Você está na página 1de 20

,.811T0.

.'

1111111'

I AVEITlIA

.

O DRAGÃO RENASCE

I'

,

a

Deletado

Edited by Foxit PDF Editor Copyright (c) by Foxit Software Company, 2004 For Evaluation Only.

./'

"'"

'"

~ "

t I'

\

.

~

(c) by Foxit Software Company, 2004 For Evaluation Only. ./' "'" '" ~ " t I'

IN_IM

tEIIIliM.OCQaWA

ll:;.rmRI~1A6

(~

\~ g/

~.

[i

. ,°00~

C/~.

~y

Canaa

Editora Canaã é uma marca registrada

da

Editora Heavy Metal, Editora e

Importadora

e Exportadora

Ltda.

Rua lapó, 342 - Casa Verde - São Paulo - SP

Tel: (011) 857,.4602 Inscrita no CGC n!!01.006.681/0001-68

REALIZAÇÃO

~.~ ~A-

Direção:

Franco de Rosa

Redação:

Simone Portella

Colaboração:

Paulo Vieira,Sandra Benatti e Cleber Marcelo

Desenhos e Roteiros:

Ferreira

Desenho Capa:

J. Pontes

EditoraçãoEletrônica:

PC card Brasil

Nelson

Tel:(019)876-5200-www.pccard.com.br

Fotolitos:Diário do Povo

Impressãoe Acobomento:Cl ArtesGróficos- (011) 7869-6544

[DrnOJffi~orn

Considerado como o precursor dos filmes de ar- tes marciais, Bruce Lee sempre que aparecia nas tel.as do cinema em seus filmes de ação, em algu- mas cenas principais de combate com inimigos, conseguia tirar o fôlego do seu público fiel. Con- seguiu se popularizar não somente na história do cinema, mas também, no mundo das Artes Marci- ais, onde passou a ser referência básica para todos os mestres e protagonistas desta arte.

"

<li'> !

I

,

'JI

I

~,

fi

II[]ill

Enquanto esteve brilhando nas telas, Bruce Lee de- morou a ser reconhecido por Hollywood. Quando pen- sava ser imbatível, Bruce, aos 32 anos, em maio de 1973, morre durante as filmagens daquela que seria a sua primeira produção totalmente americana, chama- da Game Of Death (O Jogo da Morte). As causas que levaram Bruce Lee a morte permanecem até hoje cer- cadas de mistérios. Tudo o que sabemos é que ele so- freu um ataque que o deixou inconsciente durante um dia inteiro e quando recobrou a consciência, foram necessários mais de três dias para que ele voltasse a falar, enxergar e coordenar todos os seus movimentos. Os médicos atribuíram o problema a vida agitada que o ator vinha levando, concluindo que o estado de in- consciência poderia ter sido gerado por convulsões ou epilepcia. Em sua autópsia, os médicos revelaram que sua morte foi causada por um aneurisma cerebral, tal- vez provocado por uma reação alérgica a um remédio para dor de cabeça que tomou antes de sua morte. Na época em que ocorreu sua morte, correram bo- atos de que Bruce, para agüentar a vida agitada com o seu sucesso, teria recorrido a heroína e sua morte teria sido em decorrência de uma overdose. Seja qual for a verdade, todos os seus seguidores sabiam que Bruce 'estava vivendo uma verdadeira batalha psicológica, ou seja, viver duas carreiras: a de ator e lutador. De um lado a fama e o dinheiro, e de outro a paixão, a humil- dade e a meditação. Mesmo dividido, Bruce infeliz- mente não teve tempo para se decidir qual das duas deveria seguir seu destino. Durante toda a sua carreira, Bruce Lee conseguiu se tomar um mito, e a história desse mito foi seguida por seu filho Brandon Lee. Com os mesmos traços fí- sicos de seu pai, Brandon encantou a platéia dos cine- mas quando apareceu nas telas de filmes de ação. To- dos viam nele, a figura que deveria seguir os passos do verdadeiro mestre das artes marciais, seu pai, Bruce Lee. Como o destino infelizmente às vezes "prega pe- ças" em nossas vidas, Brandon, assim como seu pai, morreu em março de 1993, durante as filmagens de O

, Corvo ao ser atingido por um projétil. Morreu antes de chegar ao hospital. Hoje, quase 23 anos após a sua morte, Bruce Lee é um verdadeiro herói para os amantes das artes marci- ais e exemplo de determinação e garra para os direto-

r"""~--

:1 ITllB11JU1Iflj

r #

r---

,

[till]]~

fi

I~

1 ,

res e atores dos filmes de ação da atualidade. Para:

aqueles que curtem o seu trabalho e adoram filme.

de ação, Bruce Lee é o mais solicitado nas locado- : que para enfrentá-lo, adapta a sua mão esquerda uma

ras de vídeo. Seus principais filmes (consideradas:

obras primas de enorme valor)foram: Bruce Lee - : bém, Dragão - A História de Bruce Lee (1993),

A maldição do Dragão (1993); O Vôo do Dragão.

onde todos os passos seguidos pelo mestre são con-

luva de metal, com quatro terríveis lâminas; e tam-

em um combate de vida ou morte; Operação

Dra-

gão (1973) no qual ele luta com um terrível inimigo,

(1972), onde Bruce contracena com Chu/:~ ~ori0~ ne~!p;~lme.

,,-

-_u

~

Nasceu em 27 de novembro de 1940, em São Fran- cisco, EUA, no Hospital Chinês daquela cidade. Seu pai, Lee Hoi Chuen, era ator de ópera chinesa, em ex- cursão pela América. Sempre companheira do marido nas viagens, sua mãe, Grace, descendente de alemães e chineses, disse para seu marido que aquele pequeno menino iria se chamar Lee Jun Fan, que significava "re- tomo a São Francisco". Depois, mudaram para Li Siu Lung, que quer dizer "pequeno dragão", animal que correspondia ao ano de seu nascimento, segundo o Horóscopo Chinês. A su- gestão veio de uma enfermeira responsável pelo seu parto e a família adotou ao matricular o então garoto no La Salle College. Conforme foi crescendo, era possível detectar no "jovem dragão" alguns gestos e expressões, que mais tarde viriam a consagrá-Io. O pai, apesar do incentivo inicial, não estava vendo com bons olhos a evolução de Bruce para o cinema. Ele desejava para o filho uma profissão mais estável que a carreira de ator. Mesmo assim, chegaram a atuarjuntos em My Son Ah Cheung.

OIIIIJB

---

01'J

llli1ITfi1]

Depois de passar por uma adolescência cheia de . autoconfiança, que o ajudava a ter perfeito domínio

gosto pelo cinema, Bruce, aos 13 anos, já possuía um . das situações. vasto currículo de filmes. Unindo o cinema com a arte. Em suas aulas, Linda iria se apaixonando a cada dia,

: tanto pela pessoa quanto pelo mestre das artes. Foram

marcial, mais precisamente no dia 15dejulho de 1963,

Bruce conheceu Linda Emery - que mais tarde se tor- naria sua esposa e mãe de seus dois filhos, Brandon e

Shannon. Ele estava fazendo uma exibição de Kung

: necessários

três meses até que o "pequeno dragão" se

: rendesse ao seus encantos e finalmenteconvidasseLin- . da para sair. Tudo parecia perfeito, se não fosse a famí-

sua união a um oriental.

diatamente matriculou-se no curso de Bruce. : Para completar, Bruce era budista e a fannlia de Linda,

Fu. Sua técnica a impressionou

tanto, que Linda ime-

: lia da moça, que condenava

Segundo

musculoso

ela,

e bem

o que

mais

a fascinou

proporcionado,

foi o corpo:

sua.

além

de

protestante.

ano seguinte já estavam a caminho do altar.

Mesmo

assim, o namoro prosseguiu

e no

j

!

Conheça os principais filmes e séries que fazem parte da sua história

Em Hong Kong

1946

- Birth of Mankind

1950

- Kid Cheung

 

1953

- Blame It On Father- ln the Face of Demolition

 

A Myriad Homes

A Mother's Tears

1955

- Na Orpha's

Tragedy

 

We Owe It On Our Children

Love

1956

-

Too Late for Divorce

1957

- The Thunderstorm

-

The Orpham

1971

- The Big Boss

 

-

Fist of Fury

1972

- Way of the Dragon

oIii

,

1973 - Game of Death (parte)

1979 - Game of Death (montagem final)

Em Hollywood

1967 - The Green Hornet (série TV)

1968 - lronside

(ponta)

Blondie (ponta)

Batman

(série TV, ponta)

1973 - Enter

the Dragon

Filmografia

1981- Game ofDeath

de e sobre Bruce Lee

II (montagem)

1984- The Legend (documentário)

1993 - Dragon - The Bruce Lee Story - Bruce Lee - Curse of the Dragon (documentário)

~

r.

