Você está na página 1de 7

63

Mt 1,12-15
BJ[a]
Mt 1,12Depois do exílio na Babilônia, Jeconias gerou
Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel; 13Zorobabel gerou Abiud;
Abiud gerou Eliacim; Eliacim gerou Azor; 14Azor gerou
Sadoc; Sadoc gerou Aquim; Aquim gerou Eliud; 15Eliud
gerou Eleazar; Eleazar gerou Matã; Matã gerou Jacó.
GNT[b]
Mt 1, Meta. de. th.n metoikesi,an Babulw/noj VIeconi,aj
12

evge,nnhsen to.n Salaqih,l( Salaqih.l de. evge,nnhsen to.n Zorobabe,l(


13
Zorobabe.l de. evge,nnhsen to.n VAbiou,d( VAbiou.d de. evge,nnhsen to.n
VEliaki,m( VEliaki.m de. evge,nnhsen to.n VAzw,r( 14
VAzw.r de.
evge,nnhsen to.n Sadw,k( Sadw.k de. evge,nnhsen to.n VAci,m( VAci.m de.
evge,nnhsen to.n VEliou,d( 15VEliou.d de. evge,nnhsen to.n
VElea,zar( VElea,zar de. evge,nnhsen to.n Matqa,n( Matqa.n de.
evge,nnhsen to.n VIakw,b(
NV[c]
Mt 1,12Et
post transmigrationem Babylonis Iechonias genuit
Salathiel, Salathiel autem genuit Zorobabel, 13Zorobabel autem
genuit Abiud, Abiud autem genuit Eliachim, Eliachim autem
genuit Azor, 14Azor autem genuit Sadoc, Sadoc autem genuit
Achim, Achim autem genuit Eliud, 15Eliud autem genuit Eleazar,
Eleazar autem genuit Matthan, Matthan autem genuit Iacob,
CRISÓSTOMO[d]
Depois do exílio, o evangelista coloca entre os
primeiros indivíduos a Jeconias. A [e]
Do qual disse
MBRÓSIO

30
Jeremias: Jr 22, Escrever este homem será estéril por causa da
sua linhagem não será um homem se sentar no trono de Davi.
Mas, se Cristo e o reino de Cristo é da raça Jeconias, o que
o profeta diz que nenhum homem um dos descendentes de
Jeconias deve reinar? Então o profeta mentiu? Certamente
Não. O profeta não nega os descendentes de Jeconias, e,
[a] A Bíblia de Jerusalém: Nova edição, revista e ampliada. Paulus. 4ª
impressão. 2006.
[b] Novum Testamentum Graece, Nestle-Aland 27h Edition. Copyright 1993.
Deutsch Bibelgesellschaft, Stuttgart.
[c] Novam Vulgatam Bibliorum Sacrorum editionem “typicam” 2ª ed. 1986.
[d] PG 56, 628.
[e] PL 15, 1607 B.
64

portanto, o Cristo é de sua posteridade. Mas Ele reinava


contradiz o profeta Cristo, porque Cristo não reinar como
reis do século, como ele mesmo disse: Jo 18, 36Meu reino
não é deste mundo.
Jeconias gerou Salatiel. C [a]
Quanto Salatiel[b], lemos nada
RISÓSTOMO

de bom ou mau, mas supomos que ele tenha sido um


homem santo, e no cativeiro por ter sempre buscado a
Deus em nome do aflitos Israel, e que, portanto, ele foi
chamado Salatiel, suplica a Deus. Salatiel gerou Zorobabel[c],
que se traduz por, nascimento adiado, ou da confusão, ou
aqui, “o Doutor (Mestre) da Babilônia.” Eu li, (mas não sei
se é verdade), que tanto a linha sacerdotal e com da linha
de reais foram unidos em Zorobabel, e que foi através dele
que os filhos de Israel foram devolvido para seu próprio
país. Por que, em uma disputa realizada entre os três, de
que Zorobabel foi um, cada um defendendo sua própria
opinião, sentença de Zorobabel que era a mais forte
verdade, prevaleceu e que, por isto foi concedido por Dario
que os filhos de Israel regressassem ao seu país, e,
portanto, após esta providência de Deus, foi justamente
chamado Zorobabel, “doutor do tempo da Babilônia”. Para
mostrar que não há doutrina maior do que a verdade, que
domina sobre de todas as outras coisas? R M [d]
MasABANOS AUROS

isto parece contradizer a genealogia que lemos no livro das


Crônicas, 1Cr 3, 17Filhos de Jeconias, o cativo: Salatiel, seu
filho, 18depois Melquiram, Fadaías, Senasser, Jecemias, Hosama

[a] PG 56, 628-629.


