Você está na página 1de 9

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

blogsobreagênciasdenotíciasetemasrelacionados

estratégicaparaagências? porPedroAguiar *

porPedroAguiar*

Apolêmicacomeçourecentementee,pelomenosatémeadosde2016,continuarestritaa

algunscírculosespecializados:oqueéotal“jornalismoautomatizado”equaisassuas

implicaçõesparaaprofissão,osetor,aindústriaeomercado?Textosdenotíciasgerados

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

automaticamentesãojornalismo?Ééticotrocararedaçãofeitapormãosecérebrohumanos

poralgoritmosqueidentificamlidesapartirdetabelasdedadoseproduzemtextos

sintaticamentecorretos,aindaquetalvezsemoriginalidadenemcontexto?Oimpactosobrea

profissãoserásignificativo?Jornalistasserãodemitidosesubstituídospormáquinasde

redaçãorobotizada?

Aspreocupaçõespodemserlegítimas,mastalvez exageradaseprovavelmenteampliamaaplicação queo“jornalismoautomatizado”teránaprática. Nãopareceestarempreparaçãonenhuma revoluçãodegrandeescalaparaacabarcomo trabalhodojornalistadecarneeossoetrocá‑lo porcomputadoresprogramadosparaescrever e editar.Oquehá,contudo,éumainovação tecnológicaaseradotadaemumaáreabastante específica,queéparticularmenteinteressante paraasagênciasdenotícias.Nãoéàtoaque gigantesdosegmento,comoaAssociatedPress, aReuterseaBloomberg,jávêminvestindoe experimentandocomageraçãorobotizadade textosparaseusserviçosinformativos.

Emjunhode2014,porexemplo,aAPcomeçoua

usaraautomaçãoparaproduzirtextosemcima

debalançosderendimentosdeempresasnorte‑

americanas–enormesdocumentos,àsvezescom

centenasdepáginas.Asassessoriasdeimprensa

dascorporaçõesenviamessematerialparaos

jornalistas,queprecisamextrairdadosdas

tabelasegarimparlides–osquais,

frequentemente,rendemapenasmatériasbanais.

frequentemente,rendemapenasmatériasbanais. “Roborter”bybasakward(Erin Huminston)–source:

“Roborter”bybasakward(Erin

Huminston)–source:

a᠚ᄕributive)

“Emboraimportante,issoexigiaumtempo

consideráveldanossaequipeparaproduzir etinhavidaútillimitada.Ofeedbackdosclientestambémdestacouumademandapor aumentonojornalismofinanceirodestacado,incluindomaisprofundidadeematériasde análise.Emresposta,depoisdemuitadiscussão,começamosaexperimentarcomosoftware deautomaçãopararedigirasmatériasbásicas”,relatouadiretoradecomunicação

internacionaldaAP,LauraImregi,emartigopublicadoemnovembrode2015.

Emagosto,aprópriaagênciachegouafazerumavideorreportagemsobreotema,usandoa

simesmacomoexemplo:

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

Automated journalism in the 21st century newsroom
Automated journalism in the 21st century newsroom

Maisdeumanodepois,segundoela,aAPconstatouqueaautomaçãolegouaosredatores

maistempolivreparaseconcentraremmaisemreportagemespecializadaeemcultivar

fontesporcausadosoftware.

“Aomesmotempo,comoempresa,conseguimosaumentarsignificativamenteonúmerode

matériassobrebalançosemnossoserviço.Agoraproduzimosmaisde3.500desses

despachosportrimestreeesperamosqueessenúmerocresçapara4.500atéofinaldoano,

contra300noanopassado”,disseImregi.

volume,mastambémprodutosespecíficosparaclientesparticulares,jáqueelasdistribuem

matériasparadiversosassinantes.“Seumdenossosclientesforumjornalemumacidadede

pequenooumédioporteequiserrelatóriossobreumaempresaquegeramuitosempregos

emsuaregião,agoratemosalgoaoferecer”,explica.

Desdeentão,aagênciadeNovaYorkvemapostandocontinuamentenaautomaçãode

redação.Noiníciodoano,acrescentouacoberturadeesportesuniversitários,queantesnão

AReuters,poroutrolado,começouafazerexperiênciasinternamentecomsoftwarede

análisededados.Emnovembrode2015,lançouumwebsiteespecíficocomresultadosdetrês

anosdepesquisasdeopiniãofeitaspelaagência,eainterpretaçãodasrespostasdos

participantesfoifeitacomaajudadealgoritmosprogramadosparaencontrar“desviosde

padrão”querendessembonslides.

