Você está na página 1de 28
25 otimizações em Facebook Ads Uma lista de dicas comprovadas para aumentar suas conversões
25 otimizações em Facebook Ads Uma lista de dicas comprovadas para aumentar suas conversões
25 otimizações em Facebook Ads Uma lista de dicas comprovadas para aumentar suas conversões
25 otimizações em Facebook Ads Uma lista de dicas comprovadas para aumentar suas conversões

25

otimizações em Facebook Ads

Uma lista de dicas comprovadas para aumentar suas conversões

25 otimizações em Facebook Ads Uma lista de dicas comprovadas para aumentar suas conversões
25 otimizações em Facebook Ads Uma lista de dicas comprovadas para aumentar suas conversões
25 otimizações em Facebook Ads Uma lista de dicas comprovadas para aumentar suas conversões
Índice Introdução 5 Estratégia geral 6 Dica 0 - Use o Facebook Power Editor 6

Índice

Introdução

5

Estratégia geral

6

Dica 0 - Use o Facebook Power Editor

6

1 - Instale o Pixel de conversão do Facebook Ads

7

2 - Não tente vender para um público que não te conhece

9

3 - Não faça da aquisição de fãs o principal objetivo da sua estratégia

11

- Promover posts do blog para aumentar o volume de pessoas na sua lista de retargeting

4

12

5

- Rastreie todo o tráfego do Facebook Ads utilizando o URL Builder

13

- Monitore os Leads gerados via Facebook Ads no seu funil de vendas para certificar que eles estão gerando ROI

6

13

7

- Teste tudo o que for relativo à campanha

14

Leilão e orçamento

15

8 - Utilize investimento diário na maioria dos casos

15

9 - Comece sempre com CPM automático (oCPM)

15

10 - Se a sua audiência for muito pequena, use o leilão por CPM

16

11 - Use CPM para retargeting

16

12 - Comece com um orçamento pequeno antes de “pisar no acelerador”

17

13 - Comece com uma segmentação ampla e, em seguida, a reduza com base nos

dados

14 - Não está atingindo bons resultados com oCPM? Ajuste o lance para o máximo

17

do CPA

18

Criativos (Imagens, Banners e Peças)

19

15 - Fique de olho na frequência dos anúncios que estão no ar

19

16 - Transmita sua mensagem no anúncio com menos de 20% de texto

20

17 - Monitore comentários nos seus anúncios

20

18 - Use o mesmo post ID em outros conjuntos de anúncios

21

Índice

18 - Use o mesmo post ID em outros conjuntos de anúncios 21 Índice 25 Otimizações
Segmentação e Público-alvo 22 19 - Faça uma campanha de retargeting para pessoas que visitaram

Segmentação e Público-alvo

22

19 - Faça uma campanha de retargeting para pessoas que visitaram suas páginas

mais importantes

22

20 - Faça bom uso dos públicos personalizados

22

21 - Públicos semelhantes do pixel de conversão geralmente têm as melhores

performances

23

22

- Exclua um Público Personalizado que já converteu na sua campanha

24

23 - Segmente por pessoas específicas ou funcionários de empresas

24

Posicionamento do anúncio

26

24 - Anúncios na coluna da direita? Sim, eles funcionam!

26

25 - Utilize a lista de pessoas que viram um vídeo através da campanha

26

Dica Extra: Gere conversões através da campanha com Instagram Ads

27

Conclusão

28

Índice

através da campanha com Instagram Ads 27 Conclusão 28 Índice 25 Otimizações Práticas em Facebook Ads
Introdução Introdução Para conseguir aumentar a geração de Leads e oportunidades de negócio, muitas empresas

Introdução

Introdução

Para conseguir aumentar a geração de Leads e oportunidades de negócio, muitas empresas recorrem à mídia paga, principalmente ao Google AdWords e ao Facebook Ads. A rapidez e facilidade para criar novas campanhas e a velocidade com que os resultados aparecem - principalmente quando a mídia paga é comparada aos canais orgânicos - são grandes atrativos que tornam esses canais acessíveis a qualquer um que queira começar a anunciar seu produto ou serviço.

N o entanto, é por essa facilidade que frequen- temente encontramos pessoas que não atin- giram, por esses canais, o resultado esperado,

e por isso não acreditam que um novo investimento possa ter um retorno positivo.

Isso acontece principalmente pela falta de alinhamento desse investimento com a estratégia de Marketing da empresa, o que leva a campanhas não otimizadas e sem objetivo claro.

Em todo caso, é preciso entender que os anúncios não vendem por si só: é necessário entender a dinâmica dessas ferramentas, o perfil do público-alvo presente em cada canal e as otimizações e boas práticas que farão diferença nos resultados.

Neste eBook, focado principalmente no Facebook Ads, traremos algumas dicas intermediárias e avançadas

25 Otimizações Práticas em Facebook Ads

para você criar suas campanhas (ou otimizar as existen- tes) e obter maior retorno sobre o investimento.

Essas dicas foram testadas (e são utilizadas) por nós e nos garantiram, em 2015, mais de 700.000 conversões.

Caso você nunca tenha anunciado no Facebook Ads, recomendamos o eBook Introdução ao Marketing no Facebook, onde há um capítulo indicando os primeiros passos para você criar sua primeira campanha.

Bons resultados!

Facebook , onde há um capítulo indicando os primeiros passos para você criar sua primeira campanha.

4

Facebook , onde há um capítulo indicando os primeiros passos para você criar sua primeira campanha.
Facebook , onde há um capítulo indicando os primeiros passos para você criar sua primeira campanha.
Facebook , onde há um capítulo indicando os primeiros passos para você criar sua primeira campanha.
Para começar a usar o Power Editor, acesse este link
Para começar a
usar o Power Editor,
acesse este link
Para começar a usar o Power Editor, acesse este link Estratégia geral Dica 0 - Use

Estratégia geral

Dica 0 - Use o Facebook Power Editor

O Power Editor é uma ferramenta de gestão de anúncios no Facebook que permite reali- zar diversas ações de forma mais rápida,

tais como criar, editar e duplicar campanhas e realizar alterações em massa.

Estratégia geral

e realizar alterações em massa. Estratégia geral Consideramos o uso do Power Editor um pré-re- quisito

Consideramos o uso do Power Editor um pré-re- quisito para poder trabalhar com Facebook Ads de forma mais eficiente e produtiva — tanto que o chamamos aqui de dica 0.

No Power Editor, tudo o que você cria e edita fica offli- ne, ou seja, para aplicar todas as alterações nos seus anúncios você deve fazer upload das mudanças atra- vés da própria ferramenta, como no exemplo abaixo:

das mudanças atra- vés da própria ferramenta, como no exemplo abaixo: 25 Otimizações Práticas em Facebook
1 - Instale o Pixel de conversão do Facebook Ads O pixel do Facebook é

1 - Instale o Pixel de conversão do Facebook Ads

O pixel do Facebook é um pequeno trecho de códi- go que você deve instalar em seu site para obter informações e realizar ações, tais como:

• Contabilizar o número de conversões realizadas a partir de campanhas do Facebook Ads;

• Criar uma lista de retargeting, ou seja, toda vez que uma pessoa estiver “logada” no Facebook e passar pelo seu site (isto é, muita gente), o Facebook saberá essa informação e permitirá que você exiba anúncios para todas essas pessoas dentro da rede;

Estratégia geral

para todas essas pessoas dentro da rede; Estratégia geral • Criar uma lista de público semelhante

• Criar uma lista de público semelhante (Lookalike Audience). Com base na lista das pessoas que passa- ram pelo seu site, o Facebook irá procurar outras pessoas com perfil parecido, expandindo assim a audiência dos seus anúncios.

Sendo assim, para aumentar (e muito) seus resultados e diminuir o custo por Lead, é bem importante que você tenha o pixel instalado.

Para pegar esse código, entre na sua conta de anúncios, vá em “Ferramentas” e clique em “Pixels”.

Na página do Pixel, selecione “Ações” e clique em “Visualizar código do pixel”:

selecione “Ações” e clique em “Visualizar código do pixel”: 25 Otimizações Práticas em Facebook Ads 6
Dica! Para verificar se o pixel está instalado corretamente, existe um plugin no nave g

Dica!

Para verificar se o pixel está instalado corretamente, existe um plugin no navegador Google Chrome chamado Pixel Helper. Com esse plugin você poderá saber se o pixel está instalado corretamente, quantos códigos o site possui e qual é o ID do pixel.

quantos códigos o site possui e qual é o ID do pixel. Com o código em

Com o código em mãos, começa a parte técnica da instalação. Neste momento, ao invés de realizar a insta- lação do pixel diretamente no código, recomendamos fortemente o uso do Google Tag Manager. Trata-se de um serviço do Google em que, a partir de um único código, você consegue inserir diversos outros, incluindo o Pixel do Facebook Ads. Se preferir dessa forma, temos um post explicando como utilizá-lo.

Estratégia geral

um post explicando como utilizá-lo . Estratégia geral Caso você tenha acesso aos códigos do site

Caso você tenha acesso aos códigos do site e queira fazer a instalação sem o Google Tag Manager, copie o código do pixel e coloque-o entre as tags <head> e </ head> do código fonte do seu site.

as tags <head> e </ head> do código fonte do seu site. 25 Otimizações Práticas em
2 - Não tente vender para um público que não te conhece Muitas empresas pensam

2 - Não tente vender para um público que não te conhece

Muitas empresas pensam que, por estarem pagando para gerar tráfego para uma oferta, devem focar direto na venda de um produto, ou seja, direcionar todos os anúncios para uma página de produto ou serviço.

Acontece que nem todas as pessoas estão no momento de compra. Como mostra Chet Holmes em seu livro The Ultimate Sales Machine, apenas 3% do seu público potencial está procurando ativamente pelo seu serviço:

Estratégia geral

procurando ativamente pelo seu serviço: Estratégia geral Sendo assim, o que recomendamos é alinhar sua estra-

Sendo assim, o que recomendamos é alinhar sua estra- tégia de compra de mídia a uma estratégia de Inbound Marketing, fazendo anúncios de ofertas para as pessoas que ainda não estão no momento de compra.

