Você está na página 1de 2

A verdade oculta protege-se por si mesma

Roberto Lucola

Uma pessoa pode ser bem dotada de inteligncia, ser portadora de vasta cultura
intelectual e at estar bem informada a respeito das coisas esotricas, mas jamais ser
um sbio na pura extenso da palavra, por ainda est envolvida na obscuridade da
personalidade, portanto, sujeita a ser vtima da iluso de Maya. Por isso, encontrar
dificuldades para entender as subtilezas do Conhecimento Sagrado porque o mesmo tem
o seu apoio e origem na prpria Mnada, pelo que s uma Mente bafejada pela Luz de
Budhi pode penetrar nos Grandes Arcanos da Sabedoria Eterna. No basta pesquisar
sem experimentar em si mesmo a realidade do Saber Oculto. A reside o poder mgico
do Conhecimento Hermtico, que difere muitssimo do conhecimento mundano que no
exige do pesquisador nenhum compromisso com a Verdade.
A Sabedoria Inicitica das Idades exige uma interao entre o que se aprende e o
comportamento moral e intelectual do modo de vida do estudioso. Se no houver esse
compromisso, jamais se conseguir penetrar os meandros iniciticos do Saber Oculto.
Infinitamente menos quando o estudo tem apenas carcter de diletantismo ou de
passatempo sem nenhum compromisso com a sua vivncia, servindo apenas como meio
de afirmao de vaidades prprias de desajustados psicomentais do gnero sei tudo
porque tenho tudo. Mas a Verdade Oculta protege-se por si mesma dos curiosos e
egostas. A bondade e o amor, pela sua pureza e o alto padro vibratrio, podem facilitar
at certo ponto a aquisio do Saber Arcano.
As pessoas de carcter dominador assinalam com isso que esto envolvidas na
obscuridade da personalidade, e no dominando a si mesmas procuram dominar os

outros. Porm e incluindo a sua eventual cultura livresca onde incontveis teorias
desencontradas vagueiam no campo rido da mente com mais ou menos misticismo
desapurado ou gosto pelas coisas fantsticas e inslitas, revelam com tudo isso a sua
natureza dbil ainda muito longe de estar integrada aos reais valores do Esprito.
Segundo Shankaracharya, as caractersticas da obscuridade so a ignorncia, a preguia,
a inrcia, a letargia, a insensatez e a escravido s iluses dos sentidos. Aquele que
subjugado pela obscuridade mental um cego que jamais contemplar a Luz do
Esprito.