Você está na página 1de 1

T 02: Territrio|Gesto e Prticas educativas

Estado da arte sobre prticas de leitura no sistema prisional


Wemberson Jos de Souza.
Universidade Vale do Rio Doce UNIVALE.
Palavras-chave: Leitura, sistema prisional, ressocializao, educao.

Introduo: Em 2013 foi concedido s pessoas em situao de privao de liberdade a


remio de pena por leitura amparado na recomendao do Conselho Nacional de n.
44/20123. Pode se refletir que subjaz a essa proposio o entendimento de que o estudo
est estreitamente ligado a leitura, e ela tem a funo de construir conhecimento,
propiciar cultura, sendo assim responsvel pela formao crtica e reflexiva do cidado
que se deixa adentrar em diferentes campos do conhecimento. Produz, desse modo,
resultados de progresso e mudana de vida.

Objetivos: Analisar a produo

acadmica sobre a leitura no sistema prisional buscando identificar tendncias e lacunas


nos estudos realizados nos ltimos 10 anos. Mtodos:

Levantamento bibliogrfico,

nos sites Sciello e Google Acadmico, das pesquisas realizadas de 2006 a 2016,
utilizando como palavras chave: sistema prisional, ressocializao, educao e prticas
de letramento. Resultados: A busca resultou na identificao de quatorze trabalhos que
abordavam a discusso da educao dentro do sistema prisional e o desejo de
identificao das dificuldades e desafios da ressocializao das pessoas privadas de
liberdade, indicando a possibilidade da remio da pena atravs da leitura. Pouco se
abordou sobre as prticas de leitura dessas pessoas no sistema prisional deixando assim
uma lacuna para pesquisas e discusses sobre o assunto. Concluses: Se faz necessrio
pesquisas que se relacionam com outros referenciais tericos, como por exemplo sobre
territrio, e que possam contribuir para compreender efetivamente a relao que as
pessoas em situao de privao de liberdade, estabelecem com a leitura que se d em
um espao no qual a liberdade cerceada.