Você está na página 1de 3

PLÁSTICOS BIODEGRADÁVEIS: REVISÃO SOBRE MÉTODOS DE

R ev i s ão

PREPARAÇÃO E PROPRIEDADES DA BIODEGRADAÇÃO

Vilmar A. Konageski Junior*, Luciana Dagostini* e Michele Renz*


Departamento de Biologia e Química, Universidade Regional do Noroeste do Estado do
Rio Grande do Sul, Rua São Francisco, 501, 98700-000 Ijuí – RS, Brasil

REVISÃO SOBRE PLÁSTICOS BIODEGRADÁVEIS: Este é um tema de cada


vez maior importância para a sociedade moderna, já que baseamos nossos costumes
no uso de materiais plásticos descartáveis e estes foram se acumulando na natureza
de forma assombrosa. Por isso se torna cada vez mais necessário o estudo e o
desenvolvimento de novas tecnologias aplicáveis e com baixo custo.

Palavras Chave: Biodegradação; Meio Ambiente; Poliésteres.

INTRODUÇÃO

cotidiano do ser humano moderno, indo


Os polímeros podem ser naturais desde as roupas até peças de naves
ou sintéticos, quando sintéticos são espaciais.
produzidos através de um processo A idéia de criar polímeros
químico conhecido como polimerização, biodegradáveis não é nova, porém a
que trata da união química de monômeros grande oferta de matéria prima barata
formando polímeros, por exemplo, veja o (baixo preço do barril de petróleo de 1900
monômero de PVC: a 1950) desestimularam este ramo de
pesquisa uma vez que sua produção era
mais onerosa do que a produção de
polímeros sintéticos a base de petróleo, o
preço, porém está sendo pago hoje, pois
as soluções para resolver os problemas
Fonte:
http://www.textoscientificos.com/polimeros/moleculas
ambientais causados pelo uso excessivo
desta tecnologia está crescendo cada vez
Cada tipo de monômero oferece mais e cada vez existem mais problemas
diferentes características aos polímeros e decorrentes; seja da disposição
é justamente esta capacidade de se inserir inadequada destes materiais que ao se
em todas as necessidades diárias que decompor formam produtos tóxicos, seja
tornou os polímeros algo inseparável do pela permanência destes no meio

* e-mail: killer.croc.ijui@bol.com.br ;
ambiente onde causam inúmeros danos biodegradável é o polímero que liberar
ambientais aos seres vivos onde podem mais CO2.
atuar como barreira para o escoamento
das águas ou de reservatório para
proliferação de espécies danosas ao ser REDUÇÃO DA HIDROFILICIDADE
humano. E é por isto que se deve apostar DE FILMES BIODEGRADÁVEIS À
nas tecnologias do futuro, ou seja, é BASE DE AMIDOS POR MEIO DE
preciso fazer o futuro virar presente, pois POLIMERIZAÇÃO POR PLASMA
as tecnologias que precisamos não serão
descobertas se primeiro não forem O amido é um carboidrato
pesquisadas. composto por dois polissacarídeos,
apresentam-se na forma de pequenos
grânulos semicristalinos. Os plásticos de
AVALIAÇÃO DA BIODEGRADAÇÃO amido apresentam uma séria limitação
DE POLI-β HIDROXIBUTIRATO tecnológica que advém da sua
(PHB) EM SOLO COMPOSTADO. característica hidrofílica, tornando-se
necessário o desenvolvimento de um
A produção de Poli-β polímero menos sensível a água.
hidroxibutirato em grande escala acontece No recobrimento de filmes de
por um processo de fermentação amido pela técnica de polimerização por
bacteriana, considerado ainda um plasma foram utilizados gases organo-
processo relativamente caro. silicios com a pretensão de otimizar a
São propostos vários métodos de impermeabilidade e então reduzir a
análise da biodegradação dos polímeros hidrofilicidade dos filmes, visando não
entre eles a determinação da acarretar problemas ambientais, utilizou-
biodegradação aeróbia dos plásticos e se compostos de carbono e hidrogênio.
exposição dos plásticos a um determinado Em métodos comparativos
ambiente de solo. A produção de CO2 é observou-se que a redução do teor de
um importante parâmetro na absorção de H2O dos filmes recobertos
biodegradação de polímeros. pode ser atribuída apenas a característica
hidrofóbica do recobrimento, não
havendo alterações significativas em
função da espessura do recobrimento.

ESTRATÉGIAS DE CULTIVO PARA


PRODUÇÃO DOS PLÁSTICOS
PHB BIODEGRADÁVEIS POLI (3-
Fonte: DERVAL 2002 HIDROXI BUTIRATO) POR
BACTÉRIAS
Para a avaliação da
biodegradabilidade de polímeros usa-se
Os plásticos biodegradáveis são
como fator determinante a produção de
polímeros que se degradam
CO2. Desta forma quando é detectada
completamente por ataque bacteriano em
maior quantidade de CO2, quando em
curto espaço de tempo. Além de serem
comparação entre polímeros mais
biodegradáveis apresentam características
biocompatíveis, produzidos a partir de

* e-mail: killer.croc.ijui@bol.com.br ;
recursos renováveis; possuem ambiente, tendo como solução plásticos
propriedades termoplásticas e biodegradáveis e fotodegradáveis.
características físicas e mecânicas O plástico fotodegradável tem
semelhantes a do polipropileno. como componente um polímero orgânico,
A utilização desses recursos o qual atua na aceleração do processo de
renováveis e substratos mais baratos degradação, pois fica disperso na
oferecem maior produtividade e redução superfície do plástico, voltando a natureza
de custos, tornando-os mais competitivos. na forma de CO2.
Dessa forma, estratégias estão O plástico biodegradável tem em
sendo desenvolvidas, na tentativa de sua composição o amido termo plástico,
reduzir custos aliados à necessidade de vem substituir o plástico convencional
preservação ambiental permitindo então, podendo ser empregado em várias áreas
que estes estejam presentes nas mais recebendo, considerável atenção na área
diversas aplicações. dos recursos renováveis.

BIODEGRADABILIDADE E CONCLUSÃO
PROPRIEDADES MECÂNICAS DE
NOVAS MISTURAS POLIMÉRICAS O presente artigo procurou demonstrar
como está se desenvolvendo a pesquisa
Procura-se desenvolver polímeros de plásticos biodegradáveis de forma a
que venham a causar menor impacto garantir a sustentabilidade desta produção
ambiental, mas em função do seu alto sem o uso de matérias-primas
custo ainda hoje sua utilização por parte provenientes de fontes não renováveis.
das empresas torna-se inviável. Há no
entanto a necessidade de
desenvolvimento de misturas poliméricas REFERÊNCIAS
biodegradáveis, observando-se a não
existência de ligações covalentes nas
mesmas.
Quanto maior a quantidade de
amido incorporada aos polímeros puros
maior foi sua redução na sua propriedade
mecânica. Observou-se maior quantidade
de liberação de CO2, evidenciando a
viabilidade de obtenção de polímeros
biodegradáveis de menor preço.

O FUTURO DOS PLÁSTICOS:


BIODEGRADÁVEIS E
FOTODEGRADÁVEIS

Pesquisas voltadas para a


melhoria da qualidade de vida levam a
uma busca por plásticos descartáveis
ideais que não danifiquem o meio

* e-mail: killer.croc.ijui@bol.com.br ;