Você está na página 1de 14
Produto: TOTVS Folha de Pagamento Processo de Negocio: Rotina Anual (DIRF 2013) Processo do Sistema:

Produto: TOTVS Folha de Pagamento

Processo de Negocio: Rotina Anual (DIRF 2013) Processo do Sistema: Parametrização do sistema TOTVS Folha de Pagamento para a geração da rotina DIRF/Informe de rendimentos, ano base 2012.

Versões: 11.40, 11.50 e 11.80.

Introdução Este roteiro visa demonstrar a parametrização que deverá ser realizada para a correta geração do arquivo DIRF/Informe de rendimentos.

INDÍCE

1.

Conceito

1

2.

Parametrizações no RM Labore para geração da DIRF / Informe de Rendimentos

2

2.1

- Cadastro de Funcionário

2

2.2

- Cadastros Globais

8

2.3

- Cadastro de Seções

8

2.4

- Cadastro de Coligada

10

2.5

- Cadastros de eventos

10

2.6

- Valores fixos

11

2.7- Ficha Financeira

11

2.8

- Fórmulas que podem ser utilizadas para impressão do Informe De Rendimentos

12

Conceito

A DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte) é a declaração feita pela FONTE PAGADORA, com o objetivo de informar à Secretaria da Receita Federal do Brasil:

1. O valor do imposto de renda e/ou contribuições retidos na fonte, dos rendimentos pagos ou creditados para

seus beneficiários;

2. O pagamento, crédito ou remessa a residentes ou domiciliados no exterior, ainda que não tenha havido a

retenção do imposto, inclusive nos casos de isenção ou alíquota zero;

3. Os rendimentos isentos e não tributáveis de beneficiários, pessoas físicas e jurídicas domiciliadas no País;

4. Os pagamentos de plano de assistência à saúde coletivo empresarial;

#DICA:

Quem deve declarar? Pessoas jurídicas e físicas que tenham realizado algum pagamento ou creditado rendimentos que sofrem retenção do imposto sobre a renda na fonte, ainda que em um único mês do ano-calendário a que se referir a DIRF, por si ou como representantes de terceiros.

TOTVS Folha de Pagamento

1

Parametrizações no RM Labore para geração da DIRF/Informe de Rendimentos

2.1 - Cadastro de Funcionário

O sistema irá definir o código de receita de cada funcionário através dos dados inseridos nos campos abaixo:

Código de Receita: 0561 = identificarão os funcionários com “Rendimento trabalho assalariado”; Código de Receita: 0588 = identificarão os funcionários com “Rendimentos do trabalho sem vínculo empregatício”.

#DICA – Localizando o cadastro de funcionários: Acesso ao cadastro de funcionários – Visão Delphi
#DICA – Localizando o cadastro de funcionários:
Acesso ao cadastro de funcionários – Visão Delphi
1 – Acesse: Cadastros
Atalho na barra global
2 – Funcionários
Acesso ao cadastro de funcionários – Nova MDI
1 – Acesse: RH
2 – Folha de Pagamento
3 - Funcionários

TOTVS Folha de Pagamento

2

Campo Tipo de Funcionário

Tela de funcionários em Delphi: Acesse a aba Base Cálculo | Campo Tipo de Funcionário.

Acesse a aba Base Cálculo | Campo Tipo de Funcionário . Tela de funcionários.NET: Menu Informações

Tela de funcionários.NET: Menu Informações Contratuais | Salário/Jornada | Campo Tipo de Funcionário.

Tela de funcionários nova MDI: Menu Informações Contratuais | Salário/Jornada | Campo Tipo de Funcionário.

Contratuais | Salário/Jornada | Campo Tipo de Funcionário . TOTVS Folha de Pagamento 3 N º

TOTVS Folha de Pagamento

3

Campo Vínculo RAIS

Tela de funcionários em Delphi: Acesse a aba Registro | Sub-aba Admissão II | Campo Vínculo.

aba Registro | Sub-aba Admissão II | Campo Vínculo . Tela de funcionários.NET: Menu Rotinas Mensais/Anuais

Tela de funcionários.NET: Menu Rotinas Mensais/Anuais | RAIS | Campo Vínculo da RAIS.

Tela de funcionários na nova MDI: Menu Rotinas Mensais/Anuais | RAIS | Campo Vínculo da RAIS.

