Você está na página 1de 16

Direito à Cidade em Henri Lefebvre

Edésio Fernandes

Henri Lefebvre 1901 - 1991

1960s Direito à Cidade 1968, Espaço e Política

73

Reflexão teórica e ação sociopolítica

Abraçado

ONGs,

movimentos

por

sociais

e

mesmo governos como marco político-filosófico

América Latina e internacionalmente

Discurso de direitos e justiça social

Enfoque

sobre

desenvolvimento urbano

baseado em direitos

O que significa o Direito à Cidade em

termos jurídicos?

Reconhecido no Brasil: Estatuto da Cidade

Carta de Montreal

Carta Mundial

Obra ainda a ser reconhecida

Castells 1972

Harvey, Soja

Revolução urbana 1970

Produção do espaço 1974

Políticos,

econômicos,

sociais,

ideológicos, institucionais

culturais,

Compreensão das dinâmicas dos mercados

Visionário: globalização

A crítica aos direitos dos cidadãos

Direito à Cidade 1968, Espaço e Política 1973

1990 Du Contrat de Citoyenneté

Reformar tradição liberal de direitos de cidadania

1789 Declaração dos Direitos do Homem e Cidadãos:

pedra de toque da ordem democrática

220 anos de lutas, disputas, mobilização para

reconhecer, expandir, incorporar conjunto de direitos humanos de acordo com necessidades de cada período histórico

A despeito as mudanças socioeconômicas, políticas e territoriais, sobretudo industrialização e urbanização, direitos dos cidadãos continuam os mesmos

Um novo contrato político

de cidadania social

Criar condições jurídico-políticas para cidadania

social que expressem relações sociais

contemporâneas entre indivíduos, dentro da sociedade, entre indivíduos e sociedade

Globalização questiona estado-nação e formas sociais tradicionais

Novo

contrato

político

de

cidadania

social

é

condição para aprofundar democracia

Ampliar

direitos

de

cidadania

para

gestão

democrática das cidades: cidade e cidadania

Mudanças quanto aos

direitos humanos

Substituir o pacto social Rousseauniano que está

na base do legalismo liberal ainda dominante

Negociações e lutas políticas já levaram a mudanças para incorporar proteção jurídica aos mais fracos e grupos vulneráveis doentes,

crianças, idosos, mulheres

Ampliação dos direitos humanos educação, saúde, trabalho, emprego (moradia?)

Convenções, tratados e declarações da ONU

Direito de propriedade não é mera expressão da

alma/natureza humana

Já quanto aos direitos dos cidadãos

Poucas mudanças nos direitos dos cidadãos

Necessidade de expandir

Livre deslocamento no território nacional, direito de opinião dentro da lei, direito de voto e representação política

Não

devem

ser

origem burguesa

subestimados

apesar

de

Modificações já promovidas são insuficientes

Anacronismo

Ordem democrática anacrônica devido ao

descompasso entre direitos humanos e dos cidadãos

Manifestações de 1789 não mais suficientes; migrações, mudanças tecnológicas, globalização, etc.

Reconhecer diferenças e histórias sociais, familiares e

profissionais: não basta reconhecer identidade por

nome e lugar de residência, todos pertencem a redes e práticas sociais, estado tem que estabelecer laços

com grupos múltiplos em sociedade pluralista

Redefinir

termos

das

relações

entre

indivíduos,

sociedade e estado

Além do pacto social

Pacto social e vontade geral

Projeto social e contrato político entre estado

e cidadãos para reduzir espaço entre estado e governo, poder institucional e poder da

sociedade civil

Público e estatal

Reconhecer direitos políticos surgidos nas relações cotidianas nos últimos séculos

Novos direitos coletivos - políticos

Informação

Expressão

Cultura

Identidade e diferença, equidade

Autogestão,

controle

democrático

economia e da política

da

Serviços públicos e não públicos

Direito à cidade

Direito à cidade

Beneficiar da vida urbana em todas as suas

vantagens e serviços: direito de habitação

Ser envolvido diretamente na gestão: direito de participar

Reconhecer valores de uso para contrabalançar

ênfase histórica nos valores de troca típicos do capitalismo na produção do espaço

Festa da cidade

Cidade e cidadania

Mas, onde está o direito?

Plataforma politico-filosófica

 

Não

discute

como

ordem

jurídica

produz

segregação socioespacial

 

Não discute como ordem jurídica pode vir a promover inclusão socioespacial

Aspectos socioeconômicos, políticos, culturais e

ideológicos; mas, e os jurídicos?

Discurso jurídico, discurso de direitos e não

apenas de valores: do direito internacional ao

local

América Latina

Esforços de reforma do legalismo liberal

Reforma jurídica e reforma urbana

Nova ordem jurídico-urbanística

Disputas paradigmáticas

Inclusão e desenvolvimento sustentável

Brasil e Colômbia

Estatuto da Cidade

A Carta Mundial

1992 Tratado por Cidades Democráticas,

Igualitárias e Sustentáveis - Rio 92

2000 Carta Europeia pela Defesa dos Direitos Humanos nas Cidades - St Denis

2011 Carta pelos Direitos Humanos nas Cidades -

FASE

Estatuto da Cidade

Fórum Urbano Mundial

Carta Mundial pelo Direito à Cidade

Iniciativa conjunta Unesco-UN-HABITAT

Novo direito coletivo e político

Direitos humanos, socais e de cidadania

Direito guarda-chuva

Fruição coletiva dos benefícios, pluralidade cultural, diversidade social, vantagens econômicas e oportunidades da vida urbana

Função social da propriedade e participação popular

Novas regras do jogo para estados, comunidades e agentes privados

Ampliar arena jurídico-politica para avanço das lutas urbanas