Você está na página 1de 18

Caderno de Questões

Caderno de Questões
Caderno de Questões
Caderno de Questões

Bimestre

Disciplina

Turmas

Período

Data da prova

P 32036

2.o

Química - Q.G.

 

2.o Bio/Exa

M

21/06/2013

Questões

Testes

 

Páginas

Professor(es)

4

16

14

Bergmann/Beth Zink/Franco

 

Verifique cuidadosamente se sua prova atende aos dados acima e, em caso negativo, solicite, imediatamente, outro exemplar. Não serão aceitas reclamações posteriores.

Aluno(a)

Turma

N.o

Nota

Professor

Assinatura do Professor

Instruções

1. Leia a prova com atenção.

2. Responda às questões a tinta, nos espaços indicados.

3. Não rasure os testes.

4. Não é permitido o uso de calculadoras ou de qualquer material que não esteja na prova.

5. Existe espaço para rascunho na própria prova.

Caro aluno, parabéns pelo trabalho realizado no 1.o bimestre com os quadrinhos. Se pudéssemos, colocaríamos vários outros, mas, por questões de espaço, segue um pequeno "aperitivo":

por questões de espaço, segue um pequeno "aperitivo": Boa prova e ótimas férias! Bergmann/Beth Zink/Franco

Boa prova e ótimas férias! Bergmann/Beth Zink/Franco

P 32036

p 2

Parte I: Questões (valor: 6,0)

01. (valor: 1,0) Complete com a fórmula ou nome oficial.

Nome

Fórmula molecular ou composição

bicarbonato de amônio

1.

soda cáustica

2.

carbonato de lítio

3.

ácido sulfúrico

4.

sulfato de alumínio

5.

6.

 

Fe 2 O 3

7.

N

2 O 4

8.

 

HNO 3

9.

Ca(OH) 2

10.

 

HClO 3

Nome

Fórmula estrutural

formol

11.

acetileno

12.

3-etil-2-metilpentano

13.

acetona

14.

metanoato de etila

15.

16.

16.

17.

17.

18.

18.

19.

19.

20.

20.

Aluno(a)

Turma

N.o

P 32036

p 3

02. (valor: 2,0) (UNICAMP-2013) “Pegada de carbono”, do Inglês carbon footprint, é a massa de gases do efeito estufa emitida por uma determinada atividade. Ela pode ser calculada para uma pessoa, uma fábrica, um país ou qualquer dispositivo, considerando-se qualquer intervalo de tempo. Esse cálculo, no entanto, é bem complexo e requer informações muito detalhadas. Por isso, no lugar da pegada de carbono, utiliza-se o fator de emissão de CO 2 , que é definido como a massa emitida de CO 2 por atividade. Uma pessoa, por exemplo, tem um fator de emissão de cerca de 800 gramas de CO 2 por dia, catabolizando açúcar, que pode ser representado pela fórmula CH 2 O, e gordura, que pode ser representada pela fórmula CH 2 .

a. (valor: 1,0) Tomando por base os dois “combustíveis humanos” citados (açúcar e gordura), qual deles teria maior fator de emissão de CO 2 , considerando-se uma mesma massa consumida? Justifique.

b. (valor: 1,0) Uma pessoa utiliza diariamente, em média, 150 gramas de gás butano (C 4 H 10 ) cozinhando alimentos. O fator de emissão de CO 2 relativo a esse cozimento é maior, menor ou igual ao da catabolização diária do ser humano indicada no texto? Justifique.

Dados: Massas molares (g/mol): H= 1; C = 12 ; O= 16.

P 32036

p 4

03. (valor: 1,5) A análise percentual da composição em massa de um composto orgânico aromático usado pela indústria alimentícia para conservação de alimentos e pela indústria farmacêutica na produção de cosméticos e medicamentos, principalmente de antifúngicos, está apresentada no gráfico a seguir.

de antifúngicos, está apresentada no gráfico a seguir. Com base nos dados presentes no gráfico, determine:

Com base nos dados presentes no gráfico, determine:

a. (valor: 0,5) A fórmula mínima (Dados: massas molares g/mol: C= 12, H=1, O=16).

b. (valor: 0,25) A fórmula molecular, sabendo que a massa molar determinada experimentalmente vale

122g/mol.

c. (valor: 0,5) Escreva a fórmula estrutural do composto orgânico.

d. (valor: 0,25) Indique a função orgânica.

