Você está na página 1de 64

Secção de Fotografia da Associação Académica de Coimbra

2010
Fotografias Ficha Técnica
Alexandre Brás Editor Secção de Fotografia AAC
Carina Martins Coordenador Editorial Paulo Abrantes
João Costa Paginação e design gráfico Tiago Santos
João Miguel Simões Tradução Isabel Alfaiate
Mauro Almeida Impressão Artegrafica Brigantina
Nelson Afonso ISBN 978-989-96220-1-2
Raul Botellero Depósito legal
Paulo Abrantes
Pedro Frias Contactos
Raquel Vida Secção de Fotografia da AAC
Rua Padre António Vieira 1, Edifício da AAC
3000-315 Coimbra

fotografia@academica.pt
www.fotografia-aac.net
UMA EXPERIÊNCIA (DO) EXCESSO
No meu calendário de estudante não houve Queima
das Fitas. Em rigor, o tempo era outro. No interior da
convulsão revolucionária, mesmo se entretanto normali-
zada pela ordem constitucional, ainda se não extinguira
o incêndio das escolhas radicais.
A nossa memória talvez nunca como então pôde ser
dita memória do futuro: de nenhuma outra substância
era feita, a sua matéria era o que ainda não há e o que
ainda não é.
O passado, o presente e o futuro eram percorridos
por um duplo fio enigmático, duas tensões quase
contraditórias mas que constituem, porventura, o traço
mais profundo da situação revolucionária: a linearidade
própria dos optimismos históricos (sobretudo dos que
se situavam à esquerda e mais ou menos marcados
pelo marxismo) mas ao mesmo tempo uma espécie de
imanência ao presente de todo o passado e de todo o
futuro; um presente integralmente aberto, o presente
que é o desenlace-germe, o fim e o princípio, o espaço
e o tempo singulares da plena compatibilidade do pas-
sado e do presente.
Então, curiosamente (digo hoje), a Queima das Fitas era
AN EXPERIENCE OF THE EXCESS
uma coisa integralmente do passado: não por razões
During my study period there was no “Queima das Fitas”. In fact, times were different. This took place in the mid-
imediatamente políticas (embora, então, também por
dle of the revolution, although it had meanwhile been brought under control by the constitutional order, the explo-
sion of radical choices was not extinct yet. elas) mas porque era acontecimento próprio de um
tempo passado ou, talvez melhor, era no tempo passado
Our memory more than ever could be called future memory: it had no substance, its material was what does not
yet exist and what it is not. um acontecimento sem futuro.
Past, present and future linked by a double mystery link, two almost contradictory forces, that possibly make up Depois, reapareceu. Mansamente, instalou-se em ou-
the most important aspect of the revolutionary situation: The linearity of the historical optimism (especially those tros calendários que se aproximaram de mim. Encontrei
with ideas on the left more inclined for Marxism) but at the same time a type of immanence of the presence of the
whole past and future; a present totally open, a germinating present, the end and the beginning, space and
nesses calendários uma outra declinação da alegria, a
time, unique because the past totally compatible with the future. intensidade do ritual, a singularidade de uma cidade e
Then curiously, (I say today), the “Queima das Fitas” was a thing of the past: not just for political reasons (but also de uma Universidade. Não porque de distracção fosse
because of it) because it was an event fitting with the past, maybe even better, it was a past event without future. feita a nossa militante continuidade de uma tradição
Then, it reappeared. Slowly it became a fixture in other academic years close to me. During that period I found an- que vinha de 1969: sem nada retirar à repulsa das
other decline of the joy, the intensity of the ritual, the uniqueness of a city and a university. Our continued militancy práticas praxistas ou ao sentimento de como são ana-
for the tradition dating from 1969 had no distractions: nothing had been omitted from the repulsive Praxis or the crónicos, para não dizer ridículos, os rituais perdidos de
transcendência histórica, que mantenho intactos uma e
outro, há uma valorização da dimensão simbólica que,
implicando a temporalidade como enigma a que toda
a existência está sujeita, reorganiza por isso os nossos
quadros de inteligibilidade.
Uma ostensiva afirmação de elite torna-se quase festa
popular sem deixar de (querer) ser expressão visível de
uma Universidade abrindo-se à cidade e ao mundo. É
um acontecimento susceptível de interessar, simulta-
neamente, o olhar antropológico (pela sua complexa
ancestralidade cultural), o olhar sociológico (pela mis-
tura de luta e de festa) e o olhar estético-cultural (pelo
quase festival de música que dela faz parte integrante e
pela plasticidade visual e sonora da própria forma que
o acontecimento é). É a periódica ressurreição de uma
comunidade, de uma experiência do comum: corpos,
vozes, gritos, sons, choros, a embriaguez do excesso,
qual se diz excessiva toda a experiência do comum que
antecipadamente se desconhece.

ANTÓNIO PEDRO PITA

feeling of its anachronism, not to say ridiculous, the rituals lost over a period of history maintaining each other in-
tact, favouring the symbolic aspect, which implies, the temporality as a mystery to which the existence is subject,
reorganising therefore our framework of intelligibility.
