Você está na página 1de 12

O presente trabalho visa obter um panorama geral da indisciplina nas escolas do

Agrupamento de Escolas Verde Horizonte, possíveis causas e eventuais medidas a aplicar


com vista a uma resolução.

O método de trabalho consiste numa etapa de levantamento dos autos de notícia


e/ou registos de ocorrências de indisciplina, cujos resultados agora se apresentam. Estes
resultados derivam das situações identificadas apenas na primeira metade do ano lectivo.

Considerou-se neste estudo como indisciplina toda e qualquer situação menos


própria, ocorrida dentro do recinto escolar, incluindo comportamentos incorrectos e / ou
destabilizadores do normal funcionamento de aula, actos de agressão ou violência.

Numa segunda etapa serão efectuados inquéritos e entrevistas, pretendendo-se


identificar causas com o objectivo de ser elaborado um plano de acção a aplicar no
Agrupamento.

Fazendo uma analise geral dos comportamentos das crianças no pré escolar,
poderemos concluir que estas estão mais agressivas, quer em relação aos colegas , quer
em relação aos adultos.

Vários são os factores que podem influenciar este comportamento:


1. Falta de regras das crianças em casa, devido a uma falta de formação pessoal e
social dos encarregados de educação. Talvez por os referenciais de familiares destas
crianças não sejam os melhores. Sendo a família a principal responsável pelo
desenvolvimento da criança, se esta provier de famílias com problemas estruturais,
obviamente que os comportamentos da criança não serão os mais correctos,
reflectindo-se assim os seus comportamentos no seu percurso escolar.

2. Outra razão, não menos importante, com que nos deparamos cada vez mais é o mau
comportamento de crianças devido a um excesso de “mimo” e “idolatração” por parte
dos pais. A criança torna-se num “pequeno tirano” fazendo prevalecer, na escola ou
estabelecimento de ensino, as suas vontades e caprichos sem qualquer fundamento,
porque está habituado a fazê-lo em casa. Este tipo de comportamento é cada vez
mais difícil de gerir por parte dos educadores e professores. A criança sabe que tem
sempre na retaguarda os pais ou encarregados de educação a protegê-la. Existe
assim um desfasamento entre a educação dada na família e aquela que pretendemos
dar como educadores, tendo esta última o objectivo de formar crianças
independentes, com formação ao nível das várias competências, escolar, cívica,
pessoal e social.

3. O grande numero de horas que acriança passa na escola. As nossas crianças , e em


termos de convivência social, fazem as suas vivências sociais e culturais na escola.

4. Muitos pais , em virtude de horários, apenas convivem com os filhos uma ou duas
horas por dia. Como não existe a rede familiar de apoio esta é substituída pela
televisão, computador, DVD….Conhecendo as características dos produtos
oferecidos pela televisão, podemos ver o quanto as nossas crianças estão “
premiáveis “ à violência e agressividade. Dai a dificuldade que nos Educadores
sentimos em incutir e desenvolver valores morais nas crianças.
Reflexão

Como educadores temos algum receio que as crianças se vão tornando cada vez
mais agressivas, porque em termos familiares, sociais e áudio visuais o caminho aponta
para uma desvalorização de sentimentos em relação à dor e ao sofrimento dos outros,
maior dificuldade em fazer escolhas éticas quando confrontadas com dilemas morais e
sobretudo, estão a desenvolver uma tolerância à violência.

No presente ano lectivo, as situações de indisciplina referenciadas pelos docentes do


primeiro ciclo encontram-se resumidas no gráfico I:

Nº de alunos indisciplinados/irreverentes

EB1de Ortiga

EB1de Mação

4ºano
EB1de Envendos
3º ano

EB1de Carvoeiro
2ºano
1º ano
EB1de Cardigos

EB1de P enhascoso

0 1 2 3 4

Nº de alunos

Gráfico I – resumo das ocorrências nas EB1

No Ensino Básico verifica-se que as situações de indisciplina/ irreverência são pouco


significativas, não havendo casos graves a apontar.
Algumas das ocorrências apresentadas têm por base dificuldades de aprendizagem -
um aluno que não aprende tende a ficar fora do contexto grupo turma / processo ensino-
aprendizagem e a comportar-se inadequadamente. Estes alunos estão encaminhados
para consultas de desenvolvimento.

