Você está na página 1de 17

Filtros rejeita-faixa

Circuitos de Seleção de Freqüência

Docente: Eubis Pereira Machado

Eubis Pereira Machado

Circuitos de Seleção de Freqüência

Sumário

Filtros rejeita-faixa

1 Filtros rejeita-faixa RLC Série

Sumário

Filtros rejeita-faixa

1 Filtros rejeita-faixa RLC Série

RLC Série

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa

O mesmo circuito RLC série e RLC paralelo definidos como filtros passa-faixa, também podem ser utilizados como filtros rejeita-faixa.

também podem ser utilizados como filtros rejeita-faixa. Especificações Freqüências de corte ω c1 e ω c2
Especificações Freqüências de corte ω c1 e ω c2 Frequência central ω o Largura de
Especificações
Freqüências de corte
ω c1 e ω c2
Frequência central ω o
Largura de faixa β
Fator de qualidade Q

Assim como nos filtros passa-faixa, apenas dois desses cinco parâmetros podem ser especificados independentemente.

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

rejeita-faixa RLC Série Filtros rejeita-faixa - RLC Série Análise em baixas freqüências ( ω −→ 0

Análise em baixas freqüências (ω −→ 0):

1 jωC → ∞ e jωL 0;

2 impedância do capacitor funciona como circuito aberto e

impedância do indutor funciona como curto-circuito;

3 tensão de saída resultante é igual a tensão da fonte,

1

A

a

A

tanto em módulo quanto em fase.

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

rejeita-faixa RLC Série Filtros rejeita-faixa - RLC Série Análise em baixas freqüências ( ω −→ 0

Análise em baixas freqüências (ω −→ 0):

1

1 jωC → ∞ e jωL 0;

2 impedância do capacitor funciona como circuito aberto e

A

a

impedância do indutor funciona como curto-circuito;

3 A tensão de saída resultante é igual a tensão da fonte,

tanto em módulo quanto em fase.

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

rejeita-faixa RLC Série Filtros rejeita-faixa - RLC Série Análise em baixas freqüências ( ω −→ 0

Análise em baixas freqüências (ω −→ 0):

1

1 jωC → ∞ e jωL 0;

2 impedância do capacitor funciona como circuito aberto e

A

a

impedância do indutor funciona como curto-circuito;

3 A tensão de saída resultante é igual a tensão da fonte,

tanto em módulo quanto em fase.

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

rejeita-faixa RLC Série Filtros rejeita-faixa - RLC Série Análise em altas freqüências ( ω −→ ∞

Análise em altas freqüências (ω −→ ∞):

1 jωC 0 e jωL → ∞;

2 A impedância do capacitor funciona como curto-circuito e a impedância do indutor funciona como circuito aberto;

3 A tensão de saída resultante é igual a tensão da fonte, tanto em módulo quanto em fase.

1

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

rejeita-faixa RLC Série Filtros rejeita-faixa - RLC Série Análise em altas freqüências ( ω −→ ∞

Análise em altas freqüências (ω −→ ∞):

1 jωC 0 e jωL → ∞;

2 A impedância do capacitor funciona como curto-circuito e a impedância do indutor funciona como circuito aberto;

3 A tensão de saída resultante é igual a tensão da fonte, tanto em módulo quanto em fase.

1

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

rejeita-faixa RLC Série Filtros rejeita-faixa - RLC Série Análise em altas freqüências ( ω −→ ∞

Análise em altas freqüências (ω −→ ∞):

1 jωC 0 e jωL → ∞;

2 A impedância do capacitor funciona como curto-circuito e a impedância do indutor funciona como circuito aberto;

3 A tensão de saída resultante é igual a tensão da fonte, tanto em módulo quanto em fase.

1

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

Comportamento da impedância do ramo LC série

rejeita-faixa - RLC Série Comportamento da impedância do ramo LC série L = 1,0 mH C

L

= 1,0 mH

C

= 101,3 µF

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

Comportamento da impedância do ramo LC série

rejeita-faixa - RLC Série Comportamento da impedância do ramo LC série L = 1,0 mH C

L

= 1,0 mH

C

= 101,3 µF

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

rejeita-faixa RLC Série Filtros rejeita-faixa - RLC Série V o ( s ) = V i

V o (s) = V i (s)

sL +

1

sC

R + sL +

1

sC

H(s) = V V o i (s) (s)

s 2 LC +

1

s 2 LC + sRC + 1

=

H(s) =

s 2 +

1

LC

s 2 + R s +

1

L

LC

, s = jω

H(jω) =

1 LC ω 2

1

LC ω 2 + j ωR

L

Filtros rejeita-faixa RLC Série Filtros rejeita-faixa - RLC Série |H(jω)| = 1 LC −ω 2
Filtros rejeita-faixa
RLC Série
Filtros rejeita-faixa - RLC Série
|H(jω)| =
1
LC −ω 2
(
1
) 2
LC −ω 2 ) 2 +( ωR
L
ωR
θ(jω) = −tg −1
L
1
−ω 2
LC
|H(jω)| = 1 LC −ω 2 ( 1 ) 2 LC −ω 2 ) 2 +(

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

Frequência central ω o

Por definição, é definida como a frequência na qual a função de transferência de um circuito é puramente real, isto é, quando o circuito está em ressonância.

H(jω o ) =

1

LC ω

2

o

1

LC ω

2

o

+ j ω o R

L

1

LC ω

ω o =

o = 0

1

2

LC

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros rejeita-faixa - RLC Série

Freqüências de corte ω c1 e ω c2

Por definição, são as freqüências para as quais o módulo da função de transferência é
Por definição, são as freqüências para as quais o módulo da
função de transferência é igual a
1
√ 2 H max .

Para filtros rejeita-faixa passivos, H max = |H(j0)| = |H(j)| = 1.

1

2 = |H(jω c )| =

1

LC ω

2

c

1

LC ω

2

c

2 + ω

2

c

R

L

2

Filtros rejeita-faixa

RLC Série

Filtros passa-faixa - RLC Série

1

2

=

1 2 1 2 LC − ω c LC − ω c 2 ÷ 2
1
2
1
2
LC − ω
c
LC − ω
c
2 ÷
2
1
LC − ω
2
R
1
LC − ω
2
c
2 + ω
c
c
L
1
=
(
2
1
LC −ω
2
c R
c
) 2 + ω 2
L
(
1
LC −ω
2
) 2
c
1
=
ω c 2 R
L
+ 1
1
2
LC −ω
c