TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SAO PAULO 36a Câmara APELAÇÃO C/ REVISÃO N°1009816- 0/7 Comarca de UBATUBA Processo 1097/02 2.V.

CÍVEL

SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO

APTE APDO

MÁRCIO LUCIANO PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA BALNEARIA DE UBATUBA COMPANHIA MUNICIPAL DE TURISMO COMTUR
TRIRUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO T ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N°

A C Ó R D Ã O

Vistos, relatados e discutidos estes autos, os desembargadores desta turma julgadora da Seção de Direito Privado do Tribunal de Justiça, de conformidade com o relatório e o voto do relator, que ficam fazendo parte integrante deste julgado, nesta data, não conheceram do recurso, por votação unânime. Turma Julgadora da RELATOR 2 o JUIZ 3 o JUIZ Juiz Presidente Data do julgamento 36a Câmara DES DYRCEU CINTRA DES. PEDRO BACCARAT DES. ROMEU RICUPERO DES DYRCEU CINT1 11/09/08

DES. DYRCEU CINTRA Relator

1

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO Seção de Direito Privado - 36a Câmara

Apelação com revisão n° 1.009.816-0/7 2a Vara Cível da Comarca de Ubatuba Apelante - Márcio Luciano Apeladas - Prefeitura Municipal da Estância Balnearia de Ubatuba - Companhia Municipal de Turismo COMTUR Voto n° 13.526

Ação declaratóna de nulidade de cláusula contratual cumulada com indenização por danos material e moral Furto de veículo estacionado em área de "zona azul" Responsabilidade civil do poder público por serviços postos à disposição da população Competência da Seção de Direito Público, nos termos do artigo 2o, II, da Resolução n° 194/2004, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo combinado com os Provimentos 63/2004 e 71/2007 do TJSP

Trata-se de apelação interposta contra sentença que julgou improcedente ação declaratória de nulidade de cláusula contratual cumulada com indenização por danos material e moral em razão de furto de veículo estacionado em área de "Zona Azul" movida contra Prefeitura Municipal e Companhia Municipal de Turismo.

Apelação com revisão n° 1 009 816-0/7 Voto n° 13 526 - Dyrceu Cintra
Ictb

£

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO Seção de Direito Privado - 36a Câmara

Com as razões de folhas 331/339, o apelante, autor, quer a inversão do resultado do julgamento.

A processada.

apelação

foi

recebida

e

regularmente

Somente a apelada Prefeitura Municipal da Estância Balneária de Ubatuba respondeu, sustentando o acerto da sentença.

É o relatório.

A ação trata de indenização em razão de furto de veículo estacionado em área de "Zona Azul" movida contra a Prefeitura de Ubatuba e a COMTUR por entender que elas devem ser responsabilizadas, por terem vendido o cartão para estacionamento.

A matéria — responsabilidade do poder público por serviços postos à disposição da população

relacionados com o sistema de estacionamento rotativo nas vias (artigo 24, X, do CTB) — não se inclui na

competência deste grupo de Câmaras ou da Seção de Direito Privado.

Apelação com revisão n° 1 009 816-0/7 Voto n° 13 526 - Dyrceu Cintra
fclb

a

3

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO Seção de Direito Privado - 36a Câmara

São competentes as Câmaras da Seção de Direito Público desta Corte (artigo 2o, II, da Resolução 194/2004 do Órgão Especial do TJSP combinado com os Provimentos 63/2004 e 71/2007 do TJSP), uma vez que envolve o controle e execução de ato administrativo, responsabilidade civil da Prefeitura Municipal e outros temas regrados pelo Direito Público.

Posto isso, não se conhece do recurso e determina-se a remessa à Seção-de\Direito Público.

Dyrceu Cintra Desembargador Relator

Apelação com revisão n° 1 009 816-0/7 Voto n° 13 526 - Dyrceu Cintra
tab

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful