” dessa documentação. pode “apresentar uma reclamação graciosa perante a AT. algo que o ministério diz não acontecer. garante o Ministério das Finanças continuaria a ser dedutível pelo período de dois anos.16 | ECONOMIA | PÚBLICO. para que se mantenha o regime actual. Num detalhe. solicitando a correcção da liquidação”. que é gratuita. os receios são generalizados. sejam penalizadas por uma dupla tributação Caso uma empresa receba uma factura de um fornecedor com atraso. diz o ministério. pois o IVA constante da factura As exportadoras de vinho do Porto temem que. Isabel Marrana subscreve o receio e reclama: “Se não houver a intenção da administração fiscal de reduzir os prazos para a dedução do IVA. o período “passa a ser reduzido ao mês (ou trimestre. O CDS contesta a alteração e. incluída na proposta de Orçamento do Estado para este ano. não há para já os mesmos receios do que nas empresas de vinho do Porto. As Finanças dizem que ultimamente “alguns sujeitos passivos interpretam aquela norma no sentido de que lhes é permitido deduzir o IVA em quaisquer períodos de tributação posteriores à recepção da factura. E nos casos em que. Associação Têxtil e Vestuário de Portugal. Mas uma vez que boa parte das exportações se destina a países extra-europeus. mas. o sujeito passivo poderá ver reduzido o prazo para dedução para Janeiro ou Fevereiro”. Serena Cabrita Neto e Filipe Abreu dão um exemplo: “Basta pensar no caso de um sujeito passivo de IVA que. para já. a deputada Cecília Meireles anunciou à Lusa que o partido vai apresentar uma proposta de alteração ao OE. diz Paulo Vaz. “onde as demoras de pagamentos podem ser grandes”. diz Isabel Marrana. No sector têxtil. Ainda assim. Até agora. as Finanças garantem que as empresas não serão prejudicadas. não o deduziu. Num sector que exporta mais de três quartos da sua produção. até porque “a administração fiscal tem aumentado a perseguição aos contribuintes” e uma eventual ambiguidade “pode agravar essa postura”. apenas a regista em Junho. Enquanto actualmente há um prazo de quatro anos a contar da data da recepção da factura. que suscitava “interpretações divergentes”. o receio de terem de deduzir duplamente o IVA “é maior”. recebendo uma factura em Janeiro. não vemos os mesmos riscos” na redacção da proposta de lei do Orçamento. pode sempre deduzir o IVA “até ao período de imposto seguinte. no caso de o IVA ser de periodicidade trimestral) ou ao período mensal ou trimestral seguinte ao da recepção da factura”. Em caso de atraso na recepção da factura. Governo garante que as empresas que receberem facturas com atraso dos fornecedores não serão penalizadas ADRIANO MIRANDA Impostos Manuel Carvalho e Pedro Crisóstomo Há uma alteração ao código do IVA. a mudança está antes a suscitar dúvidas e a levantar reticências a empresas exportadoras. então que produza um esclarecimento capaz de afastar todas as dúvidas”. O Ministério das Finanças garante que a intenção “não é a de reduzir o prazo para a dedução do IVA. . secretária-geral da associação. que já enviou uma carta ao secretário de Estado do Orçamento a mostrar as suas preocupações. uma empresa pode sempre deduzir o IVA “até ao período de imposto seguinte. como as que são representadas pela Associação de Empresas do Vinho do Porto (AEVP). desde que dentro do prazo de quatro anos” em que tem direito à dedução. desde que dentro do prazo de quatro anos referente à caducidade do direito à dedução”. que está a levantar dúvidas junto do tecido empresarial. “Compreendemos as preocupações. por lapso dos seus sistemas administrativos. O que faz é “apenas clarificar o sentido” daquela norma. Com a autorização legislativa prevista. E é por isso que Paulo Vaz pede uma “clarificação”. exportadores de têxtil ou do vinho do Porto estão de acordo: a redacção do artigo em causa não afasta de forma inequívoca o risco da dupla tributação. nem se espera dela impactos na receita fiscal”. Não que o negócio tenha particularidades especiais.

A carta mais problemática refere-se à denúncia. A associação sublinha que nenhuma organização que represente o sector “está em condições para poder garantir. destacou que a tendência dos últimos meses mostra uma crescente criação de comissões sobre produtos que eram gratuitos. o Conselho de Finanças Públicas (CFP) divulgou a sua análise ao Orçamento do Estado (ver págs. A última edição da Dinheiro&Direitos. o que permite “uma poupança de 107 euros”. a criação de condições para que possam investir. No encerramento das jornadas promovidas pela Associação de Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e pela Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC). Reagindo às declarações de José Manuel Esteves. mais 17 milhões do que no ano passado).PÚBLICO. gratuitamente. A missiva refere expressamente que. “que os clientes possam ter um overdraft [descoberto/crédito] exactamente igual e nas António Costa foi claro: o principal objectivo do Governo com a reposição do IVA a 13% nos serviços de refeições e cafetaria nos restaurantes é criar emprego. A mesma fonte adianta que a nova conta também prevê. Costa diz que Governo quis criar sustentabilidade no sector trumento eficaz para melhorar as condições de exploração do sector. Comissões disparam A sucursal do banco alemão em Portugal não é a primeira a acabar com a gratuitidade das contas-ordenado e outros bancos poderão seguir o mesmo caminho. E destaca que “a conta DB Value inclui. custo que sobe para 26 euros a cada três meses no Barclays. como um cartão de débito. oferta da comissão da guarda de títulos e livro de 20 cheques”. especialmente àqueles que têm crédito à habitação no banco. a Associação Portuguesa de Hotelaria. os bancos têm vindo a aumentar as comissões bancárias. cartão de crédito. director-geral da Associação da Hotelaria. Restauração e Similares de Portugal (Ahresp). Nuno Rico refere ainda que há bancos que estão a introduzir limitações no acesso a estas contas. Este tipo de contas. Primeiro. refere o organismo liderado por Teodora Cardoso. ou 48 euros por ano. o Crédito Agrícola cobra 15 euros por trimestre. considera o CFP. uma delas escrita em termos pouco claros. disse que os preços na restauração vão. com efeitos já este mês. até agora sem custos. o que é permitido pela cláusula nove do documento assinado pelo cliente. do contrato da conta-ordenado. “Se houver redução de preços. As propostas foram aprovadas na generalidade e estão a ser discutidas no Parlamento. Ontem. porém. vulgarmente designado Multibanco (25 euros anuais para o Classic. tal como é dito na comunicação. sob pena de cair num discurso demagógico e de criar falsas expectativas nos consumidores”. Em entrevista ao PÚBLICO. como o BBVA. agora adquirido pelo espanhol Bankinter. Mas não é esse o principal objectivo do Governo. passou a integrar um “pacote de serviços” que tem um custo de quatro euros mensais. considerou ontem que a promessa de descida de preços no sector não só é “grave” como “imprudente”. os bancos têm vindo a aumentar as comissões bancárias A mesma fonte não contesta. um valor superior ao previsto pelo Ministério das Finanças para o consumo privado (3. e sobretudo para que possam criar emprego”. mas “apenas para quem subscrever todos os produtos”. até agora sem custos. nem crédito à habitação”. defendeu a Aphort. Concretamente sobre as comissões da conta-ordenado. excelente. depois nas que sobreviveram à crise. citado pela agência Lusa. baixar quando a medida entrar em vigor a 1 de Julho. mas cuja utilização implica o pagamento de juros. Para os restantes. “O crescimento da receita do IVA deverá desacelerar de 7. de acordo com o preçário do banco).4% para 3. acrescentando que “em nada afecta outros créditos. o primeiro-ministro começou por lembrar que a descida de preços não é a principal intenção do executivo com a medida. os clientes com forte envolvimento com a instituição ficam isentos. que só isenta de comissões os ordenados iguais ou superiores a 1500 euros. o PCP e o Bloco de Esquerda apresentaram propostas para tornar as contas-base (uma espécie de serviços mínimos bancários alargados) gratuitas. token [mecanismo de segurança] de acesso ao homebanking. caso o cliente “não proceda à celebração de um novo contrato de conta-ordenado até à data indicada. foram comunicadas por carta mesmas condições do que tinham na conta-ordenado”. 2/3). essa descida de preços. O principal objectivo do Governo é a sustentabilidade das empresas. ontem. Ou melhor. publicação da Deco Proteste. afinal. Para Costa. por um custo associado de quatro euros mensais. pelo banco. o aumento seria de 4. especialmente no crédito à habitação. deixou de existir. nas empresas que nasceram no pós-“hecatombe” do aumento do IVA para 23%. uma série de produtos associados. Neste último caso. o custo é de 5 euros por mês. Para compensar as baixas taxas de juro dos empréstimos. E ainda o caso do BCP. “Não faz sentido fazer a distinção entre empresários que poderão eventualmente reflectir a descida do IVA nos preços praticados e aqueles que não o poderão fazer. Contactada pelo PÚBLICO.3% em 2016. contribuindo para corrigir a situação financeira débil de muitas empresas e assim constituir o melhor instrumento para estancar a destruição de empresas e de postos de trabalho num sector relevante da economia portuguesa”. na qual considera que “poderá existir alguma sobrestimação” da receita de IVA prevista pelo Governo para 2016 (15. O fim da conta-ordenado no Deutsche Bank. Deco teme que a mudança se generalize Primeiro-ministro sublinhou que a descida do IVA pretende criar emprego. Contudo. Em declarações ao PÚBLICO. que pode ser utilizada quando a conta não tem saldo disponível. O banco informa ainda que “não poderá proceder ao pagamento de qualquer cheque ou outros documentos apresentados a pagamento sem que a situação seja regularizada”. ou seja. está a ser comunicada através de duas cartas. contabiliza em 74% o aumento de comissões de manutenção das contas de depósito à ordem de alguns bancos. Tal como o sector da construção. Restauração e Turismo (Aphort). tem associada uma linha de crédito. desde 2007. mas aplaudiu possível baixa de preço O Deutsche Bank está a enviar cartas a muitos dos seus clientes com uma má notícia: a conta-ordenado. Para limitar os custos das contas de depósito à ordem. mais imposto de selo (4%). fonte oficial da sucursal do banco alemão em Portugal esclareceu que o pagamento de créditos “é apenas e em exclusivo referente à conta à ordem e aos montantes utilizados nessa mesma conta”. a restauração é uma das actividades económicas mais “geradoras de emprego e mais atingidas nos últimos anos pela destruição de emprego”. disse António Costa. Estes serviços. QUA 2 MAR 2016 | ECONOMIA | 17 Deutsche Bank junta-se a bancos que acabaram com conta-ordenado gratuita António Costa diz que se houver redução de preços na restauração será “excelente” FILIPE ARRUDA Banca Rosa Soares IVA Ana Rute Silva Banco passou a cobrar quatro euros por mês nas contas-ordenado. que para quem não tinha outros produtos ou use apenas um. que tira aos cofres do Estado 350 milhões de euros este ano. face aos 48 euros/ano. a reposição do IVA nos 13% — apenas nos serviços de alimentação e cafetaria — é um “ins- Mudanças. seguro de assistência médica. José Manuel Esteves. Como o FMI e a Comissão Europeia “apontam para um crescimento mais modesto do consumo privado”. cujos clientes são obrigados a um movimento (facturação) no mínimo de 100 euros mensais através do cartão de débito ou de crédito. Para compensar as baixas taxas de juro dos empréstimos. de forma óbvia. com Pedro Crisóstomo . outra organização do sector. Nuno Rico. se houver redução de preços. há anuidades que chegaram a aumentar 123%. habitualmente de montante idêntico ao que é depositado mensalmente. designadamente cartão de débito. terá que reembolsar o valor do crédito em utilização associado à sua conta e a totalidade dos montantes em dívida”. mas. segundo a instituição. o fim desse contrato. a nova conta representa um custo acrescido. “excelente”.295 milhões de euros. onde é depositado o ordenado ou a pensão. têm “um valor de preçário de 155 euros/ano”. desde Janeiro de 2014. há aqui alguma incerteza. como se de uma lógica de ‘empresários bons e empresários maus’ se tratasse”. sem o efeito da descida da taxa de IVA aplicada ao sector da restauração.6%)”. o que está a criar dúvidas a alguns clientes. Nos cartões de débito. economista da associação de defesa do consumidor Deco Proteste.1% em 2016. que avançam já este mês. afirmou. o economista destaca que.

financiámos os estudos de viabilidade e queremos que os governos tenham um diálogo permanente. o Midcat. Propus ao ministro português da Economia que. de Passos Coelho e do presidente Rajoy. Novas interligações de gás e electricidade são “prioridade política absoluta” Entrevista Lurdes Ferreira e Nuno Ribeiro Miguel Arias Cañete. têm um processo de tramitação de quatro anos que requer uma certa estabilidade nos grandes acordos que os governos adoptem. do golfo da Biscaia à Aquitânia. um histórico da direita espanhola que foi ministro da Agricultura com Aznar e Rajoy. Estamos a desenvolver novas interligações que são extremamente viáveis e outras que. Há três identificadas: os países bálticos. por exemplo. Qual é a capacidade não utilizada neste momento nas redes europeias de gás e electricidade que poderia ser aproveitada? As centrais de gás que temos na União Europeia estão infrautilizadas por falta de interligações. A terceira ligação gasista também é fundamental. São obras que. E países que têm muito vento e sol. estamos a trabalhar com grupos de alto nível e tivemos uma primeira reunião importante de chefes de Estado e de Governo em Madrid. é evidente que a terceira interligação entre Espanha e Portugal é absolutamente necessária.18 | ECONOMIA | PÚBLICO. colaboram . Em que ficamos? Para a Comissão Europeia. comissário europeu responsável para a Energia e Clima. Assim. de acordo com as normas das redes transeuropeias. A Comissão está pronta a actuar como impulsionadora destes projectos. na Europa central e sul oriental outros seis. Em matéria de electricidade. por cabo submarino. por ainda não haver a certeza da ligação a França. mal se esclareça a situação política em Espanha e haja um governo que não esteja em funções mas na plenitude das suas faculdades operativas. a travessia pelos Pirenéus para ligar ao eixo norte-sul de gás na Europa. diz comissário europeu. pois. Quanto pagarão os consumidores para fazer avançar estes corredores prioritários de energia? A Comissão com o CEFConnecting Europea Facility dá subvenções a fundo perdido para que os projectos sejam comercialmente viáveis e não se encareçam muito as tarifas para os consumidores. a Península Ibérica. pois a construção do mercado interno precisa delas. é um projecto cuja suprema utilidade se põe de manifesto se for construído o Midcat. Portugal. E o EFSI-European Found for Strategic Investment. com a presença do Presidente Hollande. como Espanha e Portugal. com falta de interligações eléctricas e de gás com a rede central europeia. depois uma seguinte em Paris a nível de ministros. a Comissão fará todos os esforços para facilitar o diálogo entre os três países e para que estas obras se possam fazer. manifesta reservas na utilização da tarifa social de electricidade no combate à pobreza energética: “tentar resolver todos os problemas com a tarifa eléctrica pode levar a perdas de competitividade”. A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) chumbou recentemente o arranque da terceira interligação de gás natural entre Portugal e Espanha. chegará aos 12% [de capacidade de interligação]. é que não podemos desenvolver as energias renováveis sem interligações. mas não aos 15% em que deve estar em 2030. A vontade política da Comissão é colaborar com os três governos para fazer interligações. Quanto ao gás. O novo pacote do gás da Comissão Europeia dá-lhe prioridade. e na Península Ibérica e França outros dois grandes projectos de interligações de gás. as interligações eléctricas e de gás são uma absoluta prioridade. Uma das novidades do pacote de segurança europeia é a cooperação regional. não podem desenvolver plenamente o seu potencial sem interligações. Fizemos uma análise pela qual identificámos nos países bálticos seis projectos de interligações. cada projecto é analisado pelos seus méritos. sem um apoio público importante. Temos de saber se fazemos a terceira interligação eléctrica entre Ponte de Lima e Fontefría. A Comissão vai apoiar estes projectos que são de interesse comunitário. Por isso. É uma prioridade política absoluta. onde o sistema eléctrico está ligado à Rússia. em energia eléctrica. Apoiámos a ligação da Lituânia com a Polónia que requereu grandes apoios públicos. são outras: começar o processo para a construção da terceira interligação gasista entre Portugal e Espanha este ano e o da interligação eléctrica que falta antes do final de 2018. seja convocada outra reunião a nível ministerial em Portugal para dar um novo impulso a estas interligações. para já. pela capacidade de ser comercial ou por requerer maiores apoios públicos. A cimeira em Portugal está. e a Europa central e sul oriental que tem problemas de falta de ligações internas e também de forte dependência do fornecedor único. e ainda mais importante. o problema não é a infra-utilização. As suas prioridades. QUA 2 MAR 2016 Resolver problemas com a tarifa eléctrica afecta a competitividade Miguel Arias Cañete Terminal de Sines é estratégico para o gás natural que vem dos EUA. Tais projectos permitiriam utilizar a pleno rendimento as ligações de gás quando o gás natural liquefeito começa a ter preços muito semelhantes aos do gás do gasoduto. que têm problemas de abastecimento de gás e forte dependência do fornecedor único. Como se vai escolher quem vai mandar em cada região? Não manda ninguém. Estamos a trabalhar intensamente com França em duas ligações pelos Pirenéus e numa terceira. não iriam para a frente. São estes os projectos que a Comissão quer que nessa cimeira sejam analisados e se acelere o compromisso dos diferentes reguladores nacionais e operadores de rede nacionais para fazer um mercado interno da energia. [serve também] para financiar essas grandes infraestruturas. pelo que estamos a trabalhar para as interligações nas áreas onde há maiores problemas. do plano Juncker. porque pusemos em cima da mesa a estratégia do gás natural liquefeito e Sines é estratégica para o gás natural que vem dos Estados Unidos. dependente da situação política em Espanha? É uma cimeira que precisa de um governo estável para assumir compromissos a médio e longo prazo. Para isso. em 4 de Março de 2015.

88 -0.20 2600 Últimos 3 meses Últimos 3 meses PSI-20 Nome da Empresa Var% Fecho Última Sessão Volume Abertura Mínimo Performance (%) 5 dias 2016 PSI 20 INDEX 1. a possibilidade de ter três diferentes fornecedores e que haja mais concorrência.134% Euro Stoxx 50 1. Tenho muitas prioridades. Estamos a obrigar os Estadosmembros a recuperar competitividade porque a principal prioridade desta Comissão é o crescimento económico.97 0.43 J.72% Dow Jones n.205% PSI20 1.76 -6.44 -0. Como vê a intenção do Governo português de alargar a tarifa social de electricidade? A teoria da Comissão em matéria de preços regulados e de pobreza energética é que esta última deve ser trabalhada a partir das políticas sociais.88 10. reparações ou acidentes. quantos milhões de consumidores têm tarifa social? É muito difícil sabê-lo. podem existir problemas de pobreza energética que temos de resolver ao mesmo tempo. activos e dívida Diário de bolsa Divisas Valor por euro Portugal PSI20 Euro/Dólar 1.15 GALP ENERGIA 5.53 34587 11.00 3500 3.00 BCP -0.05 PHAROL -0. que há um acordo do Conselho Europeu sobre a questão e que temos políticas de abastecimento e segurança energéticas que obrigam a esta solução. mas em âmbito regional. porque teríamos a possibilidade [de receber] o gás que vem da Noruega. um Estado sozinho não é capaz de garantir a segurança energética.85 -2.41 6.10 3. em Dezembro.12 645582 3.17 IMPRESA NOS PHAROL PORTUCEL -2.86 2.92 -8. Sei que o comissário de Energia considera as interligações prioritárias” ENRIC VIVES-RUBIO todos entre si. elaboramo-los não pensando.895% IMPRESA -1.18 0.44 3. a da Cimeira do Clima já está resolvida.33% Europa Euro Stoxx 50 Obrigações 10 anos 4. Sem interligações não há mercado único. apenas. orientado para os mercados energéticos. em terceiro lugar.57 6.6 7. pelos acordos que têm de existir entre os operadores das redes nacionais. pois cada país tem um sistema diferente. responsáveis.59 265395 2. Assim.70 13.PÚBLICO.18 490084 7. hoje em dia.15 0 0.221.09 11.20 22277254 0. em dólares BCP 2.55 421559 3. apenas.83% ALTRI -1.0843 5400 Euro/Libra 0. É verdade que temos de resolver a pobreza energética.0848 4400 Últimos 3 meses Acções Taxas de juro Euribor 3 meses -0.060 NOS 3. O signo político [dos governos] não altera as prioridades políticas da Comissão.08 1.18 -29.86 EDP 0. mas já passámos de tramitações que demoravam uma década para outras que duram quatro anos.26 4751. com a inclusão da geração distribuída nas renováveis. mas em matéria de energia as interligações são fundamentais.d.39 -2.97 3548334 0.34 1.92 -9.55 3275 3.74% OT 10 anos 2.21 REN -0. DUARTE 4.79 SEMAPA -0. eficaz e. Na Europa.56 11.587 Melhores Variação Mercadorias 36.69 -39. Tentar resolver todos os problemas com a tarifa eléctrica pode levar a perdas de competitividade. Qual a sua opinião sobre a situação política em Espanha? A Comissão Europeia tem por costume nunca interferir nos processos políticos dos Estadosmembros.22 T. para financiar os projectos que são de interesse comunitário.06 0. Variação dos índices face à sessão anterior Euribor 6 meses Mais Transaccionadas Volume 0.68 -11. A Comissão considera que é bom existirem governos estáveis.32 4774.74 3.15 10. em função da proximidade geográfica. Temos acordos do Conselho Europeu de Segurança Energética e estamos a aplicar toda a legislação para actuar a nível regional. o CEF. Esse objectivo é mais fácil com um Governo previsível? Com um governo responsável que cumpra a directiva comunitária.47 0. Tem garantida a continuidade de posições sobre esta matéria de um governo espanhol liderado pelos socialistas? Bolsas Não sei qual será o governo de Espanha. catástrofes.38% SONAE 3.58 1.03 0.2863 4650 Euro/Franco Suíço 1. o gás que vem da Argélia e de todas as centrais de gás da Península Ibérica.7773 5150 Euro/Iene 123.07 3. O ritmo de Bruxelas não é o de Espanha? Desde que sou comissário estou a impulsionar as interligações por uma razão muito simples. porque há um compromisso de 10% de interligações eléctricas em 2020 e de 15% em 2030.28 0.86 4830. as normas da concorrência.03 BPI BCP -0. A tese é a de que.663.07 1. Abrimos um debate para gerar um mercado de energia muito potente. apresentámos uma lista de projectos de interesse comunitário onde estão as interligações.03 -0.21 4.57 -0.95 4.09 7.768.92 0.02 Petróleo 1230. é muito difícil harmonizar porque também não temos uma definição do que é um consumidor vulnerável. Se avançarmos num sistema em que possamos eliminar preços regulados.04 -5.203% PHAROL -3.29 4830.14 3.07 3199388 1. Não se trata.03 223334207 0.88 2.693.09 -18.96 3.51 -8. seja a Espanha.88 7686138 2. Quando fazemos a análise de risco. É preciso é um grande apoio político para que os projectos e os processos administrativos se desenvolvam. pelos acordos entre operadores independentes. o que sei é que o comissário de Energia considera as interligações prioritárias.33 6. mais transparente.74 -10.967 -0. O DIA NOS MERCADOS Dinheiro. com muitos operadores. de segurança energética. parece muito lógico que França. Temos um mecanismo.6 4900 Euro/Real 4. segundo pelos níveis de interligação e.34 11.59 2.935.85 6.43 -4.91 0. É isto que é a segurança energética.43 92744 0. O regulador chumbou-a. pelo acesso a outras fontes de energia.32% Euribor 6 meses -0. Mas espero que durante este ano possamos começar os processos quanto à terceira ligação gasista entre Espanha e Portugal e que a interligação eléctrica possa começar antes do final de 2018. num Estado-membro. Sublinhou que a cimeira de Lisboa está à espera do que aconteça em Madrid. Os sete terminais ibéricos (um português e seis espanhóis) são prioridade do seu mandato? Claramente.04 -7. Isto tem toda a lógica.44 -8.35 -9.84 EDPR 0.09 ALTRI 1. Espanha e Portugal estejam numa única região com o Benelux. QUA 2 MAR 2016 | ECONOMIA | 19 “Não sei o que será o governo espanhol.25 -10.57 GALP 1.33 0.38 1487274 MOTA ENGIL 8.03 0.89 -13.74 1. fazemo-la a nível regional.11 0.74 2. Claro que é verdade que as interligações requerem uma complicada tramitação administrativa pelos estudos de impacto ambiental.478 14.27 -4.31 2. Aliás.46 SONAE 1. MARTINS 2.86 CTT 1.44 0.58 -1.72 764541 1.62 6.86 1.65 2825 2.28 64877 0. São acordos complicados.61 2.30 -13. mas também de melhores preços na energia.22 7.71 Ouro 298. a criação de emprego e que o sector industrial se situe em 20% do PIB.27 0. ao mesmo tempo.14% Preço do barril de petróleo e da onça.79 -3. Definir o que é um consumidor vulnerável é a primeira das coisas a fazer.43 10.03 13.26 267558713 Máximo 0. a Lituânia ou a Irlanda.10 EDP 7.69 13.30 1778332 10. que é bom que haja governos que respeitem as normas do Pacto de Estabilidade e Crescimento.65 1072003 6.42 5.99% Obrigações Piores Variação OT 2 anos 0.55 3.18 0.82 .95 0.64 396414 6. Quando elaboramos os planos de prevenção e emergência. como acontece no gás.68 0 1.17 -29. um debate sobre a forma como enfrentar a pobreza energética.55 11.69 -25. se existem problemas com fornecedores importantes. o que tem todo o sentido se fizermos o Midcat e o corredor norte-sul.50 1. Como se definiram as regiões? Primeiro.38 13.66 6.820 Últimos 3 meses SONAE 4.02 1.10 3050 2.

no pico da crise. Mas. Centenas de frágeis tendas de campismo erguem-se nos terrenos enlameados em redor do campo principal e as autoridades gregas montaram dois novos centros de acolhimento temporário nos arredores de Idomeni. descobrimos que a fronteira esteve aberta durante a madrugada. terá de alojar e alimentar cem mil pessoas — acima das 70 mil vagas disponíveis nas instalações existentes no país. avisou o porta-voz da agência da ONU.20 | MUNDO | PÚBLICO. autorizando. cada vez mais isolada na posição de não fechar as portas a quem foge da guerra. A reposta da Comissão Europeia pode chegar já hoje. alimentando a violência e jogando a favor dos contrabandistas”. pela falta de solidariedade europeia e pela incapacidade dos Estados-membros da União Europeia (UE) para aplicarem decisões já acordadas. a Grécia precisa de 480 milhões de euros. disse que o incidente prova a urgência de um acordo na cimeira da próxima segunda-feira. adiantou a responsável. lamenta-se a jovem. Cerca de 1500 pessoas dormiram ao relento junto à fronteira entre a Grécia e a Macedónia Em Berlim. a chanceler alemã Angela Merkel. o ACNUR diz que a acumulação de gente num país que era até agora apenas de trânsito “está a provocar escassez de comida. Lama e desespero Idomeni. semelhante aos que Bruxelas costuma aprovar para crises humanitárias noutros pontos do globo. em grande parte. “Não estamos em condições de enfrentar a totalidade de refugiados que estão a chegar”. entre a polícia macedónia e um grupo de 300 refugiados que furaram a vedação. o ACNUR diz que são já mais de 8500 os que esperam uma oportunidade para passar para o país vizinho — Skopje abre os portões da vedação uma ou O ACNUR avisa que a tensão junto à fronteira está a aumentar. QUA 2 MAR 2016 ACNUR avisa que a Europa está à beira de crise humanitária “auto-induzida” Cerca de 24 mil refugiados estão bloqueados na Grécia e o país prevê que em breve serão cem mil. apenas sírios e iraquianos com documentos válidos. Ao todo. Werner Faymann. A denúncia foi feita pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). um número muito abaixo do registado durante o Outono passado. em breve. mas que por força do estrangulamento nas fronteiras dos Balcãs está a criar uma situação sem precedentes na Grécia. num momento em que a imigração é o assunto escaldante em grande parte da Europa. como provam os confrontos da véspera em Idomeni. avisou o responsável. primeira vítima desta crise. “alimentando a violência e jogando a favor dos contrabandistas” duas vezes por dia. a passagem a escassas centenas de pessoas. na fronteira com a Macedónia. os países da rota dos Balcãs impuseram quotas diárias para entrada diária de refugiados) e à incapacidade da UE para pôr em marcha o plano de redistribuição acordado em 2015 — das 160 mil pessoas que deveriam ter sido levadas de Grécia e Itália para outros países da UE. água e instalações sanitárias”. na forma de um plano de assistência financeiro. mais de 122 mil chegaram às ilhas gregas do Egeu. . desde o dia 1 de Janeiro. “a tensão está a aumentar. ouvida pelo um jornalista da AFP. Mas o ACNUR adianta que só na última noite 1500 pessoas dormiram ao relento. de cada vez. O chanceler austríaco. Foi o caso de Zahraa Alshibly. com capacidade para 12. e que desde segunda-feira não ousa afastar-se da vedação. que terá como principal destinatário o Governo grego. ao anunciar que Atenas enviou a Bruxelas um pedido de ajuda “urgente” que tem por base a previsão de que. admitiu a portavoz do Governo de Alexis Tsipras. a estudar na Suécia. “A Europa está à beira de uma crise humanitária que é largamente auto-induzida”. Estávamos a dormir e não soubemos de nada”. abrigos. quase tantas como em todo o primeiro semestre de 2015. acusou Berlim de hipocrisia e insistiu que o seu país não aceita transformar-se na “sala de espera” da Alemanha. E. como mostra o diálogo cada vez mais azedo entre a Alemanha e a Áustria. apontando baterias às restrições fronteiriças (da Áustria à Macedónia. Sobre a situação na Grécia. Desde o início do ano chegaram à Europa quase tantas pessoas como nos primeiros seis meses de 2015 ALEXANDROS AVRAMIDIS/REUTERS Refugiados Ana Fonseca Pereira A Grécia arrisca-se a ser palco de uma crise humanitária provocada.500 pessoas. A agência da ONU revelou ontem que. que apesar de recusar impor um tecto à entrada de refugiados mantém controlos reforçados na fronteira. O campo montado junto à localidade tinha capacidade para duas mil pessoas. numa altura em que 24 mil pessoas em trânsito para o Norte da Europa estão bloqueadas no país e Atenas admite que o número pode chegar em breve aos cem mil. “Ao acordar. Estas “práticas inconsistentes estão a provocar um sofrimento desnecessário e arriscam-se a ser contraditórias com os padrões definidos pela lei europeia e internacional”. a troca de acusações sobrepõe-se à necessidade de consenso. apenas 325 pessoas foram até agora realojadas.724 pessoas atravessaram o Mediterrâneo. Adrian Edwards. uma iraquiana de 16 anos que viaja com a mãe. 131. neste momento. uma irmã e os sobrinhos com o objectivo de se juntarem ao irmão. está na linha da frente da crise. última tentativa para salvar do iminente colapso o espaço de livre circulação de Schengen. Destas. no meio de um grupo de 200 pessoas que prefere não comer a perder a próxima oportunidade de seguir caminho.

na noite de sexta-feira: desde 1978. No entanto. Não nos enganem. o abandono da luta armada da ETA. Vários antigos membros do Batasuna fundaram então o Sortu. nenhum candidato a chefe do Governo fracassou na investidura. para ser recebido com aplausos por cerca de 200 pessoas próximas e apoiantes. O socialista não ignorou. “Mas não entendo que outros grupos nesta câmara não as apoiem”. propôs. Mas não estariam aqui tantos jornalistas se eles não soubessem que hoje um prisioneiro político saiu de uma prisão espanhola”. O socialista sabe que não pode “pedir às demais forças da mudança que apoiem em 100%” o seu programa. deixando para trás o “modelo anacrónico e obsoleto” que é o dos conservadores.. Dezoito milhões de espanhóis esperam um Governo distinto. O movimento de esquerda dirigido por Pablo Iglesias rompeu as negociações com o PSOE assim que foi anunciado um acordo com o Cidadãos (a quem Sán- chez deixou um agradecimento pela “valentia e coragem” demonstradas). considerou. de 57 anos. na “ambição” e no bem geral. destacou Sánchez. mas pela via democrática. mas falhou o alvo. Aumentando a pressão sobre o Podemos — e também sobre outros partidos mais pequenos — Sánchez apelou aos princípios e recordou a aritmética da votação para a investidura. Frente aos jornalistas. nem com as propostas apresentadas por Sánchez no hemiciclo. “A Espanha necessita com urgência de um Governo. enquanto Sánchez ainda discursava nas Cortes. defendeu. incluindo a de Otegi. mas o PP não perdeu tempo e. com um programa “progressista e reformista”. Para o socialista. minadas pelos apoiantes da luta armada. “que está acima das siglas e das ideologias”. sintetizou. reagiu. O independentista basco Arnaldo Otegi. “O pacto PSOE-Cidadãos não é nem de investidura nem de governo. como é previsível. porque — insistiu — é imprescindível pôr fim ao bloqueio político. interdito em 2003 por ser considerado o braço político da ETA. Em 2006. que. integridade territorial. ofereceu “cedências e entendimentos”. com um atentado ao aeroporto de Madrid (dois mortos). na sua primeira referência ao Partido Popular e ao seu líder. no final dos anos 1980. “A primeira força política declinou a responsabilidade que lhe foi encomendada pelo chefe de Estado”. “entendimento” gico da câmara parlamentar. não haverá investidura”. uma palavra a dizer sobre os grandes assuntos de Estado. garantindo que vai continuar “a aposta pela paz”. sublinhou. por isso. As negociações falharam. “Abandonemos as políticas de Rajoy e do Partido Popular”. Iñigo Errejón. ao seu Governo em funções e às “imposições. em tom crítico. “Ainda estamos disponíveis para um acordo. . disse o antigo membro da ETA No debate da investidura. de Albert Rivera. deixou a prisão de Logroño (na região de Rioja). foi um dos principais protagonistas de um diálogo fracassado entre o Governo socialista e os etarras. o líder socialista apresentou formalmente as razões com as quais justifica a sua candidatura à presidência do Governo. notou. Otegi foi um dos primeiros dirigentes independentistas a defender. acontecerá 48 horas mais tarde. Em alternativa. é entre dizer que sim ou dizer que não a Rajoy. apresentando-se no Parlamento com um acordo de governo assinado com o Cidadãos. O etarra foi condenado em Setembro de 2011 por ter tentado reconstruir a direcção clandestina do partido Batasuna. depois de seis anos de detenção. frisou. nem com o seu discurso. secretário-geral do partido de esquerda independentista Sortu. “O desafio é muito claro: queremos uma mudança de Governo baseado num acordo ou não?”. saiu ontem da prisão. O Sortu continua a defender a independência do País Basco. O Governo de Madrid reagiu com extrema firmeza em relação ao independentismo basco e ordenou dezenas de detenções. para atingir os deputados do Podemos. dirigindo-se à bancada conservadora. Mariano Rajoy. Depois de eleições legislativas inconclusivas e 11 semanas de impasse político para a formação de um novo executivo. “Soube-me a mais do mesmo”. ficar aquém. todavia. A ETA anunciou oficialmente o fim da sua luta armada em Outubro de 2011. desafiou o socialista “Entendo que a maior parte das minhas medidas não vos agrade”. é possível construir uma maioria através da “união de diversas minorias”. enumerou. O desafio é muito claro: queremos uma mudança de Governo baseado num acordo ou não?” Iglesias não se mostrou muito comovido. Otegi lançou: “Há quem diga que não há prisioneiros políticos no Estado espanhol (. atirou. que considerou “decepcionante”. foi cristalino sobre a sua intenção de reverter o caminho seguido nos últimos anos. chantagens e ao abandono da mesa das negociações”. a única com quem excluiu qualquer pacto de governo. e em aliança com outras formações políticas — incluindo o Partido Popular. Sánchez fez esse esforço. QUA 2 MAR 2016 | MUNDO | 21 Sánchez tenta compor um puzzle que lhe dê o Governo de Espanha Arnaldo Otegi saiu da prisão de Logroño PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP Crise política Rita Siza Espanha “Hoje um prisioneiro político saiu de uma prisão espanhola”. uma segunda volta. reforma constitucional e unidade frente ao terrorismo.). Pedro Sánchez. designando Otegi como secretáriogeral quando ele já estava na prisão. O porta-voz do partido confirmou depois que o Podemos vai votar contra a investidura. O executivo que se propõe liderar estará baseado na “humildade”. não no assalto. disse Otegi. A escolha. A não ser que o PP se abstenha. A resposta dos restantes partidos ao discurso do candidato a presidente do Governo só vai ser dada esta quarta-feira. “Há seis anos e meio eles prenderam-nos por termos feito a aposta pela paz e eu quero felicitar-vos a todos por terem mantido essa aposta. ex-“soldado” da ETA que desempenhou um papel importante no processo de paz no País Basco. “acordo”. “Dezoito milhões de espanhóis votaram pela não continuidade do actual Governo. lembrou Sánchez. É um acordo de perdedores”. A maioria dos espanhóis — “que representamos e para quem trabalhamos” — indicou qual deve ser a orientação do novo Governo e o seu claro mandato: a mudança. o líder socialista promete reverter a linha política dos últimos anos. Otegi. Se. que sete milhões de eleitores mantiveram a sua confiança no partido do anterior Governo: a bancada do PP terá.PÚBLICO. cuja escolha nas urnas foi uma recomposição do matiz ideoló- As palavras mais usadas por Pedro Sánchez foram “mudança”. mas. apostou tudo na convocação de novas eleições. O resultado eleitoral de Dezembro não é um “puzzle irresolúvel”. formar Governo e “seguir em frente”. a quem prometeu “estender a mão” sempre que estiverem em causa os grandes temas nacionais. apesar de todas as provocações”. não faz sentido “repetir a campanha eleitoral”: é a última coisa que querem os cidadãos. iniciou ontem a sua ofensiva de charme parlamentar para se converter no novo presidente do Governo espanhol: um Governo de mudança. este não é o caminho da mudança. ou seja. grupo separatista acusado de ter matado pelo menos 829 pessoas ao longo de 40 anos. dizia uma série de mensagens publicadas no Twitter. reconheceu Sánchez. afirmou outro dirigente deste partido. repetindo o argumento usado para denunciar o pacto dos socialistas com o Cidadãos. “de diálogo e de acordo”. que repare as consequências dos erros cometidos e abra caminho a outras e melhores políticas”. que apenas lhe garante 130 votos — longe dos 176 que precisa de obter para a maioria absoluta na votação marcada para hoje à noite. lançou online a sua campanha contra a investidura e o acordo fechado entre o PSOE e o Cidadãos. “A paz é o caminho a seguir” até ao fim e “é isso que eu me proponho fazer com vocês”. no arranque do debate de investidura. mas a negociação não passa por respeitar “exclusivamente” as exigências de forças com menor representação: “A mudança modela-se no acordo. de uma mudança e de um acordo político para levá-la a cabo”. que já só exige uma maioria simples. para nós. Podemos confirma voto contra O secretário-geral do PSOE. sem maioria parlamentar e sem margem para formar uma coligação..

Mais do que dificultar a vida a quem tenta entrar num dos seus produtos. é apenas mais um dos vários casos que o FBI tem levado a tribunal para tentar forçar a empresa a desbloquear telemóveis — de acordo com a polícia federal. que à primeira vista parece beneficiar a posição da empresa de tecnologia. o que está em causa é a estratégia que o Departamento de Justiça dos EUA montou nos últimos dois anos em resposta ao reforço da segurança. quando a Apple contestou o pedido do FBI no caso de Nova Iorque. No caso de Nova Iorque. o juiz disse que o Governo dos EUA não pode invocar uma lei que tem como objectivo colmatar um vazio legal porque nem sequer existe qualquer vazio legal — em 1994. quando apresentou o sistema operativo iOS8. para que seja inconsequente tentar obrigar as empresas a colaborarem mesmo quando consideram não haver motivos para isso. Em várias passagens chega a insinuar que o governo federal poderia acabar por impor um estado totalitário sem qualquer protecção para os cidadãos. Numa das passagens da decisão. o juiz James Orenstein. Numa decisão explicada em 50 páginas. vocês não tomaram nenhuma das medidas que estão à vossa disposição em 70 outras ocasiões. numa entrevista ao canal ABC News sobre o caso de San Bernardino. As empresas de tecnologia como a Apple. é que a lei de 1789 não serve de argumento. ao basear o seu pedido numa lei aprovada em 1789. que segundo os pais fundadores exigia uma cuidada separação dos poderes governamentais”. disse o especialista. uma das promessas que são feitas aos consumidores quando compram um aparelho como um smartphone ou um tablet. o patrão . não são propriamente aparelhos que qualquer adolescente consiga desbloquear no seu quarto. o ano em que foram revelados inúmeros programas de espionagem em larga escala da Agência de Segurança Nacional norte-americana. mas estão a perder a guerra porque os sistemas dos smartphones estão a mudar para uma tecnologia que não permite à Apple e a outras empresas descodificarem os telemóveis”. Numa decisão inédita. pelo que esta confusão terá de ser desfeita pelos políticos. não se limita a rejeitar o pedido do FBI. Em termos gerais. revelando a complexidade da discussão pública destes casos: “Aparentemente. o juiz considerou que invocar essa lei com 227 anos para obrigar uma empresa como a Apple a colaborar na investigação de um crime em que não teve qualquer intervenção directa é “ridículo”. e as operadoras de telecomunicações como a Verizon e a AT&T. “É uma questão de tempo até que quase todos os telemóveis tenham um sistema que não pode ser descodificado”. mas o sistema operativo é o mais antigo iOS7. QUA 2 MAR 2016 Juiz de Nova Iorque dá primeira vitória à Apple contra o FBI Tribunal diz que a empresa não pode ser obrigada a ajudar a polícia a entrar no iPhone de um traficante de droga. anterior ao reforço da segurança anunciado pela Apple em 2014. o juiz deixou a ideia (defendida pela Apple) de que a intenção do governo federal não é apenas desbloquear um iPhone mas sim estabelecer um precedente para poder ter cobertura legal sempre que exija às empresas de tecnologia que obedeçam a todos os seus pedidos — o problema. diz o juiz. Mas esse diálogo nunca foi pacífico. cujas decisões foram mantidas em segredo até 2013. devido à eterna batalha entre quem reforça a segurança e quem trabalha para a derrubar —. conhecida como All Writs Act. em Washington D. Estabelecer um precedente A tecnologia ainda não chegou aí — e é impossível prever se algum dia chegará. o Facebook ou a Google. Mas essa ajuda era prestada por ordem de um tribunal especialmente criado para esse efeito ainda na década de 1970. num caso menos mediático mas semelhante ao que envolve o telemóvel de um dos terroristas que mataram 14 pessoas no condado de San Bernardino. os agentes federais podem vencer esta batalha em relação a este telemóvel. a Apple colaborou em 70 ocasiões. para equilibrar a necessidade de investigar ao máximo suspeitas de ataques terroristas e direitos de privacidade dos cidadãos — afinal. as maiores empresas de tecnologia e o governo fede- O Departamento de Justiça vai recorrer e a decisão não se aplica ao caso de San Bernardino ral dos EUA têm tentado criar uma base de entendimento. como os modelos que têm um botão de reconhecimento de impressões digitais. num caso semelhante ao de San Bernardino EUA Alexandre Martins A batalha que está em curso nos tribunais norte-americanos entre a Apple e o FBI conheceu esta semana um importante desenvolvimento. que basicamente diz que os tribunais podem agir para fazer cumprir ordens que não estejam previstas na legislação em vigor. mas a verdade é que os iPhones mais recentes. Na sua resposta.” Na semana passada.C. seria inconstitucional que os tribunais se sobrepusessem ao Congresso no seu poder legislativo. em 2014. disse ao site Ars Technica o antigo juiz e professor de Direito na University of North Texas Brian Owsley. a ideia é dificultar cada vez mais a vida aos próprios criadores desses produtos. “Por outras palavras. na decisão que foi favorável à Apple (embora passível de recurso). sempre ajudaram as autoridades em investigações de casos de terrorismo e de muitos outros tipos de criminalidade. e só começou a contestar esses pedidos quando o caso de Nova Iorque foi tornado público. um juiz de Nova Iorque recusou um pedido para que a Apple ajude a polícia a deitar abaixo o sistema de segurança do iPhone de um traficante de droga. o telemóvel do traficante Jun Feng é um iPhone 5S (um dos mais recentes). conhecido pelas suas posições públicas a favor dos direitos de privacidade. segundo a qual a Apple desbloqueia tudo o que o FBI pede e depois aparece em público a fingir que defende os seus clientes).22 | MUNDO | PÚBLICO. Desde então. na Califórnia. na ressaca das revelações do antigo analista Edward Snowden. o Congresso aprovou a lei Communications Assistance for Law Enforcement Act. O próprio juiz James Orenstein deu uma espécie de puxão de orelhas aos advogados da Apple. Ainda assim. e que aprovar o pedido do FBI e do Departamento de Justiça poria em causa “a protecção mais geral contra a tirania. que abrange operadoras de telecomunicações mas deixa de fora empresas de “ser- viços de informação” como a Apple. Um momento decisivo Mais do que a discussão sobre se a Apple consegue ou não aceder às mensagens e às fotografias de um iPhone que está bloqueado com um código definido pelo seu utilizador (ou a sua variante da teoria da conspiração. Para o juiz James Orenstein. já que o Congresso tem deliberadamente deixado de fora empresas como a Apple da obrigatoriedade de cumprirem todas as ordens do Governo em termos de investigações criminais. e a Apple tornou-se a primeira grande empresa a reforçar a segurança dos seus telemóveis e tablets.

sobretudo cartoonistas e redactores. De seguida. pelas Forças Armadas”. O presidente da Renamo repete. Importa resolver esta crise — “infelizmente. entre 7 e 9 de Janeiro. reivindicou-se o acordo” — e chegou-se a um movimento que culminou com o conflito entre 2012 e 2014. Governo e Renamo estão “a esticar a corda”. temos de defender princípios”. que mataram 17 pessoas. relatos de violência selectiva contra membros da Renamo e da Frelimo e vítimas civis. Por outro lado. A verba. com confrontos militares. Por causa disso. entraram na redacção do Charlie Hebdo em Paris e mataram 12 pessoas. será distribuída “integralmente” pelas vítimas que sobreviveram ao atentado e familiares dos mortos. antes de ser abatido pela polícia. ao anunciar em comunicado a divisão dos mais de quatro milhões de euros. a verdade é que não foi estabelecido nenhum precedente. principalmente nas províncias centrais de Manica e Tete. mas correu o risco de não voltar a chegar às bancas. não voltar a publicar caricaturas de Maomé. Fala ainda de “incursões militares. refugiados no Malawi. Deve mostrar alguma abertura. emitiu um comunicado a afirmar que “reitera a sua disponibilidade para negociar com o Governo da Frelimo uma solução definitiva para a actual crise político-militar”. “É preciso lembrar que certos sectores da Frelimo consideraram o acordo caducado. porém. agora “a questão é apenas a intensidade”. depois do ataque. da Cultura e das Finanças. que a partir de Março irá iniciar a governação nas províncias do centro e norte (Sofala. antes de também serem mortos. Nampula e Niassa) num processo que é “irreversível”. o politólogo Jaime Macuane analisa por email: “Os actores já se comportam como se estivessem em guerra. disse o Charlie Hebdo ontem. Nos dias seguintes. A “Renamo acha que é o momento do ‘tudo ou nada’. há uma radicalização de posições de ambas as partes que faz pender a balança para o lado da escalada do conflito”.” .PÚBLICO. O bolo não está bem dividido” — e está disposta ao conflito. os irmãos barricaram-se num edifício também nos arredores da cidade e mataram uma mulher polícia. O jornal satírico francês Charlie Hebdo vai distribuir 4.” Nyusi convocou para esta semana um Conselho de Estado para analisar a reivindicação de Dhlakama. que criou uma comissão constituída por três pessoas nomeadas pelos ministérios da Justiça. Impacto na opinião pública Apesar de parecer que a decisão do juiz de Nova Iorque dá força à posição da Apple no caso de San Bernardino. o jornal satírico e polémico publicou o chamado “número dos sobreviventes” — na capa.1 milhões a vítimas dos atentados GIANLUIGI GUERCIA/AFP LUCY NICHOLSON/REUTERS França Direcção do jornal vai dar a sobreviventes e familiares dos mortos os donativos que recebeu após os ataques de Janeiro de 2015 da Apple. Para o jornalista Francisco Carmona. diz ao PÚBLICO por telefone. e acusa a oposição de violar a Constituição mantendo homens armados. não tem nenhum efeito nos tribunais distritais da Califórnia. o que terá estado na origem do ataque — mobilizou 34 mil pessoas de 84 países. Afonso Dhlakama. dos raptos e dos assassinatos de membros” do partido “e da destruição de habitações e celeiros de cidadãos moçambicanos. surge mais uma vez Maomé e a frase “Tudo está perdoado” —. Manica.1 milhões de euros que recebeu de donativos pelos sobreviventes e familiares das vítimas dos atentados de Janeiro de 2015 em França. Foram três os ataques. Havia uma tendência de retorno ao monopartidarismo. levando Dhlakama a regressar à antiga base do partido na zona da Gorongosa e a anunciar o fim do AGP. director executivo do semanário Savana. QUA 2 MAR 2016 | MUNDO | 23 Charlie dá 4. A Renamo fez uma proposta para criar autarquias nas províncias onde teve o maior número de votos — um dos pontos de discórdia. Após o ataque à sua redacção. Parte desse dinheiro também foi obtido através de recolhas de fundos organizadas em lojas. já que isto está a ser discutido publicamente. escolas ou clubes desportivos e da venda de livros e desenhos lançados para esse fim. Também os efeitos típicos ‘de’ guerra já se fazem sentir. que entrevistou várias vezes Dhlakama: a Renamo diz que dialoga com a Frelimo depois de governar as províncias. analisa ao telefone a partir de Maputo Francisco Carmona. pois aí estão “os grandes interesses de grupo da Frelimo”. A operação de dividir o dinheiro foi entregue ao Governo francês. Na semana passada. “Vivemos numa guerra de baixa intensidade. Afonso Dhlakama diz estar disponível para negociar com o Governo da Frelimo Moçambique em “guerra de baixa intensidade” África Joana Gorjão Henriques Conselho de Estado marcado para esta semana visto com expectativa: diálogo ou conflito? No dia em que foi anunciado que a Renamo iria começar a governar à força as províncias onde obteve a maioria nas eleições gerais de 2014. “Os beneficiários dos fundos vão receber a sua parte nos próximos dias”. Zambézia. “De um ponto de vista técnico e jurídico. irmãos jihadistas.” Por agora. disse ao New York Times o advogado Eric Berg. precisou o jornal. o presidente do partido. “O nível de desconfiança é extremamente alto. mas a Renamo declarou-as fraudulentas. Os ataques foram reivindicados pela Al-Qaeda do Iémen. e optaram por fazê-lo publicamente. Neste momento. porque havia exclusão política. Mas isto vai ser visto pela opinião pública como uma vitória do lobby da privacidade e uma derrota do governo nessa batalha”. a organização de direitos humanos Human Rigths Watch (HRW) denunciou que pelo menos seis mil pessoas fugiram de Moçambique para o Malawi desde meados do ano passado e que isso “é uma consequência das operações do Exército moçambicano para desarmar as milícias ligadas à Renamo”. E alerta: “Os apelos e a suposta vontade de diálogo não são suficientes a reverter a caminhada insana para o conflito. diz. O líder da Renamo desde 1979 acusa as Forças Armadas “de movimentação de armamento pesado do Sul para o centro e Norte do país” e diz ter conhecimento de “treinamento de militares moçambicanos para inviabilizar a governação da Renamo”. disse Cook. segundo o comunicado. antigo negociadorchefe pela Renamo do Acordo Geral de Paz (AGP) de 1992. não negou que poderia ter ajudado o FBI em segredo: “Não posso fazer comentários sobre a estratégia do FBI. a Frelimo diz que dialoga sem precondições. dois homens. Tete. a Frelimo não vai ceder à reivindicação de a Renamo governar nas províncias onde ganhou. A Frelimo nega fraude. foi explicado. Tim Cook. Eles optaram por fazer o que fizeram. No primeiro dia. antigo quadro do Departamento da Justiça norte-americano. A vaga de solidariedade para com o jornal — que decidiria. embora o peso da opinião pública seja sempre um factor a ter em conta. mas “tem de fazer propostas concretas”. etc.” Para Macuane. Depois disso. Participam os antigos presidentes Joaquim Chissano e Armando Guebuza. ausência de diálogo e de reconciliação. Raul Domingos. como escoltas militares nas estradas. prevê: ou se encontra uma plataforma de diálogo para chegar à paz e isso assenta no acordo de 1992 ou se faz uma declaração de guerra. a expectativa é também saber se a Renamo “desce” para o Sul e para a capital para “pressionar ainda mais”. houve as eleições gerais. um terceiro atirador entrou num supermercado judeu nos arredores de Paris e matou quatro pessoas.

controlar o Exército e usá-lo até como mecanismo de repressão ou forma de governamentalidade póscolonial. Mas há coisas que se foram descurando e a agricultura foi altamente prejudicada. Com um sistema deficitário de transportes públicos. A separação entre a sociedade civil e o Estado em Angola é cosmética. onde fez o mestrado e doutoramento na Universidade de Kent. de élan e este élan vem dar um processo de cosmética — um Estado forte para poder dar lugar a um homem forte. vem trabalhar. diz que o Estado em África é diferente do Estado ocidental e que isso torna difícil aos cientistas políticos ocidentais compreenderem-no. O que é que Portugal deixou em Angola? Uma das heranças pesadas é o índice elevado de analfabetismo. exercer poder sobre os media. Paulo C. controlar e aceder aos recursos naturais. tem que acordar às 4h. Isto não é nada abonatório e põe em risco a paz. ter um carro torna-se um dever: já imaginou uma casa com quatro pessoas activas. no marxismo científico que exclui a religião e outras formas que sejam alheias à ciência. Political Regime and Democracy. um sistema nivelador. até hoje. que já não se sentia vocacionado para a vida religiosa. Porquê e como? Vários autores reflectiram sobre a banalização do Estado e a fragilidade dos estados na África subsariana. Quem poderia ter sido o Lenine. Então enxergou-se um elemento externo como tentativa de ultrapassar uma herança pesada. O Estado tem que ser algo cosmético para eu poder manterme no poder. O angolano formado em Filosofia é o segundo dos cinco pensadores de países africanos de expressão portuguesa entrevistados nesta série Entrevista Joana Gorjão Henriques. 1973) passou pelo seminário diocesano de Luanda. onde traça o retrato do país nos últimos 13 anos. Até que ponto estamos aqui perante o . tem que ter uma hierarquia e entre os vários órgãos que representam essa hierarquização exercem o poder de forma cooperativa. temos um sistema corporificado num indivíduo forte e esse indivíduo forte vai querer construir uma rede. Mas quem são essas entidades para mim? Não me dizem nada. ficando no Reino Unido durante cerca de dez anos. mas hoje vivem quase cinco milhões. J. deixou a ideia de que o Estado tem que estar organizado na base de procedimentos formais. Cientista político. em Luanda Fala pausadamente. mas quem é o homem novo? À luz e imagem de quem? De Lenine. Comentava que o caos do trânsito em Luanda era simbólico do que se passa em Angola: de que forma? Luanda foi uma cidade planeada para um máximo de dois milhões de pessoas. a economia doméstica e a conexão com a economia global. regressou há pouco tempo e dá aulas na Universidade Agostinho Neto. Escolheu um hotel no centro de Luanda para uma conversa que durou mais de uma hora. e também objecto de crítica à formação do homem novo [depois da descolonização] — mas quem é o homem novo? O homem novo tem que basear a sua fé na ciência. mais participativo — não queremos um sistema marxista e ateu. Este era um dos grandes desafios. E se não há este processo de consulta vamos viver num contexto de extrema repressão e imposição das vontades. então a adopção de uma ideologia de forma acrítica vai fazer com que a forma de lidar com esta herança pesada da iliteracia seja mais desastrosa porque: que modelos de escolas vamos ter? Vamos ter uma escola que vai formar o homem novo. no segundo ano. Viveu fora de Angola durante vários anos. o Marx de Angola? A preferência devia ser dada aos angolanos. E depois era a questão de que tem que haver um maior encruzamento entre os sistemas de produção. Outro aspecto é a falta de inclusão: as pessoas não são consultadas. Estudaram fenómenos como a imigração ou os sistemas políticos. Este poder precisa de força. O MPLA era constituído por elementos que tiveram a sua influência católica. vai enfrentar engarrafamento. cada uma tem que ter um carro? A questão é a ausência de planificação e um crescimento desmesurado. mas uns são mais que outros”. o país tem de diversificar os mecanismos de produção. Na perspectiva de Achille Mbembe e de outros que falam do processo de captura do Estado para poder dar lugar a grupos dominantes reconstituídos à volta de uma única pessoa. agora dá aulas nas áreas de Relações Internacionais e Ciência Política. Faria (n.24 | MUNDO | PÚBLICO. Paulo Faria é um crítico do regime. Natural de Malanje. decidiu. QUA 2 MAR 2016 “Há uma banalização do Estado e das instituições em Angola” Paulo Faria São da geração pós-independência. A matriz religiosa esteve sempre na génese da constituição deste movimento. naquele sistema de Orwell “todos os porcos são iguais. chega muito cedo aqui e tem que dormir no carro. Depois de viver em Moçambique e Portugal. e chegou a fazer votos religiosos. Portugal deixou algumas instituições. os angolanos deviam ter podido escolher: queremos uma democracia liberal. Foi aqui onde falhámos. Então a dinâmica que temos em Angola é a transferência de um determinado paradigma. com uma economia de mercado. Voltando a Angola. afirma no seu livro. Autor do livro The Post-War Angola Public Sphere. o próprio Agostinho Neto pertencia à Igreja Metodista. Angola alimentava a metrópole. O centro da decisão é mais impositor do que consultivo. de Estaline. com um sistema de inclusão social mais inclusivo e aberto. Põe também as pessoas num nível de humilhação moral: vai a casa. de um determinado modo de pensar do poder colonial para as forças pós-coloniais que emergiram. É uma humilhação e pressão psicológica muito grandes. um sistema em que os seus interesses sejam protegidos e acautelados. Devia existir a descentralização dos serviços públicos. onde fez o curso de Filosofia na Universidade Católica de Lisboa. O também poeta e escritor estudou em Inglaterra.

A meu ver. Esse medo da guerra e do conflito. os talismãs. a nossa grande ambivalência pós-independência é uma das consequências da banalização do Estado e das suas instituições e da pontificação do pseudopúblico e do estabelecimento do contrapúblico. os entrepeneurs. tomam isso como chuva. As relações entre a Igreja e o MPLA eram terríveis e a religião foi tipificada como o ópio do povo. causar dor. mas como é que as pessoas o manifestam — é ao que James Scott chama hidden subtexts? São formas de resistência ao statu quo que não se operam no domínio público.PÚBLICO. partilhada. Está cansado. sobretudo a liberdade de associação e manifestação das pessoas desde que as autoridades sejam informadas. saúde? Essa gente é que vai começar a exigir mais e naturalmente é uma questão de tempo. existe uma continuação deste modelo e este modelo reflecte-se na banalização dos procedimentos formais ou das instituições do Estado que são esvaziadas. é que as lideranças pós-coloniais em África têm uma configuração homogénea. A minha questão é o desempenho: julgo-te pelo teu desempenho. E assim temos um contexto em que o Estado é cosmético. fuga constante dos dinheiros dos cofres do Estado. Porque isto atomiza. a Constituição de 2010 tem coisas muito positivas. e é desta lealdade que vou ter a satisfação imediata dos meus interesses. A questão neste país é das elites. mas agora qual foi a resposta? Temos o biopoder na perspectiva disciplinar. sociólogo guineense. vamos definir uma nova trajectória para o nosso país!” Amanhã. por causa da ausência de órgãos formais capazes de responsabilizar os detentores do poder. pela tua capacidade de resposta. e o pseudopúblico. Muitas dessas pessoas participavam também em formas de comércio esclavagista. os totens. a pessoa a quem posso chamar em situações de apuro. Faz parte da constelação dos efeitos desta economia. Estas questões devem preocupar ao ponto de não ficarmos inactivos. distribuir melhor”. a defesa daquilo que deve ser. e este vai ser o grande desafio: esta é gente que não está a ter experiência de guerra. a pobreza usada como dependência. e dos seus efeitos revela-se através de um exercício que se chama a economia dos símbolos. totalitário. e como é que o Paulo Faria olha para isso? A meu ver. Isso passa-se aqui? Isto foi também bem sistematizado pelo Patrick Chabal. Até que esta população decide levantar-se e tomar as coisas pela mão. no trânsito. uma bênção. Também se pode atingir um nível em que as pessoas se fartam de adorar. Outro aspecto que ele menciona é a ausência de instituições indígenas capazes de promover a cooperação entre os vários povos. Por que não estou a ter água. o renascimento das organizações da sociedade civil como esferas autónomas do Estado. Quem são as forças opositoras do Governo em Angola? O início dos anos 1990 foi um período de ouro. Por exemplo. o falsificado? O que se cria é um ambiente de tensão entre o pseudo e o contrapúblico ou as iniciativas individuais de reacção contra o statu quo. diremos sempre que é chuva”. acontece porque nesse sistema a lógica que prevalece é que a vontade de um indivíduo prevalece à vontade das instituições. hoje.7% da população angolana é jovem. Esta cosmética do sistema fechado. Podemos ver [contestação] nas músicas. Se as pessoas aceitarem ser urinadas. Quais são os mecanismos de banalização do Estado? Há uma determinada estrutura que segue a lógica da prevalência do líder soberano que se reflecte em todas as coisas e todas as coisas se reflectem nele. “crescer mais. Num sistema de banalização das instituições. E a homogeneização destas características passa pelo facto de que estas elites foram moldadas e são continuadoras de um sistema capitalista colonial. banal. que também são fruto desse processo da sociedade civil e mais tarde saem para formar partidos políticos. ao ponto de questionar as acções de instrumentalização do Estado e do erário público. aquilo que é — o cosmético. a sua crítica é vista e pode estar exposto ao desferimento da dor através destas formas de disciplina. Rafael Marques. através do Estado banal que tem o monopólio da violência e pode usá- la para se desfazer de dissidentes. no rap. Como é que isso se vê em Angola. salário. A mecânica da violência é desencadeada para causar dor — outra dimensão da banalização do Estado. mesmo que produzam resultados nefastos — corrupção. pese embora subverta as instituições. que dizia que as elites pós-coloniais são as mesmas elites do período colonial. Como é que estes sistemas vão operando e o que acontece quando essas formas se relacionam? O que acontece com o contrapúblico. O outro aspecto relacionado com isto tem a ver com a constelação de opinion makers que participam neste culto. Há interesse numa oposição ao MPLA a partir de Angola? Há um dizer que diz que “se mijam sobre nós. e o que temos é uma sociedade atomizada. o povo está anestesiado em relação a situações de confrontos. Está cansado. Um dos argumentos de Moeletsi Mbeki. Essas pessoas emitem e são promotoras de ideias e conceitos para justificar a banalização do Estado e das instituições em favor da vontade totalitária de uma única pessoa. Por exemplo. Ninguém pode justificar que isso acontece por causa da ausência da lei. Há muitas organizações como a Adra. Hoje os papéis são contrários — há a bajulação da banalização em que participam entidades religiosas. Qual é a constelação destes adoradores desta nova religião da banalização do Estado? São muitos: os intelectuais. o povo está anestesiado em relação a situações de confrontos. está a pensar nas medidas de repressão e coacção a quem quer fazer a sua voz ouvida no espaço público? Sim. aliada a outro factor que refere. Entretanto. em The Architects of Poverty. Se as pessoas se levantarem. mas há coisas que são realizadas.” SÉRGIO AFONSO caso de um olhar ocidental que se tenta sobrepor ou por outro lado trata-se da inoperância de alguns estados que utilizam isso como desculpa para impor o seu poder? Podemos ver nessas duas perspectivas. A meu ver. O que vai prevalecer é um contexto de extrema imprevisibilidade. pela responsabilização dos teus actos. e outras entidades individuais como os Pinto de Andrade. Porque o público é vítima da banalização do Estado. então é uma situação que vai continuar. que escreve O Baton da Ditadura e custa-lhe a cadeia. mas operam no âmbito da zumbização. Aqui em Angola. Em 2011 escreve os Diamantes de Sangue e continua a criar problemas. não dos interesses nacionais da maioria e do bem comum. outras entidades cuja criação da riqueza é resultado dos excessos ou da expressividade da sua lealdade ao statu quo e não da sua competência. Dados da UNESCO dizem que 63. a Omunga. e se é visto a exprimir o seu descontentamento publicamente. são as armas deste Governo? Que mais armas tem para manter o seu poder? A questão fundamental está nos símbolos. temos indivíduos fortes e um esquema arquitectado para acomodar interesses que são premiados e satisfeitos dentro dessa lógica da lealdade: sou leal ao líder soberano. Esta série foi realizada em parceria com a Fundação Francisco Manuel dos Santos . emprego. que pode surgir nesses 63% de jovens — ou no próprio MPLA que diz: “Chega. maior será a incapacidade do pseudopúblico se poder desenvolver. Quais são os refrões desse sistema? Tem que ver com os dizeres: “O arquitecto da paz”. há um sistema formal lógico em que determinada acção pode ser condenada à luz da lei. o que vamos ter é escolhas e preferências de indivíduos. Quanto mais dor puder inflectir. Zumbi é aquele que não se vê. O que temos é um Estado banal e um público subsumido à banalização do Estado. E há os objectos. São já manifestações de resistência ou de descontentamento. tornando-se cosméticas na sua operatividade e dando azo a estratégias informais. QUA 2 MAR 2016 | MUNDO | 25 “A meu ver. As consequências são nefastas para o desenvolvimento de um sistema da esfera pública autónomo independente e racional. Aqui está uma oportunidade que foi criada. torna-se visto. Miguel de Barros. Mas esse descontentamento existe ao ponto de mobilizar mais gente do que apenas esse grupo? Não. Essas vozes de descontentamento existem. Temos o contrapúblico esvaziado da sua essência. então é um processo de estruturação. uma concha vazia. Num sistema normal. e tantas outras.

É um trabalho válido e pago com o dinheiro dos contribuintes”. “Os levantamentos feitos e a documentação reunida vão ser aproveitados. Lamas diz que são 220 mil. que me convidou. não se traduzir num abandono da ideia de criar um plano capaz de revitalizar o eixo Belém-Ajuda. um técnico superior formado em História. 59 anos. o da Lisboa-94 Capital Europeia da Cultura. sigo a música e as artes plásticas com especial interesse e até vou ao teatro”. que assumiu o cargo a convite do Governo de Passos Coelho. lembrando que o cargo que deverá assumir em breve o faz regressar a um “tempo feliz”. assim. quando o ministro disse ao semanário Expresso que esperava receber das mãos deste gestor público de 69 anos. Uma exoneração que já se fazia anunciar desde 20 de Fevereiro. “Fui das primeiras pessoas a defender uma maior articulação das instituições daquela zona quando ainda era secretário de Estado e continuo a defendê-la. o facto de o plano de Lamas para o eixo Belém-Ajuda — uma encomenda do anterior executivo para que criasse uma estratégia para a gestão articulada dos 30 equipamentos e sítios de interesse turístico e cultural da zona — ter sido abandonado pelo Governo e a “gestão imprudente” que promovera à frente do CCB. sem a proposta de governança que o plano representava”. período em que. Está habituado a que se evoque a sua ligação à maçonaria para “explicar tudo” e lembra que foi assim quando um governo PSD-CDS o convidou para dirigir a DGPC.26 | CULTURA | PÚBLICO. um pedido de demissão.” Para Elísio Summavielle uma “centralização pesada” era precisamente o que sugeriam Lamas e a sua equipa no Plano Estratégico Cultural da Área de Belém que. claro. “caminhava para uma anexação dos vários equipamentos culturais” que hoje pertencem à Cultura. museus. disse ontem ao PÚBLICO. “As pessoas julgam que sou só um homem das pedras. mas eu já fiz muita programação cultural para os equipamentos da Câmara de Lisboa quando trabalhava para a vereação da Cultura. Foi na segunda-feira à noite que João Soares chamou ao seu gabinete António Lamas. Uma preocupação muitas vezes atribuída ao facto de na sua presidência ter estado António Lamas. diz. O ministro fala em despesas da ordem dos seis milhões de euros. é preciso trabalhar nele”. o maior organismo da Cultura. nem as críticas dos que associam a sua nomeação às suas filiações socialistas e maçónicas. mas isso decorre de circunstâncias várias do país.” A área geográfica que pretende abranger com a “outra estratégia” — a que o Governo vai agora preconizar . referindo-se ao esforço que todas as entidades envolvidas na área terão de fazer para se harmonizarem de forma a criar aquilo a que chama a “marca Belém”. sem que ninguém perca a sua autonomia. Acho que Belém tem todas as condições para ser uma marca forte na cidade e no país. diz. será “estimulante” Política cultural Lucinda Canelas e Sérgio C. um catedrático de Engenharia com uma carreira reconhecida no património. Em causa estava. reconhece Elísio Summavielle. gastando dinheiro das reservas para fazer avançar um projecto que haveria de cair. jardins e palácios públicos e privados do eixo Belém-Ajuda e para isso vai recorrer ao trabalho de campo já realizado. mas para isso não precisa de uma centralização pesada. porém. defendendo que tudo o que importa fazer em Belém para potenciar a área em termos culturais e turísticos pode ser feito “com uma coordenação muito mais leve. O PÚBLICO tentou apurar junto do gabinete do ministro os fundamentos que justificam a exoneração. era um dos colaboradores próximos do actual ministro da Cultura. embora não estivesse fechado. haveria de detalhar nos dias seguintes o ministro. mas sem sucesso. para adjunto de João Soares (cargo que deixa para assumir o CCB). Este técnico requisitado à Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC). Rejeitar o modelo. por quem aliás tenho a maior estima pessoal”. explica. argumenta o agora presidente. “Tenho um mapa na cabeça para Belém. tal como agora. Cruzou-se profissionalmente com João Soares pela primeira vez em 1990. acrescentando: “Rejeitar o modelo porque se tem outra estratégia não implica deitar tudo fora. Summavielle não comenta a forma como o anterior presidente foi destituído do seu cargo. “Até disseram que o Francisco José Viegas [o então secretário de Estado]. mas rejeita “em absoluto” o modelo de António Lamas para a área. quando o ministro era vereador da Cultura em Lisboa. antecipa. diz Summavielle. porque foi o património que marcou a minha carreira nas últimas décadas. Um plano que deverá continuar a ter na figura do presidente do CCB um pivô importante. à Defesa ou à autarquia. as críticas dos agentes do sector. “É visível a perda de importância da programação do CCB nos últimos anos. QUA 2 MAR 2016 O novo presidente do CCB tem “outra estratégia” para o eixo Belém-Ajuda Elísio Summavielle diz que vai aproveitar parte do trabalho feito pelo seu antecessor. Andrade O convite para assumir a presidência do Centro Cultural de Belém (CCB) partiu do ministro da Cultura e foi “inesperado”. no entanto.” Elísio Summavielle. órgão que já liderou. era maçon. e que o Governo de António Costa decidiu extinguir por temer que pudesse vir a “comprometer a missão e o papel” do CCB “no quadro da sua intervenção prioritária” — a do apoio à criação artística contemporânea —. ironiza Summavielle. passou por diversos organismos públicos ligados ao património Os Dias da Música é um momento chave da programação e de grande afluência de públicos ao CCB desde a década de 1980. não significa pôr na gaveta todo o trabalho que foi feito pela estrutura de missão que o concebeu. segundo a resolução do Conselho de Ministros publicada em Diário da República a 24 de Fevereiro. ocupando vários cargos de direcção. Centralização pesada Destituir António Lamas parece. que acusavam de estar mais interessado no plano que criara para o eixo Belém-Ajuda do que no cartaz da casa. “É uma enorme responsabilidade estar à frente de uma instituição com as ambições do CCB na cidade e no país. Summavielle quer promover uma articulação entre as três dezenas de monumentos. mas também é muito estimulante poder influenciar a sua programação”. mas as hesitações iniciais acabaram por ser vencidas pelo “desafio” que representa e pela “relação de amizade e de confiança” que o liga a João Soares. Sou amigo do Francisco há décadas e nunca lhe conheci outro avental que não fosse o da cozinha. mas falta construir o trilho. que têm visto com preocupação uma progressiva perda de relevância do CCB. diz. “Discordo em absoluto do modelo de António “Rejeitar o modelo porque se tem outra estratégia não implica deitar tudo fora” Lamas”. não pode ser atribuído ao professor António Lamas. para lhe entregar uma cópia do despacho da sua exoneração. Programar o CCB. Também António Lamas esteve incontactável. presidente do CCB desde Outubro de 2014.

Clemente Tsamba e URZE. no dia 11. Chegada a quinta edição. já que “os órgãos de gestão de uma fundação têm de cumprir os estatutos. não são a principal preocupação de Summavielle face ao CCB. acompanhados de uma feira do livro temática. a sua permanência no CCB deixa de fazer sentido”. o festival Periferias volta a reclamar atenção para dramaturgias lusófonas pouco vistas Pode soar redundante. “Se a sua política foi rejeitada.” Avaliar a instituição passa por avaliar a equipa. salientando o “papel fundamental” que caberá à Câmara Municipal de Lisboa (CML) na revalorização do eixo. Mas o PSD lembra que o mandato de Lamas “não se esgotava neste projecto particular para o eixo BelémAjuda”. nota Sérgio Azevedo. diz a deputada. que prevêem a indigitação segundo os requisitos da tutela”. Canavilhas considera ainda absolutamente justificada a substituição de António Lamas. foi escolhida por concurso. como. chama-lhe Mello Alvim. em 2012. com a construção dos dois módulos que faltam. que. Não se trata aqui de um cargo de direcção artística. com encenação de Mello Alvim. Quem também criticou a forma de nomeação de Summavielle para o CCB foi o Bloco de Esquerda. O deputado do PSD avança ainda que o seu partido admite chamar João Soares de novo ao Parlamento para explicar a política que tem para esta área. que ele e a sua equipa tinham reunido diversas vezes com vários vereadores e técnicos da autarquia durante o processo de concepção da proposta estratégica para Belém. numa peça atravessada por posts. A par da normal programação do evento. assume o director artístico sem disfarçar a ambição do gesto. em declarações do deputado Hélder Amaral à Lusa. Summavielle diz que precisa de estudar atentamente o dossier e que tem “excelentes relações pessoais” com o empresário. Teatro Gonçalo Frota Na sua quinta edição. Quanto à permanência da Colecção Berardo na instituição. a testar um modelo que necessitava do estabelecimento de uma série de parcerias com outras companhias e festivais para sobreviver. Os Netos de Bandim. a Fundação de Serralves. Shakespeare serviu de mote para que o autor Júlio César Ramirez tivesse enviado postais a todos os “Migueles” e “Ladys” que encontrou na lista telefónica. Em cada um dos espectáculos. considerou “pouco correctos. “Ano de consolidação”. daí começando já a surgir os primeiros frutos de colaborações. Também o CDS. As trocas entre os diversos grupos são de tal forma vistas como alicerce do festival que. Também a companhia são-tomense Cacau regressa ao palco do Periferias com O Violinista. nem só de lusofonia se faz o Periferias. revelando de forma peremptória. pelo modo como ela foi decidida e “anunciada pela comunicação social”. os espectáculos serão 16. espectáculos e experiências com os restantes participantes. diz. mas o grande destaque da quinta edição do Periferias é ser a quinta edição. um engenheiro convidado por Lamas. Também não determinou ainda se vai ou não fazer substituições no conselho de administração. vogal neste órgão desde 2010. algo que António Lamas viria a refutar numa entrevista ao PÚBLICO a 24 de Fevereiro. que hoje é composto por Daniel Vaz Silva. exemplificando com o caso da CRESAP. QUA 2 MAR 2016 | CULTURA | 27 Por uns dias. sendo providenciadas as condições para que cada companhia se demore uma semana por Sintra. baseada nas experiências recolhidas. O PSD contesta a exoneração. explica Summavielle. O mais importante agora é fazer uma avaliação correcta do que existe para que se possa pensar como potenciar este monumento nacional que foi construído para a cultura com a ambição de ser um pólo de referência para o país. tornouse óbvio que a presença dos grupos não poderia obedecer a uma lógica de “toca-e-foge”. um workshop de marionetas e uma exposição de trajes de danças tradicionais da Guiné-Bissau. Inverter a perda de importância na cena artística e a redução de públicos é muito mais determinante. argumenta. a australiana Suzanne Cotter. e é por isso que deixará para mais tarde a decisão sobre a eventual contratação de um director de programação. Tal como seu antecessor. o espectáculo de encerramento. que fora já uma das presenças no ano inaugural e regressara em 2014. do ponto de vista institucional” os termos do afastamento de Lamas. e os eventuais danos que terão causado na casa. Assim. convocando-os para um encontro de onde resultou a escrita da peça. acusa Sérgio Azevedo. No entanto. explica. baralhando artifício e realidade. o Periferias investe no estabelecimento de laços de formação com cenas teatrais menos expeditas.” Uma posição que Gabriela Canavilhas considera desajustada. dar centralidade à periferia. . “que foi transformado num órgão de sancionamento das nomeações políticas”.PÚBLICO. Arrogância e prepotência As reacções à exoneração de António Lamas e à nomeação de Summavielle não se fizeram esperar. e Miguel Leal Coelho. a partir do momento em que a estratégia que o exresponsável gizou para o eixo BelémAjuda foi já rejeitada pelo Governo. franceses. uma co-produção com a Companhia de Teatro de Sintra que concretiza outra das valências do festival. com o El Deseo Macbeth (dia 10). que agora faz de Say Hello para o Futuro interpelação directa de uma geração banhada em tecnologia. pela voz do deputado José Soeiro. o objectivo continua a ser. vinca essa abertura do festival — “não fechamos a porta a espectáculos latino-americanos. conversas com escritores. timelines e hashtags. Teatro de Marionetas do Porto. aos poucos. tempo de crise de tal forma pronunciada em Portugal que pareceria ideia pouco avisada apostar num evento dedicado ao teatro das periferias. o grupo Cacau apresentará uma peça desenvolvida entre Portugal e São Tomé. Em 2016. ficará a cargo da companhia brasileira Teatro Por Que Não?. a 13 de Março. com um foco particular nos grupos de expressão lusófona. que incluem ainda as presenças do Grupo de Teatro do Oprimido. E acrescentando que lamentava que ainda ninguém a tivesse vindo contestar “na sua substância”. a periferia teatral chega ao centro JOÃO HENRIQUES tendo um novo presidente no CCB — é a mesma do plano de Lamas. mas lembra que qualquer alteração será decidida a nível do Governo. com o habitual centro nevrálgico na Casa de Teatro de Sintra. Trazendo novamente Shakespeare à baila. Um pólo de referência Os gastos com um projecto que acabou por cair. Críticas que a deputada pelo PS e antiga ministra da Cultura. “As prioridades não as defini ainda porque não conheço as coisas por dentro. realçando que ele foi apenas “o pretexto” para a substituição por “pessoas da confiança” do novo governante. uma abordagem pouco convencional ao clássico assinada por João Garcia Miguel. partilhando refeições. Baal 17. defendendo que esse crescimento pode passar por cativar os privados e por um aumento de públicos. como nas dos partidos que viabilizaram o programa de governo. concertos. gregos ou sírios”. deputado e responsável para a área da Cultura do grupo parlamentar social-democrata. que quer cada vez mais jovens e diversificados. director do festival de artes performativas fundado em Sintra. Vai sim inteirar-se das contas para poder pensar em medidas que possam promover a sua sustentabilidade. tanto nas bancadas da oposição. seriam seis espectáculos de uma proposta ainda tímida. chegando até ao Museu de Arte Antiga. em declarações à Lusa. Quanto ao dinheiro é preciso trabalhar com o que temos. diz Sérgio Azevedo. Há uma noção de continuidade presente em cada edição do Periferias. exemplifica. “É sempre bom ter mais receita”. mas garante que não vai fazer disso um cavalo de batalha. Esse acompanhamento Hamlet Talvez resulta na observação próxima de um percurso artístico de um grupo de teatro universitário entretanto tornado semi-profissional. a ideia é a de construir “um arquivo das artes performativas que se fazem nos países lusófonos”. lamentou que não tenha sido realizado um concurso internacional: “Aos equipamentos culturais devem ser associados planos estratégicos e realizados concursos públicos para os cargos de direcção. A presença dos cubanos D’dos. “Parecem os novos donos disto tudo”. acrescenta o deputado. acha “estranhas e despropositadas por parte de um Governo [PSD-CDS] que foi campeão na capturação do Estado”. o Periferias arranca hoje com Hamlet Talvez. Nesse primeiro ano. estabelecendo um paralelismo entre as mexidas no CCB e aquelas que o Governo fez noutras instituições públicas. Gabriela Canavilhas. citando os casos dos institutos de Segurança Social e do Emprego. Assim o diz João de Mello Alvim. onde a presente responsável pelo museu. mas sem referir nomes. “O ministro da Cultura agiu de forma prepotente e arrogante”. Summavielle gostaria de ver o CCB concluído. O não envolvimento da autarquia na fase de concepção do anterior plano foi uma das razões invocadas em DR pelo Governo para extinguir a estrutura de missão chefiada pelo então presidente do CCB. assegurada por um contrato de comodato (empréstimo) celebrado em 2006 entre o coleccionador e o Estado e vigente até ao final deste ano. exemplifica Mello Alvim. mas que assegura a direcção do Centro de Espectáculos do CCB desde 1993. nem que seja por uns dias. Aos poucos. a decorrer até 13 de Março. No caso de El Deseo Macbeth. em primeiro lugar.

que acabam de editar o álbum de estreia Leave me Alone (dia 29). foi feito olhando para o(s) outro(s): Sábado foi composto olhando para Canções de Apartamento. afinal. aos portugueses Keep Razors Sharp. autores de hinos geracionais como Bad kids ou Oh Katrina. um pouco mais agressivas e contundentes. defende. e sai um álbum que volta a conversar com o público. sinuosas e curvilíneas. mas gravado já depois de Cícero se ter mudado para São Paulo. gravado a quente e em cima de cada ideia. “o rascunho de Sábado”. E um mostruário de alguma música portuguesa mais entusiasmante dos últimos anos. que apresenta agora ao vivo em Lisboa (hoje. O site obrigatório Miojo Indie escreveu que Sábado era um misto de “expectativa e frustração”. o Palco Mundo. “Com Sábado foi a mesma coisa — era eu com os equipamentos. para quem uma obra se faz “no diálogo entre o artista e o público. o cantautor brasileiro apresenta A Praia. A MPB de Caetano. gravando o disco com iPhone e gravador de cassetes. daquele que fervilha sob a exposição mediática mais maciça. para que com o tempo não ficasse uma discografia previsível ou monótona”. sente que ficou a falar sozinho. banda que se estreou em 2014 com um álbum homónimo. Quando chegou a minha vez de decidir. “um estado de espírito” que se pode encaixar em qualquer praia deste mundo. defende. os Black Lips. e as canções de B Fachada. o segundo álbum de Cícero. sendo um álbum de reclusão e de autoconhecimento. Com o tempo. estarão como habitualmente os já anunciados blockbusters: Bruce Springsteen. de tão inesperado e mal recebido pelo público. aquele que é ainda hoje considerado o objecto mais estranho da sua discografia. que preparam neste momento sucessor para o celebrado Pesar o Sol (dia 28). Ainda que a matriz para as suas criações pareça estar perfeitamente delimitada no encontro entre a MPB dos anos 1960 e 1970 e o pop/rock alternativo das décadas de 1990 e 2000. o compêndio “pop-space’n’roll” dos Capitão Fausto. diz Cícero. autores de instrumentais onde o orgânico e o electrónico se reúnem numa viagem apreciada tanto pelo público quanto pela crítica (Villa Soledade. a 19 de Maio. tornou-se um clássico. Quando chegou a minha vez de decidir. formatou-o “na forma de entender ritmo. Sensible Soccers. lembra. garantiramlhes lugar de destaque). Theatro Circo) e Castelo Branco (sábado. os brasileiros Boogarins.28 | CULTURA | PÚBLICO. gravado em São Paulo “Os meus pais eram da geração pós-hippie. QUA 2 MAR 2016 Entre Caetano Veloso e os Pavement. Pode ser que o mesmo venha a acontecer com Sábado (2013). Mas também haverá no festival que decorre de 19 a 29 de Maio uma ilha rock’n’roll (e não só). Junto do seu público espalhou-se então a ideia de que o músico traíra aquela desusada e cativante aura romântica de Canções de Apartamento. Anunciada ontem. contrapondo as canções paulistas como “mais duras. As Plantas Que Curam e Manual.” Cada álbum. disco de um samba contemporâneo Acabado de regressar do exílio inglês. cresci ouvindo muito tropicalismo. muito britrock. garagerockers de Atlanta. Maroon 5 ou Avicii. álbum de estreia dos Nirvana. Ovar (amanhã. o cantautor carioca replicou esse movimento de Caetano. como Beatles e Stones”. “A Praia dialoga com os dois discos em igualdade de condições e talvez os explique um pouco melhor. Boogarins e Metz no Rock In Rio Lisboa DR Música Música Gonçalo Frota Cartaz do Palco Vodafone inclui também os portugueses Keep Razors Sharp. Eis Cícero. A segunda etapa do Rock In Rio Lisboa. Ele que avançara para o segundo álbum preferindo que “os discos tivessem personalidades distintas entre si. Ganhou também essa alcunha de experimental. experimentando em casa. o morro e a humidade do ar”. admitindo a inspiração em Araçá Azul. Canções de Apartamento. Cine Teatro Avenida). “O Caetano trancou-se num estúdio sozinho. eis a praia de Cícero Black Lips. melodia e estrutura de música”. na adolescência. Pavement e Radiohead. quando levar a cabo mais uma pirueta estilística. acabou por perceber que. A Praia é um disco “ainda muito carioca”. Após o aclamado disco de estreia a solo. tendem a ser “mais lentas. A Praia é um disco de transição para Cícero: composto no Rio de Janeiro. Estúdio Time Out). que cresceu a ouvir por influência dos pais. mais a favor de enfrentar e exaltar a cidade”. o Palco Vodafone acolherá também a energia rock’n’roll dos barcelenses Glockenwise (dia 27). Queen + Adam Lambert. explica — responde mais a uma ideia poética do que real. composto no Rio de Janeiro. emparelham com os Sensible Soccers. “Isso por conta da minha família. actualização contemporânea de Bleach. Escola de Artes e Ofícios). filhos de um tropicalismo novamente globalizado. “A intenção foi mesmo a de fazer um disco que amarrasse os outros dois. Trancado no estúdio. o segundo álbum. As canções nascidas no Rio. É uma praia que existe na cabeça de Cícero. mas já com essa carga muito forte de memória de criação de música brasileira”. que desse uma ideia não de trilogia mas de três pontos que estabilizam uma linguagem”. “Os meus pais eram da geração pós-hippie. Essa praia de “facção” — “uma mistura de facto com ficção”. em 1972. cresci ouvindo muito tropicalismo. Braga (sextafeira. justifica. A Praia foi gerado olhando para Sábado e Canções. muito britrock. “Sábado era”. PÚBLICO . Gilberto Gil e Gal Costa. Caetano fez de Araçá Azul um pequeno palco de experimentação que.” A consequência foi o esfriamento da sua relação com o público que se apaixonara por Canções de Apartamento. Korn. a programação do Palco Vodafone juntará. [favorecendo] o mar. Sonic Youth. Capitão Fausto e B Fachada Numa minidigressão que se inicia hoje em Lisboa. ficou experimentando coisas e lançou um disco que ficou taxado de experimental”. ouvi Pixies. acabou de sair). traz o rock corrosivo dos canadianos Metz (dia 27). Um dia depois. como Beatles e Stones. que será cumprida entre 27 e 29 de Maio. Um pouco de Canções de Apartamento. fui para o rock alternativo. mas já com essa carga muito forte de memória de criação de música brasileira. alinhados também com o novo psicadelismo (os dois álbuns editados. fui para o rock alternativo. E Cícero. compara Cícero em conversa com o PÚBLICO. se tornou o recordista da Música Popular Brasileira em matéria de devoluções (muitos compradores levaram o disco para casa e voltaram à loja para o devolver). nome indispensável da música portuguesa da última década (dia 29). Da infância à adolescência A Praia soa a Cícero a apontar para o meio. Naqueles dias. Caetano Veloso gravou. No palco principal do Rock In Rio Lisboa. Cícero não parecia o mesmo. Essas diferenças só se notarão na música de Cícero no disco que vier depois de A Praia. senão vira uma terapia”. a terna melancolia indie dos nova-iorquinos Real Estate (dia 28) e a energia e a vivacidade das madrilenas Hinds. explica Cícero Mas esse sentimento de orfandade esbateu-se com a edição recente de A Praia (2015). admirável ovni da música portuguesa recente. uma dose de Sábado.” São esses dois mundos em contacto que chispam constantemente nas suas canções de um samba contemporâneo: a acidez do rock anglófono em choque com a ginga doce e melosa da melhor MPB.

a densidade da barba. com sede em Bruxelas. convidam-se esta semana os leitores a responder a um questionário online centrado nos direitos e nas responsabilidades dos cidadãos. que foi associado pela primeira vez ao aparecimento dos cabelos brancos. o que nunca foi feito a esta escala. como a diabetes e as doenças cardiovasculares. independentemente das escolhas no seu estilo de vida? A campanha foi lançada pelo Atomium — Instituto Europeu para a Ciência. da Colômbia. os folículos deixam de produzir melanina e surgem os cabelos brancos. do Chile. várias densidades e alguns são ondulados. células que se encontram na pele e nos folículos capilares. do UC. o terceiro. que visa aprofundar a ligação entre os cidadãos. Iniciada a 15 de Fevereiro. EuroScientist (França).PÚBLICO. da Universidade de Bradford (Reino Unido). do México e do Peru. acessível em português. por alguma razão. Esta molécula é produzida pelos melanócitos. em Londres. Os melanócitos armazenam a melanina em pequenos pacotes. Terão um papel em conjunto com muitos outros factores que ainda estão por identificar. Por exemplo. Media e Democracia (um consórcio de universidades. Mas ainda está por se descobrir como é que a actividade daqueles genes dá origem a tantas formas e cores de pêlos e cabelos quando nos vemos ao espelho. é sobre os direitos e as responsabilidades dos cidadãos na prevenção e controlo das doenças crónicas. eles produzem pêlos. Entre eles. os cientistas e os decisores políticos em questões científicas. Um dos genes que surgiram na análise genómica foi o IRF4. consoante a região do corpo. A equipa analisou o genoma de mais de 6000 pessoas do Brasil. europeus e africanos. O estudo. o gene EDAR está ligado à densidade da barba. O questionário desta semana (http://reisearch. as monocelhas — quando os pêlos formam uma única sobrancelha — e. Luxemburger Wort (Luxemburgo). Estudar o gene pode ajudar a “compreender aspectos da biologia do envelhecimento”. mas esta é a primeira vez que um gene para o cabelo grisalho foi identificado nos humanos. El País (Espanha). se tinha cabelos brancos. a campanha dura cinco semanas. líder do estudo. pode vir a ajudar no desenvolvimento da cosmética. assim como outros genes que influenciam a forma e a densidade do cabelo”. Estes factores dão variedade entre humanos. citado num comunicado da sua universidade. a população daqueles países tem uma ascendência variada: índios sul-americanos. a sua cor. disse Kaustubh Adhikari. dando-lhes cor (o cabelo é composto por células mortas ricas em queratina). Ao longo do crescimento. a grossura das sobrancelhas. a famosa melanina. Há dez novidades. mas o gene IRF4 terá um papel importante. QUA 2 MAR 2016 | CIÊNCIA | 29 Foi descoberto o primeiro gene dos cabelos brancos Genética humana Nicolau Ferreira Estudo envolveu mais de 6000 pessoas e associou pela primeira vez dez genes a características ligadas ao cabelo e aos pêlos faciais Quando nascemos. para ajudar a travá-las. “Compreender este mecanismo poderá ser importante para desenvolver formas de adiar o aparecimento dos cabelos grisalhos. Mas. explica Kaustubh Adhikari: “É pouco provável que os genes que identificámos funcionem isoladamente. barba e cabelo. O objectivo é que os decisores políticos tenham um melhor retrato do que pensam os cidadãos europeus sobre estas doenças. Estas descobertas têm possíveis aplicações cosmé- Quem é responsável pela sua saúde? N ticas e forenses”. participam na iniciativa o Der Standard (Áustria). do University College (UC). se era calva. os folículos capilares já estão distribuídos pela pele. outros encaracolados ou lisos. no Reino Unido. Para cada pessoa. Sole 24 Ore (Itália) e The Irish Times (Irlanda). até 23 de Março. associada a cabelos lisos das pessoas do Leste asiático e dos nativos americanos. Os resultados serão divulgados no final de Abril. corrobora a ideia de que a forma do cabelo é uma selecção [evolutiva] recente na família humana”. “Já sabemos que vários genes estão envolvidos na calvície e na cor do cabelo. A nova variante [do gene] descoberta. para promover a ciência pela sociedade). mesmo se só olharmos para os cabelos: há cores diferentes. acrescentou Kaustubh Adhikari. no caso dos homens.” A equipa associou 16 genes às características físicas enumeradas acima. Gazeta Wyborcza (Polónia). o sexo e a genética de cada um. está o gene IRF4. a monocelha foi associada ao gene PAX3 e o gene PRSS53 influencia o encaracolamento do cabelo. Frankfurter Allgemeine Zeitung (Alemanha). A campanha sobre as doenças crónicas é a primeira iniciativa da REIsearch. usando para tal uma nova plataforma tecnológica co-financiada pela Comissão Europeia — a REIsearch. . citado no comunicado. Quem é responsável pela sua saúde? Você próprio? Os governos? As empresas? Podemos ser obrigados a mudar o estilo de vida para reduzir estas doenças? E todos devem ter acesso a cuidados de saúde gratuitos. e consiste num pequeno questionário semanal diferente. “A enzima [produzida a partir] do gene PRSS53 actua na parte do folículo capilar que dá forma à fibra de cabelo que está a crescer. La Libre Belgique (Bélgica). um estudo genético populacional associou vários genes a características do cabelo e da barba. Agora. disse Desmond Tobin. Toda esta dinâmica está ligada à actividade dos genes das células do folículo capilar. “[O estudo para os pêlos] só foi possível porque analisámos uma população muito diversa. surgem os primeiros cabelos grisalhos e muitos homens tornam-se calvos. da equipa. jornais e empresas. publicado ontem na revista científica Nature Communications. Com um grande número de pessoas é possível associar determinados genes às características físicas. Com a idade. A causa é desconhecida. um dos cientistas da equipa que contou com investigadores de vários países da América Latina. explicou Andrés Ruiz-Linares.eu/initiatives/ chronic-diseases/3/pt). os cabelos ficam brancos a campanha europeia sobre doenças crónicas não transmissíveis que decorre nos media de dez países europeus — incluindo o PÚBLICO em Portugal —. anotou-se a forma do cabelo (se era liso ou encaracolado). Já se sabia que este pedaço de ADN comandava a produção de uma proteína associada à regulação do pigmento que dá cor ao cabelo e à pele. Além disso.” PAULO PIMENTA Quando a melanina deixa de ser produzida nos folículos capilares. Além do PÚBLICO. que Trabalho pode ter aplicações na cosmética e na investigação forense são enviados para as outras células da pele e para as células que vão formar o cabelo.

Telm: 91 300 69 97 Tel. a venda for considerada sem efeito. 02/03/2016 EMPREGO INSCREVA-SE EM EMPREGO. Local .J8 Processo: 1079/16. Nome/Localização Pedreira.As propostas deverão conter: nome ou denominação do proponente.Se não for possível realizar a escritura na data fixada. descrito na Conservatória do Registo Predial de São Brás de Alportel com o n.º . com morada na Rua Gil Vicente. Bela. aprovada pela Lei n. TM & © DC Comics.Secção Cível .º 7150 e inscrito na matriz sob o artigo 6199. Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerida: Carla Sofia Alves Duarte Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal. conjugado com o art. 2. Massag. ufsmaiorsjbaptista.2870-239 Montijo 4 . Comércio . publicado no Diário da República. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.Secção Cível . através do endereço de correio electrónico: pob.º 17. a ação de Interdição / Inabilitação em que é requerido António Francisco Martins Gonzalez. de 20 de junho.: 964 842 005 MASSAG RELAXANTE ou convívio.03€MAR QUINM O PÚBLICO CO ANÚNCIO ANÚNCIO Interdição / Inabilitação A Mm. com o valorbase de € 10. www.540. Preço total da colecção 148. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.00 Verba SEIS: Prédio Rústico.Secção Cível . Telm: 96 921 27 44 PILAR . sexy.Instância Local .ª Milene Bolas Prudente O Oficial de Justiça Luís Salvado Público.7T8SSB ANÚNCIO ANÚNCIO ANÚNCIO Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerido: João Bernardo de Sousa Franco Marques dos Carvalhos Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal.ª Milene Bolas Prudente O Oficial de Justiça Luís Salvado Público.ª Ana Marina Reduto A Oficial de Justiça Maria Lurdes S. 22-02-2016. Diogo Cão.aj@gmail. a ação de Interdição em que é requerido João Henrique Cordeiro Cecílio Silveiro.Proc. descrito na Conservatória do Registo Predial do Montijo com o n. Av. Zona Massamá.30 CLASSIFICADOS PÚBLICO.ª Juíza de Direito Dr. quintas feiras.00 Verba CINCO: Prédio Rústico. Nome/Localização Boiça.ª Cláudia Pedro Loureiro. Comp. 2825-031 Caparica. recebidas.º 7150 e inscrito na matriz sob o artigo 6276. descrito na Conservatória do Registo Predial de São Brás de Alportel com o n.00 Verba QUATRO: Prédio Rústico. relax.º 284313100. com residência na Rua Dr. 17-02-2016. 23-02-2016. A Juíza de Direito Dr. A Juíza de Direito Dr. Telm. Gen. R/C Esq. com residência em domicílio: Quinta de Santo António. com o valorbase de € 2. com residência em domicílio: Rua Conselheiro Manuel Luís Fernandes Vivo Santos 1. a ação de Interdição em que é requerida Carla Sofia Alves Duarte. Limitado ao stock existente. 2810-000 Laranjeiro.Estanqueiro . inscrito na matriz da freguesia de São Brás de Alportel sob o artigo 1736. n. Gen. N.J1 Processo: 6221/16.Inst. Almada. Veiga Público. Nome/Localização Vale Mealhas. e ser enviadas para o Administrador de Insolvência: Dr. LITERATURA. 47. Peq. 02/03/2016 COMARCA DE SETÚBAL COMARCA DE LISBOA COMARCA DE LISBOA Sesimbra . do Tribunal da Comarca de Lisboa . 2 .ª Cláudia Pedro Loureiro O Oficial de Justiça Carlos Barata Sanches Público. Pedro Ortins de Bettencourt. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.com Telm. 23-02-2016. Local .º 14309. 6 . com residência em domicílio: Rua da Boa Nova N.ª Série. 8 .pt Insolvência de “José Manuel da Luz Brito e Maria Guiomar Neves Brito Pontes Brito” COMARCA DE LISBOA COMARCA DE LISBOA COMARCA DE LISBOA Processo n. Catarré Público.J2 Processo: 818/16.6T8ALM Por determinação do Exmo. .A abertura das propostas será efectuada imediatamente após a hora indicada no número anterior. QUA 2 MAR 2016 Mensagens VOE ATÉ UMA BANCA PARA NÃO PERDER “ARQUEIRO VERDE . PORT.50€. A aquisição do produto implica a compra do jornal. Palhais.º da Portaria n. com o valor-base de € 5. Local .publico.ANO UM” ARGUMENTO: ANDY DIGGLE TRAÇO: JOCK +9. em caso de pessoa colectiva. a ação de Interdição em que é requerida Maria Alcina Sobral Tavares Fernandes. por razões inerentes ao comprador.J2 Processo: 623/16. Banática.º 14925.J8. Barreiro . loira. Rua Alves Torgo.º 41. 21 011 10 10/20 Fax 21 011 10 30 Edif. para contratação a tempo indeterminado de um posto de trabalho: . 2. e sensuais.PT EM PARCERIA COM AVISO QUINTO VOLUME “ARQUEIRO VERDE .pt Beja. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.: 916 719 517 NOVIDADES NO ANGELICALSPA.Insolvência de José Manuel da Luz Brito e Maria Guiomar Neves Brito Pontes Brito . Local .00 REGULAMENTO: 1 .º 83-A/2009. 02/03/2016 CONHEÇA AS NOSSAS COLECÇÕES DE MÚSICA. as quantias recebidas serão devolvidas em singelo. à ordem da massa insolvente.Inst. Esclarecimentos adicionais poderão ser prestados pelo Administrador de Insolvência. Fronteira.Um lugar de Assistente Operacional (Coveiro) Para efeitos de candidatura. O Juiz de Direito João Manuel P.000. Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerida: Irene dos Santos Henriques de Freitas Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal.Os envelopes contendo as propostas deverão ter a indicação na frente “Proposta de compra por carta fechada . número de contribuinte. N/ Referência: 26922945 Fronteira.A aceitação ou não aceitação da proposta será comunicada ao proponente de maior valor no prazo máximo de 30 dias após a abertura de propostas 7 . para efeito de ser decretada a sua interdição. de 29 de fevereiro. 7460-136 Fronteira. 29-02-2016.Se por motivos alheios à vontade do Administrador de Insolvência. sendo da responsabilidade do comprador todos os custos relacionados com a venda. Lisboa. com o valor-base de € 9. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.Inst. 3 .000. 29 de fevereiro de 2016 O Presidente. 1459 A. inscrito na matriz da União das Freguesias de Alto .4T8ALM ANÚNCIO ANÚNCIO ANÚNCIO Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerido: João Henrique Cordeiro Cecílio Silveiro Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal.Serão consideradas as propostas de valor não inferior a 85% dos supraindicado.Inst.8T8FTR Lisboa . 02/03/2016 Procedimento concursal comum para a constituição da relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado. 9 . 18-02-2016. Morena. Cordeiro Brasão O Oficial de Justiça Fernando Abrantes Pinto Público. PVP unitário 9.Sec. com residência na Rua dos Trigueiros.ª Ana Marina Reduto A Oficial de Justiça Maria Luís Veiga Público. N/ Referência: 344567593 N/ Referência: 344253537 Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerida: Maria Alcina Sobral Tavares Fernandes Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal. (até 11 de março).pt | 210 111 010 Almada.000. ou poderá consultar o site da Autarquia em www. Para mais informações. Periodicidade semanal às quintas-feiras. Comp.2T8ALM Lisboa . De seg a sex das 09H às 19H 1350-352 Lisboa Sábado 11H às 17H pequenosa@publico.º Dt. os interessados deverão consultar o aviso n.relax-corpo. 2805-000 Laranjeiro.Sec.pob. Sesimbra. Local .º 19.º 2890/15. poderá ser contactada a União das Freguesias de Beja (Santiago Maior e São João Baptista).A escritura notarial será efectuada em data e hora a avisar ao comprador com a antecedência mínima de 15 dias.J1 Processo: 80/16. Lisboa.Inst.º 35/2014. decisão de Comissão de Credores ou decisão judicial.º da LTFP. entre 4 de Fevereiro e 12 de Maio de 2016.Lisboa . . através do telefone n. C. 2890/15.9T8LSB Almada . ANNE THERAPY Consultório de massagens de relaxamento "La vie en rose La sensualité" Telm. a ação de Interdição / Inabilitação em que é requerida Irene dos Santos Henriques de Freitas. representante. A Juíza de Direito Joana Filipa de Sousa Gomes O Oficial de Justiça Luís Oliveira A Juíza de Direito Dr. alta. descrito na Conservatória do Registo Predial de Loulé com o n.º 21.Secção Cível .º 2632/2016. 02/03/2016 UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BEJA (SANTIAGO MAIOR E SÃO JOÃO BAPTISTA) NÃO PERCA A NOVA COLECÇÃO SUPER-HERÓIS DC COM NOVOS HERÓIS NOVO TRAÇO E HISTÓRIAS INÉDITAS ANÚNCIO Interdição / Inabilitação Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal.Jardia e Montijo sob o artigo 2144. com residência na Rua 31 de Janeiro.Inst. em envelope fechado.Os imóveis serão vendidos no estado físico e jurídico em que se encontram. a ação de lnterdição / lnabilitação em que é requerida Benta Ofélia da Palma Marques. 5 . inscrito na matriz da freguesia de São Brás de Alportel sob o artigo 18906.ANO UM”. Praceta Aldegalega.com Público. descrito na Conservatória do Registo Predial de Loulé com o n. Lote 25. Local . Interdição Requerente: Ministério Público Requerido: António Francisco Martins Gonzalez Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal. 02/03/2016 COMARCA DE LISBOA COMARCA DE SETÚBAL Fronteira .Inst. faz saber que foi distribuída neste tribunal.º.Sec. Massagens tb aos domingos. Comics All Rights Reserved Reserved. até às 17 horas do dia 15 de Março de 2016. este perderá o sinal já entregue e atrás referido.º 439. N/ Referência: 344431046 COMARCA DE PORTALEGRE Público.ª Rita Silva Viegas A Oficial de Justiça Fátima Grácio Público. com o valor-base de € 40. 02/03/2016 A Juíza de Direito Dr. descrito na Conservatória do Registo Predial de São Brás de Alportel com o n. 1536.Secção Cível .ª Sec. 1900209 LISBOA. body to body.3T8BRR”. N/ Referência: 344479267 N/ Referência: 80663190 Lisboa.º 14311. morada. de 22 de janeiro. inscrito na matriz da freguesia de São Brás de Alportel inscrito na matriz sob o artigo 2456.8T8ALM Almada . para um lugar de Assistente Operacional (Coveiro) Nos termos e para os efeitos do disposto no art. CINEMA E BANDA DESENHADA Colecção de 15 títulos.000.Secção Cível . a ação de Interdição / Inabilitação em que É requerido António Júlio Rocha Fragata.Secção Cível . Lt. 17-02-2016. com residência em domicílio: Residência para a Terceira Idade.J1 Processo: 98/16. a ação de Interdição / Inabilitação em que é requerida Ludovina da Conceição Marteleira. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. Miguel Domingos Condeça Ramalho A Juíza de Direito Dr.Inst. discreta. Comp.º Esq. N/ Referência: 344605854 Almada. Lisboa.90€. deverão ser acompanhadas de um cheque/caução de 5% do valor proposto.º.R/c Esq. nomeadamente exercício do direito de remissão ou de preferência.000.PUBLICO.00 Verba DOIS: Prédio Rústico. 02/03/2016 .º 33.T9A. Local . Gen. 2975313 Quinta do Conde 2.ª Cláudia Pedro Loureiro O Oficial de Justiça Nuno Miguel Marques S.0T8SSB Almada .º 39 A.2.J1 de Barreiro Almada . A Juíza de Direito Dr. Almada. a ação de Interdição / Inabilitação em que é requerido João Bernardo de Sousa Franco Marques dos Carvalhos.J8 Processo: 3832/16. com residência em domicílio: Casa de Repouso Santa Sofia. 12-02-2016. Nome/Localização Pedreira.3T8BRR na Comarca de Lisboa. peito grande. 18-02-2016. Central . . torna-se público que aceitamos inscrições no prazo de 10 dias úteis. Doca de Alcântara Norte. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. 2820-266 Charneca de Caparica.º.Inst.3. 02/03/2016 A Juíza de Direito Dr. Berna. N.J1 Processo: 1370/16. Manuel Espírito Santo. indicação de telefone e/ou email de contacto e valor oferecido por extenso. Rua Helena Félix. meiga. n. Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerida: Benta Ofélia da Palma Marques Faz-se saber que foi distriblÚda neste tribunal. Administrador de Insolvência proceder-se-á à venda através de proposta por carta fechada.J1 Processo: 40/16. Bloco 5 .4T8LSB Sesimbra . para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. Lisboa. 2975-276 Quinta do Conde. Nome/Localização Fonte Maria. livres de ónus e encargos. 02/03/2016 MAIS INFORMAÇÕES: loja. com o valor-base de € 218.COM Sinta-se bem connosco. N/ Referência: 80693272 N/ Referência: 344429611 Sesimbra. dos bens que a seguir se identificam: Verba UM: Lote de terreno para construção sito em Vasa Borracha.00 Verba TRÊS: Prédio Rústico.: 918 047 446 CENTRO 10 MASSAGISTAS Prof.º 5 .Inst. Local . Local .MASSGT.

Nos Autos acima identificados.Secção do Comércio . e do cartão de identificação fiscal. dos bens apreendidos no âmbito do processo acima identificado e que constam da relação de bens integrados na massa insolvente que abaixo se descreve.º 1790. no montante correspondente a 20% do valor ofertado. Eleições dos Órgãos Sociais para o biénio 2016/2018.º andar esquerdo do prédio urbano sito na Rua Serpa Pinto. bem como.45h.º 164.Meação do prédio urbano sito na Rua Ilha da Graciosa.SECÇÃO COMÉRCIO .Veículo de marca Kia. sendo da responsabilidade do(s) proponente(s) comprador(es) todos os custos inerentes à compra. 2) Nos termos do Art. na modalidade de proposta em carta fechada.º 164. do ano de 2001. nos termos das disposições legais. até ao dia 15 de Março de 2016. descrito na Conservatória do Registo Predial de Sesimbra sob o n. procede-se à venda por negociação particular.º 2 do art.º 1. CENTRAL . pelo fax 213510889 ou pelo e-mail: jcaetanomarques@gmail. em carta registada. dirigida ao Administrador de Insolvência Dr. do ano de 1996.I. apenas poderão votar os sócios com pelo menos três meses de antiguidade e as quotas em dia. nos termos do Art. e Aurora Maria de Sousa Bento Guedes Quinhones Nos Autos acima identificados. e do cartão de identificação fiscal. Vicente). O imóvel à venda pode ser visto pelos interessados. 4000188 Porto devendo conter a identificação completa do proponente comprador. 1 de março de 2016. Ala B atual Rua Maria Augusta Botelho. 02/03/2016 ANÚNCIO VENDA EXTRAJUDICIAL POR CARTA FECHADA José Eugénio Gayoso Pinto Pais.SEC. livre de ónus ou encargos.Insolventes: Maria José Nobre da Silva e Paulo Leonel Henriques da Silva ANÚNCIO VENDA EXTRAJUDICIAL POR CARTA FECHADA José Eugénio Gayoso Pinto Pais. dos Estatutos. n. 6) No envelope deverá constar “Proposta Processo N.SEC. Rua Coutinho de Azevedo 210.Email: jcaetanomarques@gmail. Valor-base 47. 5) Sobre os imóveis será pago a título de sinal. nomeadamente os impostos respetivos.º 1278 e inscrito na matriz predial respectiva sob o artigo 9388 com o valor mínimo de venda de € 36. 7) Tel: 255755301 .ª cave. referente ao ano de 2015. Se à hora marcada para o início dos trabalhos não se encontrar presente o número de Sócios previsto no Art.ª a 30.º 2 do art. Concelho de Sesimbra.Veículo de marca Volkswagen. 4000-188 Porto devendo conter a identificação completa do proponente comprador.º 3948/12.Insolvência de: Hélder Josué Carvalho Maia Machado Carminé e Ana Lúcia de Barros Guarita . 02/03/2016 SINTRA . Valor-base 2.º 7.º 427 e inscrito na matriz sob o art. As propostas devem ser acompanhadas de um cheque caução emitido à ordem da Massa Insolvente de Alberto Manuel Soares Ramalho no valor correspondente a 20% do valor da proposta apresentada ou por garantia bancária de valor equivalente.email jegpp@hotmail.º 16. • Verba 1 . estará à disposição na sede. 5) Sobre os imóveis será pago a título de sinal.INST. N.º do processo de insolvência. Valor-base 100. 4) A adjudicação será feita à proposta de maior valor após parecer favorável do Administrador de Insolvência.º 7506 da dita freguesia e inscrito na matriz urbana sob o art. sita na R. apreciação e votação do Relatório e Contas.º 1197/14. F. em carta registada. da freguesia de Braga (S. da dita freguesia. As propostas devem ser enviadas por carta registada até às 17 horas do dia 16 de Março de 2016. e inscrito na respetiva matriz urbana sob o artigo 9271.J1 Processo n. Outros assuntos de interesse geral.º 2 do art.º 164 do CIRE. modelo Carnival.º. • Verba 1 . freguesia de Cacém e concelho de Sintra. acompanhadas de fotocópia do B.com O Administrador de Insolvência José Pinto Pais Público. Ou certidão comercial da empresa. CENTRAL .3T2SNT”. concelho de Braga. em mau estado de conservação. • Verba 1 . José Eugénio Gayoso Pinto Pais.º 897 do CPC. com a matrícula 81-10-JF. em carta registada.000. Lote 1234.JOSÉ LUÍS CAETANO MARQUES CONVOCATÓRIA Ao abrigo do disposto no Art. Poderão ser consideradas propostas de montante inferior ao valor mínimo indicado.º 2 do art. para aprovação da Ata da última Assembleia-Geral. da freguesia de Braga (S. da dita freguesia e inscrito na respetiva matriz urbana sob o artigo 2123. freguesia de Quinta do Conde. os proponentes devem juntar à sua proposta como caução um cheque visado à ordem da Massa Insolvente de Hélder Josué Carvalho Maia Machado Carminé.º 10185/ 14. em segunda convocação.Mem Martins. 02/03/2016 .º 164 do CIRE.200€.Secção do Comércio .PÚBLICO.º 9 . freguesia de Algueirão . em mau estado de conservação.º 2. e do cartão de identificação fiscal.º 8747/14. Rua Coutinho de Azevedo 210. 2) Nos termos do Art.I. em carta registada. 7) Tel: 255755301 . 4000-188 Porto devendo conter a identificação completa do proponente comprador. e do cartão de identificação fiscal. além de afixado na sede da Associação e noutros locais.º 3147/11.4TJPRT e 8747/14.º 427 e inscrito na matriz sob o art. 20% no acto da adjudicação e os restantes 80% no dia da escritura. ou certidão comercial da empresa.email jegpp@hotmail.º 2 alínea a) dos Estatutos. 3) O bem é vendido no estado físico e jurídico em que se encontra. devidamente identificados.J3 117/14 . no qual. QUA 2 MAR 2016 CLASSIFICADOS 31 SETÚBAL .56€.I. alínea a). Pinhal do General. ónus e encargos: Verba Um . • Os Sócios devem fazer-se acompanhar de documento idóneo para efeitos de identificação. a Assembleia-Geral iniciar-se-á trinta minutos após a hora fixada..º 9 . Rua Coutinho de Azevedo 210..º do CIRE. no montante correspondente a 20% do valor ofertado. Naquele mesmo dia e hora no escritório do Administrador Judicial serão abertas as propostas recebidas na presença dos interessados.com O Administrador de Insolvência José Pinto Pais Rua Padre Luís Aparício. telefone e fax do(s) proponente(s). CENTRAL . tendo sido ouvido(s) o(s) credor(es) hipotecário(s) nos termos do n.207. 3) O bem é vendido no estado físico e jurídico em que se encontra.3T2SNT V.Fax: 213 510 889 . 4. os proponentes devem juntar à sua proposta como caução um cheque visado à ordem da Massa Insolvente de Ana Lúcia Martins Cardoso Pereira de Oliveira e Rui Tiago Matos Branco Pereira de Oliveira. ou certidão comercial da empresa.ºs 30. até ao dia 15 de Março de 2016. O envelope deve identificar o n. 1) Os interessados deverão apresentar as suas propostas.1C na localidade de Mafra.INST. dirigida ao Administrador de Insolvência Dr. os proponentes devem juntar à sua proposta como caução um cheque visado à ordem da Massa Insolvente de Maria José Nobre da Silva e Paulo Leonel Henriques da Silva.2. tendo sido ouvido(s) o(s) credor(es) hipotecário(s) nos termos do n. nomeadamente os impostos respetivos.8T8LSB”. • Verba 1 . n. os seus representantes devem fazer-se acompanhar por declaração do sócio.ºs 3147/11.. 6) No envelope deverá constar “Proposta Processo N. em Fernão Ferro. com a matrícula 69-96-SF.º 35 e Rua Professor Luís Gomes n. 3) O bem é vendido no estado físico e jurídico em que se encontra.R/c.º 298.900€.MEM MARTINS Insolvência de “ALBERTO MANUEL SOARES RAMALHO” Proc.º 17. José Eugénio Gayoso Pinto Pais.00h. LOCAL .1/38 da Fração autónoma designada pela letra “A”.º C. COMÉRCIO . Nos Autos acima identificados. 6) No envelope deverá constar “Proposta Processo N. até ao dia 15 de Março de 2016. • Verba 2 . modelo Polo.com O bem a seguir indicado será vendido no estado físico e legal em que se encontra. As propostas devem ser dirigidas ao Administrador Judicial e identificadas com nome.com O Administrador de Insolvência José Pinto Pais Público.8T8LSB Insolventes: Hélder Josué Carvalho Maia Machado Carminé e Ana Lúcia de Barros Guarita ANÚNCIO VENDA EXTRAJUDICIAL POR CARTA FECHADA José Eugénio Gayoso Pinto Pais.º.º 164 do CIRE. tendo sido ouvido(s) o(s) credor(es) hipotecário(s) nos termos do n. 02/03/2016 .º 897 do CPC. a realizar no próximo dia 3 de abril de 2016.J1 Processo n. • Verba 2 . e com a seguinte ordem de trabalhos: 1.6TBSTB”. Valor-base 72.000€).ª Pub. nos termos do Art.Processos n.Prédio urbano designado pela fração “H” correspondente ao R/c do prédio urbano sito na Rua Elias Garcia. n. 5) Sobre os imóveis será pago a título de sinal.º do CIRE. livre de ónus ou encargos. e de todos os que.4T8VFX 010/15 . acompanhadas de fotocópia do B. pelas 09.Andar de 4 assoalhadas designado pela fração “M” correspondente ao 3.8TBOER da Comarca de Lisboa Oeste . livre de ónus ou encargos. 3. 2) Nos termos do Art. descrito na Conservatória do Registo Predial de Agualva-Cacém sob o n. Notas: • A lista ou listas concorrentes às eleições. Vicente). descrito na Conservatória do Registo Predial de Mafra sob o n.4T8VFX”. 2) Nos termos do Art.J5 Propostas em carta fechada O Administrador Judicial vai proceder à venda. 5) Sobre os imóveis será pago a título de sinal. foi declarada a insolvência de ALBERTO MANUEL SOARES RAMALHO. ou certidão comercial da empresa.4TJPRT Processo n. ou recepcionadas até esse dia e hora no escritório do Administrador Judicial na Rua Padre Luís Aparício n. 1) Os interessados deverão apresentar as suas propostas. • De acordo com o Art.6TBSTB ASSOCIAÇÃO DE PROPRIETÁRIOS DE PINHAL DE FREIRAS E QUINTA DA LOBATEIRA 036/12 . Caso existam propostas de igual valor para o mesmo imóvel será aberta licitação entre os proponentes na data da abertura das propostas. nas instalações da “Quinta da Valenciana”.Insolvente: Andreia Bianca Cordeiro da Silva ANÚNCIO VENDA EXTRAJUDICIAL POR CARTA FECHADA José Eugénio Gayoso Pinto Pais. SINTRA . COMÉRCIO . na localidade de Agualva-Cacém.00€.email jegpp@hotmail.com Público.º. dentro do horário de atendimento (Sábados das 16h-18h). concelho de Braga.2. 1) Os interessados deverão apresentar as suas propostas. descrito na Conservatória do Registo Predial de Sintra sob o n. • Verba 2 . endereço. sito na Rua da Fonte do Mundo. Fernão Ferro. Lote 18.º 164. 1150-248 LISBOA Tel. NIF/NIPC.SECÇÃO CÍVEL . 6) As porpostas deverão ter a indicação na frente “Proposta de compra por carta fechada . Leitura. freguesia e concelho de Mafra. descrito na 2. Os cheques e/ou as garantias serão devolvidas caso a proposta não seja aceite. com o NIF 198685106. do bem imóvel constante no auto de arrolamento e apreensão. 4) A adjudicação será feita à proposta de maior valor após parecer favorável do Administrador de Insolvência. Na impossibilidade de estarem presentes. designada pela letra “L”. Nos Autos acima identificados. acompanhadas de fotocópia do B.INST. Leitura. • A sessão. nos termos do Art.Sintra Instância Central . procede-se à venda por negociação particular. para habitação. e respetivo Parecer do Conselho Fiscal. nos termos do Art.email jegpp@hotmail. n. dirigida ao Administrador de Insolvência Dr. terminarão às 12. 02/03/2016 VENDA DE APARTAMENTO ALGUEIRÃO .J5. descrito na 2. tendo sido ouvido(s) o(s) credor(es) hipotecário(s) nos termos do n. nomeadamente os impostos respetivos.º 124 .2. 7) Tel: 255755301 .J2 Público.º 10185/14. são convocados os Senhores Associados para uma Assembleia-Geral Ordinária. Rua Coutinho de Azevedo 210. no montante correspondente a 20% do valor ofertado.Fração autónoma designada pelas letras “AH”. mediante marcação prévia para o telefone 213510880.Insolventes: Ana Lúcia Martins Cardoso Pereira de Oliveira e Rui Tiago Matos Branco Pereira de Oliveira Processo n.º 1347/14. 7) Dia da visita por marcação Tel: 255755301 . O Regulamento eleitoral. Ala B .Fracção autónoma.º 897 do CPC.º 3948/12. Tapada das Mercês. da EDP. 1150-248 Lisboa. junto ao Proc. deverão ser apresentadas ao Presidente da Mesa da Assembleia-Geral até ao dia 26 de março de 2016. livre de ónus ou encargos. N.I. com qualquer número de sócios. e consequente votação. 4) A adjudicação será feita à proposta de maior valor após parecer favorável do Administrador de Insolvência. 2. os proponentes devem juntar à sua proposta como caução um cheque visado à ordem da Massa Insolvente de Andreia Bianca Cordeiro da Silva.com O Administrador de Insolvência José Pinto Pais Público. José Eugénio Gayoso Pinto Pais. n.00 (trinta e seis mil e setecentos e oitenta e oito euros). 20% no acto da adjudicação e os restantes 80% no dia da escritura. DE XIRA .º do CIRE.8TBOER da Comarca de Lisboa Oeste . 20% no ato da adjudicação e os restantes 80% no dia da escritura. 20% no ato da adjudicação e os restantes 80% no dia da escritura. no montante correspondente a 20% do valor ofertado. José Eugénio Gayoso Pinto Pais.º 1347/14.ª Conservatória do Registo Predial de Braga sob o n. 1) Os interessados deverão apresentar as suas propostas. 4) A adjudicação será feita à proposta de maior valor após parecer favorável do Administrador de Insolvência. O Presidente da Assembleia-Geral Amadeu Guerra PORTO .º 1197/14.º 1790.º Dt. 3) O bem é vendido no estado físico e jurídico em que se encontra. sendo o bem adjudicado à melhor proposta que exceda o valor mínimo adiante indicado.: 213 510 880 . O Administrador Judicial .Instância Central .. do prédio urbano sito na Rua Almada Negreiros n. dos bens apreendidos no âmbito do processo acima identificado e que constam da relação de bens integrados na massa insolvente que abaixo se descreve. livre de pessoas. 4000-188 Porto devendo conter a identificação completa do proponente comprador. concelho de Sintra.INST.Sintra . LOCAL .º Dt. dirigida ao Administrador de Insolvência Dr.º 6291. nomeadamente os impostos respetivos. acompanhadas de fotocópia do B.º 164. sendo da responsabilidade do(s) proponente(s) comprador(es) todos os custos inerentes à compra.SECÇÃO CÍVEL .INST.J7 Processo n.ª Conservatória do Registo Predial de Braga sob o n. procede-se à venda por negociação particular. sendo da responsabilidade do(s) proponente(s) comprador(es) todos os custos inerentes à compra.º do CIRE.º 897 do CPC. dos bens apreendidos no âmbito do processo acima identificado e que constam da relação de bens integrados na massa insolvente que abaixo se descreve. procedese à venda por negociação particular.º. correspondente ao primeiro andar direito.º. sendo da responsabilidade do(s) proponente(s) comprador(es) todos os custos inerentes à compra.º 18186 (valor-base 100. arrecadação na 1. dos bens apreendidos no âmbito do processo acima identificado e que constam da relação de bens integrados na massa insolvente que abaixo se descreve.º 164 do CIRE. até ao dia 15 de Março de 2016.788. sito na Rua da Fonte do Mundo. possam exercer o direito de preferência ou remição.

valor oferecido por extenso e o envelope no exterior deve identificar o nome e processo.2016 pelas 17h no escritório da Administradora de Insolvência.5T8LSB Lisboa .1. O envelope deve identificar os n.8T8LSB Sesimbra . Local .00 (quinhentos e trinta e oito mil cento e noventa euros). Beja (Santa Maria da Feira).º 32.º 29823/11. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.”. 1150-248 Lisboa.1T8LSB na Comarca de Lisboa.º. Central . n.Sec. N/ Referência: 80693124 Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerido: Alfredo Xavier Franco Bélico de Velasco Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal.J3 Processo: 4180/16. Ao valor da venda é acrescido a comissão de 5% e respectivo IVA referente aos serviços prestados pela Leiloeira do Lena. 4460-322 SRA DA HORA.Inst. 2975-390 Quinta do Conde. A Juíza de Direito Dr.J8 Faz saber que correm éditos de 20 dias para citação dos credores desconhecidos da herança de Eduardo Pinheiro Rodrigues. sendo o bem adjudicado à melhor proposta que exceda o valor mínimo adiante indicado.Secção Cível .2.2870-239 Montijo 4 . 103/12. 2 . Charneca da Caparica inscrito na matriz da União das Freguesias de Charneca e Caparica e Sobreda sob o artigo 20054. Martinho . filha de Joaquim Piteira Júnior e de Maria Rosa. Planalto 2415-395 LEIRIA Siga-nos no facebook E-mail: geral@leiloeiradolena. Tomás Gonçalves Ferreira Barahona Núncio A Oficial de Justiça Inês Maria dos Santos Pereira Público.º 67. uma varanda. Fracção C . Lda. uma varanda. filho de António Acácio Ferreira e de Alice Gabriela da Silva Braga Ferreira. morada.Inst.º andar direito . 23-02-2016.Inst. BI . representante. ou recepcionadas até esse dia e hora no escritório do Administrador Judicial na Rua Padre Luís Aparício n. Local .ª Capitolina Fernandes Rosa A Oficial de Justiça Luísa da Conceição Estriga Liquidação Herança Vaga em Benefício Estado A Mm. 6 – A aceitação ou não aceitação da proposta será comunicada ao proponente de maior valor no prazo máximo de 30 dias após a abertura de propostas 7 .A escritura notarial será efectuada em data e hora a avisar ao comprador com a antecedência mínima de 15 dias. R/C Esq. Pedro Ortins de Bettencourt. a venda for considerada sem efeito. até às 17 horas do dia 15 de Março de 2016.ª Cláudia Pedro Loureiro. 3 .com Público. Local . Charneca da Caparica inscrito na matriz da União das Freguesias de Charneca e Caparica e Sobreda sob o artigo 20052.3 div.000.2. Lda.º .Secção Cível . Lote 3177.00 Verba SEIS: Fracção “B” do prédio sito na Rua Ramalho Ortigão n. N/ Referência: 344644562 Lisboa. Poderão ser consideradas propostas de montante inferior ao valor mínimo indicado.aj@gmail. com última morada em vida na Rua Antero de Quental.com O bem a seguir indicado será vendido no estado físico e legal em que se encontra.6T8LSB Lisboa . destinado a comércio ou indústria.Os envelopes contendo as propostas deverão ter a indicação na frente “Proposta de compra por carta fechada – Insolvência de Construções Marinheira e Filhos.º 25911/11. ónus e encargos: IDENTIFICAÇÃO DO IMÓVEL Prédio urbano sito na Rua das Fontes n. descrito na 2. concelho de Alenquer.º 1351 com o valor-base de € 162. Local .Habitação .pob. uma arrecadação na sub-cave e dois lugares de estacionamento na cave Fracção F . varanda.º Dt.Secção do Comércio Propostas em carta fechada Propostas em carta fechada O Administrador Judicial vai proceder à venda.º 14219.Lisboa.ª Conservatória do Registo Predial de Almada com o n. e desde que exista mais do que um proponente. Botequim. Local .º 137.º 9 . Lisboa. QUA 2 MAR 2016 COMARCA DE LISBOA OESTE COMARCA DE LISBOA COMARCA DE LISBOA COMARCA DE SETÚBAL COMARCA DE LISBOA COMARCA DE LISBOA COMARCA DE LISBOA Insolvência de “Construções Marinheira e Filhos.º 3913 e inscrito na matriz predial urbana sob os artigos 3334 e 3345.º 14221. natural da freguesia e concelho de Redondo. assoalhadas. Fracção D .º Dt.ª Juíza de Direito Dr.Inst.9TBETZ . . assoalhadas. e ser enviadas para o Administrador de Insolvência: Dr.Secção Cível .º 1349 com o valorbase de € 110. descrito na 2.º . uma arrecadação na subcave e um lugar de estacionamento na cave.Fax: 213 510 889 Email: jcaetanomarques@gmail.Inst. Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Incapaz: Ilda Fortunata Cordeiro Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal a ação de Interdição / Inabilitação em que é requerida Ilda Fortunata Cordeiro.º 1141-B.ª Milene Bolas Prudente O Oficial de Justiça Luís Salvado Público. com residência em domicílio: Rua Sargento Armando Monteiro Ferreira. Fidelino Figueiredo.2016 às 17h no escritório da Administradora de Insolvência. O envelope deve identificar os n.4T2SNT da Comarca de Lisboa Oeste-Sintra-Inst. Valor mínimo: 30. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. NIF . Rua Padre Luís Aparício n. decisão de Comissão de Credores ou decisão judicial. no qual foi declarada a insolvência de M VASSAL & FILHOS LDA.000. 19-02-2016.Habitação . telefone e fax do(s) proponente(s). Valor mínimo: 192. n.4 div. 9 de Abril.1T8LSB”.” Sintra . N/ Referência: 344546965 Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerido: Mateus Maria Sobral Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal. a ação de Interdição / Inabilitação em que é requerido Alfredo Xavier Franco Bélico de Velasco.00 Verba SETE: Prédio Rústico sito na Regateira.º andar direito . r/c Dt. uma varanda. Sala AA .000. valor da nossa comissão e o respectivo IVA.Secção Cível . devidamente identificados. telefone e fax do(s) proponente(s). 02/03/2016 Sesimbra. Naquele mesmo dia e hora no escritório do Administrador Judicial serão abertas as propostas recebidas na presença dos interessados. A Juíza de Direito Dr. Os bens à venda podem ser vistos pelos interessados. descrito na 2. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.241071003. uma varanda.ª Cláudia Pedro Loureiro O Escrivão-Adjunto Nuno Miguel Marques S. Central .Habitação . com o valor-base de € 257.Se por motivos alheios à vontade do Administrador de Insolvência. A adjudicação será feita à proposta de maior valor e após parecer favorável da Administradora da Insolvência. 9 .leiloeiradolena. descrito na Conservatória do Registo Predial de Almada com o n. descrito na CRP de Sobral de Monte Agraço da freguesia de Sapataria e concelho de Sobral de Monte Agraço sob o n. junto ao Proc.000. Central.º 9 . findo o dos éditos.00€.º 19657/15. Fracção E .º 32 . as quantias recebidas serão devolvidas em singelo. descrito na 2. As propostas serão abertas no dia 07. N/ Referência: 344587883 Lisboa.2. Lote 77 . Central . 1150-248 LISBOA Tel: 213 510 880 . mediante marcação prévia para o telefone 213510880.115.ºs dos processos de insolvência. 02/03/2016 O Juiz de Direito Dr. livres de ónus e encargos. 02/03/2016 .ª Francisca Maria Prazeres Martins Pires Preto O Oficial de Justiça Valdemar Fernandes Público. As propostas devem ser dirigidas ao Administrador Judicial e identificadas com nome. As propostas devem ser enviadas por carta registada até às 17 horas do dia 21 de Março de 2016..2. filho de Abel Armando Franco Bélico de Velasco e de Maria do Carmo Meneses e Bélico de Velasco.J1 Processo: 4135/16. com residência na Rua dos Lusíadas.Sobral Monte Agraço ALENQUER Insolvência de “M VASSAL & FILHOS LDA. Local . Comp. Será pago como sinal 20% no acto da adjudicação do imóvel e os restantes 80% no dia da escritura. com apresentação de propostas em carta fechada.7T8LSB Processo n.FRUTAS E PRODUTOS HORTÍCOLAS. possam exercer o direito de preferência ou remição.Habitação . 8.190.º. O imóvel tem as áreas de 1. uma arrecadação na subcave e um lugar de estacionamento na cave.4. descrito na 2.R/C Esquerdo . Regateira. nascido a 1-10-1968. 1800-329 Lisboa. inscrito na matriz da União das Freguesias de Charneca e Caparica e Sobreda sob o artigo 75 Secção T. livre de pessoas.º 9.º 9 – 2.Habitação . este perderá o sinal já entregue e atrás referido. fax e email). Fracção B . 1950-071 Lisboa.14182945. no valor correspondente a 20% do valor da proposta apresentada ou por garantia bancária de valor equivalente. Naquele mesmo dia e hora no escritório do Administrador Judicial serão abertas as propostas recebidas na presença dos interessados.32 CLASSIFICADOS PÚBLICO. com o NIF: 507781937 As propostas devem ser dirigidas ao Administrador Judicial e identificadas com nome. A Juíza de Direito Dr.3 div.4 div. Praceta Aldegalega. três casas de banho. sótão com uma instalação sanitária. Rua Av. n. Esq. 02/03/2016 N/ Referência: 344584005 Público. r/c. Administradora da Insolvência.com Público. A Juíza de Direito Dr. AVENIDA DAS ÍNDIAS (PISO 0. 27-01-2016. Proc. sendo o bem adjudicado à melhor proposta que exceda o valor mínimo adiante indicado.ª Conservatória do Registo Predial de Almada com o n. número de contribuinte. 02/03/2016 N/ Referência: 96692257 Sintra. dos bens que a seguir se identificam: Verba UM: Prédio sito na Regateira.º A. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.º.0T8LSB Lisboa . possam exercer o direito de preferência ou remição. que foi declarada vaga para o Estado. e CRP de Beja sob o n. nos termos das disposições legais. com a área total de terreno de 620m2.º Esq.º contribuinte.º. Olivais Norte.03.ª Juíza de Direito faz saber que foi distribuída neste tribunal uma ação de Interdição / Inabilitação em que é requerida Mariana Genoveva Piteira. n.com .3T2SNT da Comarca de Lisboa Oeste .Inst. Botequim. com a seguinte composição: Edifício de subcave. As propostas terão de conter: Identificação do proponente (nome ou denominação social.ºs dos processos de insolvência. Os interessados deverão remeter sob pena de anulação as propostas em mão até ao dia 07. em caso de pessoa colectiva. com propostas válidas de igual valor. REGULAMENTO 1.ª Conservatória do Registo Predial de Almada com o n.º Urb. freguesia de Santo Estêvão.Fax: 213 510 889 Email: jcaetanomarques@gmail.2.Inst. 1950-071 Lisboa.A abertura das propostas será efectuada imediatamente após a hora indicada no número anterior. assoalhadas.1. A proposta tem de vir acompanhada de cheque de 20% de sinal.J8 Processo: 6869/15.J1 Processo: 97/16.” Proc.º 25911/11. 5. 02/03/2016 Público. assoalhadas. Os cheques e/ou as garantias serão devolvidas caso a proposta não seja aceite. com o valor-base de € 175.º 14228.Sintra .2. assoalhadas. 19657/15. 3. Charneca da Caparica inscrito na matriz da União das Freguesias de Charneca e Caparica e Sobreda sob o artigo 20055. e de todos os que. residente em regime de internamento permanente. vamos proceder à venda extrajudicial. com o valor-base de € 400.Edifício Avenidas. Charneca da Caparica inscrito na matriz da União das Freguesias de Charneca e Caparica e Sobreda sob o artigo 161. uma arrecadação na subcave e um lugar de estacionamento na cave.1. N.2. Dra. com o NIF 503574198.Secção Cível . NIF/ NIPC. Os bens são vendidos no estado físico e jurídico em que se encontram. os mesmos estão convidados a comparecer pessoalmente ou representados no dia da abertura das propostas acima indicado para licitarem entre si.Secção Cível . sótão com uma instalação sanitária. à ordem da massa insolvente. 2745-154 Queluz. endereço. Administrador Judicial .3 div. António Domingues dos Santos. Os cheques e/ou as garantias serão devolvidas caso a proposta não seja aceite.R/C Direito .105. um refeitório. Passei o presente e outro de igual teor para serem afixados.ª Conservatória do Registo Predial de Almada com o n. Rua Direita de Marvila.ª Conservatória do Registo Predial de Almada com o n. pelo fax 213510889 ou pelo e-mail: jcaetanomarques@gmail.Santa Maria da Feira). As propostas devem ser enviadas por carta registada até às 16 horas do dia 21 de Março de 2016. 18-02-2016. Botequim.03. um armazém e logradouro e por um primeiro andar com quatro escritórios.Os imóveis serão vendidos no estado físico e jurídico em que se encontram. dos bens a seguir identificados: BENS IMÓVEIS Verba 1: Fracção autónoma designada pela letra “B” do prédio urbano sito em AV. 4.º 1350 com o valorbase de € 58. Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerida: Mariana Genoveva Piteira A Mm. 22-02-2016. Gen.00 (Um milhão cento e quinze mil euros). R/c.com Site: www. indicação de telefone e/ou email de contacto e valor oferecido por extenso. Caso existam propostas de igual valor para o mesmo imóvel será aberta licitação entre os proponentes na data da abertura das propostas.º 25-A (Freguesia Beja . no valor correspondente a 20% do valor da proposta apresentada ou por garantia bancária de valor equivalente. telefone. descrito na CRP de Alenquer sob o n.com Público. 7. nomeadamente exercício do direito de remissão ou de preferência. composto pelas fracções: Fracção A .º 9. 1150-248 LISBOA Tel: 213 510 880 .com O bem a seguir indicado será vendido no estado físico e legal em que se encontra. sito na Rua da Paz. Barreiro .528 m2 de superfície coberta e de 1. Botequim. JUNTO À PRAÇA CENTRAL) HORÁRIO: 2. uma varanda.Se não for possível realizar a escritura na data fixada. n.ª Pub.Inst. n.As propostas deverão conter: nome ou denominação do proponente.J20 Processo: 4140/16. cave.00 Verba QUATRO: Prédio sito na Quinta da Regateira. do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Inst.Inst. 02/03/2016 . na modalidade de proposta em carta fechada. descrito na 2. 5 . correspondente a R/c para armazém e escritório. uma arrecadação na subcave e um lugar de estacionamento na cave. assoalhadas.º andar esquerdo .800. Estremoz. que se começará a contar da data da segunda e última publicação do anúncio. N. nos termos das disposições legais.º 29823/11. Santa Maria. 1600-763 Lisboa. do bem imóvel constante no auto de arrolamento e apreensão.32ª.Secção do Comércio. 2.4 div. Caso existam propostas de igual valor para o mesmo imóvel será aberta licitação entre os proponentes na data da abertura das propostas. N. 1.2. As propostas devem ser acompanhadas de um cheque caução emitido à ordem da Massa Insolvente de M VASSAL & FILHOS LDA. LDA.º 68. uma casa de banho e uma varanda. As propostas devem ser acompanhadas de um cheque caução emitido à ordem da Massa Insolvente de REFRESCART UNIPESSOAL LDA.302 m2 de superfície descoberta com o valor mínimo de venda de € 1.JOSÉ LUÍS CAETANO MARQUES Rua Padre Luís Aparício n. dos bens imóveis constantes no auto de arrolamento e apreensão.00 Verba DOIS: Prédio sito na Regateira.3T2SNT da Comarca de Lisboa Oeste Sintra . Poderão ser consideradas propostas de montante inferior ao valor mínimo indicado.1.º andar esquerdo .Habitação .ª Susana Achemann A Oficial de Justiça Dulce Sabino Público. NIF/NIPC. n. Sra.ª FEIRA – DOMINGO: 10H – 24H INFO: 210 111 010 Por determinação do Exmo.J3 de Barreiro ANÚNCIO ANÚNCIO ANÚNCIO ANÚNCIO ANÚNCIO ANÚNCIO ANÚNCIO Interdição Requerente: Ministério Público Requerido: António Pedro Braga Ferreira Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal.00 Verba CINCO: Prédio sito na Quinta da Regateira. ou recepcionadas até esse dia e hora no escritório do Administrador Judicial na Rua Padre Luís Aparício n. n.J15 Processo: 4136/16.00 REGULAMENTO: 1 .000. sendo da responsabilidade do comprador todos os custos relacionados com a venda. pagos com a adjudicação.º Esq.º.Secção Cível . Administrador Judicial . para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.J3 Processo: 3526/16. mediante marcação prévia para o telefone 213510880. para reclamarem o pagamento dos respetivos créditos pelo produto de tais bens. nascida em 23-11-1941.Secção do Comércio Proc.ª Conservatória do Registo Predial de Almada com o n. a ação de Interdição em que é requerido António Pedro Braga Ferreira. com residência em domicílio: Mansão Santa Maria de Marvila.º Dt. 02/03/2016 CENTRO COMERCIAL COLOMBO VENDA .º e 2. A Juíza de Direito Dr. 1150-248 Lisboa. N/ Referência: 343710104 Lisboa. Rua Direita de Marvila.1T8SSB Lisboa .000.º 9 . Central .700. uma arrecadação na subcave e dois lugares de estacionamento na cave. Marco Oliveira Águas O Escrivão-Adjunto Frederico Duarte Louro Público.Os bens à venda podem ser vistos pelos interessados.” Insolvência de “REFRESCART UNIPESSOAL LDA. com o valor-base de € 400. 02/03/2016 Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerida: Idalina de Sousa Rebelo Faz-se saber que foi distribuída neste Tribunal a ação de Interdição / Inabilitação em que é Requerida Idalina de Sousa Rebelo. na Mansão Santa Maria de Marvila.Secção Única .º Dt. – Proc.Inst. Verba 2: Fracção autónoma designada pela letra “A” do prédio urbano sito na Rua General Teófilo da Trindade.º 2091 e inscrito na matriz predial urbana sob o artigo 2174. Matriz 2584-B de Estremoz (Santa Maria) e CRP de Estremoz sob o n. pelo fax 213510889 ou pelo e-mail: jcaetanomarques@gmail.º andares e sótão e logradouro.00€. 8 . para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.Tribunal Judicial de Estremoz Por determinação da Exma.º 9 . Esclarecimentos adicionais poderão ser prestados pelo Administrador de Insolvência.ª Sec. 23-02-2016. com residência no Lar “Cantinho da Esperança”. Lisboa. livre de pessoas. nascido a 03-01-1929.º 14220. na modalidade de proposta em carta fechada. Administrador de Insolvência proceder-se-á à venda através de proposta por carta fechada. N. no prazo de 15 dias.000.ª Pub. Charneca da Caparica inscrito na matriz da União das Freguesias de Charneca e Caparica e Sobreda sob o artigo 175. a ação de Interdição em que é requerido Mateus Maria Sobral. Charneca da Caparica. n. 02/03/2016 O Juiz de Direito Dr.º. recebidas. Catarré Público. O valor mínimo de venda da totalidade do imóvel é de € 538. ónus e encargos IDENTIFICAÇÃO DO IMÓVEL Prédio urbano.JOSÉ LUÍS CAETANO MARQUES O Administrador Judicial vai proceder à venda. Comércio . no qual foi declarada a insolvência de “REFRESCART UNIPESSOAL LDA. através do endereço de correio electrónico: pob. INFORMAÇÕES: tel: 244 822 230 / fax: 244 822 170 Rua do Vale Sepal Lote 36.0T8SNT Lisboa .Secção do Comércio. morada. Matriz 1642-A da União de Freguesias de Beja (Salvador e Santa Maria da Feira). 02/03/2016 CARTA FECHADA INSOLVÊNCIA DE MARTINS & SANTOS (ALENTEJO) . devidamente identificados.00 Verba TRÊS: Prédio sito na Quinta da Regateira. composto por rés-dochão com um escritório. endereço. junto ao Proc. 6. por razões inerentes ao comprador. correspondente a cave destinada a armazém.Serão consideradas as propostas de valor não inferior a 85% dos supra-indicados. 32. Local . e de todos os que. deverão ser acompanhadas de um cheque/caução de 5% do valor proposto.º 21. em envelope fechado. 23-02-2016.INSTALAÇÕES FABRIS PRÉDIO EM CONSTRUÇÃO Barris S. inscrito na matriz da União das Freguesias de Charneca e Caparica e Sobreda sob o artigo 21353. Local . com residência em domicílio: Rua Prof.4T2SNT da Comarca de Lisboa Oeste Sintra-Inst.

