Você está na página 1de 7

Ousodabolasuíçanotratamento

daescoliose.

Umestudodecaso

*UDESC/CentrodeEducaçãoFísica,FisioterapiaeDesportos­CEFID,

Florianópolis­SC.FisioterapeutaEspecialistaLatuSensuemAcupuntura.

**UDESC/CentrodeEducaçãoFísica,FisioterapiaeDesportos­

CEFID,Florianópolis­SC.

(Brasil)

CEFID,Florianópolis­SC. (Brasil) MarianaOliveiraGesser* ElisabeteMariaOliveira**

MarianaOliveiraGesser*

ElisabeteMariaOliveira**

KrisMarcelArtieroSilva**

Resumo Acolunavertebralpossuicurvaturasnaturaisnoplanosagital.Umacurvaturalateraldacolunaemumplanofrontaléchamadaescoliose.O objetivoprincipaldesteestudoéverificaraeficáciadousodaBolaSuíçanotratamentodaescoliose.Realizou­seumestudodecasodeapenas umindivíduoportadordeescoliosepostural,sendoumapesquisadotipodescritiva,não­probabilísticaeintencional.Foramcoletadososdadosde

20sessõesexecutadastrêsvezesporsemana,numperíododeaproximadamente2meses.Verificou­sesignificativareduçãodedoranalisada

numaescalade0a10,reduçãodoângulodeCobbnaanáliseradiográfica,assimcomoaquisiçãodeequilíbriopostural.Portanto,foiobservado,

realmente,umresultadosatisfatóriodoestudo.

realmente,umresultadosatisfatóriodoestudo. Unitermos: Fisioterapia.Escoliose.Bolasuíça.

Unitermos:Fisioterapia.Escoliose.Bolasuíça.

http://www.efdeportes.com/ RevistaDigital­BuenosAires­Año12­N°107­Abrilde2007

1/1

RevistaDigital­BuenosAires­Año12­N°107­Abrilde2007 1/1 Introdução

Introdução

UmdosmaioresproblemasqueassolamospaísesemdesenvolvimentosãoosMalesdaColuna,que contribuemsobremaneiraparalimitara"vidaativa"deseushabitantes,tornando­os,namaioriadoscasos, precocementeincapacitadosparaotrabalho,interrompendoassimumaexistênciaprodutivaeacarretando ônussocialparaoEstado.NoBrasil,estatísticasdemonstramqueháumaparcelasignificativadapopulação

acometidaporessemal(MOMESSO,1997).

Aescoliosepodeserdevidoainúmerascausas,algumasconhecidaseoutrasnão.Parecehaverum

númeroigualdeabordagensdetratamento.(CARRIÉRE,1999).

OpresenteestudoapresentaaBolaSuíçacomoumadasabordagens.Ospacientessãodesafiadosa conseguirsimetriaquandoseexercitam,devidoàinstabilidadedabola.Acoordenaçãoeoequilíbriosão necessáriosepodemsertreinadosjuntoscomforçaemobilidade.Ospacientesrelatamumadiminuiçãona dor e geralmente se sentem motivados fazendo exercícios individualizados para suas necessidades

(CARRIÉRE,1999).OobjetivoéavaliaraeficáciadotratamentocomBolaSuíçaparapacienteportadorde

escoliose,atravésdosresultadosdeanáliseradiográfica(MétododeCobb),análisededoreanálisepostural.

Materiaisemétodos

ConformeconceitodeGil(1991),opresentetrabalhopodeserconsideradocomoumestudodecaso,que

écaracterizadopeloestudoprofundoeexaustivodeumoudepoucosobjetos,eumapesquisadescritivaque

temcomoobjetivoprimordialadescriçãodascaracterísticasdedeterminadapopulaçãooufenômenoou,

então,oestabelecimentoderelaçõesentrevariáveis.

Pode ser considerada conforme Costa Neto(1999), uma amostra não­probabilística, assim como, intencionalondeoamostradordeliberadamenteescolhecertoselementosparapertenceràamostra,por julgartaiselementosbemrepresentativosdapopulação.

Osinstrumentosdepesquisaquefizerampartedesteestudosão:FichadeAvaliaçãoPosturaldaClínicade PrevençãoeReabilitaçãoUDESC,comvisãoântero­posterioreperfil;AvaliaçãoRadiográfica,sendoanalisado oângulodeCobb;AvaliaçãodadoratravésdeEscalaSubjetivadeDorAnálogaVisualnaqualopaciente

indicaverbalmentequalvalor,entre0a10,representandomelhorsuadoraoinícioeaofimdecadasessão;

BolaSuíçadamarcaPhysioGyminic,comtamanhode95cm,madeinItaly;umgoniômetrodamarcaCarci;

e,fichasdeevoluçõesdiárias.

