Você está na página 1de 6

INFORMATIVO DA AÇÃO GLOBAL

Maio de 2010

Ação Global 15 anos


Há 19 anos no SESI Amazonas, a assistente social Nelsi Ladeira Lunière acompanhou a
evolução da Ação Global, do assistencialismo com ações isoladas dos parceiros ao
conceito atual de investimento social privado, como coordenadora do programa entre
1998 e 2008.
Atual gerente de Cultura, Esporte e Lazer do SESI, Nelsi Lunière lembra que, no início,
não havia muita diferença entre a Ação Global e as Ações Comunitárias e outros mutirões
de cidadania e saúde realizados regularmente pelo SESI até 1995, ora no Clube do
Trabalhador, ora nos bairros mais carentes de Manaus. Em 1998, Nelsi recebeu da O grande legado
então superintendente do SESI, Dorinha Mourão, a atribuição de coordenar o programa
da Ação Global
no Amazonas.
nesses 15 anos foi
Da equipe inicial faziam parte, além de Nelsi na coordenação, Simônica Sidrim, hoje na
gerência do Núcleo de Responsabilidade Social Empresarial do SESI e na coordenação fazer de uma ação
da Ação Global desde 2009, Patrícia Bezerra, coordenadora estadual do Cozinha Brasil, assistencialista um
e Fabíola Bichara. programa voltado
Nos primeiros anos, o SESI já contava com a participação de empresas do Polo Industrial verdadeiramente
de Manaus no programa, principalmente no fornecimento de alimentação e transporte para a
para os voluntários no dia do evento. transformação
Em 2005, o envolvimento das empresas do PIM na Ação Global já havia se tornado mais social.
efetivo, graças, em parte, ao “trabalho de formiguinha” da equipe do SESI e das novas
práticas inspiradas pelos conceitos de responsabilidade social adotados pela indústria
em todo o mundo. mudança na perspectiva da Ação Global do futuro.
1996
Em 1996, a Ação Global acontecia pela
primeira vez em alguns Estados e pela
em clima de estreia
Susam e Semsa.
Naquele ano, a novidade foi o Tribunal
segunda em outros. Esse foi o caso do Regional Eleitoral (TRE) que levou
Amazonas, que já reuniu naquele ano para o Clube do Trabalhador urnas
25 parceiros, principalmente do setor eletrônicas que seriam utilizadas pela
governamental. Ainda em clima de primeira vez nas eleições de 3 de
estreia, o SESI convidou o governador outubro no Amazonas. Foram as
da época, Amazonino Mendes, para primeiras demonstrações do voto
fazer a abertura oficial no evento, no dia eletrônico no Estado.
15 de junho, no Clube do Trabalhador
do Amazonas. Outros governantes Também aquele foi o primeiro ano em
tiveram a honra de abrir o programa, que a Caixa Econômica Federal (CEF)
em anos seguintes, como o ex- instalou posto de atendimento para dar
governador Eduardo Braga. orientações sobre financiamento da
casa própria para trabalhadores de
A Ação Global chegou a fazer 35 mil baixa renda, sobre FGTS, PIS/PASEP.
atendimentos, 7 mil deles somente na A Ação Global foi realizada em 26
área médica, graças a parceiros como estados atendendo cerca de 2 milhões
Hemoam, Fundação Alfredo da Matta, de pessoas.

Outras histórias...
A Ação Global completa 15 anos em 2010. Oficialmente, porque em algumas
localidades, o programa teve mais de 15 edições. No Amazonas e em outros
departamentos regionais, o SESI realizou 17. Em alguns anos, foram
realizadas duas edições do evento

.......................

1995 é o marco inicial da Ação Global em nível nacional. No Amazonas, o


programa foi realizado no dia 7 de novembro, no Clube do Trabalhador, mas
ainda como Ação Comunitária. Como o foco principal era a Odontologia, o
SESI levou para o Clube 22 oito unidades móveis com 25 odontólogos, sendo
22 da própria organização e 3 do Exército. Os parceiros do SESI na primeira
Ação Global eram a Superintendência de Saúde do Amazonas (Susam),
Hemoam, Alfredo da Matta, Hospital Tropical, Exército e Secretarias
Municipais de Educação (Semed) e Comunicação (Semcom).

.....................