Problemas familiares.

Alunos com acompanhamento e devidamente


sala, causando até distúrbios fora da escola.
Imaturidade.

Irrequietude.

Irrequietude e não cumprimento de regras na

TOTAL
Escolas

incorrecto com os colegas da turma fora da


Comportamento correcto na sala de aula e
Anos de escolaridade

sala de aula.

medicados.
1º -- -- -- -- -- -- 0
EB1 2º 1 -- -- -- -- -- 1
Envendos 3º -- -- -- -- 1 2 3
4º -- -- -- -- -- -- 0
1º -- 2 -- -- -- -- 2
EB1 2º -- 1 -- -- 1 -- 2
Mação 3º -- -- -- -- -- -- 0
4º -- 1 -- -- -- -- 1
1º 1 -- -- -- -- 1
EB1 2º -- -- 1 -- -- -- 1
Ortiga 3º -- -- -- 2 -- -- 2
4º -- -- -- -- -- -- 0
1º 1 -- -- -- -- -- 1
EB1 2º -- -- -- -- -- -- 0
Penhascoso 3º -- -- -- -- -- -- 0
4º -- -- -- -- -- -- 0
TOTAL 3 4 1 2 2 2 14

Tabela 1 – Tipologia das situações de indisciplina nas EB1

É na EB1 de Mação que se regista o maior número de ocorrências, logo seguida das
EB1 de Envendos e Ortiga. No entanto proporcionalmente a posição de Mação desce face
ao número total de alunos (que em Mação é muito superior).
A maior parcela de indisciplina reporta-se a situações de irrequietude e imaturidade,
correspondendo a metade do total das ocorrências descritas

No gráfico II encontra-se um resumo das ocorrências na E.B. 2,3/S de Mação.

Resumo de ocorrências

C omportamento incorrecto fora da sala com colegas da turma 3


Incentivou / explicou colega do 5º ano a consultar sites
1

indevidos
17
Envolvimento incorrecto com colega(s) de outra turma

Pontapés em portas / armários / vidros


2
Tipo de ocorrência

Fuga para exterior da escola (saltar gradeamento)


3

Falta de respeito a auxiliares


2

Falta de respeito ao professor / Desobediência 55


17

Agressão fora da sala de aula


2

Abandono da sala de aula (por iniciativa do aluno)

Uso de Telemóvel
6
10

Agressão dentro da sala de aula

Uso de linguagem imprópria / palavrões


5

17

A tirar papéis / giz / objectos


130
Destabilização da sala de aula

0 20 40 60 80 100 120 140


Nº de ocorrências

Gráfico II – Resumo de ocorrências do 2º, 3º Ciclo e secundário

Verifica-se que a situação que regista maior número de ocorrências corresponde a


destabilização de sala de aula, em que o aluno perturba de forma inoportuna e/ou
continuada o normal funcionamento da aula.

Também se destaca em indisciplina a desobediência ao professor e até falta de


respeito. Este item, muito preocupante, verifica-se principalmente na turma CEF –2-B.
Relativamente a esta turma reporta-se ainda a grande maioria das situações de
envolvimento com alunos de outras turmas (13 registos no total de 17).

São de particular preocupação as situações de agressão, quer dentro do espaço de


aula (com 10 registos), quer fora (17 registos), bem como atitudes altamente impróprias
numa sala de aula como seja o arremesso de objectos, o uso de telemóvel indevidamente, o
uso de linguagem altamente imprópria (com recurso a palavrões) ou o abandono da sala por
única iniciativa do aluno, e sem o justificar ou solicitar autorização ao professor.
Turma