Método de Seleção: Avaliação curricular.5T8SNT”. 15816/15. co-financiado pelo FEDER. até às 17 horas do dia 15 de Março de 2016. em função da aplicação do método da Avaliação Curricular. fica convocada a Assembleia Geral. 236 219 469 .ANARP. 24-02-2016. A Juíza de Direito Dr. Lote 1.J1 de Sintra Por determinação do Exmo. deverão ser acompanhadas de um cheque/ caução de 5% do valor proposto.E-mail: geral.E-mail: geral.Enf.unl. N/ Referência: 25163578 Vila Viçosa. recebidas. da experiência profissional e formação específica relevante para o desempenho das funções acima referidas. 2910-446 Setúbal.6T8VVC CONVOCATÓRIA ANÚNCIO Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerido: Daniel Filipe de Sousa Rebola Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal a ação de Interdição / Inabilitação. podendo deliberar com qualquer número de elementos. inscrito na matriz da Freguesia de Milharado sob o artigo 5728. com residência em domicílio: Associação Almadense Rumo ao Futuro. de Ceuta Norte.: 21 361 04 60/8 . Regime de Trabalho: 40 horas semanais em regime de turnos Remuneração mensal ilíquida: 1201. datado e assinado.J1 Processo: 10/16. ainda. Bauhofer Público. número de contribuinte.pob.Tel. no âmbito do financiamento da FCT/MCTES para as novas Unidades de I & D.00 horas.º Vogal Suplente . entrada n.º 10.º Esquerdo em Lisboa. natural de Ixelles.º 13.ª Hortense Marques O Oficial de Justiça João José de Moura Baptista Público.org • Delegação Norte: Centro de Dia “Memória de Mim” .º 4 – 3. tendo por base a análise das habilitações literárias. Comunicações e Segurança. A ALZHEIMER PORTUGAL apoia as Pessoas com Demência e as suas Famílias através de uma equipa multidisciplinar de profissionais. Lote 15.º 15816/15. Sintra . 8 .º 42. na rua Coronel Almeida Valente. para a constituição de uma Bolsa de Recrutamento de Enfermeiros (M/F). Lisboa. Especialista Susana Isabel Dias Ribeiro 1. os seguintes documentos: • Formulário de candidatura (em anexo e disponibilizado no Site do CHS). para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. com o valor-base de € 104. Constituição do Júri: Presidente do Júri . contendo toda a documentação referida e a indicação da referência do anúncio. em operação e parametrização dos Sistemas de Gestão Técnica Centralizada.º 21.Enf. Central . face e verso. Administrador de Insolvência procederse-á à venda através de proposta por carta fechada. Comp. sito na Rua Professor Agostinho da Silva. para desempenhar funções inerentes ao conteúdo funcional da categoria de enfermeiro.aveiro@alzheimeportugal.As propostas deverão conter: nome ou denominação do proponente. Centros de Dia.Os imóveis serão vendidos no estado físico e jurídico em que se encontram.Secção Cível .J1 Processo: 12826/15.º 256 .E-mail: geral. com início às 15. obrigatoriamente. nomeadamente exercício do direito de remissão ou de preferência.Se por motivos alheios à vontade do Administrador de Insolvência. no Centro de “Empowerment” da ANARP. Especialista Isabel Maria Melgueira Batista Ramos da Silva Martins 1. Estrutural e Celular ((MOSTMICRO MOSTMICRO. 29 de Fevereiro de 2016 O 1. nomeadamente nas duas unidades coordenadas pelo ITQB NOVA.org pela ALZHEIMER PORTUGAL incluem Informação sobre a doença. sendo da responsabilidade do comprador todos os custos relacionados com a venda. QUA 2 MAR 2016 CLASSIFICADOS 33 COMARCA DE ÉVORA Vila Viçosa .publico. por razões inerentes ao comprador. EPE – Serviço de Expediente Rua Camilo Castelo Branco.pt | 210 111 010 Ao abrigo do disposto no n. 02/03/2016 Insolvência de “Herança Aberta Por Óbito de Orlando António dos Santos Duarte de Oliveira” Processo n.º 47A R/C. Porto.E-mail: casadoalecrim@alzheimerportugal. 01 de março de 2016 O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral Álvaro Mendes Pires Cerdeira UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA INSTITUTO DE TECNOLOGIA QUÍMICA E BIOLÓGICA ANTÓNIO XAVIER Concurso ref. a ação de lnterdição / lnabilitação em que é requerido Maria Manuel Ferreira Félix. ref.ª UID/CBQ/04612/2013) e Biorrecursos para a Sustentabilidade (GREEN-IT GREEN-IT. iii) prova das habilitações académicas e profissionais requeridas bem como das certificações específicas adquiridas. em segunda convocatória.5T8SNT na Comarca de Lisboa Oeste. bem como não apresentem todos os documentos supracitados. filha de João Jacinto Rosa Conceição e de Mariana Rosa Tripa Coelho.Quinta do Loureiro. da cidade do Porto. com residência em domicílio: Rua João de Olivença. Especialista Maria Teresa Lopes dos Anjos Machado 2. à hora marcada. 2 .º Secretário da Mesa da Assembleia-Geral Dr.A aceitação ou não aceitação da proposta será comunicada ao proponente de maior valor no prazo máximo de 30 dias após a abertura de propostas 7 . 24-02-2016. • Fotocópia legível. Contactos: Sede: Av. no caso do júri não se considerar devidamente habilitado a decidir. freguesia de Paranhos. de Paris n. 1300-125 Lisboa .Tel.Alapraia.º P. Não estando presentes. 9000-135 FUNCHAL . Praceta Aldegalega.J1 Processo: 98/16.Oliveirinha. 02/03/2016 EDIFÍCIO DIOGO CÃO DOCA DE ALCÂNTARA NORTE. Bélgica. Loja 1 e 2 . com a seguinte Ordem de Trabalhos: Ponto Um . para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. prestem falsas declarações. Oeiras. Mais informações disponíveis na página do ITQB em: http://www.48 euros Prazo de Candidatura: três (3) dias uteis. a Assembleia reunirá 30 minutos mais tarde com os associados presentes. 229 260 912 | 226 066 863 . livres de ónus e encargos.º de Elvas Requerida: Elisabete Coelho Conceição Faz-se saber que foi distribuída neste Tribunal. Microbiologia Molecular. É a única organização em Portugal especificamente constituída para promover a qualidade de vida das pessoas com demência e dos seus familiares e cuidadores. Carlos Garcia: Av.Tel. Os documentos de suporte aos pontos da agenda podem ser consultados na sede da ANARP. Ref. com início às 14. 24 300 00 87 . Dr. 21-12-2015. Habilitação Literária: 9º ano (mínimo). Comércio . n. Apartado 140. 6 . As candidaturas deverão incluir i) carta de motivação. Gen.Serão consideradas as propostas de valor não inferior a 85% do supra-indicado. este perderá o sinal já entregue e atrás referido. Sebastião Casaca CENTRO HOSPITALAR DE SETÚBAL.PÚBLICO. Dom Gonçalo da Silveira n. n.Sala E.A.E-mail: geral@alzheimerportugal. Experiência: Experiência de trabalho. pelas 17. através do endereço de correio electrónico: pob.Os envelopes contendo as propostas deverão ter a indicação na frente “Proposta de compra por carta fechada – Insolvência de Herança Aberta Por Óbito de Orlando António dos Santos Duarte de Oliveira Proc.Sec. convoco a Assembleia-Geral Ordinária para reunir no próximo dia 18 de Março de 2016.687.. Aprovação do regimento da Assembleia-Geral 2. Local . 2765-029 Estoril .ª 001/TRC-AO/2016 O Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier pretende contratar em regime de contrato de trabalho a termo resolutivo certo 2 Assistentes Operacionais. Especialista Ana Paula Poulson Scala Santos Prazo de validade da Bolsa de Recrutamento: 1 ano. 3810 Aveiro .º Vogal Efetivo . O Presidente do Conselho de Administração Alfredo Lacerda Cabral CONVOCATÓRIA Convocam-se os educadores e professores sócios do Sindicato dos Educadores e Professores Licenciados pelas Escolas Superiores de Educação e Universidades.Inst. nesta instituição.ª FEIRA: 9H – 19H SÁBADO: 11H – 17H MAIS INFORMAÇÕES: loja. As candidaturas espontâneas e as enviadas por e-mail não serão consideradas.º 2. dos Estatutos da Associação Nova Aurora na Reabilitação e Reintegração Psicossocial . decisão de Comissão de Credores ou decisão judicial. cópias dos documentos mencionados no curriculum.Tel. em que é requerido Daniel Filipe de Sousa Rebola.Enf. data de nascimento 06/07/1953. Esclarecimentos adicionais poderão ser prestados pelo Administrador de Insolvência.Apreciação e votação do Relatório e Contas do Exercício relativos ano de 2015.Rua Raul Testa Fortunato n.º 17. ii) um Curriculum Vitae detalhado. Casal Galego .E-mail: geral. do artigo 29.org . indicação de telefone e/ou email de contacto e valor oferecido por extenso. Rua Soeiro Pereira Gomes. na mesma data e com a mesma ordem de trabalhos. Outros assuntos Se às 14.º 2.ª UID/Multi/04551/2013). Ponto Três . de normas de segurança de trabalho em laboratórios de investigação científica e experiência na descontaminação de material e de meios de cultura por autoclavagem. Os anexos não entram na contabilização do número de páginas).Inst.º Vogal Suplente .º. no horário de funcionamento ou enviadas por correio registado (contando neste caso a data de registo dos CTT).A abertura das propostas será efectuada imediatamente após a hora indicada no número anterior. de Ceuta Norte.org • Centro de Dia Prof. E.30 horas não se encontrarem presentes a maioria simples dos sócios do sindicato. 1350-410 Lisboa . ref. para a AssembleiaGeral a efetuar no dia 12 de março de 2016.2870-239 Montijo 4 . A Juíza de Direito Dr. 2850-387 Charneca de Caparica.Sec.05 REGULAMENTO: 1 . a contar da data de homologação da lista classificativa final. Informações e esclarecimentos gerais 5. pessoal@itqb. ser utilizado o método de seleção Entrevista. Quinta do Loureiro.Aprovação da Ata da Assembleia-Geral anterior. Local . para o endereço: Centro Hospitalar de Setúbal. Complexo Habitacional da Nazaré. Aprovação do orçamento anual de 2016 4. Experiência: Conhecimento de regras básicas de manipulação de materiais químicos e biológicos em laboratórios de investigação. 7350-000 Elvas.ª B) 1 Assistente Operacional para a Divisão de Manutenção e Oficinas no âmbito do serviço de sala de lavagens. Métodos de seleção: Avaliação curricular. a venda for considerada sem efeito. com o máximo de 5 páginas (devem constar. N.norte@alzheimerportugal. • Curriculum Vitae em “modelo europeu”. morada. . Ponto Quatro .º 16 .ribatejo@alzheimerportugal. com base nos seguintes critérios Curso de Licenciatura em Enfermagem (CLE). a ação de Interdição / Inabilitação em que é requerida Elisabete Coelho Conceição.30 horas.ª Ana Sofia Trindade de Sousa A Oficial de Justiça J.org • Delegação Centro: Urb. de pelo menos cinco anos. Formação para cuidadores formais e informais. Poderá. 3100-523 Pombal . de regras básicas de transporte de agentes biológicos. em anexo. não cumpram os prazos estabelecidos. Local . 280 (Porto) até às 12. à ordem da massa insolvente. para o e-mail itqb.30 horas.org • Núcleo do Ribatejo: R. 7160-239 Vila Viçosa. Cave do Bloco 21 .Enf.alzheimerportugal. com a vinheta do ano 2016. O Juiz de Direito João Manuel P. n. Habilitação Literária: 12. aj@gmail.º 1060. Apoio Domiciliário.centro@alzheimerportugal.Se não for possível realizar a escritura na data fixada. as quantias recebidas serão devolvidas em singelo. Venda do Pinheiro. no Bairro de Santa Luzia.pt O Director A ALZHEIMER PORTUGAL é uma Instituição Particular de Solidariedade Social fundada em 1988. Formação em Segurança e Técnicas Laboratoriais. Critérios de Exclusão: Serão excluídos os candidatos que não comprovem a posse de título com cédula válida. Aprovação das contas de exercício de 2015 3. ao abrigo do código do trabalho. LISBOA (JUNTO AO MUSEU DO ORIENTE) HORÁRIO: 2.º . n. 214 525 145 . dos bens que a seguir se identificam: Verba Um: Fracção “Q” correspondente ao 3. Nas candidaturas devem constar.com Público. N/ Referência: 342604188 Almada.Rua do Farol Nascente n. As candidaturas devem ser formalizadas. Apoio Social e Psicológico e Consultas Médicas de Especialidade. sita na Av. Cordeiro Brasão O Oficial de Justiça Fernando Abrantes Pinto Público. 5 . HOSPITAL DE SÃO BERNARDO HOSPITAL ORTOPÉDICO SANT’IAGO DO OUTÃO Processo de seleção com vista à constituição de reserva de recrutamento . n. Ref. em caso de pessoa colectiva.Secção Cível . R/C Esq.Tel. Pedro Ortins de Bettencourt. representante. descrito na Conservatória do Registo Predial de Mafra com o n.º ano (mínimo). com experiência na Doença de Alzheimer. Piso 3.º andar letra A para habitação do prédio urbano sito na Rua Maria Libânia Carrilho.º 31-A.ª – 6.Complexo Social da Quinta da Moita .: 21 360 93 00 • Lar e Centro de Dia “Casa do Alecrim”: Rua Joaquim Miguel Serra Moura. • Fotocópia legível do documento de identificação (Bilhete de Identidade ou Cartão do Cidadão). com vista a futuras contratações.Pessoal de Enfermagem (M/F) Faz-se público que se encontra aberto procedimento concursal no Centro Hospitalar de Setúbal. 9 .Apreciação e votação do Parecer do Conselho Fiscal referente ao Relatório e Contas do Exercício relativos ano de 2015. datado e assinado. 3 .P. Local de trabalho: Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier.unl. obrigatoriamente.Tel.org • Delegação da Madeira: Avenida do Colégio Militar.. 02/03/2016 COMARCA DE LISBOA COMARCA DE PORTALEGRE Almada . na sede nacional do sindicato. Interdição / Inabilitação Requerente: Magistrada do M. Especialista Idália Carminda Simão Valério 2. que desenvolverão o seu trabalho nas estruturas de apoio técnico/laboratorial às atividades de investigação do ITQB NOVA. conforme fórmula estabelecida em ata. 23 494 04 80 .Inst.E. com a seguinte ordem de trabalhos: 1. no âmbito do novo acordo de parceria PT2020.ª A) 1 Assistente Operacional para a Divisão de Manutenção e Oficinas. Ponto Dois .0T8ELV ANÚNCIO ANÚNCIO Interdição / Inabilitação Requerente: Ministério Público Requerido: Maria Manuel Ferreira Félix Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal.00 horas do dia da Assembleia. • Fotocópia do documento comprovativo do Curso de Licenciatura em Enfermagem.6T8ALM Elvas . por um período de 12 meses (eventualmente renovável). 2080-114 Almeirim . a contar do dia seguinte ao da publicação do presente aviso Formalização das Candidaturas: As candidaturas deverão ser formalizadas pessoalmente no Serviço de Expediente do CHS. EPE. Experiência Profissional em Enfermagem (EPE) e Atividade Formativa no âmbito de Enfermagem (AF).Tel.Inst. 291 772 021 .itqb. constando a classificação final. Os serviços prestados www. mais de metade dos associados com direito a voto.A escritura notarial será efectuada em data e hora a avisar ao comprador com a antecedência mínima de 15 dias. através de candidatura eletrónica. com residência na Rua 5 de Outubro. para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. e ser enviadas para o Administrador de Insolvência: Dr.pt/jobs A data-limite para entrega das candidaturas é 14 de março de 2016. da Cédula Profissional da Ordem dos Enfermeiros.Tel.E-mail: geral.Enf. quando aplicável. através de fundos nacionais e.º Vogal Efetivo . 4455-301 Lavra . 02/03/2016 N/ Referência: 26909144 Elvas.Outros assuntos de interesse para a associação.org • Núcleo de Aveiro: Santa Casa da Misericórdia de Aveiro . nascida a 07-09-1977. em envelope fechado.madeira@alzheimerportugal.

/2D). 16h. 707232221 Star Wars: O Despertar da Força M12. A principal função de Edward Mannix é proteger as grandes estrelas de escândalos de todos os tipos. descobre o corpo de um rapaz que reconhece como sendo o seu próprio filho. 15h30 (V. 18h50./2D). George Clooney. 00h30. Um Avô Muito à Frente M12. 16h20. 12h50. 16h. 21h25. 19h20. 22h. 21h40. 00h10. 13h15./3D). 24h.pt CINEMA Lisboa Cinema City Alvalade Av.Fronteira de Esperança M12. Set. Musical. 18h55 (V. The Revenant: O Renascido M12. 14h10. Deadpool M16.Port./2D). 13h50. Os três terão a ajuda de um pastor que os faz perceber que. Deadpool M16. Deadpool M16. 00h10. Trumbo M14. 19h. T. 15h30. A Queda de Wall Street M12. Trumbo M14. 17h20 (V. 14h. 15h35. 15h30. 00h15. Zoolander 2 M14. Zoolander 2 M14. 21h25. 21h15./3D) Cinemas Nos Colombo Av. Deadpool M16. 16h45. década de 1950. 15h20.Vale de Mourelos. movido pelo amor de uma mulher. 15h25. Josh Brolin. The Revenant: O Renascido M12. não é tarefa fácil. 21h30. 18h35. Mas quando ambas se dão conta de que são vítimas uma conspiração. decide pedir ajuda ao deus Horus para que. 15h10. 15h40. 31. 17h50./3D)./2D). 17h10. Zootrópolis M6. Uma Escolha Por Amor M12. Eventos idênticos acontecem pelo Mundo fora. 16h15 (V. 15h40. 18h50. 15h20. 13h30. 21h10. Ficção Científica. 15h50. 15h30. 13h40. Com Géza Röhrig. 16h30. 18h40. O Filho de Saul M16. 00h10. 00h15 Almada Cinemas Nos Almada Fórum Estr.Port. Zootrópolis M6. 21h25. 21h55. 13h05. 15h05. 16h35. Quarto 13h30. 15/17. 12h55. 15h35. Triplo 9 12h50. Zootrópolis M6. 215887311 Trumbo M14. 19h. A Ponte dos Espiões M12. 19h. 17h25. 127m. 15h30. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. A Queda de Wall Street M12. Cassi Thomson. Como Ser Solteira 13h30. 18h50. A Queda de Wall Street M12. Hollywood (EUA). 15h10. 21h45 Cinemas Nos Amoreiras Av. 21h55. 18h30.). 21h40. Os Oito Odiados M16. The Revenant: O Renascido M12.Port. 24h. A Rapariga Dinamarquesa M12. 21h. 15h50. 00h05. As Cinquenta Sombras de Black 17h30. 16h30. The Revenant: O Renascido M12. 18h15./2D). 24h (V./2D). Zoolander 2 M14. o jornalista Buck Williams cruza o caminho do piloto de aviões Rayford Steele e da sua filha Chloe. 20h./3D). César! 13h20. 00h25. 20h50. 11h30. 72. 00h20. Praia da Vitória. 12h30. 17h30. 21h20. T. 13h55. The Revenant: O Renascido M12. Deadpool M16. 21h10. Os Oito Odiados M16. 19h45. Tilda Swinton. Os Deuses do Egipto 12h45. 21h30. Zoolander 2 M14. 21h25. As Cinquenta Sombras de Black 15h20. 16h10. 19h20. 21h20. 23h30. M12 Várias pessoas desaparecem a bordo de um avião. É então que é capturado pela coelha Judy Hopps. 20h. 00h30. 13h10. Zootrópolis M6. Norman Reedus. Hotel Transylvania 2 M6. Mustang M12. 21h45. Lea Thompson. 13h40 (V. Os Oito Odiados M16. 17h25. 19h35. 13h40. 15h40.Orig. Scarlett Johansson. 18h25. 21h35 UCI Dolce Vita Tejo C. 21h. Zootrópolis M6. 17h35. 15h40 (V. 21h40. 22h05. César! 13h35. 19h05. The Revenant: O Renascido M12. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. César! 14h. 15h40. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 21h. 21h40 Barreiro Castello Lopes . 23h30 Amadora CinemaCity Alegro Alfragide C. EUA. 13h50. 18h55. T.Port. 22h. Eng. 15h20. 14h05. M6. 18h. 16h30. 20h. Mas parece que Mannix consegue estar sempre à altura das circunstâncias. O Caso Spotlight 17h40. 12h25. 23h50. 18h30. 23h50. vêem-se forçadas a unir forças para provar a toda a gente a sua honestidade. 00h05. 15h. A Floresta M16. Zootrópolis M6.Port. Trumbo M14. 19h10.Port. Jason Bateman (Voz). 213574362 Solaris 13h. 24h (V. Terror. aproveitando o caos que naturalmente ocorre em todas as esquadradas da polícia. 21h05. EUA/GB. 15h35. 22h. 12h40.. 21h30.Port. Deadpool M16. 16h35. Ralph Fiennes. EUA. 00h15. A Floresta M16. The Revenant: O Renascido M12. 15h25. 16996 Salve. 17h. 42B. 21h30. 16h. decidem que a única maneira de o realizar é matar um polícia. Quarto 13h50. Triplo 9 16h20.. 23h45 (V. Amor em Roma M12. 21h40. 218413040 Um Encontro às Cegas M12. Salve. Norm. Aguiar. 17h20. 21h30. 18h20. 2016. 19h. 14h. 00h15. T. Quarto 11h15. Zootrópolis M6. 16h10 (V. Alan Tudyk (Voz). Salve. 15h55. 21h45. Conscientes das fracas possibilidades de êxito. 16996 Um Avô Muito à Frente M12. Gal Gadot. 16h40./2D).Cascais Avenida Dom Pedro I. Os Oito Odiados M16. Ant. 16h30. Os Deuses do Egipto 14h20. A sua vida é um frenesim de acontecimentos. 18h. ao mesmo tempo que tenta encontrar o paradeiro de Whitlock. Dessa forma. 17h45. Os Oito Odiados M16. Michael Kenneth Williams. 14h./2D).34 | PÚBLICO. O Caso Spotlight 18h40. 18h35. 22h. Como Ser Solteira 23h55. 24h. 00h15 (V. O Caso Spotlight 13h45. Quarto 15h20. 13h20. 18h40.). 18h10. César! 13h45. 21h35. nº 100. 21h30. 17h45. 21h35. Os Deuses do Egipto Sala IMAX 3D? 13h15. 20h50. A partir daquele momento. Lote 1/2 (CascaisVilla Shopping Center). 19h05 (V. Os Oito Odiados M16. Frances McDormand. Zoolander 2 M14. Amor em Roma M12. 17h30. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 21h10. 16h50. 17h40. T. 15h10. 21h35. 19h30. 18h55. é raptado a meio das filmagens. Mustang M12. o resto da Humanidade é abandonado à sua sorte num planeta que será devastado pelo caos. O rapto é reclamado por uma organização que exige uma exorbitante quantia de dinheiro. Como seria o Mundo se a raça humana nunca tivesse existido? Partindo desse pressuposto. um lugar civilizado. Drama. T. 00h05. 18h10. 00h30. 19h40. 24h.Port. 17h35. 17h40. 00h30. 16h10 (V. 18h15 (V. 21h50.Orig. Brooklyn M12. de modo a accionar o código 999 . Muitas eras se passaram desde que os deuses caminhavam entre a Humanidade. 15h30. 16h35. Salve. 17h35. Saul fica obcecado com uma missão quase impossível: salvar o corpo do rapaz de uma autópsia e encontrar um rabino que lhe realize um funeral religioso. Como Ser Solteira 00h25. César! 13h15. Casey Affleck.). 23h55./2D).Port. Salve.Port. no lado oposto da cidade. 21h45. 21h30. durante os trabalhos num dos crematórios. 00h05. 21h40. 19h (V./2D) . 19h. 21h40. 14h05. 21h45. 21h20. Salve. 13h. 16h30. The Revenant: O Renascido M12. 18h. O Herói do Árctico M6. Mustang M12. Como Ser Solteira 16h05./2D). Brooklyn M12. T.El Corte Inglés Av. 19h (V. 21h30. 13h50. Venteira. 19h45. César! 16h50. Quarto 12h40. Como Ser Solteira 18h40. realizadores e produtores. 18h50. Carol 19h40. 16h20. 17h35. 14h. 00h40.Port. 18h. 19h40. 21h50. Zootrópolis Filho de Saul De László Nemes. 13h10. 17h30. 17h40. 21h30. 19h. Rich Moore. Trumbo M14. 00h30. 23h50. 18h. 00h15. 15h20. T. . 13h30. 13h30. O Caso Spotlight 21h50. 21h20 (V. 17h40. 21h20. HUN. O Caso Spotlight 17h10 Cinemas Nos Alvaláxia Estádio José Alvalade./3D).Port. 00h10. 13h15. 13h40. 14h15. O medo impera e são poucos os que se atrevem a mostrar descontentamento. 21h45. EUA. 19h20. 00h20. Alcabideche. 00h05.Port. 16h40. 16h10 (V. César! 13h. 16h40. 21h20. 12h40. 210998295 Nostalgia da Luz M12. 20h. Carol 19h. 21h20.). 19h10. 00h25. Como Ser Solteira 13h50. Caminho Municipal. M16. 21h20. 00h10. 19h30 Cinema Ideal Rua do Loreto. Zootrópolis De Byron Howard. Os Deuses do Egipto 12h35. O Caso Spotlight 21h45. 1944. 21h15. 24h. Trumbo M14. 21h30 Nimas Av. Os Deuses do Egipto 15h40. 16h10. 00h30. Saul é membro do Sonderkommando. o grupo de prisioneiros cuja função é a execução das tarefas mais críticas dos campos de concentração.Port. Shakira (Voz).Port. 13h.Port. 2015./2D) Medeia Monumental Av. Urs Rechn. 5 Outubro. 19h35. 00h20. 15h25. A Floresta M16. Triplo 9 De John Hillcoat. 21h50. 23h35.Port. 18h30. 17h45. Zootrópolis M6. 00h20. 12h55. Os Deuses do Egipto 13h35. 14h30. T. 21h45 CinemaCity Campo Pequeno Centro de Lazer do Campo Pequeno. Alegro Alfragide.Port. 18h25. Como Ser Solteira 13h. 21h10./2D). 16996 Os Oito Odiados M16. 17h35. Gerir os egos de um sem-número de actores. 15h45. 13h25. 19h15.. César! De Ethan Coen. Mas o seu maior desafio surge quando Baird Whitlock. As Cinquenta Sombras de Black 13h20. 21h20. 21h45. Campo Grande. 107m. 19h./2D)./2D). 16h45. Carol 13h05. Carol 13h10. 18h20 (V. 13h./2D). 18h30. As Cinquenta Sombras de Black 19h05. 15h30. T.Orig. César! 13h20. 20h55. 18h25 (V.correspondente a “polícia abatido”. 15h30 (V. da Amadora. 00h15. 18h (V. 21h50. 19h10. Os Oito Odiados M16. 22h. roubou o trono ao seu irmão Horus e hoje governa o Egipto. T. 18h50 (V. Zoolander 2 M14. Joel Coen. The Revenant: O Renascido M12. Zoolander 2 M14. 16h25. 15h15. Deadpool M16. Zoolander 2 M14. César! 13h20. 21h50. 18h55. Deadpool M16. 15h25. 19h45.Fórum Barreiro Campo das Cordoarias. 21h30. Zootrópolis M6. Chiwetel Ejiofor. 15h50. 13h45. 21h20. de Roma. 1011 . EUA.. 21h45. Deadpool M16. 22h. Animação. A Floresta M16. 15h40. 20h45. 16h10. T. 22h35. 213142223 Mad Max: Estrada da Fúria M12. Salve. 17h30. 21h30 Cascais Cinemas Nos CascaiShopping CascaiShopping-EN 9. 19h50. encontramos a cidade de Zootrópolis. o impiedoso deus das trevas. 19h35. 13h50. 21h50. 2016. 15h35. 18h20. 14h10. 00h25. 19h25. 18h (V. A Floresta M16. 23h45. 214221030 Salve. Um dia. Os Deuses do Egipto 12h50. 23h40. 21h40..Port. 11h15. T.Port. 108m. 18h. Com Courtney Eaton.Port.Orig. 00h20. 13h30. 00h35 Cinemas Nos Vasco da Gama Parque das Nações. Salve.Port. 22h UCI Cinemas . 115m. 21h40. 18h40 (V.pt cinecartaz@publico. 18h25. 13h30 (V. 15h40. 18h40.Port. 16h30. 23h55. 15h35. 21h45. 17h40. Zoolander 2 M14. 19h20. 19h30. 21h50. Comédia. sem complacência ou compaixão. 13h20. Mas Set terá que enfrentar um jovem e corajoso mortal que. 18h50. 20h40. 15h. 2016. Com Channing Tatum. A Rapariga Dinamarquesa M12. O Filho de Saul M16. A Queda de Wall Street M12. Gerard Butler. o actor principal de uma superprodução. 21h30. Carol 18h30. 19h50. Estrada Nacional 249/1. Trumbo M14. As Cinquenta Sombras de Black 19h10. 17h55. 21h40. 16h. Com Nicolas Cage. 2016. 17h45. 00h20 . Hotel Transylvania 2 M6. 00h25. 13h20. Com Idris Elba (Voz). povoado por versões antropomórficas de todos os tipos de mamíferos. Drama./3D). A Última Profecia De Vic Armstrong. Octavia Spencer (Voz). 17h25. 16h30. 14h30.Port. 00h20. The Revenant: O Renascido M12. 23h50. Zootrópolis M6. espalhando o terror por todos os que assistem. 15h30 (V.Port. 21h40. 21h45. 18h35. Salve. 21h30. 13h45. 21h55 00h15. 21h20. EUA/CAN. 17h20. Deadpool M16. 16h15. 15h25. 19h30. 23h40 (V. A sua função é limpar as câmaras de gás e enterrar os mortos. Um grupo de polícias corruptos é chantageado pela máfia russa para executar um assalto. Los Angeles. Auschwitz (Polónia). César! 14h. 2014.Port. O Caso Spotlight 13h40. 19h10. 18h45. 21h. T. 18h10. 21h35. 23h55. 21h50. Carol 17h30. 19h35. 13h40. 00h20. César! 13h05. 21h45. 21h40. Uma Escolha Por Amor M12. 13h35.). 21h40. 13h10 (V.Port. 110m. 19h35. Investigando as causas desse acontecimento. 15h50. Jogo de Damas 13h30. 15h. 15h20. 18h30. Comédia. consigam derrotar o senhor do mal. A Queda de Wall Street M12. 15h30. 19h. 217981420 Salve./2D). se os crentes são levados por Deus para serem salvos. 212069440 As Cinquenta Sombras de Black 21h20. Triplo 9 14h25. 19h15. 23h40. Aug. Os Deuses do Egipto De Alex Proyas./3D) O Cinema da Villa . O Filho de Saul M16. O Julgamento . 00h05. 19h10. 13h30. A Rapariga Dinamarquesa M12. 15h50./2D). 00h30.C. 19h40./2D). 13h10. 14h30. Os Oito Odiados M16. 00h05. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. Drama. 15h20. 14h15. 19h40 (V./2D).Orig. 15h40. uma jovem agente da polícia recentemente promovida e a quem ainda ninguém dá crédito. 17h20. 21h45. Aventura. As Cinquenta Sombras de Black 13h05. Zoolander 2 M14.Port. 16996 Star Wars: O Despertar da Força M12. 13h25. 19h20. 12h30./2D). 16h. 106m. 13h40. 21h50. César! 13h50. 15h. 00h10. aos desaparecimentos. 18h30. Nikolaj Coster-Waldau.). Levente Molnár. Triplo 9 12h50. 21h15. The Revenant: O Renascido M12. Triplo 9 15h50. Todos vivem pacificamente até ao dia em que a raposa Nick Wilde é injustamente acusada de um crime. impotentes. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 16h50. 13h25. 23h40. Creed: O Legado de Rocky M12. 16h. 13h10 (V.Port. 21h15. 21h30. Com Teresa Palmer. 16h05. 15h20. 13h10. A Queda de Wall Street M12. 15h55. 16996 The Revenant: O Renascido M12. 21h55. 00h10. Brooklyn M12. 18h45. Horas Decisivas M12. Salve. 19h. numa aliança improvável. Carol 16h15. 17h30. 16h25. O Caso Spotlight 18h. eles ficam com um pouco mais de margem de manobra para concretizar o plano. 11h15. Duarte Pacheco.. A Floresta M16. Salve. QUA 2 MAR 2016 SAIR Filho de Saul Em estreia lazer@publico. 16h35. 15h40. 21h20. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 18h30. 00h20. 21h30. T. 18h30 (V.21h20 (V. Lusíada. Carol 13h55. 16h40. Os Deuses do Egipto 12h45. 16h. Os Deuses do Egipto 13h35. 15h35. Acção. 16996 A Queda de Wall Street M12. 16h10. Zootrópolis M6. Os Oito Odiados M16. 21h20 (V. 16h10. 16h30. 21h10.15h45. 21h25. As Cinquenta Sombras de Black 12h40. Zootrópolis M6. 19h35. Os Deuses do Egipto 14h05.C. Os Deuses do Egipto 16h. Kate Winslet. 22h. O Botão de Nácar M12.

