Você está na página 1de 138

Tendências até 1940

Suíça, França, Grã-Bretanha e E.U.A.

Designer x Diretor de Arte


Nelson
Suíça
Suíça
• Félix Vallotton
• Félix Vallotton
• Grasset
• Grasset
• Steinlen
• Steinlen
• Steinlen
• Ferdinand
Hodler
• Ferdinand
Hodler
• Burkhard
Mangold
• Burkhard
Mangold
• Emil Cardinaux
• Emil Cardinaux
• Emil Cardinaux
• Hugo Laudi
• Hugo Laudi
• Otto
Baumberger
• Otto
Baumberger
• Niklaus
Stoecklin
• Niklaus
Stoecklin
• Niklaus
Stoecklin
• Niklaus
Stoecklin
• Herbert Matter
• Herbert Matter
• Herbert Matter
• Herbert Matter
• Herbert Matter
Matter

31
A objetividade da
fotografia garantiu
seu lugar na
história da
publicidade.
• Emil Schulthess
• Emil Schulthess
• Emil Schulthess
• Emil Schulthess
• Emil Schulthess
• Walter Herderg
• Walter Herderg
• Anton
Stankowiski
• Anton
Stankowiski
• Anton
Stankowiski
• Max Bill
• Max Bill
• Max Bill
• Max Bill
• DJ Bobo
William
França
• Paris

• Faixas dégradés (Art Déco), estilo domintante entre as guerras.

• Adoulphe Mouron Cassandre


L’Instransigeant e Pie vole haut

• Simetria diagonal

• Pôster = comunicação

• Inspiração no produto
DUBONNET, 1932.
Poul Colin, “Musee ethnographie”, 1930.

• Simplicidade

• Relevo e dramatização
da imagem

• Estilo cubista
Leonetto Cappiello, “Boullon Kub 1931”

Dramatização

Força
Pierre Fix Masseau
“Exactitude, 1932.”

Força das palavras


Alexey Brodovict

• Um dos maiores expoentes do layout em NY.

• Robert Block: Surpreende, repete, estimulam.

• Interdependência entre designer e clientes.


Art Déco, “Antique French”
Aerógrafo
Guadalupe
Grã-Bretanha
Nova Tipografia
• Alemanha imitada: tipos sem serifa,
fios espalhados, pôsters emulavam
design francês.

• Grotesque pesados, Blast,


assimetria

• A tradição da GB, forte influência,


formatos de letras mais robustos e
menos espaço entre palavras e
linhas
Edward Johnston 1872-1944

The Imprint

Classical Roman - Companhia Metrô de Londres

Seguidor de William Morris

Edward Johnston em 1903


Johnston, hoje
Underground
Fonte sem serifa criada em
1916 e presente até hoje
na rede urbana do metrô
londrino - London
Transport
London Transport
Fonte que Johnston
desenhou em 1915/16
Edward Johnston, desenhos de letras, 1906

Edward Johnston's Alphabet para o Underground


Os mapas do
Underground

• Harry Beck

• Revolucionou o design
de informação / 1931
Ontem
Hoje
Eric Gill
1882-1940

• Gill Sans

• Perpetua
Jogos entre claro e escuro,
linhas finas e grossas
1927-1930
A única sem serifa
Solus

Golden Cockerel, 1929


• Aries, 1932
• Floriated Capitals, 1932
• Bunyan, 1934
• Pilgrim, 1934
• Jubilee, 1934

Joanna, 1930–1931
Eric Gill

http://www.youtube.com/watch?v=KcDr02ELCHY
Gill Sans e as Marcas

http://www.youtube.com/watch?v=S2AMyMy5JWQ

Para ver depois: Eric Gill - The Kinetic Short Movie


http://www.youtube.com/watch?v=Gu8Cpj5NGy4&feature=relatedext
Stanley Morison
1889-1967

http://www.youtube.com/watch?v=_Mw7KAoacgA
• Morison e a Fleuron Society

• Princípios Fundamentais da Tipografia

• Tentativa de conter fluxo de renovação da


vanguarda tipográfica alemã

• Monotype Foundry / 1923 / contribuições de inúmeras fontes


históricas redescobertas e aplicadas às novas máquinas de
composição

• Importante legado
Edward Kauffer 1890-1954

• Imitação das texturas


alemãs

• Palavras x Imagens

• Variedade gráfica

• Falta de clareza

• Mascote da Shell
Shell
Edward McKnight Kauffer
Summertime pleasures by
Underground
Edward McKnight Kauffer, 1925

Winter Sales are best reached by


Underground
Edward McKnight Kauffer, 1922
Daily Herald, 1918

The Early Bird, Theyre Lee-Elliott


Tom Purvis 1888-1954

• Cores Uniformes

• Fácil de ser reproduzido

• Fundo como cor do trabalho


Maurice Beck

• Homem controlando a tecnologia

• Fotografia composta, cópia dupla e


fotograma
Ashley Havinden

• Principal designer
modernista britânico

• Famosa campanha da
Chrysler

• Ashley Script
Basset Gray
• Artistas comerciais, como eram conhecidos os designers

• Designers autônomos, em associação com outros.

