Você está na página 1de 9

CONCURSO DE SALTO NACIONAL***

MITSUBISHI SPORTV RIDERS CUP 2010


PROGRAMA DA II ETAPA

1. INFORMAÇÕES GERAIS

a)Tipo de evento: CSN *3 Concurso de Salto Nacional

b)Datas:

I ETAPA
Data: 10 e 11 DE ABRIL DE 2010
Local: FAZENDA STA IZABEL
End.: ESTRADA DA CACHOEIRA S/N KM 9,5 – IBIUNA - SP

II ETAPA
DATA : 08 e 09 DE MAIO DE 2010
Local: SOCIEDADE HIPICA PORTO ALEGRENSE
ESTRADA JUCA BATISTA, 4931 – Belém Novo
PORTO ALEGRE - RS

III ETAPA – FINAL


DATA: 11 e 12 DE SETEMBRO DE 2010
Local: MANEGE ITANHANGA
End: RODOVIA ENG PAULO DE TARSO MARTINS S/N KM 10
INDAIATUBA - SP

REGULAMENTO DO CIRCUITO EM ANEXO

c) Organização

CPC Eventos
Fone: (11) 8145 5140 - fax 11 5542 3941
www.cpceventos.com.br

CLAUDIA MODESTO PRODUÇÕES


Fone: (11) 2476 3351
cmodesto@claudiamodesto.com.br

d) Supervisão Técnica: Confederação Brasileira de Hipismo


Federação Paulista de Hipismo
Federação Gaúcha dos Esportes Equestres

DIRETORES Presidentes de Luiz Roberto Giugni


EXECUTIVOS Honra do Pres CBH
1
Concurso: Eduardo Caldeira
Pres FPH
João Carlos Mazzaferro
Pres FGEE
Diretores do Isabella Salles
Concurso: Karina Harbich Johannpeter
Isabella Veiga Pinheiro
Informática: Antonio João Azambuja

1. CONDIÇÕES GERAIS

SERÃO REALIZADAS 06 PROVAS POR ETAPA

1.20M - AMADOR
1.35M - AMADOR TOP / PRÉ-JÚNIOR / JOVEM CAVALEIRO TOP /
JÚNIOR / SENIOR
1.50M - SENIORS

REGULAMENTOS:
O presente evento será regido pelos regulamentos abaixo, todos em sua última versão:
Regulamento Geral da CBH – Edição 2008.
Regulamento de Saltos da CBH Edição 2010.
Regulamento Veterinário da CBH – Edição 2010.
Caderno de Encargos da CBH – Edição 2010.
Diretrizes CBH.
Além de todas as modificações posteriores dos regulamentos citados publicadas pela CBH.

2. OFICIAIS
a) Júri de Campo:
Presidente: Michael Detemple - RS
Membros: João Eduardo M. de Castro – RS
Andrea P. Tietbohl – RS
Luis Fernando Monzon

b) DELEGADO TÉCNICO: Edson Gervásio Vargas

c) Júri de Apelação:
Presidente: Cirilo Coracini - RS
Membros: Antonio João Azambuja - DF
João Ramão Guimarães - RS

d) Comissário Chefe: Marco Dangui Pinheiro – RS


Comissários: Clarisse Mariante R. da Silva - RS
NN

e) Equipamento de cronometragem: ALGE –TIMING TdC 8001


2
f) Desenhador de Percursos: Frank Rothenberger

Assistente: Erica Sportiello

g) Delegado Veterinário: Dr. Jarbas Castro Jr. - RS

h) Ferrador Oficial do Concurso: a cargo da entidade organizadora

i) Médico Oficial do Concurso: a cargo da entidade organizadora

3. CONDIÇÕES TÉCNICAS

a) O concurso será realizado a céu aberto.


b) Pista de Competição: Pista de grama 60 x 40 m.
c) Pista de Aquecimento:Pista de areia 20 x 40 m (coberta).
d) Ganchos de segurança: CARO, disponíveis em quantidades suficientes.

4. PARTICIPAÇÃO

Concurso terá à participação de Amazonas e Cavaleiros de todas as federações


CONVIDADOS PELA CO

VAGAS LIMITADAS

SÉRIE 1.20M - limitada a 40 conjuntos Convidados da CO com até 02 cavalos por


cavaleiro dependendo da disponibilidade de vagas

SÉRIE 1.35M - limitada a 50 conjuntos Convidados da CO com até 02 cavalos por


cavaleiro dependendo da disponibilidade de vagas

Série 1.50M - limitada a 40 conjuntos = 20 melhores cavaleiros do Ranking CBH e mais


20 conjuntos convidados da CO
Com até 02 cavalos por cavaleiro dependendo da disponibilidade de vaga.