18h10. Eduardo Aug. 21h50. 22h.Port. 16h20. 21h30. Miguel Borges e Sara Ribeiro (hoje. 21h10. T. Loja A003. 21h40. 19h30. Celso Cleto. Sáb às 17h e 21h30. 12h55. 15h50.Ponte Nova. 17h30. 17h50 (V.). Deadpool M16. 21h40. Carol 18h30. 17h20. 21h. Trumbo M14. A Última Profecia 21h25.).Port. 21h40. 21h30 Carcavelos Atlântida-Cine R. Uma Escolha Por Amor M12. 21h40./3D). 13h20. 17h. 17h30. Zootrópolis M6. Dia 2/3 às 21h30 (Periferias . César! 15h30. 265239853 Hotel Transylvania 2 M6. 16h. 308802029 Deadpool M16. 15h50. 12h45. 22h05. T. Os Deuses do Egipto 15h35. 16h30. Triplo 9 13h35. 15h. 213466411 Commedia. 23h40 (V. The Revenant: O Renascido M12. 30A. 4ª. Ricardo Neves-Neves. EXPOSIÇÕES Lisboa A Pequena Galeria Avenida 24 de Julho.Port. 18h20. 21h20. 4C. 18h25./3D). Zoolander 2 M14. Sáb às 16h e 21h. 17h30 (V. A 5ª Vaga M12. As Cinquenta Sombras de Black 13h40. 18h (V. 21h50.Port. 16996 Deadpool M16. Sáb das 16h às 20h. 18h20 (V. 21h.Port. Vivaci. T. T. 22h. 00h05. 168 (Belém). Beja Teatro Municipal Pax Júlia Largo de São João. 13h10. 16h. The Revenant: O Renascido M12./2D). Carol 19h. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 18h25. 4ª a Sáb às 21h30. Dr./2D). 17h10. 14h. Como Ser Solteira 15h55. Grupo de Teatro do Oprimido de Bissau e Netos de Bandim (Guiné-Bissau). 52. The Revenant: O Renascido M12. Salve.: Teatro do Eléctrico. M/6.Port. Dom às 18h30. 13h20. 13h. 15h20. M/12. Carol 22h10. Stand-up Comedy. Deadpool M16. Zoolander 2 M14. Zootrópolis M6.Port. Enc. 22h. Almirante Cândido dos Reis. The Revenant: O Renascido M12. 00h30. T. Oeiras Auditório Municipal Eunice Muñoz Rua Mestre de Aviz. Como Ser Solteira 14h50. 13h10. De 17/2 a 2/3. 21h40./2D).Port. 15h20 (V. 18h45. Enc. 14h10. 12h30. 19h50 (V. Cacau Teatro (São Tomé e Príncipe) ou Teatro Por Que Não? (Brasil). 21h15. Os Deuses do Egipto 15h35. 15h30. 21h15. 19h (V. 16h15. 16h40. 17h45. 15h30. 19h55. 18h20. Trumbo M14. 21h. num caminho pouco convencional. Uma Escolha Por Amor M12. 18h30 (V.Port. 15h40. Carol 18h30. 18h40. 15h20. 16h40./2D). Duração: 75m. 19h50. Teatro Politeama R. De 27/2 a 3/4. 15h10. Sintra O Botão de Nácar O Filho de Saul Carol mmmmm mmmmm mmmmm – mmmmm mmmmm mmmmm mmmmm mmmmm – mmmmm mmmmm Nostalgia da Luz mmmmm mmmmm mmmmm Os Oito Odiados mmmmm mmmmm mmmmm Quarto mmmmm mmmmm mmmmm O Renascido mmmmm – mmmmm Salvé. 19h55. 18h40. 16h. 21h20. Os Deuses do Egipto 15h40.Cinemas de Olhão C. 15h50 (V. 21h30. M/16. 14h. 19h10 (V. 18h40. 21h50 Olhão Algarcine . 19h.Alto do Forte. 15h30./2D).Port.Port.Port. Zootrópolis M6. T. 21h30.Port. T. 21h30 Santarém Castello Lopes ./2D). Júlio César Ramirez. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 18h40. 18h30 (V. 17h45. 14h10. Salve. 19h. 15h35. 13h20. Pedroso. Quarto 17h15. 17h. 17h25. As Cinquenta Sombras de Black 21h50.Port. 218438801 Pinocchio Grupo: Primeiros Sintomas./2D). Maria Matos Teatro Municipal Av. 00h20 Seixal de Artes Performativas de Sintra.). 18h35. 5ª e 6ª às 20h. António Manuel Gamito. O Caso Spotlight 22h10.Port. 15h15./2D). De 26/2 a 26/3. Zoolander 2 M14. 21h. 21h10. 15h. 21h10. 21h (V. 19h40. Zootrópolis M6. 18h50 (V. 5ª e 6ª das 18h às 20h. 12h30. Como Ser Solteira 19h30. T. 15h15. Baal17 e Urze Teatro (Portugal). 289703332 Zootrópolis M6. 15h25. Como Ser Solteira 15h. Trumbo M14. 21h10 Leiria Cinema City Leiria Rua Dr. 13h45. 19h45. Teatro Villaret Av. 4ª. 21h55 Cineplace . T. 16h. 109. 16h.: Lendias d’Encantar. 17h30. Enc.Orig./2D).Port. 21h30. 18h50. 15h50 (V. 18h30. Triplo 9 15h20. 15h10. 18h05 (V. 961960281 A Noite da Dona Luciana Comp. Sáb e Dom às 17h. Salve. 16h30. 20h. Um Avô Muito à Frente M12.Port. 19h (V. T. 24h. 16h10 (V.Port. T. 18h25. Zoolander 2 M14. 21h30. 21h25. 15h20. 21h30. 17h15 Sintra Castello Lopes . Os Deuses do Egipto 15h40. T. 21h50.Port. Deadpool M16. Triplo 9 15h40. 19h40./3D). 18h25. 21h40. 21h35. 56.Port./2D) Tavira Torres Novas Castello Lopes ./2D). 21h20 (V. 22h10. Dom às 17h. Os Deuses do Egipto 12h40.Orig. Zootrópolis M6. T. De 18/2 a 26/3. 16h50.Port. 18h20. das Túlipas. 00h05. 15h30./3D).C. Os Deuses do Egipto 13h15. Arena Shopping. Virgílio Vieira da Cunha. Deadpool M16. 19h30 (V. Dia 2/3 às 21h30 (FITA .Port. 21h35./3D). 21h30. 15h15. T.Port. 17h35. 21h30.Port. 15h10. 15h20. Oliveira Vasco Câmara Black 21h20./2D). 16h40.) Torres Vedras Cinemas Nos Torres Vedras C. O Filho de Saul M16. 2ª. 17h50 (V. Deadpool M16. 17h20. 21h30 (V.Inferno Com Isabel Gaivão. Os Deuses do Egipto 16h10. Zoolander 2 M14. 15h10./3D).Port. percorrido pelos actores José Wallenstein.). 15h40. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 21h30. Frei Miguel Contreiras. Zoolander 2 M14. Os Oito Odiados M16. César! 15h.Port. 13h20./2D). Deadpool M16.Port. 21h20 Oeiras Cinemas Nos Oeiras Parque C. 21h35. The Revenant: O Renascido M12. 21h. 18h.C. Zootrópolis M6. 21h15 (V./2D).Port. 17h30 (V. 19h. 18h15 (V. 219233719 Hamlet Talvez Companhia João Garcia Miguel. 308802029 Deadpool M16. De 24/2 a 19/3. 21h30 Odivelas Cinemas Nos Odivelas Parque C. 262840197 Deadpool M16. Marcos Marques. T. Carol 15h30. C. 15h25. Enc. 15h50. 19h. 16h40.Port. Portas de Santo Antão. 24h . Deadpool M16. A Floresta M16. 21h30. Os Deuses do Egipto 13h30. 21h40.PÚBLICO. César! 14h40.C. T.Port. 18h05. QUA 2 MAR 2016 | 35 DR Periferias em Sintra João Garcia Miguel apresenta Hamlet Talvez. 13h10. M/12. 21h. 21h20. 18h50. 18h25. 21h50. 21h40.C. 13h. 14h30. 18h15 (V. O Caso Spotlight 21h10. Zootrópolis M6. 21h20. Carcavelos. As Cinquenta Sombras de Cinemas Nos Fórum Algarve C./2D) Zoolander 2 M14. 244845071 The Revenant: O Renascido M12. César! 14h40. 19h10 (V. O Herói do Árctico M6. 21h20. T. 18h50. 19h45 (V. 21h30. 19h10.). Os Deuses do Egipto 15h35. 21h10.Port. 19h15. 18h30 (V. C. Trumbo M14. 14h40. The Revenant: O Renascido M12. T. Os Deuses do Egipto 16h10. César! 13h05. Um Avô Muito à Frente M12.Port. Lote 1. . 18h40. Cineplace .Port. 14h40 (V. 19h20. Uma Escolha Por Amor M12. 18h20.). 19h30. Deadpool M16. Como Ser Solteira 17h45.Port. T. 18h45. 18h (V. 21h40. The Revenant: O Renascido M12. César! 14h30. O Caso Spotlight 21h20. 16h40. César! mmmmm mmmmm – – mmmmm mmmmm Mustang Trumbo a Mau mmmmm Medíocre mmmmm Razoável mmmmm Bom mmmmm Muito Bom mmmmm Excelente Casa de Teatro Rua Veiga da Cunha.). 00h25 Miraflores Cinemas Nos Dolce Vita Miraflores Av. 20h. 5€). 15h35. T. 21h20. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. Zootrópolis M6. Zoolander 2 M14. 17h. Nova do Rio Judeu. Salve. Zootrópolis M6. Alegro Setúbal. Os Deuses do Egipto 16h10. 214565653 Salve. T. 23h50. 21h40.Port. Algés Teatro Municipal Amélia Rey Colaço R. 15h40. que decorre até 13 de Março na Casa de Teatro e leva à cena produções do Teatro de Marionetas do Porto.) . 18h10. 18h30. 21h20 TEATRO Lisboa Espaço Karnart Avenida da Índia. Zootrópolis M6.Leiria Shopping CC Leiria Shopping. 3ª a Sáb às 21h30. 19h. Heidi M6. Enc.Port.Caldas da Rainha C. Ponte das Mestras. 21h55. 17h. 21h10./3D) Montijo Cinemas Nos Fórum Montijo C. Zoolander 2 M14. 17h20. Quarto 12h35. Zoolander 2 M14. Norm.Port. O Herói do Árctico M6. 18h40.Port./2D). 16A. As Cinquenta Sombras de Black 21h40. 18h50. 18h30. IC2. Zootrópolis M6. 21h40. Manuel Arriaga. 00h15.TorreShopping Bairro Nicho . The Revenant: O Renascido M12./2D). 18h. Fontes Pereira Melo. Teatro d’Dos (Cuba). 18h20. 14h20. às 21h30. Dom às 17h. 15h40. Deadpool M16. Norm. 218264081 Retratos De Marilene Bittencourt. T.Seixal Qta. Salve. 4ª. Triplo 9 14h10. 19h30. 15h30. Os Oito Odiados M16. 284315090 No Limite da Dor Comp. 18h45. 19h20. 308802029 Deadpool M16. 21h50. 21h25. 18h30. 19h40. Bruno Bravo. 19h10. 19h10. 16h20. 19h30. 21h45 (V. 21h10 (V.Vale Verde. 17h.Port. César! 13h. 16h50. 21h. 15h40. Zootrópolis M6. 15h10. Os Oito Odiados M16.Port. Zoolander 2 M14. 16996 The Revenant: O Renascido M12.Festival Internacional de Artes Performativas de Sintra 2016). 00h30. 214176255 Bang Comedy Gang Dia 2/3 às 21h30./2D). 13h40. 14h20. Zootrópolis M6. 21h10. Os Deuses do Egipto 15h40./3D).20. 13h50. 15h30.Santarém Largo Cândido dos Reis. 18h (V. Zootrópolis M6. Triplo 9 13h10. 18h15. Duração: 80m. Duração: 90m. 18h50. 15h. 23h55 Albufeira Cineplace . 16996 Deadpool M16./2D). 21h45. Teatro da Politécnica Rua da Escola Politécnica. AS ESTRELAS DO PÚBLICO Jorge Mourinha Luís M. 24h. Zoolander 2 M14.). Perfinst Karnart.Port. O espectáculo (na foto) marca a abertura da quinta edição do Periferias – Festival Internacional M6.Port. 18h15. Zootrópolis M6. Odivelasparque. 17h20. Triplo 9 15h50. 15h45. Como Ser Solteira 16h. 21h40. 18h30. 23h50. 3ª e 4ª às 19h. Uma Escolha Por Amor M12. Fórum Montijo. As Cinquenta Sombras de Black 19h55. 15h10. M/18. 21h20. 21h45. 19h30. Zoolander 2 M14. 13h10 (V.Portimão Quinta da Malata. Como Ser Solteira 13h.21 ./2D) Setúbal Auditório Charlot Av. A partir de 30/9. 00h05. 17h20. Zoolander 2 M14. 16h30. 21h30. 4ª às 21h30./3D)./2D). 16h (V. 15h. 17h40 (V. Fernando Ricardo. The Revenant: O Renascido M12. 21h30 Cineplace . Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. As Cinquenta Sombras de Black 15h30. 21h10. 18h20. 00h35. 21h30 Loures Cineplace . 17h50 (V. 16h10. 18h10. 18h20. 11. 15h50. 21h (V. 15h20./2D). Zoolander 2 M14. Fórum Algarve. Triplo 9 14h. 19h20. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. M/12.Port. Oeirashopping. 13h40 (V. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 21h40. 15h30. 21h30. Zoolander 2 M14. 21h30. 15h20 (V. Ria Shopping. 213538586 Quem é o Jeremias? Enc.Festival Internacional de Teatro do Alentejo 2016). 15h40. 19h30. 21h10. Zootrópolis M6. 00h20.Port. 17h40. 16h. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 15h10. 18h50. 18h50 (V. 21h20. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 21h30. T. 17h30./3D). Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6.Fórum Sintra Loja 2. 13h25 (V.Loures Shopping Quinta do Infantado. Salve. João Garcia Miguel. 18h10. 21h40. 21h45. Dr. 15h35. De 27/2 a 5/3./2D). Clemente Tsamba (Moçambique). Um Avô Muito à Frente M12. 15h35./2D). C. 18h10. 22h.Port. 19h20. Fotografia. CC. Os Deuses do Egipto 16h10. 20h. Os Deuses do Egipto 15h30. 17h50 (V. As Cinquenta Sombras de Black 15h30. 15h40. Os Deuses do Egipto 15h15. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6./3D). 17h50./2D). 5ª e 6ª às 21h30. 21h30. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 15h30. 17h50. 15h45. 18h. 16996 Deadpool M16. 15h20. 21h30. 18h30 (V. 19h50. Zoolander 2 M14.Port. T. 12h50. 23h55 (V. As Cinquenta Sombras de Black 17h50.Port. 18h30 (V. T. 15h25. 21h10. 21h15. 214408411 A Dama das Camélias Grupo: DRAMAX – Centro de Artes Dramáticas de Oeiras. 16996 Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 18h50. 15h10. T./2D). Isabel Damatta. Mustang M12. 16h. C. Deadpool M16. 23h50. 00h05.Port. 13h30. 21h20. 21h50. Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura M6. 18h30. 20h50. 16h10 (V. The Revenant: O Renascido M12. 289887212 Como Ser Solteira 13h30./2D)./2D). Os Deuses do Egipto 12h50. 707 CINEMA The Revenant: O Renascido M12. The Revenant: O Renascido M12. 21h50. Como Ser Solteira 17h45. Salve. a peça que marca o seu regresso ao diálogo dramático com William Shakespeare. 265522446 O Caso Spotlight 21h30 Cinema City Alegro Setúbal C.AlgarveShopping Estrada Nacional 125 . 17h20.Orig. 21h20. 213405700 A República das Bananas De Filipe La Féria. Deadpool M16./2D). 21h30. Duração: 60m. 19h. 21h55./2D). 18h30. 16h. 21h10. Zootrópolis M6. Uma Escolha Por Amor M12. 16h10. M/16. 15h10. 15h35. 19h40. 15h30. César! 15h50. 15h50. 18h50. 18h (V. 21h50. 15h30. 18h40. 14h20. Zoolander 2 M14. 13h35. Zoolander 2 M14. 18h05. The Revenant: O Renascido M12. 21h20 Portimão Faro Cinemas Nos Tavira R. Os Deuses do Egipto 16h10. 21h Caldas da Rainha Vivacine . 19h50 (V. 16h10. 5ª e 6ª às 21h. 15h50 (V. Como Ser Solteira 14h.

56.Vital (Amoreira/Óbidos). Joaquim Maria Cabeça Constância . T. Amadora Espaço Cultural Recreios da Amadora Avenida Santos Mattos. 3ª a 6ª das 13h às 19h30. T. T. Sáb das 15h às 20h. T. 213832193 Olhos nos Olhos De Monteiro Gil. Fundação e Museu Calouste Gulbenkian Avenida de Berna. 2ª. Sáb das 12h às 19h30. de São Gonçalo (Carcavelos). 213542312 Marbel (Alvalade . Paula (Salir) Loures . entre outros. Miguel Justino Contemporary Art R. 3ª a Dom das 09h30 às 17h30.Leitão Alter do Chão .05. Silva Fernandes (Golpilheira) Beja .Contemporary Art R. 5ª. 2ª e Sáb das 10h às 18h e das 20h às 00h. Sáb e Dom das 10h às 18h. Um Dia em Yèvre De Maria do Carmo Galvão Teles.Varela Dias Portalegre . Confiança (Pedrogão Pequeno) Sesimbra .Avenida António A Aguiar. Figueiros (Figueiros Cadaval (Jan.Montepio Artistico Tavirense Tomar .Ascenso. Maria do Rosário Pedreira. 6ª. Alandroalense Albufeira . 6ª das 10h às 22h.Da Misericórdia Avis .Melo Peniche .Pinheiro.Instituto da Cooperação e da Língua Avenida da Liberdade.Godinho Évora . Uma Colecção Inglesa De Philip de Laszlo. Hoje o Mar não Deixa De 18/2 a 1/5.Rainha Campo Maior . 5ª. Sáb às 16h30. T.José Pedro Croft. Colecção de Cartazes de Ernesto de Sousa De 17/4 a 3/4. Gulbenkian e o Gosto Inglês De 27/11 a 28/3. 2ª a Sáb das 14h às 20h. 217977418 Breves Passagens De Rui Pedro Jorge.36 | PÚBLICO. 270.Pereira Almada . 5ª. 36. Fotografia. Rui Gueifão.E .Ferraz. Pedro Valdez Cardoso. Nuno Lucas. T. 214369000 (Ext: 5190) Inquietude De Rodrigo Dias. 3ª.Nicolau Torres Vedras . Portugal (Chança) Alvaiázere .Rua D. 217261831 Inside Out De José Lourenço.Santa Cacém . 4ª. Novidades. Xavier Gomes (OrvalhoOleiros) Olhão .Estação de Algés (Algés) Oleiros .Nova Vidigueira . Póvoas (Samouco) Alenquer . Dom às 11h e 16h30. Vila de Rei . Belmonte . Pintura. 4ª. 2ª a 6ª das 12h às 19h. 213240580 Boyce Avenue Dia 2/3 às 21h.Medeiros (Avelar). 3ª. Diogo Bolota. De 18/11 a 6/3. Instalação.Silva Domingos Vila Franca de Xira .Batista. 217905155 Guy de Cointet: Who Wrote That? De 20/2 a 15/5.Avª. Truncado De Carlos Correia. De 20/1 a 12/3.Gavião Golegã Salgado Grândola . Museu Rafael Bordalo Pinheiro Campo Grande. 42 .Pulido Suc.Alentejana Chamusca . 2ª a 6ª das 09h30 às 13h30 e das 14h30 às 18h30. Liberal (Reguengo Grande) Mação . Obra Gráfica. T. 45A. 3ª a Dom das 10h às 18h. 213959559 Yonamine: Não Sou Santo De 2/2 a 9/3. Esperança (Esperança/Arronches) Arruda dos Vinhos . 4ª a Dom das 10h às 18h. 3ª a Dom das 10h às 18h.São Pedro Mora . 5ª. Ciência. Padrão dos Descobrimentos Av. T.Duarte Ferreira (Rossio ao Sul do Tejo) Alandroal . 6ª das 10h às 22h (gratuito das 18h às 22h). Alan Charlton. 2ª a 6ª das 09h30 às 20h. 3ª a 6ª das 10h às 13h e das 14h30 às 19h. Santa Bárbara (Rio Tinto) Lourinhã . De 14/1 a 11/3. Todos os dias das 10h às 19h. 54B.CCB. Castro Machado (Alvorge).Cruz de Portugal. 213610731 Exposul (Santa Maria dos Olivais) . 113.Vilhena Ponte de Sor . 217823474 As Casas na Colecção do CAM De Ana Vieira.Moniz Nogueira Montemor-o-Novo . Conde Castro Guimarães. Cristina Guerra . Claro Russo (Mercês) Sobral Monte Agraço . São Damião Ansião .Campo Maior Cartaxo .Nobre Sobrinho Amadora . Universo (Caneças) Oeiras .Ramos Alpiarça . 3ª a Dom das 10h às 18h. T. 3ª das 14h às 18h. Joaquín Sorolla. 2ª a 6ª das 11h às 14h e das 15h às 20h. T. Lazarim (Lazarim) Almeirim . Moderna (Frazoeira/Ferreira do Zezere) Figueiró dos Vinhos . T. do Brasil) .Martins Santarém .Quintela Vendas Novas .Vitorino Santiago do Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos Av. Duque do Loulé. Horácio Frutuoso.Roque Castro Verde . De 1/3 a 6/3. 33. 5ª.Santiago Maior. 3ª a 6ª às 10h. Galeria 111 Campo Grande. T. 4ª a Dom das 10h às 18h. 6ª.Santos Monteiro Viana do Alentejo . No Borders De Izumi Ueda Yuu.Tente (Atalaia).Misericórdia Cuba . Dom e feriados das 11h às 19h. 3ª a Dom das 10h às 19h.Edifício Pedro Álvares Cabral Doca de Alcântara Norte. entre outros. T. a Vida Criativa De Carlos Brum Melo. Capitão Leitão. T. Oliveira Odemira . Fotografia.Catarino Mafra . 2ª. Portugal Visto pelos Chineses De 4/2 a 13/3.Jerónimo Sardoal . Galeria Filomena Soares Rua da Manutenção. 4. 3ª a Dom das 10h às 18h (Última entrada 17h30). 218162032 A Driver Who Indicates Left and Then Turns Right De Diogo Evangelista. 3ª.Galiano (Quinta do Anjo) Pedrógão Grande . Galeria Pedro Cera Rua do Patrocínio. Instalação.Ferreira (Malveira). T. Alcoitão (Alcoitão). Maria Paula (Quarteira). 4ª. Jorge Martins. Fotografia. Nicolau Bettencourt. Francisco de Zurbarán. Nepal. Carlos Carvalho . Sáb das 09h30 às 12h30. Ângela Ferreira. Sáb e Dom das 10h às 18h30. De 16/7 a 27/3.Correia Pinto Alcobaça . 3ª a Dom das 10h às 19h Museu da Electricidade Avenida Brasília. Anubis (Maçãs D.Singa Ferreira do Zêzere .Da Misericórdia Elvas . Galeria Municipal Artur Bual Rua Luís de Camões. T. Noé Catarina (Carregueira). 2ª a Sáb das 10h às 18h e das 20h às 00h. Baginski Galeria/Projectos R. De 27/11 a 28/3.Mário Cesariny Rua das Escolas Gerais. Brasília .Central Nazaré . De 22/2 a 18/3.Roda. De 21/1 a 5/3.Arte Portuguesa na Colecção da Secretaria de Estado da Cultura (1960-1990) De 15/7 a 12/6.Rosado e Silva Entroncamento . De 21/1 a 12/3. T. De 19/2 a 31/3. Programa Açores pelo Nepal. T. Rachel Whiteread. De 22/1 a 17/4. Objectos.Sália Silves . T. Pedro Cabrita Reis. Thomas Weinberger.Madragoa. 213585200 A Arte da Falcoaria de Oriente a Ocidente De 19/11 a 6/3. outros. 3ª a 6ª das 10h às 19h e das 20h às 00h.Dias da Silva. Pires (Santiago da Guarda) Arraiolos Misericórdia Arronches . Sáb e Dom das 10h às 18h. Soeiro. Fotografia.Vieira da Silva Praça das Amoreiras. Giefarte Rua Arrábida. 218143439 do Cruzeiro (Ajuda) . Ana Catarina Silva (texto).A . 213612878 Colecção Berardo De Vito Acconci. Monteiro Telhada (Porto Covo) Sintra Guerra Rico (Agualva).Central de Bucelas (Bucelas).Convento das Bernardas. Pintura. Maria Orlanda (Sitio da Nazaré) Nisa .Carmo Vila Velha de Rodão .Dinis Carvalho (Castanheira) Castelo Branco . Susana Gaudêncio. Ferreira Camilo (Manique do Intendente) Barrancos . Séculos XV-XIX: Espelhos ou Representações com Sentido(s)? De 28/1 a 26/3.r/c. José Pedro Croft.Misericórdia Covilhã . De 7/1 a 31/3.Higya Monforte . 213912800 Bernardo Bellotto: A Via di Ripetta em Roma De 16/2 a 29/5. VII Bienal Internacional de Ilustração para a Infância. Sáb. MÚSICA Lisboa Coliseu dos Recreios Rua Portas de Santo Antão. De 21/1 O 6. Sáb e Dom das 10h às 18h.06.Central Salvaterra de Magos .Pereira Suc. Louise Bourgeois. 213138510 Materiais Transitórios . 213970719 Utopia Luanda Experience . 213432148 João Grama.Tel. Marginal Castanheira de Pera . T. 964081283 Babel De Ana Tecedeiro.Av. 2ª a 6ª das 10h às 19h30. Centro de Arte Moderna Rua Dr.do Alto da Castelhana (Alcabideche). Carrasqueira (Montalvo) Coruche . 3ª a 6ª das 14h às 19h. Oliveira Vila Real de Santo António . Sir Anton van Dyck. O Teu Corpo É o Meu Corpo. T.Fonseca (Amora) Serpa . de Roma.Lima da Silva. De 16/1 a 5/3. T. Fotografia.Campos (Aguda). Sáb e Dom das 10h às 18h. Brasília .Núcleo de Escultura da Colecção da Fundação PLMJ De Alexandra Mesquita.º Ciclo de Jazz nos Recreios da Amadora abre com Ricardo Toscano Quarteto Sendas. Daniel de Matos (Sobreira Formosa) Redondo . Pacheco Pereira (Cabaços). T. 3ª a 6ª das 10h às 13h e das 14h30 às 19h. Objectos. 4ª. 131 . 52.Baronia Ansião . Rodrigues Sampaio. Galeria das Salgadeiras Rua da Atalaia nºs 12 a 16. Peralta (Alcoentre). José Pedro Croft.Museu do Chiado Rua Serpa Pinto. Cascais . T. 13.Martins Gonçalves (Estreito .Andrade (Idanha A Nova). Praça do Comércio (Terreiro do Paço) A Luz de Lisboa De Nuno Cera. Galeria 1.Gonçalves. 28-A Tel. 3ª a 6ª das 11h às 13h e das 14h às 17h. 3ª a 6ª das 12h às 20h.Alameda dos Oceanos. Farinha (Cernache do Bonjardim). Your Body Is My Body. Documental. De 13/2 a 12/3.Pinto Vila Viçosa . Narrativa de uma Colecção .Central Torres Novas .Maio)) Caldas da Rainha .Costa Sousel . 38. 382. Central (Caria) Benavente . 3ª a Sáb das 15h às 21h. Casa da Liberdade .Silveira Suc. Carl Andre. Cordoaria Nacional Avenida da Índia. De 23/1 a 5/3. Serrasqueiro Cabral (Ladoeiro).Torrinha Alvito . Modas De 23/1 a 25/4. 213880381 Jogo De Fernando Brito.Silva Ramos . Rostos de Timor De António Cotrim. Vídeo. Roldão Vila Nova da Barquinha . 2.Nataniel Pedro Mourão . Amadora a 12/3.Vitória Gavião .Barranquense Barreiro . Ideias. Garcia Guerra. Barata Salgueiro.Serpa Jardim Sertã .Ferreira da Gama.Franca Borba Carvalho Cortes Cadaval . Gonçalo Preto.Oleiros). entre outros.Fialho Portimão .Graciosa. Central (Pavia) Moura . 3ª a Sáb das 14h às 20h. Pedro Tudela. Pintura. Sempre! De Colectiva. 218967033 Outras Localidades(Serviço Permanente Abrantes . T. 1 . Cícero Dia 2/3 às 22h. Sáb das 14h30 às 19h.Central Almodôvar . 217811500 Inventários de Arquivos de Família. 146 .Photo-Liturgya Lisboeta & Kino-Exorcismo Pessoano De Edgar Pêra. T. Falcão (Vila Franca do Rosário) Marinha Grande . De 20/11 a 3/4.Costa. De 17/2 a 12/3. 213031950 Portugal em Descoberta. 3ª a Dom das 10h às 18h. 213880044 Vieira da Silva e Arpad Szenes. Sáb e Dom das 10h às 18h. 67E.da Alameda Crato . 213637700 Seven Parking Tickets De Jorge Molder. De 4/2 a 6/3. Galeria Diferença Rua São Filipe Neri. Fundação Arpad Szenes .Tel.Passarinho Seixal . 3ª a 6ª das 11h às 18h. 218624122 Esplanada: Utopia no Planalto e Uma Brasília Indiana De Rodrigo Oliveira. Escultura. De 25/2 a 3/4.Higiene (Carregado) Aljustrel . Vídeo. Sáb e Dom das 14h às 18h. QUA 2 MAR 2016 SAIR Arquivo Nacional da Torre do Tombo Alameda da Universidade. Nova. 217993770 Nova Luz (Alto de S. Ermida de Nossa Senhora da Conceição Travessa do Marta Pinto. 3ª das 14h às 18h.Tel. 12. Wentworth-Fitzwilliam. Serra Fronteira .Atlântico. 3ª a Dom das 10h às 13h e das 14h às 18h. 4ª. 3ª a 6ª das 10h às 19h e das 20h às 00h. DANÇA Lisboa Maria Matos Teatro Municipal Av.Quintans (Foz do Sousa). Museu Nacional de Arte Antiga Rua das Janelas Verdes. 213110027 Latina .Alexandre Ferreira do Alentejo .Confiança Odivelas . Instalação.Alter. Francisco Goya.Reis Castelo de Vide . 218438801 Por Esse Mundo Fora De Márcia Lança.Proença Pombal . 3ª. 3ª a Dom das 10h às 18h.Ferreira Pinto Óbidos .Elvas Portel .Miguens Bombarral .Paulitos Rio Maior . De 2/2 a 8/3. 2ª a 6ª das 09h30 às 19h30.Vaz (Cabeço de Vide) Fundão . 213259940 Espaços de Configuração De José Pedro Croft. T. Museu Colecção Berardo Praça do Império . Sáb das 15h às 19h. 5ª. O Retrato Europeu De 23/2 a 12/6.Avenida Redondo Alentejo Setúbal . Falcão.Nobre Sousa Ourique .Almeida Gonçalves Estremoz . Santo António à Estrela. 31 . 6.º. Sáb das 15h às 20h. Time Out Mercado da Ribeira Avenida 24 de Julho. Maria) Alvito . 6ª das 10h às 22h. De 18/9 a 7/11. Domus Massamá (Massamá).Tel. Quatro variações à volta de nada ou falar do que não tem nome De Nicolás Paris. 213942810 Little From The Fish Shop De 5/2 a 30/4.CGD. MNAC . Colección Masaveu De El Greco. 3ª a Sáb das 10h às 19h. 213460881 The Behaviour of Being De Pauliana Valente Pimentel.Mar.Avª.1. Desenho.Alcacerense Alcanena .Sepúlveda Ourém . Camões . Monsantina (Monsanto/ Beira Baixa). De 4/2 a 23/3.Costa Idanha-a-Nova .Heleno. 3ª a Sáb das 10h às 20h. Pintura e Artes Decorativas do Século XII ao XIX A partir de 16/12.Descubra o Corpo Humano De 2/11 a 10/4. Pintura. 2ª. Dias Neves Sines . De 9/1 a 4/3.Pancada Moita .Mendes Dordio (Cano).Branco Faro .Tel. Gil Heitor Cortesão.Nova (Garvão).de Santana (Santana) Setúbal . 6ª das 10h às 22h. 5ª. Pintura. 3ª a Sáb das 11h às 19h (Sáb encerra das 13h30 às 15h).Baptista. T.Canelas Pais (Cabeção).Arquitectura da Paz De Francisco Vidal. 217823000 Calouste S. 213420277 Liberdade com Humor. Sociedade Nacional de Belas Artes R. Frei Miguel Contreiras.Rua do Cruzeiro. 96.Telo Loulé . 210028190 Ilustrarte 2016 De vários autores. 2ª das 15h às 19h. 3ª a Dom das 10h às 18h. DR Objectos.Do Bairro (Cova da Piedade).Central. Nova Alverca. Documental. Fernanda Fragateiro. T. 17-A . Culturgest Rua Arco do Cego . Museu da Marioneta Rua da Esperança. Lote 2. 6ª.Nunes (Baixa da Banheira) Monchique .Duarte Marvão . 80. Freitas (Zebreira) Lagoa Vieira Santos (Estombar) Lagos .Xavier da Cunha Reguengos de Monsaraz .Cave. Heimo Zobernig.Roque Pinto Mértola .A culpa é do like De 26/11 a 31/3. Escultura. 51/53. 52A .Epifânio Alcochete Cavaquinha. Todos os dias das 10h às 19h. Sáb e Dom das 10h às 18h.Nova de Aviz Azambuja . De 20/11 a 31/10. 218822607 Lisboa Revisitada .Roldão Batalha . 4ª. Loja H . Joly Braga Santos. Lote F . Ouriquense Palmela . De 30/1 a 5/3. 20. De 18/5 a 18/5. 214369054 BD Facebook . Domingos Jardo. 214369055 Ricardo Toscano Quarteto Dia 2/3 às 21h30 (6.Jardim Montijo . Carvalho (Praia do Ribatejo). Rui Chafes. Pintura. T. Leonor Antunes. Filipa Tojal. Andrade Tavira . T. 213646128 Real Bodies . Pintura. João) . 3ª a Dom das 10h às 18h. Galeria da Casa da Imprensa Rua da Horta Seca. Galeria João Esteves de Oliveira Rua Ivens. Sombras da Ásia A partir de 28/6.Lopes Proença-a-Nova . Documental. Objectos. 4ª. A partir de 9/11.Baeta Rebelo Penamacor . 2 (Casa Aprígio Gomes).Arte Contemporânea R. FARMÁCIAS Lisboa/Serviço Permanente Ducal (Duque de Loulé) . T.Carvalho Porto de Mós .º Ciclo de Jazz nos Recreios da Amadora). Filipa Roque. Museu do Oriente Av. 218170667 Bordalo à Mesa De Bordalo Pinheiro. T. De 21/1 a 27/3. Senhora da Ajuda (Gaeiras). Cartoon. Sir Joshua Reynolds.do Mar Alcácer do Sal . Todos os dias das 10h às 20h. T.

