Você está na página 1de 5

CONSTRUINDO BEZERROS DE OURO

TEXTO ÁUREO
“E naqueles dias fizeram o bezerro, e ofereceram sacrifícios ao ídolo, e se
alegraram nas obras das suas mãos” (At 7.41).
VERDADE APLICADA
A penalidade para aquele que trai a confiança do Senhor é a dura realidade de ter
que avançar sem a Sua presença e a Sua proteção.
TEXTOS DE REFERÊNCIA
Êx 32.1 – Mas vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte, acercou-se de
Arão, e disse-lhe: Levanta-te, faze-nos deuses, que vão adiante de nós; porque
quanto a este Moisés, o homem que nos tirou da terra do Egito, não sabemos o que
lhe sucedeu.
Êx 32.2 – E Arão lhes disse: arrancai os pendentes de ouro, que estão nas orelhas
de vossas mulheres, e de vossos filhos, e de vossas filhas, e trazei-mos.
Êx 32.3 – Então todo o povo arrancou os pendentes de ouro, que estavam nas suas
orelhas, e os trouxeram a Arão.
Êx 32.4 – E ele os tomou das suas mãos, e trabalhou o ouro com um buril, e fez dele
um bezerro de fundição. Então disseram: Este é teu deus, ó Israel, que te tirou da
terra do Egito.
INTRODUÇÃO
Quanto ao pedido dos israelitas, podem até não ter tido a intenção de rejeição a
Deus, mas fica bem caracterizado como uma Apostasia: Deserção, rebelião.
Segundo Dockery o termo clássico grego apostasia traz à mente um contexto
político ou militar e refere-se à rebelião contra a autoridade estabelecida. Na
maioria das versões bíblica em português (ARC 5; ARA 2; REVISADA 6; NVI 2), a
palavra apostasia aparece como uma referência à rebelião contra o Senhor. É uma
ideia bem presente. No Antigo Testamento o maior pecado nacional de Israel, é a
idolatria, ou o abandono do culto ao Senhor (Êx 20.3; Dt 6.5,14; 29.14-28).
1. ARÃO E O BEZERRO DE OURO
“O povo havia saído do Egito, mas o Egito ainda estava dentro do coração do povo”.
1.1. O pecado da leitura errada
O pensamento do povo israelita era segundo o seu costume e a cultura que eles
viviam no Egito, dentro de uma cultura religiosa politeísta. Sendo assim
aparentemente não houve uma leitura errada, mesmo que os pensamentos deles
fossem direcionados a Deus. Embora ainda não tivessem recebido muitos detalhes

2. trazida da tradição egípcia. E o que Tito escreveu em sua epístola/carta reforça essa posição (Tt 1. haveria tempos difíceis. nas suas vãs doutrinas. A cultura egípcia impregnada na vida de Arão.2. 1. A intercessão de Moisés “Dura cerviz”: significa: curvar a cabeça. vingou-se dos idolatras e se propôs a interceder pelo povo para propiciação do pecado. e apontando que não sabiam o que havia acontecido a Moisés.21-23).7-8).14. nesse texto fica bem claro que houve uma pressão do povo sobre Arão. eles estavam totalmente cientes que a idolatria era inaceitável.16). mas a oral/verbal já existia (Êx 20.10-16). a ira foi tão grande que quebrou as tábuas da Lei (Êx 32. queimou reduzindo a pó o bezerro de ouro. 1. submeter-se ou dar-se por vencido. Portanto vemos o Apostolo Paulo advertindo a Timóteo.3.1. cedendo e iludindo a milhares de pessoas (2Tim 3. e não por milagre ou qualquer outra forma imaginária nascida daquele fogo. com raios e trovões (Êx 19. O pedido do povo e a fraqueza de Arão Em Êx 32. por essa razão. A comunhão entre Deus e .1-9). em que homens se corromperiam com a verdade e só pensariam em si mesmos. Dt 9. Lembrando que esses tempos que lhes apontaram eram aqueles e os nossos dias atuais.10. 19). que nos últimos dias. Porém isso não os isentava do julgamento ou a serem sentenciados pelo erro que estavam prestes a cometerem (Êx 32. isso se deu mediante ao que os seus olhos presenciaram ao tamanho do poder de Deus manifestado no monte. 2.1-6). Deus faz uma proposta a Moisés de destruir/eliminar todo aquele povo e fazer dele uma grande nação (Êx 32.8-13). mesmo eu não tivessem um conjunto de regras escritas e nem detalhadas.das regulamentações de Deus sobre adoração.19-20). O encontro de Moisés com Arão A covardia de Arão jogando a culpa no povo (Êx 32. Principalmente o seu líder interino Arão. é semelhante a covardia de Adão no Jardim do Éden (Gn 3. MOISÉS E AS TÁBUAS DA LEI Foi muito grande a decepção de Moisés quando desceu do monte e se deparou com a festa da idolatria.1b “acercou-se de Arão e lhe disse:”. Sendo assim Arão não devia ter cedido ao pedido do povo e sim procurado a Deus para orientá-lo. Portanto quase sem dúvidas podemos afirmar que ele fez/produziu mesmo a imagem de um bezerro. pedindo para ele uma solução.

