Você está na página 1de 2

A pesquisa experimental considerada o melhor exemplo de pesquisa cientfica, pois h um

alto nvel de controle da situao, podem-se isolar todas as estruturas de qualquer


interferncia do meio exterior, gerando maior confiabilidade em seus resultados. Mesmo
assim ela flexvel, podendo dar inmeras respostas diferentes a problemas diferentes com
um nico experimento.

A pesquisa experimental consiste manipular diretamente a varivel independente a fim de


observar o que acontece com a variveis dependentes. A inteno dizer de que modo ou
porque causas um determinado fenmeno produzido.
A caracterstica principal da pesquisa experimental o fato da varivel independente ser
manipulada pelo pesquisador, assim equvocos e ambigidades praticamente desaparecem
por isso ela extremamente eficiente para avaliar PRODUTOS,PROCESSOS E SERVIOS.
Os trs modelos mais comuns de pesquisa experimental so:
Experimentos APENAS DEPOIS ( pr experimental): consiste em estabelecer dois grupos
homogneos, o grupo experimental e o grupo de controle. Aps estimular somente o grupo
experimental verificam-se as diferenas e variaes entre os dois grupos, concluindo-se que a
variao ocorre devido ao estmulo dado pelo pesquisador.
Experimentos ANTES-DEPOIS (quase experimental): estabelece-se no um grupo nico,
mas uma distribuio aleatria que submetida anlise inicial e posterior ao se submeter a
um determinado estmulo. Verifica-se cada variao do efeito causado, concluindo se o efeito
obtido alterou ou no o objeto estudado.
Experimentos ANTES-DEPOIS com 2 grupos (genuinamente experimental): verifica-se o
grupo de controle e o grupo experimental antes do estmulo, ento aplica-se o estmulo no
grupo experimental, verifica-se a diferena entre o grupo experimental (estimulado) e o de
controle (sem estmulo). Ocorre uma medio ,no somente uma anlise de diferenas
,mediante ao estmulo aplicado.
Assim, a pesquisa experimental tem como ser repetidamente testada e sempre com o mesmo
(ou semelhante) resultado, ficando difcil surgirem respostas alternativas; as relaes puras
(grupos sem qualquer interferncia do pesquisador) tambm podem ser verificadas e
qualquer grupo manipulado, tanto unicamente como em conjunto.
O fato de as variveis ou grupos poderem ser analisados em ambientes programados
considerada tanto positiva quanto negativa.

Positiva devido maior credibilidade j que a interferncia do meio praticamente nula,


tendo o pesquisador total autonomia sobre seu objeto de estudo; negativa, pois, j que
tirando o objeto de seu meio natural as anlises sero parciais e no aplicveis nas relaes
fora do ambiente propiciado pelo pesquisador.

Você também pode gostar