Aluno(a)

Turma

N.o

P 32036

p 5

04. (valor: 1,5) (UFPR-2013/adaptada) A eletroforese de gel é uma técnica de separação de partículas carregadas num fluido, sob a influência de um campo elétrico uniforme. Com a aplicação deste campo, as partículas carregadas, por exemplo, proteínas, migram, de acordo com sua massa, em direção ao eletrodo B, de modo que proteínas de maior massa apresentem menor deslocamento. Para utilização desta técnica, deve-se, primeiramente, determinar qual o deslocamento de proteínas de massas conhecidas. Este procedimento foi repetido para fragmentos com massas iguais a 53, 76, 116 e 170 kg/mol e os resultados estão apresentados no esquema a seguir.

e os resultados estão apresentados no esquema a seguir. a. (valor: 1,0) Com base nos dados

a. (valor: 1,0) Com base nos dados presentes no esquema, construa o gráfico da massa da proteína em função do deslocamento da mesma. Escolha as escalas dos eixos de modo que os pontos fiquem bem distribuídos pelo quadriculado presente na folha de respostas e não se esqueça de nomear os eixos, indicando também a unidade utilizada.

quadriculado presente na folha de respostas e não se esqueça de nomear os eixos, indicando também

P 32036

p 6

b. (valor: 0,5) Utilizando o gráfico construído no item “a”, determine a massa aproximada da proteína X. Indique, no gráfico construído em “a”, o ponto utilizado para determinação da massa.

Parte II: Testes (valor: 4,0)

01.

(UNESP) A amônia (NH 3 ) pode ser biologicamente produzida, sendo encontrada em excrementos de seres humanos e de outros animais. Esta substância apresenta caráter alcalino, podendo reagir com outros gases presentes na atmosfera, responsáveis pela chuva ácida. As reações de neutralização desta base com os ácidos sulfúrico (H 2 SO 4 ) e nítrico (HNO 3 ) produzem, respectivamente, os sais:

a. NH 3 HSO 4 e NH 3 NO 3 .

 

b. NH 3 HSO 3 e (NH 3 ) 2 NO 2 .

c. (NH 4 ) 2 SO 3 e NH 4 NO 3 .

d. (NH 4 ) 2 SO 4 e NH 4 (NO 2 ) 2 .

e. (NH 4 ) 2 SO 4 e NH 4 NO 3 .

02.

(UFPR-2013) A tabela abaixo mostra como é distribuída a população brasileira por regiões da Federação, com base em dados do censo de 2010. Qual dos gráficos de setores a seguir melhor representa os dados dessa tabela?

Região

População (em milhões)

 

Norte

15,8

Nordeste

53,0

Sudeste

80,3

Sul

27,3

Centro-Oeste

14,0

Fonte: IBGE

a.

b.

c.

 
 
 
 

d.

e.

53,0 Sudeste 80,3 Sul 27,3 Centro-Oeste 14,0 Fonte: IBGE a. b. c.   d. e.
53,0 Sudeste 80,3 Sul 27,3 Centro-Oeste 14,0 Fonte: IBGE a. b. c.   d. e.

Aluno(a)

Turma

N.o

P 32036

p 7

03. (PUCCAMP-2013) Dentre os vários tipos de leucócitos encontra-se o eosinófilo. Para diminuir o efeito das reações alérgicas no corpo humano, os eosinófilos liberam o cortisol, um hormônio cuja fórmula estrutural está representada a seguir.

cuja fórmula estrutural está representada a seguir. Nessa estrutura observa-se: I. anel aromático. II. grupo

Nessa estrutura observa-se:

I. anel aromático.

II. grupo carboxila.

III. cadeia insaturada.

Está correto o que consta apenas em

a. I

b. II

c. III

d. I e II

e. II e III

04. (Simulado-ENEM) O ácido fosfórico é uma substância muito utilizada, principalmente na indústria de fertilizantes, de bebidas e farmacêutica. Um dos métodos de obtenção desse ácido consiste na oxidação do fósforo a P 2 O 5 e posterior reação do óxido com água, produzindo o ácido fosfórico, cujas reações são representadas nas equações:

4P (s) P 2 O 5 (s)

+

+

5O 2 (g) 3H 2 O (l)

2 P 2 O 5 (s) 2 H 3 PO 4 (l)

Dado: massas molares em g/mol: H = 1; O = 16; P = 31.

Considerando que a reação se processa por completo, para obtenção de 490 kg de ácido fosfórico, é necessária uma quantidade de fósforo, em kg, igual a

a. 155

b. 190

c. 230

d. 290

e. 310

05. (Simulado-ENEM) Os alcanos são compostos orgânicos que apresentam aplicações, principalmente, nos combustíveis, pois são derivados do petróleo. Esses compostos são conhecidos também como parafinas (do latim parun affinis, pouca afinidade) porque, de fato, os alcanos são muito pouco

reativos.