[b] Salatiel: H laeyTil.a;v. LXX
Salaqihl. n.pr.m. (eu pedi a Deus). [GESENIUS]
1906, 982.
>
[c] Zorobabel: H lbñ,B'ruz LXX Zorobabel. n.pr.m. (gerado na Babilônia). neto do
rei Jeconias, e filho de Fadaias: 1Cr 3, 17; (Mais também filho de Salatiel). Isto
explica Mt 12,46Jesus falava ainda [..], quando veio sua mãe e seus irmãos e
esperavam do lado de fora a ocasião de lhe falar. [GESENIUS] 1906, 279.
[d] PL 162, 1246 A-B.
65

e Nadabias. 19Filhos de Fadaías: Zorobabel[a] e Semei. Filhos de


Zorobabel: Mosolam, Hananias, Salomit era irmã deles. Mas
nós sabemos de muitas mudanças nas Crônicas são erros
dos copistas. Daí a muitas questões e genealogias
intermináveis, que ocorrem ao longo e que o apóstolo
(Paulo)[b] nos ordena a evitar. Você também pode dizer que
Salatiel e Fadaías são a mesma pessoa com dois nomes
diferentes, ou que eram irmãos e tinham filhos com o
mesmo nome, e que o historiador continua a genealogia de
Zorobabel, filho de Fadaías, e não o de Zorobabel, filho de
Salatiel. Desde Abiud até José não encontramos na
genealogia de Crônicas, mas depois de ler muitos outros
anais dos hebreus que se chamavam a Palavras dos dias
e que Herodes, rei edomita, mandou queimar para que a
genealogia dos reis se confundisse. Talvez José tinha lido
os nomes de seus parentes, ou que foram retidas na
memória de qualquer maneira assim que o evangelista
poderia saber a serie desta geração. De qualquer forma,
vale ressaltar que o primeiro Jeconias se traduz como
ressurreição do Senhor, e o segundo Jeconias como
preparação de Senhor. Ambos características referentes
a Cristo, que disse: Jo 11,25 Eu sou a ressurreição e a vida, e
também Jo 14.2Eu vou preparar um lugar. O nome Salatiel, é
traduzido por pedido a meu Deus, de modo que diz: Jo
17,11Pai santo, guarda-os em teu nome. R Ele também é
EMIGIO

Zorobabel, isto é, o mestre de confusão, de acordo com


isso, Mt 9,11Por que come vosso mestre com os publicanos e com
os pecadores?

[a] Nota BJ f) Em todos os outros textos (cf. Esd 3, 2; Ag 1,1) Zorobabel é filho de
Salatiel.
[b] 1Tm 1,4nem dessem atenção a fábulas e genealogias intermináveis. Essas
coisas provocam antes longas discussões do que contribuem para a realização,
na fé, do plano salvífico de Deus.
Tt 3,9Evita, porém, questões tolas, genealogias, contendas, debates em
torno da Lei, porque são coisas inúteis e vazias.
66

GLOSA
Ele é Abiud[a], isto é: ele é meu pai, segundo
lemos: Jo 10,30Eu e o Pai somos um. Ele é Eliaquim[b], Deus
Ressuscita como lemos: Jo 6, 40Eu o ressuscitarei no último
dia. É Azor[c], o ajudado Jo 8,29Aquele que me enviou está
comigo. É Sadoc[d], o justo ou justificado 1Pd 3,18De fato,
também Cristo morreu, uma vez por todas, por causa dos
pecados, o justo pelos injustos, a fim de nos conduzir a Deus. Ele
é Aquim[e], esse é meu irmão como diz: Mt 12,50Porque
aquele que fizer a vontade de meu Pai que está no Céus, esse é
meu irmão. E é Eliud[f], isto é Ele é meu Deus Jo 20,28Meu
Senhor e meu Deus. Ele é também Eleazar Deus me ajudou:
Sl 18(17),3Meu Deus, meu Libertador. Ele é Matã[g], que doa
ou doador: Ef 4,8Ele deu dons aos homens. e novamente: Jo
3,16Pois Deus amou tanto o mundo que entregou (deu) o seu
Filho unigênito. Remigio Ele também é Jacó, que suplanta,
porque Ele não só suplantou o mal, mas tem deu o seu
poder ao seu povo fiel, como diz: Lc 10, 19Eis que vos dei o
poder de pisar serpentes, escorpiões, e todo o poder do Inimigo.
Ele também é José, que é acrescentando, de acordo com:
Jo 10,10Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.
R [h]
ABANOS
Mas vamos ver o significado moral dos ancestrais do

[a] Abiud H dWhybia] LXX Abioud n.pr.m. (Meu pai é majestade), filho de Bela, da
tribo de Benjamim. GESENIUS:1906, 4.
[b] Eliaquim: H ~yqiy"l.a, LXX VEliaki,m, o` (também VEliakei,m), n.pr.m. Deus
ressuscita. GESENIUS:1906, 45.
[c] Azor: H RWZ[;, rZU[; LXX Azwr, Ezer Iazer n.pr.m. auxílio, apoiador, auxiliares,
aliado. GESENIUS:1906, 741.
' '
[d] Sadoc ou Sadoque: H qAdc, qdoc: LXX sadwk( saddonk, n.pr.m. justo, honrado.
GESENIUS:1906, 843.
[e] Aquim: H ~yxia' LXX VAcei,m, o`, meus irmãos. Este nome não é mencionado no
Antigo Testamento. HOLLADAY: 2000, 9.
[f] Eliud: H dAhyliae LXX VEliou,d. a partir de lae Deus + y meu + dAh glória = a
glória de meu Deus, WILKE: 1887, 204.
[g] Matã: H !T'm; LXX Magqan, Matqan, n.m. presente, dom, dadiva. –
GESENIUS: 1906, 682.
[h] PL 162, 1247 A-D. passim
67

Senhor. Depois de Jeconias preparação do Senhor,


continua Salatiel, Deus meu pedido. Porque você está
preparado visa somente a Deus. Mas, entretanto, é
Zorobabel, ou seja, Mestre da Babilônia. Dos homens
mundanos, que fez saber que Deus é nosso Pai, é o que
significa Abiud, e em seguida, que as pessoas vão se
levantar dos vícios, é o que significa Eliaquim,
ressurreição. Isto representa para o bom funcionamento
com a ajuda da graça, sendo Azor, o ajudado. Se faz
depois Sadoc, o justo, E então resulta fiel por amor ao
próximo, segundo o significado de Aquim, esse é meu
irmão, ou por amor de Deus, que se traduz em Eliud, Meu
Deus. Em seguida, vem Eleazar Deus me ajuda. Porque
reconhece que Deus é seu. O fim a que tem o manisfestado
bem Matã, doação ou doador, Por isso espera de Deus
como recompensador. E como ele lutou até subjugar as
suas paixões e tornar moderado, e também lutar até o fim
de sua vida e se torna Jacó, E assim chega a José, ou seja,
o conjunto de virtudes.
68

Notas de Rodapé das Bíblias


APARECIDA[a]
Mt 1,12-15. n.t.n. – V.12 || 1Cr 3,17.19;
BJ[b]
Mt 1,12-15. – V.12 || 1Cr 3,17.19; 1Esd 3,2.
CNBB[c]
Mt 1,12-15. n.t.n. – V.16 || (>Lc 1,27).
V [d]
OZES
Mt 1,12-15. n.t.n. – V.12 || 1Cr 3,17-19; Esd 3,2.
TEB[e]
Mt 1,12-15. n.t.n. – V. 12 || Jr 27,20; 1Cr 3,17.19; Esd 3,2.
FILLION[f]
Mt 1,8-11 V.12 – Post transmigrationem, isto é, não depois que ele tinha deixado,
mas quando foi concluir, quando todos os presos tinham sido levados para a Caldeia
(Babilônia). Devemos dizer mais claramente em francês (português): no exílio. -
Zorobabel. Enquanto Esdras[g], e Ageu seu contemporâneo[h], filho de Salatiel
chamado como S. Mateus, as tabelas genealógicas das Crônicas como Fadaías 1Cr
3,17-18, Salatiel seria apenas seu avô. V.13-15. – A partir de Abiud à S. José, os
documentos paralelo ao de S. Mateus estão completamente sem nos escritos do
Antigo Testamento, nenhuma destas dez personagens foram mencionados. Por isso,
é quase impossível de verificar por outra genealogia a do evangelista. Abiud em si,
não está claro por que razão, não é sitado entre os filhos de Zorobabel. 1Cr 3, 17.18.
Mas cada família, para não falar da família real, foi cuidadosamente organizar
registros de sua genealogia, e era fácil de usar para obter todas as informações
necessárias.

[a] Bíblia Sagrada de Aparecida. Santuário. 2ª edição. 2006.


[b] A Bíblia de Jerusalém: Nova edição, revista e ampliada. Paulus. 4ª
impressão. 2006.
[c] Bíblia Sagrada Tradução da CNBB: com introduções e notas. 8ª edição.
2006.
[d] Bíblia Sagrada: Edição da Família. Vozes, 50ª edição, 2005.
[e] Bíblia Tradução Ecumênica. Loyola, 1994.
[f] Sainte Bible. Texte de la Vulgate, Traduction Française en Regard, Avec Commentaires Théo-
logiques, Moraux, Philologiques, Historiques, etc., Rédigés d’après les Meilleurs travaux Anciens et
Évangile Selon S. Matthieu; Introduc-
Contemporains. Et Atlas Géographique et Archéologique.
tion Critique et Commentaires Par M. l’abbé L. Cl. Fillion. Paris, P.
Lethielleux, 1895.
[g] Esd 5,2E Zorobabel, filho de Salatiel, e Josué, filho de Josedec […]
[h] Ag 1,1No primeiro dia do sexto mês do segundo ano do reinado de Dario, a palavra
de Deus foi dirigida, por meio do profeta Ageu, ao governador da Judeia, Zorobabel,
filho de Salatiel, e ao chefe dos sacerdotes, Josué, filho de Josedec. 12Zorobabel, filho
de Salatiel, com o chefe dos sacerdotes, Josué, filho de Josedec, e o resto do povo
obedeceram à palavra de Javé, seu Deus, porque o povo, ouvindo as palavras do
profeta Ageu, teve medo de Javé. 14Javé encorajou o governador da Judeia, Zorobabel,
filho de Salatiel, o chefe dos sacerdotes, Josué, filho de Josedec, e o resto do povo.
Então eles puseram mãos à obra na reconstrução do Templo de Javé dos exércitos, seu
Deus. [Trata-se do ano 520 a.C., pois Dario I foi rei da Pérsia entre 521 e 486 a.C. Nesse ano retoma-
se a reconstrução do Templo, depois do desentendimento com os samaritanos (cf. Esd 4,1-5.24).]
Ag 2,2Diga ao governador da Judeia, Zorobabel, filho de Salatiel, ao chefe dos
sacerdotes, Josué, filho de Josedec, e ao resto do povo:
69

AVE-MARIA[a]; CNBB[b]; DIFUSORA[c]; MENSAGEM[d]; PASTORAL[e]; PEREGRINO[f];


Mt 1,12-15. nada.

Mapa da Região da Babilônia


Fonte: <<http://bibleatlas.org/areapages/babylonia.htm>>

[a] Bíblia Sagrada Pastoral Catequética Média. Ave-Maria, 128ª edição. 1999.
[b] Bíblia Sagrada Tradução da CNBB: com introduções e notas. 8ª edição.
2006.
[c] Bíblia Sagrada: Difusora Bíblica. 3.ª edição. 2001. Centro Bíblico dos
Capuchinhos. versão online: <<http://www.paroquias.org/biblia/>>
[d] Bíblia Mensagem de Deus. Loyola, 2003.
[e] Bíblia Sagrada: Edição Pastoral. Paulus, 17ª impressão, 1996.
[f] Bíblia do Peregrino. Paulus, 2002.