Você está na página 1de 6

Dimensionamento de Transportador Helicoidal

Simplificado

Viktor Kovtun

 

Engenheiro Mecânico

Projetista de Máquinas

Linkedin
Linkedin

Nota: Eu encontrei que há pessoas que tentam usar o método de cálculo usado neste arquivo de jeito não adequado. Isso é um cálculo simplificado (!) de transportador (não dosificador!) de cimento seco (não de farinha, pimenta moída, etc.!), o que permitiu escolher a hélice interiça em fita simples. Com qualquer mudança de condições iniciais de dimensionamento, há que mudar o método de dimensionamento. O arquivo original em OpenOffice Writer amostra como se pode fazer uma memória de cálculo onde todos os cálculos estejam feitos por meios do mesmo Writer.

Dados Iniciais

Material a transportar:

Produtividade requerida:

Densidade de material:

Distancia de transportação

Ângulo de subida de transportador

Cálculo

Cimento seco

P req =

35

t/h

γ =

1,2

t/m³

L =

20

m

β =

10

°

Escolhemos a hélice com superfície helicoidal interiça de rosca simples 1 .

Produtividade de transportador helicoidal:

P = 60 πD 2 p⋅ω⋅γ⋅ψ⋅C β

4

2

,

onde

D — diâmetro de hélice em m;

p

— passo de hélice em m;

ω — frequência de rotação de hélice em min -1 ; ψ — coeficiente de preenchimento de sessão transversal de calha de transportador; C β — coeficiente que depende de ângulo de subida de transportador.

p

= k · D

ψ =

0,125 3

Enquanto ψ é pequeno, pode ser utilizada hélice em fita simples:

ψ é pequeno, pode ser utilizada hélice em fita simples: 1 segundo recomendação na página 407

1 segundo recomendação na página 407 de [1]

2 formula 540 na página 407 de [1]

C β =

0,8

4

Frequência de rotação de hélice deve satisfazer a condição: ω ≤ ω max .

ω max = A

D ,

A =

30

6

D em metros.

5

Calculando o transportador para uma série de diâmetros de hélice.

 

Variante

1

2

3

4

5

6

7

8

9

D

m

0,15

0,2

0,25

0,3

0,4

0,5

0,6

0,7

0,8

ω

max

min -1

77,46

67,08

60

54,77

47,43

42,43

38,73

35,86

33,54

Para cálculo tomamos frequências de rotação aproximadamente 5% menores que frequências de rota- ção máximas: ω calc = 0.95 ω max .

 

Variante

 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

ω

calc

min -1

74

64

57

52

45

40

37

34

32

p =

0,8

D

7

 

Variante

 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

p

m

0,120

0,160

0,200

0,240

0,320

0,400

0,480

0,560

0,640

Produtividade de cálculo:

 

Variante

1

2

3

4

5

6

7

8

9

D

0

0,15

0,2

0,25

0,3

0,4

0,5

0,6

0,7

0,8

P

calc

t/h

1,130

2,316

4,029

6,352

13,029

22,619

36,155

52,758

74,119

80

Produtividade [t/h]

70 60 50 f(x) = 128,95 x^2,5 R² = 1 40 30 20 10 0
70
60
50
f(x) = 128,95 x^2,5
R² = 1
40
30
20
10
0
0,1
0,2
0,3
0,4
0,5
0,6
0,7
0,8
P [t/h]

D [m]

4 Tabela 83 na página 409 de [1]

5 formula 542 na página 409 de [1]

6 Tabela 82 na página 409 de [1]

7 segundo recomendações na página 407 de [1

2

0,9

Então, com alta precisão (R 2 =1):

P

D

= 128,5D 2,5

= (

128,5 ) 0,4

P

D =

( 35

p =

0,8

·

ω max =

30

/

ω =

P =

0,95

60 · π ·

128,5

) 0,4 =

0,594

m

0,59

=

/ 0,594

0,475

m

0,5 =

38,9249

min -1

·

38,9249

0,594

2

=

:4 ·

36,979

min -1

0,48

· 36,979

·

1,2

Potência necessária no eixo de hélice 8 :

W

0 = C s P

367

⋅( Lq 0 + Ltan ( β ) )= C s PL ⋅( q 0 + tan ( β ) )

367

C s — coeficiente de segurança;

q 0 — coeficiente de resistência ao movimento

C s =

q

0 =

W 0 =

1,2

4

1,2

9

·

35,046 ·

20

:

367

·

(

4

· tan(

·

0,125

·

0,8

=

10

°)

= 9,57

kW

35,046

t/h

Potência necessária do motoredutor: W nec = W 0 / η

η — coeficiente de rendimento.

η =

0,95

W nec = 0,95

·

9,57

=

10,08

kW

Agora deve ser escolhido o motoredutor.

Por exemplo, no catálogo SEW oferece motoredutores com caraterísticas próximas às do cálculo.

8 formula 540 na página 407 de [1]

9 Tabela 82 na página 409 de [1]

3

Utilizando o motoredutor R97DRE160M4: W = 11 kW ω = 37 min - 1 Torque

Utilizando o motoredutor R97DRE160M4:

W =

11 kW

ω

=

37 min -1

Torque = 2830 N · m

Potência no eixo será: W 0 = η · W

W 0 =

0,95

·

11

=

10,450

kW

4

Da fórmula de cálculo da potência no eixo necessária segue:

P =

367W 0

C s L⋅( q 0 + tan ( β ))

Produtividade de transportador com motoredutor escolhido pode ser:

P

 

367

·

10,45

37,93

t/h

=

1,2

·

20

·

(

4

+

tan(

10

°)

=

Para obter tal produtividade, o diâmetro de hélice deve ser:

D = (

37,93

/

128,5

p =

0,8

·

0,614

=

) 0,4 =

0,491

0,614

m

m

Força axial aplicada à hélice:

F ax =

Torque

r 0 tan ( α + ρ )

10 , onde:

r 0 — raio onde sobre hélice atua força axial;

α — ângulo de subida da linha helicoidal;

ρ — ângulo de atrito entre o material a transportar e a superfície de hélice.

r 0 0,75D

2

11

r 0 =

0,75

α = arctan (

α =

arctan(

·

0,614

2⋅π⋅r 0 )

p

0,491

/

2

=

0,230

m

12

/(

2 π ·

0,230 )) =

0,3273

rad

tan ( ρ )= f

ρ = arctan ( f )

13 , onde f — coeficiente de atrito ente material e a superfície da hélice de aço.

f =

0,60

14

ρ

=

arctan(

0,60

) =

0,5404

rad

 

2830

F ax =

 

10417

N

 

=

 

0,230 ·

tan( 0,3273

+

0,5404

)

10 formula 544 na página 410 de [1]

 

11 formula 545 na página 411 de [1]

12 formula 546 na página 411 de [1]

13 página 411 de [1]

 

14 Tabela 12.1 na página 187 de [2]

 

5

Literatura

1. F.K. Ivantchenko, "Cálculo de transportadores e máquinas para elevar cargas", Editora "Escola Superior", Kiev, 1978.

2. N.P. Zhuravlev, O.B. Malikov, "Sistemas de transporte e carregamento", Moscou, 2005.

6