Assinale a alternativa que apresenta a correspondência correta entre a nomenclatura e a fórmula molecular de um alcano.

a. metilbutano, C 4 H 10

b. 2,2-dimetilbutano, C 6 H 14

c. hexano, C 6 H 12

d. icosano, C 20 H 38

e. decano, C 10 H 20

P 32036

p 8

06. (FATEC-SP-2013) A pesquisa de Inovação Tecnológica, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), visa fornecer informações para a construção de indicadores setoriais, nacionais e regionais das atividades de inovação tecnológica das empresas brasileiras com 10 ou mais pessoas ocupadas, tendo como universo de investigação as atividades das indústrias, de serviços selecionados (edição, telecomunicações, informática) e de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D).

www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/industria/pintec/2008/ default.shtm. Acesso em: 08.10.2012. Adaptado

Considerando o gráfico sobre os dados dessa pesquisa, é correto afirmar que, no período de

2006-2008,

Taxa de inovação de produtos e processo, por atividade da indústria, dos serviços selecionados e de P&D, segundo o referencial da inovação Brasil - período 2006/2008 (em %)

referencial da inovação Brasil - período 2006/2008 (em %) a. as indústrias apresentaram a maior taxa

a. as indústrias apresentaram a maior taxa de inovação de produto novo para o mercado nacional.

b. as empresas de P&D apresentaram a menor taxa de inovação de processo novo para o setor no Brasil.

c. o setor que apresentou maior taxa de inovação em produtos e/ou processos é o das empresas de serviços selecionados.

d. 22,9% das indústrias inovaram no produto, porém apenas 9,1% das indústrias implementaram produto novo para o mercado nacional.

e. 82,5% das empresas de P&D inovaram no processo e 72,5% implementaram produto novo para o mercado nacional.

07. (ITA-2013) Considere as seguintes substâncias:

processo e 72,5% implementaram produto novo para o mercado nacional. 07. (ITA-2013) Considere as seguintes substâncias:

Aluno(a)

Turma

N.o

P 32036

p 9

Aluno(a) Turma N.o P 32036 p 9 Dessas substâncias, é (são) classificada(s) como cetona(s) apenas a.

Dessas substâncias, é (são) classificada(s) como cetona(s) apenas

a. I e II

b. II

c. II e III

d. II, III e IV

e. III

08. (FEI-2013) Qual das alternativas abaixo apresenta somente compostos caracterizados pela presença do grupo funcional carbonila?

a. éster, álcool e ácido carboxílico.

b. cetona, ácido carboxílico e éter.

c. éter, cetona e amida.

d. éster, cetona e amina.

e. ácido carboxílico, éster e cetona.

09. (ENEM-2012) A produção mundial de alimentos poderia se reduzir a 40% da atual sem a aplicação de controle sobre as pragas agrícolas. Por outro lado, o uso freqüente dos agrotóxicos pode causar contaminação em solos, águas superficiais e subterrâneas, atmosfera e alimentos. Os biopesticidas, tais como a piretrina e a coronopilina, têm sido uma alternativa na diminuição dos prejuízos econômicos, sociais e ambientais gerados pelos agrotóxicos.

sociais e ambientais gerados pelos agrotóxicos. Identifique as funções orgânicas presentes

Identifique as funções orgânicas presentes simultaneamente nas estruturas dos dois biopesticidas apresentados

a. éter e éster.

b. cetona e éster.

c. álcool e cetona.

d. aldeído e cetona.

e. éter e ácido carboxílico.

10. (FEI-2013) Em um óxido de nitrogênio foi encontrado 36,4%, em massa, de oxigênio. Qual a fórmula mínima deste óxido?

Dados: massas (g/mol): N=14; O=16.

a. NO

b. N 2 O

c. NO 2

d. N 2 O 3

e. N

2 O 5

P 32036

p 10

11. (CESUMAR-2013) A gingerona é o componente ativo do gengibre, sendo o principal responsável pela sensação de ardência dessa especiaria, bastante utilizada na culinária e na medicina tradicional.

bastante utilizada na culinária e na medicina tradicional. A partir da análise da fórmula estrutural da

A partir da análise da fórmula estrutural da gingerona é correto afirmar que as funções orgânicas

presentes e a sua fórmula estrutural são:

a. álcool, éter e éster, C 11 H 20 O 3

b. fenol, éter e cetona, C 11 H 20 O 3

c. álcool, éster e aldeído, C 11 H 8 O 3

d. fenol, éter e cetona, C 11 H 14 O 3

e. ácido carboxílico, éster e aldeído, C 11 H 14 O 3

12. (PUCCAMP-2013/adaptada) Uma análise recente dos compostos orgânicos voláteis do suor de 200 voluntários austríacos demonstrou que dessa mistura de quase 5 000 ácidos, alcoóis, cetonas e

aldeídos, 44 deles variam o suficiente para produzir um perfil químico capaz de ser lido da mesma

forma que uma digital. (

outros. Não há ainda como capturar o cheiro total de um indivíduo e usar os dados para identificá-lo,

mas há rumores de que o governo dos EUA está interessado numa tecnologia do tipo (

Revista Galileu, setembro de 2012. p. 70

Entre os 5000 ácidos do suor humano está o ácido úrico, cuja fórmula está representada a seguir.

)

os compostos podem influenciar a maneira como identificamos uns aos

).

podem influenciar a maneira como identificamos uns aos ). A fórmula molecular desse ácido e a

A fórmula molecular desse ácido e a porcentagem em massa de carbono nessa estrutura são,

respectivamente,

Dados: massas molares (g/mol): C = 12; H = 1; O = 16; N = 14.

a. C 5 H 4 N 4 O 3 e 35,7%

b. C 5 H 6 N 4 O 3 e 21,2%

c. C 6 H 6 N 4 O 3 e 34,3%

d. C 5 H 6 N 4 O 3 e 41,3%

e. C 5 H 4 N 4 O 3 e 53,6%

Aluno(a)

Turma

N.o

P 32036

p 11

13. (UFRJ) Um camundongo, com 10 g, apresenta a seguinte composição centesimal em massa:

10 g, apresenta a seguinte composição centesimal em massa: A quantidade máxima de água (H 2

A quantidade máxima de água (H 2 O), em gramas, que poderia ser formada pela união dos átomos de hidrogênio e oxigênio presentes no camundongo é:

Dados: Massas molares em g/mol: H = 1; O = 16.

a. 7,2.

b. 7,4.

c. 8,0.

d. 9,5.

e. 10,2.

14. (FUVEST) Dentre as estruturas a seguir, duas representam moléculas de substâncias, pertencentes à mesma função orgânica, responsáveis pelo aroma de certas frutas.

orgânica, responsáveis pelo aroma de certas frutas. Essas estruturas são: a. A e B b. B

Essas estruturas são:

a. A e B

b. B e C

c. B e D

d. A e C

e. A e D

P 32036

p 12

15. (VUNESP) O nome do composto de fórmula estrutural:

p 12 15. (VUNESP) O nome do composto de fórmula estrutural: segundo as regras oficiais de

segundo as regras oficiais de nomenclatura é:

a. 4,5-dimetil-3-propil-hex-1-eno

b. 4,5-dimetil-3-propil-hex-2-eno

c. 3-propil-4,5-dimetil-hex-1-eno

d. 2,3-dimetil-4-propil-hex-5-eno

e. 3-pentil-hex-1-eno

16. A essência artificial de ananás apresenta a seguinte composição:

Aldeído acético (etanal)

1

mL

Butanoato de etila

5

mL

Butanoato de pentila

10

mL

Glicerina (propanotriol)

3

mL

Clorofórmio

1

mL

Álcool etílico

100

mL

Em relação aos componentes dessa essência, pode-se afirmar:

a. O butanoato de etila é um éster.

b. O butanoato de pentila é um éter.

c. A glicerina é uma cetona.

d. O álcool etílico é o metanol.

e. A fórmula do álcool etílico é CH 3 OH.

Folha de Respostas

Bimestre

Disciplina

Data da prova

P 32036

2.o

Química- Q.G.

21/06/2013

p 13

Aluno(a)

Turma

N.o

Nota

Professor

Assinatura do Professor

 

Parte I: Questões (valor: 6,0)

01.

(valor: 1,0)

1.

6.

2.

7.

3.

8.

4.

9.

5.

10.

11.

16.

12.

17.

13.

18.

14.

19.

15.

20.

02.

(valor: 2,0)

a.

P 32036

p 14

b. 03. (valor: 1,5) a. b. c. d. Função: 04. (valor: 1,5) a. b. massa
b.
03.
(valor: 1,5)
a.
b.
c.
d. Função:
04.
(valor: 1,5)
a.
b. massa aproximada de X =

Parte II: Testes (valor: 4,0)

Quadro de Respostas

Obs.: 1. Assinalar com X, a tinta, a resposta que julgar correta. 2. Rasura = Anulação.