AS PROVAS Nº 03 E Nº 05 (1,50M) SOMAM PONTOS PARA O R.N.E. – CBH

5. EXIGÊNCIAS SANITÁRAIS
Todos os cavalos terão que apresentar exame de AIE negativo válido no mínimo até
10/05/2010, e vacinas atualizadas contra INFLUENZA EQUINA e ENCEFALOMIELITE.
É obrigatória a apresentação do passaporte, rigorosamente em dia.

- ANIMAL SEM PASSAPORTE NÃO PODERÁ PARTICIPAR DE COMPETIÇÕES

- ANIMAL SEM VACINAÇÃO OU VACINAÇÃO IRREGULAR NO PASSAPORTE NÃO


PARTICIPARÁ DO EVENTO.

3
6. EXAME ANTIDOPPING E VERIFICAÇÃO DE SUBSTÃNCIAS PROIBIDAS

Serão efetuados exames durante todo evento, estando todo cavalo


participante sujeito à amostragem a qualquer momento, inclusive para verificação da
possível existência de substância provocante de
hipersensibilidade.

RESPONSÁVEL: Dr. Jarbas Castro Jr.


LABORATÓRIO OFICIAL: JOCKEY CLUB DE SÃO PAULO
Rua Bento Frias, 248
São Paulo – SP – cep 05423-050
Telefone: (55) 11 2161 8303 Fax:(55) 11 3814 0614
Email: antidopagem@jockeysp.com.br

7. SEGUROS
Todos proprietários e competidores são pessoalmente responsáveis pelos danos causados a
terceiros por si, seus empregados, representantes ou animais. É fortemente recomendada
a contratação de seguro contra terceiros.

8. CASOS FORTUITOS
Em circunstâncias excepcionais, com a concordância do Presidente do Júri de Campo e do
Delegado Técnico da CBH, o C.O. se reserva o direito de modificar o presente programa, a
fim de corrigirr situações oriundas de uma omissão ou de circunstâncias não previstas.
Tais modificações serão comunicadas pelo Delegado Técnico à CBH, bem como à todos os
concorrentes e oficiais, com a maior brevidade.

9, FACILIDADES OFERECIDAS
Tratadores e Motoristas, por conta própria. Estarão à disposição banheiros, duchas e
dormitórios Deverão trazer colchões e roupa de cama.

10. INSCRIÇÕES E TAXAS

INSCRIÇÃO DEFINITIVA
Dia 26 de abril, segunda -feira

INSCRIÇÕES E ESTABULAGENS SOMENTE PARA OS CAVALEIROS CONVIDADOS


PELO COMITE ORGANIZADOR E QUE ESTEJAM CADASTRADOS NO SITE PARA
ESTE EVENTO, ATRAVÉS DO www.hipismobr.com.br .

As inscrições devem ser confirmadas no www.hipismobr.com.br

E MEDIANTE O PAGAMENTO DA MESMA ATÉ 26/04/10. APÓS ESTA DATA A C.O.


RESERVA-SE O DIREITO DE CANCELAR E SUBSTITUIR O CONVITE.

4
APÓS A APROVAÇÃO DA INSCRIÇÃO PELO C.O. SERÃO ENVIADOS OS DADOS
BANCÁRIOS PARA DEPÓSITO.

FAVOR ENCAMINHAR O COMPROVANTE DE DEPÓSITO IDENTIFICADO PARA a


FEDERAÇÃO Gaúcha dos Esportes Eqüestres, E-mail: esportes@fgee.com.br

A NÃO IDENTIFICAÇÃO DOS COMPROVANTES DE DEPÓSITO, ATÉ 20/04/10,


CANCELA AS INSCRIÇÕES.

b) Taxas
PROVAS VALORES

Prova n° 02 e 04 R$ 200,00 a série por cavalo


(Série 1.20m)
Prova n° 01 R$ 200,00 por cavalo
( 1.35m)
Prova nº 06 R$ 500,00 por cavalo
( 1.35m)
Prova nº 03 R$ 500,00 por cavalo
( 1.50m )
Prova nº 05 R$ 750,00 por cavalo
( 1.50m)
ESTABULAGEM R$ 250,00 por cavalo
QUARTO DE SELA R$ 250,00
Recursos Por escrito, o dobro da
inscrição da prova
“Forfait” sem aviso R$ 400,00

IMPORTANTE: DEVOLUÇÃO DE 50% DA INSCRIÇÃO APENAS PARA FF VETERINÁRIO


APRESENTADO NA SECRETARIA DO CONCURSO ATÉ O TÉRMINO DO EVENTO.
NÃO HAVERÁ DEVOLUÇÃO DE ESTABULAGEM EM CASO DE DESISTÊNCIA DE
PARTICIPAÇÃO.

ENTRADA DOS ANIMAIS: A PARTIR DE 06 DE MAIO DE 2010 (5ª feira) das 08:00h.
ÁS 18:00h.

SAÍDA DOS ANIMAIS: DIA 10 DE MAIO (2ª feira).

Será cobrada estadia dos animais, que chegarem antes ou saírem depois destas datas,
no valor de R$ 80,00 por dia.

11. INSPEÇÃO VETERINÁRIA

5
SERÁ REALIZADA DIA 07 DE MAIO DE 2010, 6ª feira, entre 14 e 17h., PARA TODAS AS
SÉRIES.

a. Haverá, durante todo o evento (06 a 9 de maio), serviço veterinário e ferrador à


disposição dos interessados, sendo que, eventuais despesas, correrão por conta
do mesmo.

b. Todos os animais que participarem do CSN, devem possuir passaporte CBH


válidos, e dentro das exigências da CBH, e devem estar devidamente CHIPADOS.

12. PREMIAÇÃO

DE PISTA:
MEDALHAS E ESCARAPELAS AOS 06 PRIMEIROS DE CADA PROVA.

EM ESPÉCIE = R$ 105.000,00 POR ETAPA


OBS: NA PREMIAÇÃO EM ESPÉCIE, SERÃO DESCONTADOS OS IMPOSTOS DE
ACÔRDO COM AS LEIS VIGENTES DO PAÍS.

R$ 25.000,00 – PROVA Nº 06 - 1.35M - (Todas as categorias agrupadas)


1º LUGAR – R$ 7.500,00
2º LUGAR – R$ 5.000,00
3º LUGAR – R$ 3.300,00
4º LUGAR – R$ 2.500,00
5º LUGAR – R$ 1.500,00
6º LUGAR – R$ 1.200,00
7o até 25% - R$ 1.000,00

R$ 10.000,00 – PROVA Nº 01 - 1.35M - (Todas as categorias agrupadas)


1º LUGAR – R$ 2.500,00
2º LUGAR – R$ 2.000,00
3º LUGAR – R$ 1.200,00
4º LUGAR – R$ 900,00
5º LUGAR – R$ 800,00
6º LUGAR – R$ 600,00
7o até 25%- R$ 500,00

R$ 25.000,00 – PROVA Nº 03 - 1.50M


1º LUGAR – R$ 7.500,00
2º LUGAR – R$ 5.000,00
3º LUGAR – R$ 3.300,00
4º LUGAR – R$ 2.500,00
5º LUGAR – R$ 1.500,00
6º LUGAR – R$ 1.200,00
7o até 25% - R$ 1.000,00

R$ 45.000,00 – PROVA Nº 05 - 1.50m


1º LUGAR – R$ 14.000,00
2º LUGAR – R$ 10.000,00
6
3º LUGAR – R$ 6.000,00
4º LUGAR – R$ 4.000,00
5º LUGAR – R$ 3.000,00
6º LUGAR – R$ 2.000,00
7o até 25% - R$ 1.500,00

PREMIAÇÃO GERAL DAS 3 ETAPAS


(contagem de pontos no Regulamento anexo)

Serie 1.20m - AMADORES


1o. A 3O. Lugares = PREMIOS ESPECIAIS A SEREM DIVULGADOS POSTERIORMENTE.

Serie 1.35m - ABERTA


CAMPEÃO = R$ 15.000,00
VICE CAMPEÃO = R$ 6.000,00
3o. COLOCADO = R$ 4.000,00

Serie 1.50m - SENIORS


CAMPEÃO = R$ 40.000,00
VICE CAMPEÃO = R$ 15.000,00
3o. COLOCADO = R$ 10.000,00

13. PROGRAMAÇÃO

DIA 8 DE MAIO SÁBADO

09:30 h. – PROVA Nº 01 - SÉRIE 1.35m - AMADOR TOP / PRÉ-JÚNIOR / JOVEM


CAVALEIRO TOP / JÚNIOR / SENIOR
CRONÔMETRO, 1,35M X 1,70M, TABELA A, ARTIGO 238.2.1, Vel. 350m/m.

