Você está na página 1de 4
EXAME DE ORDEM 2012.1 Coordenação Pedagógica OAB CURSO EXTENSIVO SEMANAL – OAB 2012.2 Disciplina DIREITO

EXAME DE ORDEM 2012.1 Coordenação Pedagógica OAB

CURSO EXTENSIVO SEMANAL – OAB 2012.2

Disciplina

DIREITO COMERCIAL

Aula

01

EMENTA DA AULA

1.

Empresário Individual

2.

EIRELI

3.

Registro da Atividade Empresarial

4.

Estabelecimento

5.

Propriedade industrial

GUIA DE ESTUDO

1. Empresário Individual Pessoa física que exerce atividade empresarial de forma individual (sem sócios). Pode ser:

Regular – Empresa registrada na Junta Comercial;

Irregular – Não foi realizado o respectivo registro.

- Nos dois casos é possível o pedido de falência;

- O pedido de falência do devedor poderá ser realizado apenas pelo empresário individual registrado;

- A recuperação de empresas poderá ser requerida apenas pelo empresário individual que possuir registro na Junta Comercial.

Requisitos

Capacidade. Incapaz. Só poderá continuar a atividade empresarial, nas seguintes hipóteses:

-Herança;

-Incapacidade superveniente.

- Para a continuação da atividade empresarial, o incapaz dependerá de autorização judicial, momento em que será nomeado um representante ou assistente; - Os bens do incapaz, que não tiverem relação com a atividade empresarial não poderão ser atingidos pelas dividas da empresa (art.974 ao 976 do Código Civil).

Inexistência de Impedimentos -Servidor Público – Não poderá ser empresário individual/ administrador de sociedade, podendo, por outro lado, ser sócio ou acionista (art.117, X da Lei 8.112/90); -Falido – Proibido de exercer a atividade empresarial por até 05 anos do encerramento da falência se não houver crime falimentar. Se houve crime, o prazo passa a ser de 10 anos do encerramento da falência. Hipóteses diversas: artigo 118 da Lei 11.101/2005;

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus

EXAME DE ORDEM 2012.1 Coordenação Pedagógica OAB Não bastará o lapso do tempo para o

EXAME DE ORDEM 2012.1 Coordenação Pedagógica OAB

Não bastará o lapso do tempo para o exercício de atividade empresarial, havendo a necessidade de requerimento ao juízo falimentar de extinção das obrigações (artigo 176 da Lei de Falências).

2. EIRELI – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada

Titular – proprietário único da atividade empresarial.

Registro – Obrigatório.

Capital social mínimo – 100 salários mínimos, totalmente integralizado.

Responsabilidade – O credor da EIRELI deve buscar a satisfação do crédito nos bens da empresa. Os bens do titular só poderão ser atingidos com a desconstituição da personalidade jurídica.

EMPRESARIO INDIVIDUAL

 

EIRELI

 

Titular que exerce atividade empresarial

Titular que exerce atividade empresarial

 

Não existe sociedade

 

Não existe sociedade

 

Regular registrado na junta comercial não tem personalidade jurídica.

Regular registrado na junta comercial tem personalidade jurídica.

Pode existir a figura do empresário individual irregular

Não existe EIRELI irregular

 

Não

existe

desconsideração

da

personalidade

Existe desconsideração da personalidade jurídica

jurídica, porque não tem pessoa jurídica

Não há capital social mínimo

 

capital

social

mínimo

de

100

salários

 

mínimos.

 

3. Registro da Atividade Empresarial Realizado por dois órgãos:

DNRC – Departamento Nacional de Registro Comercial– Possui função fiscalizadora e regulamentar da atividade das juntas comerciais. Não realiza registros.

Juntas Comerciais – Estaduais Observar regra inserida no artigo 969 do Código Civil e art.5º da Lei 8934/94.

Funções: Arquivamento – Registro e arquivamento. Necessariamente público. Autenticação – Livros. Regra: Necessariamente sigilosos (artigo 1190 do Código Civil), salvo acesso ao FISCO ou terceiro com declaração judicial (artigo 1191).

4. Estabelecimento Conjunto de bens que são utilizados para o exercício da empresa, ou seja, tanto bens materiais.

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus

EXAME DE ORDEM 2012.1 Coordenação Pedagógica OAB • Organização – Pressupõe organização , ou seja,

EXAME DE ORDEM 2012.1 Coordenação Pedagógica OAB

Organização – Pressupõe organização , ou seja, forma pela qual os bens são postos na atividade;

Alienação – Feita por trespasse.

Responsabilidade – Trespasse Dívidas contraídas antes do trespasse: Adquirente responde pelas dívidas contabilizadas. O alienante ficara subsidiariamente responsável por 01 ano (artigo 146 do Código Civil).

Cláusula de não concorrência – Na omissão do contrato, o prazo de concorrência é de 05 anos, mas nada impede a fixação de prazo diverso pelas partes.

5. Propriedade Industrial

Patente

Marca

Desenho Industrial

Patente Trata-se de um produto, qualquer objeto, com aplicação industrial.

Requisitos (art.8º):

Novidade - O produto não pode ser conhecido mundialmente pela população ou pessoas especializadas. É diferente de estado de técnica, que é algo que já pode ser conhecido pelo público. Dizer que não esta no estado de técnica é dizer que não é conhecido. Atividade Inventiva - Atividade humana empregada. Aplicação Industrial – Todos os bens com exceção ao produto abstrato, seres vivos (art 10 e com exceção dos microorganismos transgênicos).

Espécies (art.40)

Patente de invenção: algo absolutamente novo. Patente de modelo de utilidade: trata-se de uma melhoria em algo que existe.

Prazo

No caso da patente, a duração é de 20 anos do depósito (momento de entrada do pedido). No caso da patente de utilidade, a duração é de 15 anos a partir do depósito. O prazo não é prorrogável, sendo certo que após estes períodos o produto cairá em domínio público.

Procedimento (art.30 e s.s)

1ª Fase: inicia-se com o depósito, que é o momento do requerimento ao INPI. Ficará 18 meses em sigilo. 2ª Fase: há publicação do pedido nas revistas especializadas, para que, havendo interesse em provar oposição quanto à novidade, haja manifestação. 3º Fase: Exame dos técnicos do INPI. 4º Fase: Concessão - Carta de patente

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus

EXAME DE ORDEM 2012.1 Coordenação Pedagógica OAB • Prazo mínimo de exclusividade. Invenção: 10 anos

EXAME DE ORDEM 2012.1 Coordenação Pedagógica OAB

Prazo mínimo de exclusividade.

Invenção: 10 anos da concessão; Modelo de utilidade: 07 anos da concessão. Cessão de patente: É possível a transferência de propriedade. Licença: Permissão de uso. Podendo ser:

Voluntária; Compulsória - Art.68 e s.s. (ex: emergência nacional ou interesse público, a ser declarada pelo Poder Executivo Federal – Art. 71).

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus