Você está na página 1de 1

UNIVERSIDADE CEUMA

CURSO DE DIREITO
DIREITO PROCESSUAL PENAL III
PROF. ME. THIAGO ALLISSON CARDOSO DE JESUS
UNIDADE I- DAS NULIDADES
Levantamento bibliogrfico: conceitos doutrinrios de Nulidades no Processo Penal
Em Manual de Processo Penal e Execuo Penal, nulidades so os vcios
que contaminam determinados atos processuais, praticados sem a observncia da
forma prevista em lei, podendo levar sua inutilidade e conseqente renovao
(NUCCI, 2012, p. 824).
Para Nestor Tvora, em Curso de Direito Processual Penal, nulidade
sano estabelecida judicialmente em virtude da verificao de desatendimento de
norma processual que evidencie prejuzo a direito das partes ou dos interessados
no processo. A nulidade processual s ocorrer aps um ato judicial que decrete
que o ato processual inquinado no pode gerar efeitos a que se destinava,
interessando deixar bem vincado que as hipteses legais de nulidade no
representam rol taxativo, mas exemplificativo (2013, p.849).
Em Curso de Processo Penal, aduz que nulidade um vcio processual
decorrente da inobservncia de exigncias legais capaz de invalidar o processo no
todo ou em parte (CAPEZ, 2012, p. 624).
Mirabete ensina, em Cdigo de Processo Penal Interpretado, que h na
nulidade duplo significado: um indicando o motivo que torna o ato imperfeito,
outro que deriva da imperfeio jurdica do ato ou sua inviabilidade jurdica. A
nulidade, portanto, , sob um aspecto, vcio, sob outro, sano (2012, p. 629).
De acordo com Jos Frederico Marques, a nulidade uma sano que,
no processo penal, atinge a instncia ou o ato processual que no estejam de
acordo com as condies de validade impostas pelo Direito objetivo (2006, p.397).
Paulo Rangel, por fim, leciona que a nulidade a consequncia da
prtica do ato em desconformidade com a lei e no a desconformidade em si.
Nulidade no vcio que inquina o ato, mas, sim, a sano que se aplica ao ato
viciado, em desconformidade com a lei [...] a natureza jurdica da nulidade de
uma sano declarada pelo rgo jurisdicional diante da imperfeio da prtica do
ato (2012, p.668).