Você está na página 1de 1

Texto I

O Estado constitui um mecanismo de controle social existente na sociedade


humana. uma organizao que exerce autoridade sobre seu povo, por
meio de um governo supremo, dentro de um territrio limitado, com direito
exclusivo para a regulamentao da fora. Cada Estado tem o direito de
manter seu prprio governo, elaborar suas prprias leis e de administrar os
negcios pblicos sem a interferncia de outros Estados.
LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Sociologia geral. So Paulo: Editora
Atlas, 1999 (adaptado).
Texto II

Com a globalizao, surgem vrios blocos econmicos, associaes de


pases, em geral, de uma mesma regio geogrfica, que estabelecem
relaes comerciais privilegiadas entre si e atuam de forma conjunta no
mercado internacional. Essas novas formas desafiam e reduzem os espaos
dos Estados-nao, invalidando ou sendo forados a reformular muitos de
seus projetos nacionais. As naes procuram proteo por meio dos blocos
geopolticos, cedendo parte de sua autodeterminao ou fazendo acordos
por meio da proteo de organizaes internacionais (ONU, FMI etc.), e
aceitando as normas estipuladas por elas.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Sociologia geral. So Paulo: Editora


Atlas, 1999 (adaptado).

Comparando-se os dois textos, julga-se que a transformao que ocorre no


funcionamento do Estado e nas relaes entre os Estados devido ao
processo de globalizao

a) a limitao da soberania constituda.


b) o aumento da solidariedade mundial.
c) a exacerbao dos conflitos militares.
d) o declnio das atividades diplomticas.
e) o impedimento das prticas imperialistas.