MDI: Menu Rotinas Mensais/Anuais | RAIS | Campo Vínculo da RAIS . TOTVS Folha de Pagamento

TOTVS Folha de Pagamento

4

Campo Categoria

Tela de funcionários em Delphi: Aba Registro | Sub-aba FGTS/SEFIP/INSS | Campo Categoria

Registro | Sub-aba FGTS/SEFIP/INSS | Campo Categoria Tela de funcionários.NET: Menu Rotinas Mensais/Anuais |

Tela de funcionários.NET: Menu Rotinas Mensais/Anuais | FGTS/SEFIP | Campo Código da Categoria.

Tela de funcionários na nova MDI: Menu Rotinas Mensais/Anuais | FGTS/SEFIP | Campo Código da Categoria.

| FGTS/SEFIP | Campo Código da Categoria . Códigos de receita: O funcionário será identificado com

Códigos de receita:

O funcionário será identificado com o código de Receita 0588 quando:

Condição 1: Funcionário for do Tipo Autônomo (‘PFUNC.CODTIPO’ = A);

Condição 2: Funcionário for do tipo Diretor (‘PFUNC.CODTIPO’ = D) E Vínculo da Rais = 7 (‘PFUNC.VINCULORAIS’ = 7) E Categoria do SEFIP = 5 ou 11(‘PFUNC.CODCATEGORIA’= 5 OU ‘PFUNC.CODCATEGORIA’= 11)

TOTVS Folha de Pagamento

5

O funcionário será identificado com o código de Receita 0561 quando:

Condição 1 e Condição 2 forem falsas.

Outros campos a serem validados no cadastro de Funcionários:

Campo CPF

Tela de funcionários em Delphi: Aba Documentos | Campo CPF Tela de funcionários.NET: Menu Informações Pessoais | Documentação | Campo CPF

A informação deste campo irá constar no Informe de Rendimentos e na DIRF. Funcionários sem CPF não serão

considerados na DIRF. Caso exista mais de um funcionário com mesmo CPF seus dados serão agrupados.

Campo Tipo de Admissão

Tela de funcionários em Delphi: Aba Registro | Sub-aba Admissão | Campo Tipo de Admissão Tela de funcionários.NET: Menu Informações Contratuais | Registro | Campo Tipo de Admissão

O sistema verifica se o funcionário tem tipo de admissão por transferência (com ônus ou sem ônus).

Caso ele tenha, será considerada como data inicial para verificação dos dados, a data informada no campo Data da Transferência.

Exemplo: Funcionário com data de admissão em 01/08/2005 sofreu uma transferência sem ônus para a empresa atual em 01/05/2012. No antigo registro, na competência 04/2012, ele recebeu verbas com data de pagamento em 05/2012. Estas verbas não serão consideradas no registro atual da empresa, pois está em Competência anterior a transferência. Caso queira considerar estes pagamentos o sistema disponibiliza o parâmetro Considera movimentação de competência anterior para transferidos”, no módulo de emissão da DIRF.

Campo Seção

Tela de funcionários em Delphi: Aba Registro | Sub-aba Admissão II | Campo Seção Tela de funcionários.NET: Menu Alocações | Seção | Campo Seção

Deve conter a informação da seção que o funcionário pertence.

Atenção! Funcionários sem históricos não serão considerados para geração dos relatórios. É preciso existir pelo
Atenção!
Funcionários sem históricos não serão considerados para geração dos relatórios. É preciso existir pelo menos um
histórico de seção associado ao empregado. Para verificar esta informação acesse:
Tela de funcionários em Delphi: Aba Registro | Sub-aba Hist. Seção.
Tela de funcionários.NET: Menu Históricos | Sub-aba Histórico de Seção.

Histórico de Assistência Saúde

Tela de funcionários em Delphi: Aba Registro | Sub-aba Histórico de Assistência Saúde Tela de funcionários.NET: Menu Históricos | Históricos | Sub-aba Histórico de Assistência Saúde

Nesta aba, deverá constar o histórico do valor da parcela mensal referente ao pagamento do plano de saúde, correspondente ao beneficiário titular (empregado) e os dependentes, se houver.

TOTVS Folha de Pagamento

6

Atenção! É obrigatório criar os históricos com os valores que identificam as parcelas correspondentes a cada dependente. Caso o funcionário não possua dependentes que utilizam a assistência saúde, não será necessário existir o histórico do valor da parcela mensal correspondente ao empregado.

#DICA

O sistema TOTVS Folha de pagamento executa o preenchimento automático do histórico de assistência médica,

desde que a fórmula utilizada no cálculo do evento de desconto contenha a função SALVAVALDEP.

Se a fórmula que calcula o desconto de assistência médica da sua empresa ainda não estiver adaptada com a função SALVAVALDEP, acesse nossos canais (By You e TDN) e veja como ajustá-la através dos documentos disponíveis.

Ao criar a fórmula corretamente, o sistema passará a preencher o histórico de assistência saúde a cada lançamento de folha mensal.

Atenção! Históricos de Assistência Saúde retroativos não são preenchidos automaticamente pelo sistema, devendo ser informados pelo usuário.

Opção Deduz IRRF se maior que 65 anos

Tela de funcionários em Delphi: Aba Base Cálculo | Opção Deduz IRRF se maior que 65 anos Tela de funcionários .NET: Menu Informações para o calculo | Parâmetro | Opção Deduz IRRF maior de 65 anos

O sistema fará a dedução de IRRF referente a funcionários com mais de 65 anos. Este valor é informado na tabela

de “Valores Fixos” e deduzido em cada parcela mensal.

Dependentes

Tela de funcionários em Delphi: Aba Base Cálculo | Sub-aba Dependentes Tela de funcionários .NET: Menu Anexos | Folha de pagamento | Dependentes

Através das informações existentes nesse cadastro é possível definir os dados dos dependentes dos funcionários para recebimento de salário família, cálculo de desconto de IRRF e pensão alimentícia.

Na edição do cadastro de dependentes, aba Dados da Pensão, é possível visualizar os dados que são considerados no Informe de Rendimentos, caso seja solicitado à impressão de detalhes referente ao dependente. Na aba Movimento da pensão, são gravados os dados referentes aos valores de pensões pagas aos dependentes, de acordo com o tipo de movimento (folha, férias, 13º salário ou participação nos lucros).

TOTVS Folha de Pagamento

7

2.2

- Cadastros Globais

Visualização em Delphi: Opções | Parâmetros | RH Visualização em.NET: Opções | Parâmetros | RH Nova MDI: Aba Configurações | Menu Parâmetros RH

Verifique os dados da máscara de seção e os códigos de quebra. O Código de quebra mestre deve ter a mesma quantidade de caracteres da Máscara do código de seção. Caso a empresa utilize identificação por CEI (Cadastro Específico no INSS), o campo Utiliza CEI deve estar marcado e o código de quebra informado.

CEI deve estar marcado e o código de quebra informado. 2.3 - Cadastro de Seções Visualização

2.3 - Cadastro de Seções

Visualização em Delphi: Cadastros | Seções Visualização em.NET: Cadastros | Seções Nova MDI: Aba Administração de Pessoal | Seções

Este cadastro contem informações que são utilizadas apenas para agrupamento dos dados e não são impressas nos relatórios. As informações que são efetivamente consideradas na DIRF/Informe de rendimentos são aquelas registradas no cadastro de coligadas. Portanto, se o cadastro de coligadas estiver incorreto, os relatórios também sairão errados.

Campos importantes do cadastro de seções:

TOTVS Folha de Pagamento

8

Atenção! - Seções desativadas não serão consideradas na geração dos relatórios. - O código da
Atenção! - Seções desativadas não serão consideradas na geração dos relatórios. - O código da
Atenção!
- Seções desativadas não serão consideradas na geração dos relatórios.
- O código da seção deve estar em conformidade com o código de quebra e máscara informada em:
Visualização em Delphi: Opções | Parâmetros | RH
Visualização em .NET: Opções | Parâmetros | RH
Nova MDI: Aba Configurações | Menu Parâmetros RH na nova MDI.

#DICA

Se a máscara de seção tem, por exemplo, 12 caracteres (##.##.###.##) não podem existir funcionários alocados

em seções com tamanho diferente dessa máscara. Exemplo:

01 Matriz 01.01 Departamento de suporte 01.01.001.01 Suporte RH 01.01.001.02 Suporte ADM

Só poderão existir funcionários alocados nas seções 01.01.001.01 e 01.01.001.02 que tem 12 caracteres.

A filial associada em cada seção deve possuir o mesmo CNPJ/CPF do cadastro da seção, campo CNPJ.

Dependendo da parametrização de emissão do relatório da DIRF, o sistema poderá considerar os dados de endereço do cadastro de seções.