An ostensive affirmation of the elite becoming almost a popular festivity while at the same time becoming a visible
expression of the university exposing itself to the city and the world. This event is simultaneously able to arouse in-
terest, for the anthropological aspect (due to its complex ancestral culture), the sociological aspect (by bringing to-
gether struggle and festivity) and the aesthetic-cultural aspect (due to the almost music festival aspect and the vis-
ual and sound aspect of the event). It is the periodic resurrection of a community, of a common experience: bodies,
voices, chants, sounds, cries, and drunkenness of the excess, where the whole common experience is unpredict-
able and is termed to be excessive.

ANTÓNIO PEDRO PITA


Tradição de Sempre e Para Sempre!
As origens da Queima das Fitas de Coimbra remontam
ao século XIX, mais precisamente no ano de 1899. Nes-
se ano os estudantes de Coimbra, numa réplica daquilo
que teriam sido os Centenários entre 1880 e 1888, deci-
diram comemorar o Centenário da Sebenta. Só que esta
comemoração teve um carácter crítico, tendo por base
a Sebenta e a exploração dos “sebenteiros”, realizando-
se um cortejo alegórico e um sarau.
Nos anos posteriores, o 4º ano jurídico, dentro do
mesmo espírito, organiza eventos semelhantes ao Cen-
tenário da Sebenta, introduzindo a inovação de queimar
as fitas que se usavam nas pastas como condição de
pré-finalistas com o objectivo futuro de terminar o curso
no ano seguinte. Ainda hoje esta tradição se mantém
com a Queima do Grelo (Fita) realizada horas antes do
Cortejo dos Grelados.
Avançamos até 1905, aquando da realização do “Enter-
ro do Grau”; esta celebração foi provocada pela reforma
dos cursos da Universidade de Coimbra, na qual se
aboliu o grau de Bacharel. Esta festa já teve alguma par-
ticipação activa da cidade de Coimbra, antecipando já o
que viria a ser mais tarde chamada, a Queima das Fitas.
The ancient tradition forever! Alguns acontecimentos históricos como a Implantação
The “Queima das Fitas” of Coimbra dates back to the 19th Century, namely to the year 1899. In that year the stu- da República e a 1ª Guerra Mundial, causaram alguns
dents from Coimbra, in a replica of what would be the centenary festivities between 1880 and 1888, decided to com-
memorate the Centenary of the “Sebenta” study notebook. But these commemorations were motivated by a satirical interregnos, mas no ano de 1919, as festividades tomam
approach, based on the study notes and the exploitation of the “sebenteiros”, (the students) A alegoric parade and a a estrutura que se conservou até hoje. É a primeira
“sarau” or musical entertainment in the evening, were organised. vez que surge o nome de Queima das Fitas, uma festa
In the subsequent years, the 4th year law students, in the same spirit, organized similar events to the “Sebenta” cen- celebrada pelos quintanistas de todas as Faculdades.
tenary. They introduced the innovation of “Queima das Fitas”, burning of the ribbons or course colours that they used
in the briefcases, as semi-finalist students who aimed to finish their course the following year. Today that tradition is A partir deste ano gera-se então um novo ciclo: a festa
still maintained by finishing the course the following year. Today this tradition is maintained with the burning of the “gre- vai-se entranhando e vão surgindo, a par dos já realiza-
lo” the ribbon a few hours before the parade of the semi-finalists.
dos, novos eventos.
This brings us to 1905 and the “funeral do grau” (funeral of the degree). This celebration resulted from the abolition
of the Bachelor diploma. These festivities had some participation from city of Coimbra, anticipating what would lat- A primeira edição da Garraiada realizou-se no ano lectivo
er be called the “Queima das Fitas”.
de 1929/30. “A Garraiada representa a miscelânea das
There were some historic developments like the constitution of the first Republic, the 1st World War, that were respon-
sible for some interruptions, but in 1919 the festivities took the structure that they still have today. For the first time the
tradições ancestrais da comunidade com a realidade
name “Queima das Fitas” is suggested, a festival celebrated by the 5th years from all Faculties. estudantil, num apropriar concreto de rituais. Momento
As from this year a new cycle emerges: The festival becomes established and new events alongside the already es- mágico de confronto entre o Homem e o animal que se
tablished ones emerge. assume como simulacro de mitos nos quais se sustenta
a visão fugaz de uma determinada matriz cultural.” Ac-
tualmente a Garraiada é realizada no Coliseu da Figueira
da Foz.
A vertente solidária da Queima das Fitas, a qual actual-
mente tem sido reforçada pelas comissões organizado-
ras, surgiu em 1932 com a primeira edição da Venda da
Pasta. Esta actividade consistia na venda de pequenas
representações da Pasta Académica para angariar fun-
dos para o Asilo da Infância Desvalida. Hoje essa casa é
chamada de Casa de Infância Doutor Elysio de Moura, e
a actividade continua a realizar-se. As ruas de Coimbra
enchem-se de estudantes que acompanham as meninas
da referida instituição, num acto de proporcionar a estas
crianças um dia diferente. O dia culmina ao fim da tarde
com a realização da Verbena, que consiste num peque-
no lanche com animação própria entre os participantes.