No primeiro ano, a Ação Global foi realizada por apenas 23 dos 27


Departamentos Regionais do SESI. Em 2010, o programa acontece em 31
localidades em todo o país.
Moto Honda dá a semente e ensina a plantar

E
m 2010, a Moto Honda da Amazônia faz sua quinta
participação consecutiva na Ação Global. Está entre as
pioneiras e as mais assíduas entre as 23 empresas do
Polo Industrial de Manaus reunidas neste ano entre os
parceiros do SESI, a se envolver em todas as fases do
programa.
À frente da equipe da Moto Honda, nesses cinco anos, estão
Josué Campos, 56, gerente da Gestão Ambiental e Segurança,
e Miriam Correa, 46, chefe do Departamento de Gestão
Ambiental, que estão na empresa, respectivamente, há 26 e 22
anos.
Na edição de 2010, a Moto Honda vai oferecer palestras sobre
os mais variados temas, como Primeiro Emprego, Meio
Ambiente e Segurança no Lar. Mas, o que se tornou uma
atração à parte é a já tradicional distribuição de coco e
sementes de hortaliças. São 2 mil cocos e 700 pacotes de
hortaliças e mais 3 toneladas de limão. As frutas vêm da
área de preservação ambiental e reflorestamento mantida pela
empresa em Manaus e no município de Rio Preto da Eva, a 80 “Passa a Ação Global, mas essa
quilômetros da capital. atitude fica plantada na vida das
Além de distribuir os 700 pacotes de hortaliças, a empresa vai
oferecer orientação sobre como preparar uma horta caseira, o
pessoas”, disse Miriam.
que, segundo Miriam Correa, vai ao encontro da
necessidade da população de bairro de Manaus. A Moto Honda também participa da Ação Global com sua equipe
médica composta de três médicos e 12 enfermeiros.

A Previdência se faz presente


A Previdência Social participa do evento orientando e
informando sobre serviços previdenciários, realizando o
agendamento de atendimentos e benefícios, atualização
de cadastro, simulação e emissão de extratos de tempo
de contribuição. No estande da Previdência, além das
informações sobre legislação previdenciária, direitos e
deveres do segurado, documentação exigida para a con-
cessão de benefícios, o cidadão recebe orientações sobre
inscrição e a importância da atualização cadastral. É tam-
bém realizada a divulgação dos canais remotos de atendi-
mento, como a Central 135 e a página da Previdência
Social na Internet (www.previdencia.gov.br).

Resultado da Investigação Apreciativa, nova metodologia


A da Ação Global que está sendo aplicada, nesta edição, em
parceria com entidades privadas, estaduais e municipais dez Departamentos Regionais do SESI, o INSS vai
tem sido fundamental para a prestação de serviços de trabalhar em parceria com o SINE para orientação
qualidade à população. A cada ano novos parceiros se daqueles que irão requer a 1ª via da Carteira Profissional,
integram ao evento. Hoje são mais de 90 parceiros com destacando a importância de guardar o documento que,
os mesmos objetivos. Durante 13 anos, o INSS participa futuramente, vai auxiliar na comprovação do seu tempo
da Ação Global. Para o gerente executivo do órgão, de contribuição como segurado da Previdência Social.
Álvaro Meninéa, a Ação Global tem registrado excelentes
resultados no esforço de não apenas levar as informações
previdenciárias ao conhecimento da comunidade, mas
também e especialmente, de oferecer à população
amazonense a oportunidade de discutir temas
previdenciários nos diálogos sociais, auxiliando os
indivíduos a compreenderem e exercerem seus direitos
de cidadão.

Esperamos poder continuar


parceiros no exercício diário
de nossa responsabilidade social
Astéria inaugurou o corte de cabelo
Astéria Macedo, colaboradora do SESI há 36 anos, coordenou por
muitos anos os cursos de Educação e Promoção Familiar, como corte e
costura, manicure, cabeleireiro, serigrafia e alimentação. Vinha
desses cursos, principalmente o de cabeleireiro, uma parte dos
voluntários que atendiam à população nos mutirões de cidadania
promovidos pelo SESI Amazonas, depois nas Ações Comunitárias e,
finalmente, no programa Ação Global.
De acordo com Astéria, a Ação Global sempre foi um acontecimento
muito aguardado pela população, principalmente os mais
necessitados, que até hoje são os que chegam mais cedo ao Clube do
Trabalhador para receber os benefícios. Ela lembra que o serviço de
corte de cabelo chegava a atender cerca de mil pessoas em cada
edição do evento. Para atender a essa demanda, o SESI contava com
cerca de 20 cabeleireiros, entre alunos e estagiários dos cursos.
Astéria lembra até hoje a felicidade estampada no rosto de cada um
após o corte de cabelo. Já naquela época a maioria das pessoas levava
toda a família para o evento. No mínimo saíam de cabelo cortado pai,
mãe e filhos.
Além de coordenar o serviço de corte de cabelo, Astéria Macedo ainda
encontrava tempo para preparar a merenda dos colaboradores e
voluntários que trabalhavam na Ação Global. Até hoje é assim. Astéria
aposentou as tesouras, mas quem procurar pode encontrá-la nesta
Ação Global sempre cuidando do lanche do pessoal. Valeu, Astéria!

Voluntária da Enfermagem
A auxiliar de enfermagem Ariadne Ferreira trabalha há 22 pressão do público na Ação Global.
anos no SESI e participou de todas as edições da Ação Ariadne lembra que, no início do programa, a equipe de
Global e dos vários mutirões de saúde e ações enfermagem era bem reduzida e a procura pelos serviços,
comunitárias nos bairros de Manaus. Com a mesma imensa. Eram realizados em média 600 atendimentos
tranqüilidade e gentileza que atende no SESISAÚDE, nessa área.
Ariadne é uma das encarregadas do serviço de aferição de

Odontologia muda o foco


As primeiras edições da Ação Global foram marcadas basicamente
pelos serviços de saúde e de cidadania, em razão da carência da
população e da ausência do poder público nessas áreas. Na área
de Odontologia, o SESI deslocava para o Clube do Trabalhador
várias unidades móveis e profissionais para realizar procedimentos,
como restaurações e extrações de dentes. Havia uma grande
demanda, o que exigia muita dedicação da equipe para realizar o
atendimento.
De acordo com a gerente da Odontologia do SESI Amazonas,
Jamile Bichara, depois de vários estudos e pesquisas, o SESI
A proposta de atendimento odontológico do SESI mudou a proposta do atendimento odontológico e passou a investir,
mudou durante esses 15 anos de Ação Global, e
hoje tem como foco a prevenção, com palestras dentro de uma visão mais futurista, na prevenção, que é o foco de
educativas e sensibilização para a importância abrangência e consciência mundial. Para o SESI, prevenir é o
dos problemas dentários
caminho, oferecendo palestras educativas e preventivas,
escovação orientada, sensibilizando a importância dos elementos
dentários.

2009 Sistema FIEAM/CSC/DCM/Design


Uma nova perspectiva
A gerente do Núcleo SESI de Responsabilidade Social participativa e com mais comprometimento, além da
Empresarial, Simônica Sidrim, assumiu a oferta de serviços diferenciados.
coordenação estadual da Ação Global em 2009, ano
em que o programa mudou de perspectiva, visando
tornar-se parte do Investimento Social Privado, A metodologia que está sendo
definido como “repasse voluntário de recursos adotada leva os parceiros a um
privados de forma planejada, monitorada e
sistemática para projetos sociais, ambientais e comprometimento maior e passa
culturais de interesse público”. a ser uma ação contínua e
Em 2010, o programa adota como metodologia a desenvolvida a quatro mãos
Investigação Apreciativa, onde as estratégias e
ações a serem implementadas pelo SESI Amazonas
na Ação Global são construídas em conjunto com os De acordo com a gerente, a Ação Global produz uma
parceiros, entre estes as empresas industriais, e riqueza social de grande valor, mais qualidade de
voluntários, o que vai possibilitar uma ação mais vida e cidadania.
Parceiros Ação Global 2010

Total de parceiros: 94
Instituições Parceiras da Indústria: 26

PARCEIROS:

Alcoólicos Anônimos do Amazonas - AA


Associação Brasileira de Odontologia - Abor-Am
Águas do Amazonas S/A
Amazonas Copiadoras
Em 1998, o SESI incluiu o casamento Amazon Refrigerantes (Grupo VDA)
coletivo na programação da Ação Associação de Combate às DST/HIV/Aids/Am - Soceama
Global, em cerimônia que uniu 100 Associação para o Desenvolvimento Integrado e Sustentável – Adeis
casais amazonenses Atacado Atack
C.E.S.Nilton Lins – Complexo de Serviços Educacionais Ltda
Caixa Econômica Federal
Construtora Camargo Correa
Cartório do 4º Ofício de Registro Civil
Cartório do 9º Ofício de Registro Civil
Centro de Pesquisas e Diagnósticos Especializados – CPDE
Centro Universitário Nilton Lins
CEULM/Ulbra
Comitê para Democratização da Informática do Amazonas – CDI/Am
Números do mutirão da cidadania Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Conen)/Secretaria de
Estado de Justiça e Direitos Humanos (SEJUS)
Construtora Capital
Copag da Amazônia S/A
Executada pelo SESI em parceria com a Rede Globo, o evento é uma ação Conselho Regional de Enfermagem do Estado do Amazonas (Coren/Am)
Corpo de Bombeiros
social da indústria brasileira. Criada pelo SESI de Minas Gerais em 1991, Cooperativa de Produção dos Industriais da Panificação do Estado do
passou a ocorrer em âmbito nacional desde 1995. De lá para cá, já foram Amazonas (Copansam)
Correios
beneficiadas mais de 12,4 milhões de pessoas e realizados mais de 26 Comercial 2M
milhões de atendimentos. Tudo isso graças à participação de milhões de Compemad Ind. e Com. de Artefatos de Ferro e Madeira Ltda
voluntários Brasil afora. Cruz Ind. e Com. Ltda. (Magistral)
Departamento Estadual de Trânsito (Detran)
Drogaria Nazaré / Nortefarma Imp. Exp. Ltda
1995 – Nesse ano, o ponto alto nas ações de cidadania promovidas pelo SESI Amazonas foi o Eletrobrás Amazonas Energia
Mutirão de Saúde realizado em março no bairro Santa Etelvina, e duas Ações Comunitárias, em Exército – 1º BIS / HGEM / SSMR
julho e novembro, no Clube do Trabalhador Fabril de Arosuco Aromas e Sucos Ltda
Fundação Alfredo da Matta
1996 – Para efeitos cronológicos é considera a primeira Ação Global no Amazonas. Os parceiros do Fundação Nokia de Ensino
SESI vinham principalmente da esfera governamental, federal, estadual e municipal. O resultado FG Refeições
aponta 17.282 pessoas atendidas, 35 mil atendimentos e 25 parceiros Gelocrim
Grupo Gama – Grupo de Apoio a Mulheres Mastectomizadas
1997 – Foram atendidas 21.591 pessoas em 32.387 serviços. O SESI contou com 30 parceiros Grupo de Apoio a Crianças e Adolescentes com Câncer do Amazonas –
GAAC
Grupos Familiares Al-Anom
1998 – A terceira edição efetiva da Ação Global atendeu 45. 566 pessoas e registrou 156.087
Grupo Simões
atendimentos, o maior número já registrado pelo evento. Foram reunidos 43 parceiros. Pela Hemoam
primeira vez, o SESI promoveu o casamento coletivo unindo 100 casais em cerimônia no Clube do Instituto Euvaldo Lodi
Trabalhador. Impram – Impressora Amazonense
INSS
1999 – Foram atendidas 31.137 pessoas e realizados 62.274 atendimentos. O evento reuniu 35 Instituto da Mobilidade e Transportes Terrestres – IMTT
parceiros e a cerimônia de casamento coletivo uniu 105 casais. A Xerox do Brasil é a primeira Instituto de Identificação do Amazonas
empresa do Polo Industrial de Manaus (PIM) a participar do evento. Instituto Internacional Amazônia Viva
Instituto Nokia de Tecnologia
2000 – Nesse ano, cresce a participação de empresas do PIM no evento, com destaque para Moto Indústria de Transformadores de Manaus – Itam
Honda, Xerox, Multibrás e NG da Amazônia. Foram atendidas 29.674 pessoas e registrados 59.348 Itautinga Agro Indústria S/A
atendimentos. Evento reuniu 40 parceiros. Instituto Embelleze
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa)
2001 – Evento atraiu 21.108 pessoas e ofereceu 31.529 atendimentos. Número de parceiros: 42. Jet (Acom Comunicações S/A
Kodak
2002 – Empresas voltam a participar mais efetivamente da Ação Global. Destaque para Moto Maternidade Moura Tapajós
Honda, Nokia do Brasil, Philips da Amazônia, Siemens e Xerox, Amapoly. Evento reuniu 36.526 Mapemi do Brasil Matérias Odontológicos