TOTVS Folha de Pagamento

9

2.4

- Cadastro de Coligada

Visualização em Delphi: Cadastros | Coligadas Visualização em .NET: Cadastros | Coligadas Nova MDI: Aba Administração de Pessoal | Cadastros Globais | Coligadas

Atente-se aos dados informados nos cadastros de coligadas. Se a empresa estiver cadastrada com o número do CEI (campo CNPJ / CPF / CEI da tela de identificação), algumas divergências poderão ocorrer na geração da DIRF em arquivo, pois o programa da Receita Federal (DIRF) não reconhece a identificação por CEI. Neste caso, a identificação deverá ser pelo CPF do responsável pelo CEI. Esta situação é muito comum em fazendas e obras particulares.

situação é muito comum em fazendas e obras particulares. 2.5 - Cadastros de eventos Visualização em

2.5 - Cadastros de eventos

Visualização em Delphi: Cadastros | Eventos Visualização em .Net: Cadastros | Eventos Nova MDI: Aba Administração de Pessoal | Eventos | Opção Eventos

Através deste modulo são cadastrados os eventos utilizados para pagamento ou desconto de verbas em folha. É importante que a tabela de eventos esteja devidamente parametrizada para que os Informes de Rendimentos e a DIRF dos funcionários sejam emitidos corretamente.

Como regra geral, todos os proventos que incidem IRRF (IRRF, IRRF férias, IRRF 13º) devem também incidir no Informe de Rendimentos (Campo Inf.Rend., na aba Inc. Proventos). Os descontos que estornam cálculo serão deduzidos do total bruto que compõe base do IRRF.

TOTVS Folha de Pagamento

10

#DICA

1 - Empresas nas quais, o Adiantamento (CC34) incida IRRF, o seu respectivo Desc. de Adiantamento (CC19),

deverá ter a opção Dedutível IRRF marcada. Ou seja, se a empresa utiliza o sistema de regime de caixa, o CC 34 deverá incidir IRRF e o CC 19 deverá ser dedutível de IRRF.

2 - Os Códigos de Cálculo referentes ao INSS de Alíquota Normal de folha, férias e 13º (CC89, CC90, CC91 e

CC137), irão para o Informe de Rendimentos/DIRF automaticamente. Caso eles não constem na Ficha Financeira do funcionário, o sistema considerará os eventos de INSS efetivamente descontados (CC03, CC82, CC11, CC103 e

CC130).

3 - O evento de CC126 (Participação nos Lucros) não deverá incidir em nenhum IRRF, pois este código de cálculo

tem tributação exclusiva, sendo calculado automaticamente seu IRRF no evento de CC127 (IRRF Participação dos Lucros). O evento de CC143 (Dedução na Participação nos Lucros), não deverá ser dedutível de IRRF, pois este código de cálculo é deduzido automaticamente no campo Inc. IRRF e Rendimentos.

4 - Eventos com CC13 (Pensão Alimentícia), CC113 (Pensão Alimentícia Férias) e CC121 (Pensão Alimentícia sobre participação), são considerados automaticamente na DIRF/Informe de Rendimentos. Eventos com CC58 (Dedutível de IRRF de 13º salário) vão para o campo deduções do 13º salário.

5 - A partir da DIRF 2008 (ano base 2007) o sistema passa a informar as deduções de forma discriminada na DIRF,

ou seja, as deduções de INSS (previdência oficial), deduções por dependentes e valores de pensões alimentícias

tem campos distintos na DIRF. No informe de rendimentos não foram feitas alterações, pois esses itens já aparecem discriminados (com exceção do valor de dedução por dependente).

2.6 - Valores fixos

Visualização em Delphi: Cadastros | Cálculos | Valores Fixos Visualização em .Net: Cadastros | Cálculos | Valores Fixos Nova MDI: Aba Administração de Pessoal | Menu Cálculos | Valores Fixos

Nesta pasta, incluímos e/ou editamos valores fixos, que são aplicados com frequência na movimentação

definindo também, o período de vigência de tais valores.

de finalidade Valor a deduzir para funcionário maior que 65 anos e Valor a deduzir de IRRF por dependente. Verifique o valor desses itens e a vigência no ano 2012.

