Disciplina: Física 2ª série do EM Data: 27.05.2010 Nome: MARIAVICTORIA NOGUEIRA D.

OLIVEIRA

Profa Cristiane Tavolaro Série: 2º A

Passeando no colchão de ar!
Experimento 3–Segundo trimestre
Observações 1Preencha com cuidado todos os espaços em branco, baseando-se no desenvolvimento da aula de laboratório. Objetivo Estudar movimentos com aceleração constante. Estudar a Segunda Lei de Newton. Material Utilizado (relacione todos os itens explicando sua utilidade) 1-Compressor de ar (serve para gerar fluxo de ar); 2- Trilho (serve de base suporte para o carrinho deslizar); 3- Carrinho (corpo que irá deslizar em cima do trilho de ar); 4 – Pesinho (serve para tracionar o fio); 5 – Fio de nylon (serve para tracionar o carrinho); 6 – Sensor óptico (com uma lâmpada led, serve para medir intervalos de tempo da passagem do carrinho com a régua); 7 – Cronômetro digital (ligado ao sensor óptico, serve para medir intervalos de tempo da movimentação do carrinho) 8 – Régua Especial (tem tarjas claras e escuras do mesmo tamanho. A parte escura bloqueia a luz, a parte clara desbloqueia a luz, serve para medir a passagem de tempo da movimentação do carrinho). 9 – Balança (No caso, serve para medir as massas do carrinho e do pesinho).

Modelo teórico para o experimento

CONSA – 2010

-1– 2º ano EM

Profa Cristiane Tavolaro

N1 T

T P1

P2

P1 = N1 T = m1.a P2 − T = m2.a m2.g − m1.a = m.2.a a= m2.g m1 + m2

Cálculo da aceleração esperada Anote os valores usados no experimento:

m1=0,34 kg m2=0.075 kg
Calcule a aceleração pela equação do modelo teórico (use g = 9,8 m/s2):

a= 1,77 m/s²
CONSA – 2010 -2– 2º ano EM Profa Cristiane Tavolaro

Procedimento Experimental (descreva com cuidado e detalhes o experimento realizado) 1 – Medir as massas (carrinho m1; pesinho m2) com a balança. 2Levar o carrinho para a extremidade do trilho (há um imã na ponta para prender). 34Esticar o fio usado passá-lo pela roldana. Disparar o carrinho (soltar o imã).

Dados obtidos 1- Preencha a tabela de dados para três medidas: Espaço s (cm) 0 1,8 3,6 5,4 7,2 9,0 10,8 12,6 14,4 16,2 18 Tempo t (s) 1 0 0,061 0,112 0,154 0,191 0,224 0,254 0,282 0,309 0,334 0,357 Tempo t (s) 2 0 0.062 0,113 0, 156 0,192 0,226 0,256 0,284 0,311 0,336 0,360 Tempo t (s) 3 0 0,062 0,113 0,155 0,192 0.225 0,255 0,284 0,310 0,335 0,359 Média t (s) 0
0,062

0,113 0,155 0,192 0,225 0,255 0,283 0,310 0,335 0,359

Análise dos resultados

CONSA – 2010

-3– 2º ano EM

Profa Cristiane Tavolaro

1- Transfira a tabela para um software gráfico (excel, por exemplo) e trace o gráfico da posição em função do tempo. Utilize a grandeza tempo (em segundos) no eixo das abscissas e a grandeza posição s (em centímetros) no eixo das ordenadas. 2-Tente ajustar uma linha reta ou curva (Linha de tendência) que passe o mais próximo o possível dos pontos obtidos. Copie e cole o gráfico aqui:

3- Obtenha a função da Linha de tendência da reta ou curva obtida, isto é, obtenha a função que melhor se adapta aos pontos experimentais. Copie e cole a função aqui:

S= 23,325t + 74,702t2

4- Responda às questões: a) Identifique o tipo de movimento realizado pelo corpo e justifique porque você escolheu tal movimento. - O tipo de movimento realizado pelo corpo é M.R.U.V. Eu escolhi esse movimento pois há aceleração constante no experimento e velocidade variável, gerando uma curva no gráfico.

b) Identifique a aceleração do corpo de massa m1 e anote-a aqui: -4– 2º ano EM

CONSA – 2010

Profa Cristiane Tavolaro

a (experimental) = 1,494 m/s²

c) Calcule o erro relativo na determinação da aceleração:

e% = 15,6%

d) Explique quais as possíveis causas para o erro experimental obtido. - As possíveis causas para o erro experimental obtido foram: resistência do ar, falta de sincronização na hora de “soltar o carrinho” (soltar o imã) e acionar o tempo (medir o tempo), erro na medição de massas ou na medição do tempo, arredondamento dos resultados. e) A Segunda Lei de Newton foi contemplada neste experimento? Explique: - A segunda lei de Newton foi contemplada neste experimento pois segundo a mesma, uma força F, que age sobre um corpo de massa m, irá gerar uma aceleração a (F= m.a). No caso desse experimento, as forças peso, normal e de tração (tração porque há uma corda sendo “puxada” nas duas extremidades) atuam sobre o carrinho, que irá acelerar e deslizar sobre o trilho.

CONSA – 2010

-5– 2º ano EM

Profa Cristiane Tavolaro

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful

Master Your Semester with Scribd & The New York Times

Special offer for students: Only $4.99/month.

Master Your Semester with a Special Offer from Scribd & The New York Times

Cancel anytime.