Você está na página 1de 69
Introdução ao conforto ambiental professora: Monica Dolce aula: Iluminação natural Conforto Ambiental: Insolação,

Introdução ao conforto ambiental

professora:

Monica Dolce

aula:

Iluminação

natural

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Iluminação

Iluminância E

lux (lx) Lm/m 2

Fluxo luminoso de uma fonte de luz que incide sobre uma superfície

situada à uma certa distância dessa fonte.

uma superfície situada à uma certa distância dessa fonte. Ex.: Dia ensolarado de verão em local

Ex.:

Dia ensolarado de verão em local aberto ≈ 100.000 lux

Dia encoberto de verão ≈ 20.000 lux Dia escuro de inverno ≈ 3.000 lux

Luminância L

cd/m²

escuro de inverno ≈ 3.000 lux Luminância – L cd/m² Intensidade luminosa que emana de uma

Intensidade luminosa que emana de uma superfície. É o que enxergamos.

Obs.: antigamente chamado de “brilhança”.

Luminância é quantitativa, brilho é sensitivo.

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e

Monica Dolce

Monica Dolce

DISTRIBUIÇÃO DE ILUMINÂNCIAS | Taxa de uniformidade

CURVAS DE ISOLUX

|

planta à 80 cm de altura com distribuição de Fator de Luz Natural

Fonte: PROGRAMA DAYLIGHT
Fonte: PROGRAMA DAYLIGHT

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Sistemas de iluminação natural

Componentes ou série de componentes agrupados numa edificação para a admissão da luz natural

1. Lateral

2. Zenital

3. Combinados (lateral e zenital)

4. Componentes de condução (pátios, átrios, galerias, dutos)

5. Componentes de controle (externos, internos, combinados)

Obs: Iluminação direta ou indireta

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Fonte: LAMBERTS. Roberto, et al. Eficiência Energética na Arquitetura. São Paulo Conforto Ambiental: Insolação,

Fonte: LAMBERTS. Roberto, et al. Eficiência Energética na Arquitetura. São Paulo

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

ILUMINAÇÃO LATERAL

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

ILUMINAÇÃO LATERAL

janelas: determinação da forma e do caráter dos edifícios

determinação da forma e do caráter dos edifícios Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

ILUMINAÇÃO LATERAL

Desuniformidade da distribuição da

luz natural

A distribuição da luz natural diminui

muito rapidamente à medida que nos

afastamos da janela

Muito mutável com as horas do dia, as condições meteorológicas

e de entorno

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

dia, as condições meteorológicas e de entorno Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

ILUMINAÇÃO LATERAL

Áreas de trabalho:

áreas envidraçadas contínuas e até o forro:

incrementa-se a superfície refletora do forro, diminui áreas escuras que rodeiam áreas envidraçadas.

peitoris envidraçados abaixo do plano de trabalho:

contribuição pequena para iluminação, consideração das questões térmicas.

boa iluminação: adequada localização e forma das janelas.

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

JANELA

JANELA COMPONENTE DE PASSAGEM componente de passagem global: Componente de passagem de luz que faz parte

COMPONENTE DE PASSAGEM

componente de passagem global: Componente de passagem de luz que faz parte da envolvente de um volume construído, composto por superfície de

material transparente ou translúcido, envolvendo total ou parcialmente o

ambiente iluminado, permitindo entrada de luz natural.

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

COMPONENTE DE PASSAGEM

FACHADA CORTINA

PAREDE TRANSLÚCIDA

COMPONENTE DE PASSAGEM FACHADA CORTINA PAREDE TRANSLÚCIDA Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação
COMPONENTE DE PASSAGEM FACHADA CORTINA PAREDE TRANSLÚCIDA Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Arquitetura colonial COMPONENTE DE PASSAGEM Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura
Arquitetura colonial COMPONENTE DE PASSAGEM Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura

Arquitetura colonial

COMPONENTE DE PASSAGEM

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e
Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Tamanho

Forma

Localização

Orientação

Controle

Função

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação • Entrada de vento, • Entrada de luz, •

Entrada de vento,

Entrada de luz,

Visibilidade do exterior.

Monica Dolce

TAMANHO, FORMA E LOCALIZAÇÃO DA JANELA

JANELAS ALTAS E BAIXAS

JANELAS LARGAS E ESTREITAS

JANELAS VERTICAIS E HORIZONTAIS

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Imagens programa Daylight Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Imagens programa Daylight Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Imagens programa Daylight Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Imagens programa Daylight

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Biblioteca da AA School, Londres Biblioteca da Universidade de Cambridge Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e

Biblioteca da AA School, Londres

Biblioteca da Universidade de Cambridge

AA School, Londres Biblioteca da Universidade de Cambridge Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

JANELAS EM PAREDES ADJACENTES OU OPOSTAS

2 ou + janelas -> melhor iluminação (melhor uniformidade)

em paredes opostas -> melhor que em paredes adjacentes

em paredes opostas -> reduz ofuscamento (diminui contraste janela/fundo)

-> reduz ofuscamento (diminui contraste janela/fundo) Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação
-> reduz ofuscamento (diminui contraste janela/fundo) Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Biblioteca FEA

Biblioteca FEA Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

ILUMINAÇÃO ZENITAL

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

ILUMINAÇÃO ZENITAL

Distribuição da luz depende:

1. da forma dos elementos zenitais

2. do dimensionamento

3. da orientação

4. do pé-direito do local

Tipos de elementos zenitais:

teto de dupla inclinação

shed

lanternin

domus

clarabóias

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

SISTEMAS ZENITAIS

Principais Características

maior uniformidade

maior iluminância média

do que uma superfície

iluminante lateral equivalente

=> adequada para

locais profundos e

grandes espaços contínuos

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Imagem:Radiance Uniformidade depende do desenho das aberturas zenitais. Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e

Imagem:Radiance

Uniformidade depende do desenho das aberturas zenitais.

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Outras características dos sistemas zenitais:

Maior necessidade e dificuldade de manutenção.

Acúmulo de sujeira -> diminui a transmissão da luz.

Maior dificuldade para a localização dos elementos de controle

Proteção solar e ventilação

Combinação dos sistemas lateral e zenital oferece ótimos resultados

Propicia boa distribuição de iluminação

Propicia ventilação natural pelo efeito chaminé

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

*** área de iluminação zenital inferior a 10% da área de piso ***

Standatead Airport, Londres - Norman Foster

de piso *** Standatead Airport, Londres - Norman Foster Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura

Monica Dolce

Pinacoteca do Estado de SP - Int. PM Rocha

Dolce P i n a c o t e c a d o E s t

COMPONENTE DE PASSAGEM

Duas faces opostas e iluminantes

COMPONENTE DE PASSAGEM Duas faces opostas e iluminantes LANTERNIN Fonte: LAM, William Sunlight as formgiver for
COMPONENTE DE PASSAGEM Duas faces opostas e iluminantes LANTERNIN Fonte: LAM, William Sunlight as formgiver for

LANTERNIN

Fonte: LAM, William Sunlight as formgiver for architecture

Boa iluminação zenital

Possibilidade de ventilação natural

Altura usual entre 1 e

2,5m

Cuidados com radiação solar direta

usual entre 1 e 2,5m Cuidados com radiação solar direta Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

COMPONENTE DE PASSAGEM

COMPONENTE DE PASSAGEM SHEDS Série de superfícies paralelas inclinadas com aberturas verticais ou inclinadas em um

SHEDS

Série de superfícies paralelas inclinadas com aberturas verticais ou inclinadas em um

dos lados

com aberturas verticais ou inclinadas em um dos lados Boa iluminação zenital Possibilidade de ventilação

Boa iluminação zenital

Possibilidade de ventilação

Fonte: LAM, William Sunlight as formgiver for architecture

natural

Altura usual entre 1 e 2,5m

Cuidados com radiação solar

direta

usual entre 1 e 2,5m Cuidados com radiação solar direta Hospital Sarah – arquiteto Lelé Conforto

Hospital Sarah arquiteto Lelé

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Hospital Sarah Kubitschek
Hospital Sarah
Kubitschek

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Hospital Sarah Kubitschek Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Biblioteca Estadual de São Paulo (Alceu Amoroso Lima) Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação

Biblioteca Estadual de São Paulo

(Alceu Amoroso Lima)

Biblioteca Estadual de São Paulo (Alceu Amoroso Lima) Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura Arq. José Oswaldo Vilela

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Thomson Optronic Factory, Edifício industrial. Arquitetura: Renzo Piano Workshop Conforto Ambiental: Insolação,

Thomson Optronic Factory, Edifício industrial. Arquitetura: Renzo Piano Workshop

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura

COMP. DE PASSAGEM

COMP. DE PASSAGEM COB.TRANSLÚCIDA Altos ganhos térmicos Ofuscamento por contraste Manutenção (horizontalidade)

COB.TRANSLÚCIDA

Altos ganhos térmicos

Ofuscamento por contraste

Manutenção (horizontalidade)

Pinacoteca do Estado de SP Int. Paulo Mendes da Rocha

clarabóias

do Estado de SP Int. Paulo Mendes da Rocha clarabóias Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Fonte: LAM, William

Sunlight as formgiver for architecture

Sede da Power Gen Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura Conforto Ambiental:

Sede da Power Gen

Sede da Power Gen Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura Conforto Ambiental:
Sede da Power Gen Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e Arquitetura Conforto Ambiental:

Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana.

Iluminação e Arquitetura

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce Rothermere American Institute, Oxford, UK.

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Rothermere American Institute, Oxford, UK. Arquitetura: KPF.

National Gallery, Londres. Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

National Gallery, Londres.

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Museu de História Natural, Londres. Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Museu de História Natural, Londres.

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Sede da Ove Arup Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce Fonte: Gonçalves, Joana.
Sede da Ove Arup Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce Fonte: Gonçalves, Joana.

Sede da Ove Arup

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Fonte: Gonçalves, Joana.

COMPONENTE DE PASSAGEM

COMPONENTE DE PASSAGEM DOMO Cobertura hemisférica vazada ou construída com materiais translúcidos Fonte: LAM, William

DOMO

Cobertura hemisférica vazada ou construída com materiais translúcidos

Fonte: LAM, William Sunlight as formgiver for architecture

Fonte: LAM, William Sunlight as formgiver for architecture Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação
Fonte: LAM, William Sunlight as formgiver for architecture Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

FAU USP, São Paulo Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
FAU USP, São Paulo Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

FAU USP, São Paulo

FAU USP, São Paulo Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Biblioteca Nacional de Berlim Arq. Hans Sharon Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana. Iluminação e
Biblioteca Nacional de Berlim
Arq. Hans Sharon
Fonte: Vianna, Nelson & Gonçalves, Joana.
Iluminação e Arquitetura

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Café no Hide Park Zaha Hadid, Londres Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Café no Hide Park Zaha Hadid, Londres Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Café no Hide Park Zaha Hadid, Londres

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

COMPONENTES DE CONDUÇÃO DE LUZ

Espaço destinado a guiar e/ou distribuir a luz natural na direção do interior da edificação, de um componente de passagem para outro.

ÁTRIOS, PÁTIOS

DUTOS, GALERIAS

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

outro.  ÁTRIOS, PÁTIOS  DUTOS, GALERIAS Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

COMPONENTE DE CONDUÇÃO

COMPONENTE DE CONDUÇÃO ÁTRIO Espaço luminoso interno envolvido lateralmente pelas paredes da edificação e coberto

ÁTRIO

Espaço luminoso interno

envolvido lateralmente pelas

paredes da edificação e coberto com materiais transparentes ou translúcidos.

Admitem luz a ambientes internos da edificação ligados ao átrio por componentes de passagem.

edificação ligados ao átrio por componentes de passagem. Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Commerzbank, Frankfurt Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Commerzbank, Frankfurt

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce Commerzbank, Frankfurt

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce Commerzbank, Frankfurt

Commerzbank, Frankfurt

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce CCBB
Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce CCBB

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

CCBB

British Museum Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

British Museum

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

British Museum Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
British Museum Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

COMPONENTE DE CONDUÇÃO

COMPONENTE DE CONDUÇÃO DUTO DE LUZ Espaço luminoso interno que conduz a luz natural para porções

DUTO DE LUZ

Espaço luminoso interno que conduz a luz natural para porções internas da edificação.

1. Iluminação de ambientes internos sem acesso direto ao exterior

2. Topo coberto com superfície translúcida ou aberto

3. Superfícies com alta refletência

4. Dimensões usuais entre 0,5 e 2m

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

refletência 4. Dimensões usuais entre 0,5 e 2m Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

DISPOSITIVOS DE CONTROLE DA LUZ

INTERNOS (CORTINAS, PERSIANAS)

NA ABERTURA (ELEMENTOS VAZADOS, VIDROS)

EXTERNOS (BRISES, BEIRAIS, MARQUISES)

COMBINAÇÕES

(PRATELEIRAS DE LUZ, REFLETORES)

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

CORTINAS E PERSIANAS

CORTINAS E PERSIANAS Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
CORTINAS E PERSIANAS Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

CORTINAS E PERSIANAS Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

LE BISTROY Bouliac, França Arq. Jean Nouvell, 1995

LE BISTROY Bouliac, França Arq. Jean Nouvell, 1995 Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

