Você está na página 1de 6

Ficha de Avaliação de Pediatria

NOME: Marcus
IDADE: 11 anos
DATA DA AVALIAÇÃO: 03/05/2010
EXAME FÍSICO
INSPEÇÃO: -Cabeça anteriorizada
-Cabeça lateralizada para D
-Movimentos involuntários e incoordenados em MMSS de
cabeça, braços e mãos.
-Sialorréia

PALPAÇÃO - Hipotonia em MMSS e MMII


ADM:- (QUADRIL)
- FLEXÃO ATIVA
D=40° /E=70°
-ABDUÇÃO
D=24°/E=28
-ADUÇÃO
D=10°/E=10°
(JOELHO)
-FLEXÃO
D=60°/E=50°

(TORNOZELO)
-PLANTIFLEXÃO
D= 10° /E=15°
-DORSIFLEXÃO
D= 15° /E=10°

FLEXIBILIDADE: Encurtamento dos IQTB’S bilateralmente (semi-


membranoso, semi-tendinoso e bíceps femoral)
FORÇA MUSCULAR: -MMII
QUADRÍCEPS - D=3/E=3
IQTB’S- D=3 / E=3
GLÚTEO MÁXIMO- D=3 / E=3
TIBIAL ANTERIOR D=2 / E=3
GASTROCNÊMIO D=2 / E=3
SÓLEO D=2 /E=3
TONUS: Hipotônico em MMSS e MMII
REFLEXOS:
EQUILÍBRIO: Paciente apresenta déficit de equilíbrio em sedestração
no plano sagital, não sendo possível realização de testes devido a sua
dificuldade em ficar em pé.
COODERNAÇÃO:
SENSIBILIDADE: Sensibilidade superficial tátil preservada, no terço
médio anterior da coxa bilateralmente.
MARCHA: - Pés supinados e apoio em médio pé (inicial) na fase de apoio.
- Passos curtos
- Deambula com auxílio

AVALIAÇÃO DAS CAPACIDADES FUNCIONAIS : -Senta-se e deita-se


sozinho
-Realiza as transferências de decúbito ventral p/ dorsal
e de dorsal p/ sedestração.
- Interage com o meio, porém vocaliza com
dificuldade
- Se distrai com facilidade
- Mostrou-se bastante colaborativo
- Precisa de auxílio para
deambulação
.LIMITAÇÕES FUNCIONAIS: - Dificuldade na fala devido a atetose
-Dificuldade na marcha

DIAGNOSTICO FUNCIONAL : -Encurtamento de IQTB’S


-Fraqueza muscular de Quadríceps bilateralmente
-Fraqueza de Tibial anterior bilateralmente
-Fraqueza de Glúteo máximo principalmente a direita
-Alteração do controle concêntrico e excêntrico de
Quadríceps e IQTB’S.
-Alteração neuromuscular distal em pés(dorsiflexores) ,
mãos(flexores e extensores de quirodáctilos )e em face(orbicular da
boca,bucinador,masseter e plástima)
OBJETIVOS: - Aumento de força muscular de: Quadríceps, Glúteo
máximo,Bíceps braquial, Tibial anterior.
-Melhora da ativação concêntrica e excêntrica de
Quadríceps e IQTB’S.
-Melhora da ativação neuromuscular em
pés(dorsiflexores), mãos(flexores e extensores de quirodáctilos) e em
face(orbicular da boca,bucinador,plástima e masseter) .
- Orientação para acompanhamento com fonoaudiólogo.

MARCADOR FUNCIONAL : - Melhora da extensão de joelho e da rotação


interna durante a marcha.
- Aumento da força de quadríceps e glúteo máximo(R.E.)
EVOLUÇÕES:

03/05/2010

Paciente chegou pontualmente para atendimento, onde foi realizado a


reavaliação através da goniometria, teste de força muscular
,transferências,observação da marcha,verificando também o
equilíbrio e a sensibilidade.O paciente durante atendimento mostrou-
se participativo e colaborativo.

