Você está na página 1de 7

Curso Furukawa - 26.07.

99

5.1

Parte 5 - Circuitos Ressonantes:


5.1 Introduo
A impedncia e a admitncia de circuitos RLC srie e paralelo tem um
comportamento complicado em relao a freqncia, existem valores de freqncia
que fazem com que a parte reativa complexa se anule, ficando puramente resisrtiva
a impedncia, para estas freqncias dizemos que o circuito esta em ressonncia
ou que esta uma freqncia de ressonncia. Como estes tipos de circuitos so
largamente utilizados em sistemas de comunicao estudaremos aqui o
comportamento de circuitos bsico e veremos quais so as frmulas de uso prtico
em tabelas:

5.2 Circuito ressonante srie (RLC):


Para o circuito mostrado a seguir temos que na freqncia onde wL = 1/(wC)
corresponde a freqncia de ressonncia, dado por:

wo =

1
L.C

( rad / s )

Z ( jw ) = R + j. w. L
= R + j. X ( )
w.C

Este circuito apresenta a sua impedncia variando com a freqncia


conforme esta mostrado no grfico a seguir, podemos reparar que existe a

CEFET - PR - Prof. Thomaz

Curso Furukawa - 26.07.99

5.2

marcao de dois outros pontos de freqncia, em torno de fo, estas freqncias f1


e f2 indicam os pontos de meia potncia, e elas delimitam a panda passante do
circuito RLC, BW ou B (banda passante para meia freqncia), que se relaciona
com a fator de qualidade do circuito Q, este parmetro indica a seletividade do
circuito ressonante e definido como:
Relao entre a mxima energia instantnea armazenada no circuito, pela
energia dissipada por ciclo, vezes 2., ou:

2. . mxima energia armazenada ins tan tnea armazenada no circuito


energia dissipada por ciclo
wo.L
Q=
R
fo
fo
Q=
=
f 2 f 1 BW
Q=

w wo
Z ( jw ) = R.1 + j.Q

wo w

5.2 Circuito ressonante paralelo (RLC):

CEFET - PR - Prof. Thomaz

Curso Furukawa - 26.07.99

5.3

A figura abaixo mostra um circuito ressonante paralelo, que se comporta


como uma alta impedncia na freqncia de ressonncia paralela.

Este circuito apresenta Q, como:

Qt =

wo.C
Gt

E admitncia de entrada dada por:

1
w
w

Y ( jw ) = Gt + j. w.C

= Gt.1 + j, Qt.
w.L
wo wo

O grfico de Z em funo de f, mostrado a seguir, observe o efeito do fatpr


de qualidade Q.

CEFET - PR - Prof. Thomaz

Curso Furukawa - 26.07.99


BW =

fo
1
=
Qt 2. .C. Rt

5.2 Tabela de frmulas para projeto:


5.2.1 Circuito ressonante paralelo com R em srie com L.

5.2.2 Circuito ressonante paralelo com R em srie com C.

CEFET - PR - Prof. Thomaz

5.4

Curso Furukawa - 26.07.99


5.2.3 Converso de circuito RC srie para RC paralelo.

5.2.4 Converso de circuito RL srie para RL paralelo.

CEFET - PR - Prof. Thomaz

5.5

Curso Furukawa - 26.07.99

5.2.5 Circuito com derivao capacitiva.

CEFET - PR - Prof. Thomaz

5.6

Curso Furukawa - 26.07.99


5.2.6 Circuito com derivao indutiva.

5.2.7 Transformador com sintonia simples.

CEFET - PR - Prof. Thomaz

5.7