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

SegundoBenjaminMullin,emartigopublicadonoblogdoInstitutoPoynterdepesquisasem

jornalismo,osalgoritmosforamdesenvolvidospelodiretordetecnologiadaReuters,

KennethEllis.“Elesnavegampeloconjuntodedadosedestacamdesviosrelevantesnas

informações.Depois,osistemautilizaumgeradorautomáticodetextopararedigiruma

descriçãodessesvaloresdiscrepanteseforneceumlinkquepermiteaosvisitantesexaminá‑

los”.

los”. ICTOverdosebyBenHeine–

(non‑commercialuse,a᠚ᄕributive)

Oqueosoftwarefaz,depoisdealimentadocomosdados,edeacordocomprogramação

previamentedefinida,éhierarquizá‑losporrelevânciaeorganizá‑lossobumasintaxeverbal

coerente,cujaapresentaçãotemformatodetextojornalístico.

Atéaquelaépoca,osistemanãoerausadopelaagênciaparatransformar

essasinterpretaçõesemtextodenotícias.MasRegChua,oeditorexecutivodedadose

inovaçãodaReuters,jáestavaotimista.“Comotempo,aredaçãoserácapazdeincorporar

algumasdasinterpretaçõessinalizadaspelosalgoritmosemsuacoberturadedadosde

pesquisa.Oobjetivofinaléofereceraosrepórteresumatalhoquelhespermitacontornara

trabalhosaanálisedosnúmeroseagregarvalordeoutrasmaneiras”,dissenaocasião.

Mas,emabrildesteano,omesmoChuafoicitadonamatériadoGuardianconfirmandoquea

Reutersjáestavausandoautomaçãopararedigirdespachos.“Emumtesteàscegas,otexto

dasmáquinasfoiconsideradomaislegívelqueodoshumanos”,comemoravaoeditor.

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

Liberaçãodeesforços

Ofatoéqueaautomatizaçãodaproduçãodetextosnasagênciaséconcentradanasmatérias

baseadasemdadosenúmeros,especialmenteaquelesquejávêmformatadoscomotabelas.

São,principalmente,notíciasescritasapartirderelatórioscorporativos,resultadosdecontas

públicas(balançascomerciais,receitatributária,investimentos),fechamentosdebolsasde

valores,mercadosdefuturosedecommodities,cotaçõesdemoedas,previsãodotempoe

meteorologia,resultadosdecompetiçõesesportivas(especialmenteemcampeonatose

torneiosdelongaduração),entreoutrossemelhantes.

Vê‑selogoqueasduasáreasdojornalismomaisimpactadaspelatecnologiasãoaeconomia

eoesporte.Normalmente,essestiposdetextoscitadosjásãopadronizados,mesmoquando

escritospormãoshumanas.Jornalistasquejátrabalharamemgrandesagênciassabemqueé

funçãodosserviçosnoticiososenviardespachosrecorrentessobreessestópicos,considerada

umatarefacansativaedesprezadaentreoscolegas,porcausadarepetiçãoedafaltade

criatividadepossíveldeempregar–algoqueredatorescostumamterorgulhodepôrem

prática.

Avantagemdaautomatizaçãodaredaçãodedespachosparaasagências,então,éliberar esforçohumanoparareportagensecoberturafactual,nasquaishádemandapor contextualizaçãoeobservaçãoprofissional,particular,adequadaàsexpectativasdosclientes. Areportagemaprofundada,oartigodefundo,eacrônicaoufeaturepermanecerãosendo feitosporjornalistasdecarneeosso. Essetrabalhonãoserásubstituídoporrobôs,nemtem comoser.Sãogênerosjornalísticosquedependemdaimprescindívelobservaçãohumana,da análisesubjetivaedacapacidadedearticulaçãodenarrativacoerenteeadaptada.

“Aautomaçãoetecnologiaemgeralsãoferramentasdasquaisosrepórteresprecisampara

fazerseutrabalho”,afirmaosubeditordeeconomiadaAP,BradFoss,noartigomencionado.

Nãosetratadesubstituirosjornalistas.Trata‑sedetirarotrabalhodeprocessamentode

dadosparaqueelespossamseconcentraremmatériasmaisdetalhadas,compensamento

críticoenarrativas”.

ABloomberg,especializadaemeconomia,jáusaaescritaproduzidaporsoftwareem

aplicaçãodaautomaçãoemseusserviços.

“Estamostentandoconstruirasferramentasqueajudarãoosrepórteresaencontrarascoisas.

Nãohánenhumarazãoparausarmáquinasparaescrevermatériasquesóhumanos

escrevem.Deve‑seusarmáquinasparafazeraquiloqueasmáquinassãoboasdefazer”,

concordaChua,daReuters.

Nuvem,BigDataeDataMining

Mullinlembraqueousodealgoritmosparaanálisededadosedossoftwaresdeformatação

detabelaseplanilhasemtextojornalísticoéaindamaisrelevantenocontextodo“BigData”,

aenxurradadeinformaçõesdisponíveisna“nuvem”dainterneteemredesparalelas,como

asVPNsfechadasusadasporagênciaseseusclientes.

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

“Aenormequantidadedeinformaçõesàmãodojornalistamodernoétantoumabênção

quantoumamaldição.Porumlado,hámaisdadosdoquejamaisestiveramdisponíveisaos

repórteresqueprocuraminvestigarqualquercoisa.Masessaavalanchededadostambém

significaquemuitosrepórteresestãofazendofilaprobifêlevandoumpratinhode

sobremesa.Comtantainformaçãoetãopoucotempoparatriturartudo,jornalistasdedados

têmdefazerescolhasdifíceissobreemquetiposdebancosdedadosmergulharequanto

tempopodemsedaraoluxodegastaranalisando‑os”,escreveu.

Porisso,aautomaçãovemcomplementarumaáreaqueasagênciasdenotíciassempre mantiveramedoqualdependemparaexecutarosserviçosqueoferecem:agestãode informações.Todagrandeagênciaguardacolossaisbancosdedadoscomnotíciassobrefatos

dequalquernaturezaocorridosemliteralmentetodosospaísesdomundo(são197,

atualmente),aosquaisrecorrequandoprecisaelaborartextosdememóriaeenviar

documentações(listagens,tabelas,rankings)queservemparaosjornalistasnasredações

montaremsub‑retrancas,coordenadas,boxeseinfográficos.Atéagora,estetrabalho–

conhecidonomundocorporativocomodatamining–vemsendofeitoporjornalistasnos

departamentosdepesquisaouarquivo,mesmodepoisdedigitalizados,comoapoiode

arquivistasebibliotecários.Aautomaçãotemopotencialdeagilizaresseprocessoereduzira

redundânciaembuscascomresultadosirrelevantes.

Sevaigerardesempregoparaessasprofissõescorrelatas?Écedoparadizer.Pelomenos entrejornalistas,umaferramentadaBBCprevêqueoriscodedemissãoporautomaçãonas

redaçõeséde8%,segundoaMINDSInternational.Masnãoéinverossímilimaginarque

profissionaisdegestãodeinformaçãosaiamdasagênciasejornaisparacriarempresas

particularesqueprestemosmesmosserviços,desenvolvendoferramentasprópriaspara

rastrearmontanhasdedadosdigitaiseidentificaroquerendeboaspautasparaos

jornalistas.

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

source:

Umaempresaquejáexisteeatuacomofornecedoradessatecnologianomercadoéa AutomatedInsights,quedesenvolvesoftwaresderazoável“inteligênciaartificial”(talvezo termonãoseapliquebemnestecaso)queconseguem“ler”dadosdeumatabela,oumesmo

dispersos,econvertê‑losemnarrativasverbaisinteligíveis.AAifoifundadaem2007por

RobbieAllen,ex‑programadordaCiscoSystems,primeirocomonomedeStatSheet,

trocandoparaamarcaatualem2011.SeuprincipalprodutoéoWordsmith,softwarede

geraçãodetextosjornalísticosapartirdedadoscomosquaiséalimentado.Entreseus

clientes,estájustamenteaAssociatedPress.

Infográficoseatualizaçãoautomática

Masnãoésótextoquepodeserrobotizado:atecnologiadeautomaçãotambémtrabalha

cadamês.Mas,agora,atualiza‑sesozinho,deixandoossereshumanoslivresparagerarmais

narrativacontextualizada”.

Aatualizaçãoautomáticafuncionaaindaparacoberturasdelongaduração,comoconflitos,

criseshumanitárias,investigações(tipoCPIs)easjámencionadaseleições.Jornalistasde

guerrasempretiveramdeproduzirmatériasdoestilo“SobeparaXXXonúmerode

mortos…”,oqueagorapodeserfeitodeumamaneiramenoslúgubreemenossujeitaaerros

–claro,adependerdaprecisãoeimparcialidadedasfontes,oqueosoftwarenãoresolve.

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

“Tambémdesenvolvemosocódigoparagarimparrelatóriosdogovernoparaobter

informaçõesespecíficas,taiscomocrimesligadosaprofissionaisdosetorfinanceiro.No

passado,estaatividadepodialevarváriascentenasdehorasparasermontada,semcontar

paramantê‑laatualizada.Automatizaroprocessodátempoparaoferecerdiferentes

perspectivasdeumapautaerealizarentrevistasrelevantes”,explicaImregi.

Omesmotipoderecursopodeseraplicadoamatériasgeradasapóspartidasesportivas, comoaAPjávemfazendocomobeisebol.Nadaimpedequeatecnologiadeautomaçãoseja aplicadafuturamenteaoutrasmodalidades,comoofutebol.Munidodeinformaçõescomo númerodefaltas,definalizações(chutesagol)eescanteios,tempodepossedebola, impedimentosecartõeslançadospelaarbitragem,entreoutrosdados,osoftwarepoderá elaborarcrônicasdejogoeaindacompararcomestatísticasdecadatimeoujogador armazenadasnobancodedadosdaagência–claro,semaprosasaborosadeumNelson RodriguesouArmandoNogueira, mastampoucoopernosticismodeumOldemário Touguinhó.

Pesquisaseanálisesjáfeitas

Entidadesqueacompanhamastecnologiasdepontadasempresasjornalísticastêm

produzidoestudossobreaautomaçãodaredação,particularmentenosEstados

NiemanLab,outrainstituiçãodereferênciaempesquisassobrejornalismo,tambémtratou

doassuntoemumalongaanálisepublicadaemsetembrodoanopassado.Appria

AssociatedPressproduziuoseuguiaparaentendero“jornalismoautomatizado”(ébom

manteressasaspas,enquantonãosabemosseissoédefatojornalismoounão).

AquinoBrasil,umdosprimeirostrabalhosfeitossobreoassuntofoiumartigodeTacyana

1997paraelaborarparâmetrostransdisciplinares(emconjugaçãocomconhecimentosda

Linguística,daLógicamatemática,daCiênciadaInformaçãoedaPsicologia)paraa

programaçãodeumsoftwarecapazdeconstruirlidesautomatizados.

Noiníciodejulhode2016,arevistabilíngueBrazilianJournalismResearch,da

SBPJor,publicouumartigodeMárcioCarneirodosSantosquepõeempráticaapropostade

TacyanaedescreveumprogrameteescritoemlinguagemdeprogramaçãoPythonque

consegueredigirresultadosdejogosdoCampeonatoBrasileirodeFutebol.

Santosressaltaqueo“jornalismoautomatizado”trabalhaemconjuntocomoJornalismo

DigitalemBasedeDados(JDBD),masquenãosãoamesmacoisa.EmboraoJDBDtambém

trabalhecomorganizaçãoerecuperaçãodainformaçãoarquivadaembancosdedados(que

podemserdesdepequenastabelassimplesatégigantescasarticulaçõesdeplanilhascom

milharesderegistroscadauma),elenãoprescindedaformataçãodessesdadosemumtexto

verbalestruturado,muitomenosdaanálisedosdadosparaidentificaroqueformais

relevante–porexemplo,paradecidirqualaspecto“puxar”paradefinirolide.Adiferençaé

24/07/2016

Porqueageraçãoautomatizadadenotíciaséestratégicaparaagências?–AgênciasdeNotícias

queessaetapadecapturarosdadoseredigirpodeserfeitaagoraouporumjornalistacom

DNAe46cromossomosouporumamáquinacompostaporchipdesilícioecircuitos

eletrônicos.

*PedroAguiaréjornalista,co‑editordoblogAgênciasdeNotíciasedoutorandoemComunicaçãopela

UERJ.

Pedro

Jornalista.Agencista.Enciclopedista.Titoísta.Balcanófilo.34a.Laranjeiras.Doutorando

UERJ.Freelancer.55.21.99240551

ACIMA