Você está na página 1de 4

Plano Inclinado

O Plano Inclinado permite a reduo da fora para subida de um corpo a custo de uma
distncia maior a percorrer. Como se diz: Vantagens e Desvantagens.
Para entender melhor toda esta situao, analisemos dois casos:
Sem Atrito
A anlise de foras para um plano sem atrito segue apenas com a ao destas foras:

Mais precisamente teremos esta situao levando em conta a decomposio destas em


componentes x e y:

Repare que pelo fato de o plano ser sem atrito, claro que o bloco vai descer seguindo a
componente Px, uma vez que N neutraliza Py.
Analisando o Plano Inclinado
- Analisando em y
N = Py, logo, a resultante em y zero, ou seja, o bloco nem sobe, nem desce em y.
Py = P . cos = m . g . cos

N = m . g . cos

- Analisando em x
O corpo descer devido a Px e, pela segunda lei de Newton, esta a Fora Resultante nele. (

FR

= m . a)

F Rx

= Px

cancelando m

m . a = P . sen = m . g . sen

a = g . sen

O bloco desce com acelerao g . sen que no depende da massa (mais pesado ou mais
leve no influencia na acelerao da descida).
Caso queiramos fazer o bloco subir pelo plano sem atrito, basta que apliquemos uma
fora F que seja maior que Px, que por sua vez menor que P. Para ver que Px menor
que P, basta ver os tamanhos dos vetores na imagem.

Assim, nitidamente, comparado a erguer o bloco sem a ajuda da rampa, usa-se uma fora
menor.
Com Atrito
A anlise de foras para um plano com atrito:

Fazendo a decomposio de foras, tem-se:

Analisando o Plano Inclinado


- Analisando em y
Vale exatamente toda a anlise executada para o plano sem atrito:
N = Py, logo a resultante em y zero, ou seja, o bloco nem sobe, nem desce em y.
Py = P . cos = m . g . cos

N = m . g . cos

- Analisando em x
Bloco em repouso
Isto significa que a

Fate

Fate

neutraliza Px e, logo

= Px

ate . N = m . g . sen
ate . m . g . cos = m . g . sen

ate

= sen / cos

ate = tg

(Repare que o coeficiente de atrito esttico varia com ngulo de inclinao ).


Bloco em movimento

Pela segunda lei de Newton, para calcular a Fora resultante, h que se somar as foras que
se ajudam, e subtrair as foras que se atrapalham.

Descida

F Rx

= Px

Fatd

m . a = m . g . sen
m . a = m . g . (sen

atd
atd

.N

m . a = m . g . sen

atd

. m . g . cos

. cos)

atd

Cortando m a = g. (sen

. cos)

Esta ser a acelerao de descida do bloco se Px for maior que

Fatd

Subida
Ele estar subindo por uma F no sentido oposto de Px, ou seja, a fora F para subir maior
que a soma das foras para descer (elas esto se atrapalhando, tem que subtrair a
perdedora)

Ento, pela segunda lei de Newton:

F Rx

= F (Px +

Fatd

m . a = F (m . g . sen +

atd

. m . g . cos)

m . a = F m . g . (sen +

atd

. cos)

m . a = F P . (sen +

atd

. cos)

Assim, se (sen + atd . cos) > 1, ento, a F a ser aplicada para movimentar o bloco, ter
de ser maior que P
(Pois P . (sen + atd . cos) > P) e no ser vantagem utilizar o plano inclinado.

Lembre-se que para toda a anlise acima tem-se que:


Foi definido o plano cartesiano com inclinao igual ao plano inclinado, ou seja, com o eixo x
formando um ngulo igual ao do plano, e o eixo y, perpendicular ao eixo x;
A fora Normal igual decomposio da fora Peso no eixo y;
O ngulo formado entre a fora Peso e a sua decomposio no eixo y, ser igual ao ngulo
formado entre o plano e a horizontal;
Se houver fora de atrito, esta se opor ao sentido da fora resultante que promove o
movimento. (fora de atrito sempre oposta ao movimento, sempre atrapalha).

Você também pode gostar