Você está na página 1de 37

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

1. Substantivo FORMA - MORFOLOGIA - Estudo das classes das palavras SINTAXE - Estudo das

1. Substantivo

FORMA -

MORFOLOGIA - Estudo das classes das palavras

FORMA - MORFOLOGIA - Estudo das classes das palavras SINTAXE - Estudo das funções das palavras
FORMA - MORFOLOGIA - Estudo das classes das palavras SINTAXE - Estudo das funções das palavras

SINTAXE - Estudo das funções das palavras no contexto

1. Sujeito (base “substantiva”)

Sujeito Determinado: Simples, Composto, Elíptico, Oracional.

Sujeito Indeterminado Oração sem Sujeito

2. Predicado

Predicado Verbal verbo de ação. Predicado Nominal verbo de ligação + predicativo do sujeito. Predicado Verbo-Nominal verbo de ação + predicativo.

3. Complementos Verbais (base “substantiva”) Objeto Direto sem preposição obrigatória. Objeto Direto Preposicionado com preposição não obrigatória. Objeto Direto Pleonástico repetido na oração. Objeto Direto Cognato ou Interno mesmo radical do verbo. Objeto Indireto com preposição obrigatória. Objeto Indireto Pleonástico repetido na oração.

CONTEÚDO- nomeia os seres, ações, qualidades, sensações, sentimentos etc.

flexões: gênero, número e grau.

SINTAXE aparece como núcleo dos termos.

2. Artigo

CONTEÚDO define ou indefine o substantivo. FORMA - flexões: gênero, número. SINTAXE adjunto adnominal.

gênero, número . SINTAXE – adjunto adnominal. 3. Adjetivo CONTEÚDO- expressa qualidade,

3. Adjetivo

3. Adjetivo CONTEÚDO- expressa qualidade, característica, modo de ser etc . FORMA - flexões: gênero, número

CONTEÚDO- expressa qualidade, característica, modo de ser etc. FORMA - flexões: gênero, número e grau. SINTAXE se acompanha um nome, funciona como adjunto adnominal ou predicativo; se substitui o nome: tem valor de substantivo, será núcleo de alguns termos ( adjetivo substantivado).

4. Numeral

a

de alguns termos ( adjetivo substantivado). 4. Numeral a CONTEÚDO – expressa a quantidade exata de

CONTEÚDO expressa a quantidade exata de seres de uma espécie ou

posição exata que eles ocupam em uma sequência.

FORMA - flexões: gênero, número. SINTAXE se acompanha o nome, funciona como adjunto adnominal; se substitui o nome: tem valor de substantivo, será núcleo de alguns termos ( numeral substantivado).

5.Pronome

núcleo de alguns termos ( numeral substantivado). 5.Pronome CONTEÚDO – praticamente vazio de significado, mas remete

CONTEÚDO praticamente vazio de significado, mas remete a quem fala, a quem ouve ou a um assunto que se desenvolve. FORMA - gênero, número e pessoa. SINTAXE se acompanha o nome: tem valor adjetivo e funciona como adjunto adnominal; se substitui o nome: tem valor de substantivo, será núcleo de alguns termos( pronome substantivo).

6.Verbo

núcleo de alguns termos( pronome substantivo). 6.Verbo CONTEÚDO – expressa ação, estado, mudança de estado,

CONTEÚDO expressa ação, estado, mudança de estado, fenômeno. FORMA - flexões: número, pessoa, tempo, modo, voz e aspecto. SINTAXE verbo funciona como núcleo do predicado, exceto o verbo de ligação, que tem função conectiva; se substitui o nome: tem valor de substantivo, será núcleo de alguns termos (verbo substantivo).

VERBO DE AÇÃO

VERBO DE LIGAÇÃO

Verbo Intransitivo sem OD e OI

VTD com OD

VTI com OI

VTDI com OD + OI

7.Advérbio

VTI – com OI VTDI – com OD + OI 7.Advérbio CONTEÚDO – expressa uma circunstância
VTI – com OI VTDI – com OD + OI 7.Advérbio CONTEÚDO – expressa uma circunstância
VTI – com OI VTDI – com OD + OI 7.Advérbio CONTEÚDO – expressa uma circunstância
VTI – com OI VTDI – com OD + OI 7.Advérbio CONTEÚDO – expressa uma circunstância
VTI – com OI VTDI – com OD + OI 7.Advérbio CONTEÚDO – expressa uma circunstância
VTI – com OI VTDI – com OD + OI 7.Advérbio CONTEÚDO – expressa uma circunstância

CONTEÚDO expressa uma circunstância (lugar, tempo, modo, intensidade, afirmação, negação, dúvida ,causa, ordem, companhia, instrumento, companhia etc.) FORMA é palavra invariável, não sofre flexões. SINTAXE modifica um verbo, adjetivo, outro advérbio ou ainda toda uma afirmativa expressa em uma frase (será oração subordinada adverbial).

8.Preposição

É

CONTEÚDO pode estabelecer relações de sentido( tipo, lugar, material, posse etc) entre as palavras ou atender a uma necessidade determinada por alguns verbos e nomes( substantivos, adjetivos, advérbios) FORMA - é palavra invariável, não sofre flexões.

SINTAXE relaciona palavras, complementando-as ou explicitando-as.

um conectivo, palavra de ligação, sem função sintática.

9.Conjunção

de ligação, sem função sintática. 9.Conjunção CONTEÚDO – é capaz de estabelecer relações lógicas

CONTEÚDO é capaz de estabelecer relações lógicas entre as orações ou termos de igual valor sintático. FORMA - é palavra invariável, não sofre flexões. SINTAXE relaciona palavras de igual valor sintático ou orações . É um conectivo, sem função sintática.

10.

Interjeição

palavras de igual valor sintático ou orações . É um conectivo, sem função sintática . 10.

CONTEÚDO expressa um sentimento, uma emoção súbita, um chamamento. De imenso valor conotativo.

FORMA é palavra invariável, não sofre flexões. SINTAXE não se relaciona com os demais elementos.

4.Agente da Passiva (base “substantiva”) Termo presente na Voz Passiva: designa o ser que realiza a ação verbal da qual o sujeito é o paciente. - Lembre-se de que Voz Passiva só existe com VTD ou VTDI.

Agente da Passiva é termo preposicionado marcado pela presença das preposições “por”, “pelo(a)(s)”, “de”, “a”.

5.Predicativo( base “adjetiva”) Predicativo do Sujeito Predicativo do Objeto

Caracteriza o nome FORA do termo ao qual se refere. Aparece sob a forma de

Adjetivo ou palavra adjetivada;

Locução adjetiva.

6.Complemento Nominal (base “locução adjetiva”) Termo “argumental”, completa o sentido de um -substantivo abstrato;

   

Adjetivo

Locução Adjetiva

contrário

à

concorrência

 
 

Advérbio

Locução Adjetiva

contrariamente

à

concorrência

Locução Adjetiva contrariamente à concorrência 7.Adjunto Adverbial (base “adverbial) Expressam

7.Adjunto Adverbial (base “adverbial) Expressam circunstância de lugar, tempo, modo, finalidade, causa, instrumento, companhia, assunto ou matéria tratada etc. Aparece sob a forma de

Advérbio ou palavra adverbializada;

Locução adverbial;

Oração adverbial.

6.Adjunto Adnominal (base “adjetiva”) Determinante nominal DENTRO do termo ao qual se refere. Aparece sob a forma de

Artigo;

Numeral;

Pronome;

Adjetivo;

Locução Adjetiva ( ligada a substantivo concreto ou a substantivo abstrato, neste último funciona como Agente do nome).

9.Aposto ( base “substantiva”) Aposto Explicativo Aposto Enumerativo Aposto Restritivo, Especificativo Aposto Distributivo Aposto Resumitivo

10. Vocativo (base “substantiva”) Chamamento: cuidado para não confundir com sujeito. Manuel, tens razão.

Vocativo: Manuel tu: sujeito oculto, desinencial, elítico, subentendido

1

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

Termo Regente

VERBO

Termo Regido

ADJUNTO ADVERBIAL ( de lugar, de modo, de tempo,de intensidade, de negação, de afirmação, de dúvida, de finalidade, de causa, de companhia, de instrumento, de assunto

)

No Brasil, muitas crianças morrem de fome.

Adjunto adverbial de lugar

VI

adjunto adverbial de causa

Conversamos sobre cinema.

VI adjunto adverbial de assunto

Matou a mulher com a navalha

VTD

OD

adjunto adverbial de instrumento

Viajou com a sogra.

VI adjunto adverbial de companhia

OBJETO DIRETO ( sem preposição obrigatória)

Ele quer uma xícara de chá.

VTD

OD

A greve implicou demissões.

VTD

OD

A mãe agradou o filho.

VTD

OD

Entreguei o livro ao rapaz.

VTDI

OD

OI

OBJETO INDIRETO ( com preposição obrigatória)

Precisamos de Deus.

VTI

OI

Confiamos n‟Ele.

VTI

OI

A mãe agradou ao filho

VTI

OI

Entreguei o livro ao rapaz.

VTDI

OD

OI

AGENTE DA PASSIVA ( com preposição obrigatória: “por”, “pelo(a)(s)”, “de”, “a”)

AGENTE DA PASSIVA ( com preposição obrigatória: “por”, “pelo(a)(s)”, “de”, “a”)
Este quadro foi pintado por Renoir .

Este quadro foi pintado por Renoir.

VTD

agente da passiva

Ela é estimada de todos .

Ela é estimada de todos.

VTD

O motor é movido

VTD

A conta foi paga

VTDI

agente da passiva

a gás.

agente da passiva

por Pedro.

agente da passiva

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

NÍVEL 1 PREPOSIÇÃO: Classe invariável que liga um termo dependente a um termo principal, estabelecendo uma relação de subordinação entre ambos.

Muito estudada em Crase, Regência Verbal e Regência Nominal.

Termo principal

Regência

Termo dependente

Resultado

Termo subordinante

preposição

Termo subordinado

Termo antecedente

Termo conseqüente

Termo regente

 

Termo regido

Recorremos

a

(o) Jerônimo.

a(o) Jerônimo

Visamos

a

a

promoção.

à promoção.

Aspiramos

a

a

promoção.

à promoção.

Aspiramos

X

o

ar do campo.

o ar do campo.

Aspiramos X o ar do campo. o ar do campo. Quando o termo regente é um

Quando o termo regente é um verbo, há um caso de Regência Verbal. Ex.: Recorremos a Jerônimo.

Quando o termo regente é um nome , há um caso de Regência Nominal. Ex.: A luta termo regente é um nome, há um caso de Regência Nominal. Ex.: A luta contra o mal.

um caso de Regência Nominal. Ex.: A luta contra o mal. Se o termo regente exige

Se o termo regente exige a preposição a e se há no termo regido o artigo definido a, então ocorre o fenômeno linguístico de crase, com o uso obrigatório do acento grave.

Ex.: Visamos à promoção.

Aspiramos à promoção.

CLASSIFICAÇÃO DA PREPOSIÇÃO

Preposições essenciais

a, ante, até, após, com, contra, de , desde, em, entre, para, per, perante, por, sem , sob, sobre, trás.

Preposições acidentais

conforme (de acordo com), consoante, segundo, durante, mediante, visto ( devido a, por causa de), como

Locuções prepositivas

São expressões com a função das preposições. Em geral são formadas de advérbio ( ou locução adverbial) + preposição:

Abaixo de, acima de, a fim de, além de, atrás de, através de, até a, a favor de, sob pena de, à medida de, à moda de

ANÁLISE SINTÁTICA DA PREPOSIÇÃO

A preposição é vazia de análise sintática.

DESAFIO 1. (FGV FNDE-2007-N. Médio) ―A primeira é tecnológica: a internet começou, há vários anos, a erodir a receita da indústria cultural.‖ No trecho acima, é correto afirmar que estão presentes:

(A)

três artigos definidos e duas preposições.

(B)

três artigos definidos e três preposições.

(C)

cinco artigos definidos e uma preposição.

(D)

três artigos definidos e uma preposição.

(E)

quatro artigos definidos e duas preposições.

 

A primeira é tecnológica: a internet começou, há vários anos, a erodir a receita da indústria cultural.‖

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

NÍVEL 2 ADVÉRBIO: Classe invariável usada para indicar as circunstâncias em que ocorre a ação verbal.

ANÁLISE SINTÁTICA DO ADVÉRBIO

Sempre funcionará o advérbio e a locução adverbial como adjunto adverbial.

CLASSIFICAÇÃO DOS ADVÉRBIOS

Tempo

Lugar

Modo

 

hoje; logo; primeiro; ontem; tarde; outrora; amanhã; cedo; dantes; depois; ainda; antigamente; antes; doravante; nunca; então; ora; jamais; agora; sempre; já; enfim etc.

aqui; antes; dentro; ali; adiante; fora; acolá; atrás; além; lá; detrás; aquém; cá; acima; onde; perto; aí; abaixo; aonde; defronte longe; debaixo; algures (em algum lugar); alhures(em outro lugar); nenhures(em nenhum lugar) etc

bem;

mal;

melhor;

pior;

assim; aliás;

depressa;

devagar;

como;

debalde;

sobremodo;

sobremaneira;

quase;

principalmente etc.

 
 

Obs.: muitos advérbios de modo formam-se juntando mente à forma feminina do adjetivo

Quantidade

Afirmação

 

Negação

 

muito; pouco; mais; menos; demasiado; quanto; quão; tanto; tão; assaz; que (equivale a quão); tudo; nada; todo; bastante; quase etc.

sim; certamente; realmente; decerto; efetivamente etc.

não; nem; nunca; jamais tampouco etc.

 

Dúvida

Exclusão (*)

 

Inclusão (*)

 

acaso; porventura; possivelmente; provavelmente; quiçá; talvez etc.

apenas; exclusivamente; salvo; senão;somente; simplesmente; só; unicamente etc.

ainda; até; mesmo; inclusivamente; também etc.

Ordem

Designação (*)

 

Interrogação

 

depois; primeiramente; ultimamente

Eis

onde? como? quando? porque?

(*) Podem ser classificados como palavras denotativas

REVISÃO: PALAVRAS DENOTATIVAS NÃO POSSUEM CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS DE NENHUMA DAS DEZ CLASSES.

1. INCLUSÃO (*)

Até, inclusive, mesmo, também ―Eu também vou.‖, ―Aqui falta tudo, até água.‖

2. EXCLUSÃO (*)

Apenas, salvo, senão, só, somente, menos, exceto, sequer ―Da família elas duas morreram‖; ―Ninguém, senão Deus, faria.‖

3. DESIGNAÇÃO (*)

Eis

Eis o pedido que te fiz.‖

4. REALCE

Cá, lá, é que, só, ainda ― Eu lembro?‖

 

5. RETIFICAÇÃO

Aliás, ou antes, ou melhor, isto é

 

6. SITUAÇÃO

Afinal, agora, então, mas, já ―Desculpe-me, mas sente-se mal?‖

 

7. EXPLICAÇÃO

Isto é, a saber, por exemplo

―Por exemplo, ele não veio.‖

8. AFETIVIDADE

Felizmente, infelizmente, ainda bem ―Ainda bem que ele não veio.‖

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

MAIS UM POUCO DE ADJUNTO ADVERBIAL

ADJUNTO ADVERBIAL

Indica uma CIRCUNSTÂNCIA.

- ADJUNTO ADVERBIAL

de Modo

Expresso por advérbio, por locução adverbial ou oração subordinada adverbial.

O

adjunto adverbial é o termo

Maria sai apressadamente.

que modifica o sentido

de Lugar

de

um verbo,

Deixamos o carro naquela praça.

 

de

um adjetivo ou

de Intensidade

1) Advérbio:

de

um advérbio.

Estava muito pálida.

 

de Tempo

O balão caiu longe.

Nós discutimos ontem.

de Afirmação

 

Eles se respeitam muito. verbo

Certamente ele voltará.

2) Locução Adverbial:

de Negação

 

Não quero você aqui.

O balão caiu no mar.

de Dúvida

Seu projeto é muito interessante. adjetivo

Irei provavelmente às dez horas.

3) Oração Subordinada Adverbial:

de Meio

 

Só viajavam de trem.

Se o balão pegar fogo, avisem.

de Instrumento

O time jogou muito mal. advérbio

Cortou-se com a navalha.

de Companhia

 

Passeava com os irmãos.

de Assunto

Falavam de futebol.

de Causa

Ela tremia de medo.

de Consequência

Acabara o dinheiro, de sorte que voltou.

de Condição

Se estudares, passarás.

de Concessão (oposição, contraste)

Saiu, embora estivesse cansado.

de Comparação

Ele é como o pai foi.

de Conformidade

Fez tudo, conforme exigiram.

de Finalidade

Vivia para comer.

de Proporção

Passa à medida que estuda.

NÍVEL 3 A VÍRGULA NO ADJUNTO ADVERBIAL

ADJUNTO ADVERBIAL vírgula Facultativa, desde que não haja mudança na interpretabilidade.

Adjunto Adverbial,

, Adjunto Adverbial,

2. (CESPE TST 2008 Técnico) ―Os trabalhadores cada vez mais precisam assumir novos papéis para atender às exigências das empresas. ( ) Por constituir uma expressão adverbial deslocada para depois do sujeito, seria correto que a expressão ―cada vez mais‖ estivesse, no texto, escrita entre vírgulas.

Os trabalhadores cada vez mais precisam assumir novos papeis para atender às exigências das empresas.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

3. (STF/Analista Judiciário Revisão de Texto/ CESPE 2008/Questão 105) Ficou só o nome, cansou-se e inventou um bom-bom de gergelim de excelência ainda sem nome. Ia dar dinheiro.

Esperava para hoje o telefonema de um sujeito e fiz o que pretendia, ser cordial com ele: olha aqui, Átila, eu não vou fazer o que me pediu, porque me sinto usada, desrespeitada e não negocio, não pechincho, não converso mais sobre o assunto.

( ) O sintagma ―para hoje‖ poderia ser, no texto, isolado por vírgulas, mantendo-se a correção gramatical e a coesão textual.

Esperava para hoje o telefonema de um sujeito

4.(CESPE TST 2008 Técnico) ―O cenário econômico otimista levou os empresários brasileiros a aumentarem a formalização do mercado de trabalho nos últimos cinco anos.

( ) Preservam-se a coerência e a correção do texto ao se deslocar o trecho ―nos últimos cinco anos‖ para depois de ―brasileiros‖ , desde que esse trecho seja seguido de vírgula.

―O cenário econômico otimista levou os empresários brasileiros a aumentarem a formalização do mercado de trabalho nos últimos cinco anos.‖

―O cenário econômico otimista levou os empresários brasileiros nos últimos cinco anos, a aumentarem a formalização do mercado de trabalho.‖

COMENTÁRIOS

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

NÍVEL 4 OBJETO DIRETO X OBJETO INDIRETO X ADJUNTO ADVERBIAL

OBJETO DIRETO

Termo

transitivo VTD ou VTDI

ligado

a

VERBO

Agrado minhas filhas o dia inteiro.

VTD

OD

Aconselho-o

a tomar o ônibus cedo.

VTDI

OD

OI

Aconselho-lhe tomar o ônibus cedo.

VTDI

OI

OD

Obs.: Os pronomes oblíquos átonos pela regra exercem o papel de objeto.

o, os, a, as

OD

lhe, lhes

OI

( C ) Amai a Deus.

(C ) Eles adoravam a Júpiter.

CUIDADO:

( C ) Ele renunciou o encargo.

VTD

OD

( C) Atendeu o Ministro.

VTD

OD

Núcleo: substantivo ou palavra substantivada.

Completa o sentido do verbo

OBJETO INDIRETO

Termo ligado a VERBO transitivo – VTI ou VTDI O filme agradou a minhas filhas.
Termo ligado a VERBO
transitivo – VTI ou VTDI
O filme agradou a minhas filhas.
VTI
OI
Agradeceu o presente ao namorado.
VTDI
OD
OI
Paguei a conta ao Banco.
VTDI
OD
OI
Perdôo-os
ao amigo.
VTDI
OD
OI

Aparece, sempre, com

preposição obrigatória.

(E

) Obedeci o regulamento.

(C

) Obedeci ao regulamento

(

E ) Sobressaiu as matérias.

(

C ) Sobressaiu nas matérias.

CUIDADO:

( C ) Ele renunciou ao encargo.

VTI

OI

( C) Atendeu ao Ministro.

VTI

OI

Núcleo: substantivo ou palavra substantivada.

Completa o sentido do verbo

ADJUNTO ADVERBIAL

Termo ligado a

- qualquer VERBO ( de ação e de ligação)

- ADJETIVO ou

- ADVÉRBIO

Moro em Londrina.

VI adjunto adverbial de lugar

Situa-se na rua Cassiano.

VI adjunto adverbial de lugar

Porventura

adj adv. dúvida

Por ventura

adj adv. modo

ele

chegaram a casa muito cedo.

VI

é

VL

adjuntos adverbiais de lugar, intensidade e tempo

muito feliz.

adj adv. de intensidade

Pode aparecer com preposição obrigatória.

(C ) Chegaram à casa da sogra.

( C ) O funcionário procedeu honestamente.

Núcleo: advérbio ou locução adverbial.

Completa o sentido do verbo, adjetivo ou advérbio. Exprime CIRCUNSTÂNCIAS

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

NÍVEL 5

PREDICAÇÃO VERBAL É o estudo do comportamento do verbo na oração. É a partir da predicação verbal que analisamos se ocorre ação

ou

sujeito.

Quanto à predicação verbal, os verbos podem ser:

fato,

se

existe

qualidade

ou

estado

ou

modo

de

ser

de

 

VERBOS TRANSITIVOS

VERBOS INTRANSITIVOS

VERBOS DE LIGAÇÃO

São verbos transitivos os que necessitam de complementação verbal, pois não possuem sentido completo.

São verbos intransitivos os que não necessitam de complementação verbal, pois já possuem sentido completo.

Serve como elemento de ligação entre o sujeito e seu atributo - o predicativo do sujeito.

Os verbos transitivos podem ser:

 

Rei Hussein morre aos 63.

VTD Verbo Transitivo Direto Quando

a)

exige um complemento sem preposição obrigatória - objeto direto (OD):

 

VI

A aluna

é

estudiosa

 

Sujeito

VL

Predicativo do Sujeito

 

2ª parcela do IPVA vence hoje.

 

O sorveteiro derrubou o carrinho.

 

VI

 

VTD

OD

Um verbo pode ter sua transitividade original modificada pelo contexto no qual ele aparece.

Os verbos de ligação não indicam ação, não são verbos de significação, apenas apresentam estado, qualidade ou condição do sujeito.

Pediu

perdão.

VTD

OD

VTI - Verbo Transitivo Indireto Quando

b)

exige um complemento com preposição obrigatória - objeto indireto(OI):

Pediu perdão.

 

LISTA DOS PRINCIPAIS:

VTD

OD

 

Pediu.

Continuar Ele continua infeliz.

Luís gosta de Matemática.

 

VI

 

VTI

OI

Andar Ele anda infeliz ultimamente.

Pediu

ao rapaz.

 

VTi

OI

Ficar Ele ficou infeliz.

 
   

c)

VTDI -Transitivo Diretos e Indireto Quando

Ele gosta de Matemática.

 

exigem dois complementos, um sem preposição e outro com preposição obrigatória OD + OI.

 

VTI

OI

Estar Ele está infeliz.

 
 

Ele gosta.

 

(C) Ensinei-o

a falar português.

VI

Ser Ele é infeliz.

 
 

VTDI

OD

 

OI

 

(C)

Ensinei-lhe

o idioma inglês.

 

Parece Ele parece infeliz.

 

VTDI

OI

OD

 

Ele vive.

Permanecer

 

(C)

Comunico meu sucesso a todos.

VI

Ele permaneceu infeliz.

VTDI

 

OD

OI

 

Ele vive

uma vida sem graça.

Tornar-se Ele tornou-se infeliz. Ele se tornou infeliz.

(C)

Comunico-lhe meu sucesso.

VTD OD cognato ou interno

VTDI

OI

OD

(C)Pediu ao rapaz perdão.

 

Ele sonhou.

   
 

VTDI

OI

OD

VI

Ele vive gripado.

(E)Pediu-o

perdão.

 

Ele sonhou um sonho lindo.

 

OD

OD

VTD

OD cognato

Ele virou delegado.

(C)Pediu-lhe

perdão.

 

O menino saiu vencedor.

 
 

VTDI

OI

OD

Ela acabou ferida.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

NÍVEL 6 OBJETO DIRETO OBJETO DIRETO PLEONÁSTICO OBJETO DIRETO COGNATO ou INTERNO OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO

OBJETO DIRETO - é o complemento de verbo transitivo direto e um dos complementos do verbo transitivo direto e indireto; normalmente está ligado ao verbo sem preposição.

Ele quer uma xícara de chá. (Transitivo direto)

Entreguei o presente a João. (Transitivo direto e indireto)

O objeto direto pode ser: pleonástico, cognato ou preposicionado.

OBJETO DIRETO PLEONÁSTICO Por motivos puramente estilísticos, como, por exemplo, para chamar a atenção sobre o próprio objeto direto, pode esse termo aparecer repetido na oração. Não é exigência verbal, é apenas uma forma enfática que pode ser retirada da oração sem qualquer ônus para o entendimento. A esse pleonasmo é dado o nome de objeto direto pleonástico, justamente por ser a repetição do objeto direto normal. Nesse caso, uma das formas é sempre um pronome átono.

Estas belas flores, comprei-as ontem.

Os livros, leio-os saboreando como fruta madura.

OBJETO DIRETO COGNATO (ou INTERNO) Pode o verbo intransitivo ser usado transitivamente (sempre transitivo direto, jamais indireto). A mudança de predicação só é possível se usarmos como objeto direto complemento representado por substantivo do mesmo radical do verbo (termo cognato) ou substantivo que pertença ao mesmo grupo de ideias do verbo e é comum que tal complemento venha acompanhado de expressão qualificadora.

"E rir meu riso

"

As crianças dormiam um sono tranquilo.

OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO Não é raro encontrar o objeto direto precedido de preposição. Nesses casos, a preposição não é exigência do verbo, mas necessidade estrutural do próprio termo núcleo do objeto direto. Há casos em que o emprego do objeto direto preposicionado é facultativo e outros em que é obrigatório.

Casos em que é facultativo:

Casos em que é obrigatório:

a)

com pronomes de tratamento:

a)

com o nome Deus com o nome Deus:

Estimo a Vossa Senhoria. b)quando o objeto direto precede o verbo:

Louvamos a Deus.

 

Aos meninos não convidou.

b)

quando houver ambigüidade de sentido quando

c)

quando o objeto direto é nome próprio de pessoa:

houver ambiguidade de sentido:

Censuraram a Paulo. d)quando o objeto direto é composto, sendo o primeiro núcleo um pronome átono:

Respeita-me e a meus amigos.

e)quando há ideia de comparação:

Olhou-te como a um inimigo. f)quando há ideia de partitivo:

"A mãe ao próprio filho não conheça." (Camões)

c)

ele(s), ela(s) exercem função de objeto direto:

Ele chamou a ti.

quando os pronomes pessoais mim, ti, si, nós, vós,

Beba do leite. g)quando se quer enfatizar o objeto direto:

Ele sacou da arma. h)com pronomes indefinidos:

Elogiamos a todos. i) com o pronome QUEM se ele não possuir antecedente:

A quem encontraremos na festa? j)com numerais:

Sempre trataste aos dois com o mesmo carinho.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

DESAFIOS

Foram analisados vinte modelos teóricos sobre os efeitos do aquecimento global e concluiu-se que, até 2030, a temperatura média, na maioria dessas regiões, terá aumentado 1 ºC, enquanto as chuvas sazonais, em alguns locais, como no sul da África e no Brasil, poderão diminuir.

5.( ) A expressão ―as chuvas sazonais‖ (R.14) complementa o sentido da forma verbal ―diminuir‖ (R.15). (Pref. Munic. Vila Velha/Cargo 22, 23, 24, 25, 26, 27/CESPE 2008/Questão 11)

As chuvas sazonais, em alguns locais, como no sul da África e no Brasil, poderão diminuir.

Para isto existem as escolas: não para ensinar as respostas, mas para ensinar as perguntas. As respostas nos permitem andar sobre a terra firme, mas somente as perguntas nos permitem entrar pelo mar desconhecido. 6. ( ) As expressões ―as escolas‖ e ―as respostas‖ exercem a mesma função sintática. (Pref. Munic. Vila Velha/Cargo 22, 23, 24, 25, 26, 27/CESPE 2008/Questão 32)

existem

as escolas

ensinar as respostas

Se era inteligente, não sabia. Ser ou não inteligente dependia da instabilidade dos outros. Às vezes, o que ele dizia despertava de repente nos adultos um olhar satisfeito e astuto. 7.( ) Nas linhas 3 e 4, a expressão ―um olhar satisfeito e astuto‖ complementa o sentido da forma verbal ―despertava‖. (Pref. Munic. Vila Velha/Cargo 22, 23, 24, 25, 26, 27/CESPE 2008/Questão 36)

o que ele dizia despertava de repente nos adultos um olhar satisfeito e astuto.