20h18 Snatch — Porcos e Diamantes.15 Mentes Criminosas 23.10 Tecnologia Impossível 3.40 Coração d´Ouro 22.06 Trocadas à Nascença 5.57 Rekkit Rabbit 23.38 Família de Acolhimento 15.05 The Jinx: A Vida e as Mortes de Robert Durst 17.Directo 13. olha para a mensagem e decifra o código de imediato.04 Testemunhas 23.18 Filme: Snatch . 14.00 Desmontando o Cosmos 23.30 Super PortaAviões 22. Este filme é também um relato íntimo e autobiográfico sobre a sua vivência campestre em Morelos.00 Ligações Perigosas 11.29 Mentes Criminosas 21.04 Euronews 10.Maria Filomena Mónica 3.0 SIC 14. Share A Única Mulher II Coração d’Ouro Jornal da Noite Jornal das 8 O Preço Certo TVI 16.00 Jessie 18.ª temporada.00 Turno da Noite 1. Com selo de qualidade da HBO.30 Amor Sem Aviso 18.15 Investigação Criminal: Los Angeles família para uma zona rural.15 Filme: No Surrender 1.15 Apocalypse Now Redux 4. Luz Silenciosa) que constitui uma exploração profundamente pessoal da inocência e do pecado.20 Anatomia de Grey 2. quando não se apercebeu de que o microfone estava ligado.06 Filme: Rápida e Mortal 14.30 Alasca de Comboio 18.41 Filme: Snatch . Durst é novamente suspeito de homícidio e procura o realizador Andrew Jarecki para uma exclusiva entrevista.00 Telejornal 21. Nicholas Kudrow (Alec Baldwin).00 Phineas e Ferb 18.25 24 Horas 14.00 Zig Zag 11.10 Focus 2. as paródias oportunas. DOCUMENTÁRIO The Jinx: A Vida e as Mortes de Robert Durst [The Jinx: The Life And Deaths Of Robert Durst] TVC1.10 I Love Paraisópolis 19. apesar dos laivos cómicos.35 Guerra de Leilões 5.50 Austin & Ally 19.26 Hawai Força Especial 22.50 Filme: Os Filhos de Huang Shi 16.01 Car Matchmaker 2 20. um detective do FBI. incluindo nomeações para os Emmy Awards como Melhor Série de Humor.40 Podia Acabar o Mundo 13.55 Clínica Privada 2.45 Totoloto 00. Desde a estreia.00 Edição da Manhã 8. É então que Simon (Miko Hughes).57 Jornal da Noite 21.20 Galáxia Wander 16.00 Sociedade Civil Desportos Motorizados 3.55 Poderosas 23.40 Limite Vertical 17. é um filme cheio de acção e com um tom bem mais negro que o anterior.24 Rizzoli & Isles 22.30 Van Damme Implacável 23.00 Grande Tarde 19.5 TVI 10.9 34.10 Os 7A 17. 4.47 Página 2 22.00 Filme: Supercop.00 Caça Tesouros 23.13 100 Code 00. mas continua a entreter com o seu humor afiado.21 Guerra Submarina 23. Dono de um império no ramo imobiliário.26 Pequenas Mentirosas 2.00 Jornal da Uma 14.55 Inesquecível 2.20 Rapaz-Ostra TVC1 Post Tenebras Lux [Post Tenebras Lux] RTP2.39 Mentes Criminosas SIC AXN BLACK DISCOVERY 6.00 Ficheiros Secretos: Quero Acreditar 1.20 À Pesca de Ouro 20.30 Filme: Dança Feroz 23.25 Miraculous . Mas alguém quer ter a certeza de que o segredo não é desvendado.57 Zig Zag 20. Ao mesmo tempo.00 Cinemax Curtas 2. Enquanto Arthur “Art” Jeffries (Bruce Willis).08 O Preço Certo 20.45 Operação Narco 21. onde quer começar uma nova vida.pt CINEMA Nome de Código: Mercúrio [Mercury Rising] Hollywood.00 Primeiro Jornal 14. As histórias acabam por convergir na busca do diamante.Filomena Cautela convida 1.25 Os Segredos da Bíblia 3.I.09 Plantas Carnívoras 19.05 Casos Sem Explicação 21.15 12 Desafios 23.1 20. de Guy Ritchie.20 Rude Tube 3. no México. 14. a não ser que se saiba a chave. Agente Secreta 19.03 Natureza Letal 360 20.7 lazer@publico. a sua melhor amiga e testemunha no processo apareceu morta em 2000.12 5 Para a Meia-Noite .37 O Projecto Lazarus 21.27 Guerras Santas . está localizado um negócio de diamantes.3.S.05 Punisher . que inclui tecnologia de computação.47 Online 3 5.9 31.42 Mágoas de Grandeza 5.54 O Escritório 2. que o espera em Nova Iorque.S.20 Já Estavas Avisado! 4.C.58 Jornal das 8 21.50 Focus 19.42 Caça Tesouros 19.30 Bom Dia Portugal 10.48 Infiéis FOX 13. desmente qualquer ataque contra a criança.00 Investigação Criminal: Los Angeles 00. esta série documental conta a história real de Robert Durst e de três crimes de homicídio dos quais é suspeito.01 Rizzoli & Isles 19.40 Filme: Peso Pesado 1.6 24. RTP1 FOX MOVIES 6.10 O Preço da História 22. a mulher de Robert desapareceu em 1982.45 Red Bull Air Race 2014 4.56 Caça Tesouros 2.34 C.48 A Patologista 21.7 SIC 10. é inventado um código de encriptação de mensagens secretas. mas Durst confessou durante a gravação do documentário ser o responsável pelas mortes.59 Manchetes 3 9.00 Grimm 1.As Aventuras de Ladybug 18.09 Infiéis 20.05 Aeon Flux 15.55 O Bode Expiatório 4. tornou-se numa das mais reconhecidas personagens de TV.00 A Praça .55 Na Linha de Fogo 14.37 Dois Homens e Meio 21. animação espectacular e a sua música original.25 A Minha Família Vive No Alasca TVI 6.49 C. As suspeitas sobre o autor dos crimes ainda não foram confirmadas.Eutanásia 15.30 Manual do Jogador Para Quase Tudo 20.40 A Única Mulher 22.13 Infiéis 3. Juan (Adolfo Jiménez Castro) deixa a cidade onde sempre viveu e segue viagem com a sua jovem HOLLYWOOD 23. um bebé que fala com sotaque britânico.51 Trocadas à Nascença 14. a Fúria do Relâmpago 23. com episódios triplos de segunda a sexta. O problema é que ao passar por Londres é tentado a apostar num combate de boxe ilegal.10 Scandal 00.23 Empire DISNEY 13.40 Alienígenas 5.46 C.30 Filme: Cidade Sangrenta 1.50 Casos Sem Explicação 2.00 The Big Picture 21.00 Portugal em Directo 19.40 Melhores Amigas Sempre 20. um rapaz autista de nove anos. tal como um vizinho em 2001.00 Jornal 2 21.43 Pequenas Mentirosas 21.00 A Tarde é Sua 19.40 Em Solitário 12.00 Sociedade Civil .07 Sonhos Traídos 10.54 Bem-vindos a Beirais 22.01 Tecnologia Impossível 17.00 Crossing Lines 5.A Cruzada de Jerusalém 12.O Dilema 10.57 A Patologista 17.33 C. o promotor de boxe ilegal Turkish ( Jason Statham) tenta fazer dinheiro com o boxeur Mickey (Brad Pitt).10 Investigação Criminal 1.15 Spartacus: A Vingança 5.25 Os Segredos da Bíblia ODISSEIA 17.Directo 18.03 Castle 17.06 Filme: Post Tenebras Lux 1. mas nunca foi condenado.15 Queridas Manhãs 13.1% % 1.O Vingador 1. tenta proteger o rapaz. 18. o “Código Mercúrio”.02 Nós Controlamos a Noite 2. 17h10 Family Guy entra na sua 14.24 Duplo Amor 11.S. Family Guy já coleccionou vários prémios. Selfridge 5.13 Jack e Jill 14. Mas afinal tudo não passa de uma cilada.48 Appaloosa RTP 2 7.04 Amor ao Acaso 19.00 Agora Nós .I.06 Filme: Rapto Brutal 2. No campo.14 Super Porta-Aviões 00. Frankie “Four Fingers” (Benicio Del Toro) é um ladrão e a sua missão é entregar um diamante ao seu chefe Avi (Dennis Farina).Uma História do Algarve 15.53 Filme: 8mm 18. sendo a segunda série animada da TV a ser honrada com tal distinção.54 Guerra Submarina 1.I. Depois de testado.06 Investigação Criminal: New Orleans 00. 19.01 Castle 2.44 Investigação Criminal: Los Angeles 20.PÚBLICO.53 O Universo 4.04 Grande Entrevista .55 Santa Bárbara 23.40 Euronews 15. Snatch — Porcos e Diamantes [Snatch] AXN Black.S.10 Você na TV! 13.C. a série atingiu o estatuto de culto entre os fãs e a sua estrela.55 Hawai Força Especial 1. A polícia usou a prova para o deter e aguarda-se julgamento.12 C.58 A Quinta 1.38 Terapia 00.20 Planeta Gelado 18.28 Plantas Carnívoras SÉRIE Family Guy FOX Comedy.37 K.02 Os Nossos Dias 5.28 A Quinta 19.33 Filme: Snatch . 19h35 Nos Estados Unidos. Vigilância Total 5. tudo se revela diferente e até a dinâmica familiar se altera.07 Hawai Força Especial 15.17 Mediterrâneo Selvagem 13. matemática e física subatómica.05 Rude Tube 00.35 Mentiras de Amor 17.56 Romeo Deve Morrer 4.42 A Patologista 14.42 John Q 16.00 Jornal da Tarde 14. Em Londres.40 Ursos Grizzly.05 Jessie 20.2 RTP1 9.15 K.00 Jessie 22. AXN White.25 Cake: Um Sopro de Vida 1.24 Randy Cunningham: Ninja Total 22.23 Mentes Criminosas 1 16.17 iZombie 22.35 Trocadas à Nascença 19. QUA 2 MAR 2016 | 37 FICAR Os mais vistos da TV Segunda-feira.45 Dancin Days 16.Porcos e Diamantes 22. com resultados inesperados.39 Fascínios 3.Porcos e Diamantes 4.00 A Regra do Jogo 1.30 Mr.53 Lab Rats 21. .30 A Promessa de uma Vida 23. FOX LIFE 15. 23h06 Um filme de Carlos Reygadas (Batalha no Céu.S.11 Dá Tempo ao Tempo 13.05 Palavra aos Directores 5. 20h43 % Aud.35 Hora dos Portugueses 5.29 Filme: Mistaken 19.4 29.30 A Vida nas Cartas .30 As Cinquenta Sombras de Grey (Versão Alargada) AXN AXN WHITE 13. Em 2001.7 18.27 Regatear à Antiga 00.30 Diário da Manhã 10.I.18 Os Nossos Dias 15.20 C.8 FONTE: CAEM RTP1 RTP2 SIC TVI Cabo 14.20 Anatomia de Grey 23.25 Filme: Dança Feroz 17.0 21.48 Body Of Proof 4.31 Operação Narco 3.I.00 O Sonho Certo .41 Investigação Criminal: Los Angeles 17. Agente Secreta 22.15 Filme: Supercop. a Fúria do Relâmpago 5.Porcos e Diamantes 17.06 Liberdade 21 14. o comandante da empresa que criou o código.I.15 Casos Arquivados HISTÓRIA 17.07 A Fé dos Homens 15.35 Os Quatro Filhos de Katie Elder 13. o que o torna um alvo a abater. 29 Pequenas Mentirosas.51 Filme: Rapto Brutal 20. o Governo chega à conclusão de que o código é inviolável.S.35 Nome de Código: Mercúrio 21.45 Mundo Meu 16.47 Car Matchmaker 2. 17h05 O milionário Robert Durst foi suspeito de homicídio nos anos 80.6 22.35 Mark Wahlberg: O Jogador 21.27 Filme: Hidden Crimes 15.45 Guerra e Paz 23.50 A Invasão 19.

5.6 20h55 2. ASAE. Roo. Ente.5 1. 5.AccuWeather. TÍTULO DA OBRA: Breves Notas sobre as Ligações. 8. Cr. ♠A1084 ♥3 ♦KQJ105 ♣AQ2 2. Reside. Avio. 8. Este joga o Rei. friccionando. dê dois golpes em branco a ouros para ver o Ás aparecer. é absolutamente necessário realizar uma vaza a ouros. Bote. Pátria de Abraão. etc. Ralé (pejorativo). Asir. Limalha. Oeste que saiu debaixo da sua Dama de paus. destinado a torneios. Ruído que faz muita gente ao andar.com Faro 2. 9. Vazio. Gare. Terreno arável. Torna são. Na. Carteio: Saída: 6♣. 6. 11. 12 a 14 no abridor e 6 a 9 no respondente. 3.5 03h32* João Fanha/Pedro Morbey (bridgepublico@gmail.com *de amanhã . será uma causa perdida. Manto. 10.5 08h04 2. 8. AP. Ma.6 08h09 2. Flores Graciosa 15º 14º 18º 15º Faial 13º 2ST – Com defesa a copas. TIR. Solução do problema anterior: HORIZONTAIS: 1. Pessoa amada. 6. A parte dianteira do navio. AS. VERTICAIS: 1.5 03h11* 1. cinza. Que não se pode revelar. Túmulo. Problema 6677 Dificuldade: Média 3♣ – Com um 5-5 e 16-17 não hesite em marcar o seu bicolor em salto. Outra coisa (ant. 3.q. Limpar com areia. Lua Nova Solução do problema 6675 Funchal º 0.6 03h03* 1. QUA 2 MAR 2016 JOGOS Meteorologia Ver mais em www. Reuma. Limpar. Evitar. proposicional e não forcing. Preposição designativa de falta. deus dos rebanhos. Mini. ♠5 ♥Q2 ♦AQJ53 ♣AK753 3. 10. Sol 18º Nascente 07h07 Poente 18h31 2m 3ST – Com defesa a espadas. NOTAS. Cascata. 7. Primevo.pt/tempo CRUZADAS 9451 TEMPO PARA HOJE HORIZONTAIS: 1. 2. 6. 10.). Mãe. Relativo ao útero. Assa. Hem. Amuo. Progenitora. Natura. 7. Põe. Ocar.5m 9º Guarda 2º 13º Aveiro 2º 11º Penhas Douradas 3º 10º 15º Coimbra 6º 14º Castelo Branco Leiria 7º 19º 7º 15º Santarém Portalegre 7º 18º 6º 18º Lisboa BRIDGE 10º 17º SUDOKU Dador: Oeste Vul: Todos Considere o seguinte leilão: Oeste Norte Este OESTE ♠ 73 ♥ AQ1095 ♦ AJ ♣ Q1064 ESTE ♠ 64 ♥ K2 ♦ Q10983 ♣ K875 SUL ♠ AJ10982 ♥ J3 ♦ K64 ♣ AJ Oeste Norte 1♥ passo Todos passam Problema 6676 Dificuldade: Fácil e jogue copas para verificar que as suas previsões estão corretas. Um. Ms. Bar. Antes do meio-dia. VERTICAIS: 1. Ra. Pequena sela rasa. Capaz. 3. Partícula apassivante. 3. 2. É possível. 2.5-1m Açores Corvo Respostas: Com uma mão de segunda zona (16-17) é necessário dar uma voz encorajante. Gago. A única possibilidade que há é a de encontrar o Ás de ouros seco ou segundo. Loção. das campinas e dos bosques. 4. Qual o seu plano de jogo? Solução: Com duas copas e um pau perdentes. BREVES. Sanha. Miguel 12º 17º 1-2m Ponta Delgada Sta Maria Madeira Porto Santo 15º 19º 3♦ – Mão unicolor de segunda zona. Em. Bate. Peça de vestuário para a mão. 4. Tálio (s. ♠AJ4 ♥K3 ♦KQJ2 ♣AJ104 8º 21º 15º 0.5 Baixa-mar 14h41 1. Informação nova ou pouco conhecida. Terreno fechado.5-1m 18 9 Mar.5 2. 7. Rb. nascido em Roterdão (1466/9-1536). Lagarta da hortaliça. Os adversários tem 21 pontos.com) Cascais Preia-mar 08h25 21h11 Fonte: www. Osa. Estampilha. Se for o caso. 5. 01h54 15º 21º Marés Leixões © Alastair Chisholm 2008 and www. Matias. LIGAÇÕES. Lenir. Caos. Na mitologia grega.38 | PÚBLICO. Casta de videira cultivada em Portugal. Rebordo do chapéu. Optar. Al. tire os trunfos 1♠ X passo Setúbal Sul 1♦ ? Évora 9º 19º 6º 18º 14º Beja Sines 5º 18º 16º 8º AMANHÃ 1-2m Sagres Faro 8º 17º Solução do problema 6674 O que marca com cada uma das seguintes mãos? 1.). Sobre a saída. Se o Ás estiver pelo menos terceiro em Oeste. Anis.5-2.publico. 1-2m S. 9. Gasosa. Levantar. Interjeição utilizada para chamar a atenção ou para cumprimentar. 9. e 18-19 pontos é a voz de 3ST que se impõe. SOBRE. Campesino.indigopuzzles. Aborrecer (fig. Queixal. Humanista holandês. não deverá ter certamente Ás e Rei ou Rei e Dama de copas (ou teria uma saída a cabeça de sequência). Jorge 16º Terceira 17º Pico 13º 1-2m 18º S. Crómio (s. 10.6 14h07 1. 4. 9. 11. embora não tendo uma mão regular (porque com essa e 18-19 pontos podemos saltar para 3ST) esta é voz que melhor descreve esta mão. 5. ♠73 ♥A5 ♦AQJ98✕ ♣KQ8 4. Isso significa que o Rei de copas está à direita e por consequência o Ás de ouros terá de estar à esquerda para que sobrem pontos suficientes a Oeste para justificar a sua abertura. 2.). 4. Ag. Época. Cio. Bragança Viana do Castelo 8º 14º Braga 6º 14º 7º 15º Vila Real 4º 13º Porto 13º 7º 14º Viseu 1. 7. Gerar. Recuo.6 20h49 2. Lurar. Ir rodando. 6. Extrair. 8. 11. Como não há urgência. Chela.q. o Rei será a oitava vaza! NORTE ♠ KQ5 ♥ 8764 ♦ 752 ♣ 932 Este 1ST Sul 2♠ Leilão: Equipas ou partida livre.5 14h19 1. Depois do problema resolvido encontre o provérbio nele inscrito (7 palavras). 11. As vozes e a saída deixam boas pistas quanto à localização do Ás de ouros.).

verificou-se um crescimento de 11. pessoal de apoio técnico e administrativos”. que entrará nas contas apenas no terceiro trimestre da época. fechando o semestre com perdas de 17. Os gastos totais do FC Porto com os seus futebolistas e treinadores. um ano antes.6 milhões). Quanto ao Sporting. A SAD do Benfica comunicou à CMVM encargos com pessoal na ordem dos 26. mas seria bem diferente se a tabela tivesse em consideração os gastos dos três clubes em salários. os custos com o pessoal foram também significativamente influenciados pela integração da Avenida dos Aliados. ancorado nos prémios da UEFA (que atingiram os 20. pode ler-se. o Sporting viu as despesas com remunerações dispararem: a SAD “leonina” registou 23.2 Sporting Benfica FC Porto 66. dos quais 22.4 milhões de euros.3 PÚBLICO três “grandes” do futebol português são os prejuízos registados por Sporting (18.3 Benfica 435 243.5 milhões). Já os custos operacionais subiram de 59.5 milhões de euros e passaram a ser “a fonte de rendimentos operacionais mais relevante”) e na venda de jogadores como Ivan Cavaleiro e Lima (o rendimento destas transferências atingiu os 23. com um acréscimo de 26. embora o montante relativo a remunerações de atletas e técnicos seja de 28. referindo-se à sociedade que explora o Porto Canal. actualmente com um ponto de vantagem sobre o Benfica e quatro em relação ao FC Porto. que atinge os 287. o que o clube atribui principalmente “à diminuição dos proveitos operacionais”.6 milhões. “Leões” e “dragões” somaram prejuízos que. ultrapassam os 35 milhões de euros MIGUEL RIOPA/AFP Finanças do futebol Tiago Pimentel A classificação da I Liga é comandada pelo Sporting. O passivo da SAD do Benfica baixou apenas ligeiramente (0. em conjunto. O mexicano marcou um golo em 28 partidas ao serviço do Atlético.2 milhões em salários — um crescimento de 88% explicado pelos autores do relatório e contas com o investimento feito na equipa.6 Fonte: CMVM em salários.6 milhões de euros. QUA 2 MAR 2016 | DESPORTO | 39 FC Porto é o campeão dos salários mas Sporting foi quem mais subiu Benfica foi o único dos três “grandes” a registar lucros nos primeiros seis meses da época 2015-16. Num comunicado publicado no site oficial do Sporting.8 milhões correspondentes a “salários de atletas. transferido para o Manchester United. explicam os autores do relatório e contas da SAD “portista”. A alguma distância seguem Benfica e Sporting. a SAD “leonina” explica o resultado negativo com “dois factores de conhecimento público: por um lado a sentença desfavorável no caso Doyen vs.2 milhões que o Sporting teve de pôr de lado para o caso de a justiça confirmar que tem de pagar uma indemniza- O Benfica nunca tinha detalhado os números envolvidos na contratação de Raúl Jiménez. por outro. “O aumento verificado nas remunerações do pessoal decorre essencialmente do reforço efectuado durante este semestre no plantel com a contratação da equipa técnica. falando numa “época de transição”. no perímetro de consolidação da FC Porto — Futebol. custou 5. a SAD leonina diz que teria um prejuízo de apenas 3. O Sporting adianta ainda que as vendas dos passes de Fredy Montero e Valentín Viola renderam 4. o futuro permitirá ver no nosso plantel um cada vez maior número de jogadores formados internamente”. tendo assinado contrato até 2020.9 milhões. Por seu lado. praticamente inalterados em relação ao primeiro semestre de 2014-15. “Ainda que os encargos salariais com os atletas tenham crescido no período em análise. Outro reforço do Benfica.6 Benfica -18.2 milhões de euros. Já o Benfica apresentou lucros pelo segundo semestre seguido.PÚBLICO. Outro aspecto que se destaca na prestação semestral de contas dos Capital próprio 5.1 milhões de euros) e FC Porto (17.2 milhões Casillas é um dos jogadores mais bem remunerados no plantel do FC Porto Principais dados Negócio Jiménez Valores em milhões Resultado do exercício 4.4 255 287. ção ao fundo com o qual partilhava o passe do argentino Marcos Rojo. Sem a provisão de 14.1%). com Hugo Daniel Sousa . nas condições e circunstâncias por demais conhecidas e comentadas”.3 milhões em 31 de Dezembro de 2015. antes de se mudar para a Luz.2 milhões”. em Dezembro de 2014. mas o relatório e contas do primeiro semestre de 2015-16 lança alguma luz sobre o negócio: o investimento na aquisição de 50% dos direitos económicos do avançado mexicano foi de 9. SCP e.6 milhões de euros mas só serão contabilizadas nas contas do terceiro trimestre. Por comparação. o Sporting gastava 10. equipa técnica. ficam 19. a SAD “encarnada” faz uma análise destes seis meses. que também comunicaram ao regulador os resultados dos primeiros seis meses da época em curso.8 milhões de euros inscritos na rubrica “custos com pessoal” nas contas da SAD do FC Porto. O FC Porto. Franco Cervi (contratado ao Rosario Central mas que só chegará na época 2016-17). Há 36. mantendo-se nos 429 milhões de euros.3 milhões de euros no primeiro semestre da época passada para os 42. Um valor que inclui encargos com serviços de intermediação e o prémio de assinatura do atleta — e que causa surpresa tendo em conta que. o passivo situa-se nos 255 milhões de euros. Assim. A SAD portista salienta ainda que estes resultados não incluem a venda do passe de Imbula para o Stoke City.1 Sporting FC Porto -17. Excluindo as remunerações dos órgãos sociais e outras rubricas. não têm paralelo nas contas dos outros dois “grandes”.9 para 62.6 Total do passivo Sporting FC Porto Total do activo Benfica Sporting FC Porto 429.9 353. agravou os prejuízos.5 milhões de euros em gastos com pessoal. aquisições de jogadores e renovações de contratos de trabalho desportivo de modo a garantir a necessária sustentabilidade da performance desportiva da Sporting SAD”. A tendência foi contrária nos “dragões”: “Relativamente ao passivo. o Atlético de Madrid terá desembolsado 10.5 milhões de euros (menos três milhões do que no semestre homólogo). por 24 milhões. SAD”. Os “encarnados” cortaram quase um milhão de euros nos gastos com remunerações. de acordo com os dados patentes no relatório e contas consolidado do primeiro semestre de 2015-16 enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). a eliminação no play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. No documento enviado à CMVM. por sua vez.5 milhões pela totalidade dos direitos de Jiménez. pode ler-se.8 milhões entre Julho e Dezembro de 2015. Os “dragões” são aqueles que mais encargos têm com pessoal. com os seus vários colaboradores.6 -11.6 milhões devido ao registo da provisão relacionada com o processo Doyen e ao aumento do endividamento bancário. “A aposta na formação como um dos principais campos de recrutamento para a equipa A é uma aposta ganha.8 milhões de euros. escrevem os responsáveis da SAD. Estas receitas operacionais caíram de 51.

que está bem enraizada tanto em casa e como fora. Na segunda mão da meiafinal. o Rio Ave vai conseguir vencer e estar no Jamor”. para mais uma final da Taça de Portugal. só o castigado Pedro Moreira e o lesionado Aníbal Capela estão indisponíveis — Kuca deverá ter recuperado a tempo —. QUA 2 MAR 2016 PEDRO TRINDADE/NFACTOS Via aberta para uma meia-final com golos em Vila do Conde Futebol Nuno Sousa Rio Ave precisa de marcar para inverter a eliminatória. que tentará replicar os feitos de 1983-84 e 2013-14. Indi J. Depois do “castigo” frente ao Dortmund — começou o jogo no banco —. Se fizermos. mesmo assim. independentemente do adversário. Pedro Martins não acredita que o adversário mude a sua ideia de jogo e se apresente em Vila do Conde com uma estratégia mais defensiva: “Espero um Sp. que não irá contar com Casillas. as principais novidades na convocatória são o regresso dos defesas Martins Indi. Moreirense e Belenenses”. O treinador confirmou a titularidade de Helton. o que significa que há várias soluções para o quarteto mais adiantado.” O discurso de Paulo Fonseca. que recuperou da lesão sofrida na Alemanha. os “dragões” vão entrar em campo sabendo de antemão o resultado do “clássico” entre Sporting e Benfica. o técnico. Braga com a mesma identidade. mas em causa está um contexto competitivo diferente: “Temos uma vantagem que não vai modificar a nossa forma de encarar o jogo. Pedro Martins. evento em que os portistas disseram presente pela última vez em 2011 (ainda sob o comando de André Villas-Boas). manifesta uma confiança inabalável. “O nosso intuito é fazer um bom jogo. O quinto e último jogo da temporada entre Rio Ave e Sp. e Miguel Layún. actual sétimo classificado da II Liga. Com uma desvantagem de três golos. Não estamos à espera de que venha gerir o jogo. Para dar o derradeiro passo rumo à desejada final do Jamor. também vai nesse sentido. Braga é aquele que tem reservado o prémio mais valioso: o regresso ao Estádio do Jamor. Marcano. Garcia Chidozie M. o argelino voltou à titularidade em Belém. ou se o Rio Ave privilegiará o poder de explosão de Yazalde para tirar partido do jogo em profundidade. Para aquele que considera ser o encontro “mais importante até ao momento” para os bracarenses. “Seja por 1-0. Os vila-condenses estão obrigados a assumir um risco maior para inverter o rumo da eliminatória e a boa notícia para Pedro Martins é que poderá contar com as unidades mais criativas. quer “dignificar o clube”. “Vai ser feita dentro de um conjunto de jogadores que estiveram em campo contra o Dortmund. ao mesmo tempo que recupera os habituais titulares para o importante confronto da 25. O jogo da primeira mão foi um jogo muito equilibrado e isso diz tudo”. Braga promete chegar ao golo para aplicar o KO a um velho conhecido No jogo da primeira mão. Ainda assim. Maxi Estádio do Dragão Porto 21h00 SP-TV1 FC Porto 4-3-3 Helton V. Nandinho. Gonçalves Varela Yartey Alphonse Mahamat B.40 | DESPORTO | PÚBLICO. O treinador do Gil. assegurou. que o afastaram do treino de segunda-feira. acrescentou. “Existem momentos em que o Rio Ave é muito forte. Tendo em conta o último encontro do FC Porto. frente ao Sporting de Braga. mas queremos fazer golos e não vamos estar à espera do que o jogo vai dar para ter essa iniciativa.ª jornada do campeonato. Nas duas visitas que já realizou nesta temporada a Vila do Conde. a principal preocupação de Peseiro é agora Brahimi. a tarefa do Rio Ave fica muito complicada”. nesta que é a segunda presença da história do clube de Barcelos numa meia-final da Taça. E o interesse acrescido de saber se será Hélder Postiga (que marcou no Bessa na última jornada) a ocupar o eixo do ataque. 2-0. sempre com os mesmos princípios. rejeita uma atitude resignada e promete tudo fazer para contribuir para um bom espectáculo. 3-1 ou até nos penáltis. o FC Porto triunfou por 3-0 Peseiro quer FC Porto focado apesar da vantagem na eliminatória Futebol Rui Cesário Sousa Técnico dos “dragões” diz que vai fazer uma “rotação estratégica” na segunda mão das meias-finais da Taça. não vamos para lá resignados”. No domingo. mas não destapou o véu sobre a equipa que irá alinhar de início. o extremo deverá estar apto para a partida do fim-de-semana. depois de os “dragões” terem conseguido uma confortável vantagem (3-0) no jogo da primeira mão. Goiano Matheus Sp. Embora saibamos que não vamos ter muita bola. mas. No lote de 18. Braga 4-4-2 Árbitro: Nuno Almeida Algarve Pedro Martins confiante: “O Rio Ave vai vencer e estar no Jamor” . Neves Evandro S. Sp. admite poupar alguns dos jogadores mais utilizados do plantel. Miranda Sandro Serginho Gil Vicente 4-3-3 Árbitro: Sérgio Piscarreta Algarve Pereira. Oliveira Marega Vágner Aboubakar Nwankwo V. Carlos Mauro Baiano André Pinto Boly M. que poderá deixar a luta pelo título ainda mais ao rubro. e a gestão que tem feito do plantel permite-lhe encarar esta partida com ambição. Silva Pecks R. De resto. “Demonstrámos que.” Foi esta a tónica do discurso do treinador do FC Porto no lançamento da segunda mão da meia-final da Taça de Portugal. e os resultados estão aí. em Barcelos. tendo contribuído com um golo decisivo. Vila do Conde 19h00 SPTV1 Rio Ave 4-2-3-1 Cássio N. Com a recuperação de Indi. Pouco a perder no jogo da segunda mão tem o Gil Vicente. avaliou. Danilo. Monte Lionn Marcelo Tarantini Ukra Edimar Wakaso Krovinovic Kayembe Yazalde Stojiljkovic Hassan Rafa Josué L. o Sp. Fonseca tem os principais trunfos disponíveis. os vila-condenses vão tentar dar a volta ao resultado negativo (1-0) registado no Minho e o treinador dos anfitriões. Seja qual for a opção. acredita o treinador. em Barcelos. que cumpriu castigo no jogo do Restelo. Ángel R. jogamos sempre de igual para igual. frente ao Gil Vicente “No futebol não há impossíveis. mas acabou o jogo com queixas na coxa direita.” Estádio do Rio Ave. treinador dos minhotos. o guardião José Sá. com excepção de Djavan e Rui Fonte (ambos castigados) e várias opções especialmente para um meio-campo que tem conhecido diferentes protagonistas. Corona e Brahimi. José Peseiro deverá dar oportunidade aos menos “rodados”. que terminou com uma vitória por 2-1 frente ao Bele- nenses. o defesa Víctor García e o avançado André Silva são as restantes novidades num grupo que Peseiro quer “obrigatoriamente focado” no jogo da Taça. Braga empatou uma vez e perdeu outra.

Os surpreendentes líderes da Liga inglesa cederam um empate (22) em casa. as atenções voltam-se agora para o Comité Olímpico Internacional (COI). na qual conseguiu a 16. a publicação inglesa noticiou ontem a possibilidade de a escolha das cidades brasileira e japonesa poder estar associada a processos pouco claros. já que.º de 2015. decorre em Lviv. Bournemouth 16. Muzichuk desafia a partir de hoje Hou Yifan no Mundial A campeã mundial. mas com possibilidades reais de ser apanhado pelo Villarreal. de 23 anos. Vamos trabalhar para ficar dentro dos 12 melhores do mundo. o campeão Chelsea lá se vai aproximando. em jogo que abriu a ronda 27. líder da hierarquia do xadrez e única jogadora em actividade a ocupar um lugar no “top 100” absoluto. mas não foi o suficiente para impedir a terceira vitória O seleccionador português Gabriel Mendes assumiu ontem que Ivo e Rui Oliveira vão tentar ficar dentro dos 12 melhores nas suas provas no Campeonato do Mundo de ciclismo de pista de elites. Para as autoridades francesas. Southampton 8. Andy King fez o 2-1 para o Leicester após passe de Mahrez. uma vez que se suspeita de que Diack tenha agido de forma a beneficiar a candidatura do Qatar. que ontem recebeu e venceu a Real Sociedad por 3-0. que é internacional inglês. Ainda antes do intervalo.ª posição em 2015. Xadrez Riyad Mahrez perseguido por Craig Gardner CLASSIFICAÇÃO INGLATERRA Jornada 28 Bournemouth-Southampton Aston Villa-Everton Leicester City-West Bromwich Norwich City-Chelsea Sunderland-Crystal Palace Arsenal-Swansea Stoke City-Newcastle West Ham-Tottenham Liverpool-Manchester City Manchester United-Watford 1. frente ao West Bromwich Albion. o central mexicano emprestado pelo FC Porto. Frente a uma equipa basca com Bruma a titular. de livre directo. o dirigente é acusado de alterar a sua intenção de voto. Os “blues” foram a Norwich vencer por 2-1 e passaram a somar 39 pontos — a posição europeia mais próxima pertence ao West Ham. Stoke City 10. No centro da polémica está Lamine Diack. numa jogada de contra-ataque concretizada pelo internacional venezuelano Salomon Rondon. dificilmente o Barcelona não será campeão. Hou conquistou pela primeira vez o trono em 2010. conquistado em 2015 num torneio em formato de eliminatórias no qual a chinesa não participou. Liverpool 12. mas nem o factor casa deverá conceder a Muzichuk grandes hipóteses de manter o título. Esta não é a primeira vez que o COI é abalado por um escândalo de larga escala. os Jogos Olímpicos de Inverno de Salt Lake City foram manchados pela viciação de resultados na patinagem artística. com um golo de Redmond aos 68’. três pontos de vantagem sobre o Tottenham (54). Sunderland 18. Saul Ñíguez (46’) e Griezmann (61’. Manchester United 6. mas recuperou-o no ano seguinte. a partir das 19h30. Longe da luta pelo título. mas se há alguma equipa que lhe pode fazer frente é o Atlético de Madrid. Everton 11. Maria Muzichuk. aos 8’. “Estamos a averiguar todos os factos. Quanto à organização japonesa. mas o Leicester não conseguiu segurar a vantagem por muito tempo porque. pelo menos. Agora. na qualidade de membro do COI. Até ao fim do jogo. em jogo da 28. de um lugar na Liga Europa. caso ganhe. os “colchoneros” colocaram-se na frente graças a um autogolo. Depois da FIFA e da Federação Internacional de Atletismo (IAAF). mas a meta é ir mais além”. Newcastle United 20. O senegalês é acusado de negociar o seu voto. garantiu o técnico. assegurou um procurador da justiça francesa. que está apenas a dois pontos de distância. Ivo Oliveira terá de esperar até às 20h30 de sexta-feira para fazer a estreia em Mundiais de elite. em cima do intervalo. West Bromwich 14. Quanto ao Real Madrid. respectivamente. que durante o último ano tem escrutinado eventos organizados pela IAAF (abalada em 2015 por um escândalo de doping sem precedentes). que defronta amanhã o Rayo Vallecano. com 16 anos. à melhor de dez partidas. . A formação orientada por Claudio Ranieri nivelou o marcador aos 31’. na baliza do West Bromwich. Comité Olímpico Rui Cesário Sousa Autoridades francesas investigam atribuição da organização dos Jogos Olímpicos de 2016 e 2020 A confirmar-se. o Leicester foi fiel à sua natureza de nunca desistir e teve várias oportunidades para ficar com os três pontos. da Ucrânia. em 2002. o clube ainda não perdeu na Premier League. QUA 2 MAR 2016 | DESPORTO | 41 Leicester empata em casa e fica à mercê do Tottenham Breves Suspeitas de corrupção chegam às Olimpíadas CARL RECINE/REUTERS Futebol internacional Marco Vaza Ciclismo Irmãos Oliveira com o “top 12” na mira nos Mundiais de pista Líder da Premier League cede pontos frente ao West Bromwich. mas até agora não temos provas nenhumas”. A equipa local ainda se aproximou. já hoje. No que respeita aos Jogos Olímpicos de 2016. foi a formação visitante a colocar-se na frente logo aos 11’. o Leicester passou a somar 57 pontos. com 44 pontos. aos 50’. que pode reaproximar-se do primeiro posto. sendo que os “spurs” podem hoje chegar-se à frente caso consigam triunfar no derby londrino com o West Ham United. Se conseguirmos melhor do que o 16. mas Muzichuk. nada está provado. Leicester City 2. é mais um escândalo relacionado com um alto organismo do desporto a nível internacional. é o repetente Rui Oliveira.ª jornada. depois de a IAAF ter garantido um patrocinador japonês para as suas provas. O brasileiro Kennedy abriu o marcador logo no primeiro minuto e Diego Costa. fez o 2-0. que começaram por investigar a corrupção no atletismo e agora também os processos de licitação do COI. Watford 13. O encontro. mas não rejeitam que possam estar perante mais um caso de corrupção. Em Espanha. Chelsea 9. perdeu-o em 2012. joga hoje no terreno do Levante. no Rio de Janeiro. num remate de fora da área de Danny Drinkwater em que a bola ainda bateu num outro jogador do Leicester antes de entrar na baliza de Ben Foster. quando alcançou o título numa prova em que era apenas a oitava designada. que se aproximou da liderança. Craig Gardner. Manchester City 5. mais precisamente para a atribuição das cidades que vão sediar os Jogos Olímpicos de 2016 e 2020. Swansea City 17. O primeiro a entrar em pista. Partindo de uma investigação levada a cabo pelo The Guardian. óptimo. de Diego Reyes. algo que ainda não tinha conseguido nesta época — desde que Guus Hiddink regressou a Stamford Bridge. “Queremos superar o que fizemos há um ano. Norwich City 19. Chelsea mais perto dos lugares europeus Desta vez não houve um milagre nos últimos minutos a salvar o Leicester City de perder pontos na Premier League. a troco de patrocínios para eventos da IAAF. começa hoje a defesa do título frente à chinesa Hou Yifan.PÚBLICO. Arsenal 4. já surpreendeu no passado. a chinesa é a grande favorita. Num jogo emocionante e com muita reviravolta no marcador. Este resultado também interessa ao Arsenal. restabeleceu o empate. Com este resultado. Crystal Palace 15. em Londres. que arranca hoje e termina no domingo. Aston Villa 2-0 1-3 2-2 1-2 2-2 19h45 19h45 19h45 20h 20h J V 28 27 27 26 27 27 28 28 27 27 26 27 28 28 28 27 28 28 26 28 16 9 3 51-31 57 15 9 3 49-21 54 15 6 6 43-26 51 14 5 7 48-28 47 12 8 7 36-26 44 11 10 6 41-31 43 11 7 10 35-28 40 10 9 9 42-38 39 11 6 10 29-33 39 9 11 7 49-36 38 10 8 8 38-36 38 10 7 10 29-28 37 9 9 10 29-36 36 9 6 13 31-37 33 8 8 12 32-44 32 6 9 12 25-36 27 6 6 16 34-53 24 6 6 16 31-53 24 6 6 14 27-49 24 3 7 18 22-51 16 E D M-S P consecutiva do Chelsea. Rio de Janeiro e Tóquio. líder da IAAF durante 16 anos (até Agosto passado) e que em 2015 foi detido por suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro. a organização não é nunca referida como “elemento” corrupto. mas esbarrou numa enorme exibição de Foster. já sem pensar no título. de Istambul (Turquia) para Tóquio. com 61 pontos. Tottenham 3. menos cinco do que o Barcelona. West Ham 7. ainda a sofrer os efeitos da derrota no derby. que volta a participar na prova de scratch. num remate em que Kasper Schmeichel nem se mexeu. de penálti) fizeram os outros dois golos do Atlético.