 

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

a

                               

b

                               

c

                               

d

                               

e

                               

P 32036G 2.o Bio/Exa Química – Q.G. Bergmann/Beth Zink/Franco

21/06/2013

Parte I: Questões

01.

Bergmann/Beth Zink/Franco 21/06/2013 Parte I: Questões 01. Nome Fórmula molecular ou composição Bicarbonato

Nome

Fórmula molecular ou composição

Bicarbonato de amônio

1. NH 4 HCO 3

 

Soda cáustica

2. NaOH

 

Carbonato de lítio

3. Li 2 CO 3

 

Ácido sulfúrico

4. H 2 SO 4

 

Sulfato de alumínio

5. Al 2 (SO 4 ) 3

 

6. Óxido de ferro (III)

Fe 2 O 3

 

7. Tetróxido de dinitrogênio

N 2 O 4

 

8. Ácido nítrico

HNO 3

 

9. Hidróxido de cálcio

Ca(OH) 2

 

10.

Ácido clórico

HClO 3

 

Nome

Fórmula estrutural

Formol

11.

Formol 11.

Acetileno

12.

HC CH

 

3-etil-2-metilpentano

13.

3-etil-2-metilpentano 13.
 

Acetona

14.

H 3 C — C — CH 3

   

||

O

Metanoato de etila

15.

Metanoato de etila 15.

16. Ácido acético ou ácido etanoico

16. Ácido acético ou ácido etanoico  
 

17. Etanoato de propila

17. Etanoato de propila

18. 2,2,4-trimetilpentano

18. 2,2,4-trimetilpentano

19. Propano-1,2,3-triol

H 2 C — CH — CH 2 |

|

|

OH

OH

 

OH

20. Metoxibenzeno

20. Metoxibenzeno  
 

02.

a.

Para o açúcar, temos:

CH 2 O ———————– CO 2

30 g/mol

Portanto, 30 g de açúcar liberam 44 g de CO 2 .

44 g/mol

Já para a gordura:

CH 2 –––––––––––––––– CO 2

14 g/mol

44 g/mol

Tomando como base uma massa de 30 g de gordura:

14

g ——————–––– 44 g

30

g ——————–––– x

x = 94,3 g

Logo, 30 g de gordura liberam 94,3 g de CO 2 .

Assim, a gordura tem maior fator de emissão de CO 2 , pois libera maior massa de CO 2 .

b.

A utilização do gás butano (C 4 H 10 ) como combustível, durante o cozimento, dá-se de acordo com a

equação:

C 4 H 10 + 13/2 O 2 4CO 2 + 5H 2 O

58 g/mol

44 g/mol

1 mol de C 4 H 10

58 g ————————– 4 44 g

150 g ———————— x

4 mol de CO 2

x = 455,2 g de CO 2

Portanto, como uma pessoa, ao catabolizar açúcar e gordura, emite 800 gramas de CO 2 diariamente,

o uso de butano como combustível durante o cozimento de alimentos tem menor fator de emissão de CO 2 .

03.

a.

C

68,85

12

5,74

C 1,64

C 3,5

H 4,92

1

H 4,92

1 64

,

H 3 O

O 26,23

16

1,64

O 1,64

C 7 H 6 O 2 (fórmula mínima)

b. M

M

experimental = 122 g/mol

fórmula mínima 122 g/mol

Portanto, a fórmula molecular é C 7 H 6 O 2 .

c.

d.

g/mol fórmula mínima 122 g/mol Portanto, a fórmula molecular é C 7 H 6 O 2

Ácido carboxílico.

04.

a.

04. a. b. Em primeiro lugar, deve-se determinar o deslocamento associado à proteína X. A partir

b. Em primeiro lugar, deve-se determinar o deslocamento associado à proteína X. A partir do esquema, calcula-se que ele vale 9,5 – 5,7 = 3,8 cm.

do esquema, calcula-se que ele vale 9,5 – 5,7 = 3,8 cm. Com o valor do

Com o valor do deslocamento, basta obter do gráfico o valor da massa da proteína, que vale aproximadamente 98 kg/mol.

o valor do deslocamento, basta obter do gráfico o valor da massa da proteína, que vale

Parte II: Testes

01. e

09. b

02. a

10. b

03. c

11. d

04. a

12. a

05. b

13. a

06. e

14. d

07. a

15. a

08. e

16. a