8.(CESPE) TV por Assina e Atura ou TV Acabo com você, diriam honestamente, em suas propagandas: ―assine este canal e assista, com várias interrupções, a seus programas preferidos, pois os chatíssimos comerciais não existem só na TV aberta, como você imagina. Filmes novos? Primeiro temos de pagar aquele que já mostramos vinte vezes.‖ ( ) Em ― temos de pagar aquele que já mostramos vinte vezes‖. O emprego do acento indicativo de crase em ―aquele‖ é facultativo, visto que o verbo pagar rege complemento com ou sem preposição ―a‖.

Filmes novos? Primeiro temos de pagar aquele que já mostramos vinte vezes.

PARADA OBRIGATÓRIA REGÊNCIA DO VERBO PAGAR PAGAR PESSOA VTI a PESSOA VTD X

 

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

CUIDADO: A PREDICAÇÃO VERBAL PODE VARIAR EM CADA CONTEXTO.

Amamos.

Amamos muito.

Amamos muito gramática.

O homem é livre, por isso escolhe (a liberdade é eleição), e jamais está pronto, porque lhe é imposto o dever de

optar, de definir-se, de escolher, escolhendo a cada momento, e cada escolha é um instante de sua construção,

mas não é livre para não escolher nem para escolher as condições em que essa escolha ocorre, porque o homem não é livre para deixar de ser livre.

9. ( ) O vocábulo ―condições‖ (l.6) é núcleo do complemento do verbo ―escolher‖ em suas duas ocorrências na linha 5. (STF/Analista Judiciário Revisão de Texto/ CESPE 2008/Questão 118)

mas

não é livre para não escolher

nem para escolher as condições

10. (ANÁLISE MORFOSSINTÁTICA) O termo grifado, no trecho abaixo, tem a função sintática de:

O sociólogo José Pastore, especialista em relações do trabalho, cita o crescimento econômico sustentado, uma

educação de boa qualidade e a modernização da legislação trabalhista como três fatores fundamentais para reverter o quadro de desemprego. "Se tivermos essas três coisas, podemos ter perspectivas de dias melhores pela frente. Mas é preciso fazer os três", diz.

(A)

objeto direto

(B)

aposto

(C)

sujeito

(D)

vocativo

(E)

adjunto adnominal

11.

(ANÁLISE MORFOSSINTÁTICA) Assinale a alternativa INCORRETA quanto à sintaxe do termo grifado no

período:

(A)

O presidente da Bolsa de Tóquio, Takuo Tsurushima, pediu demissão nesta terça-feira. (objeto direto)

(B)

O erro provocou o caos no mercado de Tóquio. (adjunto adverbial)

(C)

A saída de Tsurushima já era esperada. (núcleo do sujeito)

(D)

O operador se equivocou em uma operação vinculada à entrada na Bolsa de uma pequena empresa. (núcleo

do

sujeito)

(E)

Ao invés de vender uma ação da J-Com por 610 mil ienes, ele colocou 610 mil ações da J-Com a um iene a

unidade. (núcleo do objeto direto)

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

NÍVEL 7 OBJETO INDIRETO OBJETO INDIRETO PLEONÁSTICO

OBJETO INDIRETO - é o complemento de verbo transitivo indireto ou um dos complementos do verbo transitivo direto e indireto; representa o ser ou coisa a que se destina a ação, ou em cujo proveito ou prejuízo a ação se realiza.

Quando não representado por pronome átono, virá obrigatoriamente regido de preposição exigida pelo verbo.

Confie neles.

O objeto indireto pode ser pleonástico.

Entregue este bilhete ao rapaz.

OBJETO INDIRETO PLEONÁSTICO

Por uma questão de estilo ou quando se quiser realçar o objeto indireto, costuma-se repetir esse termo. Nesse caso, uma das formas é necessariamente um pronome pessoal átono. Ao termo que repete o objeto indireto dá-se o nome de objeto indireto pleonástico.

A ele, dei-lhe todo o meu amor.

Ofereci-lhes, a José e João, nossa ajuda.

CUIDADO COLOCAÇÃO DO PRONOME OBLÍQUO ÁTONO PARTE I

o, os, a, as

Substituem OBJETO DIRETO

 

lhe, lhes

Substituem OBJETO INDIRETO

 

Obs. 1: alguns verbos apesar de VTI não aceitam lhe, lhes

Assistir ( no sentido de ver)

VTI – ―a‖ VTI – ―a‖

Visar

( no sentido de desejar)

Aspirar

( no sentido de desejar) VTI – ―a‖

Obs. 2: lhe – lhes significa ―a ela(s) – a ele(s)‖

me, te,se, nos, vos, se

Substituem OBJETO DIRETO ou OBJETO INDIRETO

12. (ESAF) ―Sob o direito, o administrador público não age contra a lei. Sob a moral, deve satisfazer o preceito da impessoalidade, não distinguindo amigos ou inimigos, partidários ou contrários, no tratamento que lhes dispense ou na atenção às suas reivindicações ‖ ( ) Mantém-se a correção gramatical e a coerência textual se a função sintática exercida pelo pronome oblíquo átono ―lhe‖ for exercida por ― a eles‖.

13. (CESGRANRIO Petrobrás Nível Médio/ 2008) A substituição do complemento verbal pelo pronome pessoal correspondente, segundo o padrão culto e formal da língua, está INCORRETA em

(A)

que

representariam diferentes categorias:‖ (l. 3)

que as representariam.

(B)

―A cidade inteira veio assistir à competição

(l. 10) A cidade inteira veio lhe assistir.

(C)

―choravam a perda de seus heróis.‖ (l. 15) choravam-na.

(D)

―eles não têm experiência

(l. 24) Eles não a têm.

(E)

e

não ouvi as lindas palavras

(l. 44) e não as ouvi.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

14. (CETRO) Em todas as alternativas, a expressão destacada pode ser substituída pelo pronome lhe, exceto em:

(A)

Diremos a Jorge que seu pedido foi atendido.

(B)

A agressão foi destinada a Wagner, mas ele não percebeu.

(C)

Janaína recomendou a Daniel que chegasse cedo.

(D)

Paulo prometeu a Maria que jamais a trairia.

(E)

Marisa viu de longe a Silvana.

OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO

( ) Amo a Deus.

OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO para evitar ambiguidade (anfibologia)

Marisa viu de longe a Silvana.

A Marisa viu de longe Silvana.

15.(CESGRANRIO) “Ele observou-a e achou aquele gesto grosseiro, feio, masculinizado.‖ As palavras destacadas possuem a função de:

a) predicativos do objeto

b) predicativos do sujeito

c) adjuntos adnominais

d) adjuntos adverbiais

e) objetos diretos

Ele observou-a e achou aquele gesto grosseiro, feio, masculinizado.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

16. (CETRO) (

pronomes destacados não exercem a mesma função sintática.

) no trecho ―sempre me negará a última migalha. Ainda assim, volta e meia lhe pergunto‖, os

sempre me negará a última migalha

Ainda assim, volta e meia lhe pergunto

CUIDADO

 

TERMINAÇÃO

PRONOME OBLÍQUO ÁTONO O, OS, A, AS

RESULTADO

R

- Fazer

o

Fazê-lo

S

- Fazemos

o

Fazemo-lo

Z

-

Fiz

o

Fi-lo

Nasalizado

- Fazem

o

Fazem-no

17.

(FCC/TRF/2007) Está INCORRETA a substituição do segmento grifado pelo pronome correspondente na frase:

(A)

fazem arrecadação de ingressos

fazem arrecadação de ingressos -na.

-na.

(B)

não têm plano de manejo

não têm plano de manejo

(C)

focar a atenção nos parques nacionais

focar a atenção nos parques nacionais

-la.

(D)

precisa diversificar sua oferta de atrativos ambientais

-lhes.

-lhes.

(E)

O Brasil tem vantagem competitiva

O Brasil tem vantagem competitiva -na.

-na.

18.

(NCE/ANTT/2008) Assinale a alternativa em que houve erro ao se substituir a expressão sublinhada pelo

pronome oblíquo átono.

a) Varreu 95% das formas de vida.

―as‖

b) O estudo lista cinco razões.

―O estudo as lista.‖

c) A perda da biodiversidade terá conseqüências. ―as terá‖

d) Mantém o equilíbrio ambiental. ― Mantém-no‖

e) O mundo sofreu uma redução

― sofreu-la‖

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

19.

(CETRO) Assinale a alternativa em que NÃO HÁ ERRO quanto ao emprego dos pronomes.

(A)

Tu deves saber que nada houve entre eu e teu irmão.

(B)

Apesar de conhecer o regulamento, aquele rapaz não o obedece.

(C)

Dar-te-ei todas as orientações necessárias para a execução da tarefa.

(D)

Não lhe conhecia, por isso não lhe cumprimentei.

(E)

Os funcionários estão descontentes porque a empresa não os pagou conforme combinado.

CUIDADO:

( E ) entre eu

e tu.

( C ) entre mim e ti.

Sempre sei, realmente. Só o que eu quis, todo o tempo, o que eu pelejei para achar, era uma só coisa a inteira cujo significado e vislumbrado dela eu vejo que sempre tive. A que era: que existe uma receita, a norma dum caminho certo, estreito, de cada uma pessoa viver e essa pauta cada um tem mas a gente mesmo, no comum, não sabe encontrar; como é que, sozinho, por si, alguém ia poder encontrar e saber?

20. ( ) Caso o verbo ―encontrar‖ viesse seguido de complemento, o emprego da forma pronominal -la atenderia às

regras de coesão e coerência textuais. (STF/Analista Judiciário Revisão de Texto/ CESPE 2008/Questão 84)

a gente mesmo, no comum, não sabe encontrar; como é que, sozinho, por si, alguém ia poder encontrar e saber?

O homem é livre, por isso escolhe (a liberdade é eleição), e jamais está pronto, porque lhe é imposto o dever de optar, de definir-se, de escolher, escolhendo a cada momento, e cada escolha é um instante de sua construção, mas não é livre para não escolher nem para escolher as condições em que essa escolha ocorre, porque o homem não é livre para deixar de ser livre.

21. ( ) O vocábulo ―condições‖ é núcleo do complemento do verbo ―escolher‖ em suas duas ocorrências. (STF/Analista Judiciário Revisão de Texto/ CESPE 2008/Questão 118)

não é livre para não escolher nem para escolher as condições

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

NÍVEL 8 AGENTE DA PASSIVA

AGENTE DA PASSIVA

É o termo que, na voz passiva analítica (com auxiliar), designa o ser que realiza a ação verbal da qual o sujeito é o paciente. O agente da passiva vem sempre precedido de preposição:

O agente da passiva pode vir na oração ser expresso por

Substantivo

Exemplo: O vidro foi quebrado pelo garoto. [agente da passiva = pelo garoto]

Pronome substantivo

Exemplo: A bola foi arremessada por ela. [agente da passiva = por ela]

Numeral substantivo

Exemplo: O trabalho foi feito pelos dois. [agente da passiva = pelos dois]

Oração subordinada substantiva

O agente da passiva pode ainda ser expresso por uma oração subordinada substantiva

A Oração Subordinada Substantiva Agente da Passiva não é citada pela NGB.

Exemplo: A menina foi socorrida por quem passava por perto.

VOZ PASSIVA ANALÍTICA

Este quadro

foi pintado

por Renoir.

Ela

é estimada

de todos.

O

motor

é movido

a gás.

Observações:

1. Nem sempre o agente da passiva está expresso:

A janela foi consertada ontem.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

22. Assinale a alternativa que classifica corretamente o termo destacado da seguinte oração:

O goleiro foi expulso pelo juiz.

a) adjunto adverbial

b) adjunto adnominal

c) agente da passiva

d) objeto indireto

e) sujeito

23. Leia.

c) agente da passiva d) objeto indireto e) sujeito 23. Leia. Na oração ―Ele está no

Na oração ―Ele está no trono.‖ O termo destacado é:

a) aposto

b) sujeito

c) adjunto adnominal

d) adjunto adverbial

e) predicativo do sujeito

24.Na frase: Alguns animais estão ameaçados de extinção. O termo destacado é:

a) adjunto adverbial

b) agente da passiva

c) adjunto adnominal

d) objeto direto

e) sujeito paciente

25. Esse texto foi lido por mim. Assinale a alternativa que classifica corretamente o termo destacado.

a) objeto indireto

b) agente da passiva

c) objeto direto

d) adjunto adnominal

e) adjunto adverbial

26. A rainha era aclamada pela multidão.

a) objeto direto

b) objeto indireto

c) complemento nominal

d) sujeito

e) agente da passiva

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

REGÊNCIA E CRASE

NÍVEL 9 – CRASE OBRIGATÓRIA DEPENDENTE DE REGÊNCIA  Preposição “a” + “ a(s)” –
NÍVEL 9 – CRASE OBRIGATÓRIA DEPENDENTE DE REGÊNCIA  Preposição “a” + “ a(s)” –

NÍVEL 9CRASE OBRIGATÓRIA DEPENDENTE DE REGÊNCIA

NÍVEL 9 – CRASE OBRIGATÓRIA DEPENDENTE DE REGÊNCIA  Preposição “a” + “ a(s)” – artigo
NÍVEL 9 – CRASE OBRIGATÓRIA DEPENDENTE DE REGÊNCIA  Preposição “a” + “ a(s)” – artigo
 Preposição “a” + “ a(s)” – artigo definido feminino Termo Regente Regência Termo Regido
Preposição “a” +
“ a(s)” – artigo definido feminino
Termo Regente
Regência
Termo Regido
Resultado
Aspirar
X
o
ar do campo.
o ar do campo - OD
Aspirar
a
o
ar do campo.
ao ar do campo - OI
Aspiramos
a
a
vaga ali.
à vaga
- OI
Aspiramos
a
a
aposentadoria
à aposentadoria – OI

Preposição “ a” +

 

“ aquele(s), aquela(s), aquilo” – pronomes demonstrativos

 
     

Termo Regido

   

Resultado

 
   

aquele ar do campo.

   

aquele ar do campo - OD

   

aquele ar do campo.

   

àquele ar do campo -OI

   

aquela vaga ali.

     
   

aquela aposentadoria.

   

àquela aposentadoria - OI

   

aquilo.

     
   

aquilo.

     

Termo Regente

Regência

 

àquela vaga ali - OI

aquilo.

OD

àquilo. - OI

-

 Preposição “a” + “ a(s)” pronome demonstrativo (o pronome demonstrativo “a (s)” aparecerá na
Preposição “a” + “ a(s)” pronome demonstrativo
(o pronome demonstrativo “a (s)” aparecerá na omissão de substantivo feminino)
(
E ) Minha conta é vinculada a de meu marido.
(
C ) Minha conta é vinculada à de meu marido.
Termo Regente
Regência
Termo Regido
Resultado
vinculada
a
de meu marido
(
E ) Fiz referência à cirurgia de meu pai e não referência a de João.
(
C ) Fiz referência à cirurgia de meu pai e não referência à de João.

Termo Regente

referência

LEMBRETE:

(

(

C

(

(

(

Preposição “a” +

Regência

    Preposição “a” + Regência Termo Regido a de João . Resultado “a
    Preposição “a” + Regência Termo Regido a de João . Resultado “a

Termo Regido

a de João

.

Resultado

“a” + Regência Termo Regido a de João . Resultado “a qual, as quais” pronomes relativos
“a” + Regência Termo Regido a de João . Resultado “a qual, as quais” pronomes relativos

“a qual, as quais” pronomes relativos

Pronome Relativo aparece sempre no Período Composto por Subordinação

Nas Orações Subordinadas Adjetivas

Principais Pronomes Relativos: a qual, as quais, o qual, os quais, cujo, que, onde

MUITO IMPORTANTE: Se a Oração Subordinada Adjetiva tem verbo(RV) ou nome (RN) que exige preposição, então a preposição será OBRIGATÓRIA antes do pronome relativo.

E ) Aquele é o filme que gostei.

) Aquele é o filme de que gostei.

E ) Aquele é o filme o qual gostei.

C ) Aquele é o filme do qual gostei.

E ) Aquela é a novela que assistíamos todos os dias.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

DESAFIOS CRASE OBRIGATÓRIA - PREPOSIÇÃO “A” + ARTIGO DEFINIDO FEMININO

PARADA OBRIGATÓRIA – REGÊNCIA DO VERBO “CHEGAR” Verbo Intransitivo – ―a‖, ―de‖, ―para‖

(

E ) Chegou na cidade.

(

C ) Chegou à cidade.

(

C ) Chegou à cidade, de avião, à uma hora da tarde.

27.(CESPE/INSS/2008) ( ) O sentido do período seria mantido, mas a correção gramatical seria prejudicada, caso se substituísse ―atingi a síntese perfeita‖ por cheguei à síntese perfeita.

Atingi a síntese perfeita.

Cheguei à síntese perfeita.

28. (CESPE/TST/Nível Médio/2008) ―Os trabalhadores cada vez mais precisam assumir novos papéis para atender

às exigências das empresas.‖

( ) Preservam-se a coerência textual e a correção do texto, ao se substituir a expressão verbal ― para atender‖ pela equivalente nominal em atendimento, desde que seja retirado o acento grave indicativo crase em ―às exigências‖.

atender

às exigências das empresas.

em atendimento às exigências das empresas.

CRASE

DEMONSTRATIVOS

OBRIGATÓRIA

-

PREPOSIÇÃO

“A”

+

AQUELE(S),

AQUELA(S),

AQUILO

PRONOMES

29. (CESPE/TST/Nível. Superior/2008)

trabalho dignifica o ser humano.‖

( ) O sinal indicativo de crase em ―àquilo‖ é resultado da presença da preposição a, regendo o complemento do

verbo corresponder e do pronome demonstrativo aquilo.

e aí eu acho que poderá corresponder àquilo que sempre foi dito: o

acho que poderá corresponder àquilo

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

CRASE OBRIGATÓRIA - PREPOSIÇÃO “A” + A(S) – PRONOME DEMONSTRATIVO

DESAFIO 30. (ESAF) Julgue quanto à correção gramatical ( ) Mesmo assim, olhando-se para os
DESAFIO
30. (ESAF) Julgue quanto à correção gramatical
( ) Mesmo assim, olhando-se para os vizinhos de continente, percebe-se que nossa performance é inferior a que
foi atribuída a Argentina (8,6%) e a alguns outros países com participação menor no conjunto dos bens produzidos
pela América Latina.
APROFUNDAMENTO
nossa performance é inferior a
que foi atribuída a Argentina
Obs.: Para saber se o nome de lugar vem acompanhado de artigo
Quem vai a
E
volta da
Crase no a -
à
Quem vai a
E
volta de
Crase para quê? -
a

31. (CESPE TR E MA 2006) Quanto ao emprego do sinal indicativo de crase, julgue o item:

( ) Características semelhantes às da legislação em vigor

Características semelhantes às da legislação em vigor

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

NÍVEL 10 CRASE PROIBIDA

 

1.

antes de palavra masculina note que o artigo com nome próprio é facultativo

 

(

E ) Fiz alusão à João.

(

C ) Fiz alusão a João.

 

2.

antes de verbo

(

E ) Fiz alusão à ficar em casa.

(

C ) Fiz alusão a ficar em casa.

 

3.

antes de artigo indefinido

(

E ) Fiz alusão à uma mulher dali.

(

C ) Fiz alusão a uma mulher dali.

 

4.

antes de pronome pessoal (eu, tu, ele, ela

)

e pronome indefinido ( certa, cada, toda, qualquer

)

(

E ) Fiz alusão à ela.

(

C ) Fiz alusão a ela.

(

E) Fiz alusão à certa pessoa dali.

(

C ) Fiz alusão a certa pessoa dali.

 

5.

antes de palavra no plural sem artigo

(

E ) Fiz alusão à mulheres dali.

(

C ) Fiz alusão a mulheres dali.

(

C ) Fiz alusão a pessoas elegantes.

 

6.

antes de pronomes de tratamento ( exceção: senhora, senhorita, dona e madame CRASE

 

FACULTATIVA, pois o artigo é facultativo)

 

(

C ) Fiz alusão a Vossa Excelência.

(

C ) Fiz alusão a Vossa Senhoria.

(

C ) Fiz alusão a senhora.

CUIDADO: ( E ) Fiz alusão à uma senhora dali. CUIDADO: ( E ) Fiz alusão aquela senhora dali.

(

C ) Fiz alusão à senhora.

 

7.

antes de pronomes demonstrativos ( exceção: aquele(s), aquela(s), aquilo, a(s) OBRIGATÓRIA)

(

C ) Fiz alusão a esta regra.

CUIDADO: ( E ) Fiz alusão aquela regra. CUIDADO: ( C ) Fiz alusão àquilo.

 

(

C ) Fiz alusão a isso.

 

8.

antes de pronomes relativos (exceção: a qual, as quais OBRIGATÓRIA)

 

(

E ) Este é o filme à cujo diretor nos referimos.

CUIDADO: ( C) Esta é a novela à qual me referi. CUIDADO: ( E ) Esta é a novela a qual assistimos.

(

C ) Este é o filme a cujo diretor nos referimos.

 

9.

entre palavras repetidas formando expressão

 

(

C ) Eles ficaram frente a frente.

CUIDADO: ( C ) Eles ficaram frente à frente parlamentar de inquérito.

 

10. antes das palavras casa, terra e distância , não determinadas Obs.: se determinadas, essas palavras virão com acento grave obrigatório

 

(

C ) Chegaram a terra, foram a casa, mas ficaram a distância.

(

C ) Chegaram a terra natal, foram a casa da sogra, mas ficaram a distância de 10 metros de lá.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

32. (CESPE TR E MA 2006) Quanto ao emprego do sinal indicativo de crase, julgue os fragmentos apresentados nos seguintes itens.

I Opinião favorável ou contrária à coligações partidárias

II Direito a candidatar-se à qualquer cargo eletivo

III Disposições aplicadas à sítio mantido por empresas públicas.