No ano seguinte realiza-se a primeira edição do Baile
de Gala das Faculdades, um evento que tem como
finalidade a apresentação dos estudantes à sociedade
conimbricense.
Entretanto a Queima vai crescendo além fronteiras, mas
com as crises académicas de 1969 e o luto académico,
causaram um interregno de onze anos da Queima das
Fitas. Nos anos seguintes ainda houve algumas tenta- The first edition of the “Garraiada” (bullfight) was done in the academic year 1929/30. “The bullfight represents the
various ancestral traditions of the community with the student reality, integrating in a concrete manner the rituals. A
tivas de realização à revelia do luto, mas sem grande magic moment where Man and Animal face each other and is a simulation of myths, which are an overview of a cer-
pompa e circunstância. Nem com a revolução de Abril tain cultural matrix.”
de 74 a festa se realizou, pois ainda existiam algumas Presently the bullfight takes place at the Coliseum of Figueira da Foz.
posições radicais nesse âmbito dentro da Academia. The solidarity aspect of the “Queima das Fitas”, whose commitment has been increased by the organisation commit-
tees, began in 1932 with the first event of the “Venda da Pasta” (sale of the briefcases). This was the sale of small rep-
Em 1979 a Direcção Geral da Associação Académica licas of the Academic Briefcase to raise funds for the “Asilo da Infância Desvalida” a childrens home. Today this home
de Coimbra, decide realizar uma festa académica. Este is called “Casa de Infância Doutor Elysio de Moura”, and this sale is still part of the event. Students fill the streets of
evento veio estimular em 1980, o regresso da Queima Coimbra together with the girls of the said institution, providing a different activity for a day. The day ends with the
“Verbena”, which is an afternoon party with appropriate entertainment for the participants.
das Fitas, e a partir daí até aos dias de hoje não parou
The following year the first Ball of the Faculties is held. An event to introduce the students to the society of Coimbra.
de crescer como o auge do espírito académico da aca-
Meanwhile the fame of the “ Queima” grows beyond the borders, but the academic crises of 1969 and the academic
demia Coimbrã. mourning, caused a break of eleven years of the “ Queima das Fitas”. Over the next few years there were some at-
tempts to make it happen in spite of the mourning, but without great ceremony. Not even after the revolution of the
Nos moldes actuais a semana das Noites do Parque 25th of April did the event take place, there were some radical opinions about this issue within the Academy.
inicia-se no imponente Largo da Sé Velha com a Se-
In 1979 the Executive Board of the “Associação Académica de Coimbra” (Academic Association) decided to go
renata Monumental, onde actuam os grupos de fado ahead with the academic festivities. This event stimulated in 1980 the return of the “Queima das Fitas”, and since then
da Secção de Fado da AAC. Os eventos que já atrás till now it has grown reaching the climax of the academic spirit and the Coimbra Academy.
referi continuam a realizar-se, ganhando cada vez mais
adeptos.
Falta-me apenas referir mais detalhadamente cinco
eventos de singular importância, são eles: o Cortejo, o
Sarau, o Chá Dançante, a Récita dos Fitados e a Bênção
das Pastas.
O Cortejo dos Grelados é das mais antigas realizações
desta festa, remonta mesmo ao Centenário da Sebenta.
O Cortejo com os seus carros alegóricos devidamente
enfeitados, levam consigo os estudantes fitados, num
espírito de agradecimento à cidade os anos de curso.
Podemos também atribuir um certo espírito crítico a
este evento pelos vários elementos que os vários carros
participantes transportam.
O Sarau consiste numa verdadeira mostra cultural das
secções e organismos da Associação Académica de
Coimbra. De notar que os saraus também foram origi-
nários daquilo que se veio transformar na Queima das
Fitas.
O Chá Dançante é sem mais nem menos a destruição
do cenário do Baile de Gala, por parte dos estudantes
cartolados. Esta actividade é precedida pelo Chá das
Cinco realizado no mesmo local, à boa maneira inglesa
In the present moulds the week of the Nights at the Park (concerts) begin at the square of the Largo da Sé Velha (chá e bolinhos).
with the “Serenata Monumental” (Serenade), where groups of “fado” of the “Fado” department of the AAC sing. The
events I mentioned earlier continue to take place increasingly earning more fans. A Récita do Fitados é um evento que dá largas ao espíri-
I only need to refer in detail the other five events of unique importance, which are: the parade, the “Sarau” (evening to artístico, dramático e crítico dos estudantes fitados. A
musical event) the Tea time dance, the Recital of the “fitados” (Graduates) the “Récita dos Fitados” (Recital of satirical
bem conhecida balada do 5º ano jurídico de 1988-89 foi
verses by the finalists and the Blessing of the Briefcases.
concebida para ser apresentada numa récita.