COBOGÓS

COBOGÓS Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

COBOGÓS Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Parque Guinle, Rio de Janeiro Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Parque Guinle, Rio de Janeiro Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Parque Guinle, Rio de Janeiro

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Alhambra – Granada (Espanha) Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Alhambra Granada (Espanha)

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Alhambra – Granada (Espanha) Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Alhambra Granada (Espanha)

Alhambra – Granada (Espanha) Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Alhambra – Granada (Espanha) Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Ouro Preto, Minas Gerais muxarabi e gelosia Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Ouro Preto, Minas Gerais muxarabi e gelosia Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Ouro Preto, Minas Gerais muxarabi e gelosia

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

EDIFÍCIO COPAN BRISES CENTRO DE CULTURA JUDAICA Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

EDIFÍCIO COPAN

BRISES

EDIFÍCIO COPAN BRISES CENTRO DE CULTURA JUDAICA Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

CENTRO DE CULTURA JUDAICA

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

CENTRO DE CULTURA JUDAICA Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce MEC NO RIO DE

MEC NO RIO DE JANEIRO

Edifício Copan, São Paulo, 1951 Banco Sul- Americano (atual Banco Itaú), São Paulo, 1965 Conforto
Edifício Copan, São Paulo, 1951 Banco Sul- Americano (atual Banco Itaú), São Paulo, 1965 Conforto

Edifício Copan, São Paulo, 1951

Banco Sul- Americano (atual Banco Itaú),

São Paulo, 1965

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Centro de Cultura Judaica, São Paulo, 2002 Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Centro de Cultura Judaica, São Paulo, 2002 Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Centro de Cultura Judaica, São Paulo, 2002 Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Centro de Cultura Judaica, São Paulo, 2002 Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Centro de Cultura Judaica, São Paulo, 2002

Centro de Cultura Judaica, São Paulo, 2002 Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

MEC, Rio de Janeiro, 1936 Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

MEC, Rio de Janeiro, 1936

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

MEC, Rio de Janeiro, 1936 Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce
Edifício de escritório em Londres Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Edifício de escritório em Londres

Edifício de escritório em Londres Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Fonte: LAMBERTS. Roberto, et al . Eficiência Energética na Arquitetura . São Paulo Conforto Ambiental:

Fonte: LAMBERTS. Roberto, et al. Eficiência Energética na Arquitetura. São Paulo

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

PRATELEIRA DE LUZ

PRATELEIRA DE LUZ Fonte: O’ Connor, Jennifer at all. Tips for Daylighting Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação
PRATELEIRA DE LUZ Fonte: O’ Connor, Jennifer at all. Tips for Daylighting Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação
PRATELEIRA DE LUZ Fonte: O’ Connor, Jennifer at all. Tips for Daylighting Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação

Fonte: O’ Connor, Jennifer at all. Tips for Daylighting

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Connor, Jennifer at all. Tips for Daylighting Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação Monica Dolce

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

Sistemas de iluminação natural

Componentes ou série de componentes agrupados numa edificação para a admissão da luz natural

1. Lateral

2. Zenital

3. Combinados (lateral e zenital)

4. Componentes de condução (pátios, átrios, galerias, dutos)

5. Componentes de controle (externos, internos, combinados)

Obs: Iluminação direta ou indireta

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce

BIBLIOGRAFIA

ALUCCI, Marcia P. Manual para otimização de iluminação natural por aberturas. São Paulo:

Faculdade de Arquitetura e Urbanism da Universidade de São Paulo, 2007.

CARAM de Assis, Rosana Maria. Caracterização ótica de materiais transparentes e sua relação com o

conforto ambiental em edificações. Campinas. 1998. 166p. UNICAMP

CARAM de Assis, Rosana Maria. Estudo e caracterização de fachadas transparentes para uso na arquitetura: ênfase na eficiência energética. São Carlos. 2002. EESC USPsc

LAMBERTS. Roberto, et al. Eficiência Energética na Arquitetura. São Paulo: PW, 1997

VIANNA, Nelson Solano; GONÇALVES, Joana Carla S. Iluminação e arquitetura. GEROS, 2004

MANUAL OSRAM www.osram.com.br

U.S. DOE: www.eere.energy.gov/buildings/info/design/integratedbuilding/daylighting.html Townscope: www.townscope.com Square 1 Research: squ1.com Softwares de conforto (Labaut): www.usp.br/fau/labaut Softwares de conforto (Labeee): www.labeee.ufsc.br

Conforto Ambiental: Insolação, Iluminação e Ventilação

Monica Dolce