OPlanodeTratamentoconsisteem:auto­alongamentodosmúsculoseretoresdaespinhalombarese

tecidomoleposterioràcoluna,segundoKisner(1998),noqualopacienteemdecúbitodorsalcomjoelhos

fletidosepésapoiados,primeiropuxaumjoelho,depoisooutronadireçãodopeito,cruzaasmãosaoredor dascoxasepuxa­asparaopeito,,elevandoosacrodamesa;alongamentodetroncosentadosobreos

calcanhares,noqualsegundoKisner(1998),opacienteinclina­separafrentedemodoqueoabdômense

apoiasobreaparteanteriordacoxa,osbraçossãoalongadosporcimadacabeçabilateralmente,easmãos

ficamespalmadasnochão;emseguida,inclinaotroncolateralmente;e,oprogramadeexercícioscoma

bolasuíça,incluindo:"Andandonasmãos","OuriçodoMar","Peixinho","Swing","Cowboy","Balança","Testa

deFerro","Faquir",e"Tesoura",para,segundoCarriére(1999),obtersimetriaeequilíbriomuscular,alongar

músculosretraídosefortalecerosmúsculosdotronco.

Paraesteestudo,umindivíduodosexomasculino,24anosdeidade,corbranca,portadordeescoliose

lombar postural em "C", com ápice em L2, de convexidade à esquerda. Possui frouxidão ligamentar generalizadaealongamentomuscularemMMSSeMMIIexcessivo.Possuiencurtamentodamusculatura

paravertebralnoladocôncavodacurvaturaqueseestendedeL2aL5.

Realizou­seaoprimeirocontatocomopacienteumaavaliaçãosubjetivadador,naqualopacienterelatou

umaqueixaálgicalombossacraquesenteháaproximadamente2anos,exacerbadaapósoexcessode

trabalhoaquerotineiramentetemquesesubmeter.

ÀavaliaçãoradiográficainicialapresentouângulodeCobbde14o,convexidadeàesquerdaeausênciade

rotaçãodevértebras.

Àavaliaçãoposturalinicial,obteve­seosseguintesdados:

EmVisãoÂntero­posterior:inclinaçãodacabeçaparaaesquerda;ombroesquerdoeescápulaesquerda

maiselevados;gibosidadeàesquerda;triângulodeTalesesquerdomaior;golpedemachadoausente;crista

ilíacadireitamaiselevada;níveldepregaglúteanormal;joelhos,retropéeantepénormais.

EmVisãodePerfil:posiçãodacabeçanormal;ombrosprotusos;membrossuperioresnormais;colunas

dorsalelombarnormais;equilíbriosagitaldapelvenormal;equilíbriohorizontaldapelveapresentandolado

direitomaiselevado;joelhoseháluxnormais.

Realizou­semensuraçãodocomprimentorealeaparentedemembrosinferiores,apresentandoopaciente

amesmamedidabilateralmente.

Opacientefoisubmetidoaoprocessodeavaliaçãoaoinícioeaofimdoestudo,realizouosexercícios

propostoscomabolasuíçanumperíododeaproximadamente2meses,3vezesporsemana,45minutospor

dia,naClínicadePrevençãoeReabilitaçãoCEFID/UDESC.Logoapósforamfeitasasanálisesdosresultados,

avaliandosehouvealgumgraudecorreçãodapatologia,algumadiminuiçãodadoreobtençãodemaior

simetriacorporal.

Exercícioscomabolasuíça

simetriacorporal. Exercícioscomabolasuíça
Resultados Opacienterelatavadoraoiníciodassessões,conformeGráfico1e2,numaescalaanálogavisualde0a
Resultados Opacienterelatavadoraoiníciodassessões,conformeGráfico1e2,numaescalaanálogavisualde0a

Resultados

Opacienterelatavadoraoiníciodassessões,conformeGráfico1e2,numaescalaanálogavisualde0a

10,ondedestacava­senasprimeirasdezsessõesopacientereferirvaloresparaoquadroálgiconão

inferioresa3ecomumaModadevalor4;e,noentanto,nasúltimasdezsessõesnãoforamsuperioresa4e

comumaModadevalor2,mostrandoalíviodoquadroálgico.Aofinaldassessõessemprereferiuumvalor

"0"(zero),istoé,semdor.

"0"(zero),istoé,semdor.
"0"(zero),istoé,semdor.
"0"(zero),istoé,semdor.

OângulodeCobbfoiverificadoconformeexamesradiográficos,atravésdogoniômetro,apósotraçados

daslinhas,ondeopacienteportavaumaescolioselombarem"C"de14oaoiníciodotratamento,sendo

reduzidopara8oconformeexameposterioraotérminodotratamento;ilustradonoGráfico3:

OresultadodaanáliseradiográficaemrelaçãoaoângulodeCobbpodesercomparadoaoestudo

realizadoporWeissapudCARRIÉRE(1999),noqualexecutouosistemadetratamentodeSchroth,baseado

notreinocinestésicosensório­motorqueusamecanismosdefeedbacksensório­motor,bemconhecidona Alemanha, mostrando uma progressão lenta de 6o ou mais em menos de 25% dos 181 pacientes,

estabilizaçãoem57%eumadiminuiçãonacurvaturade6ooumaisem18%.