The parade of the “Grelados” is one of the oldest tradition of these festivities, dating back to the “Notebook Cente-
nary. The parade with the allegorical floats duly decorated, carrying the 4th year students in a spirit of gratitude to the Finalmente a Bênção das Pastas, revela um sentido
city for their years of study. This parade also has a spirit of satire shown in the various floats.
mais religioso da festa. Consiste numa cerimónia pre-
The “Sarau” (musical entertainment) is a true cultural show of all the departments and organisations of the Associa- sidida pelo Bispo de Coimbra, onde são abençoadas
ção Academica of Coimbra. These “saraus” were the beginning of what later turned into the “Queima das Fitas”.
as pastas com as fitas de todos os estudantes fitados.
The tea time dance is the destruction of the decorations by the finalists. This activity follows the five o’clock tea in the
English tradition of tea and cake the dance then follows.
Actualmente a cerimónia realiza-se na Sé Nova, mas
começou por ser realizada na Capela da Universidade
The Recital of the finalists shows the artistic, dramatic and satirical spirit of the students. The well-known ballad of 5th
year law students of 1988/89 was written to be read at the Recital. de Coimbra.
Finally the blessing of the Briefcases, shows the religious aspect of the festivities. This is a ceremony presided by the A realidade de Bolonha na Universidade de Coimbra
Bishop of Coimbra, blessing the Briefcases with their Ribbons of all the students “fitados”. Presently the ceremony
takes place at the “Sé Nova”, but initially it was done at the chapel in the University of Coimbra. tem levado à alteração da calendarização dos eventos
tradicionais da Queima, pois é necessário prever todas
as tradições para aqueles estudantes que apenas tiram
a licenciatura e abdicam do mestrado. Esta é ainda uma
batalha a concluir.
Para concluir é sempre bom notar que a Queima das
Fitas de Coimbra se assume como a maior e mais antiga
festa de estudantes do país. A sua imponência e fama
envolve pessoas de todo o país e até do estrangeiro.
Atrevo-me a dizer que é um evento único no mundo. Mas
nunca é demais relembrar que a Queima das Fitas não
se cinge às Noites do Parque e aos Eventos Tradicionais;
tanto antes como depois dessa semana a Queima das
Fitas comporta uma panóplia de actividades culturais e
desportivas que dinamizam a cidade por mais ou menos
três meses, espelhando duas das grandes bandeiras da
AAC que são a cultura e o desporto.
Por tudo aquilo que foi, por tudo aquilo que é, e por tudo
aquilo que será, a Queima das Fitas de Coimbra será
sempre única e significará sempre tradição. Tradição
essa que foi de sempre, que é de sempre e ficará para
sempre.
Gonçalo Ribeiro
Estudante e Comissário da COQF 2008
The introduction of the Treaty of Bologna at the University of Coimbra has lead to changes in the setting dates for the
traditional events of the “Queima”, because it is necessary to ensure that all traditions are kept for those students who
just graduate and do not go on to Master’s. This battle is still going.
It should be taken into account that the “Queima das Fitas” of Coimbra is the biggest and most ancient student fes-
tivity in the country. Its grandeur and importance involves people from the whole country and even from foreign coun-
tries. I even dare say that it is a unique event in the world. But it is important to know that the “Queima das Fitas” is
not merely the Nights at the Park and the traditional events. There is a variety of cultural and sports activities, both be-
fore and after the week of the “Queima das Fitas” that liven up the city for about three months, reflecting the two ma-
jor banners of the AAC which are culture and Sport.
For all it has been, and all that it is and will be, the “Queima das Fitas” of Coimbra will always be unique, and will al-
ways mean tradition, the ancient old tradition that will always remain.
Gonçalo Ribeiro
Student and Organising Committee of Queima das Fitas COQF 2008
2008, a melhor Queima de sempre!
A Queima das Fitas de Coimbra assume-se como a
maior e mais antiga festa académica do país. Envolve,
não só toda a comunidade estudantil coimbrã, mas
também, inúmeras pessoas de todo o país. Nesta altura
deslocam-se a Coimbra para participar nesta festa, seja
pelos concertos, actividades culturais e desportivas ad-
jacentes ao evento, quer por toda a tradição e a mística
que a envolve. De referir que, a Queima das Fitas de
Coimbra é um evento de âmbito nacional e internacional.
Este evento personifica todo o espírito e tradição que
tanto caracteriza esta cidade. É um evento ímpar que
se afirma como um marco, não só na vida académica
coimbrã, bem como, a nível nacional. Envolvendo uma
panóplia de eventos tradicionais, de actividades cultu-
rais e desportivas, a Queima das Fitas, “festa de secular
tradição”, é a maior festa académica do país, caracteri-
zada por um espírito muito próprio que a todos contagia.
