Você está na página 1de 1

“A Literacia dos média face aos desafios colo- Mirian Estela Nogueira Tavares

cados pela Sociedade da Informação e do # Universidade do Algarve (Professora Auxiliar): Dirige o Doutoramento e
Conhecimento.” Mestrado em Comunicação, Cultura e Artes e a Licenciatura em Artes
O livro morreu. A morte anunciada do livro, ou Visuais
da literatura, bem como da arte em geral já é # CIAC - Centro de Investigação em Artes e Comunicação
bem conhecida. O facto é que, todos eles, apesar (Coordenadora)
das exéquias antecipadas, estão bem vivos. O Site CIAC - www.ciac.pt
livro, a literatura e as artes em geral resistem ao
passar do tempo, às mudanças ocorridas e à tentativa de exterminá-los. O advento da Cultura de Massa segui-
do pela explosão dos novos media fez com que o papel dos meios tradicionais de divulgação da cultura e das
artes, ou mesmo do saber, fosse colocado em causa. Nesta conferência irei reflectir sobre a resistência dos
velhos media e a relação que estes mantém com a sociedade da informação e do conhecimento. Discutirei
também a papel das bibliotecas como um espaço privilegiado de promoção da literacia e não apenas como
um espaço tradicional de divulgação da leitura.

“Novas oportunidades para as bibliotecas? Luísa Alvim


Comunicar compensa!” # Universidade Portucalense (Docente convidada)
No contexto da sociedade do conhecimento, as # técnica superior (área de Biblioteca e Documentação) na Câmara Muni-
tecnologias Web 2.0 são uma oportunidade para cipal de V.N. Famalicão - Casa de Camilo: Museu e Centro de Estudos
as bibliotecas. Será necessário conhecer e apro- Site pessoal: http://alvimluisa.no.sapo.pt
veitar o conjunto das ferramentas sociais, assim
como das teorias de comunicação subjacentes,
que abrem potencialidades para melhorar e criar melhor comunicação entre os utilizadores e as bibliotecas. O
intercâmbio e a cooperação são valores que compensam nos usos produtivos e educativos das bibliotecas e
que se traduzem em acções de gerar e partilhar conteúdos com e entre os pares. Comunicar compensa.

“Literacia e Sociedade do conhecimento” Filomena Cravo


Literacia e literacias no tempo da WEB.2 – Novos # membro do Plano Nacional de Leitura (funções técnico-pedagógico);
contextos, novas necessidades, novos sentidos - # Co-coordenadora nacional do projecto a Ler+;
evolução do conceito e dos ambientes de apren- # Coordenadora do projecto nacional Novas Oportunidades a Ler+
dizagem, o “ encontro entre o utilizador e o con- Site PNL: www.planonacionaldeleitura.gov.pt
teúdo”, o “velho” pensamento linear; os jovens
“nativos “ do ciberespaço.
Novas tecnologias representam novas oportunidades para os jovens lerem e escreverem em contextos mais
diversificados e participativos. Ler é mágico. Ler é estimulante. Ler é preciso.

“WEB 2.0 - Espaço de partilha e de construção Fernando Carmo


colaborativa de saberes e de competências ao # membro do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares;
serviço da biblioteca escolar?” Site RBE: www.rbe.min-edu.pt
A amplitude das mudanças tecnológicas, a disse-
minação da informação, o desenvolvimento do digital, o desenvolvimento das redes físicas e virtuais vieram
trazer formas novas de comunicar e de interagir. As bibliotecas em geral e as escolares em particular, vivem um
momento de transição, mergulhadas num hibridismo que as coloca entre uma realidade que ainda é a de
sempre, palpável, que é a instituição escolar, que habita um espaço físico concreto, com programas curriculares
de cariz nacional, onde a informação impressa, entre paredes, continua a ser uma realidade e a sua abertura
ao mundo virtual através das tecnologias de informação cada vez mais presentes e exigentes.
II Encontro de Bibliotecas Escolares do Algarve: Literacias no Séc. XXI
[Encontro: http://ebealgarve2010.eventbrite.com ] [Bibliotecas Escolares: http://algarvebecre.blogspot.com ]