Você está na página 1de 27

Poluição Aquática

E.B. 2,3 Caldas das Taipas

Ano lectivo 2009/2010


Poluição Aquática
E.B. 2,3 Caldas das Taipas Trabalho elaborado
por:
•Cândido Silva nº6
Ano lectivo 2009/2010 •Carlos Freitas nº7
Conteúdos
Introdução

Poluição Aquática – O que é?

Principais causas da poluição aquática

Principais fontes da poluição aquática

Consequências da poluição aquática

Alguns cuidados a ter com a água

Alguns cuidados a ter com a água (cont.)


Conteúdos (cont.)
Carta da água:
• 1ª parte
• 2ª parte
• 3ªparte
• 4º parte
• 5ª parte
• 6ªparte
• 7ª parte
• 8ª parte
• 9ªparte
• 10ªparte
• 11ªparte
• 12ªparte
Conteúdos (cont.)
Webgrafia

Conclusão

Mensagem final
Introdução
A água é um bem precioso e cada
vez mais tema de debates em todo
o mundo.
O uso irracional e a poluição de
fontes importantes (rios e lagos),
podem causar a falta de água doce
muito em breve, caso nenhuma
providência seja tomada.
Poluição Aquática
O que é?
 Poluição da água é um problema global, que afecta igualmente países
ricos e pobres.

 Em termos ambientais, a poluição da


água é uma alteração do ambiente que
afecta os ecossistemas e o Homem
directa ou indirectamente.

 De acordo com o FAO ( Organização das


Nações Unidas para Agricultura e
Alimentação ), mais de um bilhão de
pessoas, ou seja, quase um quinto da
população mundial não têm acesso a água
potável, e 40% não têm acesso ao
saneamento básico.
Principais causas da poluição
aquática
1. Aumento da população
2. Desenvolvimento urbanístico
3. Expansão industrial.

1 2 3
Principais fontes de poluição
aquática
1. Poluição e contaminação por poluentes e
esgotos.
2. Derrames petrolíferos.
3. Deitar lixo par mares, rios e lagoas.

1 2 3
Consequências da poluição aquática
oIngestão de água poluída.
oA água torna-se imprópria para certos fins (pesca, aquacultura,
desportos náuticos, etc.) .
oMorte de animais.
oDesequilíbrios no ciclo da água e no regime de precipitação.
oA água utilizada na rega dos arrozais e outras culturas não é
previamente tratada , prejudicando-as.
Alguns cuidados a ter com a água
 Ao lavar os dentes não deixes a torneira aberta com a água
sempre a correr. Abre-a só para lavar a escova ou enxaguar a
boca.
 Prefere os duches aos banhos de imersão. Desliga o chuveiro
enquanto te ensaboas ou lavas o cabelo.
 Antes de lavar louça, raspa os restos de comida. Usa a máquina só
quando estiver bem cheia. Se lavares a louça à mão, abre a
torneira apenas na altura de a enxaguar.
Alguns cuidados a ter com a água
(cont.)
 Utiliza o autoclismo apenas quando for necessário. Deixa a válvula
da descarga regulada para não gastar muita água.
 Ao lavar o pátio ou o carro, em vez da mangueira, usa uma
vassoura e um balde com água (que podes encher mais do que uma
vez).
 Ao regar as plantas do jardim usa um regador e não a mangueira.
Carta da Água
1. Não há vida sem água. A água é um bem precioso,
indispensável a todas as actividades humanas.

Água é vida…
Cuida bem dela!

Ou seja:

Sem água não há vida. Sem água, as plantas não crescem e


os animais e as pessoas não sobrevivem.
Carta da Água (cont.)
2. Os recursos de águas doces não são inesgotáveis. É indispensável
preservá-los, administrá-los e, se possível, aumentá-los.

Ou seja:
A água vai sendo menos do que a que seria precisa porque se
desperdiça muito. Temos de ter atenção a isso e fazer com se
poupe e se cuide da que há.
Cata da Água (cont.)
3. Alterar a qualidade da Água é prejudicar a vida do homem
e dos outros seres vivos que dependem dela.

Ou seja:

Contaminar e poluir a água pode matar ou causar doenças


a pessoas, animais e plantas.
Carta da Água (cont.)
4. A qualidade da água deve ser mantida a níveis adaptados à
utilização para que está prevista e deve, designadamente,
satisfazer as exigências da saúde pública.

Ou seja:

Deve-se garantir que a água tem a qualidade necessária


para aquilo para que é usada.
Carta da Água (cont.)
5. Quando a água, depois de utilizada, volta ao meio natural, não
deve comprometer as utilizações que dela serão feitas
posteriormente, quer públicas quer privadas.

Ou seja:

A água que usamos, quando volta à Natureza, não deve ir


poluída ou contaminada.
Carta da Água (cont.)
6. A manutenção de uma cobertura vegetal adequada, de
preferência florestal, é essencial para a conservação dos
recursos hídricos.

Ou seja:

É fundamental haver florestas e matas para que se conserve


melhor a água.
Carta da Água (cont.)
7. Os recursos aquíferos devem ser inventariados.

Ou seja:

Deve-se saber onde há água (nascentes, rios, lagos,


etc.) e qual é a sua qualidade.
Carta da Água (cont.)
8. A boa gestão da água deve ser objecto de um plano
promulgado pelas autoridades competentes.

Ou seja:

Quem manda deve ter bons planos para cuidar bem da


água.
Carta da Água (cont.)
9. A salvaguarda da água implica um esforço crescente de
investigação, de formação de especialistas e de informação
pública.

Ou seja:
É preciso haver cientistas e técnicos que estudem as
questões da água e que depois informem as pessoas
para que procedam bem.
Carta da Água (cont.)
10. A água é um património comum, cujo valor deve ser
reconhecido por todos. Cada um tem o dever de a economizar e
de a utilizar com cuidado.

Ou seja:

Devemos dar valor à água pois sem ela não há vida.


Devemos poupar água e utilizá-la com bom senso.
Carta da Água (cont.)
11. A gestão dos recursos hídricos deve inscrever-se no quadro da
bacia natural, de preferência a ser inserida no das fronteiras
administrativas e políticas.

Ou seja:
As questões da água devem ter a ver com a
Natureza e não com as fronteiras dos países e com a
política.
Carta da Água (cont.)
12. A água não tem fronteiras. É o recurso comum que
necessita de uma cooperação internacional.

Ou seja:

A água é de todos e todos os países e pessoas devem cuidar


da água juntos.
Webgrafia
o http://pt.wikipedia.org/wiki/Polui%C3%A7%C3%A3o_da_%C3%A1gua

o http://www.junior.te.pt/servlets/Bairro?P=Ambiente&ID=1789

o http://cyberturma.no.sapo.pt/poluicao.htm#POLUIÇÃO DA ÁGUA

o Imagens pesquisadas no motor de busca do Google.


Conclusão
Partindo de tantas informações, o que nos resta é
eliminar o hábito de poluir pois é impossível viver num
mundo com tanta poluição.
O lixo deitado fora, pode ter mais tempo de vida
que a HUMANIDADE.
Preserva e poupa a
água. Lembra-te que os
recursos de água doce
são esgotáveis.