A Queima das Fitas assumiu-se em 2008, como um das
forças vivas da cidade de Coimbra, não só na Semana
das Noites do Parque, mas num horizonte temporal e de
actividades muito mais vasto.
“A tradição de sempre, numa queima diferente”. Este foi
2008, The best “Queima” ever!
o lema da melhor Queima das Fitas de todos os tempos.
The “Queima das Fitas” of Coimbra is one of the oldest and biggest academic festivals in the country. It involves not only all
the student community but also lots of people from all over the country, who come to Coimbra to take part in these festivities
Esta Queima das Fitas prima pela sua polémica, âmbito,
such as in the concerts, cultural or sports activities that are part of this event or for all the tradition and mystique that it involves. inovação, e desafios e dificuldades pouco comuns mas
It should be noted that the “Queima das Fitas” of Coimbra is an event of national and international interest. únicas que nenhuma Comissão Central da Queima das
This event personifies the spirit and tradition that characterizes this city. It is a unique event a landmark in the Coimbra stu- Fitas teve de enfrentar.
dent life but also on a national level. It involves a variety of traditional events, as well as cultural and sports activities. The “
Queima das Fitas”, a festivity with centuries of tradition, is the greatest academic festival in the country characterised by a Foi a Queima das Fitas que teve de apresentar um
very specific spirit that spreads to everyone. modelo de eventos tradicionais polémico, controverso
The 2008 “Queima das Fitas” brought life to the city of Coimbra, not just during the week of Nights at the Park concerts, but e que elevou todas as vozes da academia ao descon-
also at many more activities over a period of time.
tentamento e à procura emergente de alternativas. Foi
This “Queima” had the best motto ever “The age-old tradition, in a different Queima”. This “Queima” was the best ever in
terms of controversy, scope, innovation, challenges and problems. The latter were unique and no other organising commit-
também a Queima das Fitas que deixa a sua marca com
tee had ever encountered. novos logótipos, mascote e a panóplia de actividades e
This “Queima das Fitas” had to show events that were polemic, controversial and traditional resulting in the discontentment inovação apresentadas ao longo dos quatro meses, que
of the academy and the search for alternatives. It was also the “Queima das Fitas” that will be known for the change in the a Queima das Fitas se promoveu massivamente, criou o
logos, mascot and range of events and innovation shown over the four months that the “Queima das Fitas” was advertised parque aventura e também o palco secundário.
as well as the park adventure and even the secondary stage.
Many activities took place, starting with the “Queima do Colete” (burning the waist coat) There were also activities such as, Realizaram-se dezenas de actividades, começando com
“A Queima do Colete” pelo meio tivemos, encontros de
Coros, recitais de Guitarra clássica, Recital de Harpa,
a Regata Internacional da Queima das Fitas, o torneio
de rugby, meeting de natação, jogos tradicionais, surf
trip, entre tantas outras que foram um enorme sucesso
a todos os níveis.
Durante meses a Queima das Fitas dinamiza a cidade
de Coimbra, aliando-se as organizações da Cidade e do
País, como a Universidade de Coimbra, Câmara Munici-
pal de Coimbra, ACIC, Governo Civil e a Assembleia da
República, entre outros.
De salientar a Queima Solidária na qual a Queima das
Fitas tem um gesto para aqueles que mais precisam.
Numa época onde cada vez mais os jovens, se alheiam
da ajuda a quem mais necessita, a Queima das Fitas
cumpriu o seu papel fomentando a ajuda de todos e o
espírito solidário aos mais carenciados.
Organizar a Queima das Fitas foi sem dúvida uma ex-
periência bastante enriquecedora, da qual certamente
toda a organização se orgulha. Espera-se que no futuro
se mantenham, não só, políticas semelhantes e se pos-
sível melhoradas, bem como se eleve e se digne cada
vez mais o estatuto da Queima das Fitas de Coimbra, o
da maior e melhor festa académica do país. Acting of various choirs, classic Guitar recitals, Harp Recital, the International “Queima das Fitas” Regatta, a rugby tour-
nament, swimming competition, traditional games, surf trip, amongst many others making it a great success on all levels.
Esta Queima das Fitas teve de apresentar um modelo de The “Queima das Fitas” animates the city of Coimbra, together with other national and city entities, such as the University of
eventos tradicionais inovador e controverso que elevou Coimbra, City Hall, the Chamber of Commerce, the Civil Government, and the Parliament, amongst others.
vozes de descontentamento no seio da academia. It is also important to note the charitable aspect of the “Queima das Fitas” raising funds for the needy. In a period when in-
creasingly the young people seem not to care about the needy, the “Queima das Fitas” plays a role in encouraging social
Na Comissão Organizadora, fomos sensíveis aos diver- care for all and a spirit of solidarity with the most needy.
sos pontos de vista apresentados, contudo, não nos Organizing the “Queima das Fitas” was undoubtedly one of the most enriching experiences, of which everyone in the organ-
cabia a nós alterar esse novo modelo, mas sim, retirar izing committee is very proud. We hope that similar policies will not only be maintained but possibly improved and pro-
e potenciar o melhor do modelo que nos foi “imposto”. mote the Coimbra “Queima das Fitas” as the biggest and best academic festival in the country.