• “Seguir um caminho intermediário entre, de um lado, a influência


imbecilizante das fábricas de arte comercial e, do outro, as
limitações impostas pelo isolamento total”.
Bruno
Os E.U.A. nos anos 30
Muitos europeus viam a América como um lugar maravilhoso e
norte-americanos buscavam cultura e sofisticação na Europa

O cargo “diretor de arte” surge nos Estados Unidos

1920 - surge o Clube dos Diretores de Arte de Nova York


Condé Nast descobre Mehemed
Fehmy Agha e o leva para os Estados
Unidos

Agha introduziu novas técnicas como


o tom duplo, a folha dupla
quadriculada e o espelho

Foi o primeiro a enxergar uma revista


como uma série de páginas duplas
Agha permaneceu na

Condé Nast até 1943


A concorrência comercial precisava
de imagens de identificação para
distinguir uma marca da outra
Lester Beall é um dos principais
nomes da história do design
americano

Autodidata, trabalhou desde 1927


como designer autônomo

Em 1937 tornou-se um dos


primeiros americanos a ter seu
trabalho exposto na revista alemã
Gebrauchsgraphik
Guerra e Propaganda
Gabriela
Década de 20 a 1945
•Guerra declarada em 1939
•Pôsters, folhetos, faixas e a influência no
pensamento
•Imagens de líderes como ícone
Guerra Civil Espanhola (1936-1937)

Novos designs

Estilos heróicos, letra simples

Deni e Moor e os 3 Cs:


Cassandre, Colin, Carlu
Carlu
Office de propagande Graphique pour la
Paix, 1932

Célebre poster atecipando um


acontecimento

Sentimento de solidariedade

Arranjo dramático
• Fotografia utilizada para manipular símbolos

• Frase não diz nada, imagem diz tudo


Nazismo e a escolha de Hitler
pelas cores

Impacto na sua propaganda


visual
Hitler e sua imagem como símbolo
Propaganda a partir de fala de Hitler

ABRAM GAMES
Imagem compreendida, slogan simples
Aerógrafo
Designers se adaptando a
fases

Técnicas variavam

Foto em preto e branco


com cores uniformes por
cima

Henrion e essa técnica


• Governo encomenda pôsters
• Matter e Leo Lionni
• Lionni: artifícios parecidos
• Carlu e um trabalho de sucesso novamente
Ministério da informação norte-americano
Relatórios, folhetos e tablóides
Duas revistas para os norte americanos
Projetos de Thompson
Campanhas Contanier Corporation
Exposições antes da guerra

• Revolução Fascista, Roma 1933


• Exposição de Hitler:
• “Dê-me quatro anos”, 1937

• Países do Eixo continuam com


exposições

Herbert boyer e suas duas


exposições:
“Caminho para a Vitória” e “Rota
Aérea para a Paz”
Exposições da Grã- Bretanha

Milner Gray no comando

Objetivo era informar o público


Fim dos pôsters

Utilização do design gráfico para revistas

Pressões da época de guerra estimularam


o desenvolvimento do design de
informação
Os E.U.A. 1945 à
Letícia
década de 60
Paul Rand
1914-1996

“O design é tão simples, por isso é tão complicado.”


Paul Rand
Suas campanhas publicitárias tinham um “smack” e um “punch” apelativo e inovador.
Publicado em 1947
Miró, Jean Arp e
as faixas horizontais de Paul Klee
Novas publicidades,
agora com duplo sentido!
Gene Federico
1906-1965
Capa da revista feita por Burtin
em 1948 para a Upjohn.
Alfabeto de Thompson
Revista Bazaar

Brodovitch
1898-1971

Livro Ballet (1945)


Charles Eames
1907-1978
Móveis de Eames
Rand e a
Erik Nitsche

TEXTOS + FOTOS + DIAGRAMAS


Saul Bass

Anatomia de um Crime, 1959


Créditos de
The Man with the Golden Arm (1955)
Charles Eames

• Cartilha da Comunicação (1953)

• A Máquina de Informação (1958)


Trecho de Cartilha da Comunicação (1953)
Design Gráfico na Guerra Fria

Revista Amerika (1959)

“Muito da vitalidade e espírito dos Estados Unidos


é expresso por meio de designs”
Herb Lubalin
Herb Lubalin
“Um trabalho planejado não serve para a parte da frente de
uma revista. O design é uma harmonia de elementos.

A capa é uma declaração.”

Revista Esquire Revista Harper's Bazaar


Publicidade + Identidade Visual

Logotipo idealizado por


William Golden
“Se você gosta dos programas que a CBS transmite,
provavelmente acha que o símbolo é bom”.
Anúncio da CBS feito por

Lou Dorfsman

“O designer, além de mostrar que


o projeto vem ao encontro de
uma necessidade, precisa ainda
informar como ele vai
funcionar, quanto vai custar,
para quem, e como será
distribuído”
Typofoto,

ilustração verbal.
Design Gráfico como Profissão
• Meados dos anos 60;

• Revistas especializadas;

• “Diretor de Arte do Ano” (AIGA)

Revista Print
Comunicação Digital 2010

Introdução ao Design

Bruno Bottega
Gabriela Schwanski
Guadalupe Albuquerque
Letícia Petry
Nelson Postay
Ricardo Marzotto
William Girardi