I

8

i .

= ~

~

~

--

.

,

1

1

ffi

Teve início em 1966, quando um jovem chinês,

.

um bem sucedido empresário do setor. O sucesso da

lutador de Kung Fu, chamava a atenção para o per-

.

sua academia atraiu para seus qu"adrosde alunos no-

sonagem Kato, no seriado de televisão "O Besouro Verde". Seu nome era Bruce Lee. Apesar do suces-

: mes bastante populares na época, como Dean Martin, " James Coburn eSteve McQueen, além de futuros

so, ele não conseguiu uma chance em Hollywood e

.

campeões de caratê, como Chuck Noris, Mike Store,

depois de muitas tentativas frustadas, resolveu vol-

,

tar com a família para Hong Kong. No oriente teve a chance de estrelar seu próprio filme The Big Boss

(O Dragão Chinês).

O filme foi um sucesso interna-

cional e fez com que o mundo ficasse fascinado pe- las artes marciais, trazendo sucesso e reconhecimento

ao jovem artista, o extraordinário

Bruce Lee.

Com o sucesso de "O Dragão Chinês", o nome de Bruce Lee finalmente sai do anonimato e ele co-

meça a tornar-se conhecido nos quatro cantos do

planeta, tornando-se referência obrigatória para os

praticantes

de artes marciais. O sucesso também

trouxe muito dinheiro e Bruce compra uma man-

são de 11 quartos em um elegante bairro chinês. No decorrer dos tempos, Bruce des-

cobriu

uma

outra

habilidade

dentro de si: o talento para en- sinar. Em pouco tempo, ele alugava um porão onde fun- dou a primeira academia de Artes Marciais, co-

 

brando

15 dólares men-

sais de cada aluno. O

 

empreendimento foi cr~scendo e logo, Bruce se tornou

I

: Joe

Lewis

e

Louis

" Todos,

fiéis

disCÍ-

. pulos

do

"peque-

"

no

dragão".

Delgado.

~

lliOíj1J

[]

De acordo com sua esposa, Linda Emery, o sonho:

lemas que tornaram-se famosos está relacionado ao

de Bruce Lee era se tornar um astro famoso e mundi- : respeito que cada um de nós deve ter a sua própria almente conhecido. O que ele pretendia realmente era' pessoa. "Treine, treine muito, lute contra o seu opo-

nente com muita seriedade. Mas sempre preserve o

apresentar ao mundo o estilo de vida oriental, onde:

ele acreditava estar a solução para as crises atraves- . máximo respeito por sua pessoa, pelo seu corpo e

sadas pelo ocidente.

: pelos seus sentimentos".

No início dos anos 70, ele conseguiu alcançar seu: Em suas práticas das Artes Marciais, Bruce era ca-

objetivo e tornou-se o exemplo para uma alternativa' tegórico ao afirmar que tratam-se de técnicas que de- de vida aos adolescentes da época que não se adapta- . veriam ser usadas sempre como defesa, conforme fa- vam a crescente onda política que assolava os Estados' zia questão de demonstrar em seus filmes. A humilda-

de e o respeito aos adversários eram, para ele, itens

do respeito a todos os seres, um artista marcial pode. fundamentais. "Se você ferir seu parceiro durante uma

tirar o benefício máximo de sua arte". Outro de seus: sessão de Jeet Kune Do, pode estar certo que seu tro- co virá muito mais rápido do que imagina", dizia aos seus alunos e seguidores.

Unidos. Seus lemas favoritos eram: "Somente através.

O aprendizado

para

Bruce se dividia em três es- tágios distintos: respeito a aprender, absorvendo de forma consciente uma de-

terminada técnica; praticar a técnica exaustivamente

até que tenha condições de desempenhá-Iacom êxito e por fim, a dissolução; ou seja, para ele, era necessá- rio libertar-se da técnica, de maneira que ele se tor- ne apenas um reflexo do próprio praticante. Costumava dizer com freqüênciaque ele não pos- suía um únicoestilode luta, mas sim todos os estilos e pregava a simplicidade como "o último grau das

artes marciais

"

.

I

'"

~:

1I I

I

~I

I

I

"'J"

 

I

"

 

f

I

I

I

I

 

I

t

J

I

I

I

~

I

II

L

li j

,

ffi CBCDEIJ

I

I

:i

0] '

w.

,

Para conseguir movimentar toda aquela fan- tástica habilidade física e construir uma per- formance perfeita, Bruce Lee se dedicou anos e anos aos treinamentos intensivos. O preparo físico e mental de Bruce começou com os movimentos do Tai Chi Chuan, prática que aprendeu com seu pai. Na sua adolescência, o jovem Lee come- çou a praticar o Wing Ching, uma forma de antiga do Kung Fu, que remonta a época do Templo Shaolin. Esta técnica baseia-se muito na velocidade, reflexos e agilidade do que na força física, como mostra o filme "Os Selva- gens da Noite 2", uma espécie de documentá- rio sobre as Artes Marciais. Ao observar Bruce Lee em ação logo é pos- sível detectar um homem de respostas rápi- das, com grande senso de tempo e espa- ço e um sentido de equilíbrio perfei- to. Estas, segundo Lee, são algu- mas das qualidade que todo pra- ticante de Artes Marciais, que pretende alcançar algum desta- que, precisa alcançar. Mas para chegar a esse estágio é ne~essário muita paciência e treinamento inten- sivo. Com qualquer manual é possível in- troduzir-se pelo mundo das Artes Marciais, no entanto, uma vez aprendido um movimento errado, é muito difícil corrigí-Io. Por isso, a ajuda de um mestre experiente é sempre fundamental. Bruce costumava comparar as Artes Marciais a uma árvore. Ele afirmava que os pontapés, socos, pernas e todas as outras técnicas envolvidas seriam apenas as folhas e os ramos. A verdadeira ciência é o tronco, sem o qual as folhas e ramos não podem exis- tir. De acordo com Lee, um lutador precisa de controle físico e mental. "Muitas vezes ve- mos homens com um físico invejá- vel, fortíssimo, serem derro- tados por homens de uma constituição física muito menor, mas com uma

I

:.mw[]

mente muito mais ágil", costumava explicar e com-

: ce também

insistia

ITITCD

na variedade.

"É essencial

-

pletava:

"os homens

que não sabem como utilizar

o

. tanto no ataque

quanto

na defesa

- dispor

de um

cérebro

com rapidez

serão

conjunto

de golpes

para

sempre

derrotados".

Algo

empregar

contra

os

ad-

como

a história

de Sansão

 

versário.

É também

de

e Golias, o pequeno

garoto

extrema

importância

sa-

que consegue

vencer um te-

ber

dar

golpes

duplos,

mível

gigante,

usando

ape-

ou seja,

combinação

de

nas sua agilidade e astúcia.

golpes",

ensinava.

O ator

insistiá

sempre:

Todos

esses

ensina-

"devemos

ter calma interi-

mentos,

Bruce deixou em

or, pois nada se conseguirá

quando

se está

diante

de

1 uma

situação

em que

não"

I se consegue

trole. Aquele

minado

rendo

do pelo

manter o con- que ataca do-

pela fúria está cor-

o risco de ser venci-

Bru-

adversário".

---

--

- - --

um livro que escreveu a

respeito

uma prática marcial que ele próprio ajudou a aper- feiçoar. Esse foi um traba- lho que ele, infelizmente, também não teve a chan-

ce de finalizar.

do Jeet Kune Do,

*

li!!!!!!!'

~[ffiJ[]JJ(i]j

Quando falamos de fiéis seguidores de Bruce Lee, . protagonizados por Buster Keatin e Charlie Chaplin, lembramos logo do astro belga Jean-Claude Van . daí sua comicidade. Seu profissionalismo em filmes

Damme, mas esquecemos do herdeiro mais importan-

. como: Projeto China, lembra muito o de Bruce Lee.

te do dragão chinês, o chamado Jackie Chan. O ator e : Parafazerestefilme,emquetentafugirdeumagangue

lutador iniciou sua carreira como dublê nos filmes do mestre Bruce. Ele conta que estar junto de Bruce era.