This particular “Queima das Fitas” had the task of organising traditional innovative and controversial events, which gave rise
Estamos seguros e confiantes de que se conseguirá to voices of discontentment within the academy.
manter e melhorar a Queima das Fitas como a festa In the organising committee, we considered the various points of view, however it was not up to us to change to a new mod-
secular, pioneira e líder da tradição académica e praxe, el, but actually do our best with the model that was “imposed” on us.
organizada pelos candeeiros grelados eleitos pelas oito We believe and are confident that the “Queima das Fitas” will be maintained and improved as an age old festival, pioneer
faculdades da Universidade de Coimbra. Ficou nova- and leader in the academic tradition and “praxe”, organized by a committee elected from the final year students of the eight
faculties of the University of Coimbra. Once again it is proved that with responsibility, dedication, commitment, effort, profes-
mente provado que, com responsabilidade, dedicação, sionalism and honesty, a good management never forgetting its originating customs, it is possible to be on par with the pro-
empenho, esforço, profissionalismo, honestidade, fessionals, meeting the objectives set beyond positive result.
uma boa gestão e sem nunca esquecer a sua origem
praxista, se consegue estar ao nível dos profissionais,
cumprir com os objectivos traçados que ultrapassam o
saldo positivo.
A Queima revela-se para a cidade como o maior pólo
dinamizador e assumindo-se como o maior evento
da cidade, do distrito e dos maiores a nível nacional e
internacional. É uma festa realizada por estudantes, so-
bretudo para os estudantes, mas é cada vez mais uma
festa para a cidade da região e do país.
Olhamos para a Queima das Fitas e para o fado de
Coimbra como os grandes ícones da cidade.
Julgamos que a AAC como o “clube” mais eclético do
nosso país com a oferta de uma panóplia de práticas
desportivas, culturais e cívicas, desempenha um papel
fundamental na cidade de Coimbra.
É com orgulho que a Queima das Fitas, com o seu saldo
positivo, patrocina e incentiva a prática desportiva,
cultural e cívica da população Coimbrã.
Todo o saldo apresentado mais que um investimento na
AAC, é um investimento na qualidade de vida da cidade
de Coimbra. Numa época onde se torna tão difícil para
The “Queima” is for the city is the greatest source of entertainment as the biggest event in the city, the district and one of the Coimbra rivalizar com as grandes cidades portuguesas
biggest nationally and internationally. It is a festivity organized by the students mainly for the students, but increasingly it has
become a festivity for the city, the region and the country. e europeias, a oferta de formação cultural, desportiva e
We look at the “Queima das Fitas” and the “fado” of Coimbra as the Great icons of the city.
cívica disponibilizada pela AAC e apoiada e financiada
incondicionalmente pela Queima das Fitas, afigurara-se
We believe that the AAC (Academic Association of Coimbra) as the most eclectic club in our country offering a wide range of
Sporting practices, cultural and civic events, playing a fundamental role in the city of Coimbra. como factor diferenciador, promovendo a fixação de
It is with pride that the “Queima das Fitas” with its earnings sponsors and promotes the practice of sports, cultural and civ- pessoas na cidade dos estudantes.
ic events for the Coimbra population.
De destacar a elevada participação nas actividades da
All the earnings are more than just an investment in the AAC, it is an investment in the quality of life of the city of Coimbra. At
a time when it is so difficult for Coimbra to compete with other large Portuguese or European cities, offering Cultural, Sport-
Queima das Fitas 2008, quer nas culturais, quer nas
ing and Civic activities made possible by the AAC with the support and financed by the “Queima das Fitas”. This fact plays desportivas ou nas tradicionais, bem como, o aumento
an important role in promoting the settling of people in the city of the students. da afluência às noites do Parque.
The activities of the “Queima das Fitas 2008” were a great attraction, both in cultural, sporting or traditional events, as well as
the increased attendance at the Nights by the Park concerts. “Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades”, assim
“Times change and so do the wills”, as written by our colleague Camões in one of his sonnets. Dates are changed but Tra- cantava o nosso colega Camões num dos seus sonetos.
ditions remain. This conviction led us to accept a new model of what is and will always be the age-old “ Queima das Fit- Mudam-se as datas, mantêm-se as Tradições. É com esta
as” of Coimbra. convicção que entramos num novo modelo daquela que
We all came to Coimbra a few years ago and found a city full of tradition. We were “caloiros” (freshmen) and from then on é e será sempre a secular Queima das Fitas de Coimbra.
Todos nós chegámos a Coimbra há uns anos atrás e
deparámo-nos com uma cidade carregada de tradição.
Éramos caloiros e desde aí fizemos um longo percurso.
