Você está na página 1de 15

Opera¸c˜oes com matrizes

Adi¸c˜ao

A = [a ij ], B = [b ij ] m × n.

A soma de A e B ´e a matriz C = [c ij ] do tipo m × n tal que

1 i m, 1 j n.

c ij = a ij + b ij ,

Propriedades da adi¸c˜ao de matrizes

a) comutativa
b) associativa
c) existˆencia de elemento neutro: matriz nula
d) existˆencia de sim´etrico aditivo de A: A

Multiplica¸c˜ao

1. Multiplica¸c˜ao de uma linha por uma coluna

A = [a 1 a 2

a n ]

B =

b

b

1

2

b

.

.

.

n

A.B = a 1 b 1 + a 2 b 2 + ··· + a n b n =

n

i=1

a i b i

Esta opera¸c˜ao s´o est´a bem definida se A e B tiverem o mesmo n´umero de

elementos!!

2. Multiplica¸c˜ao de duas matrizes

A =

a 11

.

.

.

a i1

.

.

.

a m1

.

.

.

.

.

.

.

.

.

a 1j

.

.

.

a ij

.

.

.

a mj

m × n

.

.

.

.

.

.

.

.

.

a 1n

.

.

.

a in

.

.

.

a mn

B =

b 11

.

.

.

b i1

.

.

.

b n1

A.B = [c ij ]

m × p

.

.

.

.

.

.

.

.

.

b 1j

.

.

.

b ij

.

.

.

b nj

n × p

.

.

.

.

.

.

.

.

.

b 1p

.

.

.

b ip

.

.

.

b np

A entrada (i, j), c ij , de AB ´e obtida multiplicando a linha i de A pela

coluna j de B.

A =

a 11

.

.

.

a i1

.

.

.

a m1

.

.

.

.

.

.

.

.

.

a 1j

.

.

.

a ij

.

.

.

a mj

.

.

.

.

.

.

.

.

.

a 1n

.

.

.

a in

.

.

.

a mn

B =

b 11

.

.

.

b i1

.

.

.

b n1

.

.

.

.

.

.

.

.

.

b 1j

.

.

.

b ij

.

.

.

b nj

.

.

.

.

.

.

.

.

.

b 1p

.

.

.

b ip

.

.

.

b np

c ij = a i1 b 1j + ··· + a in b nj

Multiplica¸c˜ao de uma matriz por um escalar (real ou complexo)

A = [a ij ]

m × n,

α escalar

αA = [˜a ij ]

´e uma matriz do tipo m × n tal que

1 i m,

1 j n.

a˜ ij = α a ij ,

Propriedades da multiplica¸c˜ao por um escalar

A, B

m × n,

C

n × p,

α, β escalares

a) α(βA) = (αβ)A;

b) (α + β)A = αA + βA;

c) α(A + B) = αA + αB;

d) A(αC) = α(AC) = (αA)C.

Potˆencia de uma matriz quadrada

A p = A A p1

A 0 = I

Propriedades:

(A p ) q = A pq

A p A q = A p+q

NOTA: Em geral (AB) p = A p B p .

por conven¸c˜ao

Propriedades da multiplica¸c˜ao de matrizes

a) associativa

b) distributiva `a direita

c) distributiva `a esquerda

d) existˆencia de elemento neutro `a esquerda e `a direita: I m e I n (matriz identidade)

A multiplica¸c˜ao de matrizes n˜ao ´e comutativa!!

TRANSPOSTA DE UMA MATRIZ

Seja A = [a ij ] uma matriz do tipo m × n. A matriz transposta de A, A t ,

´e a matriz do tipo n × m cuja entrada (j, i) ´e a ij .

Exemplos

1– A =

2– C =

1

5

9

1

1

2

6

10

3

4

7

8

11

12

C t = 1

A t =

1 .

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

.

3– B = 2

B t =

2

2

3

4

1

0

2

2

4

1

2

3

3

4– D =

D t =

5

5– E = 0

1

  E t = 0

1

1

2

3

1

0

2

2

2

2

2

3

4

.

.

3

4

5

.

Resulta facilmente da defini¸c˜ao que, para qualquer matriz A, (A t ) t = A.

´

´

MATRIZES SIM ETRICA e ANTI-SIM ETRICA

Seja A = [a ij ] uma matriz quadrada.

A ´e sim´etrica se A t = A, ou seja, se i, j a ji = a ij ;

A ´e anti-sim´etrica se A t = A, ou seja, se i, j a ji = a ij .

Observa¸c˜oes

Resulta imediatamente da defini¸c˜ao que:

uma matriz sim´etrica tem elementos diagonais arbitr´arios e elementos opostos em rela¸c˜ao `a diagonal principal (correspondem `as entradas (i, j) e (j, i) da matriz) iguais;

uma matriz anti-sim´etrica tem elementos diagonais nulos e elementos opostos em rela¸c˜ao `a diagonal principal sim´etricos.

Exemplo

A matriz A =

2

4

0

1

2

3

e a matriz B =

0

2

3

2

0

4

3

4 ´e sim´etrica

1

3

4 ´e anti-sim´etrica, como facilmente se

0

comprova calculando as transpostas respectivas.

Propriedades da transposi¸c˜ao

A, B

m × n,

C

n × p,

α escalar

a) (A T ) T = A;

b) (A + B) T = A T + B T ;

c) (AC) T = C T A T ;

d) (αA) T = αA T .