IV Tema à que se refere a legislação em vigor.

V Submissão às regras da lei eleitoral

VI Restrições impostas às rádios e às emissoras de televisão

VII Características semelhantes às da legislação em vigor

Julgue quanto à correção gramatical

33. (

implementada a política brasileira de comércio exterior

) A extinção da CACEX ocorreu simultaneamente à uma ampla redefinição do quadro em que é formulada e

A extinção da CACEX ocorreu simultaneamente à uma ampla redefinição do quadro

34. ( ) O Brasil tem condições de provar os benefícios do etanol, mas terá de cercar-se de garantias. Zoneamento

ecológico proibindo a cana na Amazônia é uma delas. É suficiente não dar licença de instalação a usinas na Amazônia já que, dessa forma, não haverá plantio de cana, pois, para a exploração ser viável, a matéria-prima tem

de estar próxima à usina. (PMT/Agente de Tributos Municipais/CESPE 2008/Questão 19)

licença de instalação a usinas

de estar próxima à usina.

35. RF/Agente de Polícia/CESPE 2008/Questão 8)(

encontraram referências a lua nova, condição básica para um eclipse total, as estrelas usadas por Odisseu para

) Vasculhando o texto de Homero famoso, os astrônomos

orientar-lhe no retorno à casa e à aparição de Vênus logo após a chegada em Ítaca.

referências a lua nova

,as estrelas usadas por

e à aparição de Vênus

no

retorno à casa

após a chegada em Ítaca.

Obs. 1: o, os, a, as pronomes oblíquos átonos fazem, pela regra, papel de Objeto Direto OD

- pronomes oblíquos átonos fazem, pela regra, papel de Objeto Indireto OI

Lhe, lhes

orientar-lhe

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

36. (FCC/TRF/Técnico Judiciário/2008) O respeito

grupos sociais, permitindo, dessa forma,

corretamente preenchidas, respectivamente, por:

(A) a - à a (B) a - à à (C) à - a a (D) a - a à (E) à - à a

organização dos

evolução da humanidade. As lacunas da frase acima estarão

uma série de regras foi fundamental

respeito

a

uma série de regra

fundamental

organização

permitindo (

)

evolução

NÍVEL 11

ALGUNS DOS PRINCIPAIS CASOS DE REGÊNCIA VERBAL

AGRADAR

No sentido de “acarinhar, fazer carinho”

No sentido de ser agradável.

 

VTD X

 

VTI

- a

(

C ) A mãe agradou os filhos.

(

E ) O filme agradou o diretor

 

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO

37. ( ) É importante agradar sempre o público.

38. ( ) O sítio agradou o fazendeiro.

39. ( ) Não é bom desagradar as crianças.

40. ( ) Este chapéu não agradará o rapaz.

ASPIRAR

No sentido de “sorver, inalar,respirar”

No sentido de “ almejar.

 
 

VTD X

 

VTI

- a

(

C ) Tenho aspirado um ar muito poluído.

(

C ) Sempre aspirei a um futuro melhor.

REVISÃO

O verbo “aspirar” no sentido de desejar é VTI – a, no entanto não aceita os pronomes lhe, lhes.

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO

41. ( ) Aspirava o cargo público.

42. ( ) Aspirava ao cargo público.

43. ( ) Os rapazes aspiravam o sucesso.

44. ( ) Aspirava o ar da montanha.

45. ( ) Ele aspirava à libertação.

46. ( ) Aspiramos à uma terra pacífica.

47. ( ) Aspiramos à aquela terra pacífica.

48. ( ) Aspiramos-lhe.

49. ( ) Aspiramos a ela.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

VISAR

apontar, pôr visto

desejar

VTD - X

VTI – ―a‖

Ela visou o cheque.

Ela visou ao cheque.

REVISÃO

O verbo “assistir” no sentido de ver é VTI – a, no entanto não aceita os pronomes lhe, lhes.

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO

50. ( ) O funcionário visou o cheque.

51. ( ) Visou o alvo e atirou.

52. ( ) Deveria visar àlguma mudança?

53. ( ) Visava àquela mudança.

54. ( ) Não visava à lucros.

55. ) Não visava à ela.

(

56. ) Não visava a ela.

(

57. ( ) Ele visava-lhe.

ASSISTIR

Morar,residir

ver, presenciar

ser de competência de

dar assistência

 

VI em

VTI a

VTI a

VTI a

ou

VTD X

Ele assiste no Vaticano.

Assisto às novelas.

Isto não assiste a você.

Ele assistiu às vítimas.

Ele assistiu as vítimas.

58. ( ) Assisti àlgumas touradas pela TV.

59. ( ) Assisti às pessoas brigando pela TV.

60. ( ) Assistiu sempre aquelas cenas pela TV.

COMENTÁRIO SOBRE REGÊNCIA E PRONOME RELATIVO

Se a Oração Subordinada Adjetiva tem verbo (Regência Verbal) ou nome (Regência Nominal) que exige preposição, então a preposição será OBRIGATÓRIA antes do pronome relativo.

61. ( ) Trata-se de um filme que eu assistia sempre aos fins de semana.

62. ( ) Nós não deveríamos assistir este filme.

63. ( ) Assiste à elas todo o direito de expressão.

64. ( ) O papa assiste no vaticano.

65. ( ) Assistiu a criatura que morria, enviando-lhe medicamentos.

66. ( ) Assistiu à criatura que morria, enviando-lhe medicamentos.

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4

Prof. Glória Moura Alves

ESQUECER/ LEMBRAR

não pronominal

 

pronominal ( com a parte integrante do verbo PIV)

 

VTD X

 

VTI de

Eu esqueci

o endereço

Eu me esqueci PIV

do endereço

OD

OI

Tu esqueceste

o endereço

Tu te esqueceste PIV

do endereço

OD

OI

Ele esqueceu

o endereço

Ele se esqueceu PIV

do endereço

OD

OI

Nós esquecemos

o endereço.

Nós nos esquecemos

do endereço.

OD

PIV

OI

Vós esquecestes

o endereço.

Vós vos esquecestes

do endereço.

OD

PIV

OI

Eles esqueceram

o endereço

Eles se esqueceram PIV

do endereço

OD

OI

 

67. ( E ) Eu lembro deste caso.

 

68. ( E ) Lembro-me este caso.

69. ( E ) Lembro-me àquela história.

70. ( E ) Lembro-me aquela história.

71. ( E ) Nós esquecemos da prova.

IMPLICAR

Embaraçar

Envolver, causar

VTD IX

(em)

VTD X

A narrativa dela implicou você

no acidente.

A greve implicou agitação.

DESAFIOS

72.

verbo destacado na passagem ―Ser aceito implica mecanismos mais sutis e de maior alcance

(Cesgranrio/BNDES/Analista/2008) Assinale a opção cuja regência do verbo apresentado é a mesma do

(l. 28-29).

(A)

Lembrar-se.

(B)

Obedecer.

(C)

Visar (no sentido de almejar).

(D) Respeitar.

(E)

Chegar.

73.

(CESPE/ CLDF/ N. Superior)

A liberdade implica o compromisso de fortalecer o poder político contra a

insegurança de abalos institucionais.‖

( ) Em ―implica o compromisso‖, a substituição de ―o‖ por original do período

― com‖ mantém a correção gramatical e a informação

Gramática Esquematizada

Morfossintaxe Ênfase em Regência e Crase: TERMOS LIGADOS AO VERBO Aula 4