Vestimos a capa e a batina pela primeira vez na primeira
serenata da Queima das Fitas. Levámos o grelo e o nabo
no último cortejo da Latada. E agora, olhamos para a
nossa pasta negra e o que vemos? As fitas com a cor
do curso. As fitas onde vão ser gravadas as palavras
daqueles que nos são mais queridos e que fizeram parte
de nós ao longo da nossa vida académica.
Quem de nós nunca derramou uma lágrima numa
serenata ao som dos acordes da Guitarra de Coimbra?
Quem de nós nunca sentiu a euforia de um Cortejo?
Quem de nós nunca sentiu o auge do espírito académi-
co na Queima das Fitas? Com certeza que muito poucos
ou quase nenhuns.
E agora que vai chegando a hora da despedida per-
guntamos: Valeu a pena? Sim! Valeu! Ser estudante de
Coimbra é participar na realidade desta cidade, a cidade
dos estudantes. É viver a sua tradição única. É embele-
zar as ruas com as capas negras ao vento. É deixar que
a saudade seja o sangue que nos dá vida.
Em nós vai ficar para sempre marcada a imagem da
velha colina, coroada pela Cabra e regada pelas águas we followed the long route complete our studies. We wore the academic outfit for the first time in the first serenade of the
cristalinas do Mondego. A colina que guarda todos os “Queima das Fitas”. We had the “grelo”(sprout) (ribbon with colours of the faculty) and then the “ nabo” (turnip) in the last “
segredos da cidade e os segredos de cada um de nós. Latada” parade. We now look at our black briefcase and what do we see, the ribbons with the course colours. The ribbons
where those most dear to us and were part of our academic life, will leave a message.
Em 2008 realizou-se com a tradição de sempre, uma Who has not ever shed a tear at the serenade to the sound of the chords of the Coimbra guitar? Who has not felt the ex-
Queima diferente. citement of the parade? Who of us has not felt the climax of the academic spirit at the “Queima das Fitas”? I am sure very
few or even none.
A melhor de sempre!! And now the time to say good-bye approaches and we ask: Was it worth? Yes it was. Being a student in Coimbra is to be
part of the reality of this city, the student city. It is living this unique tradition. It is adorning the streets with the black capes in
Nuno Pais the wind. Permitting this nostalgia to be our life giving blood.
Presidente COQF 2008 We will always have the image of the ancient hill, crowned by the “ Cabra” (clock tower) and watered by the crystal waters
of the Mondego River. This hill keeps all the secrets of the city and of each one of us.
In 2008 the same tradition was maintained, in a different “Queima”.
The best ever!!

Nuno Pais
Chairman COQF 2008
Memória de um Ex-Comissário
Já lá vai longínquo o dia em que decidi ser Comissário
da Queima das Fitas 2008. Certamente que sabia aquilo
que me esperava durante 6 longos meses, tudo em mim
era entusiasmo, mas ao mesmo tempo receio, pois caía
sobre mim o peso da responsabilidade de organizar
aquela que é uma das maiores festas académicas do
mundo. Seria eu capaz? Estaria à altura? Qual seria o
resultado? Eram tudo questões que me surgiam a toda
a hora. Mesmo assim encarei o desafio e fui em frente.
Apresentei a minha candidatura e preparei com an-
siedade o dia das eleições. Era preciso convencer os
grelados da minha faculdade a vestirem Capa e Batina
para poderem votar em mim. Chega o dia das eleições e
aí conheci aqueles que poderiam vir a ser meus colegas
na comissão central. Nesse ano éramos quase todos
candidatos únicos, só duas faculdades é que estavam
a disputar o lugar na comissão central. Começou nesse
dia uma nova aventura, nesse dia conheci sete pessoas
a que ainda hoje chamo amigos.
Os meses longos de trabalho começavam agora. Pri-
meiro tinha de se repartir os vários pelouros pelos oito
(Presidência, Tesouraria, Cortejo e Garraiada, Cultura,
Memories of an Ex-Commissioner Desporto, Bailes, Produção e Infra-Estruturas). A meu
The day I decided to be a Commissioner of the Queima das Fitas 2008 has long passed. I was aware of what to expect cargo (por escolha pessoal) ficou o pelouro do Cortejo e
over the next long six months. I was full of enthusiasm, but at the same time scared, because of the responsibility to or- Garraiada e ficavam a meu cargo quase todos os even-
ganise one of the biggest academic festivals in the world. Would I be able to? Did I have the competencies? What would tos tradicionais da Queima das Fitas. Devo dizer que foi
be the outcome? These questions crossed my mind all the time. In spite of this, I faced the challenge. com muita honra que me vi a organizar uma Serenata,
I presented my candidature and anxiously prepared the Election Day. It was necessary to convince the semi finalists (gre- um Cortejo, uma Venda da Pasta, uma Garraiada, uma
lados) students of my faculty to dress in their academic outfit,” capa e batina”, to be able to vote on me. Election day came Bênção das Pastas… eram todos momentos altos da
and I met those that could be my future colleagues in the central committee. In that year we were almost all independent
candidates. Only two candidates representing their faculties were competing for a place in the central committee. A new
Queima das Fitas.
adventure started that day, when I met the other seven members that I still call friends today.
