Você está na página 1de 3

Implicações das TIC na Inovação Educacional

“ As tecnologias de informação e comunicação (TIC) não são mais uma


ferramenta didáctica ao serviço dos professores e alunos… elas são e estão no
mundo onde crescem os jovens que ensinamos” (ADELL,1997, citado por BRÁS, C.,
2003, p.38.)

As TIC emergem, pois o homem deve ser educado num ambiente


tecnológico capaz de contribuir para tornar o processo educativo mais eficaz.
Actualmente as crianças, a partir de uma faixa etária baixa, estão
habituadas a lidar com os recursos tecnológicos, fazendo-o com bastante
facilidade.
Após uma perspectiva tradicional de escola, que privilegiava o nível
micro da sala de aula, onde o educador/ professor apenas tinha ao seu dispor
giz, quadro, folhas e verbalizava todo o saber para o poder transmitir à criança,
emergiu uma nova realidade. Um processo de mudança e de inovação
educacional, onde a criança recebe estímulos do exterior aos quais reage.
O aluno é visto como autónomo, criativo, onde a descoberta têm um
grande significado na aprendizagem, sendo o educador/professor um
orientador/facilitador dessa mesma aprendizagem. Um exemplo disso é o uso
do computador por parte da criança, que promove a aprendizagem através da
descoberta, já que cada vez mais cedo as crianças vão a sites interactivos,
jogam cd´s interactivos, aprendendo imenso. Futuramente, quando souber ler,
a utilização do computador vai permitir à criança aprender através da
descoberta e da investigação, não limitando o seu campo à audição de
conteúdos. As crianças do 1ºciclo devem aprender e executar tarefas nos
processadores de textos, folhas de cálculo, bem como nos quadros
interactivos.

A principal função dos professores, como orientadores do processo


educativo será então a de obterem das TIC, o maior auxílio possível, para que
haja inovação educacional no sistema de ensino.
“Há que desfrutar das TIC como pretexto de inovação pedagógica, até
porque a máquina não substituirá o professor mas potenciará o “homem que
quer descobrir”. (BRÁS, 2003, p.92.)
Para que os professores consigam enriquecer a educação com auxílio
das TIC não poderão certamente esquecer o conceito: “aprender durante toda
a vida”, ou seja, os professores têm de ter formação, aprender para dar
resposta à necessidade de implementação/ utilização das (TIC) na sua sala de
aula, e de certa forma “invadir a geração das crianças”.
Em suma, posso dizer que nos cabe a nós enquanto profissionais de
educação, recorrer e beneficiar o mais possível das TIC, de modo a contribuir
para a inovação educacional, ajudando certamente os nossos alunos a adquirir
conhecimentos de forma mais natural e agradável.
Bibliografia

• BRÁS, C.(2003). Integração das tecnologias da informação e comunicação no


ensino da Física e Química. Consultado a 20.05.2010 em
http://www2.dce.ua.pt/docentes/ventura/ficheiros/documpdf/ant%C3%B3nio
%20n%C3%B3voa.pdf

• NÓVOA, A.(1999). Para uma análise das instituições escolares. Consultado a


16.05.2010 em
http://www2.dce.ua.pt/docentes/ventura/ficheiros/documpdf/ant%C3%B3nio
%20n%C3%B3voa.pdf