WeissapudCARRIÉRE(1999),tambémreavaliouasradiografiasde107pacientesantesedepoisdeum

tratamentodequatroaseissemanasnaKatharinaSchrothCliniceencontrou5odemelhoraem44%dos

casos,juntocomumadiminuiçãosignificantenador.

Atravésdaanáliseposturalrealizadaaoinícioeaofinaldotratamento,pode­seconcluirqueopaciente

assumiumaioressimetriaepercepçãocorporaldevidoaosseguintesresultados:

Emvisãoântero­posterior,acabeçaapresentava­seinclinadaparaesquerdaaoinícioenormalaofinal,

ombroesquerdoeescápulaesquerdamaiselevadosaoinícioenormaisaofinal,cristailíacadireitamais

elevadaaoinícioenormalaofinal;níveldapregaglútea,joelhos,retropéeantepéencontraram­senormais

tantonoinícioquantonofinaldotratamento.

Emvisãodeperfil,osombrosaoiníciomostraram­seprotusos,sendoobservadaumadiminuiçãodonível deprotusãoaofinaldotratamento;emrelaçãoaoequilíbriohorizontaldapelve,oladodireitoapresentava­ semaiselevadoaoinícioenormalaofinal;cabeça,membrossuperiores,colunadorsalelombar,equilíbrio sagitaldapelve,joelhoseháluxmantiveram­senormaisaoinícioeaofinaldotratamento.Todososdados

expostosestãoilustradosnasTabelas1e2:

expostosestãoilustradosnasTabelas1e2: Discussão
expostosestãoilustradosnasTabelas1e2: Discussão

Discussão

Umamelhorsimetriaeumaumentonapercepçãodeposturaemovimentoforamadquiridostambémno

estudorealizadoporSchneiderapudCARRIÉRE(1999)queavaliouosresultadosde53pacientestratados

comFacilitaçãoNeuromuscularProprioceptiva,32dosquaisrecebendoumcoletedeChêneauantesdo

tratamento.

OsucessodotratamentodaescoliosecomaBolaSuíçapodeserequiparadoàaplicaçãodoconceitode tratamentode Vojta,que se baseia na locomoçãoreflexa e nofortalecimentodos músculos genuínos

(intrínsecos)dacoluna,porHankeapudCARRIÉRE(1999).Hankerelatouumaaltaincidênciadesucessono

tratamentodepacientescomescolioseusandoseuconceito;e,HardtapudCARRIÉRE(1999),descreveusua

experiência com o conceito de Vojta para tratamento de escoliose, abordando a coordenação e a

estabilizaçãoinsuficientesdosmúsculosdacoluna,apercepçãocorporalereaçõesdeequilíbrioquesão

tambéminsuficientesempacientescomescoliose.

Ospadrõesdorastejarreflexoedorolarreflexosãoempregadosdesde1959nareabilitaçãodecrianças

comproblemasmotoresesomenteumanomaistardeéqueessemétodofoiestendidoaos"bebêsderisco" do ponto de vista motor. No decorrer dos últimos anos, essa terapia se comprovou útil também na

reabilitaçãodeadultoscomasmaisdiversasperturbaçõesmotoras(VOJTAEPETERS,2000).

SegundoVojta&Peters(2000),essemétodoéutilizadoparaotratamentodeposturasortopédicas

viciosascomoaescoliose,entreoutraspatologias.

Conclusão

Apartirdosresultadosobtidosnoestudo,dentreelesareduçãodoângulodeCobbde14grauspara8

graus,analisadoatravésdeanáliseradiográficarealizadaantesedepoisdotratamento,assimcomoa

reduçãonoquadroálgico,analisando­seadornumaEscalaAnálogaVisualde0a10segundooInstituto

Roxane(2001),ondeopacienterelatavasentirdordevalor8(oito)aoiníciodaprimeirasessãoevalor1

(um)aoiníciodaúltima(20a)sessão,sendorelatadadordevalor0(zero)aofinaldetodasassessões,ea

aquisiçãodemaiorsimetriaepercepçãocorporalanalizadaatravésdeAvaliaçõesPosturaisemvisões

ântero­posterioreperfilaoinícioeaofinaldotratamento,conclui­sequeousodaBolaSuíçanotratamento

daescoliose,realmente,demonstrou­sesereficaz,trazendoresultadossatisfatóriosaoindivíduopesquisado.

Referências

CARRIÉRE,Beate.BolaSuíça.Teoria,ExercíciosBásicoseAplicaçãoClínica.SãoPaulo:Manole,1999,

1ed.

VOJTA,V;PETERS,A.OPrincípiodeVojta:Gruposmuscularesnalocomoçãoreflexaenaontogênese

motora.2aed.SãoPaulo:Manole,2000.

KISNER,C;COLBY,L.A.ExercíciosTerapêuticos:FundamentoseTécnicas.3aed.SãoPaulo:Manole,

1998.

MOMESSO,R.B.ProtejasuaColuna.SãoPaulo:Cone,1997.

GIL,A.C.ComoElaborarProjetosdePesquisa.3aed.SãoPaulo:Atlas,1991

COSTANETO,P.L.O.Estatística.17aed.SãoPaulo:ABDR,1999.