Recordo também com saudade as audiências com as
The long months of work began. First we had to assign the various duties to the eight committee members, (The Chair, várias entidades de Coimbra e Nacionais que tivemos.
Treasury, Parade and bullfight ( Cortejo e Garraiada), Culture, Sport, Balls, Production and Infra-Structures). My respon-
Sem dúvida a que mais me marcou foi a da Assembleia
sibility (a personal choice) was the parade ( Cortejo e Garraiada). I would be responsible for almost all traditional events
of the Queima das Fitas. I must say it was a Great honour to find myself organizing a “ Serenata” (serenade), a “Cortejo” da República, pois foi aí que fui convidado a organizar
(parade), the “Venda da Pasta” (sale of the briefcase), the “Garraiada” (bullfight), the “Bênção das Pastas” (Blessing of uma Serenata do Fado de Coimbra naquele espaço na
the briefcases)… They were all important events of the Queima das Fitas. véspera das comemorações do 25 de Abril, e de ver a
I remember also the meetings held with various Coimbra and national entities. The one that touched me most was the saudade daqueles membros da AR que já estudaram em
one at the Parliament ( Assembleia da República). I was invited to organise for them a serenade of the “Fado de Coimbra” Coimbra ou que a ela pertencem.
Foi num ápice que a semana das noites do parque che-
gou, a semana onde se concentrava o grosso do meu
trabalho; aqueles longos meses que eu falava, foram
curtos demais. A cada evento que chegava por muito
que já tivesse tratado, havia sempre qualquer coisa que
faltava; confesso que tive muitas dores de cabeça.
A própria semana das noites do parque também passou
num ápice, foi com saudade e com algumas lágrimas à
mistura que os oito comissários se despediam da sema-
na mais importante da Queima das Fitas, ao som das
guitarradas e de olhos fitos no Mondego que espelhava
as cores do fogo-de-artifício.
E hoje, um ano e meio depois, ao recordar aquele ano
fantástico respondo as questões que coloquei no início
do texto: Seria eu capaz? Fui capaz! Estaria a altura?
Estive! Qual seria o resultado? Mais do que o resultado
económico, foi o resultado de 25 pessoas e respectivos
colaboradores que fizeram daquela Queima uma das
melhores de sempre, Queima essa que apelidámos de
“A Queima da Amizade”!
Fui comissário, e se me perguntarem se valeu a pena
todo o esforço, dedicação e abdicação de muita coisa,
eu respondo: Valeu e voltaria a ser comissário, por amor
a uma tradição com 110 anos e por todos os meus the day before the 25th of April celebrations. I witnessed how those members of the AR who studied or were from Coim-
colegas. bra brought nostalgic memories back.
Quickly the week of the Nights at Park (concerts) dawned on, involving the greater part of my duties; those long months I
A todos os elementos da COQF 2008, um Muito mentioned were in fact far too short. At each event although it had been well prepared there was always something else
Obrigado! to do; I must confess I had a lot of worries and concerns.

Gonçalo Ribeiro The week of the park concerts also went very quickly, it was with Great sadness and some tears that the eight commis-
sioners said goodbye to the most important week of the Queima das Fitas, with the sound of the Portuguese guitar in the
Comissário do Cortejo e Garraiada COQF 2008 background and the eyes fixed on the Mondego River reflecting the colours of the fireworks.
Today, a year and half later, thinking back on that fantastic year, again I ask the same questions I did at the beginning of
this text: can I do it? Yes I did it! Did I have the competencies? Yes I did! and what would the result be? More than the eco-
nomic result, was those 25 people that made and their respective assistants who made this Queima one of the best ever.
A Queima we came to called “A Queima da Amizade” the friendship Queima!
I was a commissioner, and if I am asked if it was worth all the effort dedication and giving up lots of things, my answer is:
Yes it was worth it and I would be a commissioner again, for the love of this 110 year old tradition and for all my colleagues.
To all the members of the COQF 2008 (organising committee), Thank you very much!
Gonçalo Ribeiro
Commissioner of the parade and bull fight “Cortejo e Garraiada” COQF 2008
Serenata
Actividades culturais
e desportivas
Queima do Grelo
Benção das Pastas
Cortejo
Verbena
Venda das Pastas
Noites do Parque
Chá dançante
Garraiada
Baile de Gala
Sarau
Fogo de artifício
Fado de Coimbra
Apoios Agradecimentos
André Amador
André Oliveira
António Bandeirinha
António Pedro Pita
Ana Botelho
Carlos Figueiredo
Daniela Sousa
Isabel Alfaiate
Filipe Pedro
Gonçalo Ribeiro
João Luís Jesus
Jorge Serrote
Marciano Blute
Maria Manuel Vida
Miguel Portugal
Mickaël Correia Roque
Mariana Dias
Nuno Pais
Pedro Machado
Rui Sousa
Vítor Ferreira

Você também pode gostar