Você está na página 1de 9

Escola Secundária com 3º Ciclo Amato

Lusitano
Biologia Humana 10º Ano
Curso Tecnológico de Desporto
Ficha de avaliação sumativa

Nome ________________________________________________________ Turma ____ N º ____

Data ________________ Professor ____________________ Informação CORRECÇÃO

Nota: Antes de responder, lê atentamente as questões. As respostas devem ser claras e directas.

Grupo I
(para todas as questões deste grupo, selecciona
apenas a opção que permite obter a afirmação
correcta)

1. O Sistema Digestivo é constituído por:


a)... um subsistema, um sistema e um subsistema.
b)... um sistema, um subsistema e um subsistema.
c)... órgãos do tubo digestivo e órgãos acessórios.
d)... órgãos do tubo anexo e órgãos digestivos.

2. O Sistema digestivo assegura o desempenho de 6 funções básicas do processo digestivo, são


elas:
a) … ingestão, secreção de sucos digestivos, mistura /propulsão, digestão, absorção e defecação.
b) … ingestão, secreção de sucos digestivos, respiração, digestão, absorção e defecação.
c) … ingestão, reprodução, respiração, crescimento, defecação e absorção.
d) … indigestão, secreção de fluidos, respiração, digestão, absorção e defecação.

3. A dentição de um adulto humano normal é de 32 dentes, sendo:


a) … 8 incisivos, 4 canino, 8 pré-molares e 12 molares.
b) … 10 incisivos, 2 canino, 8 pré-molares e 12 molares.
c) … 8 incisivos, 4 canino, 10pré-molares e 10 molares.
d) nenhuma das anteriores.

4. A enzima presente na saliva é a ptialina ou:


a) … amido.
b) … amilase pancreática.
c) … pepsina.
d) nenhuma das opções anteriores.
Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 1 de 9
5. A digestão de lípidos ocorre:
a) … no esófago e intestino delgado.
b) … na boca e estômago.
c) … no intestino delgado.
d) … ao longo de todos os órgãos do tubo digestivo, com a acção conjugada dos sucos
digestivos.

6. O intestino delgado apresenta uma área interna muito superior à que se verifica na parede
externa, porque:
a) … apresenta vasos sanguíneos e linfáticos.
b) … apresenta um suco digestivo.
c) … está revestida pela mucosa intestinal.
d) … apresenta pregas intestinais, vilosidades e microvilosidades.

7. O intestino grosso comunica para o exterior do organismo pelo:


a) …recto.
b) …apêndice.
c) … ânus.
d) …piloro.

8. 90% da água absorvida na digestão é absorvida pelo:


a) … estômago.
b) … intestino delgado.
c) … intestino grosso.
d) … fígado.

9. Alguns dos desequilíbrios e doenças relacionadas com o sistema digestivo devesse a:


a) … consumo de tabaco e álcool.
b) … alimentação desequilibrada.
c) … factores genéticos.
d) todas as anteriores.

10. As enzimas digestivas como a pepsina são prótidos que:


a) … aceleram as reacções químicas onde podem actuar.
b) …dependem da presença de álcool para funcionarem.
c) … após a reacção química que medeiam ficam alterados.
d) nenhuma das anteriores.

11. A _____________ é um órgão que, em conjunto com as glândulas ________, formam o bolo
alimentar.
a) … faringe … anexas.
b) …boca … anexas.
c) … boca … salivares.
d) … língua … salivares.

Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 2 de 9


12. No estômago, forma-se o ___________ a partir da mistura dos alimentos com as __________.
a) … tubo digestivo … glândulas anexas.
b) …quimo … secreções gástricas.
c) … bolo alimentar … saliva.
d) … quimo … secreções salivares.

13. O intestino _________ não apresenta ___________, mas é neste órgão que ocorre a maior F
a) … grosso … vilosidades intestinais.
b) …grosso … muco.
c) … delgado … microvilosidades.
d) … delgado … vilosidades intestinais.

Grupo II

1. Classifica as frases que se seguem com V (verdadeiro) ou F (falso).


V a) Os alimentos constituem um conjunto de substâncias designadas
nutrientes que satisfazem as necessidades vitais do nosso organismo.
F b) A boca, em conjunto com as glândulas salivares, transforma os
alimentos ingeridos em bolo alimentar para serem absorvidos.
F c) As glândulas salivares produzem saliva, que intervém na digestão da
amilase salivar.
V d) No estômago, ocorrem movimentos peristálticos de mistura dos
alimentos com secreções gástricas.
F e) O fígado é um órgão anexo ao tubo digestivo, que segrega sais
biliares; estes concentram-se na vesícula biliar, formando sucos que
contêm enzimas para emulsionar os lípidos.

1.1. Corrige as afirmações que consideraste falsas.


A boca, em conjunto com as glândulas salivares, transforma os alimentos
ingeridos em bolo alimentar para serem deglutidos.
As glândulas salivares produzem saliva, que intervém na digestão do
amido.
O fígado é um órgão anexo ao tubo digestivo, que segrega sais biliares;
estes concentram-se na vesícula biliar, formando sucos para emulsionar
os lípidos no intestino delgado.

2. Ordena os órgãos que se seguem, de acordo com a sequência em que


são percorridos pelos “alimentos”.
Estômago, Intestino grosso, Intestino delgado, Fígado, Boca, Esófago,
Rins, Bexiga, Faringe, Pâncreas, Ânus, Glândulas salivares.

Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 3 de 9


Boca, faringe, esófago, estômago, intestino delgado, intestino grosso,
ânus.

3. Estabelece a correspondência entre os órgãos da coluna I com as


afirmações da coluna II.
Coluna I 1- órgão anexo ao tubo digestivo
cuja secreção permite a emulsão
a) Boca; 6 das gorduras;
b) Esófago; 3 2- digestão química;
c) Fígado; 1,2 3- digestão mecânica;
d) Estômago; 4, 6 4- digestão mecânica e química.
e) Intestino Grosso; 3 5- local onde ocorre a maior
f) Intestino Delgado; 4,5 parte da absorção digestiva
g) Pâncreas; 2 (excepto água).
h) Glândulas Salivares; 2 6- órgão onde ocorre a
Coluna II transformação do bolo alimentar
em quimo;
(nota: coloca o número(s) da afirmação da coluna II) 1

Pro
4. No estômago ocorre a digestão das proteínas. teín
as
Escreve a equação do tipo [Enzima] + 10
Faring
[substrato] ----> [Enzima] + [Produto] que e
descreva essa reacção:
2

3
Grupo III
9
1. O sistema digestivo é constituído por 8
um conjunto inter-relacionado de órgãos 4
que na figura 1, esquematicamente, se
representam.
5
7

6
Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 4 de 9
Fig.1 – Sistema digestivo
humano.
1.1. Faz a legenda da figura 1.

1 Glândulas salivares 6 Ânus


2 Esófago 7 Intestino Delgado
3 Estômago 8 Pâncreas
4 Intestino Grosso 9 Fígado
5 Recto 10 Boca

1.2. Indica os números que representam órgãos


anexos. 1, 8 e 9
1.3. Qual a importância dos órgãos anexos na digestão?
Os órgãos anexos produzem sucos digestivos que vão ajudar na
digestão química dos nutrientes.
1.4. Explica a importância dos fenómenos mecânicos da digestão
que ocorrem na boca.
A mastigação e a ensalivação são os dois fenómenos mecânicos
que ocorrem na boca por acção da língua, dentes, palato e
bochechas. Servem para partir os alimentos em bocados mais
pequenos, permitindo dessa forma uma maior área de contacto
entre alimento e saliva. Também facilita a deglutição e a restante
digestão.
1.5. Qual a importância para a digestão da existência de
vilosidades na parede interna do estômago?
Aumentar a área de contacto entre o alimento e as paredes do
estômago e permitir o aumento de volume quando se ingere maior
quantidade de alimentos.
1.6. Sabendo que a faringe comunica com órgãos do sistema
respiratório (fossas nasais e laringe), apresenta uma justificação
para o facto de, normalmente, o bolo alimentar não seguir para os
referidos órgãos.
A região mais posterior do palato é mole – úvula – e quando o bolo
alimentar inicia o movimento de deglutição, esta região move-se
tapando o acesso do bolo alimentar parra as fossas nasais.
De uma forma muito semelhante ao funcionamento da úvula, a
epiglote barra o acesso do alimento para a laringe, ficando a
possibilidade de movimento do bolo alimentar confinada ao tubo
digestivo.
1.7. Explica porque razão, mesmo quando estamos deitados, os
alimentos são deslocados através do esófago até ao estômago.

Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 5 de 9


Devido aos movimentos peristálticos, que são involuntários, ou
seja, não conseguimos controlá-los, os alimentos uma vez no
esófago e em condições normais, são encaminhados para o
estômago independentemente da acção da força gravítica.
Proteína
2. O gráfico da figura 2 regista a variação da
Celulose
Amido
Boca
Esófago

Estômago
Intestino Moléculas digeridas
Delgado (%)
Intestino
Grosso

percentagem de moléculas de glícidos e proteínas digeridas em


órgãos do sistema digestivo.
Fig.2- Gráfico referente à variação da percentagem de moléculas de glícidos e
proteínas digeridas em órgãos do sistema digestivo.

2.1. Com base na leitura do gráfico, indica:


2.1.1. A percentagem de proteínas que é digerida: o estômago; no
intestino delgado.
No estômago são digeridas 30% das proteínas e no intestino
delgado 65%.
2.1.2. Em que órgãos se digere a maior percentagem de moléculas
de glícidos.
Na boca e no intestino delgado.
2.1.3. A percentagem de glícidos que se encontra por digerir à
saída do estômago.
Essa percentagem é 80%.
2.1.4. A substância que percorre o sistema digestivo sem
experimentar qualquer transformação química.
A celulose percorre todo o sistema digestivo sem experimentar
qualquer transformação química porque não existem enzimas
capazes de a degradar.

Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 6 de 9


3. Considera as figuras, que representam o revestimento interno do
intestino delgado.

3.1. Completa as frases com os termos: absorção, aumentada,


coniventes, digestão, intestinais, linfa, microvilosidades, nutrientes,
sangue, válvulas e vilosidades.
O intestino delgado é o local onde ocorre a digestão intestinal, isto
é, a passagem dos produtos finais da digestão (substâncias de
dimensões suficientemente pequenas - nutrientes) do interior do
intestino para o sangue e para a linfa .
A absorção é facilitada pela estrutura da superfície interna do
intestino delgado, que apresenta inúmeras pregas, denominadas
válvulas coniventes, que possuem milhares de pequenas projecções
em forma de dedo de luva, chamadas vilosidades intestinais .
As vilosidades possuem, ainda, inúmeras microvilosidades . Por
isso, a área total do intestino é aumentada consideravelmente,
permitindo, desta forma, uma elevada absorção dos nutrientes.

3.2. Estabelece a correspondência entre os números da figura


respeitante às vilosidades intestinais e os termos seguintes:
A- Vaso linfático central 3 B- Capilar da vilosidade 1 C- Glândula
intestinal 2

3.3. Estabelece a correspondência entre as afirmações seguintes e


as letras correspondentes às estruturas (A, B e C) anteriores.
a) Situa-se na base das vilosidades e segrega enzimas que
completam a digestão das
partículas alimentares. 2

Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 7 de 9


b) Recebe os glícidos simples, algum glicerol, os aminoácidos, os
minerais, as vitaminas e alguma água, que atravessam as células
das vilosidades. 2
c) Recebe a maior parte dos ácidos gordos e glicerol, que serão
transportados, juntamente com a linfa, para o canal torácico que
desemboca nas grandes veias do pescoço. 3
3.3. Considera os dados seguintes:
A – A absorção de glicose e de aminoácidos implica o gasto de
energia;
B – Os ácidos gordos são substâncias solúveis nos lípidos, e
não há gasto de energia na sua absorção.
3.3.1. Identifica os processos de transporte envolvidos na
absorção.
Transporte activo em A e difusão simples em B.

4. Um grupo de alunos realizou a experiência ilustrada na figura,


cujos resultados se
encontram no quadro ao lado.
NOTA: Todos os tubos continham cozimento de amido e a todos os tubos fizeram-se
os testes da água iodada e do licor de Fehling após 15 min.

4.1. Indica em qual dos tubos, 1, 2 ou 3, ocorreu a transformação


do amido. Tubo 3
4.2. Justifica a resposta anterior, referindo-te apenas aos dois
testes efectuados.
Em todos os outros tubos o teste para a presença de amido deu
positivo (teste da água iodada) . verificasse também que o teste
para detectar a presença de açucares redutores (teste do licor de
Fehling) deu resultado negativo o que indica a não presença de
açucares redutores.
4.3. Escreve a equação da reacção química que ocorreu no tubo que
referiste em 4.1.

Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 8 de 9


[Amilase salivar] + [amido] –(37ºC) [amilase salivar] + [maltose]
4.4. Explica a não ocorrência de transformação do amido no tubo 4.
O amido neste tubo de ensaio não sofreu alteração porque a
temperatura reduzida (perto de 0ºC) inibiu a acção da amilase
salivar. Esta de natureza proteica é inibida pelas baixas
temperaturas.

Diogo Sousa ESAL - Biologia Humana 10º Ano Página 9 de 9