Acadêmica : Telma Antunes Leal

06/05/2010

Paciente chegou pontualmente para atendimento na clínica escola,


onde foi realizadas uma série de alongamentos para ganho de
amplitude de movimento.Os alongamentos realizados foram para
flexão, extensão, abdução , adução de quadril/ IQTB’S /plantiflexão e
dorsiflexão(2x10”).Foram realizados também exercício de ponte com
o objetivo de fortalecimento de glúteo, principalmente o máximo,
onde o paciente foi orientado a ficar em DD, contrair o glúteo e
levantá-lo da maca e manter nessa posição por 10” com uma bola
pequena entre as pernas para evitar adução (2x8). Foi realizado
também exercício de fortalecimento de quadríceps com bola
(2x10).Iria ser iniciado treino de marcha com o paciente, porém o
mesmo não pode ser realizado devido ao calçado usado ser
inadequado para o uso com a órtese.
Resposta Funcional: Paciente bastante ativo e participativo
durante todo atendimento.

Acadêmica responsável: Telma Antunes Leal

10/05/2010

Paciente chegou pontualmente para sessão de fisioterapia onde


foram realizados uma série de alongamentos para ganho de
amplitude de movimento .Os alongamentos realizados foram para
flexão, extensão, abdução e adução de quadril/IQTB’S/plantiflexão e
dorsiflexão(3x10”).Foram realizados também exercício de ponte para
fortalecimento de glúteo máximo ,onde o paciente foi orientado a
ficar em DD ,contraindo o glúteo e levantá-lo da maca ao mesmo
tempo foi colocada uma resistência no joelho bilateralmente onde foi
pedido a ele que realizasse uma abdução evitando assim uma rotação
interna(8x10”).Também foi feito exercício para fortalecimento de
quadríceps e treino de controle excêntrico e concêntrico,onde o
paciente foi colocado sentado numa cadeira e nos joelhos foi
colocada uma resistência , onde ele foi orientado que ao levantar
projetasse o corpo para frente e que fizesse um extensão máxima dos
joelhos(8x).

Resposta funcional:Paciente foi bastante colaborativo e foi


observado ganho de amplitude de movimento durante os
alongamentos. E no treino funcional de sentar e levantar na cadeira
foi verificado que o paciente conseguia realizar extensão completa
dos joelhos e que houve melhora no treino do controle concêntrico e
excêntrico de quadríceps.
Acadêmica responsável :Telma Maria Antunes Leal

13/05/2010

Paciente chegou pontualmente para sessão de fisioterapia onde


foram realizados uma série de alongamentos para ganho de
amplitude de movimento .Os alongamentos realizados foram para
flexão, extensão, abdução e adução de quadril/IQTB’S/plantiflexão e
dorsiflexão(3x10”).Foi realizado também exercício de ponte para
fortalecimento de glúteo máximo ,onde o paciente foi orientado a
ficar em DD ,contraindo o glúteo e levantá-lo da maca (8x10”).Para
fortalecimento de abdutores, o paciente foi colocado sentado e nos
joelhos foi colocada uma resistência com as mãos e foi pedido a ele
que fizesse uma abdução vencendo a resistência(10x).Também foi
feito exercício para fortalecimento de quadríceps e treino de controle
excêntrico e concêntrico,onde o paciente foi colocado sentado numa
cadeira e nos joelhos foi colocada uma resistência , onde ele foi
orientado que ao levantar projetasse o corpo para frente para
deslocar o centro de gravidade e que fizesse um extensão máxima
dos joelhos(8x).Para treino de marcha foi colocada caneleira de 0,50
kl em tornozelo bilateralmente.

Resposta funcional:Paciente foi bastante colaborativo e foi


observado ganho de amplitude de movimento durante os
alongamentos. E no treino funcional de sentar e levantar na cadeira
foi verificado que o paciente conseguia realizar extensão completa
dos joelhos e que houve melhora no treino do controle concêntrico e
excêntrico de quadríceps.No treino de marcha foi observado que o
peso ajudou na propriocepção e na estabilização da passada durante
a marcha.

Acadêmica responsável :Telma Maria Antunes Leal