Você está na página 1de 4

Pensamento e suas alterações

Elemento constitutivos do pensamento:


1-conceito
2-juízo
3-raciocínio

1-OS CONCEITOS:
-Formam-se a partir das representações
-é puramente cognitivo, intelectivo
-exprimem-se apenas os caracteres mais gerais dos objetos e fenômenos
Ex. Cadeira preta, de madeira,, bonita ou feia, etc. Conceitualizo cadeira
como objeto de quatro pés, móvel utilizado para sentar, estou suprimindo a
dimensão sensorial.
O conceito é o elemento estrutural básico do pensamento, exprime os
caracteres essenciais dos objetos e fenômenos da natureza.
2-OS JUÍZOS:
-É o processo que conduz ao estabelecimento de relações significativas entre
conceitos básicos
-O juízo consiste na afirmação de relação entre dois conceitos.
Ex1- cadeira
Ex2-utilidade
A cadeira é útil
3-O RACIOCÍNIO
-É a função que relaciona os juízos, um modo especial de ligação entre os
conceitos, de seqüências de juízos, de encadeamento de conhecimentos,
derivando um do outro.

O PROCESSO DO PENSAR:
1-O CURSO
2-A FORMA
3-O CONTEÚDO

1-O CURSO:é o modo como o pensamento flui, a sua velocidade e ritmo ao


longo do tempo;
2-A FORMA:é a sua estrutura básica, a sua arquitetura,preenchida pelos
conteúdos e interesse do individuo
3-O CONTEÚDO:-pode ser definido como aquilo que da substância ao
pensamento, os seus temas predominantes, o assunto em si
ALTERAÇÕS DOS ELEMENTOS CONSTITUTIVOS DO
PENSAMENTO

Alterações dos conceitos:


1-Desintegração dos conceitos: a perda do seu significado, os conceitos se
desfazem e uma mesma palavra passa a ter significados cada vez mais
diversos;a idéia de determinado objeto e a palavra que normalmente a designa
passam a não mais coincidir
Ex .ateu --- a teu comando—a comando de Deus
2-Condensação dos conceitos: dois ou mais conceitos são fundidos,
neologismos.
Alterações dos juízos:
1-Juízo deficiente ou prejudicado: juízo falso, os conceitos são
inconsistentes e o raciocínio é pobre e defeituoso, são simplistas, concretos e
sujeitos á influência do meio social.
Alterações do Raciocínio:
1-Pensamento mágico: fere o princípio da lógica formal, não respeita a
realidade, segue os desejos, fantasias e temores do sujeito, conscientes ou
inconscientes, adequando a realidade ao pensamento, e não ao contrário
2-Pensamento derreísta: opõe-se radicalmente ao pensamento
realista,obedece à lógica e à realidade só naquilo que interesse ao desejo do
indivíduo, distorcendo a realidade para que ele se adapte aos anseios.volta-se
muito mais ao mundo interno do sujeito, suas fantasias e sonhos, tudo é
possível.
3-Pensamento concreto ou concretismo; não ocorre a distinção entre uma
dimensão abstrata e simbólica e uma dimensão concreta e imediata dos fatos,
não entende metáforas, ironias, nas entrelinhas e duplo sentido.Ex.demência,
esquizofrenia graves
3-Pensamento inibido: inibição de raciocínio, diminuição da velocidade e dos
números de conceitos, pensamento lento, pouco produtivo.Ex depressão
4-Pensamento vago: imprecisão nas relações conceituais e na formação dos
juízos, falta de clareza e precisão.Ex esq., demência.
5-Pensamento prolixo: não chega a conclusão sobre o tema, a não ser depois
de muito tempo, falta de capacidade de síntese.
6-Pensamento deficitário: estrutura pobre e rudimentar, raciocínio concreto,
conceitos escassos, há pouca flexibilidade na aplicação dos conceitos e regras
aprendidas, não diferencia essencial de supérfluo, imaginário de concreto,
decora números.
7-Pensamento demencial: pobre e desigual, as vezes elaborações mais
sofisticadas, mas imperfeito, irregular, sem unidade e congruência, evita
adjetivos e os substantivos específicos. Ex aquela coisa
8-Pensamento confusional: turvação da consciência, incoerente, não aprende
de forma clara.*Ex síndromes confusuinais
9-Pensamento desagregado: radicalmente incoerente, mistura aleatória de
palavras, salada de palavras. Ex esq.
10Pensamento obsessivo: conteúdo absurdo ou repulsivo que impõe à
consciência de modo persistente e incontrolável. É uma luta constante entre
idéias obsessivas, que voltam de forma recorrente à consciência e o
indivíduo que se esforça para bani-las. Ex. Pacientes obsessivos

ALTERAÇÕES DO PROCESSO DE PENSAR


Curso do Pensamento
1-Aceleração do pensamento: flui de forma acelerada, uma idéia se
sucedendo a outra. Ex quadros de mania, esq, estados de ansiedade intensa,
depressão.
2-Lentificação do Pensamento: progride lentamente, de forma dificultosa.Ex
depressão grave, intoxicações, rebaixamento da consciência
3-Bloqueio ou intercepção do pensamento: no meio de uma conversa brusca
e repentinamente interrompe seu pensamento, sem motivo. Ex esq
4-Roubo do pensamento: sensação que seu pensamento foi roubado de sua
mente por uma força ou ente estranho. Ex esq.

FORMA DO PENSAMENTO
1-Fuga de idéias: a associações entre as palavras deixam de seguir uma lógica
ou finalidade do pensamento e passa a ocorrer por assonância (amor, flor, cor,
objetos da sala)Ex Síndromes maníacas.
2-Dissociação do pensamento: desorganização, pensamento não segue uma
seqüência lógica e bem organizada, os juízos não se articulam.
3-Descarrilhamento do pensamento: extravia do seu curso, tomam atalhos
colaterais, desvios, distraibilidade. Ex. Esq.
4-Desagregação do pensamento: profunda e radical perda dos enlaces
associativos, total perda de coerência do pensamento.
EX.esq.

CONTEÚDO DO PENSAMENTO:
1-DE PERSEGUIÇÃO;2-DEPRECIATIVOS;3-RELIGIOSOS;4-SEXUAIS;5-DE
PODER, RIQUEZA OU GRANDEZA;6-DE RUÍNA OU CULPA;7-CONTEÚDOS
HIPOCONDRÍACOS