Você está na página 1de 1

- Poder soberano direito de vida e morte

-Direito de dispor da vida de seus filhos e de seus escravos poderia retirarlhes a vida, j que
Tinha dado p. 127.
-Entrar em guerra e pedir a seus sditos que tomem parte na defesa do
Estado p127 ( Existncia jurdica)
- Causar a morte ou deixar viver
-poca clssica Confisco
- Controles precisos e regulao de conjuntos p.
- As guerras j no se tratavam da sobrevivncia de um soberano
;travavam-se me nome da defesa de todos (xix)
-O poder de expor a populao a morte geral o inverso do poder de
garantir a outra sua permanncia em vida
- existncia biolgica

Pena de morte ( direito de gldio)


Como assim?
Perigo biolgico para o outro
- Causar a vida ou devolver a morte p.130
-Suicdio como um crime
- xvii - corpo como maquina (disciplinas , anatomo - ploliticas do
corpo.
-xviii Processos biolgicos bio-politica da populao
- As disciplinas do corpo e as regulaes da populao 131 *
investir sobre a vida
-Soberania recoberta pela administrao calculista da vida
-Bio-PODER EXERCIOS E ESCOLAS , TACTICAS E APRENDIZAGEM
-Dispositivos de poder
BIO-PODER- CONTROLE DOS CORPOS- CAPITALISMOA
-Segregao e hierarquizao social
-Garantindo relaes de dominao
-Contato da vida com a histria
-Procedimentos de poder e saber que tenta controla-los e modifica-los
-poder-saber, agente de transformao da vida humana
-Atuao da norma, expanso do sistema jurdico da lei.
Uma sociedade normalizadora o efeito histrico de uma tecnologia
de poder centrada na vida p. 135
O direito vida.