Você está na página 1de 5

É o estudo das orações. A sintaxe nada mais é do que o estudo da disposição, relação e combinação das palavras na frase e das frases no discurso, de modo que tenha sentido.

Vogal + consoante = sílaba Sílaba + sílaba = palavra Palavra + palavra = frase/oração Oração + oração = período Período + período = parágrafo Parágrafo + parágrafo = texto Texto + texto = livro Livro + livro = biblioteca

FRASE

Qualquer enunciado linguístico de sentido completo.

Ex:

Fogo! Por favor, silêncio! Todos saíram às pressas.

ORAÇÃO

Enunciado linguístico organizado em torno de um verbo e constituído de sujeito e predicado, ou ao menos de predicado.

Ex:

Roberto Carlos nunca morrerá. (SUJEITO: Roberto Carlos; PREDICADO: nunca morrerá) Choveu muito em Santa Catarina. (a oração inteira é o predicado, porque fenômenos da natureza não tem sujeito)

O número de orações é o número de verbos.

Observações:

a. Nem toda frase é oração. Ex: Que dia lindo!

b. Portanto não são orações frases do tipo: - Socorro!; - Com licença!; - Que rapaz bobo!

c. A frase pode conter uma ou mais orações. Exemplos:

Brinquei no parque. (uma oração)

Entrei em casa e sentei-me. (duas orações)

Cheguei, vi, venci. (três orações)

PERÍODO

Enunciado linguístico com sentido acabado. Ele inicia com letra maiúscula e termina com:

Ponto final:Ex: O chefe autorizou sua saída.

Ponto de interrogação:Ex: Por que ele saiu cedo?

Ponto de exclamação:Ex: Não era para ele sair cedo!

Classificação do Perído

1. Período Simples: é aquele que possui apenas uma oração. A oração que constitui o período simples é chamada de oração absoluta. Ex: O chefe autorizou a saída do funcionário.

2. Período Composto: é aquele que consta duas ou mais orações. Ex: Maria foi até a sala, pegou o controle e ligou a televisão.

No período composto podem ocorrer três tipos de orações:

a. Principal

b. Subordinada

c. Coordenada

ANÁLISE SINTÁTICA TERMOS DA ORAÇÃO

Sujeito Predicado Complemento nominal Objeto direto Objeto indireto Predicativo Agente da passiva Adjunto adnominal Adjunto adverbial Aposto Vocativo (*)

Eles são divididos em:

Termos Essenciais

Sujeito

Predicado

Termos integrantes da oração

Complemento nominal Complementos verbais:

Objeto direto Objeto indireto Predicativo Agente da passiva

Termos acessórios da oração:

Adjunto adnominal Adjunto adverbial Aposto Vocativo (*)

Termos Essenciais:

Toda oração tem que ter sujeito e predicado ou ao menos predicado.

Ex.: Eduardo chutou a bola na trave. (SUJEITO e PREDITO ) Nevou muito ontem. (PREDITO )

Termos integrantes e acessórios da oração:

Os termos integrantes apenas integram um item ao outro. Já os termos acessórios “embelezam” a frase, mas é perfeitamente possível entender a frase sem eles. O acessório pode ser retirado que não afeta o sentido da oração.

Ex.: Eduardo chutou a bola na trave . (TERMO INTEGRANTE; TERMO ACESSÓRIO )

TERMOS RELACIONADOS OS NOMES

Existem termos que são ligados ao nomes e termos que são ligados aos verbos. São eles:

Complemento nominal

Aposto

Adjunto adnominal

Predicativo

TERMOS RELACIONADOS OS VERBOS

Objeto direto

Objeto indireto

Agente da passiva

Adjunto adverbial

VOCATIVO

É um termo isolado que não se relaciona com ninguém, não tem função sintática mas é estudado por razão de didática.

Ex.: Maria , vais fazer almoço? (VOCATIVO)

RESUMINDO

1º Passo: localizar o verbo Ex: Graves acidentes de trânsito acontecem em São Paulo.

2º Passo: dividir a oração em sujeito e predicado Ex: Graves acidentes de trânsito acontecem em São Paulo. (SUJEITO e PREDICADO)

3º Passo: achar os núcleos Ex: Graves ACIDENTES de trânsito ACONTECEM em São Paulo. (NÚCLEO DO SUJEITO e NÚCLEO DO PREDICADO )

4º Passo: denominar os termos

SUJEITO

Graves = adjetivo = adjunto adnominal

acidentes = substantivos = núcleo do sujeito de trânsito = locução adjetiva = adjunto adnominal

PREDICADO

acontecem

= verbo significativo = Verbo Intransitivo

em São Paulo. = adjunto adverbial de lugar

1ª Definição: Palavra ou conjunto de palavras que concorda com o verbo

2ª Definição: Ser a respeito do qual se dá alguma informação (‘Ser’ é o sujeito e a ‘informação’ é o predicado).

3ª Definição: Termo que pratica a ação.

OBS.: TUDO QUE NÃO É SUJEITO É PREDICADO.

EX: Os cavalos árabes correram na competição. (SUJEITO e PREDICADO)

Os = artigo = adj. adnominal cavalos = substantivo = núcleo do sujeito árabes = adjetivo = adj. adnominal correram = verbo = núcleo do predicado na = preposição (em + a) = adj. adverbial competição = substantivo =