Você está na página 1de 2

Mala Amarela

Postado por Lucas Martins em 10 nov, 2010 | Comente o Artigo |


(1 votos, mdia: 5,00 de 5)
Paraso e Jos Caetano Herba
E|-------------------------9-7------------------------7/9--7--|B|--7-7-7-7-7-7-7-------7---------9-9-9-9-9-9----7-9--9/11-9--|G#|----------------7---8-----------------------9---------------|E|------------------------------------------------------------|B|------------------------------------------------------------|E|------------9--------7-----5------4----------------------------|B|-9-10-11-12---10-10----9-9---7-7----5--------------------------|G#|---------------------------------------------------------------|E|------------------------------------------4-5-7-5-4--4-5-------|B|----------------------------------------5----------------7-5---|E
B7
E
Eram quatro e meia passava um pouquinho, o fosco clarinho rasgava o varjo
B7
E
Era o trem noturno que vinha apontando, e logo parando na velha estao
A
G#m
F#m
B7
Meu corpo tremia meus olhos molhados, o meu pai do lado e a mala no cho
A
E
B7
E
Beijei o seu rosto e disse na hora, o mundo l fora me espera paizo
E
B7
E
Entrei no vago corri pra janela, e a mala amarela do velho eu catei
B7
E
O trem deu partida soqueou bruscamente, e ali novamente sua mo eu beijei
A
G#m
F#m
B7
Um pouco pra diante vi minha casinha, e a minha mezinha de p no porto
A
E
B7
E
Ela no me viu e do trem na corrida, ouvi as latidas do velho sulto
( E B7 )
E
B7
E
Um certo senhor da poltrona vizinha, dizia que vinha do paranazo
B7
E
Me disse tambm num jeito cortes, a primeira vez que deixo o serto
A
G#m
F#m
B7
Pedi seu conselho e ele me disse, seu moo a velhice dura demais
A
E
B7
E
Eu sou bem mais velho e posso aconselhar, duro ficar distante dos pais
E
B7
E
Eu nunca esqueci o que o velho falou, o tempo passou e pra casa voltei
B7
E

Quem fica distante jamais se conforma, l na plataforma meus pais avistei


A
G#m
F#m
B7
Desci comovido abracei ele e ela, e a mala amarela meu filho eu no vi
A
E
B7
E
Meu pai acredite na fala de um homem, pra no passar fome a mala eu vendi
F#
B
F#
B
Que pena, que pena era minha lembrana, que eu trouxe de herana do seu av
A
E
B7
E
Mas deixa pra l eu vou me esquecer, a herana voc e voc j voltou