Você pode fazer isso ofertando algo de valor para o momento dessas pessoas, como eBooks, webinars, ferramentas gratuitas, templates etc. Em troca das ofertas, as pessoas te darão informações - como nome, email, empresa, cargo, segmento etc. - que você usará para qualificá-las e manter o relacionamento.

Com essas informações em mãos, você poderá nutrir esses Leads e fazê-los chegar mais rápido ao momento de compra.

nutrir esses Leads e fazê-los chegar mais rápido ao momento de compra. 25 Otimizações Práticas em
Para entender bem esse processo de atração, conversão e relacionamento (entre outros), recomendamos conhecer a

Para entender bem esse processo de atração, conversão e relacionamento (entre outros), recomendamos conhecer a Trilhas de Resultados: Aprender Marketing Digital com Especialistas.

de Resultados: Aprender Marketing Digital com Especialistas. PARTICIPE DA TRILHA Estratégia geral Caso você já tenha

Estratégia geral

com Especialistas. PARTICIPE DA TRILHA Estratégia geral Caso você já tenha uma base de Leads, a

Caso você já tenha uma base de Leads, a dica neste momento é começar um relacionamento via Facebook Ads procurando esses Leads no Facebook e criando uma lista a partir deles.

Como funciona: você criará um Público Personalizado a partir de uma lista de emails. Após fazer upload dessa lista, o Facebook verá quais daqueles emails estão associados a algum de seus usuários e criará uma segmentação para quem você poderá exibir anúncios.

uma segmentação para quem você poderá exibir anúncios. Na Resultados Digitais, grande parte do nosso orçamento

Na Resultados Digitais, grande parte do nosso orçamento para mídia paga é destinado a anúncios com foco em geração de Leads para atrair novos usuários. Isso permite que nós aumentemos nossa base e criemos outras formas de relacionamento, aumentando também as chances de fechar uma venda.

3 - Não faça da aquisição de fãs o principal objetivo da sua estratégia Muita
3 - Não faça da aquisição de fãs o principal objetivo da sua estratégia Muita

3 - Não faça da aquisição de fãs o principal objetivo da sua estratégia

Muita gente se impressiona com alguns números comuns em Web Analytics: número de pageviews, segui- dores no Twitter, pessoas que curtiram no Facebook, visualizações no Youtube etc.

Esse tipo de métrica costuma fazer muito bem para o ego. O responsável de Marketing ganha crédito e admiração na empresa e tudo parece perfeito. Falta, no entanto, um ponto essencial: quanto isso contribui para as vendas? Afinal, vender é a única atividade que efeti- vamente traz dinheiro para dentro da empresa. Todo o restante é custo.

Uma das grandes vantagens do Marketing Digital é sua alta capacidade de mensuração, e não utilizá-la correta- mente pode ser considerado um desperdício.

Estratégia geral

pode ser considerado um desperdício. Estratégia geral É claro que quantidade é importante, pois isso serve

É claro que quantidade é importante, pois isso serve

de prova social e transmite credibilidade para muitas pessoas que ainda não conhecem a empresa. Acontece que, como dissemos anteriormente, focar nessa métrica não será algo que trará retorno em vendas de forma direta.

Outro fator aqui é o baixo alcance orgânico: quando você compartilhar alguma coisa na página da sua empresa, essa atualização não será exibida para 100% dos seus fãs. Pelo contrário, será exibida para uma fatia bem pequena, sendo que, para alcançar mais pessoas, deverá pagar para isso.

A recomendação, nesse caso, é focar os anúncios em

“conversões no site”, como mostra a imagem abaixo. Isso porque a métrica final (conversões) representa de fato algo que terá impacto financeiro, seja imediatamen- te, quando o anúncio for para um produto, ou indireta- mente, quando o foco for a geração de Leads.

Com esse objetivo, você conseguirá mostrar - e compro- var - o ROI (retorno sobre o investimento).

Falando de Facebook Ads, um erro bem comum que observamos ocorre quando as empresas focam grande parte do seu orçamento em aquisição de fãs, ou seja, em aumentar o número de curtidas da página.

4 - Promover posts do blog para aumentar o volume de pessoas na sua lista

4 - Promover posts do blog para aumentar o volume de pessoas na sua lista de retargeting

Por ser uma oferta indireta e de baixa concorrência, promover posts do blog da sua empresa é uma boa estratégia para conseguir tráfego a um baixo custo por clique.

Com esse tipo de campanha, você direciona o tráfego para seu blog e faz com com que essas pessoas tenham contato com o seu Pixel do Facebook Ads (como fala- mos na dica #1). Isso fará com que elas sejam incluídas

Estratégia geral

Isso fará com que elas sejam incluídas Estratégia geral na sua lista de retargeting, a qual

na sua lista de retargeting, a qual você poderá utilizar como público para direcionar suas campanhas.

Para saber mais sobre retargeting, leia o post “Como

Uma dica extra que surge a partir desta é entrar em “Informações de Público” e descobrir mais sobre sua audiência, como as páginas que essas pessoas curtem, suas localizações, entre outras coisas.

Na imagem abaixo, um exemplo das páginas curtidas pelas pessoas que passaram pelo site da Resultados Digitais.