9ºC
9ºB
8ºC
7ºC
7ºB
6ºD
6ºB
5ºD
5ºC
5ºB

TOTAL
9ºA
8ºA
7ºA
6ºA
5ºA

11º C
10º A
CEF-2-B
Destabilização da sala de aula

3
1
5
1
5
6
3
1
1
7
8

27
CEF-2-A 14
13

CEF-1-B 35*

130
Atirar papéis / giz / objectos

2
1
1

17
13
imprópria / palavrõesUso de linguagem

5
2
1
2
Agressão dentro da sala de aula

2
1
1
1
3
1
1

10
Uso de Telemóvel

6
4
1
1
(por iniciativa do aluno)Abandono da sala de aula

2
1

1*
Agressão fora da sala de aula

2
1
1
6
1
2
1
3

17
professor / DesobediênciaFalta de respeito ao

2
1
1
2

55
49
Falta de respeito a auxiliares

2
2
escola (saltar gradeamento)Fuga para exterior da

3
2
1
/ armários / vidrosPontapés em portas

2
1
1
colega(s) de outra turmaEnvolvimento incorrecto com

2
2

17
13
5º ano a consultar sites indevidosIncentivou /explicou colega do

1
1
da sala com colegas da turmaComportamento incorrecto fora

3
2
1

TOTAL

4
1
6
1
1
3
7
8
2
6
4
3
3
9

17
10
17
12

44*

270
109
Tabela 2 – Tipologia das situações de indisciplina na EB 2,3 /S Mação

* incluindo participações de dois alunos já excluídos por faltas (22 de destabilização da aula
e 1 de abandono da aula)

Relativamente a turmas, mostram-se problemáticas a nível de indisciplina as turmas


CEF (excepção o CEF-1-A), com particular incidência a turma CEF-2-B.

Na turma CEF-1-B, uma das situações de agressão, promoveu um processo


disciplinar com aplicação de pena de 8 dias de suspensão.

Turma Pena aplicada em processo disciplinar


Suspensão de 8 dias
CEF-1-B
Repreensão registada**
** o aluno foi já excluído da frequência escolar.

Tabela 3 – Resumo das penas aplicadas em processos disciplinares

Dois dos alunos desta turma com significativo número de registos de actos de
indisciplina, foram entretanto excluídos da frequência escolar, por terem ultrapassado o
limite permitido por lei e se encontrarem fora da escolaridade obrigatória.

CEF-2-B Destabilização da sala de aula

Atirar papéis / giz / objectos

13 Uso de linguagem imprópria /


1 27 palavrões
Uso de Telemóvel

Falta de respeito ao professor /


Desobediência
13
49 Pontapés em portas / armários /
4 2
vidros
Envolvimento incorrecto com
colega(s) de outra turma
Gráfico III – Distribuição das situações de indisciplina na turma CEF-2-B

CEF-1-B
Destabilização da sala de aula

Atirar papéis / giz / objectos

1 1 2
2
1 Uso de linguagem imprópria /
2 palavrões
Agressão dentro da sala de
aula
Uso de Telemóvel

35 Abandono da sala de aula (por


iniciativa do aluno)
Envolvimento incorrecto com
colega(s) de outra turma

Gráfico IV – Distribuição das situações de indisciplina na turma CEF –1-B

CEF-2-A

Destabilização da sala de aula


Agressão fora da sala de aula

14

Gráfico V – Distribuição das situações de indisciplina na turma CEF –2-A

A nível do ensino regular salientam-se pela negativa as turmas 7ºA e 8ºC, no 3º Ciclo:

7ºA

1
3 Destabilização da sala de aula

Agressão dentro da sala de


aula
Abandono da sala de aula (por
iniciativa do aluno)
13
Gráfico VI – Distribuição das situações de indisciplina na turma 7ºA

8ºC

Destabilização da sala de aula


2

Falta de respeito ao professor /


Desobediência

5 Falta de respeito a auxiliares


2
Fuga para exterior da escola
1 (saltar gradeamento)

Gráfico VII – Distribuição das situações de indisciplina na turma 8ºC

e a turma 5ºA no 2º Ciclo:

5ºA Destabilização da sala de aula

Atirar papéis / giz / objectos


1

3
Uso de linguagem imprópria /
palavrões

8 Agressão dentro da sala de aula


1

Uso de Telemóvel

Gráfico VIII – Distribuição das situações de indisciplina na turma 5ºA


Abandono da sala de aula (por
iniciativa do aluno)

No secundário, as situações de indisciplina reportam-se quase exclusivamente à


turma 11ºC – Curso profissional de instalações eléctricas, existindo mesmo duas situações,
ocorridas nos balneários, envolvendo todo o 11ºC e turmas de quinto ano. Salienta-se que
esta turma tem a sua origem em turmas CEF.