. pelas ruas de um bairro chinês de bicicleta, Chan ide- alizou várias formas cômicas de derrubar os vilões

uma experiência sem igual, e que não consegue esque- : que o perseguem. Nesta linha de seguidores, Bruce

também deixou seguidoras. As mulheres começaram a marcar presença nos filmes de KungFu ainda nos anos 70, com a estrela Ângela Mao. Mao foi a primeira a se

deveria pular de uma janela. Na verdade, que realizou. esta parte da cena foi ele. A altura era de uns 6 metros:

e ele sequer utilizou um colchão. "Eu era apenas um . impor como protagonista em filmes como Lady

garoto em busca de uma oportunidade, para isso fazia' qualquer coisa", relembra Chan. Hoje, além de ator, Jac1eieChan atua também como dire- tor da maioria de seus filmes, in

Whirlwind, que lhe renderam reconhecimento intema-

cional. Entretanto, Mao não conseguiu garantirsua pre-

a

pentacampeã,Cynthia Rothrock. A americanaCynthia

pirados sobretudo nas produ- ~ começou sua carreira fazendo filmes como

ções do cinema mudo Express com o acrobático Samo Hung, que também

cerdeumacena,quandodepoisde darumchute,Bruce .

.

sença

nos

filmes

de

Artes

Marciais

como

-

Shangai

se considera um seguidor de Bruce. "Sarnome ensi- nou muito", conta.

46 - Bruce Lee

.-.

Ji,.

J

~

4it

,

~

fi

Um

dos

grandes'

prazeres do jovem Bru- . ce Lee era sentar com.

.

o pessoal

técnico

de

111 " JÍ

seus

filmes

-

e como'

foram

poucos,

infeliz-

mente

-

e discutir

as.

se-

cenas

de luta para

rem coreografadas. Em 1973, Bruce

ha-

.

O produtor Fred Weintraub, da Wamer, não poupo . dinheiro para fazer um super-filme de ação, verdadeiro

. "cartão de visitas" para Bruce Lee. Era a consagração

. internacional. No início dos anos 70, quem não se lem-

via começado a filmar Game ofDeath (O jogo da mor- . bra do pôster do ator, rosto cortado pelas "garras de te). Um terço do filme estava pronto - as seqüências de . aço" do maléfico dr. Van? Verdadeiro ícone do Kung luta: a impressionante luta entre Lee (com 1,67m e 58Kg) : Fu, infelizmente acabaria sendo a imagem final do ídolo

e o gigante de 2 m de altura, o negro Kareem Abdul . maior da América e do mundo.

Jabbar; além da briga de Lee com o mestre no uso do'

nunchaku,

de lutas de Kung Fu. Sua

sentou a arma a Bruce. Mas o ator, convidado para ro-

O dedo de Bruce marca-se em todo o filme. Ele par-

das lutas e mesmo sugere novos

Don Inosanto - alías, Inosanto

é que apre-

. ticipa da coreografia

: jeitos de filmar a seqüência

dar em Hollywood, retardou o projeto e foi fazer "made

.

técnica perfeita, seu carisma, a energia que Bruce con-

in

USA" o último filme de sua carreira:Operação Dra-

.

segueimpor ao filme não passam desapercebidasdo pú-

gão (Enter the Dragon).

.

blico: são milhares de fãs nas filas dos cinemas.

?

VIVA COM ALEGRIA E BOM HUMORI

,,;-

~

~

~

>rJV

-.1

ra.~

~

r.:

"'

.

If'

~!

'b

w

"r

[~o.l

~~I 'I.:!.

uloi 1'\11"''' ""'"

~

~iP\ti§oiliI!1iI

~

as melhores

rg- ~Ir

,U;~r~ç;

.

illlllCr.--

«

r=:.\

~

~ i11"'11!~a~"'lt~I~1f!11':II'i:~I~nmf~il~~II'I\W~~i~~ '" '" '"

Cód. OM-01 - CADA - R$ 3,90

Cód.