5 - Rastreie todo o tráfego do Facebook Ads utilizando o URL Builder Como dissemos

5 - Rastreie todo o tráfego do Facebook Ads utilizando o URL Builder

Como dissemos anteriormente, uma grande vanta- gem do Marketing Digital é sua capacidade de mensuração. Toda ação realizada é passível de uma análise fina dos resultados.

Algo que acontece atualmente na maioria das ferra- mentas de web analytics, incluindo o Google Analytics, é a não distinção entre o tráfego vindo dos anúncios do Facebook e o tráfego orgânico, ou seja, que não veio de um canal pago.

Para contornar essa situação e poder mensurar correta- mente suas campanhas de Facebook Ads, recomenda- mos o uso do URL Builder, um recurso do Google que permite rastrear a origem do tráfego de forma persona- lizada e tornar mais fácil a análise dos resultados.

Para fazer isso no Facebook Ads, você pode colocar as tags necessárias na opção avançada do anúncio, em “marcações de URL”. Mais detalhes são explica- dos nesse post: “Como rastrear Facebook Ads no Google Analytics”.

Estratégia geral

Facebook Ads no Google Analytics ”. Estratégia geral 6 - Monitore os Leads gerados via Facebook

6 - Monitore os Leads gerados via Facebook Ads no seu funil de vendas para certificar que eles estão gerando ROI

O gerenciador de anúncios do Facebook Ads é uma excelente ferramenta para acompanhar o desempenho de suas campanhas (custos, orçamento, alcance, etc.).

Acontece que, para uma análise mais profunda dos resultados que realmente causam impacto na empresa, você precisará de outras ferramentas - como o Google Analytics, que serve para tirar melhores insights dos visitantes que chegarem ao site, e uma ferramenta de Automação de Marketing, como o RD Station, para manter o relacionamento com os Leads e analisar o resultado em vendas trazido por cada campanha.

Aqui na Resultados Digitais nós utilizamos o RD Station para ter uma visão completa do funil de vendas e algumas informações a mais sobre os Leads, como seu estágio de compra e sua evolução no funil ao longo do tempo.

Toda essa informação alimenta o Marketing BI, funcio- nalidade que traz, entre outras informações, o ciclo de venda (geral e por fonte de tráfego) e eficácia de cada campanha de Marketing Digital.

7 - Teste tudo o que for relativo à campanha Isso nem deveria entrar como

7 - Teste tudo o que for relativo à campanha

Isso nem deveria entrar como dica, mas como pré-re- quisito para tudo no Marketing Digital. Já vimos diversas vezes campanhas fracassarem por erros que poderiam ter sido percebidos em simples testes. No caso de anúncios é ainda pior, pois é dinheiro desperdiçado.

Quanto a isso, é interessante sempre fazer double-che- ck para confirmar se o caminho da estratégia da campa- nha vai funcionar e para certificar que o usuário chegue ao seu objetivo.

Antes de colocar um anúncio no ar ou aumentar seu orçamento de Facebook Ads e começar a investir mais pesado, pense em toda a estratégia e o que vai aconte- cer após o Lead clicar em seu anúncio. Algumas coisas que você deve checar:

• A segmentação do anúncio está correta?

Estratégia geral

A segmentação do anúncio está correta? Estratégia geral • Para onde estão indo os Leads após

• Para onde estão indo os Leads após o preen- chimento do formulário? Existe uma página de agradecimento?

• A integração com seu software de Email Marketing está funcionando?

Há algum fluxo de automação configurado para manter o relacionamento após a conversão do visi- tante em Lead?

Tudo isso faz parte de uma estratégia de Marketing Digital bem definida. Verifique tudo isso antes, pois nem a melhor campanha do mundo, com o maior investi- mento em dinheiro, consegue ter resultados satisfató- rios sem que a estratégia toda esteja funcionando.

Há erros ortográficos no anúncio ou nas páginas para onde irão os Leads?

• A Landing Page (página para onde o anúncio direcio- na o visitante) está funcionando?

Os textos estão transmitindo bem a proposta de valor da sua oferta?

Leilão e orçamento 8 - Utilize investimento diário na maioria dos casos Há duas maneiras

Leilão e orçamento

8 - Utilize investimento diário na maioria dos casos

Há duas maneiras de utilizar o orçamento destinado a cada campanha:

Orçamento vitalício: Nesta modalidade, você define um orçamento para toda a campanha e permite que o algoritmo do Facebook defina os melhores dias e horários para entregar seus anúncios. Acontece que, para obter um bom aprendizado e otimizar sua campanha, são necessários no mínimo 7 dias. Os valores de consumo ficam variando até o término da campanha, o que faz variar também os resultados.

Orçamento diário: Nesta modalidade, você define um valor máximo a ser utilizado por dia. É a forma mais eficiente de controlar os gastos e ao mesmo tempo forçar a plataforma de anúncios a entregar o consumo proposto. Se houver necessidade de entre- gar mais rápido os resultados, você ainda poderá aumentar o investimento diário.

Com base nisso, após diversos testes medindo o ROI de cada campanha, concluímos que o orçamento diário é a

Leilão e orçamento

melhor opção na maioria das campanhas que fazemos, pois temos mais controle sobre a entregabilidade dos anúncios.

9 - Comece sempre com CPM automático (oCPM)

Além do orçamento, existe também a forma como é cobra- da a veiculação dos anúncios no Facebook. As opções principais são:

CPM

CPM não é aquela banda de rock :) Significa “Custo Por Mil impressões”, ou seja, sua empresa será cobrada a cada mil vezes que o anúncio é exibido.

Neste formato, se você definir um lance manual maior do que o apresentado na ferramenta, o Facebook priorizará a entrega dos anúncios no Feed de Notícias.

CPC

CPC significa “Custo Por Clique”, ou seja, você será cobrado apenas se o usuário clicar no anúncio. Esse formato costu- ma ser a melhor opção se você desejar pagar somente

quando uma pessoa de fato clicar no anúncio e for direcio- nada para seu site.

quando uma pessoa de fato clicar no anúncio e for direcio- nada para seu site.

O CPC é uma boa opção quando seus anúncios estão configurados para aparecer na lateral direita do Facebook. Nesse local, os anúncios se atualizam de tempos em tempos, ou seja, são exibidos com maior frequência, preju- dicando seu orçamento caso você esteja pagando por CPM.

Leilão e orçamento

10 - Se a sua audiência for muito pequena, use o leilão por CPM

Após selecionar o público-alvo, caso você observe que ele contém menos de 100.000 pessoas, o modelo de CPM tende a funcionar melhor.

oCPM (CPM otimizado/automático)

O oCPM (CPM otimizado) é o modelo de compra por leilão automático em que o Facebook otimiza sua campanha para ser exibida a quem tem maior probabilidade de clicar e converter. Esse modelo costuma ser mais efetivo e trazer mais conversões do que o lance manual de CPM ou CPC.

Como seu anúncio vai iniciar “do zero”, sem histórico de performance, utilizar o oCPM ajuda o algoritmo do Facebook Ads a definir o público que tende a ter mais afini- dade com o anúncio. Caso você ache necessário, depois de um tempo também poderá alterar o modelo de compra e o lance manualmente.

Nesse caso, por ser um público mais segmentado, o algoritmo de entrega de anúncios via oCPM não é o ideal, pois o Facebook irá levar mais tempo para fazer qualquer otimização.

11 - Use CPM para retargeting

No caso do retargeting, como você irá partir de um público pré-qualificado, ou seja, pessoas que já passa- ram pelo seu site e tiveram contato com sua empresa, não precisará que o algoritmo do Facebook otimize a entrega dos anúncios para as pessoas que tendem a clicar e/ou converter.

Nesse caso, o CPM funcionará melhor.

12 - Comece com um orçamento pequeno antes de “pisar no acelerador” Evite começar uma

12 - Comece com um

orçamento pequeno antes de “pisar no acelerador”

Evite começar uma campanha utilizando todo o seu orçamento. Pelo contrário, comece investindo pouco para poder medir os resultados e, caso esteja com boa performance, aumente o investimento.

O que praticamos aqui é que, caso a campanha não esteja dando bons resultados após gastar R$100,00, provavelmente é hora de pausar e tentar uma nova campanha ou uma nova abordagem.

Uma vez encontrado um formato com melhor perfor- mance, aumente gradativamente o seu orçamento para entregar mais anúncios.

13 - Comece com uma

segmentação ampla e, em seguida, a reduza com base nos dados

Quando você vai definir uma segmentação no Facebook Ads é possível selecionar diversos dados, como idade, gênero, localização, colocações, interes- ses dentre outros.

Leilão e orçamento

Comece definindo diversas opções para essas variáveis para aumentar sua segmentação e, quando o anúncio estiver sendo veiculado, veja no relatório dividido por detalhamento qual variável teve melhor performance e edite seus anúncios com base nesses dados.

teve melhor performance e edite seus anúncios com base nesses dados. 25 Otimizações Práticas em Facebook
Leilão e orçamento 14 - Não está atingindo bons resultados com oCPM? Ajuste o lance

Leilão e orçamento

14 - Não está atingindo bons resultados com oCPM? Ajuste o lance para o máximo do CPA

Como dito anteriormente, o oCPM é ideal para a maioria das campanhas. Caso você não esteja contente com o resultado, mude a forma de pagamento para CPA (Custo Por Aquisição) e coloque um valor 20% maior do que você espera pagar por conversão. Isso aumentará a entrega do anúncio.

Apenas fique de olho no orçamento da sua campanha para ver se não está gastando mais do que sua estimativa de Custo Por Aquisição (CPA). No caso da imagem, foi inserido um valor de lance manual maior do que o sugerido pela ferramenta, assim o anúncio terá prioridades na entrega.

o sugerido pela ferramenta, assim o anúncio terá prioridades na entrega. 25 Otimizações Práticas em Facebook
Dica! Lembrando que é possível controlar a frequência diária na veiculação do anúncio com a

Dica!

Lembrando que é possível controlar a frequência diária na veiculação do anúncio com a opção “Alcance único diário”. Dessa forma o Facebook vai exibir somente uma vez por dia para a mesma pessoa.

vai exibir somente uma vez por dia para a mesma pessoa. Criativos (Imagens, Banners e Peças)

Criativos (Imagens, Banners e Peças)

para a mesma pessoa. Criativos (Imagens, Banners e Peças) Criativos (Imagens, Banners e Peças) 15 -

Criativos (Imagens, Banners e Peças)

15 - Fique de olho na frequência dos anúncios que estão no ar

A frequência é a quantidade de vezes que uma mesma pessoa já foi impactada pelo seu anúncio.

Um exemplo é um comercial de um carro na televisão:

se durante a novela você viu o comercial do mesmo carro 4 vezes, significa que a frequência é 4 para uma pessoa que viu o comercial na TV.

10 na coluna direita no desktop, está na hora de fazer algumas otimizações:

• Trocar imagens dos anúncios;

• Novos textos dos anúncios;

• Novos criativos com formatos e segmentações diferentes.

Verifique a frequência no relatório de anúncios, selecio- nando “Desempenho e cliques”, e verifique na coluna o número da Frequência conforme a imagem:

Uma vez que a frequência dos seus anúncios for maior do que 3 no Newsfeed Desktop/Mobile ou maior que

seus anúncios for maior do que 3 no Newsfeed Desktop/Mobile ou maior que 25 Otimizações Práticas
16 - Transmita sua mensagem no anúncio com menos de 20% de texto O Facebook

16 - Transmita sua mensagem no anúncio com menos de 20% de texto

O Facebook Ads não permite anúncios com imagens que contenham mais de 20% de texto.

Essa regra existe pois uma das diretrizes do Facebook

é que as pessoas engajem com imagens e conteúdo

de forma diferenciada. Isso também evita que vejamos imagens lotadas de texto e sem conteúdo visual.

Teste se sua imagem do anúncio está dentro das regras com a ferramenta de grade.

Sendo assim, tente resumir sua proposta de valor para que ela seja transmitida em poucas palavras e que ainda sobre espaço para o texto do Call to Action.

A seguir, um exemplo de imagem que usamos na

Resultados Digitais. Ela possui texto e Call to Action na proporção correta para ser aceita em uma campanha:

Criativos (Imagens, Banners e Peças)

em uma campanha: Criativos (Imagens, Banners e Peças) 17 - Monitore comentários nos seus anúncios Comentários
em uma campanha: Criativos (Imagens, Banners e Peças) 17 - Monitore comentários nos seus anúncios Comentários

17 - Monitore comentários nos seus anúncios

Comentários negativos sem resposta podem matar a performance dos seus anúncios, além de prejudicar a imagem da sua empresa.

Procure sempre verificar as notificações no topo da sua sua página no Facebook para monitorar os comentários, curtidas e compartilhamentos.

O ideal é você responder a todos os comentários dos anúncios o mais rápido possivel,

O ideal é você responder a todos os comentários dos

anúncios o mais rápido possivel, pelo fato de muitas pessoas estarem tendo contato com eles.

Os comentários negativos devem ser tratados com ainda mais atenção, pois eles chamam a atenção de quem vê o anúncio. Responda-os com educação e tente resolver o problema do Lead.

18 - Use o mesmo post ID em outros conjuntos de anúncios

Quando você cria um anúncio e quer testá-lo em outras segmentações dos conjuntos de anúncios, geralmente o Facebook Ads o duplica.

O recomendavel é utilizar o mesmo anúncio/post em

outros conjuntos de anúncios para centralizar e gerenciar

os comentários em um lugar só.

Criativos (Imagens, Banners e Peças)

em um lugar só. Criativos (Imagens, Banners e Peças) Para fazer isso, é necessário copiar o

Para fazer isso, é necessário copiar o ID do post que foi publicado no primeiro anúncio. Abaixo, um exemplo de como pegar o ID de um post a partir da URL (em vermelho):

de como pegar o ID de um post a partir da URL (em vermelho): Depois, você

Depois, você pode inserir o mesmo nos demais conjun- tos de anúncios via Power Editor escolhendo a opção “Usar publicação existente”. Clique em “Insira o número de identificação da publicação” e coloque o ID do post.

identificação da publicação” e coloque o ID do post. A vantagem de usar essa técnica é

A vantagem de usar essa técnica é consolidar os resul- tados em um único post gerando uma prova social para sua campanha.

Pode ser utilizado também como “Dark post” ou “Unpublished post”, postagens de anúncios que não são publicados na página da sua empresa.

Segmentação e Público-alvo Segmentação e Público-alvo 19 - Faça uma campanha de retargeting para pessoas

Segmentação e Público-alvo

Segmentação e Público-alvo

19 - Faça uma campanha de retargeting para pessoas que visitaram suas páginas mais importantes

Esta é uma dica de ouro para gerar “levantadas de mão”, ou seja, pessoas interessadas em saber mais sobre seu produto ou serviço.

Com o pixel do Facebook Ads instalado, crie uma segmentação com todas as pessoas que visitaram suas páginas mais importantes, tais como:

• Página de preços;

• Carrinho de compra;

• Pedido de orçamento;

Onde comprar;

Essa dica é focada nas páginas mais impor- tantes, porém você também pode pensar nas diversas páginas do site da sua empresa e

pensar em outras segmentações interessantes. Alguns exemplos:

• Pessoas que visitaram uma Landing Page e não converteram: fazer uma campanha para levá-las de volta à Landing Page;

• Pessoas que baixaram um material menos avançado na jornada de compra: oferecer um material mais aprofundado sobre o mesmo assunto;

• Pessoas que realizaram uma compra: oferecer um desconto para uma segunda compra ou pela indicação de um amigo.

20 - Faça bom uso dos públicos personalizados

Talvez esta seja a dica mais relevante para você obter as conversões com menor CPA (Custo por Aquisição).

Se você possui uma base de Leads e, nesta base, há informaçòes sobre eles, faça segmentações baseadas no perfil e no engajamento para criar

listas de Público Personalizado no Facebook e exibir a eles anúncios extremamente focados nessas informações.

listas de Público Personalizado no Facebook e exibir a eles anúncios extremamente focados nessas informações.

Alguns exemplos de como segmentar os Leads:

• Tamanho da empresa;

• Área de atuação;

• Cargo que ocupa;

Perfil do Lead (uma informação trazida pelo Lead Scoring);

• Interesse do Lead (quantidade de materiais baixa- dos, campanhas de email clicadas, etc.);

• Páginas que visitou (informação trazida pelo Lead Tracking);

Tendo essa lista segmentada em mãos, faça o upload no Power Editor e deixe o Facebook procurar, dentro da sua base, quais desses Leads possuem uma conta na rede.

Como os Leads já existem na sua base, eles já conhe- cem sua empresa e tendem a converter novamente a um baixo custo. Essa prática não necessariamente trará Leads novos, mas fará os existentes avançarem na jornada de compra.

Segmentação e Público-alvo

21 - Públicos semelhantes do pixel de conversão geralmente têm as melhores performances

Talvez essa seja uma das dicas mais relevante para você ter a maioria das conversões com o menor CPA (Custo por Aquisição).

Baseado na lista de Leads qualificados exportada do RD Station, usamos um recurso do Facebook Ads chamado Lookalike Audience (audiência customizada).

Basicamente, o Facebook irá traçar o perfil desses usuá- rios (gênero, idade, local, interesses etc.) e encontrar outras pessoas com perfis parecidos.

Essas pessoas possuem maior probabilidade de conver- são (por terem os mesmos interesses) e há muita chan- ce de serem qualificados (por terem o mesmo perfil).

Essa audiência é responsável por 60% das conversões que utilizamos.

22 - Exclua um Público Personalizado que já converteu na sua campanha Excluir um Público

22 - Exclua um Público

Personalizado que já converteu na sua campanha

Excluir um Público Personalizado vai ajudar a você otimi- zar seus investimentos e mostrar os anúncios somente para quem ainda não converteu.

Você pode fazer isso de duas maneiras:

• Exclua o retargeting de pessoas que visitaram a página que confirma a conversão. Geralmente cria- mos no RD Station uma página de agradecimento e colocamos nela o pixel do Facebook para monitorar a conversão.

• Atualize sua lista de Público Personalizado, excluin- do todos os endereços de pessoas ou clientes que realizaram a conversão que era foco da campanha.

23 - Segmente por pessoas

específicas ou funcionários de empresas

Uma segmentação bem interessante e pouco explorada é direcionar os anúncios aos funcionários de empresas

Segmentação e Público-alvo

específicas para as quais é interessante você oferecer seu produto ou serviço.

A seguir, um exemplo de criação desse anúncio focando

em funcionários da Resultados Digitais.

Selecionar a localização, colocando o local onde é

a sede da RD:

Selecionar a localização, colocando o local onde é a sede da RD: 25 Otimizações Práticas em
Em seguida, selecionar “Dados demográficos” > “Ocupação” > “Empregadores” E então colocar

Em seguida, selecionar “Dados demográficos” > “Ocupação” > “Empregadores”

E então colocar Resultados Digitais:

Se você quiser adicionar outras, é possível escolher empresas que o Facebook mostra nas suas sugestões:

escolher empresas que o Facebook mostra nas suas sugestões: Segmentação e Público-alvo 25 Otimizações Práticas em
escolher empresas que o Facebook mostra nas suas sugestões: Segmentação e Público-alvo 25 Otimizações Práticas em
escolher empresas que o Facebook mostra nas suas sugestões: Segmentação e Público-alvo 25 Otimizações Práticas em

Segmentação e Público-alvo

que o Facebook mostra nas suas sugestões: Segmentação e Público-alvo 25 Otimizações Práticas em Facebook Ads
que o Facebook mostra nas suas sugestões: Segmentação e Público-alvo 25 Otimizações Práticas em Facebook Ads
que o Facebook mostra nas suas sugestões: Segmentação e Público-alvo 25 Otimizações Práticas em Facebook Ads
Posicionamento do anúncio Posicionamento do anúncio 24 - Anúncios na coluna da direita? Sim, eles

Posicionamento do anúncio

Posicionamento do anúncio

24 - Anúncios na coluna da direita? Sim, eles funcionam!

Alguém já me falou que anúncios na coluna da direita do Facebook não funcionam. Podemos dizer que isso não é verdade se você programar a campanha correta- mente. Você pode se surpreender com os resultados.

Uma boa prática é dividir os conjuntos de anúncios, separando para Newsfeed Desktop no modelo de compra por CPM e na Coluna da Direita no modelo de compra por CPC.

O motivo disso é que, na coluna da direita, os anún- cios são atualizados com frequência e, caso estejam no modelo de compra por CPM, serão entregues mais vezes para as mesmas pessoas, independentemente de elas clicarem ou não.

Fazendo por CPC você obtém melhor performan- ce, pois irá pagar somente pelo clique.

Outro fator é que na coluna da direita os lances são mais baratos que Newsfeed Mobile e Desktop.

Recomendamos que você faça esse teste para ver a performance por posicionamento do anúncio, assim o Facebook irá otimizar a entrega para cada posicionamento.

Feito isso, destine seu orçamento para a campanha que estiver com a melhor performance.

25 - Utilize a lista de pessoas que viram um vídeo através da campanha

Após alguns testes, vimos que campanhas com vídeos não funcionam bem para a conversão.

Mas não se preocupe: o Facebook permite que você utilize como segmentação a lista de pessoas que assisti- ram ao video - tanto os que viram até o final quanto os que pararam em algum momento.

Neste post você encontra, além de outras dicas em relação a isso, um caso de como fizemos uma

campanha dessas para a venda de ingressos do nosso evento de Marketing Digital, o RD

campanha dessas para a venda de ingressos do nosso evento de Marketing Digital, o RD Summit.

Sendo assim, primeiro trabalhe em montar esse público que assistiu ao video e, em seguida, entre- gue outros anúncios para essas pessoas, dessa vez focando na conversão.

Dica Extra: Gere conversões através da campanha com Instagram Ads

Você sabia que, através do Facebook Ads, você também pode anunciar no Instagram utilizando a mesma segmentação?

Atualmente o Instagram possui cerca de 300 milhões de usuários ativos, sendo que o Brasil ocupa o terceiro país com mais usuários, atrás dos Estados Unidos e da Rússia.

Ao fazer uma campanha no Facebook Ads, exiba-a também no Instagram e teste as conversões vindas através desse canal.

As mesmas dicas que demos ao longo deste eBook valem para o Instagram: utilize as mesmas segmen- tações e públicos personalizados, teste as mesmas formas de lance e meça os resultados. Teste também as

Posicionamento do anúncio

imagens: elas são o principal elemento de compartilha- mento no Instagram.

Abaixo, um exemplo que fizemos para um Público Personalizado na Black Friday: exportamos do RD Station os Leads que já haviam conversado com um consultor e oferecemos um desconto na assinatura do RD Station, nossa plataforma de Marketing Digital:

na assinatura do RD Station, nossa plataforma de Marketing Digital: 25 Otimizações Práticas em Facebook Ads
Conclusão E ntendemos que a maioria das dicas trazidas neste eBook são adaptáveis para diferentes

Conclusão

E ntendemos que a maioria das dicas trazidas neste eBook são adaptáveis para diferentes contextos. Independentemente do tamanho

da sua empresa e do mercado em que ela atua, é possível aplicá-las de forma a atingir seus objeti- vos a custos cada vez menores.

O importante é ter persistência e entender que criar uma campanha e não otimizá-la é um grande erro e isso provavelmente irá tornar seu investi- mento em um custo sem retorno.

irá tornar seu investi- mento em um custo sem retorno. Conclusão Por isso, procure não fazer
irá tornar seu investi- mento em um custo sem retorno. Conclusão Por isso, procure não fazer
irá tornar seu investi- mento em um custo sem retorno. Conclusão Por isso, procure não fazer

Conclusão

Por isso, procure não fazer tudo de uma só vez. Aplique pequenas otimizações de forma consis- tente e faça o monitoramento para saber se os resultados aumentaram.

Esperamos que essas dicas ajudem sua empresa a obter melhores resultados e a atingir seus obje- tivos de negócio!

A Resultados Digitais tem como objetivo ajudar empresas de todos os portes a entender e
A Resultados Digitais tem como objetivo ajudar empresas de todos os portes a entender e

A Resultados Digitais tem como objetivo ajudar empresas de todos os portes

a entender e aproveitar os benefícios do marketing digital, conseguindo

assim resultados reais e permanentes para os seus negócios.

assim resultados reais e permanentes para os seus negócios. RD Station Um software completo e integrado

RD Station

Um software completo e integrado para a gestão de Marketing Digital em uma única ferramenta. Clique aqui para saber mais sobre o RD Station.

Clique aqui para saber mais sobre o RD Station . Materiais Ricos Produzimos muito conteúdo educativo

Materiais Ricos

Produzimos muito conteúdo educativo na área de marketing digital, que disponibizamos em forma de posts no blog de marketing digital, eBooks e webinars

aqui para conhecer nossa página de materiais ricos . Eventos Criamos o RD on the Road,

Eventos

Criamos o RD on the Road, um evento itinerante de Marketing Digital, e o RD Summit, o maior evento de Marketing Digital do Brasil. Clique aqui e veja como foi