12:30 h. – PROVA Nº 02 - SÉRIE 1.20m - AMADOR


CRONÔMETRO, COM 01 DESEMPATE TABELA A, 1.20X1.40m, ARTIGO 238 2.2
VELOCIDADE 350M/M.

15:30 h. – PROVA Nº 03 - SÉRIE 1.50m - SENIOR


CRONOMETRO, TABELA A, ARTIGO 238 2.1, 1.50X1.90m, VELOCIDADE 375M/M.

DIA 9 DE MAIO DOMINGO

09:30 h. – – PROVA Nº 04 - SÉRIE 1.20m - AMADOR


CRONOMETRO, TABELA A, ARTIGO 238 2.1, 1.20X1.40m, VELOCIDADE 350M/M.

12:00 h. – PROVA Nº 05 - SÉRIE 1.50m - SENIOR


DUAS VOLTAS, 1,50M X 1,90M, TABELA A, ARTIGO 273. 2.2 e 3.3. classificação conforme
273.4.3,VEL 375M/M

7
15:00h - PROVA Nº 06 - SÉRIE 1.35m - AMADOR TOP / PRÉ-JÚNIOR / JOVEM
CAVALEIRO TOP / JÚNIOR / SENIOR
CRONÔMETRO, COM 01 DESEMPATE TABELA A, 1.20X1.40m, ARTIGO 238 2.2
VELOCIDADE 350M/M.

Porto Alegre, 8 de abril de 2010


O Comitê Organizador

CODIGO DE CONDUTA DA FEI


ANEXO II
SEGURANÇA DO CAVALO

Durante os jogos Eqüestres Mundiais de 1990 em Estocolmo, na Suécia, a FEI


discutiu a publicação do CÓDIGO DE CONDUTA para todas as pessoas envolvidas na
segurança das competições à cavalo. Conseqüentemente, em Novembro de 1990, o
Comitê de Revisão Ética da FEI fez o 1º esboço. O Comitê de saúde e a segurança do
CAVALO que participa sob as Regras de Regulamentações da FEI e também garantir
uma boa imagem do esporte Eqüestre. Entre os membros do Comitê, fazem parte 03
(três) competidores ativos das 03 (três) modalidades Olímpicas. Em sua reunião de
Fevereiro de 1991, o Comitê Veterinário da FEI adotou o CÓDIGO DE CONDUTA, como
esboçado pelo Comitê de Revisão Ética e em março do mesmo ano, o Bureau da FEI e
a Assembléia Geral de Tokyo, oficializaram o CÓDIGO DE CONDUTA.

Este, posteriormente, foi atualizado pelo Comitê de Revisão Ética e aprovado


pelo Bureau. Para que se obtenha uma ampla divulgação, o CÓDIGO DE CONDUTA
tem que ser incluído nos calendários e nos Ante-programas de todos os Concursos.

1. Em todos os esportes eqüestres o CAVALO tem que ser considerado a figura


mais importante.
2. O bem estar do CAVALO tem que estar acima da necessidade dos
Organizadores, Patrocinadores e Oficiais.
3. Todo manejo e tratamento veterinário têm que assegurar a saúde e o bem estar
do CAVALO.
4. Os mais altos padrões de nutrição, alimentação, saúde, higiene e segurança têm
que ser incentivados e mantidos em qualquer situação.
5. Durante o transporte, adequadas provisões têm de ser providenciadas para
assegurar a ventilação, alimentação (bebida e comida) e manter as condições de
saúde do organismo do CAVALO.
6. Tem de se dar ênfase na crescente educação de treinamento, nas práticas
eqüestres e na promoção de pesquisas científicas da saúde eqüina.
7. No interesse do CAVALO, a aptidão e competência do cavaleiro tem que ser
considerada como essencial.
8. Todos os métodos de treinamento e equitação consideram o CAVALO como um
“ser vivo” e não pode incluir qualquer técnica considerada como abusiva pela
FEI.

8
9. As Confederações Nacionais tem que estabelecer controles adequados para
que todas as pessoas de sua jurisdição respeitem a segurança do CAVALO.
10. As regras, regulamentações nacionais e internacionais do esporte eqüestre a
respeito da saúde e segurança do CAVALO tem que ser aderidas não só nos
concursos nacionais e internacionais, mas também nos treinamentos. As regras
e regulamentações das competições têm que ser revisadas constantemente
para garantir sempre a segurança.

Você também pode gostar