MP-01

-CADA - R$3,90

Cód. -MP-02 - CADA

0,r

I

\

f .'~

I

IJ

(iI:~

)

r. r-

~

f" J

Da Matop [dl~IRlII'

3,90

'ÜIilt!.!.iJ!,m!~

~""?\""

-

:-t;.;.JJ,;:";

1!\~

1J!J IliUN:J!J

htJ

.CRI.

11<.

SAI(

:,r"

Cód. MM-02 - CADA - R$ 2,80

9Ófiüiails

*

,,~

Cód. MR-01 - CADA - R$ 3,90

Cód. FF-01 - CADA- R$2,50

Como

Demolir

um

.

Homem

em dois segundosr~

--l i!>-

Cód. SR-06 - CADA- R$ 2,50

.

Como

Demolir

uma

"'I

Mulher~:

emdoissegundos

~i'

Cód. SR-03 - CADA - R$ 2,50

Cód. SR-02 - CADA- ~$ 2,50

Cód. SR-01 - CADA - R$ 2,5Õ

Assinaleabaixoas referênciasque desejareceber.

Cód.

OM-01 (

)

Cód. SR-01 (

)

Cód.

MP-01 (

)

Cód.

SR-06 ()

Cód. MP-02 (

 

)

Cód.

SR-03 ()

Cód.

MM-02 (

)

Cód. SR-02 (

)

Cód.

MR-01 (

)

Cód. SR-05 ()

Cód.

FF-01 (

)

Cód. SR-01 ()

Nome

Endereço

Cidade

Mande CHEQUE

NOMINAL

Estado

Cep

ou VALE POSTAL para EDITORA ESCALA

LTDA.

C.P.16.381- Cep02599-970- SãoPaulo,SP- MaioresInformações:Tel.:(011)266.3166- Vocêreceberáemsua casasemnenhumaoutradespesa.Nãoé necessáriorecortarsUprevista.Bastaenviarxeroxoucópiadestecupom.

"

. ~

.

Edited by Foxit PDF Editor

Edited by Foxit PDF Editor

Copyright (c) by Foxit Software Company, 2004

Copyright (c) by Foxit Software Company, 2004

For Evaluation Only.

For Evaluation Only.

iOOfIDJOO[fi [R]OOlOO~@ff

~rn

Viva as fantásticas

, sobre

garotada.

os desenhos E aprenda

00 ~ Rm

~@~OO~

aventuras

em histórias

incrívei~!

Conheça

tudo

animados

japoneses

qu'e fazem a cabeça

da

tudo sobre

desenho

çom as revista

da Escala!

.

R-CPD4- R$4,50

R-CPD5- R$4,50

'e'

~~~-

'=:D Ji "ç'- ,~,A~' LiJ

~

~

jfj.

r~>

~

;Pó,

~

~

~:J

-

R-CPD6- R$4,50

R-HQ1- R$4,90

R-HQ2- R$4,90

R-MD1- R$1,90

R-AD1- R$2,50

R-AD2- R$2,50

R-AD4- R$2,50

R-ADE1- R$2,50

ENVIAMOS

(

)R-CPD1- RS4,50

(

)R-HQ1- RS4,90

(

)R-MD1- RS1,90

~-CPD2 - RS4,50

(

)R-HQ2- RS4,90

(

)R-MD2-RS1,90

'-R-CPD3 - RS4,50

(

)R-HQ3- RS4,90

(

)R-AD1- RS2,50

(

)R-CPD4- RS4,50

(

)R-BM1- RS2,90

(

)R-AD2- RS2,50

(

)R-CPD5- RS4,50

(

)R-BM2- RS2,90

(

)R-AD3- RS2,50

t(JR-CPD6- RS4,50

(

)R-BAO- RS3,20

(

)R-AD4- RS2,50

 

(

)R-ADE1- RS2,50

--

BRASIL

~

Estado:

Cep:'5,?

/~

""",aEdtOlaEscalaUda.CaixaPos1al16381-Cep~-SãoPauIo-SP.

e?~

.

~ ,

Nome:

End

Ci~~

~~nonunal,cheque<:oneio

~~

~enviarXl!l'OXOOcópia_cupom,assI_OScócigose~das_"",deseja .

lei.:(011)26IhI166.V

receberáemsua casa semnenhumaoutradespesa.Nàoénecessáriorecor1arsuarevista.