Marcelo Rebelo de Sousa. E a quase totalidade chegou às ilhas gregas. A tomada de posse do Presidente eleito. há mesmo prática da eutanásia por “debaixo do pano” em hospitais portugueses? A suspeita cresce à medida que assenta o bruaá desencadeado pelas declarações da bastonária da Ordem dos Enfermeiros no sábado passado.. tudo leva a crer que acabará mal (. Valongo Apoio para alguns A pátria lusa tem 385 mil desempregados sem receber qualquer apoio do Estado. por pura hipocrisia. pelo que devem ser investigadas e punidas. segundo o projecto de Orçamento da Casa da Democracia 2016. O que resulta de tudo isto é a constatação de que é impossível adiar por muito mais tempo um debate sério e o mais desapaixonado possível sobre este tema. seria impensável que fosse de outra forma. testemunhos. As minhas desculpas. numa notícia respeitante à audição no Parlamento do ministro da Defesa Nacional. intitulado Licença para sacar. em Lisboa. embora não seja o desejo do primeiro-ministro. Entretanto. 27/2. O ACNUR aponta o dedo à inépcia europeia e à falta de entendimento e solidariedade entre os países. Desde 1 de Janeiro já atravessaram o Mediterrâneo quase tantas pessoas (131. à Renascença. mas esta é uma discussão que já não pode confinar-se a um jogo de palavras. J. o valor do banco. vai ficar por 16 mil euros. que “a eutanásia já se pratica em Portugal pelo menos desde meados dos anos 1970”. em sofrimento devido a um cancro terminal no pâncreas. em Dezembro passado. com rigor. muitos são os palpites dos entendidos na matéria. Pelo contrário. e esse número poderá vir a ampliar-se para os 100 mil. o Novo Banco (NB) continua a ser um quebra-cabeças para todos quantos estejam a ele ligados na procura de uma solução para o que terá começado mal. Importante é que haja uma decisão rápida e que se privilegie a detenção do banco por investidores portugueses. Ao contrário do publicado. com outro caso de um clínico que admitia ter ajudado quatro pacientes a morrer. À medida que o tempo corre.T. a eutanásia terá sempre um enquadramento próprio. porque no terreno tudo se agrava dia após dia. Enquanto as pensões até 628 euros foram aumentadas 0. bem como um número telefónico de contacto. Email: cartasdirector@publico. afinal. impor-se-á três rápidas iniciativas: (i)Proceder a uma auditoria interna com vista a determinar. os prejuízos da gestão vão-se acumulando (. . o fluxo de refugiados rumo à Europa não abrandou.9 mil milhões de euros “enterrados” no NB desaparecem na voragem do tempo. mesmo vindo a ser legalizada. (ii) Conhecido o citado valor. não só os 4. São afirmações perturbadoras. Perante tão preocupante e expectável desastre financeiro.42 | PÚBLICO. uns defendendo a venda pela melhor oferta. assumiu ter ajudado um amigo a morrer depois de este. das promessas do fecho de fronteiras e até mesmo da repressão. Estaremos à espera de uma catástrofe? A pesar da diplomacia. se o actual marasmo continuar. como mais outros muitos milhões serão O PÚBLICO ERROU preciso encontrar no OE para fazer face aos prejuízos anualmente registados. ou não. Álvaro de Sousa. A. transcendentais mesmo. garante. A Assembleia da República vai vestir-se de gala. o Tribunal Constitucional reverteu a suspensão do pagamento. sem que alguma solução definitiva seja tomada. O Orçamento do Estado começou a ser penteado. Também a revista Sábado fez capa. a moda bruxelense venceu. com retroactivos. que alegadamente trabalhou vários anos num “conhecido hospital central”.. Correcção de João Miguel Tavares: no meu texto de terça-feira. Estão aqui em causa questões muito complexas. Póvoa de Varzim Na edição de sábado. Austeridade escondida com algumas “esmolas” de fora. (iii) Falhada a venda a nacionais. Ignorar os sinais é pura hipocrisia S erá que. QUA 2 MAR 2016 ESPAÇOPÚBLICO Os artigos publicados nesta secção respeitam a norma ortográfica escolhida pelos autores EDITORIAL Eutanásia.). de potenciais interessados nacionais disponíveis para participarem em concurso público. já que estão neste momento 24 mil pessoas barradas nas fronteiras gregas. afiança mesmo ter visto “vários pacientes [serem] ajudados a morrer”. Até porque é preciso ter em consideração que. das subvenções vitalícias aos ex-políticos. sim..pt Contactos do provedor do Leitor Email: provedor@publico.). Está errado. agir? CARTAS À DIRECTORA Quo vadis Novo Banco? As cartas destinadas a esta secção devem indicar o nome e a morada do autor. dia 1/3. são mais que horas para que se formule a pergunta: quo vadis Novo Banco? Do que se ouve e lê.. sendo que. permitindo desenterrar casos antigos ou o aparecimento de novos testemunhos. Como acontece com a notícia ontem publicada pelo JN na qual um enfermeiro. Aliás.pt Telefone: 210 111 000 Separado por amputação do BES. outros pugnando por o transformar em mais um banco público. se ignorarem os apelos de quem sofre e de se pactuar com práticas ilegais.M. caso tenham acontecido. afirmei que tinha sido o Conselho Superior de Magistratura a aprovar por unanimidade a licença sem vencimento do procurador Orlando Figueira. mas é impossível ignorar que estas situações configuram um crime à luz do actual contexto jurídico português. lhe ter pedido ajuda para pôr termo à vida. Jerónimo de Sousa e Catarina Martins defendiam um avant garde estilo anos 1975. destinando 51% à CGD. pedidos de quem sofre. Até quando aguentará a Grécia? Até quando conterão os refugiados o seu desespero? Estaremos à espera de uma catástrofe com várias mortes para. colocando os restantes 49% em Bolsa mediante uma operação conhecida por IPO (Initial Public Offering). o debate inadiável Há casos. era referido que Azeredo Lopes reiterou a intenção do Governo em manter a participação pública na EID. emitir ações correspondentes ao capital social.) Ademar Costa. (. que não podem ser desligadas do caso relatado na semana passada pelo Expresso.714) quantas as que fizeram esse mesmo caminho durante todo o primeiro semestre de 2015. A licença sem vencimento foi aprovada. em que um médico do Hospital de São José. O PÚBLICO reserva-se o direito de seleccionar e eventualmente reduzir os textos não solicitados e não prestará informação postal sobre eles. com regras estritas a observar por todos os envolvidos em cada situação específica. sob anonimato. mas pelo Conselho Superior do Ministério Público. Taxativo. continuará mal e. Contudo.4%. finalmente. procurar saber da existência. esta participação não corresponde a 19 milhões de euros. Sob pena de. ou mesmo equacionada... num movimento de pressão que faz temer o pior.

promover a criação de novos títulos. De origem pública (União Europeia. empresas e pessoas privadas (dedutíveis da imposição fiscal). crioulo de Cabo Verde ou português. É advogada em Washington. o que é raramente o caso hoje em dia. Mas de modo também a favorecer uma informação regional concebida em termos de qualidade profissional. assim como as correspondências do estrangeiro. Felizmente há um álbum anterior. despedem jornalistas. assim como dos diários e semanários gratuitos. No caso de novas Loide! sociedades. Enquanto outros se encontram em situação financeira grave.. É uma diva. Só que a ajuda ao desenvolvimento de iniciativas em matéria de informação escrita (impressa ou digital) poderá ter como origem um fundo alimentado por financiamentos de origem muito diversa. Live At Bohemian Caverns. de 2009. As autoridades políticas não podem continuar a ignorar o estado confrangedor em que se encontram os media de informação escrita. Como todas as grandes jazz singers — a coisa mais difícil que se pode ser — é também uma grande cantora.PÚBLICO. Moçambique.. Em inglês. QUA 2 MAR 2016 | 43 Uma urgência demasiado esquecida P Debate Comunicação social J. parlamentos e governos sucessivos guardam silêncio. mas. . Como poderiam participar com inserções publicitárias também fiscalmente dedutíveis a partir de um certo número de inserções ou de montante financeiro.. o que se traduz numa inevitável perda de qualidade. pois. a circulação de uma informação de qualidade constitui um elemento indispensável ao bom funcionamento de uma democracia. Loide nasceu em França. Loide é o nome artístico de Loide Rosa Jorge. contribuições voluntárias de instituições. e mais BARTOON LUÍS AFONSO particularmente da União Europeia e dos países de língua portuguesa. Perante tal situação absolutamente catastrófica. sociais e desportivos) que por lá reinam. vive em Washington e fala e canta como se fosse americana. Paralelamente. A mãe nasceu em Quelimane. urgentemente Professor emérito de Informação e Comunicação da Université Libre de Bruxelles H Miguel Esteves Cardoso Ainda ontem á uma cantora chamada Loide que estou sempre a ouvir e que canta tão bem e com tanta verdade que simplesmente não consigo interrompê-la. como se isso não lhe dissesse respeito. Dirão os eternamente pessimistas que Portugal atravessa uma crise económica e financeira nada favorável a tais iniciativas. paralelamente. fornecedores de acesso à Internet. Nobre-Correia ortugal tem o índice de penetração da imprensa diária mais baixo da até há pouco chamada Europa Ocidental: umas sete a nove vezes inferior ao da Europa escandinava. redes de cabo. Estado português e outros) e de origem privada: percentagem das receitas de publicidade das estações de televisão. é sempre envolvente e carinhosa.. no fim de contas.. que ajuda as pessoas a tornarem-se cidadãs dos EUA. computadores. comerciais e financeiros circunstanciados. O álbum dela de 2015 chama-se In Time e é uma maravilha. Ou seja: para além de grande cantora. e o pai nasceu na Guiné-Bissau. imposição sobre a venda de tecnologias de telecomunicação (telemóveis... Recusa-se a decidir entre ser cantora à noite e advogada de imigrantes durante o dia. se não quiserem ser acusados de serem os primeiros responsáveis pelo definhar da democracia pluralista!. diminuem o número de páginas e reduzem custos. mas é mais cool ainda do que se possa pensar. imposição sobre as receitas dos operadores de telecomunicações. devidamente acompanhados dos comprovativos emanados das empresas de que as publicações seriam clientes. os fundos seriam atribuídos mediante a apresentação de projetos editoriais. especializado em imigração. Para além do financiamento do fundo. Assim como iniciativas suscetíveis de alargar consistentemente as magras difusões atuais. E os projetos seriam analisados e avaliados pela direção do fundo composta por elementos independentes de indiscutível competência em matéria de média de informação escrita. Não poderia ser mais cool. por isso mesmo. A qualidade e a pujança de uma democracia estão estreitamente ligadas ao dinamismo e ao pluralismo da informação proposta aos cidadãos: há. Loide cresceu e estudou nos Estados Unidos da América. Em qualquer dos casos. E é provavelmente também o país que conta menos títulos diários relativamente às respetivas demografia e superfície. Ou dito de outro modo: sem que os cidadãos fossem minimamente informados do que se passa nas esferas do poder. é uma grande advogada. Loide é uma daquelas pessoas raríssimas que melhoram o mundo através da arte e da vida. Pelo que urge elaborar um plano suscetível de favorecer a sustentabilidade dos títulos existentes e. Sejam quais forem as críticas a fazer às caraterísticas dominantes dos mundos mediático e jornalístico. É a artista mais gloriosamente cosmopolita e universalista que já conheci. A pontos de deixarem pensar que.. que cuidar dela. conviria incentivar iniciativas que levassem os atuais diários de informação geral (em papel ou em linha) a reforçar as equipas de redação e a desenvolver o jornalismo de investigação. O fundo poderia ser solicitado por empresas de media já existentes ou por sociedades criadas em vista do lançamento de novos projetos. de comerciais e de gestores acionistas em proporções definidas por elas próprias. De modo a descentralizar uma informação demasiadamente concebida em função de um litoral Centro-Norte e sobretudo de Lisboa e dos meios dirigentes (políticos. Cresceu na Califórnia.-M. urgentemente. Não é apenas uma grande jazz singer. em que nos deslumbra com o à-vontade com que canta nos clubes de jazz de Washington. a classe política deste país preferiria fazer a sua vidinha sem que jornalistas e jornais se metessem nela. culturais.). Como se isto não bastasse. Mas também iniciativas de natureza a propor uma melhor cobertura da atualidade do país “do interior” e até o lançamento de cadernos regionais com informação e publicidade específicas. conviria privilegiar o lançamento de novos diários de informação geral (pelo menos em versões digitais) baseados em três ou quatro cidades das regiões de “baixa densidade”. de reportagem e de análise. Para além da sustentabilidade. mantendo-se indiferentes e inertes... as instituições e empresas poderiam complementarmente participar neste apoio à informação generalista escrita através da subscrição a preço preferencial de assinaturas coletivas para o seu pessoal. com escritório aberto em nome dela. Há que cuidar da informação. quer em Portugal mesmo quer junto da lusofonia no mundo. faz questão de se orgulhar das raízes. antenas parabólicas. estas teriam obrigatoriamente que ser constituídas por equipas de jornalistas. fiscalmente dedutível. económicos. diários há que correm o risco de deixarem de ser publicados. uma heroína e uma deusa.

Portugal. sua entrada em vigor “em 1. cabe aos defensores dessa tese provocar o exame da matéria nas instâncias competentes. no que se refere às terminologias científicas e técnicas” (art. entendida como patrimônio comum de todos os países de expressão oficial portuguesa. Portugal e São Tomé e Príncipe). Como se recorda. percebe-se tratar de referência a léxico técnico e científico. em 20 de fevereiro. Assim. Sua incorporação ao direito positivo brasileiro concluiu-se em 2008. feita de livre vontade por todos Estados. No texto do Acordo não há qualquer formulação que subordine ou condicione sua vigência à existência prévia de um vocabulário ortográfico comum. A inexistência dessa alegada “condição necessária” torna-se patente a uma leitura integral do artigo acima citado. mas mantendo a necessidade de ratificação por todos os Estados. tão completo quanto desejável e tão normalizador quanto possível. QUA 2 MAR 2016 Ainda sobre a vigência do Acordo Ortográfico P Debate Língua portuguesa Mário Vilalva eço licença ao leitor para voltar ao tema do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (AOLP) em tão pouco tempo desde o meu artigo anterior “O Brasil e o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa”. após depositados os instrumentos de ratificação de todos os Estados”. alterou a redação daquele artigo. O artigo se emaranha. o Portocolo Modificativo ao AOLP. num hocus pocus jurídico sobre o que vem antes ou depois. seguindo metodologia comum. A primeira versão do VOC foi apresentada na Cimeira da CPLP realizada em Díli. O resultado possível dessa iniciativa conjunta — com o decisivo concurso do Governo de Portugal e da Academia de Ciências de Lisboa — é o AOLP. por meio da publicação dos Decretos n. como se fosse outro idioma e não variação da mesma língua. segue sendo mera opinião.cplp. os mesmos países acordaram o Segundo Protocolo Modificativo. merece gestão multilateral e consensual. Moçambique.” E uma opinião. caro aos geômetras. Há . só compreensíveis ao esprit de finesse. não é nova. Já foram concluídos e integrados no vocabulário comum os vocabulários nacionais de Moçambique e Timor-Leste. Nele informa-se sobre a vigência do Acordo não apenas no Brasil.º). como esperado. é importante lembrar que a tese da insubsistência do Acordo.º. concluiu contra a realidade.). no que se refere às terminologias científicas e técnicas” (grifo meu) —. Da passagem acima transcrita. 24º. Portanto. a uma prova abstrata do que afirma. elidindo do raciocínio argumentos não claros a outros comentaristas e mesmo contestados por muitos.44 | PÚBLICO. Ao tratarmos desse assunto. a redação de seu artigo 3. a mesma língua de Portugal. Adicionalmente. Ressalte-se que o Acordo e seus dois Protocolos Modificativos contaram com a livre adesão de todos os Estados membros da CPLP. por meio do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa — VOLP — elaborado pela Academia Brasileira de Letras). A plena aplicação do AOLP no Brasil. e que se tornou prática corrente nos acordos da CPLP desde 2002. o texto original do AOLP previa. O quod erat demonstrandum.585. não passou despercebida pelos meios de comunicação portugueses. a versão atualmente disponível (http://voc. o AOLP tem de ser ratificado por todos os Estados que o firmaram em 1990 (Angola.583. E tais abstrações aparecem como realidades empíricas. com cerca de 250 milhões de falantes. 6. ao fim pretendido por aqueles interessados em negar a validade do Acordo. em 2009. 2. Posteriormente. quem nos queira convencer de que falamos o “brasileiro”. nunca buscou impor sua variação nacional. que percebe o que nem sempre à razão instrumental se mostra. Cabo Verde. no entanto. cuja edição de 1. Embaixador do Brasil . Evitou também interconexões entre o direito e a política. Em 1998. de um vocabulário ortográfico comum da língua portuguesa. O Protocolo Modificativo de 1998 altera a redação desse artigo. Angola. publicado em 9 de fevereiro. como também em Portugal e Cabo Verde. multilaterais ou regionais. defende ainda que a entrada em vigor do Acordo ou sua plena aplicação requer a existência de um vocabulário ortográfico comum. por douta que seja. Ao atentar-se à restrição final — “vocabulário ortográfico comum da língua portuguesa (.º de janeiro de 2016. não se pode inferir que a elaboração de vocabulário seja condição necessária para a entrada em vigor do AOLP.. contudo. certamente produto de jurista de escol e lógico de elevada consideração. inclusive por este jornal. segundo o qual o AOLP não estaria em vigência de jure em nenhum país. Embora a maioria inequívoca dos falantes pratique a “variação brasileira”. tratase de interpretação que ultrapassa o seu texto original (1990). não contraria as normas do direito internacional. O caso parece mais grave porque. Timor-Leste e Moçambique). com vistas à uniformização dessas terminologias . com base em argumentos de cunho jurídico. Brasil.584 e 6. de 29 de setembro. um tratado entra em vigor logo que o consentimento em ficar O Brasil considera que a língua merece gestão multilateral e consensual NUNO FERREIRA SANTOS vinculado pelo tratado seja manifestado por todos os Estados que tenham participado na negociação” (art. Idealmente. Nada mais falso. Até decisão em contrário. Se abrirmos um jornal no Brasil lá se verão aplicadas as regras do AOLP. a CPLP incumbiu o Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) de criar Vocabulário Ortográfico Comum (VOC).º de janeiro de 1994. com o espírito de um geômetra. Apenas “na falta de tais disposições ou acordo.. Nesse sentido. o Brasil considera que a língua. Abordando especificamente a questão da vigência do AOLP. A referida polêmica foi levantada em artigo publicado neste jornal. o AOLP está em vigor no Brasil desde 2009 e é plenamente aplicado desde 1. ao estipular que o AOLP entraria em vigor quando três Estados o ratificassem (e apenas nesses Estados). Ora. Essa conversão do português do Brasil em “brasileiro” ocorre apesar do expressivo valor que todos conferimos à lusofonia e da constante menção ao português como a quarta língua mais falada do mundo. no entendimento de que a elaboração de um vocabulário ortográfico comum da língua portuguesa seria instrumento desejável para a aplicação do AOLP. cada um o que quer aprova. nas emissões televisivas. Se alguns consideram que a vigência do Acordo em Portugal é inconstitucional (no Brasil esta questão não se coloca). vale o dito cunhado por Guimarães Rosa: “Enfim. especialistas têm-se dedicado à elaboração dos VON dos demais países. firmado pelos mesmos sete países. bem como sua redação alterada pelo Protocolo Modificativo (1998). cumpriram-se todos os ritos necessários: o Acordo e seus dois Protocolos Modificativos foram ratificados pelo Congresso Nacional e promulgados por decretos do Executivo. Grosso modo.º de janeiro de 2016. Como se sabe. A Convenção de Viena sobre o Direito dos Tratados estabelece que “um tratado entra em vigor nos termos e na data nele previstos ou acordados pelos Estados que tenham participado na negociação” (art. antes acolheu com entusiasmo a iniciativa de conferir ao idioma maior grau de unidade ortográfica. no artigo 3. Quanto à suposta necessidade de elaboração prévia de um vocabulário ortográfico comum como condição para vigência ou plena aplicação do AOLP. o senhor sabe: pão ou pães. No entanto. assim como nos livros. Guiné-Bissau. é questão de opiniães. Cabo Verde. Moçambique. mais uma vez. Em 2004.º. não se aplica. Para tanto. eliminando referência à data para entrada em vigor do Acordo. GuinéBissau. não escapa o fato curioso de que no Brasil ensinamos às crianças que falamos o português. etc. sob coordenação do IILP. essa tese afirma que. TimorLeste e São Tomé e Príncipe.º de janeiro passado trouxe o artigo intitulado “Sobem para 215 milhões os falantes de português a usar o Acordo Ortográfico”.” Essa alteração. 24º. atirou-se. em julho de 2014. o texto do AOLP determinava que “os Estados signatários tomarão as providências necessárias com vista à elaboração. Encontram-se em fase final de confecção os vocabulários de Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. eliminando a referência ao prazo para a elaboração do vocabulário ortográfico comum. org/) integra os vocabulários nacionais já finalizados (Brasil. partindo de uma abstração lógico-jurídica. a vigência da nova ortografia da língua não poderia estar condicionada à elaboração de um léxico das “terminologias científicas e técnicas”. pela via do entendimento adequado e negociado no âmbito da CPLP. sobre o que valida ou invalida o quê. que integrasse os Vocabulários Ortográficos Nacionais (VON) dos Estados signatários do AOLP. Conforme tive a ocasião de afirmar em meu artigo anterior e no começo deste. adotando critério amplamente utilizado em atos internacionais. alterando. 1). que passou a ser lido como se segue: “O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa entrará em vigor com o terceiro depósito de instrumento de ratificação junto à República Portuguesa. As novas regras são também exigidas nos exames escolares em todos níveis. para vigorar. o Segundo Protocolo Modificativo não inova. por conseguinte.º de janeiro de 1993.e não ao léxico comum da língua portuguesa. data venia. aos quais TimorLeste aderiu posteriormente. E faço-o para tentar dirimir falsa polêmica e confirmar ao público português que o AOLP está em vigor no Brasil desde 2009 e é plenamente aplicado desde 1. o VOC integrará os vocabulários ortográficos nacionais de todos os Estados signatários. O artigo. 2). A primeira etapa de sua elaboração consistiu na fusão dos vocabulários ortográficos nacionais do Brasil e de Portugal.º 6. já adaptados ao AOLP (o Brasil foi o primeiro a fazê-lo. até 1.

há um desencontro entre a fé e a razão. É. Marcelo. do Estado de direito (v. não seria tão assertivo como Bento XVI. O ecumenismo do Prof. Nos dois casos.º.º 3). garante da constitucionalidade da acção governativa. diz Bento XVI. Deus está ausente por um excesso da razão e na cultura do Oriente parece haver um excesso de religião. religião. que mandou negociar). com vocabulário ortográfico. ausência de razão. já que é evidente que está a provocar. sejam do Governo. porque o público. sem dúvida. e. mesmo se fosse legal. ao iluminismo e ao laicismo e. Por isso. vai buscar as suas raízes ao Concílio Vaticano II. em vigor em Estado nenhum dos seus sete signatários. acontecendo que. que mandou negociar). Esta feliz iniciativa ecuménica teria já merecido a acusação de violação do princípio da separação das igrejas do Estado. o continente está a conhecer uma autêntica diversidade cultural que vai muito além da liberdade política e religiosa. de deitar ao lixo o mais depressa possível. que não está.” Quanto ao tema “fé e razão”. Isto diz-nos que não se pode legislar por resoluções. e da forma heterodoxa como o aplicou?! Só ele sabe. tema querido de Paulo II. a aplicá-lo nos serviços presidenciais Embaixador A missa de Marcelo e o ecumenismo MIGUEL MANSO A Debate Presidência da República Narciso Machado propósito da sua tomada de posse. artigo 127. como católico publicamente assumido. Dos 16 documentos aprovados neste Concílio. Marcelo. por lei ou decreto-lei. se possa dizer que existem já fortes indícios reveladores de que Marcelo Rebelo de Sousa irá ser um excelente Presidente da República. Tal preocupação tem razão de ser. também do Papa Bento XVI. sobre a liberdade religiosa. agora. numa linguagem jurídica. É por todas estas razões que a iniciativa promovida por Marcelo Rebelo de Sousa tem grande alcance social de integração. a carência da razão no Oriente faz nascer a teocracia clássica e o fanatismo persecutório. a aplicação abstrusa do abstruso AO90 nos serviços presidenciais. como corolário. Num tempo em que a Europa atrai. suspenda. a meu ver. mas também de mais sete Estados soberanos que o adoptaram como língua oficial. Como muito bem escreveu Hans Kung. mandou aplicar (e aplicase). sem base habilitante escrita. e. a Nostra aetate. nos esclareça sobre esta sua particular decisão. no continente (v. de 25 de Janeiro (a RCM n. morre de amores pelo AO90. já que. nada obrigava o Presidente. a boa compreensão dos portugueses quando está em causa a matéria ecuménica. uma questão a que atribuiu grande importância para o diálogo inter-religioso. o diálogo intercultural e interreligioso ajudará. porquanto. da Constituição). legislando. Portanto. muitas populações por razões económicas e uma grande vaga de refugiados. ao longo da sua carreira como professor e depois como Papa. tem o elementar dever funcional de aplicar e fazer aplicar a Constituição em todo o território português ou equiparado. a 9 de Março. que é indispensável em Direito Público ou de qualquer acto legalmente válido. nos serviços presidenciais o Acordo Ortográfico de 1990. como tal. porquanto na cultura ocidental cristã existe também. Dos referidos documentos importa aqui salientar o respeitante ao diálogo interreligioso. não vincula o Presidente da República nem os outros órgãos de soberania (Assembleia da República e tribunais). agora (depois da posse). como católico publicamente assumido. em geral. “não há paz entre as nações sem paz entre as religiões”. ou seja. sexo.º. penso que é de elementar dever institucional que o Presidente. Daí que. que foi o primeiro Papa a visitar uma sinagoga e uma mesquita. o Prof. sobre a igreja no mundo. da Assembleia da República ou do Presidente da República. O ecumenismo do Prof. não comum. sobretudo. antes de sair. de jure. embora com menor intensidade. Pois bem. O tema fé e razão foi. imediatamente. a propósito das guerras no Médio Oriente. por isso. como Presidente da República. Alemanha. o caos linguístico em Portugal. Porque é que o aplicou. porque ele é o garante da constitucionalidade da acção governativa (não só dos serviços presidenciais). n. para Bento XVI. sobre as igrejas orientais católicas. morre de amores pelo AO90. Todos estes fenómenos exigirão da parte da UE cuidados acrescidos no sentido de encontrar meios materiais e culturais que ajudem a respectiva integração e evitar conflitos sociais baseados na política. números 1 e 5). o Presidente. só vincularia o Governo. importa salientar a constituição Gaudium et Spes. fatalmente. Os pontos de contacto que se buscam nas diversas culturas poderão ir além dos chamados “valores humanos”. em muitos casos. na “cultura do Ocidente. nos domínios governamentais (que não no Estado português). sendo necessário fazer notar esta diferença essencial. como pressuposto para a paz entre as nações. isso mesmo que jurou fazer enquanto Presidente da República. um aborto ortográfico. Cavaco Silva (que. efectivamente. Os portugueses aguardam com grande expectativa. é. Daí que as opções parecem ser claras: ou se opta por uma rivalidade entre as religiões. como cenário mundial inevitável. primeiro. e o decreto Orientalium Eclesiarum. o que revela. raça. com a presença já assegurada dos vários representantes das religiões existentes em Portugal. Por isso. “O excesso da razão no Ocidente deu origem. também diz que o Presidente da República é o garante da constitucionalidade. a nossa Constituição impõe que se legisle. etc. Actualmente. Como todos os iniciados em Direito sabem. por carência de razão. à indiferença. que o próprio Governo mandara elaborar (isto. seus artigos 2. QUA 2 MAR 2016 | 45 O Presidente da República e o AO90 A Debate Língua portuguesa Carlos Fernandes nossa Constituição diz que Portugal é um Estado de direito democrático (v. com manifesta evidência. não o Estado português. sobre as relações com as religiões não cristãs. o Governo de José Sócrates fez. muito abalizado e ilustre constitucionalista. o diálogo inter-religioso é também uma preocupação que tem obtido prioridade na agenda do Papa Francisco. artigo 112. sendo de observar que o Português. E. ao tomar posse. de esperar que o novo Presidente da República. a Resolução do Conselho de Ministros n. que mandou aplicar o Acordo Ortográfico de 1990 (AO90) nos domínios do Governo. inconstitucionalmente. Cavaco Silva. se tal tivesse por convite apenas a Igreja Católica.º 8/2011). actualmente. para impor. n. mas. através da RCM RUI GAUDÊNCIO n.º 8/2011. Nada obrigava o Presidente. o AO90. teólogo católico suíço. Cavaco Silva.º 8/2011. a aplicálo nos serviços presidenciais. a Dignitatis Humanae. não a conhece). não há dúvida. Num discurso proferido na Universidade de Ratisbona. como tal.º. Bento XVI dizia que. Marcelo Rebelo de Sousa está a promover uma celebração na Mesquita de Lisboa. constitucionalmente. choque de culturas e guerra das nações ou se opta pelo diálogo de culturas e paz entre as religiões.º e 3. como condição sine qua non dela. não há dúvida. exclusivamente. por sua vez. existe quem preconize uma luta entre culturas ou um choque entre o Ocidente e o islão. foi. não só porque não o fez através de qualquer acto juridicamente válido. e.PÚBLICO. O AO90. em Setembro de 2006. vai buscar as suas raízes ao Concílio Vaticano II Juiz desembargador jubilado . a esclarecer esta multiplicidade enorme de tendências e de culturas que caracterizam este princípio de século. nada menos do que sob pena de perjúrio.º 3. já não é só de Portugal e do Brasil. Cavaco Silva (que. Mas foi o que.

considerando que “esse é um assunto a ser tratado a um nível europeu”. Capital Social €50. na Síria. Queluz de Baixo. afirmou. S. Seja responsável. 2730-053 Barcarena. para refrear o rácio da dívida face ao Produto Interno Bruto (PIB)”. então com uma população de 40 mil habitantes. bem decidir o que tem de ser decidido. nas piores condições possíveis para eles e para nós. Fax: 707100049 Proprietário PÚBLICO. O plano A é muito exigente mas é um plano que. Centeno defendeu ainda que é necessário um esforço conjunto entre o Banco Central Europeu (BCE) e os países da União Europeia para evitar picos das taxas de juro da dívida pública. faz coisas. mas há soluções. defendendo que uma das tarefas do Governo é “tranquilizar os mercados” e deixar “o compromisso muito firme de que esses tempos já passaram”. Na segunda-feira.: 934250100. de frente para o seu país.A. Chipre fica a 20 minutos de avião. Valadares. Já no que diz respeito às finanças públicas. milhares continuam a fugir todos os dias da guerra. Entretanto. E junto a Famagusta está o subúrbio turístico de Varosha. Na audição parlamentar perante a LIBE (Comissão de Liberdades e Direitos Cívicos do PE). Fax: Redacção 226151099 / 226102213. disse que o Governo está “muito comprometido em manter o processo de consolidação orçamental. em conformidade. É proibida a venda de álcool a menores de 16 anos. de acordo com os compromissos assumidos com Bruxelas. Em entrevista à agência financeira Bloomberg. até Agosto de 2017 “Não pensamos que será necessário. O governante adiantou que Portugal não vai iniciar o debate sobre a renegociação da dívida pública. quando quer. Impressão Unipress. tribunal deu razão à empresa p22/23 Uma solução ali à frente Rui Tavares A Europa. Telef: 226151000 (PPCA) / 226103214. 1350-352 Lisboa. tolerância e emprego. Esta universidade deveria funcionar pelo menos nas línguas árabe. António Costa.QUA 2 MAR 2016 ESCRITO “O meu ideal político é a democracia.: 211544200 Assinaturas 808200095 Tiragem média total de Fevereiro 32. em estado de prontidão para o reconstruir quando a paz voltar.º Prémio 15. Fax: Dir. 2625-717 Vialonga. 90. O plano envolve a contratação de um milhar de funcionários e o aumento do orçamento da dita agência. em Londres. a partir da já existente agência Frontex. fica a menos distância do que Lisboa de Coimbra. Estrada Consiglieri Pedroso.99€ NOVAMENTE EM BANCA COM O PÚBLICO Limitado ao stock existente.00. o primeiro-ministro. Sede: Lugar do Espido. Doca de Alcântara Norte. e onde uma parte dos jovens sírios pudessem continuar a sua formação. Publicidade. Empresa 210111015. prestes a tornar-se língua oficial da UE se Chipre for reunificado este ano. Mário Centeno. A compra do produto implica a aquisição do jornal. E o caminho pode passar por Famagusta e pela sua estância-fantasma. a Comissão pediu pressa na aprovação da proposta: os governos nacionais querem. na Síria. físico alemão Vem aí uma revolução Juiz de Nova Iorque tecnológica dá primeira vitória na Justiça à Apple contra o FBI “Há uma banalização das instituições e do Estado em Angola” Ministra van Dunem apresentou o plano Justiça Mais Próxima p10/11 Entrevista ao angolano formado em Filosofia Paulo Faria p24/25 Num caso semelhante ao de San Bernardino. para que todo o homem seja respeitado como indivíduo NA PEDRA e nenhum venerado” Albert Einstein (1879-1955). disse ontem que o Governo estima vender o Novo Banco em 12 meses. SGPS.5L) 269e4c10-67af-4367-b303-ec0e11cae31e .Impressão e Artes Gráficas. Ponha à prova os seus sentidos Herdade de São Miguel Magnum Colheita Seleccionada 2014 (1. e sabermos que temos tempo para. SA. grega e turca — esta última. 4050-453 Porto. Esta crónica é sobre uma delas. Sem grande eco em Portugal. em cerca de 30 milhões em 2017. Telef. Detentor de 100% de capital: Sonaecom. à Bloomberg. que é de quase 240 milhões de euros em 2016. Telf. SA. a UE poderia promover ali a instalação de uma universidade que fosse o farol de um pólo de conhecimento.: 227537030. ciência. e que há tempo para “bem decidir o que tem de ser decidido”. Telef. Já ontem.Presidente: Ângelo Paupério Vogais: António Lobo Xavier. Uma oferta destas ajudaria a reforçar a boa vontade na fase final das negociações de reunificação de Chipre. Distribuição 226151011 Madeira Telef. fundador do Livre Entrevista Ministro das Finanças diz que venda é “muito importante” para o sistema bancário nacional O ministro das Finanças.: 214345400 Distribuição Urbanos Press – Rua 1. que tinham à disposição um programa E m frente à província de Latakia.000.000. o ministro das Finanças afirma ainda que os juros da dívida acima de 10% são uma coisa do passado. a Comissão Europeia apresentou no Parlamento Europeu a sua proposta para a criação de uma Guarda Costeira e Fronteiriça Europeia. Telef. O grande problema está naquilo que quer e na maneira como o decide. não o quiseram aproveitar — e agora têm centenas de milhares de refugiados às portas. Euromilhões turcos) de que um acordo de reunificação da ilha pode ser alcançado em 2016. Travessa de Anselmo Braancamp. no momento próprio e em tranquilidade”.904 exemplares Membro da APCT – Associação Portuguesa do Controlo de Tiragem PUBLICIDADE +8. A juventude síria. salvaria vidas.º 45458/91 | Registo ERC n. Cristina Soares E-mail publico@publico. Nos seus abandonados prédios e hotéis — após a invasão turca e a divisão de Chipre — moram hoje exatamente zero pessoas. considerando que o prolongamento do período de venda do banco “não ajuda” o Estado. que foi em tempos um dos favoritos do jetset.:210111000 (PPCA). beba com moderação. Lisgráfica . A União Europeia pode e deve ter imaginação para o ajudar a conquistar. A cidade cipriota de Famagusta. Um segundo problema. Mário Centeno disse que o executivo socialista está a acompanhar de perto o processo de alienação do Novo Banco e que uma venda bem-sucedida é “muito importante” para o sistema financeiro português. Comunicação Social. que recebeu na II Guerra Mundial 50 mil refugiados judeus (tantos quantos os refugiados de Alepo bloqueados na fronteira turca). cujos campos de refugiados foram fustigados por bombardeamentos russos no mês passado. Maia. também grande. 220. de acordo com os compromissos assumidos com Bruxelas. Dir. Costa considerou que “a obtenção deste prazo visa sobretudo diminuir a ansiedade das senhoras e senhores jornalistas. está a União Europeia. que se rebelou em nome da democracia e da liberdade. Centro Empresarial da Granja.º de Maio. aliás. literalmente. Junqueira.pt Lisboa Edifício Diogo Cão. a preocupação de todos nós. Não é a solução para tudo. O ministro reiterou que Portugal não vai precisar de medidas de consolidação orçamental extraordinárias: A venda do banco deve ser feita. Mas é uma solução que está ali à frente.º 502265094 | Depósito legal n. Cláudia Azevedo. até Agosto de 2017. por isso. Editorial 210111006. Lusa 269E4C10-67AF-4367-B303-EC0E11CAE31E Contribuinte n. esteve a declaração dos líderes cipriotas (gregos e 4 7 13 28 37 10 11 1. Por menos dinheiro do que o pedido para a futura guarda costeira. depende da nossa acção e acreditamos que seremos capazes de corresponder”. Via Norte. lembrou que a venda do Novo Banco deve ser feita. está naquilo que a Europa não sabe imaginar e. 4410-350 Arcozelo. porém. Os governos da União Europeia. Perdida entre o mar de más notícias deste início de ano. afirmou. Pode não haver uma solução. Historiador. nº 2. não consegue obter. o dinheiro aparece e a obra nasce. está a perder-se. Publicidade 210111013/210111014 Porto Praça do Coronel Pacheco. na sua maioria. Redacção 210111008.000€ Centeno espera que Novo Banco seja vendido num ano e diz que o “atraso não ajuda” CONSOANTE MUDA de reinstalação de refugiados legislado e financiado desde 2012. “Não vamos promover esse processo”.º 114410 | Conselho de Administração . daria um horizonte de esperança aos jovens sírios e criaria um ambiente de convivência contra o extremismo no Mediterrâneo oriental.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful