Avaliação da eficiência de um sistema de reúso da água em uma

concreteira na cidade de Palmas-TO
Efficiency evaluation of a system of water reuse in a concreteira in Palmas-TO
Roberta Sueylla G. De S. Honório (1); Lidiane Andrade Fonseca da Paz (2); Fernando A. da S.
Fernandes (3); Juan Carlos Valdés Serra (4)
(1) Tecnóloga em Gestão Ambiental, Estudante de Engenharia Civil, Faculdade Católica do Tocantins,
Palmas, TO, Brasil
(2) Eng. Agrícola, Estudante de Engenharia Civil, Faculdade Católica do Tocantins, Palmas, TO, Brasil
(3) Professor Mestre, Departamento de Engenharia Civil, Faculdade Católica do Tocantins, Palmas, TO,
Brasil
(4) Professor Doutor em Engenharia Mecânica, Universidade Federal do Tocantins, Palmas, TO, Brasil
robertasueylla@gmail.com; lidi_af@hotmail.com; fernandesfernando27@gmail.com; juancs@uft.edu.br

Resumo
A falta d’água é uma realidade nos grandes centros, o reuso da água é uma solução para viabilizar
processos de produção e adotar políticas ambientais corretas. Este trabalho avaliou a eficiência de um
sistema de reuso de água em uma concreteira na cidade de Palmas-TO. Foi realizado o levantamento
durante 60 dias do total inicial fornecido pela distribuidora e o total obtido pelo sistema reuso. A concreteira
reutiliza várias águas: chuva, jateamento, amassamento e não residuária. Dispõe de um decantador para
água de amassamento e lavagem dos balões, e outro decantador para as demais águas. A quantidade
reutilizada chega a 25%, reduzindo o impacto ambiental e o valor gasto pela empresa.
Palavra-Chave: Água, Reuso, Concreto.

Abstract
The water shortage is a reality in large cities, water reuse is a solution to enable production processes and
adopt correct environmental policies. This study evaluated the effectiveness of a water reuse system in a
concreteira in Palmas-TO. Data were collected for 60 days of the initial total supplied by the distributor and
the total obtained by reuse system. The concreteira reuses several water: rain, blasting, kneading and no
wastewater. It offers a decanter for mixing water and washing of balloons, and other decanter for other
waters. The reused amount reaches 25%, reducing the environmental impact and the amount spent by the
company.
Keywords: Water, Reuse, Concrete.

ANAIS DO 57º CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO - CBC2015 – 57CBC

A indústria de concreto pronto (concreteira) utiliza cerca de 500 litros de água potável por lavagem de caminhão. ANAIS DO 57º CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO . esse estudo vem avaliar a eficiência de um sistema de reuso da água em uma concreteira. aproximadamente. quantidade hídrica aproveitável com relação ao volume utilizado na fabricação do concreto. afetando assim de forma quantitativa esse recurso. tendo em vista a quantidade do uso de água para amassamento. (Cardoso. Dentre tantos problemas a água se torna um recurso limitado sendo que a quantidade e qualidade de água própria para consumo passam a ser irrisória.000 litros de água para lavagem de um caminhão. com a disseminação das ideias do desenvolvimento sustentável. É dessa pequena fração que toda a humanidade (e boa parte da flora e fauna) depende para sobreviver. O Inciso VI que é um dos fundamentos da PNRH diz que a gestão da água deve ser descentralizada e contar com a participação do Poder Público. Estima-se ainda que.26% de toda a água potável. dos 2. A maior parte da água em estado líquido encontra-se no subterrâneo. O desmatamento e a impermeabilização do solo em áreas urbanas diminuem a infiltração de água. atualmente passaram a utilizar vários tipos de água. Antigamente. No âmbito da engenharia civil.1. INTRODUÇÃO 1. agrícolas etc. A falta de saneamento básico. De toda água que cobre o planeta Terra quase 97. rios e lençóis freáticos menos profundos são apenas 0.) entre outros. (MILENA. Com isso o ciclo da água não consegue percorrer todas as suas etapas. Isso devido a diversos fatores que influenciam direta e indiretamente na qualidade e quantidade desse recurso natural. uma concreteira tenha capacidade de 500m³ por dia de concreto.000 litros de água por dia. 1. consome-se 10. contaminação com resíduos químicos (industriais. 2012).5 % restantes dois terços estão em estado sólido.1.CBC2015 – 57CBC . sobretudo os concretos e argamassas. No entanto. nas geleiras e calotas polares. para a produção de concreto somente era utilizada água potável. de difícil aproveitamento.5% é composta de água salgada. apenas para processo de produção e ainda. As ações antrópicas afetam de forma drástica a circulação da água na superfície da terra. (Guimarães. consequentemente a percolação e abastecimento dos lençóis freáticos e águas superficiais. são meios que retiram parcial ou completamente a qualidade da água. o uso da água é de suma importância no amassamento das misturas cimentíceas.1 Água e Reúso A água é um bem mais abundante da Terra e ao mesmo tempo limitado. Lagos. em média. mais 30. 2008) A lei 9. Com um consumo médio de 200 litros/m³. dos usuários e das comunidades.433/97 institui a Política Nacional de Recursos Hídricos que tem a função de gerenciar o uso dos recursos hídricos.1 Problema Analisado Como forma de gerenciamento do uso dos recursos hídricos.

usinas de asfalto e concreto ou pode ser feito pelo governo para fins comunitários. A água pode ser coletada de bacias de decantação ou instalações similares. lotes vagos e em áreas protegidas por Lei.2014) A resolução CONAMA nº448/2012 art 4° e parágrafo primeiro afirmam que os resíduos da construção civil não poderão ser dispostos em aterros de resíduos sólidos urbanos. de amassamento e não residuária. em encostas. a segunda recebe as águas com menos sólidos em suspensão (figura 2) Figura 1 .CBC2015 – 57CBC . Reutilizar a água. edifício. ANAIS DO 57º CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO . capazes de armazenar água por tempo suficiente para permitir que as partículas sólidas se decantem apropriamente. 2 Análise do Processo Para a elaboração desse trabalho foi realizado um levantamento em uma concreteira no município de Palmas-TO durante o período de 60 dias do total inicial fornecido pela distribuidora e o total obtido pelo sistema de reuso. em áreas de "bota fora". (RILLO.Decantador de água de lavagem dos caminhões. corpos d'água. O Sistema de decantação é composto de duas instalações separadas: a primeira é para receber a água de lavagem dos caminhões e restos de concreto (figura 1). A empresa utiliza quatro tipos de águas: de chuva. de jateamento. 2006) A NBR 15900 define que a água recuperada de processos de preparação do concreto pode ser usada para limpar a parte interna de betoneiras de centrais misturadoras. canteiros de obra. de caminhões betoneiras. Isto pode ocorrer dentro de uma indústria. misturadores e bombas de concreto. como o próprio nome já diz significa utilizar um mesmo volume de água para dois ou mais “processos”. descreve a NBR.

Esses dois tipos de água deságuam no segundo decantador que é constituido de oito células (figura 2). toda a água que o solo não consegue aproveitar vai através de canaletas para o decantador. (figura 4).Decantador de água da chuva e jateamento A concreteira faz o reaproveitamento da água da chuva. Figura 3 .Água de jateamento Essa água é drenada através de canais que seguem em direção ao decantador. À medida que água passa por elas o material sólido se sedimenta. A água utilizada pelo jateamento serve para diminuir a poeira na superfície e para resfriar a parte do balão (figura 3).Figura 2 .CBC2015 – 57CBC . A última célula é composta de água mais limpa pronta para ser inserida no sistema produtivo ANAIS DO 57º CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO . ou seja.

O cimento contido no concreto perde a eficiência com a adição de bastante água.Figura 4 – Sistema de drenagem de água. para assim saber se a água utilizada não interfere na qualidade final do produto. a parte sólida retirada dos decantadores é utilizada como aterro da construção civil. É necessário quando utilizado águas de fontes subterrâneas. na resistência do concreto. No processo produtivo da concreteira não há percas de água. gerando uma economia para empresa. de captação fluvial e residual industrial. ANAIS DO 57º CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO . ou seja. fazer ensaios para analisar suas propriedades quando utilizada no processo produtivo e comparar os resultados. A quantidade reutilizada chega a 25%. reduzindo o impacto ambiental e o valor gasto pela distribuidora. A água é reutilizada para fabricação do próprio concreto. com 50 % de água de reuso e 50 % de água pura. A reutilização dessa água segundo a concreteira não altera nenhuma característica do concreto.CBC2015 – 57CBC . Após a decantação. quanto na lavagem interna dos balões. assim recomenda a NBR 15900.

2012 GUIMARÃES.CBC2015 – 57CBC . ANAIS DO 57º CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO .abril. Disponível <http://planetasustentavel. 2012 LEI 9. 2006. SÃO PAULO. Reaproveitamento de Água para a produção de Concreto. Viabilidade Econômica Do Reuso Da Água Na Construção Civil. CONAMA RESOLUÇÃO Nº 448. Antônio. JOAQUIN.433. O mundo com sede. 1997 MILENA. Acesso em: 12 mar.3 Referências ABNT. Cardoso Viviam Aparecida Vaz.NBR 15900 – Água para amassamento de concreto. Maio de 2014. Mooca-SP. RILLO. Água Ideias Inovadoras: Soluções Sustentáveis. em PREDOZO. Isadora. 2015.br>. Política Nacional dos Recursos Hídricos. Reuso da Água de Lavagem de Betoneira para Produção de Concreto . Resíduos da Construção Civil.com.