Os valores fixos considerados na geração da DIRF são os

2.7 - Ficha Financeira

Visualização em Delphi: Cadastros | Funcionários | Ícone Ficha Financeira Visualização em .Net: Cadastros | Funcionários.net | Ícone Ficha Financeira Nova MDI: Aba Administração de Pessoal | Funcionários | Ícone Ficha Financeira

Na ficha financeira serão visualizadas as informações mensais referentes aos valores creditados ou descontados dos funcionários, lançados na folha de pagamento ao longo dos anos. O sistema armazena esses dados em diversas tabelas, mas a principal é a tabela de nome PFFINANC. Os dados considerados na emissão da DIRF são:

TOTVS Folha de Pagamento

11

Código do evento: através dele o sistema verifica quais as incidências do evento, se ele é um provento ou desconto, se tem código de cálculo e etc.;

Data Pagto: Por se tratar de regime caixa, o valor de cada evento será declarado na DIRF de acordo com o mês de pagamento, por exemplo:

Na competência 01 janeiro” foi realizado o lançamento da folha com data de pagamento em 05/02/2012. Na DIRF essas verbas serão declaradas no mês fevereiro, pois é o mês correspondente a data de pagamento.

Valor: O sistema considera a informação presente nesta coluna na emissão dos relatórios. Se o valor estiver zerado, o evento não será considerado. Caso algum dos campos esteja vazio ou com data errada, os relatórios não serão gerados corretamente.

2.8 - Fórmulas que podem ser utilizadas para impressão do Informe De Rendimentos

Roteiro para nome do responsável pela pensão e seu CPF

Caso exista pagamento de mais de uma pensão para responsáveis distintos, deverão ser utilizadas duas fórmulas, ajustando-se o texto da segunda fórmula.

Visualização em Delphi: Cadastros | Campos Complementares | Dependentes Nova MDI: Aba Administração de Pessoal | Menu Campos Complementares | Dependentes

Passo 1:

Crie um campo complementar com os seguintes parâmetros:

1: Crie um campo complementar com os seguintes parâmetros: Nome da Coluna = CPFRESP Descrição: CPF

Nome da Coluna = CPFRESP Descrição: CPF do responsável pela Pensão Tipo: Alfanumérico Tamanho: 11

Passo 2:

No cadastro do funcionário, ao editar o dependente que possui pensão cadastrada, na aba Campo Complementares, o usuário deverá cadastrar o CPF do responsável da pensão no campo complementar criado no passo 1 .

Tela de funcionário/dependentes Delphi:

TOTVS Folha de Pagamento

12

Tela de funcionario/dependente .NET: Passo 3: Cadastrar as fórmulas abaixo caso não existam na base

Tela de funcionario/dependente .NET:

Tela de funcionario/dependente .NET: Passo 3: Cadastrar as fórmulas abaixo caso não existam na base de

Passo 3:

Cadastrar as fórmulas abaixo caso não existam na base de dados:

Visualização em Delphi: Cadastros | Formulas Nova MDI: Aba Administração de Pessoal | Formulas

TOTVS Folha de Pagamento

13

Código: CHAPA

Título: CHAPA

Texto: CHAPA

Código: COLIGADA Título: COLIGADA Texto: COLIGADACORRENTE

Passo 4:

Cadastrar a consulta SQL abaixo:

Código: DEPEND Título: RETORNA O CPF DO RESPONSAVEL PELA PENSÃO - Texto:

select p.nrodepend, d.CPFRESP from pfdepend p, pfdependcompl d where INCPENSAO=1 and p.chapa= :frm_CHAPA and p.codcoligada= :frm_COLIGADA and p.codcoligada = d.codcoligada and p.chapa = d.chapa and p.nrodepend = d.nrodepend

Passo 5:

Cadastrar fórmula abaixo:

Código: RESPPEN Título: INFORME DE RENDIMENTOS NOME DO RESPONSAVEL PELA PENSAO Texto:

SE EXECSQL ('DEPEND') =1 ENTAO DECL IMPRESSAO, CONT, X; REPITA SETVAR (CONT, RESULTSQL ('DEPEND','NRODEPEND')); SETVAR (IMPRESSAO,CONCAT5("RESPONSAVEL PENSAO:",TABDEP ('RESPONSAVEL','S',CONT)," -", "CPF:", RESULTSQL ('DEPEND','CPFRESP'))); SETVAR (X, X+1) ATE PROXREGSQL ('DEPEND') = 0 OU X=1 FIMSE; IMPRESSAO

Atenção! Caso seja necessário imprimir mais de um nome de responsável crie uma nova fórmula com o texto acima. Alterando a condição X=1 para X=2 (para considerar o segundo dependente de pensão). Não há necessidade de criação de fórmula para informar o valor de pensão, visto que os dados de pensão são armazenados no cadastro do dependente, na pasta “Movimento da pensão”.

TOTVS Folha de Pagamento

14