O perdão dessa transgressão foi concedido pela pessoa de Moisés. Moisés.9-18. vê vir o lobo. 5. Nesse contexto podemos fazer um comparativo entre Moisés e Jesus. Portanto para Deus o valor é o mesmo tanto a sua Lei oral/verbal (o que ele já havia falado para Israel). uma das regras da Hermenêutica é “que a Bíblia interpreta a própria Bíblia”. esse motivo o levou a interceder pelo povo. Porque em Deus há atributos essenciais que são unicamente DELE. abandona as ovelhas e foge. Moisés já sabia por que Deus havia falado com ele. perdoa-lhe o pecado.8. risca-me.18. o mediador O amor de Moisés é comparado ao amor de um pastor pelas suas ovelhas. se não. Deus é amor (1jo 4.Moisés era tão grande que Moisés percebeu que a justiça de Deus seria cumprida na vida dos israelitas. então. 2. dois exemplos: o seu ser como o (EU SOU O QUE SOU. Dt 4. Dt 9. usando um pouco de crédito que tinha com Deus dizendo assim: “Agora. ou seja. pois. Jesus deixa isso bem claro.11-14. 2. ainda fala de uma pessoa que é o mercenário: Jo 10.25-29). Moisés quebra as tábuas da Lei Não podemos interpretar um texto bíblico de forma errônea. e Paulo deixou isso bem claro na carta aos Romanos: (Rm 3. ou.33). mas também sabia que a misericórdia até mil gerações daqueles que o amam e guardam os seus mandamentos (Êx 20. forçar uma expressão de modo a dizer que Moisés teve a mesma ira de Deus. 11 “Eu sou o bom pastor. o lobo as arrebata e dispersa.2. Êx 32. onde o verdadeiro pastor dá a vida em prol das ovelhas. o que ele significava para Deus. que também intercedeu pelo povo na hora da crucificação (Lc 23.32.14)).12-15). que ELE visita a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e a quarta geração daqueles que o aborrecem. peço-te.16). do livro que escreveste” (Êx 32. e está registrado no evangelho que escreveu João Capítulo 10 vs. a quem não pertencem as ovelhas.3. que não é pastor.5-6. O mercenário foge porque é mercenário e não tem cuidado com as . ou a escrita (as tábuas). Quanto a Moisés um ser humano “pecador” igual a nós que carecemos de todos os atributos de Deus. (Êx 3. Nm 14. 12-13 “O mercenário. mas também pode ter sido pela ira de Moisés por ver que o povo não merecia tamanho zelo e amor que Deus estava tendo para com eles. 23.34). O bom pastor dá a vida pelas ovelhas”. A quebra das tábuas pode ter sido para não haver uma formalidade com a lei escrita.24. E ELE.

saindo e abrindo outras igrejas arrastando milhares de pessoas. etc. talvez fosse o símbolo de Ápis o deus-touro egípcio. ministérios acabados. e no meio dessas muitos lares ficaram destruídos. e eis que é povo de dura cerviz”. guardá-lo e adorar a Deus. pois declarou o dia como o de “festa ao Senhor” (Êx 32. a falta de um Deus. Adorando ao bezerro Entretanto o povo declarou: “São estes. 3. ó Israel. Esse grito do povo que é relatado aqui no texto está usando o verbo no plural “tiraram” como o nome no hebraico ELOHIM que significa (Deus ou deuses). que te tiraram da terra do Egito”. água. terra.ovelhas”. E em toda a . nas estrelas. O BEZERRO DE OURO NO CORAÇÃO HUMANO. como símbolo de divindade.1. até mesmo por rebelião não aceitando as ordens de seus pastores. Fomos colocados no Jardim Éden para lavrá-lo. isso nos expulsou do Éden e nos tirou alguns atributos que tínhamos. É provável que Arão tenha identificado o bezerro de ouro com o Senhor. altos dízimos.3. Quantas pessoas na atualidade estão se intitulando como pastores. A nossa alma estava completa a queda nos afastou da comunhão (Deus em nós) daí por diante passou a existir um vazio. para que os guiassem. moldando a nossa própria imagem de Deus e deixando ela nos guiar. sendo consagradas e beneficiadas por grau de parentescos.. Atualmente devemos tomar muito cuidado para não estarmos praticando o mesmo erro. esses são os mercenários e não pastores. O bezerro da aparência Não foi por acaso que Deus colocou como primeiro mandamento a repreensão a Israel para não ter outros deuses diante DELE (Êx 20:3-5). O verbo no singular é sempre usado com esse nome quando se refere a Deus parafraseando grosseiramente o povo de voltou a um panteão de deuses aqui representados pelo deus-touro. os teus deuses. era muito comum no mundo antigo. É como disse o pastor Belchior “é chamar de Deus o que nada mais é que um ídolo”. O bezerro. Devemos tomar muito cuidado com estes convites e assédios que nos rodeiam na atualidade. 3. Mas Jesus deixou bem claro. animais. 3. são três versículos abordando o assunto da idolatria e com certeza ELE conhecia o coração do povo 32:9c “tenho visto que este povo. A dificuldade humana de ter uma verdadeira fé A maior tragédia que aconteceu na humanidade foi a queda do homem (o pecado). 3. fogo. o homem passou a procurar em quem acreditar no sol. na lua.2. mediadores entre o povo e Deus.5). o que atualmente é resgatado/reconstituído aos que aceitam a Jesus Cristo como Salvador. amizades.

não que ir aos cultos seja errado. chamando-a de prostituição contra ELE. vão as cultos. beber. A muitos que nos dias atuais estão vivendo como viviam o povo de Israel construindo a sua própria imagem de Deus. E quanto a isso o apóstolo Paulo afirmou em Romanos 6. divertir-se. . condenando-as e deixando o juízo bem aplicado contra esses procedimentos (Rm 1. Não devemos trocar a liberdade por libertinagem. CONCLUSÃO Conclui-se que o bezerro de ouro significou a determinação dos israelitas de ter deus à sua própria maneira uma “imagem/símbolo” da presença de um deus o que eles exigiam: Êx 32:6c “e levantou-se para divertir-se”. mas nem todas convêm. ajuntam-se para comer. Todas as coisas me são lícitas. 2. ofertas. mas ir para deleite dos seus próprios cultos sim. e nem deixar depositada a nossa fé naquilo que não vai nos dar a salvação.Bíblia desde o Antigo Testamento ao Novo Testamento o Senhor reprova a prática da idolatria.12 “Todas as coisas me são lícitas.18-32.1-16). mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”. oferecem holocaustos.

Interesses relacionados