pessoas e registrou 71.628 atendimentos. Número de parceiros: 45. Moto Honda da Amazônia Ltda
Metro Importação de Artigos Eletrônicos
2003 – Com 41 mil pessoas atendidas e 88.054 atendimentos, o evento reuniu 40 parceiros, entre Natura
os quais as empresas Amapoly, Coca-Cola, CDI Amazonas, Moto Honda, Nokia do Brasil, Philips Nokia do Brasil Tecnologia Ltda
Petrobras
da Amazônia, Siemens Eletroeletrônica, Xerox Comércio e Indústria
Polícia Militar do Amazonas
Procon
2004 – 50 mil pessoas receberam 97.378 atendimentos oferecidos por 55 parceiros. Evento desse Prodimagem
ano “procura romper com o assistencialismo de ações isoladas”. Moto Honda, Xerox, Philips da QSP – Farmácia de Manipulação
Amazônia, Siemens, Recofarma, Multibrás, Nokia do Brasil destacam-se entre as empresas. Recofarma
Região Escoteira do Amazonas
2005 – Evento atraiu 62 mil pessoas e ofereceu 124.624 atendimentos, com um número recorde de SAMU
parceiros até então: 74. O casamento coletivo uniu 30 casais. Santa Clara Ind. e Com. de Alimentos
Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustetável
2006 – 61.798 pessoas receberam 124 atendimentos no evento que reuniu 67 parceiros. O (SDS)
programa fez parte das comemorações dos 60 anos do SESI. Secretaria de Estado da Segurança Pública – Previne (SSP)
Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (SEJUS)
“A Ação Global é uma oportunidade para pessoas excluídas dos bens e serviços básicos se Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMMAS)
tornarem cidadãos” Ricardo Dias, 50, morador do Tancredo Neves, em 11 de novembro de Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA)
2006 Secretaria Municipal de Educação (SEMED)/Projeto Reciclando para não
Poluir
2007 – 63 mil pessoas e 126 mil atendimentos. Cresce o número de parceiros: 99, dos quais 21 Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Amazonas
empresas do PIM (Sindipan/Am)
Serviço Social da Indústria (SESI/AM)
“A Ação Global deste ano superou expectativas. As empresas estavam sensibilizadas e Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento (Semtrad)
participaram de forma mais efetiva, com postura de Responsabilidade Social” Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae/AM)
Nelsi Lunière, coordenadora, em 22 de setembro de 2007 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/AM)/Escola SENAI
Demóstenes Travessa/Geração de Educação, Tecnologia e Inovação
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC)
2008 – 45 mil pessoas e 89.363 atendimentos. O evento reuniu 75 parceiros na Arena Poliesportiva
SINE/Manaus
Amadeu Teixeira em função da obra de reforma do Clube do Trabalhador. Superintendência de Saúde do Amazonas (Susam)
Superintendência Regional do Trabalho (SRT)
2009 – Evento retorna para o Clube do Trabalhador e recebe 48.488 pessoas e 97. 643 Thomson Multimidia Ltda (Technicolor)
atendimentos. Número de parceiros: 97, com destaque para Moto Honda, Nokia do Brasil e Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ/AM)
Yamaha. Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT/AM)
Rede Amazônica de Rádio e Televisão – TV Amazonas
2010 – 45 mil pessoas e 90 mil atendimentos é a meta do SESI para este ano. O evento reúne 94 UNINORTE
parceiros, dos quais 23 são empresas do PIM Universidade Paulista (Unip)
“A metodologia que está sendo adotada pela Ação Global leva os parceiros a um comprometimento VEMAQA – VARA ESPECIALIZADA DO MEIO AMBIENTE DE QUESTÕES AGRÁRIAS
maior e passa a ser uma ação contínua e desenvolvida a quatro mãos”. Aeronáutica – VII Comar
Simônica Sidrim, coordenadora da Ação Global no Amazonas, em 20 de maio de 2010 Yamanha Motor da Amazônia / Uniodonto

Expediente

Coordenador Geral do CSC - Luiz Alberto Monteiro Medeiros | Diretoria de Comunicação e Marketing Paulo Roberto Gomes Pereira
J o r n a l i s t a R e s p o n s á v e l - M á r i o F r e i r e | Te x t o / R e v i s ã o - M á r i o F r e i r e / A d e m a r M e d e i r o s
Editoração eletrônica/Diagramação Alessandra Nascimento
Te l e f o n e 3 1 8 6 - 6 5 7 7 | E m a i l d i v u l g a c a o @ f i e a m . o r g . b r / a c s @ f i e a m . o r g . b r e r @ s e s i a m . o r g . b r

Interesses relacionados